Página 1 dos resultados de 789 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Dinâmica do terceiro sector - um exercício de mediação

Coutinho, Manuela
Fonte: Edições Universidade Fernando Pessoa Publicador: Edições Universidade Fernando Pessoa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
O terceiro sector afirmou-se nas últimas décadas como espaço de discussão no âmbito da economia e da política social. O presente estudo vem ao encontro do debate, na procura de uma análise consistente sobre o sector, enquanto suporte de orientações estratégicas. Com o exercício aqui desenvolvido - cálculo do Índice de Desenvolvimento da Sociedade Civil - pretende-se dar início a uma linha de investigação sobre instrumentos de medição que dêem visibilidade à dinâmica do terceiro sector: à participação e à responsabilidade multiforme que o caracterizam. The third sector is the key element to express different understandings of economy and social policy towards not only its active participation but also its multiform responsibility. Even, they strengthen the concept of social economy as a form of attaining the connection between social and economic objectives. In the present study we have calculated indexes and indicators, based on experimental studies. Our aim is to make visible the scope and impact of the civil society.

A invenção estratégica do terceiro sector como estrutura de observação mútua: Uma abordagem histórico-conceptual

Ferreira, Sílvia
Fonte: Universidade de Coimbra. Centro de Estudos Sociais Publicador: Universidade de Coimbra. Centro de Estudos Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
Este texto analisa o campo discursivo do terceiro sector e os seus actores sociais a partir da articulação teórica entre a abordagem relacional estratégica, a teoria dos sistemas complexos autopoiéticos e a cibernética. Centrando‑se no conceito de observação, o texto desenvolve-se em quatro argumentos sobre o terceiro sector. Primeiro, é um “campo discursivo”, onde discursos e práticas reflectem e moldam as selectividades estruturais e as estratégias dos actores. Segundo, é uma categoria relacional, sendo construído através de um conjunto de relações que se estabelecem entre diferentes modos de organização das relações sociais. Terceiro, é contextual, sendo moldado pelas configurações espácio‑temporais das sociedades em que se constitui e das condições concretas em que se dá a transição do fordismo para o pós‑fordismo. Quarto, a semântica do terceiro sector e as organizações e interacções que o povoam põem em interacção relações sociais típicas dos diferentes modos de coordenação ou diferentes subsistemas, permitindo a observação mútua.

Governação, instituições e terceiro sector : as instituições particulares de solidariedade social

Almeida, Vasco Alves de Sousa
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
66.44%
Este trabalho assenta na convicção de que as perspectivas institucionalistas da economia dão um contributo importante para o estudo do papel e da dinâmica do terceiro sector nas sociedades contemporâneas. Dadas as limitações evidentes das teorias económicas convencionais, mostra-se que a existência do terceiro sector pode ser percebida, de forma mais clara, através de um modelo causal de explicação que integre os vários níveis de análise institucional. A enorme diversidade que o terceiro sector exibe, a nível internacional, é explicada através da abordagem das variedades do capitalismo e da noção de complementaridades institucionais. Um estudo comparativo entre as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e as Charities inglesas evidencia que as suas diferentes características e dinâmicas se explicam pelo facto de estarem incrustadas em diferentes modelos de capitalismos consolidados através de um conjunto de complementaridades institucionais diversas. Apesar da heterogeneidade que apresenta, em termos internacionais, o terceiro sector ocupa um lugar central na governação, na generalidade das sociedades contemporâneas. A sua importância na governação é ilustrada, neste trabalho, pelo estudo das relações de contratualização entre o Estado e as IPSS. O enfoque nos aspectos financeiros da contratualização coloca em evidência o facto de que o fenómeno da criação das regras da governação é um processo de natureza compósita cujos resultados dependem...

