Página 1 dos resultados de 554 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Aliança terapêutica em terapia familiar sistémica com clientes voluntários e involuntários: microanálise das constribuições dos terapeutas

Figueiredo, Mafalda Joana da Silva
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.51%
O presente estudo exploratório tem como principal objetivo analisar de que forma a mesma equipa de coterapeutas contribui para a aliança em terapia familiar sistémica, num caso com clientes voluntários e noutro com clientes involuntários. O recurso ao instrumento SOFTA (System for Observing Family Therapy Alliances) permitiu uma análise observacional do tipo e frequência dos comportamentos do sistematerapeutas após manifestações negativas dos clientes, na primeira e quarta sessões dos dois casos. Os resultados demonstram que, apesar das intervenções dos terapeutas serem sempre positivas e maioritariamente com o intuito de contribuir para o Envolvimento dos clientes na terapia, no caso da família involuntária as suas contribuições para a aliança são mais imediatas às manifestações negativas dos clientes e mais diversificadas em termos da sua qualidade. São discutidas algumas hipóteses que permitem explicar os padrões de comportamento observados, tendo em conta as características do sistema-terapeutas e do tipo de abordagem terapêutica utilizada, bem como as especificidades de cada família. É ainda feita referência às implicações dos resultados para a prática clínica.; This exploratory study mainly aims to analyze how the same cotherapists’ team contributes to the alliance in systemic family therapy in a case with voluntary clients and other with involuntary clients. The use of the SOFTA (System for Observing Family Therapy Alliances) instrument allowed an observational analysis of the type and frequency of the therapists’ contributions after clients’ negative manifestations in the first and fourth sessions of the two cases. The results demonstrate that...

Evolução da aliança, expetativas e efeitos da terapia familiar sistémica ao longo do processo terapêutico. Ponto de vista do terapeuta

Azevedo, Juliana Oliveira Moreira
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.65%
O presente estudo exploratório tem como principal finalidade estudar a perspetiva do terapeuta em relação aos efeitos da terapia, às expetativas e à aliança terapêutica, ao longo do processo terapêutico em terapia sistémica familiar e de casal. Propõe-se igualmente analisar o impacto de determinadas variáveis do terapeuta nos resultados obtidos. A prossecução destes objetivos foi operacionalizada através da utilização de três instrumentos: o System for Observing Family Therapy Alliances (SOFTA, 2006; Friedlander, Escudero, & Heatherington), o Systemic Clinical Outcome and Routine Evaluation (SCORE, 2006; Stratton, Janes, & Lask) e a Ficha de Avaliação das Expetativas. Estes instrumentos foram aplicados em três momentos específicos da terapia (1ª, 4ª e 7ª sessões) a uma amostra constituída por 16 terapeutas, resultando num total de 16 processos completos. Os resultados permitem concluir que os terapeutas percecionam melhorias na família ao longo das sessões, pontuando a relação terapêutica de forma constante e com valores médios. Algumas variáveis do terapeuta (e.g. o tipo de formação e os anos de experiência em terapia familiar sistémica) parecem ter impacto nas expectativas do terapeuta ao longo do processo terapêutico...

Condições bucais de pacientes internados na unidade de terapia intensiva do hospital universitário da universidade federal de Santa Catarina: risco sistêmico

