Página 1 dos resultados de 22 itens digitais encontrados em 0.013 segundos

Um programa de treino da criatividade: estudo exploratório com alunos do 1º Ciclo

Oliveira, Raquel Susana Rodrigues de
Fonte: Universidade da Madeira Publicador: Universidade da Madeira
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 12/02/2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.07%
A ideia de que os recursos ambientais exercem forte influência no desenvolvimento da criatividade é hoje, unanimemente aceite pela comunidade científica, sendo a Escola perspetivada como o contexto ideal para a promover (Alencar, 2000). Este estudo desenrola-se em contexto escolar e é seu propósito contribuir com informações úteis e meios necessários para a promoção da criatividade na Escola. Ao longo deste estudo procuramos comprovar a ideia consensualmente assumida pelos especialistas desta área, de que a criatividade pode ser desenvolvida através do treino, sendo os programas criativos favoráveis neste domínio (Fleith, Renzulli, & Westberg, 2002). A componente empírica assumiu como objetivo principal avaliar os efeitos de um programa de escrita no desenvolvimento da criatividade em alunos de 1.º Ciclo. O estudo utiliza um design experimental com avaliação pré-teste e pós-teste, com um grupo controlo. A amostra é constituída por 76 alunos a frequentar o 3.º e 4.º anos de escolaridade, em escolas públicas da RAM. Para alcançar os objetivos a que se propôs este estudo foi necessário avaliar a realização criativa dos alunos recorrendo ao Teste de Pensamento Criativo de Torrance (TTCT-Figurativo...

Estudo comparativo entre alunos superdotados e nãosuperdotados em relação à criatividade, inteligência e percepção de clima de sala de aula para criatividade

Gonçalves, Fernanda do Carmo
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
56.01%
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2010.; Nos últimos anos, no Brasil, o interesse pelo fenômeno da superdotação tem aumentado. No entanto, o país ainda necessita de maiores investimentos e pesquisas na área, de forma a possibilitar e orientar a implementação de programas e serviços para o aluno superdotado, bem como a adaptação de currículos escolares que estimulem as potencialidades desse aprendiz, especialmente a inteligência e a criatividade. Nesse sentido, foi realizado um estudo comparativo entre alunos superdotados e nãosuperdotados em relação à criatividade e inteligência. Os objetivos específicos dessa pesquisa foram: investigar se existe relação entre criatividade e inteligência em alunos superdotados e nãosuperdotados; investigar se existem diferenças quanto à criatividade e inteligência entre alunos superdotados e nãosuperdotados; investigar se existem diferenças de percepção quanto ao clima de criatividade em sala de aula entre alunos superdotados e nãosuperdotados e investigar a percepção dos alunos superdotados e nãosuperdotados sobre inteligência e criatividade. Participaram dessa pesquisa 21 alunos superdotados e 27 nãosuperdotados do 6º ano do ensino fundamental de uma escola pública em Minas Gerais. Foram utilizados quatro instrumentos na coleta de dados: Matrizes Progressivas de Raven – Escala Geral...

Motivação e criatividade em Matemática : um estudo comparativo entre alunas e alunos de Ensino Médio; Motivation and creativity in Mathematics : a comparative study between second school female and male students

Gontijo, Cleyton Hércules; Fleith, Denise de Souza
Fonte: Faculdade de Educação da UNICAMP Publicador: Faculdade de Educação da UNICAMP
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.12%
O objetivo deste estudo foi investigar a percepção de 100 alunos, dos gêneros masculino e feminino, da 3ª série do Ensino Médio de uma escola particular do Distrito Federal, sobre motivação em Matemática, bem como seu desempenho em um teste de criatividade e em um teste de criatividade em Matemática. A Escala de Motivação em Matemática, o Teste Torrance de Pensamento Criativo e o Teste de Criatividade em Matemática foram utilizados na pesquisa. Para a análise dos dados foi empregado o teste t de Student. Os resultados indicaram que, quanto à motivação em relação à Matemática, os alunos do gênero masculino demonstraram percepção mais favorável em relação a dois dos seis fatores da escala aplicada: “Jogos e Desafios” e “Resolução de Problemas”, enquanto os alunos do gênero feminino demonstraram percepção mais favorável apenas em relação ao fator “Hábitos de Estudo”. Não foram observadas diferenças significativas entre alunos dos gêneros masculino e feminino quanto às medidas de criatividade. Porém, os alunos do gênero masculino apresentaram desempenho superior em comparação aos do gênero feminino em relação à criatividade em Matemática. _______________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The purpose of this study was to investigate the perception of 100 students...

