Página 1 dos resultados de 5685 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Evolução da textura cristalográfica de chapas de aço inoxidável ferrítico do tipo AISI 430 durante laminação a frio, recozimento e estampagem; Crystallographic texture evolution of ferritic stainless steel strips (AISI 430) during cold rolling, annealing and drawing

FERREIRA FILHO, Antenor; HERRERA, Clara; LIMA, Nelson Batista de; PLAUT, Ronald Lesley; PADILHA, Angelo Fernando
Fonte: Escola de Minas Publicador: Escola de Minas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
A evolução da textura, nos estados "como recebido", laminado a frio, recozido e após a estampagem, e a estampabilidade de aços inoxidáveis ferríticos AISI 430, estabilizados ao nióbio, foram estudadas. Duas corridas de chapas com espessuras de 3,0 e 0,7 mm foram utilizadas. A de maior espessura foi relaminada a frio e recozida. A de menor espessura, de composição química semelhante à primeira, foi laminada a frio, na usina siderúrgica, e, posteriormente, submetida a estampagem. A textura foi avaliada usando DRX em todas as condições. O aço AISI 430, na condição "como recebido", apresentou forte textura {100}<110>, {100}<120> e a fibra g. Após a deformação, a intensidade da fibra g aumentou e apareceu a fibra a. O recozimento causou o desaparecimento da fibra a e o fortalecimento da fibra g, que é uma textura adequada para a estampagem. Embora o aço AISI 430, de espessura 0,7 mm, tivesse apresentado uma forte textura de fibra g, no estado inicial, as propriedades de estampagem não foram boas e o material trincou durante a conformação.; Texture evolution in AISI 430 Nb stabilized ferritic stainless steels in the "as-received", hot-and cold-rolled, annealed and stamped conditions have been studied, along with their formability. Two ferritic stainless steels (Nb stabilized) having a thickness of 3.0 and 0.7mm...

Um estudo comparativo entre chapas produzidas pelos processos de lingotamento contínuo e de lingotamento semicontínuo da liga AA4006: microestrutura e textura cristalográfica; A comparative study in AA4006 alloy strips produced by twin roll caster and direct chill processes: microstructure and crystallographic texture

Souza, Fabricio Mendes; Lima, Nelson Batista de; Plaut, Ronald Lesley; Fernandes, Ricardo do Carmo; Padilha, Angelo Fernando
Fonte: Escola de Minas Publicador: Escola de Minas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
Nesse trabalho, foi realizado um estudo comparativo da microestrutura e da textura cristalográfica entre chapas da liga AA4006 produzidas por dois processos industriais de lingotamento: contínuo (Twin roll caster TRC) e semicontínuo (Direct chill DC). Para a caracterização microestrutural, foram utilizadas as técnicas de microscopia óptica com luz polarizada, microscopia eletrônica de varredura, medidas de condutividade elétrica e ensaios de dureza Brinell. A textura cristalográfica foi determinada por difração de raios X. Foram detectadas e discutidas diferenças significativas nas morfologias e distribuições de grãos e de partículas de fases intermetálicas. O estudo da textura cristalográfica foi realizado ao longo da espessura das tiras e os resultados mostraram variações significativas da textura entre as chapas ao longo da espessura. A chapa produzida por lingotamento contínuo apresentou uma típica textura de cisalhamento, nas proximidades de sua superfície, enquanto que, nas regiões mais internas, a fibra β foi observada.

Controle da textura e da microestrutura durante o processo de fabricação de aços elétricos semiprocessados.; Texture and microstructure control in the semi processed electrical steel process.

Castro, Nicolau Apoena
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.9%
Os efeitos da textura e do tamanho de grão de bobina a quente (BQ) na evolução da textura durante o processamento de aços elétricos semiprocessados foram estudados no presente trabalho. Observou-se que o aumento do tamanho de grão da BQ não é eficiente para obtenção de altas intensidades de componente Goss () após recozimento intermediário quando a bobina a quente apresenta intensidades muito elevadas (em torno de 14 vezes o aleatório) de cubo rodado (). Foi confirmada a hipótese de que ocorre nucleação de grãos com orientação Goss e cubo na face () em bandas de transição de grãos de fibra gama (//DN). Além disso, os resultados sugerem que a textura da BQ é importante para a evolução da textura durante o processo, levando à texturas finais distintas. Observou-se também forte relação entre tamanho de grão inicial (da BQ) e após laminação a frio e recozimento intermediário. Quanto maior o tamanho de grão inicial, maior o tamanho de grão recristalizado. O mesmo comportamento ocorreu durante o recozimento final, etapa em que ocorre migração de contornos induzida por deformação. Quanto maior o tamanho de grão após recozimento intermediário, maior o tamanho de grão após laminação de encruamento e recozimento final. Resultados interessantes foram obtidos a partir de chapas produzidas por solidificação direcional...

