Página 1 dos resultados de 27 itens digitais encontrados em 0.052 segundos

A analise da tomada de decisões em recursos hidricos : a abordagem multicriterial e o paradigma analitico-racional

Alexandre Coelho Teixeira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em /06/1994 PT
Relevância na Pesquisa
45.79%
O uso dos recursos hídricos para múltiplos propósitos nas atividades humanas, como no desenvolvimento e na urbanização intensivos, tem resultado em considerável aumento da demanda de água. Por isso mesmo cresce a demanda correspondente por construções complexas de sistemas e projetos hidráulicos, distribuídas no espaço geográfico e no tempo. Os múltiplos objetivos de grupos sociais, das regiões e as limitações dos próprios recursos (inclusive os naturais) encontrados no desenvolvimento de tais sistemas, exige a definição política de procedimentos gerais para permitir a administração pública brasileira analisar suas tomadas de decisões. Um das referências para a definição destes procedimentos é o paradigma analítico-racional, enfoque do presente trabalho. Existem outras referências no campo das ciências sociais que são abordadas aqui superficialmente. Na verdade, o objetivo particular deste trabalho é a investigação da função, no contexto do planejamento de recursos hídricos, dos instrumentos administrativos de análise da tomada de decisões (métodos e modelos quantitativos e específicos) pertencentes à abordagem muiticriterial do paradigma referido. A investigação é composta basicamente por quatro etapas (1) retrospectiva da origens...

A matéria administração e planejamento na matriz curricular do curso de serviço social

Rosa, Jussara Jovita Souza da.
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
55.87%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-graduação em Serviço Social; Relata pesquisa empírica e bibliográfica. O Instrumento utilizado foi a análise documental dos programas das disciplinas da matéria Administração e Planejamento dos cursos de Serviço Social de Santa Catarina. A pesquisa investigou como se desenvolve o ensino da matéria Administração e Planejamento no curso de Serviço Social, caracterizou as ementas e verificou que referências são utilizadas para o ensino da matéria. A análise dos programas verificou que não existe uma uniformidade no ensino da matéria nas instituições pesquisadas e que as disciplinas são trabalhadas com referências da Administração do Serviço Social e de outras áreas. Apresenta a Administração em uma perspectiva crítica. Tendo como mote a descontinuidade entre a teoria e a prática e o processo de formação profissional na área do Serviço Social, a pesquisa apresenta reflexões sobre a ação profissional e os desafios levantados para a profissão na contemporaneidade, e busca articular uma análise considerando o referencial teórico da Administração e do Serviço Social que considere o espaço de atuação de sujeitos...

Controle da administração pública

Gomes, Manoel Eduardo Alves Camargo e
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
45.86%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciencias Juridicas; O objeto deste trabalho volta-se para os pressupostos teóricos que sustentam a elaboração do controle da Administração Pública, no contexto da Ciência do Direito. A hipótese central do estudo é a base que os enunciados cognoscitivos incidentes sobre a estrutura conceitual do controle da Administração Pública, produzidos no universo espaço-temporal da pesquisa (1988/92 - sociedade brasileira), apresentam reduzida referibilidade ao direito positivo vigente e à experiência social. Para comprovar esta hipótese foram utilizados três universos teóricos, temática e temporalmente distintos: a) análise do sistema de controle da Administração Pública no momento (século V. a.C) de sua institucionalização política e social; b) análise dos limites de reprodução da teoria do autocontrole do poder (século XVIII) na sociedade brasileira contemporânea; c) análise dos elementos constitutivos das formulações conceituais elaboradas a partir da Constituição Federal, promulgada em 1988. A partir da constatação da inconveniência didática e científica de alguns termos, tida como tal, em virtude do referente metodológico escolhido...

Habilidade social e a teoria dos campos

Fligstein,Neil
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de S.Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
45.78%
O problema da relação entre os atores e as estruturas sociais onde eles estão imersos é fundamental para a teoria sociológica. Este artigo sugere que o foco "neo-institucionalista" sobre os campos, domínios ou jogos proporciona uma visão alternativa para se pensar sobre esse problema com ênfase na construção de ordens locais. Este artigo critica o conceito de atores tanto na escolha racional quanto nas versões sociológicas dessas teorias. É desenvolvida, aqui, uma visão mais sociológica da ação, chamada de "habilidade social". A idéia de habilidade social se origina do interacionismo simbólico e é definida como a habilidade de induzir a cooperação dos outros. Essa idéia é elaborada para sugerir o quanto os atores são importantes na construção e na reprodução de ordens locais. Proponho mostrar como seus elementos já informam o trabalho existente. Ao final, demonstro como a idéia pode sensibilizar os acadêmicos para o papel dos atores no trabalho empírico.