Intervenção em criatividade com professoras e mães : efeitos no rendimento escolar, autoconceito, motivação e criatividade de alunos do 3º ano do ensino fundamental

Santos, Fernanda do Carmo Gonçalves dos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
56.1%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2014.; A criatividade tem sido cada vez mais reconhecida como recurso importante para a promoção do bem-estar mental do indivíduo, bem como para o avanço econômico e social de um país. Desde que haja condições favoráveis e uso de estratégias adequadas, essa habilidade pode ser desenvolvida e aprimorada. A escola e a família são contextos críticos de incentivo à criatividade e fontes para a emergência do comportamento criativo. Entretanto, o potencial criador nem sempre é estimulado e compreendido por educadores e pais. Portanto, o objetivo deste estudo foi verificar os efeitos, a curto e médio prazo, de dois programas de criatividade – um para professoras e outro para mães – na habilidade criativa, autoconceito, motivação para aprender, rendimento escolar e percepção do clima para criatividade em sala de aula de alunos do 3º ano do ensino fundamental. Participaram da pesquisa 128 crianças, cinco docentes e nove mães de uma escola pública de Minas Gerais. Cinco instrumentos foram utilizados: Teste Torrance de Pensamento Criativo, Escala de Avaliação da Motivação para Aprender de Alunos do Ensino Fundamental...

FPSPI- Future Problem Solving Program International: análise dos efeitos do programa em competências do pensamento criativo

Morais, Mª de Fátima; Azevedo, Ivete; Martins, Maria Fernanda
Fonte: Universidade do Porto Publicador: Universidade do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.33%
Future Problem Solving Program International (FPSPI) is an internationalvalidated educative program that involves children and youth. Creative Problem Solving and Futuristic Thinking make its theoretical framework. It is directed to the promotion of creative thinking skills, critical and analytical thinking, using a futuristic approach to problems. In this study, we sought to evaluate the effects of this program on creative skills assessed by the Torrance Test of Creative Thinking, Figurative version (Form A). Intervention involved 51 teenagers, for seven months, in an extracurricular context. Theevaluation of the program effects had two different time points (pre-test and post-test) and took into account identical control and experimental groups. Statistically significant differences were found in all the evaluated skills, indicating a positive impact of the FPSPI program in this sample. These results are contextualized, described and discussed, raising awareness to future applications and program research in Portugal.; O Future Problem Solving Program International (FPSPI) é um programaeducativo que envolve crianças e jovens, internacionalmente validado. Tem como base teórica o modelo de Resolução Criativa de Problemas e o Pensamento Futurista. Direciona-se para a promoção de competências de pensamento criativo...

Metacognição, criatividade e emoção na Educação Visual e Tecnológica : contributos e orientações para a formação de alunos com sucesso

Martins, José Alberto Lourenço Gonçalves
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 03/05/2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.28%
Tese de doutoramento em Estudos da Criança (área de especialização em Comunicação Visual e Expressão Plástica); Este projecto nasceu de um desejo, um desejo de alcançar uma maior capacidade de intervenção no ensino e nas aprendizagens dos alunos. Foi apresentado e desenvolvido no Instituto de Estudos da Criança da Universidade do Minho. Na sua implementação participaram a Escola Básica de Ribeira do Neiva e a Associação de Paralisia Cerebral de Braga (APCB). Teve como objectivo geral fazer debater a eficácia de um programa de ensino experimental, na disciplina de Educação Visual e Tecnológica do segundo ciclo do ensino básico, tendo como alicerce teórico os três patamares da aprendizagem que se enquadraram numa orientação pelo aprender a aprender, nomeadamente, os aspectos afectivos, processo metacognitivo e criativo. Pretendeu-se, deste modo, dar resposta à pergunta: de que maneira é que na disciplina de Educação Visual e Tecnológica a formação de competências curriculares no aluno do ensino regular, onde podem estar inseridas crianças com deficiência mental ligeira, é dependente dos processos metacognitivos, criativos e afectivos, implementados na sala de aula. Por outro lado, pretende-se perceber...