Souza, Elisa Remor de
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 98 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.51%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências da Saúde. Odontologia.; O presente estudo foi realizado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Universitário da UFSC, por meio do exame clínico da cavidade bucal e consulta aos prontuários de cinqüenta e cinco pacientes. Foram analisados diversos aspectos da condição bucal dos participantes da pesquisa, bem como hábitos e doenças de base diagnosticadas. O trabalho tem como base teórica informações obtidas a partir de artigos, livros, periódicos e congressos científicos dos últimos vinte anos. A pesquisa foi feita pelo método dedutivo, onde foi realizado estudo de caso com base em pesquisa quantitativa com estudo epidemiológico transversal, observacional. A análise estatística foi feita com base nos dados obtidos na revisão de literatura, que indicam a doença periodontal como a principal relacionada à condição sistêmica do paciente. As doenças escolhidas para o cruzamento de dados foram diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica por serem as mais prevalentes na coleta de dados. A análise estatística de dados foi feita pelo teste de associação Qui-quadrado, onde foi obtido resultado estatisticamente significativo para associação entre doença periodontal e hipertensão arterial sistêmica. Já a relação entre doença periodontal e diabetes mellitus não se mostrou estatisticamente significativa. Tais resultados podem ter sofrido alteração pela pequena amostragem...

Avaliação in vivo da eficácia do tratamento com miltefosina sistêmico associado à terapia fotodinâmica com ftalocianina cloro-alumínio de formulação lipossomal (AlClFt) contra o parasita Leishmania (l.) Amazonensis

Ribeiro, Jefferson Bruno Pereira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.22%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências Médicas, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2014.; A escassez de fármacos é uma preocupação e objeto de estudo para a descoberta de alternativas eficazes para o tratamento da leishmaniose tegumentar (LT). A formulação tópica tem sido almejada devido sua baixa toxicidade. O desenvolvimento de terapias alternativas, como a multimodal, é importante no enfrentamento da resistência às drogas. O objetivo deste estudo foi comparar a eficácia in vivo da terapia fotodinâmica (TFD) tópica com ftalocianina cloro-alumínio lipossomal para o tratamento da LT, isoladamente e em associação com a terapia sistêmica com miltefosina. Foram formados 5 grupos, cada um com 6 camundongos isogênicos, adultos, fêmeas, da espécie Mus musculus, cepa C57BL/6: (1) Controle negativo, sem infecção e sem tratamento; (2) Controle positivo, infectado e não tratado; (3) Miltefosina 200 mg, diariamente, e TFD com ftalocianina cloro-alumínio lipossomal (FCL), em dias alternados; (4) Apenas Miltefosina; e (5) Apenas TFD com FCL. Os esquemas terapêuticos duraram 20 dias. Confirmou-se a infecção dos animais, realizando cultura em meio NNN da linfa colhida da pata dos animais. Vias de administração adotadas foram miltefosina oral e FCL tópica. Para a aplicação da TFD...

A co-construção da hipótese sistémica em terapia familiar

Relvas, Paula
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1996 POR
Relevância na Pesquisa
36.67%
No presente artigo, a autora debruça-se sobre um dos instrumentos conceptuais fundamentais na terapia familiar sistémica, a saber, a hipótese sistémica. Apresenta numa primeira parte a conceptualização original de hipótese sistémica formulada pela Escola de Milão, a forma como é concebida no modelo estrutural de Minuchin e como está implícita no modelo estratégico através da noção de reenquadramento. Refere-se, ainda, ao papel e função da hipótese na condução do processo terapêutico. Na segunda parte, partindo da renovação epistemológica construtivista da terapia familiar (terapia familiar de segunda ordem), redefine- -se a hipótese como co-construção desenvolvida a partir da relação terapeuta-cliente, perspectiva em que é claramente entendida como metodologia e motor de mudança. A concluir discute-se o modo como a reconceptualização da hipótese sistémica é operacionalizada no modelo terapêutico seguido no NUSIAF, quer na própria sessão, quer ao longo de todo o processo terapêutico.; ABSTRACT: This article is about an important issue in Family Therapy: the systemic hypothesis. In the first part, we describe the original conceptualisation made by the Milan School, as well as the place that structural and strategic approaches give to this therapeutic instrument. We also emphasised the functional value of the hypothesis in the therapeutic process. In the second part...

