Página 1 dos resultados de 4008 itens digitais encontrados em 0.159 segundos

Análise estratégica do setor saúde no México: sistema de saúde nacional e local; Strategic analysis the health programs of Mexico: the national and regional programs.

Gomez Castellanos, Alfredo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
55.59%
Introdução: A presente tese, a partir de uma análise estratégica, articula as dimensões da teoria organizacional no campo da administração pública, o objeto de estudo-trabalho processo saúde-doença, a prática profissional integral e o planejamento estratégico situacional, por meio da Estratégia de Atenção Primária à Saúde. O propósito é o de, a partir da articulação das dimensões referidas, compreender e situar os Programas de Saúde do México a nível nacional e do Distrito Federal, a nível local, e estabelecer sob que pressuposto, de bem-estar ou qualidade, se encontram elaborados. Revisão da literatura: Entre outros aspectos revisados, destaca-se a importância da dimensão da teoria organizacional (normativa, sistêmica e cultural-crítica) como categorias fundamentais para compreender a relação entre as unidades primárias de análise de cada teoria e as categorias de indivíduo-grupo, organização e sociedade. Apresenta-se como uma segunda dimensão, a inter-relação entre a teoria e a prática profissional integral do processo saúde-doença, assim como suas conexões com a teoria da organização. Descrevem-se, como terceira dimensão, os aspectos teóricos do planejamento estratégico situacional e sua relação com a Estratégia de Atenção Primária à Saúde. Desenvolvem-se os pressupostos de bem-estar e qualidade...

Gestão estratégica de ganhos: uma proposta de gestão estratégica de custos utilizando os princípios da teoria das restrições, aplicada em uma fabricante de autopeças; Strategic throughput management: a strategic cost management purpose based on the principles of the theory of constraints, applied on a auto parts manufacturing company

Nunes, Marcelo Serra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
65.5%
A gestão empresarial depara-se, freqüentemente, com o aparecimento de novos conceitos e de novas práticas para o gerenciamento de custos, com o propósito de melhor retratar as necessidades de uma organização no contexto atual. Esse gerenciamento dispõe de várias metodologias, entretanto, muitas de elevada complexidade e difícil utilização. Este trabalho busca apresentar uma proposta de gestão, de baixa complexidade, utilizando a contabilidade gerencial com um enfoque estratégico, através da análise da abordagem estratégica, análise da cadeia de valor, integradas aos princípios da teoria das restrições e a sua contabilidade dada pela contabilidade de ganhos. Proposta aplicada em um estudo de caso, em uma empresa fabricante de autopeças, onde verificou-se suas potencialidades e suas limitações. A teoria das restrições tem sido amplamente difundida como uma metodologia de administração de produção, partindo do princípio de que em todo sistema existe uma restrição e sua melhor gestão resulta no máximo ganho financeiro para a organização, porém, complementando sua atuação, apresenta também sua forma estratégica, sustentada por três elementos que se complementam: ganhar dinheiro, prover um ambiente interno satisfatório e satisfazer o mercado...

Relações afetivo-amorosas na juventude: uma análise a partir da teoria dos modelos organizadores do pensamento; Mutual affection relationship in youth: an analysis of the theory of the thought organization models

Franzi, Juliana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
55.5%
O objetivo central desta pesquisa foi identificar e analisar como jovens, estudantes paulistanos, de 15 a 17 anos, organizam o pensamento ao analisar um conflito de conteúdo afetivo-amoroso. Nosso referencial teórico-metodológico apoia-se na Teoria dos Modelos Organizadores do Pensamento, elaborada por Moreno, Sastre, Bovet, & Leal (1999). Trata-se de uma teoria sobre o funcionamento psicológico, que, para além de atentar-se às operações lógico-formais, visa compreender as emoções, os sentimentos e os valores que permeiam o psiquismo humano. A pesquisa foi realizada com jovens, de uma escola pública de Ensino Médio, localizada na zona oeste do município de São Paulo. Como procedimento de investigação foi aplicado um conflito a 120 jovens, sendo 60 jovens do sexo masculino e 60 do sexo feminino. A análise dos dados nos levou a seis Modelos Organizadores do Pensamento, nos quais verificamos diferentes compreensões sobre as relações afetivo-amorosas: variando entre uma compreensão mais romântica e idealizada (conforme apontaram os sujeitos do Modelo 1) até uma compreensão de que o afeto e o amor dependem de elementos como o diálogo, o conhecimento do(a) companheiro(a) e o autoconhecimento (conforme apontaram os sujeitos do Modelo 6). A partir da análise dos objetivos específicos...