Identificação de espécies vegetais por meio da análise de textura foliar; Plant species recognition by leaf texture analysis

Casanova, Dalcimar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.9%
A biodiversidade das espécies existentes no riquíssimo reino vegetal, tornam os modelos tradicionais de taxonomia uma tarefa muito complexa e morosa, na qual o processo de classificação é tradicionalmente realizado manualmente. As dificuldades presentes nesse processo implicam na existência de poucas pesquisas de classificação vegetal utilizando métodos matemáticos e computacionais. Desta forma, visando contribuir com as técnicas de taxonomia já desenvolvidas, este estudo objetiva desenvolver e testar uma metodologia computacional de identificação de espécies vegetais por meio da análise da textura foliar. Motivado pelo projeto TreeVis, este trabalho realiza uma revisão dos métodos utilizados para análise de textura em imagens digitais (foco concentrado em extração de características e classificação), investigando a aplicabilidade de métodos tradicionais como matrizes de coocorrência, técnicas estado da arte como Gabor wavelets e também de novos e promissoras técnicas de análise de textura, como a dimensão fractal volumétrica. No contexto de classificação investiga-se métodos para reconhecimento de padrões lineares com base em análise de dados multivariados, não lineares com base na teoria das Redes Neurais Artificiais e métodos simples para combinação de diferentes classificadores (comitê de máquinas). Apesar da alta similaridade entre classes e similaridade intraclasses não adequada...

Avaliação da modificação da composição e textura de um produto obtido por transesterificação enzimática da gordura de leite com óleo de soja; Evaluation of the modification on the composition and texture of a product obtained by enzymatic transesterification of milkfat with soybean oil

Nunes, Gisele Fátima Morais
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.98%
As características nutricionais de produtos alimentícios têm sido cada vez mais valorizadas pelo mercado consumidor em função da constante preocupação com os efeitos dos alimentos na saúde. O sucesso de um produto alimentício no mercado, entretanto, depende também de suas características físicas, tais como espalhabilidade, aparência e impressões sensoriais dos alimentos na boca. Estas características desempenham papel fundamental no processamento industrial e na aceitabilidade do produto pelo consumidor. Neste contexto, o presente projeto teve como objetivo avaliar o efeito da transesterificação enzimática da gordura de leite com óleo de soja na composição e na textura do produto alimentício obtido, empregando como catalisador lipase de Aspergillus niger previamente imobilizada em suporte híbrido polissiloxano-álcool polivinílico. Em uma primeira etapa, as matérias-primas foram caracterizadas quanto à umidade, índices de acidez, saponificação, peróxido e iodo, propriedades reológicas e térmicas. Em seguida, os materiais de partida foram misturados em diferentes proporções seguindo um planejamento experimental estatístico de misturas, e empregados nas reações de transesterificação. As variáveis resposta foram os índices de acidez...

Assimetria cerebral funcional e sua relação com a excentricidade no campo visual nos tamanhos percebidos em fundos sem e com gradiente de textura; Functional brain asymmetry and its relation with visual field eccentricity in perceived sizes on backgrounds with and without texture gradient