Mundos pequenos, produção acadêmica e grafos de colaboração: um estudo de caso dos Enanpads

Braga,Mauro Joaquim da Costa; Gomes,Luiz Flavio Autran Monteiro; Ruediger,Marco Aurélio
Fonte: Fundação Getulio Vargas Publicador: Fundação Getulio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
45.77%
Utilizando a base de dados dos trabalhos publicados nos Enanpads realizados em 2002-04, este artigo focaliza a área de administração da informação para realizar um estudo exploratório sobre a formação de padrões nas estruturas de disseminação do conhecimento acadêmico no Brasil, apoiado nos conceitos oriundos da análise das redes sociais e conjugados com a base proveniente da teoria dos grafos e em recursos computacionais. Procurou-se mapear os fluxos de informações que possibilitam as trocas de conhecimento através das ligações existentes no meio acadêmico. Os resultados indicam a necessidade de ampliar e estreitar os laços entre os autores, notadamente os que possuem algum grau de centralidade local, no intuito de obter o fortalecimento das instituições de ensino, de forma a quebrar as resistências à produção conjunta entre elas, em detrimento do padrão de reprodução endógena detectado.

Impactos da implantação das normas internacionais de contabilidade na controladoria: um estudo à luz da teoria da estruturação em uma empresa têxtil

Beuren,Ilse Maria; Almeida,Dalci Mendes
Fonte: Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56%
Estudos relativos às atividades da Controladoria que se inter-relacionam com outras ciências, como Psicologia e Sociologia, favorecem conhecimentos mais holísticos sobre essa área organizacional. Assim, neste estudo objetiva-se verificar os impactos da implantação das normas internacionais de contabilidade na controladoria à luz da Teoria da Estruturação. O pressuposto é que o processo de implantação das normas internacionais vem contribuir para a produção e a reprodução da ordem social da área organizacional controladoria. A Teoria da Estruturação de Giddens (1979; 1996; 2003) sustenta esta pesquisa exploratória, com abordagem qualitativa, realizada por meio de um estudo de caso em uma indústria têxtil. Nela, analisaram-se impactos da implantação das normas internacionais de contabilidade na controladoria, no período de 2008 a 2010, que abrange a fase de implantação dos CPCs na empresa, emitidos pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC). A coleta de dados deu-se por meio de observação, análise documental, entrevistas individuais e grupo focal. A análise das entrevistas individuais e do grupo focal foi realizada com o auxílio do software Atlas.ti. Os resultados apontaram que o processo de implantação das normas internacionais de contabilidade impactou a estrutura da área organizacional controladoria...

Condutas gerenciais e suas raízes: uma proposta de análise à luz da teoria da estruturação

Junquilho,Gelson Silva
Fonte: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração Publicador: Associação Nacional dos Programas de Pós-graduação em Administração
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 PT
Relevância na Pesquisa
55.87%
O objetivo deste artigo é identificar condutas gerenciais oriundas da ação humana nas organizações. Tomando-se como pressuposto que aquela mesma ação não é determinada por estruturas sociais, mas por elas condicionada, mostra-se aqui como os gerentes reproduzem, em seus cotidianos, traços da sociedade brasileira. A pesquisa de campo foi realizada nas Secretarias de Estado do Governo do Espírito Santo, tomando-se como unidade de análise os servidores estaduais ocupantes de cargo de chefia, por no mínimo dois anos, em nível dos órgãos centrais, no período de janeiro de 1995 a dezembro de 1998. O método utilizado foi o estudo de caso, levantando-se dados a partir de entrevistas. A estratégia metodológica envolveu a indissociabilidade das condutas estratégicas dos sujeitos organizacionais de elementos da estrutura social - a dualidade da estrutura. Os dados revelam que os gerentes contribuem, com sua ação, para a reprodução de propriedades estruturais brasileiras. O conhecimento dessa situação, ou seja, a cognoscitividade que possuem a respeito desse contexto, permite-lhes seguir em frente, definindo condutas apropriadas a cada momento, em processo de monitoramento constante da realidade que os cerca.