A perspectiva sistêmica para a Clínica da Família

Costa,Liana Fortunato
Fonte: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Publicador: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.51%
O presente texto tem por objetivo traçar uma breve trajetória teórica, conceitual, empírica e tecnológica do estudo da família na perspectiva sistêmica e apontar a consequente proposta de intervenções para a clínica da família. Apresentamos as diferentes Escolas de Terapia Familiar, desde aquelas fortemente influenciadas pela Cibernética até aquelas que assimilaram as contribuições do Construtivismo e do Construcionismo Social. A seguir, tecemos comentários sobre a pesquisa com família e os interesses dos pesquisadores da área em nosso país. Finalmente, apontamos nossa opinião sobre o direcionamento futuro da Terapia Familiar no Brasil.

Terapia familiar sistêmica e idosos: contribuições e desafios

Couto,Maria Clara P. de Paula; Prati,Laíssa Eschiletti; Falcão,Deusivania Vieira da Silva; Koller,Sílvia Helena
Fonte: Departamento de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Publicador: Departamento de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
46.57%
O presente artigo descreve algumas intervenções clínicas de orientação sistêmica que podem ser realizadas com a população idosa. Quatro modalidades terapêuticas são abordadas: a terapia individual com idosos, a terapia de casal na terceira idade, o atendimento familiar com membros idosos e o idoso percebido como recurso à terapia familiar. Partindo de alguns conceitos desenvolvidos pela literatura da área, descrevemos situações prototípicas vivenciadas na terapia sistêmica com os desafios específicos desse momento de ciclo vital. O idoso pode ser percebido como um peso/fardo ou como um recurso pelo sistema familiar ao qual pertence, e até por ele mesmo. Por outro lado, a velhice bem-sucedida reflete um posicionamento pessoal que é intimamente influenciado pelas relações no sistema familiar dos idosos.

Gestalt-Terapia e Terapia Sistêmica: o corpo em psicoterapia

Gurgel,Marília Toscano de Araujo
Fonte: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia Publicador: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.57%
Este trabalho demonstra a contribuição da abordagem corporal da Gestalt-Terapia para a Terapia Familiar Sistêmica. O método utilizado foi a gravação de uma oficina de corpo estruturada em saberes das duas abordagens. A oficina proporcionou, a cada participante, maior qualidade de atenção, presença, contato e criatividade, uma forma mais integrada de construir sua identidade. O entrecruzamento das duas abordagens trouxe às pessoas maior consciência de quem são e como são no "mundo", ajudando-as no processo de assunção da história que contam. A experiência mostrou aos terapeutas as possibilidades que o trabalho corporal oferece como método de apreensão da realidade co-construída.

Manejo da dor e uso de analgesia sistêmica em neonatologia

Lúcia Guimarães de Aymar, Carmen; Bechara Coutinho, Sonia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.59%
Introdução: Com o aumento da complexidade da atenção neonatal, e a disponibilidade de procedimentos médicos cada vez mais sofisticados, houve uma maior exposição à dor e ao sofrimento para o recém-nascido. Porém, apesar da crescente disponibilidade de recursos terapêuticos e de avaliação, observa-se ainda a pouca utilização de analgesia nas unidades de terapia intensiva neonatal. Objetivos: Realizar uma revisão da literatura sobre o histórico e o estágio atual de conhecimento sobre a analgesia sistêmica em neonatologia e apresentar os resultados de uma pesquisa sobre o manejo da dor em unidades de terapia intensiva neonatal na cidade do Recife. Métodos: Para a revisão da literatura foi realizada busca de artigos científicos através das bases dados do MEDLINE, SciELO e LILACS com as palavras chave: analgesia, analgésicos sistêmicos, dor, neonatologia, recém-nascido, unidade de terapia intensiva e unidade de terapia intensiva neonatal, além de pesquisa adicional em bancos de dados de dissertações, teses e livros texto. Para o artigo original foi realizado um estudo quantitativo, transversal, retrospectivo, com componente analítico, através da análise de informações contidas nos prontuários de recém-nascidos internados em sete unidades de terapia intensiva neonatal da cidade do Recife/PE. Resultados: A literatura consultada revela que a analgesia não é uma prática rotineira nas unidades de terapia intensiva neonatal...