O empreendorismo social e as estratégias de comunicação das instituições do terceiro sector

Correia, Maria João Baía Cabral Antunes.
Fonte: FEUC Publicador: FEUC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.35%
O empreendorismo social afirma-se, no século XXI, como uma resposta aos problemas sociais, em especial para as instituições do terceiro sector. A escassez de recursos e a evolução do modelo de Estado Social em Portugal impõem a necessidade de novas soluções e mudanças nestas instituições, frequentemente desprovidas de uma visão estratégica na sua gestão. A comunicação integrada poderá ser uma das respostas para este sector oferecendo vantagens e contribuindo para a sua profissionalização. O objectivo desta dissertação é encontrar soluções para os problemas comunicacionais das instituições do terceiro sector. Recorreu-se ao estudo de caso de uma instituição de Coimbra – a APPACDM. Foram feitas entrevistas em profundidade a vários membros da instituição para aferir quais os principais problemas relativamente à comunicação que esta estabelece com os seus públicos (internos e externos). A nível externo existe falta de notoriedade da instituição e de envolvimento da comunidade com a mesma; a nível interno detectou-se uma comunicação ineficaz entre a instituição e as famílias dos utentes. Assim, poderá ser benéfica uma mudança na imagem institucional da instituição, tornando-a mais positiva e dinâmica.; Dissertação de mestrado em Marketing...

Impacto do terceiro sector no desenvolvimento local e social : inquérito à percepção das Associações de Amarante; Impact of the third sector in social and local development : a survey to the perception of Amarante’s Associations

Ribeiro, Joana Patrícia Carvalho
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.49%
Dissertação de mestrado em Economia Social; O Terceiro Sector integra realidades sociais heterogéneas e difusas e é constituído por um conjunto diverso de organizações: as associações, as cooperativas, as mutualidades, as fundações, entre outras. Estas organizações desenvolveram-se de forma diversificada, de país para país e de região para região. As características específicas das organizações do Terceiro Sector concedem-lhe uma função importante na regulação do mercado do emprego. As organizações do Terceiro Sector em Portugal apresentam-se então como empregadoras importantes e fornecedoras de serviços indispensáveis para a coesão social e o bem-estar das comunidades. Estas exercem um papel fulcral para o desenvolvimento local, uma vez que ajudam na criação de receitas e de emprego. Portanto este estudo tem como problemática o impacto do Terceiro Sector no desenvolvimento local e social, sendo que a parte empírica recairá sobre as respostas obtidas por inquéritos distribuídos junto das Associações do concelho de Amarante. Esta dissertação de mestrado é composta por cinco capítulos: introdução, revisão da literatura, metodologia, resultados e considerações finais. No capítulo 1 delimita-se o assunto...

Estado e terceiro sector: independência em contexto de crise

Cardoso,Ricardo Filipe da Silva
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.37%
Este trabalho pretende ser um contributo para que melhor se conheçam e compreendam, à luz da Teoria da Escolha Pública, as características das relações actuais entre as instituições do terceiro sector e o estado. A análise estrutura-se de acordo com dados recolhidos na Santa Casa da Misericórdia de Aveiro segundo quatro variáveis: financiamento público, áreas de actuação, colaboradores e composição e direcção. Conclui-se pela necessidade de um Terceiro Sector independente, que seja um mecanismo eficaz de protecção e promoção social, e sobretudo o reflexo de uma sociedade verdadeiramente livre e responsável.; This work intends to be a contribution to better know and understand, in light of the Theory of Public Choice, the characteristics of the actual relations between the institutions of the Third Sector and the State. The analysis is structured according to data collected in the Holy House of Mercy of Aveiro according to four variables: public funding, areas of operation, employees and composition and direction. It concludes the need for a independent Third Sector to be an effective mechanism to social protect and promote and above all a reflection of a society that is truly free and responsible.; Mestrado em Administração e Gestão Pública

Organização de uma instituição desportiva no contexto do terceiro sector

Gaioso, António Pedro Henriques
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
66.4%
As organizações e instituições de utilidade pública têm vindo a assumir um papel de destaque nas sociedades europeias, o que tem originado uma profunda reflexão e debate, por parte da grande maioria dos investigadores e críticos das ciências sociais, sobre o aparecimento de um sector diferente do público e privado, o qual encontramos muitas vezes referenciado como terceiro sector. Numa primeira análise, fazendo uma revisão bibliográfica, retractamos o desenvolvimento do terceiro sector ao longo dos últimos séculos, procurando explicar a origem do crescimento acentuado, quer do número de organizações, quer da importância gerada na sociedade. Neste projecto enquadramos e revelamos o funcionamento de uma instituição de utilidade pública, transportando o seu exemplo para o que pensamos ser a realidade destas instituições em Portugal. Para além de assinalarmos o exemplo do Clube do Povo de Esgueira, descrevemos o projecto que iniciámos com o intuito de munir esta instituição de ferramentas que lhe permitam construir uma estrutura de gestão e monitorização processual e documental que conduza posteriormente à implementação de um sistema de informação integrado.; Organizations and public utility corporate bodies have assumed a prominent role in European societies...