Avaliação da criatividade como condição para o seu desenvolvimento : um estudo português do Teste de Pensamento Criativo de Torrance em contexto escolar

Azevedo, Ivete; Morais, Maria de Fátima
Fonte: REICE Publicador: REICE
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.24%
A avaliação da criatividade tem sido uma temática complexa e polémica; contudo, no contexto educativo, uma das suas fortes justificações deverá passar pela facilitação de intervenções para o desenvolvimento do potencial criativo diagnosticado. Esta preocupação com a indissociabilidade entre avaliação e intervenção face à criatividade aparece reforçada no contexto português. Por um lado, o interesse pela temática tem vindo a crescer e o Sistema Educativo nacional assume o desenvolvimento de competências criativas como fundamental; por outro, constata-se lacunas na conceção de avaliação de criatividade por parte dos educadores e ainda não há um instrumento de avaliação validado a nível nacional que permita formações controladas na sua eficácia. Quis- se então validar, em Portugal, uma ferramenta de avaliação sólida no seu historial, diversificada na informação oferecida, e articulada face à intervenção, tomando a versão figurativa do Torrance Tests of Creative Thinking. A amostra é representativa a nível de sexo e de zonas geográficas do país, contendo 348 alunos do 5o, 7o e 9o anos de escolaridade (entre 10 e 16 anos). Serão apresentados a metodologia e os resultados do estudo de validação...

FPSPI - Futur Problem Solving International : análise dos efeitos do programa em competências do pensamento criativo; FPSPI - Futur Problem Solving International : análisis de los efectos del programa en habilidades de pensamiento creativo; FPSPI - Futur Problem Solving International : analysis of the program effects in creative thinking skills

Azevedo, Ivete; Morais, Maria de Fátima; Martins, Fernanda
Fonte: Universidade Federal do Amazonas Publicador: Universidade Federal do Amazonas
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.39%
O Future Problem Solving Program International (FPSPI) é um programa educativo que envolve crianças e jovens, internacionalmente validado. Tem como base teórica o modelo de Resolução Criativa de Problemas e o Pensamento Futurista. Direciona-se para a promoção de competências de pensamento criativo, pensamento crítico e analítico, recorrendo a uma abordagem futurista dos problemas. Nesta investigação, pretendeu-se avaliar os efeitos deste programa nas competências criativas avaliadas pelo Teste de Pensamento Criativo de Torrance, Versão Figurativa (Forma A), A intervenção foi feita em 51 adolescentes, durante sete meses e em contexto extracurricular. A avaliação dos efeitos do programa teve em conta dois momentos (pré e pós teste), assim como grupos experimental e de controlo semelhantes. Encontraram-se diferenças estatisticamente significativas em todas as competências avaliadas, indicando um impacto positivo do programa na amostra. Tais resultados são contextualizados, descritos e discutidos, sensibilizando-se para futuras aplicações e investigações do programa em Portugal.; El Future Problem Solving Program International (FPSPI) es un programa educativo, validado internacionalmente, que involucra niños y jóvenes. La base teórica es la resolución creativa de problemas y el pensamiento futurista. Estás preparado para promover las habilidades de pensamiento creativo ...

Relações entre a criatividade e o desempenho académico : estudo das diferenças de género num grupo de alunos do 6º ano de escolaridade; Las relaciones entre la creatividad y el rendimiento académico : estudio de las diferencias de género en un grupo de estudiantes de sexto grado; Relations between creativity and academic performance : study of gender differences in a group of students from 6th grade