Contextualização no ensino de física à luz da teoria antropológica do didático: o caso da robótica educacional; Contextualization in the teaching of physics in the light of the anthropological theory of didactics: the case of educational robotics

Schivani, Milton
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/10/2014 PT
Relevância na Pesquisa
65.39%
Um ensino de física contextualizado é fortemente identificado no discurso de professores, educadores e pesquisadores da área, reforçado também pelos próprios documentos oficiais do Ministério da Educação do Brasil. Entretanto, a própria noção de contextualização apresenta diferentes vertentes, algumas das quais têm uma visão simplista e acrítica sobre a contextualização no processo de ensino e aprendizagem. Defendemos, contudo, uma contextualização que passe pela problematização e modelização dos saberes disciplinares, partindo de objetos (abstratos ou concretos) de uma dada realidade ou de uma prática social de referência, permitindo ao indivíduo revisitar e perceber o mundo ao seu redor de modo diferenciado, com novas perspectivas e possibilidades de ação. Tal abordagem tende a exigir múltiplas estratégias metodológicas e recursos didático-pedagógicos, dentre os quais destacamos a Robótica Educacional (RE), a qual encontra no ensino de ciências um campo novo de aplicações ainda por ser explorado, seja no cenário nacional seja no internacional. Nossa hipótese é a de que materiais dessa natureza potencializam o desenvolvimento de atividades com problematizações que permeiam uma vasta gama de práticas sociais...

Teoria geral do estado aplicada à unidade sistêmica do direito internacional; General theory of the state and the systemic unity of international law.

Vasconcelos, Raphael Carvalho de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
65.4%
Ultrapassado o debate em torno de seu caráter jurídico, impõem-se ao direito das gentes, na atualidade, perspectivas desafiadoras de seus contornos sistêmicos. Como ponto de partida teórico deste estudo, adotou-se a verificação da natureza dos conceitos utilizados pelas teorias fragmentárias do direito internacional que tendem a desestabilizar sua característica de unicidade. Política e direito conformam preceitos que não apenas interagem, mas muitas vezes se identificam. Propõe-se investigar, para tanto, em que medida o resgate de estruturas jurídico-políticas tradicionais como aquelas da teoria geral do estado poderia contribuir à institucionalização da ordem mundial. O trabalho se realiza sob o método dedutivo-indutivo de pesquisa. A partir das referências teóricas estabelecidas pela teoria geral do estado e de sua aplicação ao direito internacional e às propostas doutrinárias fragmentárias, estabelecem-se marcos particulares, os quais são analisados na busca de constatações mais abrangentes e gerais quanto à relação existente entre política e direito. O trabalho divide-se em três partes distintas. Na seção inicial, apresentam-se os elementos teóricos que embasam a pesquisa. Busca-se fixar na primeira parte do capítulo inaugural a perspectiva do direito como um sistema e...

Pequena empresa e ambiente organizacional externo pela ótica das teorias da organização industrial e da visão baseada em recursos; Small business and the external organizational environment through the perspective of the theories of industrial organization and of the resource-based view