Terceiro Sector: Relações Públicas como negociação e compromisso

Nunes, Tatiana Filipa Gomes
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /07/2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.23%
Nas últimas décadas, temos vindo a discutir as Relações Públicas como se as suas fronteiras como profissão e disciplina científica estivessem bem definidas, o que continua a não ser verdade. Mesmo se pudéssemos defender as Relações Públicas como uma disciplina completa e integrada, com um corpo de conhecimento coerente e autónomo, não deixaria de ser pertinente discutir os seus novos desenvolvimentos. Quando falamos de stakeholders, esquecemo-nos muitas vezes daqueles que estão silenciosamente perto de nós e que apenas se manifestam quando, por um motivo ou outro, se transformam, por exemplo, em grupos de pressão. Como poderão facilmente compreender, refiro-me à comunicação enquanto um conceito genérico e às comunidades na sua abordagem mais contextual. Para as organizações do Terceiro Sector, este deve ser, precisamente, defendido como um dos principais e centrais stakeholders.Recorrendo ao exemplo de uma organização portuguesa dedicada à causa da Doença de Alzheimer, a Associação Alzheimer Portugal, pretende-se demonstrar que a Comunicação Institucional deve começar a ser vista como indo mais além daquilo que são as suas concepções básicas. Apresenta-se, portanto, um projecto de uma estratégia de Relações Públicas que se constitui...

Terceiro sector, governabilidade e balanced scorecard

Fonseca, Maria Deolinda Delgado Monteiro
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 29/07/2010 POR
Relevância na Pesquisa
66.52%
Mestrado em Gestão Global; A presente dissertação descreve abordagens de governo de organizações do terceiro sector e apresenta um estudo de caso de aplicação do balanced scorecard como instrumento de gestão estratégica numa destas organizações em Cabo Verde. As fronteiras entre os sectores público, sector privado e o Terceiro Sector tendem a ficar fluidas tendo cada um assimilado as características dos outros, procurando respostas para as necessidades sociais. Assim, organizações do terceiro sector procuram por exemplo enfoque no cliente e na gestão financeira tal como as empresas, e estas procuram dar destaque na responsabilidade social tal como organizações sem fins lucrativos. As organizações do terceiro sector necessitam cada vez mais de métodos administrativos e profissionais para os desafios da economia global, nomeadamente na competição por recursos e simultâneamente no fortalecimento dos laços com as comunidades no cumprimento da sua missão. O governo de uma organização pressupõe um sistema de indicadores do desempenho para dar satisfação a diferentes stakeholders ou constituintes com interesses contraditórios. A dissertação responde a questões de adaptação dos conceitos e métodos de avaliação do desempenho empresarial em diferentes ópticas para organizações do terceiro sector com um estudo de caso de aplicação do Balanced Scorecard. Este instrumento de gestão conceptualizado e testado desde 1992 para empresas de negócios...

A adopção do Balanced Scorecard como ferramenta de gestão estratégica para o desenvolvimento das organizações do terceiro sector: estudo de caso sobre a Chapitô

Meneses, João Wengorovius Ferro
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.5%
Mestrado em Desenvolvimento, Diversidades Locais e Desafios Mundiais; A presente dissertação tem como objectivo geral a descrição e análise das alterações propostas, e em parte realizadas, de melhoria dos procedimentos de gestão da Colectividade Cultural e Recreativa de Santa Catarina – Chapitô, entre Setembro de 2004 e Setembro de 2007. A Chapitô é uma organização sem fins lucrativos que tem os jovens em risco e as artes performativas como elemento transversal às três áreas em que actua – a Acção Social, a Educação e a Cultura. Adicionalmente, a Chapitô presta serviços de animação, explora um bar e aluga espaço para restauração na sua sede, em Lisboa, com vista assegurar uma maior sustentabilidade económica. Inicialmente, realiza-se uma breve revisão teórica, com o propósito de evidenciar a importância das organizações sem fins lucrativos do terceiro sector para um modelo de desenvolvimento alternativo e das ferramentas de gestão estratégica para a melhoria do seu desempenho. As organizações do terceiro sector desempenham um papel crucial para o desenvolvimento local e para a sustentabilidade o modelo de desenvolvimento. Não só contribuem para a criação de rendimento e emprego, como são determinantes para o bem-estar e a qualidade de vida dos seus beneficiários e para a sustentabilidade social...

