Página 1 dos resultados de 19 itens digitais encontrados em 0.049 segundos

Testemunhas de jeová ante o uso de hemocomponentes e hemoderivados; Jehovah´s witnesses attitude towards hemocomponents and hemoderivatives

Azambuja, Letícia Erig Osório de; Garrafa, Volnei
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
106.41%
Objetivo. Estudar o grau de conhecimento e aceitação de hemocomponentes e hemoderivados, frescos e armazenados, pelas testemunhas de Jeová e propor ferramentas bioéticas para o enfrentamento de eventuais conflitos éticos e morais nas relações com médicos e dentistas. Métodos. Aplicação de questionários a 150 testemunhas de Jeová que frequentam Salões do Reino no Distrito Federal, Brasil. Os questionários buscaram respostas a aspectos sociodemográficos rela¬cionados à possível aceitação de hemocomponentes e hemoderivados pelos pesquisados, bem como a atitude dos profissionais de saúde ante à opção religiosa dos pacientes. Resultados. Dos pesquisados: 74% acreditam que usar sangue provoca mais malefícios do que bene¬fícios à saúde (fundamentação essencialmente bíblica); 96% não aceitam usar hemocomponentes, mas 76% aceitam usar hemoderivados em situações específicas, demonstrando haver entendimentos particulares sobre o tema; 80% se sentem moralmente ofendidos com o uso de sangue armazenado e apenas 45% com sangue fresco, confirmando a interpretação religiosa de que produtos frescos são em geral mais aceitos; segundo 83% dos pesquisados, seus dentistas não perguntaram a religião dos pacientes contra 71% dos médicos...

O Paraiso constitucional das testemunhas de jeova

Fonte: Senado Federal do Brasil Publicador: Senado Federal do Brasil
Tipo: Notícia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.83%

Testemunhas de jeová ante o uso de hemocomponentes e hemoderivados

Azambuja,Letícia Erig Osório de; Garrafa,Volnei
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
106.41%
OBJETIVO: Estudar o grau de conhecimento e aceitação de hemocomponentes e hemoderivados, frescos e armazenados, pelas testemunhas de Jeová e propor ferramentas bioéticas para o enfrentamento de eventuais conflitos éticos e morais nas relações com médicos e dentistas. MÉTODOS: Aplicação de questionários a 150 testemunhas de Jeová que frequentam Salões do Reino no Distrito Federal, Brasil. Os questionários buscaram respostas a aspectos sociodemográficos relacionados à possível aceitação de hemocomponentes e hemoderivados pelos pesquisados, bem como a atitude dos profissionais de saúde ante à opção religiosa dos pacientes. RESULTADOS: Dos pesquisados: 74% acreditam que usar sangue provoca mais malefícios do que benefícios à saúde (fundamentação essencialmente bíblica); 96% não aceitam usar hemocomponentes, mas 76% aceitam usar hemoderivados em situações específicas, demonstrando haver entendimentos particulares sobre o tema; 80% se sentem moralmente ofendidos com o uso de sangue armazenado e apenas 45% com sangue fresco, confirmando a interpretação religiosa de que produtos frescos são em geral mais aceitos; segundo 83% dos pesquisados, seus dentistas não perguntaram a religião dos pacientes contra 71% dos médicos...

Colisão de princípios à luz do princípio da proporcionalidade : um estudo de caso

Holanda, Fábio Campêlo Conrado de
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.17%
Trata sobre a colisão dos princípios constitucionais fundamentais da liberdade de crença e o do resguardo à vida através do estudo de caso situando a fé das Testemunhas de Jeová, especialmente em face de suas crianças, na moldura normativa do ordenamento jurídico pátrio, quando comprovada a necessidade médica de se proceder à transfusão de sangue tradicional em paciente Testemunha de Jeová. Aborda a questão em seus aspectos religioso, médico, filosófico e jurídico.

A liberdade religiosa e a transfusão de sangue nas Testemunhas de Jeová

Sá, Fabiana Costa Lima de
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.38%
Examina os possíveis limites ao direito fundamental de liberdade religiosa no caso de transfusão de sangue em Testemunhas de Jeová. Com base em algumas posições das Testemunhas de Jeová, inicia o estudo tratando sobre processos alternativos à transfusão de sangue. Por último, analisa o aspecto jurídico que enlaça o respectivo tema.