Miranda, Lúcia C.; Almeida, Leandro S.
Fonte: Universidade Federal do Amazonas Publicador: Universidade Federal do Amazonas
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.35%
Este trabalho analisa as relações entre criatividade e o rendimento escolar tomando em atenção o género dos alunos. A amostra é constituída por de 240 alunos do 6º ano de escolaridade, 124 rapazes (52%) e 116 raparigas (48%) com média de idades de 11,6. Aplicaram-se seis subtestes do Teste de Pensamento Criativo de Torrance, repartidos por tarefas verbais e figurativas, orientando-nos pelos critérios de cotação da versão brasileira (Wechsler, 2002). O rendimento escolar foi obtido tomando as classificações dos alunos no final do 3º trimestre escolar. Este estudo sugere uma relação positiva e estatisticamente significativa entre a criatividade e o desempenho escolar dos alunos, explicando a criatividade cerca de 20% da variância no rendimento escolar. Não se verificaram diferenças de género nos critérios da criatividade, mas registaram-se resultados superiores nas alunas no rendimento escolar.; Este trabajo analiza la relación entre la creatividad y el rendimiento escolar teniendo en cuenta el género de los estudiantes. La muestra se compone de 240 estudiantes de 6 to grado, 124 varones (52%) y 116 mujeres (48%) con una edad media de 11,6. Se aplicaron seis subtests del Test de Pensamiento Creativo de Torrance...

Utilização da técnica Synectics em sala de aula no ensino superior: no contexto do mestrado em Comunicação Multimédia

Pereira, Andreia Ana Lopes
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.29%
O presente estudo teve como principal objetivo perceber o contributo do uso da Técnica Synectics no desenvolvimento do potencial criativo do aluno, a fim de se saber se a sua aplicação é ou não uma mais-valia para os alunos universitários num contexto específico. Assumindo uma natureza qualitativa, pretende alcançar-se uma visão holística do contexto em estudo e captar os dados, partindo das perceções dos próprios intervenientes no estudo de caso. Portanto, esta investigação envolve o estudo intensivo e detalhado de um pequeno grupo, formado por alunos do ensino superior, a frequentar o Mestrado em Comunicação Multimédia, na Universidade de Aveiro, no 2º semetre do ano letivo de 2013/2014. Recorre a escalas de medida, entre as quais o Teste “Pensando Criativamente” de Torrance, traduzido e validado por Oliveira (1992) e o Teste de Diagnóstico, desenvolvido na disciplina de Criatividade na Comunicação Multimédia, para se poder cumprir com os objetivos definidos neste estudo. Concluiu-se, pelos dados coligidos e pela respetiva análise, que a aplicação da técnica Synectics não só ajudou os alunos a desenvolverem o seu potencial criativo, como também ajudou-os a reconhecerem melhor o seu perfil criativo. Logo...

Estratégias de ensino das ciências promotoras de criatividade e pensamento crítico

Sanches, Maria Dulce de Campos Chasqueira
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
76.54%
Tese de mestrado, Educação (Didáctica das Ciências), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2009; O estudo pretende dar resposta ao seguinte problema central: “Será que se verificam melhorias dos níveis de criatividade e de pensamento crítico quando os alunos realizam actividades de ensino-aprendizagem que apelam para o desenvolvimento da criatividade e do pensamento crítico?”. Trata-se de um estudo de design quase-experimental / grupo controlo-grupo experimental / pré-teste-pós-teste / grupos não aleatórios. As observações foram realizadas num colégio particular da região do concelho de Lisboa e nele participaram alunos de duas turmas de Ciências Físico-Químicas do 8º ano de escolaridade. Com este trabalho não se pretendeu apenas fazer uma medição dos níveis de criatividade e de pensamento crítico dos alunos. Um dos grandes objectivos deste trabalho consistia na elaboração e implementação de materiais didácticos passíveis de ser utilizados em sala de aula como promotores de criatividade e pensamento crítico. Foram seleccionadas sete actividades que integraram um programa de intervenção que foi implementado durante um período lectivo no grupo experimental. Antes e depois do programa de intervenção foram administrados testes de medição de pensamento criativo (Teste de Pensamento Criativo de Torrance) e testes de medição de pensamento crítico (Teste de Pensamento Crítico de Cornell - Nível X). A análise dos resultados obtidos no pré-teste permitiu constatar que os dois grupos eram equivalentes no que diz respeito aos níveis de Criatividade e de Pensamento Crítico. Após a conclusão do estudo verificou-se que não se registaram melhorias estatisticamente significativas nos níveis de pensamento criativo e crítico dos alunos envolvidos no estudo. Verificou-se contudo que o nível de pensamento crítico dos alunos do grupo experimental no aspecto assumpções aumentou significativamente. O estudo permitiu a reflexão sobre a importância da promoção da Criatividade e do Pensamento Crítico através das práticas lectivas dos professores e concluir sobre a necessidade de formação de professores no que diz respeito à concepção e implementação de materiais didácticos.; The present study seeks to answer the following central problem: “Are there improvements of the levels of creativity and critical thinking when pupils perform teaching-learning activities that call for the development of creativity and critical thinking?”. It is a study of quasi-experimental design/ control group-experimental group/ pre-test-post-test/ non-random groups. The data were collected in a private school localized in central Lisbon and involved pupils of two classes of Physics and Chemistry of the 8th grade. The purpose of this work consisted in the development and implementation of didactic materials to be used in the classroom as promoters of creativity and critical thinking and in the measurement of the levels of creativity and critical thinking of the pupils involved. Seven activities were selected and incorporated in an intervention programme that was implemented during a school term in the experimental group. At the beginning and at the end...