Sousa, Bruno Marinho de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.9%
Estudos em assimetria cerebral funcional (ACF) apontam que há diferenças entre os hemisférios cerebrais esquerdo (HE) e direito (HD). O HE é especializado para tarefas de linguagem enquanto o HD para tarefas espaciais. Ainda, pode ocorrer uma superestimação de tamanho no campo visual esquerdo (CVE) em relação ao direito (CVD). Já homens possuem melhor desempenho do HD em tarefas espaciais, mas nas mulheres o desempenho dos hemisférios é equivalente. Ainda, há evidências que homens são menos sensíveis ao contexto dos estímulos que mulheres. Mas não é claro como a forma do estímulo, a variação da sua distância ao centro da tela (excentricidade) e se um gradiente de textura podem afetar a ACF. Com base nisso, o objetivo desse trabalho foi verificar se a variação da excentricidade influenciaria a percepção de tamanho de dois tipos de estímulos no CVE e CVD em homens e mulheres (Experimento I). Também (Experimento II) verificar se um gradiente de textura influenciaria um possível efeito observado no Experimento I. Nos dois experimentos a técnica do campo visual dividido foi associada ao método dos estímulos constantes (30 repetições) com escolha forçada de duas alternativas (qual o maior?). Os estímulos no Experimento I foram círculos (um padrão e sete de comparação) e elipses horizontais (uma padrão e sete de comparação). Esses estímulos foram contrabalanceados em ambos os hemicampos visuais. Os estímulos foram apresentados em três excentricidades (2...

Utilização de diferentes fontes de calcio para manutenção da textura de abacaxi submetido ao processamento minimo; Use of diferent calcium sources for texture maintenance of pineaples subjected to fresh-cut treatment

Marisa de Paula Eduardo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.98%
O objetivo deste projeto foi avaliar a ação do cálcio na manutenção da textura de abacaxi minimamente processado em fatias. O trabalho foi dividido em dois experimentos distintos, porém complementares. Frutos do cultivar ?Smooth Cayenne? foram submetidos a: seleção, lavagem, sanitização, resfriamento, descasque, fatiamento, imersão em solução de sais de cálcio, embalagem e armazenagem refrigerada a 5oC. No Experimento I, o objetivo foi avaliar a textura de fatias de abacaxi minimamente processados quando tratadas com diferentes sais de cálcio (cloreto, sulfato e lactato) em duas concentrações (1% e 3%), analisando parâmetros químicos como pH e sólidos solúveis totais (SST). Para análise da textura, duas ponteiras de penetração (esmagamento e cisalhamento) foram utilizadas, visando escolher o melhor método de avaliação. Os resultados mostraram que os tratamentos com sulfato de cálcio aumentaram o índice da textura do abacaxi em até 28% em relação à testemunha. A ponteira de penetração por esmagamento foi selecionada com base na menor variabilidade dos resultados. O Experimento II foi elaborado com o objetivo de avaliar somente o efeito do sulfato de cálcio nos parâmetros pH, SST, acidez total titulável...

Estudo do perfil de textura instrumental e sensorial em geis de pectina de baixo teor de esterificação, alginato e gelatina

Neuralucia Gonçalves Dias
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em /03/1999 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
Textura é um atributo sensorial que é largamente avaliado em alimentos. A padronização da metodologia instrumental e a correlação com medidas sensoriais é imprescindível. A dureza de géis de pectina, alginato e gelatina por compressão e penetração usando TPA (Análise do Perfil de Textura) instrumental foram comparadas a sensorial utilizando compressão e corte com colher, compressão lingua-palato e percepção pós-mastigação. Foi utilizado texturômetro T A-XT2, dispositivo cilíndrico 0.5/R para penetração e P/55 para compressão e ADQ (Análise Descritiva Quantitativa) sensorial com amostras contidas e livres apresentadas em ensaios independentes após identificação de atributos. A dureza instrumental aumentou com aumento da concentração. Foram necessária maior concentração de gelatina e menor de pectina para obter géis de dureza equivalente. Dureza-TPA em penetração variaram de 50 a 275 g, e de 200 a 900 9 na compressão. Curvas de Dureza-TPA X concentração do gel foram independentes no teste de compressão, e superpostas para alginato e pectina na penetração para baixas concentrações de gel. O R2 para as curvas foram mais altos na penetração (0,94 - 0,96) em relação a compressão (0,84 - 0...

Efeito da secagem sobre a textura de peras da variedade Packhams.