Eficácia e desempenho organizacional no contexto do Terceiro Sector: estudo comparativo entre estabelecimentos de educação pré-escolar do terceiro sector, públicos e privados com fins lucrativos

Raposo, Carmen Duarte Tavares
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
66.45%
Mestrado em Economia Social e Solidária; A literatura sobre a eficácia e o desempenho organizacional no contexto do terceiro sector tem vindo a demonstrar que os critérios de eficácia e de desempenho das organizações não lucrativas são distintos dos adoptados nas organizações dos sectores público e empresarial. Estas diferentes concepções têm sido relacionadas com um conjunto de características distintivas das organizações dos três sectores. Partindo desta premissa, a presente dissertação teve como intuito identificar os critérios de avaliação de organizações sociais prestadoras de serviços de educação pré-escolar em Portugal e analisar, sob uma abordagem de tipo comparativista, quais as diferenças que se observavam entre esses critérios e os identificados nos sectores público e privado com fins lucrativos. A amostra foi constituída no total por 21 organizações pertencentes aos três sectores. Os resultados comprovam que os critérios de desempenho e de eficácia das organizações sociais reflectem algumas particularidades, nomeadamente por se encontrarem vocacionados tanto para fins sociais, como para os resultados financeiros. Esta dupla vocação evidencia uma forte orientação social do sector...

Desígnios das organizações do terceiro sector, entre a sustentabilidade económica e a missão social: o caso da Associação Paços 2000

Gomes, Caroline Marques
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.44%
O presente trabalho pretende discutir, a partir de um estudo de caso, como as organizações do terceiro sector articulam e interpretam o duplo desafio de garantir sustentabilidade económica com a sua missão social. Um conjunto de transformações surge actualmente como desafiadoras à capacidade das organizações da economia social. Por um lado, a exigência de garantir a sustentabilidade económica, sem no entanto perder de vista a missão social os valores e objectivos para que foi criada. O contexto actual em que as organizações do terceiro sector se movem exigem que estas optem por uma postura mais gestionária e optem por ferramentas e estratégias similares às empresas de mercado. Por outras palavras, existe uma clara pressão para a profissionalização da gestão, dado que se tornou imperioso garantir sustentabilidade económica. Deste modo, é fundamental às organizações do terceiro sector terem em atenção as potencialidades da organização e do próprio contexto em que se encontram, ou seja, a colaboração institucional e o planeamento estratégico como resposta ao desafio da sustentabilidade económica. Porém, se a sustentabilidade económica é um desafio que a organizações do terceiro sector têm de enfrentar...

Particularidades das instituições de solidariedade social da igreja católica na reconfiguração do terceiro sector: um estudo de caso

Nascimento, César António da Cruz
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.23%
A Doutrina Social da Igreja encontra-se no coração do Estado-Providência. Apesar de algumas respostas ao longo da história, é com a questão social do século XIX, que a Igreja Católica começará a estruturar os princípios orientadores da sua ação social. O corpo doutrinal católico seria determinante na construção e caracterização do Estado-Providência dos países do sul da Europa e mais concretamente do português, afetando a conceção de Terceiro Sector e a relação entre Estado e sociedade. As instituições de solidariedade social prestam um apoio social significativo, sendo que dentro destas se destacam as da Igreja, ou a ela ligadas, possuindo um papel de relevo pela sua marca na identidade nacional, experiência, densidade e papel intermédio na nossa sociedade. Neste estudo caso são colocadas em destaque as particularidades das instituições da Igreja face às demais instituições que se encontram registadas na Segurança Social, sendo analisadas a preponderância, a qualidade, a posição de vantagem, a complexidade organizacional, o tipo de respostas dadas, a substituição das redes informais, as perceções sociais sobre o papel do Estado Social, a relação com a inovação, o funcionamento organizacional...