Bonassi, Fábio Ângelo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
55.54%
Este estudo tem por objetivos analisar as variáveis do Ambiente Organizacional Externo, à luz das Teorias da Organização Industrial e da Visão Baseada em Recursos, reconhecidas pelo dirigente como adequadas à administração estratégica da pequena empresa. As relações das Pequenas Empresas com o Ambiente Organizacional Externo (EOE) é menos investigada proporcionalmente do que os aspectos do dirigente e da estrutura dessas empresas. Não são encontrados portanto estudos sobre pequenas empresas industriais, de comércio e de serviços e suas relações com seu Ambiente Organizacional Externo principalmente no meio científico, com o enfoque dado nessa pesquisa. Por Ambiente Organizacional Externo compreende-se o entorno externo imediato da organização, composto por fatores como clientes, concorrentes, fornecedores, marcos legais, regulatórios e variáveis macroeconômicas. Esses fatores são abordados com diferentes enfoques pelas duas teorias de referência nessa pesquisa. A compreensão do EOE pode significar para as PE sobrevivência e competitividade tanto quanto as decisões internas do dirigente com respeito a custos e gestão de empregados. Para aprofundamento desses aspectos 154 pequenas empresas dos setores de indústria...

Entre o consenso e a contestação no Estado democrático de direito: uma interlocução entre a teoria democrática de J. Habermas e P. Pettit; Between consensus and contestation in the democratic state of law: A dialogue between the democratic theory of J. Habermas and P. Pettit

Paulo Neto, Alberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
65.41%
A discussão contemporânea sobre a organização de uma sociedade política que estabeleça princípios normativos visando à legitimação do Estado de direito está no epicentro da fundamentação das teorias de democracia deliberativa. Assim, indagaremos sobre a estruturação de mecanismos constitucionais que possibilitem o exercício dos direitos políticos para a formação da opinião pública. A tese a ser defendida é que há pontos problemáticos na teoria deliberativa de Habermas que dificultam a sua aplicação na práxis social. O que observamos é a necessidade do estabelecimento de mecanismos para a defesa dos cidadãos perante a forma instrumental por meio da qual os sistemas sociais operam na sociedade capitalista tardia. Por isso, com o auxílio da teoria de democracia contestatória e a concepção de liberdade republicana, apresentadas por Pettit, almejamos salvaguardar os princípios discursivos da teoria habermasiana de democracia e, ao mesmo tempo, possibilitar uma ampliação no processo de reconstrução normativa e discursiva do Estado democrático de direito. A teoria republicana de liberdade como não-dominação nos oferece um estratagema para escapar da aporia na qual as teorias contemporâneas de democracia deliberativa encontram-se aprisionadas...

Theory of mind and the frontal lobes

Igliori,Glauco C.; Damasceno,Benito P.
Fonte: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO Publicador: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 EN
Relevância na Pesquisa
65.38%
BACKGROUND: Theory of mind (ToM) is the ability to attribute mental states to other individuals. Its cerebral organization is not enough established, even though the literature suggests the relevant role of the frontal lobes. OBEJECTIVE: To evaluate frontal lobe patients and controls in ToM tests. METHOD:We studied 20 patients with lesions limited to the frontal lobes (as shown by CT or MRI), and 10 normal control subjects by means of ToM tests (recognizing himself in mirrors, false belief, first and second order ToM tasks), as well as tests of other cognitive functions (counter-proofs). RESULTS: Patients and controls performed similarly in ToM tests. There was significant difference between frontal subgroups (left, right, bifrontal) in the double-bluff task (second order ToM) (p=0.021), without relation to verbal fluency (p=0.302) or delayed recall ability (p=0.159). The only two patients with deficits in ToM tasks had impairment of social behavior. CONCLUSION: Frontal lesions do not necessarily implicate in ToM deficits, which may occur when such lesions are associated to disturbance of social behavior.

Toward a Stakeholder Theory of the Firm: The Case of the Saturn Partnership

Kochan, Thomas; Rubinstein, Saul
Fonte: MIT - Massachusetts Institute of Technology Publicador: MIT - Massachusetts Institute of Technology
Formato: 2998337 bytes; application/pdf
EN_US
Relevância na Pesquisa
55.55%
This paper seeks to engage the organization theory community in contemporary debates over the role of the cxxporation in American society by building a stakeholder theory of the t%n. We develop a set of normative premises and positivist propositions derived from these debates, from a combination of organization and industrial relations theories, and by using data from the Saturn Corporation. Three questions are posed for a stakeholder theory: (1) Under what conditions is a stakeholder firm likely to emerge, (2) what are the critical determinants of performance in a stakeholder firm, and (3) what will determine the sustainability and diffusion of this organizational form in the American environment? The history, design features, and dynamics of the labormanagement partnership at Saturn are used to illustrate and interpret a specific case of employees as stakeholders. Saturn?s governance structure, work organization, and internal processes fit the characteristics of a stakeholder firm. Employees establish themselves as critical stakeholders by using their knowledge to improve organizational performance. The local union likewise contributes to firm performance by organizing workers into a dense social network that contributes to problem solving...