Henriques, Francisca; Marques, Bruno; Guiné, Raquel
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.05%
A textura é uma das características mais importantes no que diz respeito à qualidade dos alimentos, que, em conjugação com a aparência e sabor, tem grande influência na aceitação do produto alimentar por parte do consumidor (1). A textura caracteriza-se por um conjunto de propriedades físicas que são consequência da estrutura interna do material que por sua vez é determinada pelas interacções moleculares dos seus constituintes. Os alimentos no geral e as pêras em particular apresentam diferentes propriedades de textura. Estas derivam das diferenças inerentes às diferentes variedades, diferentes estados de maturação e aos métodos de processamento sofridos, neste caso a secagem (2). Neste trabalho, são objecto de estudo as pêras da variedade Packams, em fresco, secadas em estufa com convecção de ar a uma temperatura de 50 ºC, liofilizadas e rehidratadas, de forma a determinar as propriedades físicas de textura nos diferentes estados (frescas e secadas) e consequentemente fazer a respectiva análise e comparação dos resultados obtidos. O objectivo deste estudo prende-se por um lado, com a aquisição de conhecimento científico acerca das modificações ocorridas ao nível das propriedades de textura na pêra Packams...

Variação de propriedades de textura de pêra Rocha de diferentes proveniências.

Santos, Sandra; Guiné, Raquel; Barros, Ana
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.03%
A pêra Rocha (Pyrus communis L.) é uma cultivar produzida em Portugal, com grande expressão nos mercados Português e internacional. É um produto tradicional classificado como Denominação de Origem Protegida (DOP), sendo portanto a sua produção e comercialização regulamentada. Devido ao facto de ter um bom potencial de armazenamento, é possível a sua distribuição para o mercado durante quase todo o ano, sendo este um aspecto importante que a diferencia competitivamente em relação a outras variedades (1). De entre os atributos de qualidade que caracterizam qualquer alimento, e a pêra em particular, a textura assume um papel fundamental, sendo um atributo sensorial de grande relevância para a aceitação do alimento pelo consumidor, em conjugação com a aparência e o sabor (2). É essencialmente uma experiência humana, que resulta da nossa interacção com o alimento. A textura caracteriza-se por um conjunto de propriedades físicas que são consequência da estrutura interna do material, que por sua vez é determinada pelas interacções moleculares dos seus constituintes. Os alimentos no geral, e as peras em particular, apresentam diferentes propriedades de textura, que derivam das diferenças inerentes à variedade...

Avaliação da textura da pêra passa de S. Bartolomeu obtida por diferentes métodos de secagem.

Carrilha, Fátima; Guiné, Raquel
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.07%
A pêra secada é um fruto com características singulares, sendo a textura um atributo sensorial de grande relevância para que o produto alimentar seja apreciado pelo consumidor. A textura é essencialmente uma experiência humana, que resulta da nossa interacção com o alimento. As alterações sofridas pelas pêras durante os diferentes tipos de secagem são de extrema importância para a definição da textura e da qualidade dos alimentos. O processo de secagem provoca mudanças no sabor, cor, e textura que resultam em propriedades elásticas únicas. Neste trabalho as pêras estudadas são da variedade portuguesa denominada por S. Bartolomeu, que depois de secada origina a pêra passa de Viseu. Estas pêras são secadas por um método tradicional de exposição directa ao sol, o qual no entanto comporta vários inconvenientes relacionados com a fraca produtividade e com a deficiente qualidade do produto final. Nos últimos anos têm sido desenvolvidos trabalhos no sentido de encontrar métodos alternativos à secagem tradicional para secar a pêra de S. Bartolomeu, nomeadamente o uso de uma estufa solar na Escola Superior Agrária de Viseu (ESAV), o uso de um secador solar na Escola Superior de Tecnologia de Viseu (ESTV)...

Evolução da textura cristalográfica de chapas de aço inoxidável ferrítico do tipo AISI 430 durante laminação a frio, recozimento e estampagem

Ferreira Filho,Antenor; Herrera,Clara; Lima,Nelson Batista de; Plaut,Ronald Lesley; Padilha,Angelo Fernando
Fonte: Escola de Minas Publicador: Escola de Minas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.94%
A evolução da textura, nos estados "como recebido", laminado a frio, recozido e após a estampagem, e a estampabilidade de aços inoxidáveis ferríticos AISI 430, estabilizados ao nióbio, foram estudadas. Duas corridas de chapas com espessuras de 3,0 e 0,7 mm foram utilizadas. A de maior espessura foi relaminada a frio e recozida. A de menor espessura, de composição química semelhante à primeira, foi laminada a frio, na usina siderúrgica, e, posteriormente, submetida a estampagem. A textura foi avaliada usando DRX em todas as condições. O aço AISI 430, na condição "como recebido", apresentou forte textura {100}<110>, {100}<120> e a fibra g. Após a deformação, a intensidade da fibra g aumentou e apareceu a fibra a. O recozimento causou o desaparecimento da fibra a e o fortalecimento da fibra g, que é uma textura adequada para a estampagem. Embora o aço AISI 430, de espessura 0,7 mm, tivesse apresentado uma forte textura de fibra g, no estado inicial, as propriedades de estampagem não foram boas e o material trincou durante a conformação.