Economia social em Portugal : a emergência do terceiro sector na política social

Coutinho, Maria Manuela Santos Ferreira de Castro
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /10/2002 POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
Doutoramento em Economia; O terceiro sector tornou-se nas últimas duas décadas tema central no âmbito da economia e da política social. Enquanto espaço de investigação, a sua problemática atingiu particular interesse, tendo em conta os impasses e os novos paradigmas que o Estado providência conheceu a partir dos anos 70. O presente estudo vem ao encontro desta preocupação, na procura de uma análise consistente sobre o terceiro sector como suporte da política social portuguesa. Procurou-se assim dar visibilidade às suas iniciativas, ao longo do século e à sua capacidade para constantemente reagir à marginalização de grupos sociais e quando os esforços de integração sócio política do sector público falham. Neste contexto, abordam-se as perspectivas de evolução do terceiro sector, sobretudo ao pôr em questão orientações económicas e de política social dominantes, no sentido de que as áreas não lucrativas são irrelevantes para o funcionamento da economia - o grande desafio da economia social. Um balanço sobre as novas perspectivas abertas pelo desenvolvimento da economia social na Europa assenta a análise num panorama mais vasto. Pretendendo-se ir além do diagnóstico que a recolha de dados permitiu...

Contabilidade de gestão no terceiro sector

Santos, Márcia Rafaela Cadete dos
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.3%
Mestrado em contabilidade; Actualmente, o apoio estatal e filantrópico é extremamente selectivo, não conseguindo ir ao encontro de todas as solicitações provenientes das instituições que actuam na área social. As IPSS, instituições sociais por excelência, são também afectadas por esta realidade de restrição e, nesse sentido, espera-se que apliquem os recursos atribuídos de forma eficaz e eficiente de forma a justificar a atribuição. Este estudo pretende contribuir para o conhecimento da realidade dos graus de desenvolvimento das práticas de contabilidade de gestão apresentadas pelas organizações do Terceiro Sector a operar em Portugal, no sentido de perceber em que medida a gestão destas organizações tem ao seu dispor informação de apoio à tomada de decisão fundamentada Para tal, houve a necessidade de formular objectivos específicos que pretendiam relacionar o nível de maturidade dos sistemas de contabilidade de gestão com os elementos influenciadores da capacidade organizacional: recursos humanos, financeiros e relacionamento com os stakeholders. Tendo em vista esse objectivo, procedeu-se à realização de um inquérito às IPSS sediadas no distrito de Lisboa e Setúbal, a qual possibilitou analisar numa amostra de 61 entidades. Constatou-se que os sistemas de contabilidade de gestão destas instituições permitem obter informação de gestão para detecção de situações deficitárias...

O terceiro sector em Portugal : a importância dos planos de comunicação estratégica nas instituições particulares de solidariedade social da Região Norte : o caso da Misericórdia de Santo Tirso

Campos, Marco Tiago da Mota
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.35%
A comunicação tem ganho uma crescente importância nas estratégias das organizações sem fins lucrativos, sendo um factor-chave para o sucesso das suas acções e para que consigam mobilizar os seus públicos-alvo a aderirem às suas causas sociais. O presente estudo tem o objectivo de analisar a importância dos planos de comunicação estratégica para que essas acções sejam bem sucedidas. As organizações alvo deste estudo são as Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS). Primeiramente contextualizamos este sector, definindo concretamente o seu conceito, a sua evolução histórica, assim como estabelecemos uma comparação entre a realidade europeia e norte-americana. As instituições que compõem este sector vão ser enquadradas legalmente, definidos os seus limites e desmistificado o conceito de IPSS. Neste estudo, analisamos de forma mais aprofundada os aspectos relacionados com a comunicação, evidenciando a sua importância para as organizações sem fins lucrativos, abordando temáticas como as Relações Públicas ou a comunicação de interesse público. A elaboração dum plano de comunicação estratégica obedece a várias regras e etapas, que também vão ser identificadas e analisadas nesta investigação...