Between bureaucracy and social movements : careers in the justice for janitors; Between bureaucratic organization and social movements : careers in the justice for janitors campaign

Yu, Kyoung-Hee, Ph. D. Massachusetts Institute of Technology
Fonte: Massachusetts Institute of Technology Publicador: Massachusetts Institute of Technology
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 189 p.
ENG
Relevância na Pesquisa
75.43%
Industrial relations scholars and organizational sociologists have long argued that American trade unions adopted bureaucratic structures and practices in order to survive in the economic and political environment of the United States. Scholars drew a sharp dichotomy between bureaucratic unionism, which they viewed as the dominant institutional form of American unions, and social movement unionism. But more recently, scholars have argued that the environment has shifted, leading American unions to move away from traditional policies and practices toward social movement unionism. This research examines the organizational change process and current practices of the largest and most successful of such unions, the Service Employees International Union (SEIU). The dissertation starts with a puzzle: while the union is ideologically progressive and strategically innovative, it is also extremely centralized and bureaucratic; furthermore, bureaucratization and centralization have both increased during the period in which the union adopted social movement elements in its practice. Earlier theories on institutional change in the labor movement have not adequately captured the dynamic coexistence of opposing elements. This study develops a theory of institutional change based on the political process. The thesis introduces the concept of movement careers and identifies these careers as a mechanism that mitigates the tension between bureaucracy and idealism in the union. Part I of the thesis examines historical change in the union during the period 1950s - mid-1990s. It shows that the adoption of social movement elements by the union was the product of a contentious political process. Political battles and the urgency of reform felt by ideologically progressive staff further centralized control in the national union.; (cont.) These findings contrast with previous research that has depicted institutional change in the labor movement as rational organizational responses to environmental change. Part II introduces and develops the concept of movement careers. It defines these careers as careers motivated by ongoing personal transformations triggered by an initial politicizing experience. It identifies the structural and ideological features that set movement careers apart from conventional organizational careers. Movement career builders think of their work in the union primarily in terms of changing the existing social order. Thus...

Helping People Help Themselves : Toward a Theory of Autonomy-Compatible Help

Ellerman, David
Fonte: World Bank, Washington, DC Publicador: World Bank, Washington, DC
EN_US
Relevância na Pesquisa
55.55%
If development is seen basically as autonomous self-development, then there is a subtle paradox in the whole notion of development assistance: How can an outside party ("helper") assist those undertaking autonomous activities (the "doers") without overriding, or undercutting their autonomy? This conundrum is the challenge facing a theory of autonomy-compatible development assistance - that is, helping theory. Starting from a simple model of non-distortionary aid, the author explores several themes of a broader helping theory, and shows how these themes arise in the work of "gurus" in different fields - John Dewey in pedagogy and social philosophy, Douglas McGregor in management theory, Carl Rogers in psychotherapy, Soren Kierkegaard in spiritual counseling, Saul Alinsky in community organizing, Paulo Freire in community education, and Albert Hirschman, and E.F. Schumacher in economic development. That such diverse thinkers in such different fields, arrive at very similar conclusions, increases confidence in the common principles. The points of commonality are summarized as follows: 1) Help must start from the present situation of the doers. 2) Helpers must see the situation through the eyes of the doers. 3) Help cannot be imposed on the doers...