Vamos re-criar a escola: programa de promoção da criatividade em contexto escolar

Manteigueiro, Lídia Maria da Costa Mendes da Paula
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
86.22%
O trabalho realizado ao longo desta dissertação teve como inspiração e suporte o Projecto Educativo “Vamos (re)criar a escola - o ato criativo como evidência de competências”, em vigor no Agrupamento de Escolas onde a autora exerce docência. Reconhecida, neste contexto, a importância da criatividade e a necessidade de um maior investimento na sua promoção, este estudo exploratório teve dois objetivos principais: i) conhecer as percepções e práticas educativas dos professores do Agrupamento no que se reporta à criatividade e à sua promoção; e ii) construir e implementar um programa de treino do pensamento divergente em contexto escolar. Foram realizados dois estudos tendo em conta os objetivos desta investigação. No primeiro estudo, foi construído um questionário composto por perguntas abertas, incidindo sobre quatro dimensões gerais - características dos alunos criativos, práticas utilizadas para a promoção da criatividade, avaliação de habilidades criativas e barreiras ao estímulo da criatividade. Numa amostra constituída por 21 professores do Agrupamento, desde o pré-escolar ao 3º Ciclo do Ensino Básico, consideraram alunos criativos os sujeitos que dão respostas inovadoras e originais, revelam espírito crítico...

Habilidades de pensamento criativo em crianças institucionalizadas e não institucionalizadas

Sousa Filho,Paulo Gomes de; Alencar,Eunice M. L. Soriano
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
76.47%
Este estudo examinou diferenças em habilidades de pensamento criativo entre 25 crianças institucionalizadas e 30 crianças não institucionalizadas, sendo 23 do sexo masculino e 32 do sexo feminino. Todas responderam a um teste de natureza verbal da Bateria Torrance de Pensamento Criativo (Torrance, 1974) e ao Teste de Pensamento Criativo - Produção Divergente (Urban & Jellen, 1996). Não foram observadas diferenças significativas nas medidas de pensamento criativo entre crianças institucionalizadas e não institucionalizadas. Diferença significativa entre gêneros foi observada no Teste de Pensamento Criativo - Produção Divergente, a favor do gênero masculino, paralelamente a uma interação entre gênero e instituição neste teste. Observou-se também uma relação positiva entre os escores dos dois testes utilizados.

Relação entre criatividade, inteligência e autoconceito em alunos monolíngues e bilíngües

Mendonça,Patrícia Villa da Costa Ferreira; Fleith,Denise de Souza
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
55.95%
Este estudo teve como objetivo estudar a relação entre criatividade, inteligência e autoconceito em alunos bilíngües e monolíngües. Participaram deste estudo 269 alunos, do gênero masculino e feminino, adolescentes e adultos, de uma instituição particular de ensino de língua inglesa, localizada em Brasília. Os instrumentos utilizados foram o Teste Torrance de Pensamento Criativo - TTCT, Teste Não-Verbal de Raciocínio para Adultos - TNVRA e Escala Fatorial de Autoconceito - EFA. Os alunos bilíngües apresentaram escores superiores nas medidas de criatividade verbal e figurativa e de inteligência quando comparados aos alunos monolíngües. Os resultados indicaram, ainda, que os alunos do gênero masculino apresentaram escores superiores aos do gênero feminino apenas na medida de originalidade verbal. Não foram observadas diferenças entre adolescentes e adultos em relação à criatividade, inteligência e autoconceito. Foi observada uma correlação positiva entre criatividade e autoconceito para alunos bilíngües.