Os dilemas da economia solidária: um estudo acerca da dificuldade de inserção dos indivíduos na lógica cooperativista

Barreto,Raquel de Oliveira; Paula,Ana Paula Paes de
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
45.69%
Este artigo tem como objetivo contribuir para o debate na área da Economia Solidária. Fundamentando-se nas idéias de Guerreiro Ramos e Maurício Tragtenberg, buscou-se analisar as dificuldades encontradas pelos indivíduos para se inserirem na lógica cooperativista. Para isso, realizou-se um estudo de caso na COOPETEX, no qual foram analisados aspectos como a vivência dos princípios cooperativistas, a participação e a autogestão, bem como a presença dos valores e práticas características do modelo capitalista de produção. Foi possível identificar uma desvalorização dos princípios que norteiam o movimento cooperativista e que a autogestão existe apenas enquanto discurso. Constatou-se também que os valores e métodos capitalistas são amplamente utilizados, o que torna a cooperativa uma reprodução das empresas convencionais. A partir dos resultados obtidos foi possível observar o quanto a mudança de postura dos cooperados é vital para que a cooperativa funcione de forma legítima.

Organização: critérios para uma concepção crítica e objetiva

Nascimento,Paulo Tromboni
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
45.76%
O conceito de organização é, muitas vezes, utilizado de modo subjetivo, vago e até equivocado. Aqui se buscam critérios para criticar e julgar de modo objetivo as definições propostas ou implícitas numa pesquisa em administração. O caminho escolhido foi partir da concepção de Barnard (1942) e dialogar com a literatura científica na área. Sem cair no irracionalismo, critica-se a conceituação formalista e racionalista. Em substituição, entra a correspondência entre resultados e as cobranças das partes interessadas. Afasta-se o foco dos significados, em favor da idéia de sistema social aberto, com divisão de trabalho, reais relações de cooperação e poder e reprodução, apoiada nos resultados dos intercâmbios com o meio social onde se insere a organização. A conclusão está na forma de critérios aplicáveis a uma concepção de organização que se proponha objetiva e crítica.

Empresa Júnior e a reprodução da ideologia da Administração

Bicalho,Renata de Almeida; Paula,Ana Paula Paes de
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
75.82%
O objetivo deste artigo é analisar o papel das empresas juniores na formação dos administradores. Tal tipo de organização geralmente é associado a uma leitura exclusivamente positiva, não contraditória, e a isso se relaciona ao senso comum a respeito da importância pedagógica das empresas juniores para a formação acadêmica e profissional. O referencial teórico versa sobre como, sob os auspícios do mundo administrado, as violências são apreendidas como naturais e essenciais para a formação dos sujeitos, em consonância com o status quo, e como reflexo natural e necessário das relações do capitalismo de mercado. Este estudo é uma pesquisa qualitativa, baseada em um estudo de caso desenvolvido a partir da história de vida e utilizou a metodologia hermenêutico-dialética para a análise dos dados. Em seguida, são discutidas as violências vivenciadas no ambiente acadêmico-profissional das empresas juniores; a naturalização dessas violências; o real propósito dessas organizações, isto é, é a encucação da ideologia da administração nos discentes; e o papel da Universidade - destinada à formação crítica dos sujeitos ou à sua formatação em consonância com o contexto socioeconômico. Por fim, são traçadas sucintas considerações adicionais.

Um ensaio teórico de caracterização objetiva e crítica do conceito de Administração

Nascimento,Paulo Tromboni de Souza
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
55.97%
Este ensaio busca uma caracterização objetiva e crítica da ideia de administração. Objetiva, porque baseada na resistência que a situação organizacional opõe à atuação do administrador na busca dos resultados mensuráveis, cobrados pelos interlocutores da organização. Crítica, porque, sem desprezar a subjetividade humana, não recorre ao formalismo, nem à noção de racionalidade na construção do conceito de administração. Crítica, também, porque reformula o problema de definição para um de caracterização, supera limitações de boas tentativas anteriores e deixa uma concepção aberta a novas contribuições. O método adotado foi o da análise crítica de conceitos a partir do confronto da literatura dedicada ao tema e desta com outras relevantes e seu exame via situações hipotéticas ilustrativas. A principal contribuição é conjugar as responsabilidades do administrador e seu poder sobre os recursos e interlocução como meios para alcançar resultados vitais à própria constituição e reprodução da organização. Da rede de responsabilidades sociais viriam então o poder do administrador e suas limitações.