Um estudo comparativo entre chapas produzidas pelos processos de lingotamento contínuo e de lingotamento semicontínuo da liga AA4006: microestrutura e textura cristalográfica

Souza,Fabrício Mendes; Lima,Nelson Batista de; Plaut,Ronald Lesley; Fernandes,Ricardo do Carmo; Padilha,Angelo Fernando
Fonte: Escola de Minas Publicador: Escola de Minas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.94%
Nesse trabalho, foi realizado um estudo comparativo da microestrutura e da textura cristalográfica entre chapas da liga AA4006 produzidas por dois processos industriais de lingotamento: contínuo (Twin roll caster TRC) e semicontínuo (Direct chill DC). Para a caracterização microestrutural, foram utilizadas as técnicas de microscopia óptica com luz polarizada, microscopia eletrônica de varredura, medidas de condutividade elétrica e ensaios de dureza Brinell. A textura cristalográfica foi determinada por difração de raios X. Foram detectadas e discutidas diferenças significativas nas morfologias e distribuições de grãos e de partículas de fases intermetálicas. O estudo da textura cristalográfica foi realizado ao longo da espessura das tiras e os resultados mostraram variações significativas da textura entre as chapas ao longo da espessura. A chapa produzida por lingotamento contínuo apresentou uma típica textura de cisalhamento, nas proximidades de sua superfície, enquanto que, nas regiões mais internas, a fibra β foi observada.

Visão computacional e segmentação de imagens por discriminação de textura

de Filgueiras Gomes, Daniel; Fausto Ribeiro Araújo, Aluizio (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.98%
A segmentação é uma parte fundamental do processo de particionamento do espaço de dados em regiões salientes e é um pré-requisito para processos subsequentes como reconhecimento de objetos e interpretação de cena. A etapa de segmentação de imagens e a eficiência com que é realizada afeta diretamente a performance de um sistema automático de análise de imagem. A grande maioria dos algoritmos de segmentação existentes trabalha com características como cor e luminosidade sem levar em consideração os micro-padrões de textura formados pela combinação destas características. Inicialmente motivada como ferramenta de segmentação de paisagens em fotos aéreas e de satélite a análise de textura tem sido estudada por um longo período de tempo usando muitas abordagens distintas. Vários métodos realizam a análise de textura sobre estatísticas de segunda ordem de pixels ou componentes espectrais presentes na imagem. Estudos sobre padrões de textura presentes em imagens tem revelado que a informação sobre a textura de um determinado objeto pode ser tão específica a ponto de poder ser utilizada, não só para a discriminação de regiões, mas também para a identificação de objetos em uma cena. O presente trabalho discute as diversas questões e problemas envolvendo o processamento e a discriminação de texturas em imagens digitais e propõe métodos de segmentação utilizando uma abordagem não-supervisionada com redes neurais artificiais

Modelos difusos de textura basados en la percepci??n

Mart??nez Jim??nez, Pedro Manuel
Fonte: Universidad de Granada Publicador: Universidad de Granada
Tipo: Tese de Doutorado
SPA
Relevância na Pesquisa
37.01%
La textura, junto con el color y la forma, es una de las caracter??sticas de bajo nivel m??s importantes en el an??lisis de im??genes. Sin embargo, tambi??n es una de las m??s dif??ciles de caracterizar, siendo muy com??n para el ser humano el describirla mediante algunas propiedades poco precisas, como la finura/grosor, la direccionalidad, la regularidad o el contraste. En esta Tesis se propone una metodolog??a para el modelado de textura en base a estas propiedades perceptuales, usando para ello l??gica difusa. En un primer enfoque, se aborda el modelado de las propiedades perceptuales de textura mediante conjuntos difusos, lo que permite representar la imprecisi??n asociada a la presencia de dichas propiedades. Estos conjuntos difusos se definen sobre el dominio de medidas computacionales de las propiedades de textura, y su funci??n de pertenencia se obtiene relacionando los valores calculados a partir de dichas medidas con la percepci??n humana de la propiedad correspondiente. Se propone la obtenci??n tanto de modelos gen??ricos, que pueden ser aplicados aunque no se disponga de ninguna informaci??n adicional, como de modelos que permiten adaptarse al perfil particular de distintos usuarios o al contexto de la imagen. Asimismo...