The effect of globalization on the organization of knowledge

San Segundo Manuel, Rosa
Fonte: International Institute of Informatics and Systemics Publicador: International Institute of Informatics and Systemics
Tipo: info:eu-repo/semantics/publishedVersion; info:eu-repo/semantics/conferenceObject Formato: application/pdf
Publicado em //2005 ENG
Relevância na Pesquisa
55.54%
The globalization of electronic information does not seek out a more democratic and egalitarian society. Information is articulated within a set of gears that entail the social exclusion of those who lack electronic information. Different ways of accessing electronic information also create specific and different forms of development among different countries. There are established and implanted historical ways of organizing, and now technology can be used as a way to subjugate or emancipate. The technological present restricts thought, whereas the dominant ideology imposes a certain form of organization. This is why it is necessary to subvert this trend through different logical-semantic and ethical-political tools. The complex network of knowledge, symbolic representations, cultural networks of knowledge and symbolism make up the backbone of this integrated instrumentalization of our knowledge. Traditional classifications of knowledge are limited like Western epistemology, given that the demarcationism which makes them up exacerbates difference, because demarcating is a form of recognition and representation of classifying structures, which wall off, delimit and fortify. However, as with any form of power, there are no discourses without counter-discourses...

Disputas comerciais e magnanimidade: um estudo do mecanismo de solução de controvérsias da Organização Mundial de Comércio à luz da teoria dos movimentos; Magnanimity and WTO disputes: an examination of early settlement in trade disputes using theory of moves

CARNEIRO, Cristiane de Andrade Lucena
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Instituto de Relações Internacionais Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Instituto de Relações Internacionais
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
65.48%
Por que disputas comerciais no âmbito da Organização Mundial de Comércio (OMC) são decididas predominantemente de forma amigável, não obstante a existência de um sofisticado mecanismo quasi-adjudicatório para a resolução dessas controvérsias? Como explicar a preferência da parte que inicia uma disputa pela solução amigável, quando se sabe que a OMC, em média, decide 64% dos casos a favor do iniciante? Este artigo analisa padrões de solução de controvérsias no sistema do Acordo Geral de Tarifas e Comércio e da Organização Mundial de Comércio (GATT/OMC), por meio da teoria dos movimentos (BRAMS, 1994), com o propósito de estudar as escolhas estratégicas disponíveis para as partes. Propõe-se que, no sistema do GATT/OMC, as partes em uma disputa comercial agem de forma magnânima quando abrem mão do melhor resultado em um jogo. Esta ação é racional porque ela oferece à parte demandada maiores chances de se alcançar uma solução amigável da disputa. Esse comportamento não encontra explicação satisfatória no conceito de equilíbrio míope da teoria dos jogos tradicional. Em contrapartida, a teoria dos movimentos incorpora a noção de equilíbrio não-míope ao seu modelo de tomada de decisões. Este artigo explica o comportamento não-míope e racional dos jogadores quando estes buscam o segundo melhor resultado no jogo. Três disputas comerciais ilustram a análise e caracterizam situações em que: (i) a solução amigável advém do comportamento magnânimo; (ii) a solução amigável ocorre a despeito do comportamento magnânimo; e (iii) não há solução amigável.; Why most trade disputes in the World Trade Organization (WTO) end in a friendly settlement...

Organização: critérios para uma concepção crítica e objetiva; Organization: criteria for a critical and objective conception

NASCIMENTO, Paulo Tromboni
Fonte: Fundação Getúlio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getúlio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
65.51%
O conceito de organização é, muitas vezes, utilizado de modo subjetivo, vago e até equivocado. Aqui se buscam critérios para criticar e julgar de modo objetivo as definições propostas ou implícitas numa pesquisa em administração. O caminho escolhido foi partir da concepção de Barnard (1942) e dialogar com a literatura científica na área. Sem cair no irracionalismo, critica-se a conceituação formalista e racionalista. Em substituição, entra a correspondência entre resultados e as cobranças das partes interessadas. Afasta-se o foco dos significados, em favor da idéia de sistema social aberto, com divisão de trabalho, reais relações de cooperação e poder e reprodução, apoiada nos resultados dos intercâmbios com o meio social onde se insere a organização. A conclusão está na forma de critérios aplicáveis a uma concepção de organização que se proponha objetiva e crítica.; The concept of organization is often used in subjective, vague and even wrong ways. In this paper, the aim is to find criteria to objectively criticize and judge definitions applied in management research. The adopted approach is to depart from Barnard's conception (1942) and to establish a dialogue with the scientific management literature. Rationalistic and formalistic conceptions are criticized. These ideas are replaced by correspondence between results and stakeholders demands. The focus on meaning is abandoned...