A mobilidade como novo capital simbólico nas organizações ou sejamos nômades?

Freitas,Maria Ester de
Fonte: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia Publicador: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
45.77%
O objetivo deste artigo, de natureza exploratória, é o de analisar a mobilidade como um novo capital simbólico no mundo organizacional. Argumentamos três questõeschave: a) a de que a mobilidade já é uma necessidade sócioorganizacional; b) a de que a transformação ideológica dessa necessidade em virtude legitima a mobilidade como um novo capital; e c) a de que a circulação mundial de profissionais, por meio de processos de expatriação, e a de empresas, a partir de processos de relocalização, fusões e aquisições, traduzem um novo tipo de nomadismo que reforça a mobilidade como um valor desejável. Em virtude da ausênciade bibliografia específica sobre o tema no universo organizacional, construímos ao longo do texto alguns conceitos, dentre eles o de mobilidade. Esta se refere à capacidade, à disposição e ao desejo que um individuo tem de mudar de país para interagir com diferenças em relação à sua cultura, à sua profissão, aos seus saberes e ao seu cargo. O conceito de capital simbólico foi tomado de empréstimo de Bourdieu, que desenvolveu e consolidou, progressivamente, elementos conceituais para uma teoria da ação social(1972, 1980 e 1994) e, junto com Passeron (1964 e 1970), analisou mecanismos de reprodução social.

Mérito, Reprodução Social e Estratificação Social: apontamentos e contribuições para os estudos organizacionais

Helal,Diogo Henrique
Fonte: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia Publicador: Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
55.8%
O artigo apresenta uma reflexão teórica sobre mérito, reprodução social e estratificação social, destacando algumas correntes teóricas sobre estratificação social, o modo como elas destacam (ou não) o mérito e esforço individual, e por fim apresentando contribuições para o debate e os estudos organizacionais. Em detalhe, são apresentadas as noções iniciais sobre estratificação social, destacando a prevalência de estudos e abordagens funcionalistas sobre o tema. A seguir, trata da leitura funcionalista da abordagem weberiana acerca da estratificação social, feita por Parsons e seguidores, que influenciou a teoria sociológica da modernização, e a própria elaboração de sua hipótese meritocrática, central nos estudos clássicos sobre estratificação social. Tal hipótese é questionada, tomando por base estudos de inspiração marxista, que veem, na estratificação social, um fenômeno de reprodução social. Adiante, são apresentados algumas considerações sobre diferentes maneiras de se mensurar a estratificação social...

Estado capitalista e estratégias de gestão de instituições de ensino superior privadas

Hopfer, Kátia Regina
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
45.79%
Resumo: O presente estudo investiga o processo de renúncia fiscal direcionado às Instituições de Ensino Superior Privadas (IESP) quando da sua adesão ao PROUNI – Programa Universidade para Todos, como uma política pública de um Estado Capitalista, e seus efeitos sobre as estratégias empresariais. A partir de um arcabouço conceitual da teoria crítica, buscamos posicionar o PROUNI como um elemento do modo capitalista de produção. Partindo das práticas organizacionais, definimos três estratégias apoiadas nos elementos constitutivos do PROUNI: de Viabilização, de Expansão e de Rentabilidade. Para analisar essas estratégias, escolhemos três IESP pelo critério de acessibilidade, as quais, pelas características apresentadas, representam o universo das IESP que aderiram ao PROUNI a partir de 2005. Sendo assim, caracteriza-se como um estudo de casos múltiplos, com avaliação longitudinal, privilegiando a pesquisa bibliográfica, a documental, a observação participante e as entrevistas. Os dados analisados indicam que o PROUNI possui elementos do sistema capitalista e que sua operacionalização garante a acumulação ampliada do capital inserido no modo de produção dominante. Identificamos, a partir dos dados coletados...