Análise de textura em imagens cerebrais : aplicações em acidente vascular cerebral isquêmico, epilepsia mioclônica juvenil, doença de Machado-Joseph, déficit cognitivo leve e doença de Alzheimer; Texture analysis in brain images : applications in ischemic brain stroke, juvenile myoclonic epilepsy, Machado-Joseph disease, mild cognitive impairment and Alzheimer¿s disease

Márcia Silva de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.01%
Análise de textura em imagens digitais é um termo que se refere a um grupo de técnicas de processamento de imagens que objetivam a extração de descritores da imagem ou de regiões de interesse (ROIs) de forma a simplificar a caracterização das mesmas. A textura pode ser entendida como características intrínsecas da imagem (por exemplo: brilho, cor e distribuição de formas) que remetem à ideia de regularidade, rugosidade, suavidade, entre outras, por isso o nome `textura'. Um tipo particular de análise de textura, bastante utilizado em imagens médicas, se baseia em medidas estatítsticas relativas à distribuição de níveis de cinza da imagem (matriz de coocorrência). Os descritores de textura, baseados na matriz de coocorrência, são conhecidos como descritores de Haralick. Este trabalho consistiu na aplicação de vídeo deste tipo de análise em imagens de Tomografia Computadorizada (TC) de vítimas de Acidente Vascular Cerebral Isquêmico e em imagens de Ressonância Magnetica (RM) de portadores de Epilepsia Mioclônica Juvenil, Doença de Machado-Joseph, Déficit Cognitivo Leve e Doença de Alzheimer, visando o desenvolvimento de uma ferramenta computacional que auxilie o neurologista na identificação de areas atingidas por estas doenças e que não sejam distinguíveis em uma análise visual. Neste trabalho foram selecionadas regiões de interesse (ROIs) e calculados os parâmetros de textura para cada grupo de imagens. Após o cálculo dos descritores de textura foi realizada uma análise estatística para verificar se havia diferenciação entre os vários tipos de tecidos. Os resultados obtidos mostraram que a análise de textura pode...

Variabilidade em escala da textura da Floresta Amazônica e de região desmatada utilizando imagem IKONOS da Reserva Rebio Jarú-Rondônia

Souza,C.M.; Sá,L.D.A.; Domingues,M.O.
Fonte: Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional Publicador: Sociedade Brasileira de Matemática Aplicada e Computacional
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.94%
Utiliza-se imagem de satélite de alta resolução espacial (IKONOS, 1-4 m) para investigar características da textura de regiões cobertas pela Floresta Amazônica e desmatadas na área da Reserva Biológica do Jarú em Rondônia (10º05'S 10º19'S e 61º35'W 61º57'W). Procurou-se determinar a existência de possíveis padrões de variabilidade na textura da cobertura vegetal por escala em regiões tanto cobertas por floresta quanto desmatadas. A detecção de escalas características da textura foi efetuada aplicando-se metodologia baseada na aplicação da Transformada Wavelet Contínua Bidimensional, com a utilização da wavelet de Morlet. Os resultados sugerem a existência de possíveis eixos preferenciais de padrões de textura nas áreas cobertas por floresta. Ademais, são observadas diferenças nos padrões de variabilidade por escala da textura nas áreas cobertas por floresta e desmatadas, as quais mostraram distintos valores da variância e curtose por escala, para diversos eixos sobre a imagem.