Efeitos de um programa de criatividade para professoras em alunos do ensino fundamental

SANTOS,Fernanda do Carmo Gonçalves dos; FLEITH,Denise de Souza
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2015 PT
Relevância na Pesquisa
55.9%
Este estudo, com delineamento quase-experimental, objetivou investigar os efeitos, a curto e médio prazo, de um programa de criatividade para professoras. Foram analisados a criatividade, o autoconceito, a motivação para aprender e a percepção de clima para criatividade em sala de aula de alunos do 3º ano do ensino fundamental. Participaram 119 crianças, sendo 71 do grupo de tratamento e 48 do grupo controle, e 5 professoras, dentre as quais 3 foram treinadas. Foram utilizados o Teste Torrance de Pensamento Criativo e as Escalas de Avaliação da Motivação para Aprender de Alunos do Ensino Fundamental, Autoconceito Infanto-Juvenil e Percepção de Clima para Criatividade em Sala de Aula. Os resultados indicaram ganhos nos escores de criativdade e percepção do clima para a criatividade a curto e médio prazo, de autoconceito global e familiar a médio prazo, e de motivação intrínseca a curto prazo a alunos das professoras treinadas. Conclui-se que é viável e eficaz implementar programas de criatividade no contexto escolar.

Relações entre criatividade, criatividade em matemática e motivação em matemática de alunos do ensino médio

Gontijo, Cleyton Hércules
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.36%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2007.; O trabalho pedagógico com a Matemática, na maioria das escolas, tem sido marcado pela fragmentação, descontextualização e ensino mecânico. Essa realidade tem gerado desinteresse e indiferença em relação a este componente curricular, produzindo ao longo da história escolar dos alunos um sentimento de fracasso e incapacidade para compreender e resolver problemas matemáticos. Uma forma de possibilitar mudanças nesta realidade é a implementação de práticas que favoreçam o desenvolvimento da criatividade nesta área do conhecimento. Isto implica realizar estudos que aprofundem a compreensão sobre o fenômeno da criatividade em Matemática. Nesse sentido, esta tese teve como objetivo investigar relações entre criatividade, motivação em Matemática e criatividade em Matemática, em uma amostra composta por 100 alunos, dos gêneros masculino e feminino, da 3ª série do Ensino Médio de uma escola particular do Distrito Federal. Para esta investigação, foram traçadas as seguintes questões orientadoras: (1) Existem diferenças entre alunos do gênero masculino e feminino em relação à criatividade (2) Existem diferenças entre alunos do gênero masculino e feminino em relação à criatividade em Matemática? (3) Existem diferenças entre alunos do gênero masculino e feminino em relação à motivação em Matemática? (4) Existe relação entre criatividade e criatividade matemática? (5) Existe relação entre motivação e criatividade matemática? A fim de responder a essas questões...

O apoio psico-educativo a alunos com altas habilidades : um programa de enriquecimento numa escola inclusiva

Antunes, Ana Maria Pereira
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 30/10/2008 POR
Relevância na Pesquisa
76.06%
Tese de Doutoramento em Psicologia - Ramo do Conhecimento em Psicologia da Educação; A temática da sobredotação integra algumas incertezas e ambiguidades. Apesar dos alunos sobredotados e talentosos terem direito a uma educação diferenciada, não costumam ser alvo de atenção especial por parte do sistema escolar e dos intervenientes educativos. Ao longo desta dissertação procuramos analisar e reflectir sobre esta problemática, incluindo uma componente mais teórica e outra mais empírica. Na componente teórica, abordamos o conceito de sobredotação e alguns dos modelos explicativos, acompanhando a sua evolução e o estado actual da arte. Reiteramos a articulação entre a identificação e a definição de sobredotação, discutindo as fases necessárias à identificação dos alunos (sinalização e avaliação) e apresentando algumas propostas concretas sugeridas para este processo. Tomando as práticas educativas destacamos a aceleração, o agrupamento e o enriquecimento como as principais medidas educativas adoptadas com os alunos sobredotados e talentosos, analisando os dados da investigação sobre cada uma delas e defendendo a sua complementaridade assente na diferenciação curricular. Na componente empírica começamos por apresentar o contributo do nosso trabalho para o estudo psicométrico de provas psicológicas relacionadas com a categorização de informação (Formar Conjuntos – Palavras e Formar Conjuntos – Números e Símbolos) e a criatividade (quatro sub-testes do Teste de Pensamento Criativo de Torrance). Depois...