A Gestão Pública danificada: uma análise pelo pensamento organizacional crítico à luz da dialética negativa; The damaged public management: an analysis through critical organizational thinking lighted by negative dialectic

Zwick, Elisa
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia Publicador: Programa de Pós-Graduação em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 02/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
45.83%
The aim of this thesis is to critically analyze the theoretical grounds that govern the Brazilian Public Management. Based on the negative dialectic method proposed by Adorno (2009), we argue that the historical and ideological processes that support the theoretical assumptions which guide the practices of the Brazilian Public Management are the source and expression of his damaged character, therefore requiring denaturalization. Our critical perspective, related to the Public Management, is based on an interdisciplinary approach. Moreover our analyses mediated by a critical organizational thinking, associated with the Critical Theory, and are sustained by a sociological critic of the public management. The intent of the second chapter is to establish the theoretical and methodological approach of this work. In this way we choose to begin its explanation with a critical bases research following the lead up to the negative dialectic as the method to criticize the Brazilian public management. The primordial elements in Adorno’s method - nonidentical, anti-system, semi-formation, object primacy, instrumental rationality, mimesis and expression, immanent critique - all of them fundamental for subsequent analysis are introduced and enlightened in the third chapter. At the end of this chapter the constellations that are important to this work are presented: colonialism...

Organização: critérios para uma concepção crítica e objetiva; Organization: criteria for a critical and objective conception

NASCIMENTO, Paulo Tromboni
Fonte: Fundação Getúlio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getúlio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
45.76%
O conceito de organização é, muitas vezes, utilizado de modo subjetivo, vago e até equivocado. Aqui se buscam critérios para criticar e julgar de modo objetivo as definições propostas ou implícitas numa pesquisa em administração. O caminho escolhido foi partir da concepção de Barnard (1942) e dialogar com a literatura científica na área. Sem cair no irracionalismo, critica-se a conceituação formalista e racionalista. Em substituição, entra a correspondência entre resultados e as cobranças das partes interessadas. Afasta-se o foco dos significados, em favor da idéia de sistema social aberto, com divisão de trabalho, reais relações de cooperação e poder e reprodução, apoiada nos resultados dos intercâmbios com o meio social onde se insere a organização. A conclusão está na forma de critérios aplicáveis a uma concepção de organização que se proponha objetiva e crítica.; The concept of organization is often used in subjective, vague and even wrong ways. In this paper, the aim is to find criteria to objectively criticize and judge definitions applied in management research. The adopted approach is to depart from Barnard's conception (1942) and to establish a dialogue with the scientific management literature. Rationalistic and formalistic conceptions are criticized. These ideas are replaced by correspondence between results and stakeholders demands. The focus on meaning is abandoned...

Institucionalização do ensino em administração de empresas na cidade de São Paulo : um estudo de caso sobre a Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP)

Vale, Miriam Pires Eustachio de Medeiros Vale
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.91%
O objetivo deste trabalho é entender o processo de institucionalização do curso de graduação em Administração de Empresas da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP), tendo como referencial teórico o modelo de Barley e Tolbert (1997). Explorando aspectos históricos para tentar explicar o “espírito do tempo” (Zeitgeist) e ilustrar o processo de surgimento de uma nova graduação para a USP, a metodologia do estudo de caso (YIN, 2001) foi a escolhida por permitir uma maior gama de recursos de pesquisa. Dessa forma, o trabalho analisou as Atas de Reunião da Congregação da época (1946-1965), entrevistas colhidas com quinze pessoas entre protagonistas e observadores da história desta instituição durante o período analisado, jornais publicados pelos próprios alunos da Faculdade e bibliografia sobre o assunto. Utilizando-se de conceitos presentes em Giddens (1979, 1986), Machado-da-Silva, Fonseca e Crubellate (2005), DiMaggio e Powell (1983), Hardy e Maguire (2008), Khurana (2007), entre outros autores que trabalham com a Teoria Institucional, o processo de institucionalização do curso de Administração de Empresas na FEA-USP é analisado, relacionando-se a literatura disponível com os fatos encontrados em documentos e depoimentos colhidos. Alguns acontecimentos chamam a atenção...