Transformación y comprensión de las dinámicas de violencia, poder y las creencias de género en las relaciones de pareja mediante la intervención sistémica

Narváez Bastidas, Zarina
Fonte: Pontifícia Universidade Javeriana Publicador: Pontifícia Universidade Javeriana
Tipo: masterThesis; Trabajo de Grado Maestría Formato: application/pdf
Relevância na Pesquisa
56.67%
El presente proyecto de orden investigativo / interventivo, busca describir desde la perspectiva sistémica la transformación en el discurso en parejas que presentan pautas de interacción mediadas por dinámicas de poder que favorecen la aparición de la violencia La población está constituida por tres parejas heterosexuales, sin importar su estado civil, pero que se definen en su unión como pareja constituida, con las que se realizaron aproximadamente entre 6 y 8 sesiones de acuerdo a la particularidad del caso El objetivo principal está dirigido a describir las dinámicas de poder que existen en las parejas con conflicto conyugal e identificar las creencias de género que las mantienen para favorecer el cambio de la relación a partir de la terapia sistémica. A partir de la utilización del análisis de narrativas se observó como las parejas que sufren conflicto debido a las creencias de género que promueven las relaciones de subordinación, al vincularse a un proceso de terapia sistémica se permiten encontrar posibilidades diferentes a partir del reconocimiento de recursos que favorecieron el cambio en las dinámicas de interacción conyugal, en las que ahora se tiene en cuenta la voz del otro y donde cada miembro que compone la pareja pueda afirmarse como individuo autónomo...

Patrones de interacción de familias con un miembro con esquizofrenia

Giovanni Aguilar, Irene
Fonte: Pontifícia Universidade Javeriana Publicador: Pontifícia Universidade Javeriana
Tipo: masterThesis; Trabajo de Grado Maestría Formato: PDF
Relevância na Pesquisa
46.57%
El presente trabajo de investigación exploró los patrones de interacción de cuatro familias con un miembro con esquizofrenia en un proceso de terapia sistémica con el propósito de identificar las diferencias y semejanzas en los patrones de interacción de estas familias y cómo estos patrones cambian dependiendo del tiempo de evolución del trastorno. Así mismo se buscó indagar por qué patrones de bienestar tienen las familias con un miembro con esquizofrenia y qué tipo de interacciones dentro de la terapia favorecen procesos de cambio y cuáles no. La presente investigación es un Estudio de Caso enmarcado dentro de la Investigación-Intervención. La metodología empleada fue la cualitativa. Las fuentes de recolección de información para esta investigación fueron las sesiones terapéuticas grabadas y posteriormente transcritas. El análisis de la información se realizó utilizando la metodología de categorización y triangulación con la ayuda del programa Atlas.ti. Los resultados de la investigación señalan dos patrones de interacción comunes a todos los casos, estos son; Invisibilización e Impasse de pareja. A su vez se evidencia que hay un cambio en los patrones de interacción en las diferentes etapas del trastorno...

Comunicación emocional y problemas conyugales en parejas que asisten a psicoterapia sistémica: una relación recursiva