A imagem sem imagem : uma abordagem da teoria do conhecimento de Meister Eckhart através do principio hermeneutico da imago-bild; Image without image : an approach to Meister Echhart´s theory of knowledge by the hermeneutical principle of Imago-Bild

Matteo Raschietti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
65.41%
O intuito dessa tese está em apresentar e tentar entender a organização da teoria do conhecimento de Meister Eckhart que, começando pela distinção escolástica entre percepção sensível, conhecimento por representação e conhecimento por intuição, vai além de um simples percurso cognitivo. Para o mestre dominicano, a finalidade do conhecimento é conhecer perfeitamente a Deus e sua conditio sine qua non é o abandono de todas as imagens materiais. O conceito de imagem (imago em ltim, Bild em alemão) na teoria eckhartiana, é um verdadeiro princípio hermenêutico que torna possível o acesso ao conhecimento, à compreensão, à elucidação dos nós mais difíceis do seu pensamento. O recurso metodológico utilizado para alcançar os objetivos prefixados corresponde ao processo criativo da forma na escultura, segundo uma metáfora plotiniana que o próprio Eckhart utiliza. Assim, nos primeiros três capítulos, são retirados paulatinamente os fragmentos que ocultam "a imagem sem imagem" de que fala o turíngio: a reflexão aristotélica, neoplatônica e cristã sobre a imagem e também a própria produção eckhartiana, em latim e em mittelhochdeutsch. Através dessa análise, é reconhecida a presença de suas tradições: a tradição filosófica da representação (na teoria do conhecimento) e a tradição teológica do Filho como imagem. No último capítulo...

Toward a Stakeholder Theory of the Firm: The Case of the Saturn Partnership

Kochan, Thomas; Rubinstein, Saul
Fonte: MIT - Massachusetts Institute of Technology Publicador: MIT - Massachusetts Institute of Technology
Formato: 2998337 bytes; application/pdf
EN_US
Relevância na Pesquisa
55.55%
This paper seeks to engage the organization theory community in contemporary debates over the role of the corporation in American society by building a stakeholder theory of the firm. We develop a set of normative premises and positivist propositions derived from these debates, from a combination of organization and industrial relations theories, and by using data from the Saturn Corporation. Three questions are posed for a stakeholder theory: (1) Under what conditions is a stakeholder firm likely to emerge, (2) what are the critical determinants of performance in a stakeholder firm, and (3) what will determine the sustainability and diffusion of this organizational form in the American environment? The history, design features, and dynamics of the labormanagement partnership at Saturn are used to illustrate and interpret a specific case of employees as stakeholders. Saturn's governance structure, work organization, and internal processes fit the characteristics of a stakeholder firm. Employees establish themselves as critical stakeholders by using their knowledge to improve organizational performance. The local union likewise contributes to firm performance by organizing workers into a dense social network that contributes to problem solving...

A Theory of Network Localization

Aspnes, James; Eren, Tolga; Goldenberg, David K; Morse, A Stephen; Whiteley, Walter; Yang, Yang Richard; Anderson, Brian; Belhumeur, Peter N
Fonte: Institute of Electrical and Electronics Engineers (IEEE Inc) Publicador: Institute of Electrical and Electronics Engineers (IEEE Inc)
Tipo: Artigo de Revista Científica
Relevância na Pesquisa
65.48%
In this paper, we provide a theoretical foundation for the problem of network localization in which some nodes know their locations and other nodes determine their locations by measuring the distances to their neighbors. We construct grounded graphs to mo

MAKING USE OF THE THEORY OF CONSTRAINTS – TOC AS A STRATEGIC DIFFERENTIAL IN THE MANUFACTURING MANAGEMENT OF A SMALL FIRM DOI: 10.5585/rai.v6i3.495; A TEORIA DAS RESTRIÇÕES EM UMA EMPRESA DE PEQUENO PORTE: UMA ESTRATÉGIA ALTERNATIVA PARA A GESTÃO DE FABRICAÇÃO DOI: 10.5585/rai.v6i3.495