A formação do administrador (re-visitada) e as demandas sócio-históricas de capacidade gerencial no contexto brasileiro : uma análise crítica

Lovison, Aida Maria
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
35.85%
O presente estudo visa clarificar possíveis vinculações existentes entre a formação do administrador e as demandas sócio-históricas de capacidade gerencial ao longo do processo de desenvolvimento nacional. Busca, especialmente, compreender as condições que delinearam a experiência gerencial brasileira nas suas distintas fases, a "patrimonial" a "utilitária" e a "semiúrgica", e de que forma estas condições têm influenciado na determinação do papel "atribuído" ao administrador e dos valores subjacentes ao mesmo. Com isso buscou-se passar de uma análise do fenômeno gerencial enquanto fato político (abordagem centrada nas funções gerenciais e, dessa forma, negando a historicidade do fenômeno), para sua compreensão como elemento de organização da sociedade brasileira e dos seus fundamentos, tendo como pano de fundo as transformações sociais, econômicas, políticas e educacionais ocorridas nesta sociedade. O processo de construção do conhecimento neste estudo fez-se à luz de um conjunto de premissas metodológicas cujas especifidades revelam nossa compreensão sobre o que sejam as visões de mundo, a ciência e o fazer do cientista social e sobre a questão da ideologia e da racionalidade neste fazer científico...

O mecanismo da mais valia relativa; Abstract

Cipolla, Francisco Paulo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 26/06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
55.72%
Marx’s theory of relative surplus value has been recently questioned by Michael Lebowitz (2003, 2010). According to him the value of labor power cannot be determined by the value of a given set of consumption goods. He argues that this procedure fails to explain relative surplus value when money wages fail to fall. Unless productivity is able to explain both the cheapening of commodities and the weakening of the working class, the theory of relative surplus value is incomplete for it is unable to explain the reduction in money wages. This article explores the possible effects of changing productivity in gold production, a factor that Marx left out of the analysis in order to emphasize the necessary reduction in money wages when the value of gold is given. It is shown that relative surplus value can come about quite independently of any reduction in money wages.; Em discussão recente com Fine (2009) Lebowitz (2003, 2010) argumenta que a teoria da mais valia relativa de Marx é inadequada porque toma a cesta de meios de consumo necessários à reprodução da força de trabalho como fixa. Uma vez abandonada essa hipótese, se o salário nominal não se reduz o aumento da produtividade se traduz apenas numa ampliação do consumo dos trabalhadores. Na sua opinião é necessário considerar que o progresso técnico não tem como objetivo único diminuir o valor das mercadorias mas também o de enfraquecer a capacidade de resistência da classe como um todo. Somente a compreensão de que o progresso técnico é uma arma da luta de classe pode-se conceber a redução dos salários nominais como processo simultâneo ao barateamento das mercadorias. Este artigo procura explorar possibilidades alternativas para a efetivação da mais valia relativa independentemente da redução dos salários monetários. Para tal analisam-se os possíveis efeitos do aumento da produtividade na produção de ouro...

Efectos de la implementación de las normas internacionales de contabilidad en el control de gestión: un estudio a la luz de la teoría de la estructuración en una empresa textil; Impact of international accounting standards implementation in controllership: a study of a textile company in the light of structuration theory; Impactos da implantação das normas internacionais de contabilidade na controladoria: um estudo à luz da teoria da estruturação em uma empresa têxtil

Beuren, Ilse Maria; Almeida, Dalci Mendes
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
105.97%
Estudos relativos às atividades da Controladoria que se inter-relacionam com outras ciências, como Psicologia e Sociologia, favorecem conhecimentos mais holísticos sobre essa área organizacional. Assim, neste estudo objetiva-se verificar os impactos da implantação das normas internacionais de contabilidade na controladoria à luz da Teoria da Estruturação. O pressuposto é que o processo de implantação das normas internacionais vem contribuir para a produção e a reprodução da ordem social da área organizacional controladoria. A Teoria da Estruturação de Giddens (1979; 1996; 2003) sustenta esta pesquisa exploratória, com abordagem qualitativa, realizada por meio de um estudo de caso em uma indústria têxtil. Nela, analisaram-se impactos da implantação das normas internacionais de contabilidade na controladoria, no período de 2008 a 2010, que abrange a fase de implantação dos CPCs na empresa, emitidos pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC). A coleta de dados deu-se por meio de observação, análise documental, entrevistas individuais e grupo focal. A análise das entrevistas individuais e do grupo focal foi realizada com o auxílio do software Atlas.ti. Os resultados apontaram que o processo de implantação das normas internacionais de contabilidade impactou a estrutura da área organizacional controladoria...