Sánchez Bedoya, Emma Katherine
Fonte: Pontifícia Universidade Javeriana Publicador: Pontifícia Universidade Javeriana
Tipo: masterThesis; Trabajo de Grado Maestría Formato: PDF
Relevância na Pesquisa
56.57%
El objetivo general del estudio fue comprender la relación entre los significados de los problemas conyugales y la comunicación emocional, así como la concepción de pareja que enmarca dichos significados, para los integrantes de tres parejas que asistieron a terapia sistémica. La noción de Comunicación Emocional fue concebida como la comunicación verbal y no verbal que expresa la vivencia emocional entre los miembros de la pareja, y la influencia mutua de estados emocionales entre ambos. Se realizó un análisis de narrativas categorial y holístico de contenido sobre las transcripciones de las sesiones de los procesos psicoterapéuticos, encontrándose que las formas de comunicación emocional en la pareja son determinantes para que un problema conyugal se establezca como tal, se incremente o se resuelva. Las formas comunicacionales de recriminación, descalificación y reproche aparecen dentro de las más significativas en el establecimiento de patrones de dominaciónsumisión, o reacciones de defensa y distanciamiento afectivo en la pareja.; The overall objective of the study was to understand the relationship between the meanings of marital problems and the emotional communication between partners, and partner conception that frames these meanings...

Avaliação da eficácia e segurança do antimoniato de meglumina intralesional, em uma série de pacientes com leishmaniose cutânea e contra-indicação de terapia sistêmica, atendidos no Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas (2000-2006)

Vasconcellos, Érica de Camargo Ferreira e
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.36%
O objetivo deste estudo foi descrever a eficácia e a segurança do antimoniato de meglumina (AM) intralesional (IL) no tratamento de uma série de casos de leishmaniose cutânea (LC) e contra-indicação de terapia sistêmica, atendidos no ambulatório do Laboratório de Vigilância em Leishmanioses (LabVigileish) do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas (IPEC) 2013 Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ), entre 1º de janeiro de 2000 e 31 de dezembro de 2006. Os pacientes não relatavam história de tratamento prévio para LC, preenchiam os critérios de elegibilidade e assinaram o termo de consentimento livre e esclarecido. Houve diagnóstico parasitológico de LC nos 24 pacientes incluídos no estudo. Em cada tratamento, o AM foi aplicado intralesionalmente, por até 4 vezes, de acordo com a resposta terapêutica. Os desfechos de eficácia e segurança foram monitorados nos dias 1, 15, 30, 45, 60, 75, de acordo com o número de aplicações ILIL. Os pacientes foram acompanhados nos meses 1, 3, 6, 9, 12, 18 e 24, após a epitelização das lesões, considerada como critério para boa resposta imediata ao tratamento. Destes, 83.3% alcançaram a cura de suas lesões apenas com tratamentos IL de AM, com poucos eventos adversos (EA). Somente 3 necessitaram de tratamento com anfotericina B e 1 com AM sistêmico Observou-se diferença significativa entre: o tempo de evolução para cura das lesões nos membros inferiores e em outras localizações...

Terapia familiar sistêmica e idosos: contribuições e desafios; Systemic family therapy and the elderly: contributions and challenges

COUTO, Maria Clara P. de Paula; PRATI, Laíssa Eschiletti; FALCÃO, Deusivania Vieira da Silva; KOLLER, Sílvia Helena
Fonte: Departamento de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Publicador: Departamento de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.57%
O presente artigo descreve algumas intervenções clínicas de orientação sistêmica que podem ser realizadas com a população idosa. Quatro modalidades terapêuticas são abordadas: a terapia individual com idosos, a terapia de casal na terceira idade, o atendimento familiar com membros idosos e o idoso percebido como recurso à terapia familiar. Partindo de alguns conceitos desenvolvidos pela literatura da área, descrevemos situações prototípicas vivenciadas na terapia sistêmica com os desafios específicos desse momento de ciclo vital. O idoso pode ser percebido como um peso/fardo ou como um recurso pelo sistema familiar ao qual pertence, e até por ele mesmo. Por outro lado, a velhice bem-sucedida reflete um posicionamento pessoal que é intimamente influenciado pelas relações no sistema familiar dos idosos.; This study aims to describe some systemic clinical interventions focused on the treatment of elderly individuals. Four different therapeutics modes are explored: individual therapy, couple's therapy, family therapy with elder family members, and accessing elder members to help in the family therapy process. Some prototype situations in therapy with elderly individuals are discussed, taking into account some concepts developed in family therapy. The elderly can be perceived by the family...