Humor, racismo e julgamento : ou sobre como se processa a ideia de racismo no judiciário brasileiro

Corrêa Filho, Cezário
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.26%
Tece alguns questionamentos acerca dos possíveis limites ao direito fundamental de liberdade religiosa, tendo como foco a questão atinente à transfusão de sangue nas testemunhas de Jeová, tratando dos aspectos jurídicos e levando em consideração o modo idiossincrásico das testemunhas com respeito ao tema referido.

Recusa a tratamento da saúde com fundamento em crença religiosa e o dever do Estado de proteger a vida humana : o caso da transfusão de sangue em Testemunha de Jeová

Willeman, Flávio de Araújo
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.28%
Discorre sobre a postura do Estado, especificamente dos médicos que atuam em hospitais públicos, com relação a postura adotada por Testemunhas de Jeová a tratamentos que envolvam transfusão de sangue, ainda que indispensável a sobrevivência. Apresenta caso ocorrido no Rio de Janeiro.

Transfusão de sangue e o direito de escolha de tratamento : tempo de mudanças

Junqueira, Sebastião Alves
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
75.95%
Tece considerações acerca das mudanças relativas aos direitos do paciente, principalmente quanto à escolha de tratamento médico, estudando o suposto conflito entre direito à vida e religião.

Ensaios de bioética e direito : suicídio, castração química, pedofilia, células-tronco, autonomia, dopagem esportiva, corpo humano morto, exame de DNA, eugenia e deficiência, relativismo cultural, reprodução assistida, testemunhas de Jeová

Vieira, Tereza Rodrigues (org.)
Fonte: Consulex Publicador: Consulex
Tipo: Livro
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.22%
Divulgação dos SUMÁRIOS das obras recentemente incorporadas ao acervo da Biblioteca Ministro Oscar Saraiva do STJ. Em respeito à lei de Direitos Autorais, não disponibilizamos a obra na íntegra. STJ00092608 34:614.253 E59d 2.ed. (2012)

Recusa a tratamento da saúde com fundamento em crença religiosa e o dever do Estado de proteger a vida humana: o caso da transfusão de sangue em testemunha de Jeová

Willeman, Flávio de Araújo
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.1%

Transfusões sanguíneas em testemunhas de Jeová: o princípio da proporcionalidade como técnica hermenêutica de solução de conflitos entre os direitos fundamentais vida e liberdade religiosa

Guimarães, Renata Garcia Moreno
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.21%

Vida e arbítrio individual: o dever médico versus a liberdade religiosa

Lima, Luana Lorena de Souza
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
65.93%

Autonomia privada e direitos da personalidade

Rocha, Rafael da Silva
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.92%

O direito à vida e à saúde diante da liberdade religiosa

Neves, Rodrigo Santos
Fonte: Revista dos Tribunais Publicador: Revista dos Tribunais
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
45.94%

Transfusão de sangue em pacientes testemunhas de Jeová: religião, ética e discurso jurídico-penal

Moraes, Rodrigo Iennaco de; Pires, Rodrigo Esteves Santos
Fonte: Revista dos Tribunais Publicador: Revista dos Tribunais
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.18%

O direito das Testemunhas de Jeová à recusa às transfusões de sangue

Girnos, Rodrigo Forli
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Monografia Graduação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
106.36%
Atualmente há mais de 700 mil Testemunhas de Jeová no Brasil, que se recusam rotundamente a receber em seus corpos sangue ou seus principais componentes. De um lado, apresenta-se o paciente informado, esclarecido, que deseja exercer seu direito à liberdade e à autonomia, por decidir o melhor tratamento para si; do outro lado, a classe médica, que enfrenta várias dificuldades inerentes à profissão, tem de cumprir com os preceitos do Código de Ética Médica e por vezes deseja salvar a vida do paciente a qualquer custo, transfundindo sangue sem sequer recorrer ao Poder Judiciário para obter autorização. O objetivo deste trabalho é demonstrar que, assim como ocorre na maioria dos países desenvolvidos, o paciente tem o direito constitucional de decidir sobre seu próprio corpo. Faz parte dos seus direitos da personalidade dispor sobre sua integridade física e mental. Além disso, busca-se mostrar os riscos da transfusão de sangue como tratamento médico, bem como os bons resultados de tratamentos alternativos simples, seguros e eficazes. Também se enfrenta a polémica questão de pacientes menores, filhos de Testemunhas de Jeová. Por fim, analisa-se a responsabilidade ética, civil e penal do médico diante da recusa à transfusão de sangue pelo doente. Em síntese...