Quantitative texture analysis applied to the study of preferential orientations in ferroelectric thin films; Aplicación del análisis cuantitativo de la textura al estudio de orientaciones preferentes en láminas delgadas ferroeléctricas

Ricote, J.; Chateigner, D.
Fonte: Sociedad Española de Cerámica y Vidrio Publicador: Sociedad Española de Cerámica y Vidrio
Tipo: Artículo Formato: 229158 bytes; application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
36.98%
[EN] The occurrence of preferred crystallographic orientations, or texture, is a determinant factor of the behaviour of polar materials, like ferroelectric thin films. This is the reason why numerous works have been focused in the preparation of highly oriented films for pyroelectric sensors and electromechanical applications. Traditionally, preferred orientations were determined by the analysis of the main reflections obtained by X-ray diffraction, which only in some cases are characteristic of the texture of the material. Regardless of the interest of this subject, the quantitative texture analysis of ferroelectric thin films has not been systematically applied. This consists in the measurement of pole figures with a goniometer, and the determination of the orientation distribution function. In this work we summarise briefly the principles of the quantitative texture analysis and we demonstrate its application to the study of different ferroelectric thin films: La and Ca modified lead titanate (PTL and PTC) and lead zirconate titanate (PZT). This method allows the study of the characteristics of the type of texture and the identification of the different components that contribute to the final texture of the material. An indicative value of the texture strength is also obtained for both the ferroelectric film and the substrate layers. This information allows us the study of the process that leads to the orientation in thin films...

Enfoques psicológicos de la textura en la musicología norteamericana; Enfoques psicológicos de la textura en la musicología norteamericana

Fessel, Pablo; CONICET/Universidad de Buenos Aires
Fonte: Deartes/Universidade Federal do Paraná Publicador: Deartes/Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 22/10/2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.98%
El trabajo examina enfoques sobre la textura producidos en el campo de la musicología norteamericana desde la década del 40, los cuales establecen una articulación entre consideraciones psicológicas y teóricas. En particular se revisan los enfoques de Meyer y Tenney, la caracterización de la melodía de Rahn, el enfoque del análisis de escena de Bregman, y el modelo de análisis de Ravenscroft. El trabajo expone un capítulo del desarrollo de la conceptualización de la textura en el pensamiento musicológico contemporâneo.; El trabajo examina enfoques sobre la textura producidos en el campo de la musicología norteamericana desde la década del 40, los los cuales establecen una articulación entre consideraciones psicológicas y teóricas. En particular se revisan los enfoques de Meyer y Tenney, la caracterización de la melodia de Rahn, el enfoque del análisis de escena de Bregman, y el modelo de análisis de Ravenscroft. El trabajo expone un capítulo del desarrollo de la conceptualización de la textura en el pensamiento musicológico comtemporâneo.

Efecto de la congelación y cocción sobre la textura y patrón electroforético de las proteínas de brazos de pulpo (Octopus vulgaris)

Reyes,Genara; Nirchio,Mauro; Bello,Rafael; Borderías,Javier
Fonte: Sociedad Latinoamericana de Nutrición Publicador: Sociedad Latinoamericana de Nutrición
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 ES
Relevância na Pesquisa
36.94%
La textura es la característica más valorada en los cefalópodos. Los factores que principalmente afectan la textura del pulpo son congelación, escaldado y cocción. El objetivo de esta investigación fue evaluar el efecto de la congelación, escaldado y diferentes tiempos de cocción sobre la textura y perfil electroforético de las proteínas de brazos de pulpo (Octopus vulgaris). Los ejemplares fueron capturados con nasa en las cercanías de la Isla de Margarita y transportados al laboratorio, donde fueron empacados y sometidos a: a) congelación a -27°C ó a -20 °C b) escaldado o no escaldado c) cocción por 25, 35 ó 45 min. Se determinó la fuerza de corte sobre tiras de brazo de pulpo mediante celda de Kramer. Extractos de proteínas fueron sometidos a electroforesis en gel de poliacrilamida-dodecil sulfato de sodio (SDS-PAGE) al 12 % según método Laemmli. Fue realizada evaluación sensorial de la preferencia de la textura empleando escala hedónica de 7 puntos y panel no entrenado. La textura del pulpo no resultó afectada ni por la temperatura de congelación ni el escaldado. El pulpo congelado, al cocerlo, fue más blando que el fresco. En la medida que aumentó el tiempo de cocción, el pulpo se ablandó más. La cocción no afectó significativamente la cadena pesada de miosina (MHC) (205 kD); sin embargo...