Particularidades das instituições de solidariedade social da igreja católica na reconfiguração do terceiro sector: um estudo de caso

Nascimento, César António da Cruz
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.23%
A Doutrina Social da Igreja encontra-se no coração do Estado-Providência. Apesar de algumas respostas ao longo da história, é com a questão social do século XIX, que a Igreja Católica começará a estruturar os princípios orientadores da sua ação social. O corpo doutrinal católico seria determinante na construção e caracterização do Estado-Providência dos países do sul da Europa e mais concretamente do português, afetando a conceção de Terceiro Sector e a relação entre Estado e sociedade. As instituições de solidariedade social prestam um apoio social significativo, sendo que dentro destas se destacam as da Igreja, ou a ela ligadas, possuindo um papel de relevo pela sua marca na identidade nacional, experiência, densidade e papel intermédio na nossa sociedade. Neste estudo caso são colocadas em destaque as particularidades das instituições da Igreja face às demais instituições que se encontram registadas na Segurança Social, sendo analisadas a preponderância, a qualidade, a posição de vantagem, a complexidade organizacional, o tipo de respostas dadas, a substituição das redes informais, as perceções sociais sobre o papel do Estado Social, a relação com a inovação, o funcionamento organizacional...

Desígnios das organizações do terceiro sector, entre a sustentabilidade económica e a missão social: o caso da Associação Paços 2000

Gomes, Caroline Marques
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.44%
O presente trabalho pretende discutir, a partir de um estudo de caso, como as organizações do terceiro sector articulam e interpretam o duplo desafio de garantir sustentabilidade económica com a sua missão social. Um conjunto de transformações surge actualmente como desafiadoras à capacidade das organizações da economia social. Por um lado, a exigência de garantir a sustentabilidade económica, sem no entanto perder de vista a missão social os valores e objectivos para que foi criada. O contexto actual em que as organizações do terceiro sector se movem exigem que estas optem por uma postura mais gestionária e optem por ferramentas e estratégias similares às empresas de mercado. Por outras palavras, existe uma clara pressão para a profissionalização da gestão, dado que se tornou imperioso garantir sustentabilidade económica. Deste modo, é fundamental às organizações do terceiro sector terem em atenção as potencialidades da organização e do próprio contexto em que se encontram, ou seja, a colaboração institucional e o planeamento estratégico como resposta ao desafio da sustentabilidade económica. Porém, se a sustentabilidade económica é um desafio que a organizações do terceiro sector têm de enfrentar...

O processo de formação das Organizações do Terceiro Sector: a necessidade de uma abordagem interdisciplinar

Almeida, Vasco
Fonte: Edições Almedina Publicador: Edições Almedina
Tipo: Parte de Livro
POR
Relevância na Pesquisa
66.39%
O interesse dos economistas sobre o estudo do terceiro sector é relativamente recente2. Apesar de existirem alguns antecedentes teóricos, é só a partir da década de 70 do século XX que começam a surgir as primeiras análises. De inspiração neoclássica, o seu objectivo é explicar a génese das organizações não lucrativas através de uma série de fracassos do Estado e do mercado3. Dito por outras palavras, o terceiro sector é encarado como um mero subproduto das falhas dos sectores público e privado lucrativo. Obviamente que esta perspectiva negativista pouco elucida sobre a actual centralidade do terceiro sector na coordenação das sociedades e das economias contemporâneas.

Aplicabilidade e aceitação do Balanced Scorecard no terceiro sector

Vilhena, Susana Leite
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.33%
Mestrado em Ciências Empresariais; A presente dissertação versa sobre a aplicabilidade e aceitação do Balanced Scorecard (BSC), enquanto ferramenta de gestão estratégica, no terceiro sector, sendo sobretudo um exercício de reflexão. Foi utilizada a metodologia Delphi e constituído um painel de sete organizações, que ao longo de três rondas reflectiram sobre a viabilidade de implementação, os recursos tecnológicos, humanos e financeiros necessários à implementação, os obstáculos culturais a ultrapassar e a necessidade de implementação, com o objectivo final de consenso. Concluiu-se que a maioria destas organizações não está preparada para a implementação do BSC, sobretudo devido a carências de formação dos recursos humanos e de uma cultura de definição de objectivos; mas foram feitas algumas sugestões para implementação desta ferramenta no terceiro sector, decorrentes das respostas aos questionários Delphi. Foi também sugerida a necessidade de mais estudo sobre a aplicabilidade do BSC em pequenas e médias empresas e sobre os factores de contingência da aplicação desta ferramenta.; This dissertation work meant to study Balanced Scorecard's (BSC) acceptance and applicability as a strategic management tool in the Portuguese nonprofit organizations. It is primarily a reflection exercise. It was used the Delphi methodology and a panel of seven organizations...