A torre sob vigia: as Testemunhas de Jeová em São Paulo (1930-1954); The tower under guard: Jehovah\'s Witnesses in São Paulo (1930-1954)

Castro, Eduardo Goes de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
116.56%
Esse trabalho tem como objetivo analisar a ação das Testemunhas de Jeová, seita religiosa milenarista norte-americana, em São Paulo, entre os anos de 1930 e 1954. Em meio aos governos de Vargas e Dutra, à Segunda Guerra Mundial e ao início da Guerra Fria, a \"Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados\" - nome jurídico adotado pelas Testemunhas de Jeová no Brasil - teve suas publicações confiscadas, membros presos e seu registro de atividades proscrito no país entre 1940 e 1947. Sob alegações diversas e contraditórias, as Testemunhas de Jeová foram acusadas de propagandear o nazismo, o fascismo, o anarquismo e o comunismo, em vista de proclames como a não prestação de serviço militar obrigatório, não saudação de símbolos nacionais, não transfusão de sangue e de seu proselitismo anticlerical, feito de porta em porta pelas ruas da cidade. Acreditando-se \"missionários pioneiros\" em meio a uma realidade supersticiosa católica, as Testemunhas de Jeová reeditaram no Brasil, a partir da década de 20, o mesmo discurso utilizado pelos puritanos ingleses que colonizaram a América no século XVII: tratavam-se do \"povo eleito\" de Deus na Terra que se dizia em combate com organizações \"satânicas\" e \"obscurantistas\"...

A visão do mundo transformada pela desagregação cultural

Sylvio Candido de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/1996 PT
Relevância na Pesquisa
65.95%
o tema, A Visão de Mundo Transformada pela Desagregação Cultural, investiga os migrantes integrados em agrupamentos evangélicos de origem protestante, chegados à cidade de São Paulo entre as décadas de 1970 a 1990, cuja adaptação a um novo meio social se desenvolve como uma verdadeira ressocialização cultural. O objetivo fundamental da pesquisa é levantar as contradições vividas em realidades distintas da origem dos migrantes, e verificar as disfunções culturais que atingem o migrante em busca da relaboração de sua conduta, através do sagrado. A religião serviu de palco para análise do desenvolvimento da ação dos migrantes, como lente sob a qual se observa e se pensa a readaptação e a ação desses personagens. Entrevistou-se pastores evangélicos e "fiéis" conversos, residentes na Zona Leste da cidade de São Paulo, que abriga expressivo contingente populacional de migrantes e numerosos grupos evangélicos além de ser altamente urbanizada e industrializada. Para efeito de pesquisa considerou-se, como grupos evangélicos de origem protestante, os PENTECOST AIS CLÁSSICOS, formados pelas Assembléias de Deus, Congregação Cristã do Brasil e Igreja Evangélica Pentecostal, "O Brasil para Cristo"; os AGRUP AMENTOS DE "CURA DIVINA" integrados pelas Igreja Universal do Reino de Deus e a Igreja Pentecostal " Deus é Amor" ...

Testemunhas de Jeová frente ao uso de hemocomponentes e hemoderivados

Azambuja, Letícia Erig Osório de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
116.41%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2010.; O presente estudo teve como objetivos estudar o grau de conhecimento e aceitação de hemocomponentes e hemoderivados, frescos e armazenados, pelas Testemunhas de Jeová, além de propor ferramentas bioéticas para o enfrentamento dos eventuais conflitos éticos e morais encontrados nas suas relações com médicos e dentistas. Foi realizado por meio da aplicação de questionários a 150 Testemunhas de Jeová que freqüentam Salões do Reino no Distrito Federal, Brasil. Os questionários buscaram respostas a aspectos sócio-culturais relacionados ao uso (ou não) de hemocomponentes e hemoderivados por parte dos pesquisados, bem como a atitude dos profissionais de saúde frente à opção religiosa dos pacientes. Como resultados dos pesquisados: 74% acreditam que usar sangue provoca mais malefícios do que benefícios à saúde - a fundamentação para a recusa é basicamente bíblica; 96% não aceitam usar hemocomponentes, mas 76% aceitam usar hemoderivados em situações específicas, demonstrando haver entendimentos particulares sobre o tema; 80% se sentem moralmente ofendidos com o uso de sangue armazenado e apenas 46% com sangue fresco...