Estabelecimento de um protocolo pré-clínico de terapia gênica, baseada em vetores adeno-associados, direcionado para o tratamento das manifestações do sistema nervoso central em um modelo murino de mucopolissacaridose tipo I

Coura, Renata dos Santos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.3%
As mucopolissacaridoses (MPS) constituem um subgrupo de doenças lisossomais de depósito, causadas pela deficiência em uma enzima lisossomal envolvida no catabolismo de glicosaminoglicanos. A ausência de degradação destas moléculas leva ao seu acúmulo nos lisossomas, conduzindo a um processo de dano ou degeneração celular. A maior parte das MPS apresenta desordens neurológicas. As formas serveras de MPS I [déficite em α-L-iduronidase (IDUA)] caracterizam-se por manifestações neurológicas severas. Atualmente, as abordagens terapêuticas para MPSI resumem-se ao transplante de medula óssea (TMO) e à terapia de reposição enzimática (TRE). O TMO haplo-idêntico ou geno-idêntico pode desacelerar ou mesmo parar o processo patológico, inclusive a neurodegeneração. As taxas de mortalidade e morbidade, entretanto, são elevadas. A TRE não é eficaz contra o comprometimento do sistema nervoso central (SNC), já que a enzima não pode atravessar a barreira hemato-encefálica. As lesões de depósito lisossomal são difusas por todo o SNC. Assim, o objetivo é fornecer a enzima para todo ou quase todo o encéfalo. Isto pode ser alcançado através de terapia gênica in situ, injetando vetores virais diretamente no parênquima cerebral...

El cuidado de si como una forma de estar en la supervision sistémica relacional

Jiménez P., Daniela
Fonte: Universidad de Chile Publicador: Universidad de Chile
Tipo: Tesis
ES
Relevância na Pesquisa
46.31%
Magíster en Psicología Clínica de Adultos Línea Sistémica Relacional; La propuesta de esta tesis refiere a la pregunta acerca de la posibilidad de considerar la noción filosófica cuidado de sí como una forma de estar en supervisión sistémica relacional, de manera de resaltar los aspectos éticos que recaen en la figura del terapeuta, ya sea como supervisor o como supervisado. La supervisión sistémica relacional es presentada como un escenario para una práctica transversal del cuidado de sí, mediado por la figura del supervisor quien promueve, facilita y practica esta manera de estar en supervisión, mayormente implicada y éticamente responsable

Terapia sistémica y violencia familiar : una experiencia de investigación e intervención

Barbosa González, Alejandro
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2014 SPA
Relevância na Pesquisa
46.17%
Este proyecto involucró al equipo de terapeutas y diez familias. Las familias aceptaron participar por medio de un consentimiento informado. Se grabaron y trascribieron literalmente las sesiones (promedio de diez por caso) y se realizó un análisis individual y otro comparativo con el fin de contrastar similitudes y diferencias. Se tuvieron en cuenta no sólo el contenido sino el discurso y los relatos dominantes. De la discusión del equipo de terapeutas investigadores se puede decir que en este grupo de familias existe una marcada tendencia a repetir las pautas de violencia en forma intergeneracional, debido a que los padres trasmiten a sus hijos significados que suscitan maneras violentas para solucionar problemas. También se encontró que el consumo de alcohol y las creencias machistas están íntimamente asociadas a la violencia familiar y su mantenimiento. Finalmente, se lograron cambios importantes en todos los casos que validan la efectividad de la terapia narrativa.; This project involved a team of therapists and ten families. Families agreed to take part in the project and signed a consent form. The sessions were recorded and transcribed (average of ten sessions for each family) and an individual and comparative analysis was carried out to find similarities and differences between the families. Therapists had to keep in mind not only the content of the session but also the speech and dominant narratives. Therapists found that in the group of families there was a marked tendency to repeat patterns of intergenerational violence. Due to the parents passing on violent behavior to the children...