Vamos re-criar a escola : programa de promoção da criatividade em contexto escolar

Manteigueiro, Lídia Maria da Costa Mendes da Paula
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
86.22%
O trabalho realizado ao longo desta dissertação teve como inspiração e suporte o Projecto Educativo “Vamos (re)criar a escola - o ato criativo como evidência de competências”, em vigor no Agrupamento de Escolas onde a autora exerce docência. Reconhecida, neste contexto, a importância da criatividade e a necessidade de um maior investimento na sua promoção, este estudo exploratório teve dois objetivos principais: i) conhecer as percepções e práticas educativas dos professores do Agrupamento no que se reporta à criatividade e à sua promoção; e ii) construir e implementar um programa de treino do pensamento divergente em contexto escolar. Foram realizados dois estudos tendo em conta os objetivos desta investigação. No primeiro estudo, foi construído um questionário composto por perguntas abertas, incidindo sobre quatro dimensões gerais - características dos alunos criativos, práticas utilizadas para a promoção da criatividade, avaliação de habilidades criativas e barreiras ao estímulo da criatividade. Numa amostra constituída por 21 professores do Agrupamento, desde o pré-escolar ao 3º Ciclo do Ensino Básico, consideraram alunos criativos os sujeitos que dão respostas inovadoras e originais, revelam espírito crítico...

Vamos re-criar a escola: programa de promoção da criatividade em contexto escolar

Manteigueiro, Lídia Maria da Costa Mendes da Paula
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
86.22%
O trabalho realizado ao longo desta dissertação teve como inspiração e suporte o Projecto Educativo “Vamos (re)criar a escola - o ato criativo como evidência de competências”, em vigor no Agrupamento de Escolas onde a autora exerce docência. Reconhecida, neste contexto, a importância da criatividade e a necessidade de um maior investimento na sua promoção, este estudo exploratório teve dois objetivos principais: i) conhecer as percepções e práticas educativas dos professores do Agrupamento no que se reporta à criatividade e à sua promoção; e ii) construir e implementar um programa de treino do pensamento divergente em contexto escolar. Foram realizados dois estudos tendo em conta os objetivos desta investigação. No primeiro estudo, foi construído um questionário composto por perguntas abertas, incidindo sobre quatro dimensões gerais - características dos alunos criativos, práticas utilizadas para a promoção da criatividade, avaliação de habilidades criativas e barreiras ao estímulo da criatividade. Numa amostra constituída por 21 professores do Agrupamento, desde o pré-escolar ao 3º Ciclo do Ensino Básico, consideraram alunos criativos os sujeitos que dão respostas inovadoras e originais, revelam espírito crítico...

Habilidades de pensamento criativo em crianças institucionalizadas e não institucionalizadas; Creative thinking abilities in institutionalized and non institutionalized children

Sousa Filho, Paulo Gomes de; Alencar, Eunice Maria Lima Soriano de
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.56%
Este estudo examinou diferenças em habilidades de pensamento criativo entre 25 crianças institucionalizadas e 30 crianças não institucionalizadas, sendo 23 do sexo masculino e 32 do sexo feminino. Todas responderam a um teste de natureza verbal da Bateria Torrance de Pensamento Criativo (Torrance, 1974) e ao Teste de Pensamento Criativo – Produção Divergente (Urban & Jellen, 1996). Não foram observadas diferenças significativas nas medidas de pensamento criativo entre crianças institucionalizadas e não institucionalizadas. Diferença significativa entre gêneros foi observada no Teste de Pensamento Criativo – Produção Divergente, a favor do gênero masculino, paralelamente a uma interação entre gênero e instituição neste teste. Observou-se também uma relação positiva entre os escores dos dois testes utilizados.; This study investigated the differences in creative thinking abilities among 25 institutionalized children and 30 non-institutionalized children, being 23 male and 30 female. These children answered a verbal test of the Torrance Tests of Creative Thinking (Torrance, 1974) and the Test of Creative Thinking – Divergent Production (Urban & Jellen, 1996). No significant differences were observed among male and female children in the creative thinking abilities. However...