Pozo, Hamilton; Tachizawa, Takeshy; Picchiai, Djair
Fonte: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 28/12/2009 POR
Relevância na Pesquisa
65.4%
The aim of this article is to identify some of the main strategies related to the practical use of the Theory of Constraints (TOC). It seeks to prove that this theory does not treat organizations as a collection of independent processes, but rather as an integrated system. Under this theory, the organization is viewed as a synchronized chain, in which the links between each activity form a complete system that is capable of creating synergy for the entire firm. TOC shows that every system is subject to at least one constraint that keeps it from achieving high levels of performance. In the business environment, constraints on a firm’s production chain have serious consequences such as poor performance and productivity. A study of the use of TOC in a small manufacturing firm and the results obtained are shown here. Its use repeatedly made it possible to identify the constraints, and thus to improve firm performance and productivity.; O objetivo deste artigo é estudar a aplicação prática da Teoria das Restrições (TOC) e identificar algumas das principais estratégias relacionadas à sua utilização. Pretende-se provar que essa teoria não trata as organizações como uma coleção de processos independentes, mas sim como um sistema integrado. Sob essa teoria...

Empirical-theoretical advances in the comparison between Theory of Applied Ontology and Theory of Terminology; Avanços teórico-empíricos na comparação entre Teoria da Ontologia e Teoria da Terminologia

Aganette, Elisângela Cristina; PPGCI-ECI/UFMG – Belo Horizonte - MG; Almeida, Maurício Barcellos; PPGCI-ECI/UFMG – Belo Horizonte - MG
Fonte: Departamento de Ciência da Informação – UFSC Publicador: Departamento de Ciência da Informação – UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 16/11/2015 POR
Relevância na Pesquisa
55.54%
The complexity of certain knowledge domains, as Biomedicine, requires the application of advanced theories and techniques for representation, which are subject of study in the field of Knowledge Organization. The Theory of Terminology and the Theory of Applied Ontology are examples of theories largely employed in Biomedicine, in order to support representation models and to help in building knowledge organization systems. The present paper describes and contrasts the different “dialects” within these two theories during the process of defining and relating entities. In order to emphasize differences and similarities between the two theories, we present a real practical case in the scope of an on-going scientific project in which we create definitions for biomedical entities. Our results point to some convergence between the aforementioned theories, although some questions are still open. We hope this paper can contribute to a better understanding of both theories, as well as help information professionals in applying them in practical contexts.; http://dx.doi.org/10.5007/1518-2924.2015v20n44p3A complexidade de certos domínios do conhecimento, como a Biomedicina, demanda a aplicação de teorias e técnicas de representação avançadas...

The AKT theory of management: A theory based on an analysis of manager's activities, knowledge and tasks.

Huang, Terry Taihor
Fonte: London School of Economics and Political Science Thesis Publicador: London School of Economics and Political Science Thesis
Tipo: Thesis; NonPeerReviewed Formato: application/pdf
Publicado em //1996 EN
Relevância na Pesquisa
55.51%
This thesis reports the development of a theory of management which describes what competent managers do or will do and prescribes what other managers could do or should do. The AKT theory of management and six organizational concepts are constructed, tested, and applied to explain and subsume many findings of other related studies The word AKT is made up of the initials of the theory's building blocks or the elements of managers' actions: activities, knowledges, and tasks (Managers' tasks are also the factors for organizational operation (FOOs) from the system viewpoint). The six organizational concepts, namely networked-cones structure, end-means chain, compatibility among FOOs, reflexivity in management, distributed managing, and momentum of organization, form a basic organization theory describing or prescribing the context of management. The analysis of questionnaire and diary data of 1,659 actions collected from 40 Taiwanese managers supports the AKT theory. Firstly, the nearly constant, significant coefficients of contingency from the overall and partial cross-tabulations between the 11 manager's activities and 14 manager's tasks suggest that the strength of association between them is independent of the manager's function, level...