Terapia nutricional nas alterações metabólicas em pessoas vivendo com HIV/aids; Terapia nutricional en las alteraciones metabólicas en personas viviendo con VIH/Sida; Nutritional therapy in metabolic changes in individuals with HIV/AIDS

Falco, Marianne; Castro, Aline de Cássia de Oliveira; Silveira, Erika Aparecida
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.5%
OBJETIVO: Analizar el efecto del tratamiento nutricional sobre las alteraciones metabólicas provocadas por el uso de la terapia antirretroviral en adultos viviendo con VIH/Sida. MÉTODOS: Revisión sistemática de literatura en el PubMed, Lilacs y Cochrane, entre 1996 y 2010, del tipo ensayo clínico, controlado, aleatorio, crossover, adultos, viviendo con VIH/Sida en uso de terapia antirretroviral y sin enfermedades oportunistas. La intervención de interés fue suplementación nutricional vía oral y/o cambio de estilo de vida por tratamiento dietoterápico específico: dislipidemia, resistencia insulínica, lipodistrofia e hipertensión arterial sistémica. Se utilizó la escala de Jadad para clasificación cualitativa de los artículos. RESULTADOS: Se localizaron 385 artículos y siete fueron incluidos. Las intervenciones utilizadas en estos estudios fueron: dieta, dieta más ejercicio físico, dieta más suplemento y solamente suplementos. Dislipidemia fue el resultado evaluado en todos los estudios. Los estudios que evaluaron suplementación con omega 3 encontraron reducción significativa de los triglicéridos. La dieta específica más suplementación de omega 3 mostró aumento de HDL-colesterol. Suplementación con nicotinato de cromo no tuvo efecto sobre la dislipidemia. La modificación de estilo de vida...

Gestalt-therapy and Systemic Therapy: the body in Psychotherapy; Gestalt-Terapia e Terapia Sistêmica: o corpo em psicoterapia

Gurgel, Marília Toscano de Araujo; Universidade Federal do Rio de Janeiro
Fonte: Eduff Publicador: Eduff
Tipo: ; ; ; Avaliado por pares Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf; application/pdf
Publicado em 04/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
56.57%
This work demonstrates the contribution of the body approach in the Gestalt-Therapy to the Systemic Familiar Therapy. The method used was a tape recorded in a body workshop structured according to the both approaches. The workshop gave the opportunity to each member  a more integrated form of constructing their own identity. The intercrossing of both approaches brought to the persons, better awareness of who and how they are in the “world”, helping them in the process of assumption of the story they tell. The experience shows to the therapists, the possibilities that the bodywork gives to a comprehensive method of constructed reality.; Este trabalho demonstra a contribuição da abordagem corporal da Gestalt-Terapia para a Terapia Familiar Sistêmica. O método utilizado foi a gravação de uma oficina de corpo  estruturada em saberes das duas abordagens. A oficina proporcionou, a cada participante, maior qualidade de atenção, presença, contato e criatividade, uma forma mais integrada de construir sua identidade. O entrecruzamento das duas abordagens trouxe às pessoas maior consciência de quem são e como são no “mundo”, ajudando-as no processo de assunção da história que contam. A experiência mostrou aos terapeutas as possibilidades que o trabalho corporal oferece como método de apreensão da realidade co-construída.

Terapia Sistémica e Institución Pública: De la teoría a la práctica en la recogida de la Demanda

Montes Lozano,M.ª Jesús
Fonte: Revista de la Asociación Española de Neuropsiquiatría Publicador: Revista de la Asociación Española de Neuropsiquiatría
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; journal article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: text/html; application/pdf
Publicado em 01/01/2006 SPA
Relevância na Pesquisa
46.36%
Se describe la estructura de la entrevista que nos permita conocer el mapa relacional actual y pasado del individuo, así como su contexto significativo y contrato terapéutico.