Página 1 dos resultados de 3259 itens digitais encontrados em 0.030 segundos

A construção do portfólio de avaliação em uma escola municipal de educação infantil de São Paulo: um relato crítico.; The construction of assessment portfolio in a Public Child Education School in Sao Paulo: a critical report.

Ramires, Jussara Martins Silveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/05/2008 PT
Relevância na Pesquisa
75.78%
Esta pesquisa teve por finalidade compreender, descrever e analisar criticamente o processo de construção de portfólios de avaliação das crianças, ocorrido em uma Escola Municipal de Educação Infantil de São Paulo. Este processo está fundamentado na concepção de avaliação enquanto acompanhamento e registro do desenvolvimento de cada criança, conforme estabelecem diversos dispositivos legais. Esta investigação objetivou também estabelecer relação entre a teoria da avaliação na educação infantil e a prática dos educadores. A construção de portfólios de avaliação baseia-se no conceito de avaliação formativa autêntica, proposto por Wiggins, Engel e Hart, derivado do conceito de avaliação formativa, originalmente elaborado por Scriven e transportado para a avaliação das aprendizagens dos alunos através da pedagogia do domínio de Bloom. Através de levantamento bibliográfico foi realizada a análise dos conceitos de desenvolvimento, acompanhamento e registro, basilares para a concepção de avaliação na educação infantil constante das normas legais em vigor. A metodologia também explicitou o conceito de portfólio, aspectos de sua organização e possibilidades para sua realização. Foi empreendida pesquisa documental de material de cunho oficial e técnico com o intuito de traçar a trajetória das concepções de infância...

A dissertação escolar sob a perspectiva da teoria da relevência

Janostiac, Isabel da Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
75.77%
A avaliação de redações envolve a análise de aspectos gramaticais e de conteúdo. Enquanto a análise do desempenho gramatical depende de verificações bastante objetivas, a análise de questões relacionadas a conteúdos representa um desafio, principalmente no que se refere à explicitação, para o avaliador, do processo de atribuição de nota. Entre os critérios que costumam figurar em instrumentos avaliativos, merecem atenção aqueles que dizem respeito à obediência ao tema e ao desenvolvimento do ponto de vista, à qualidade do conteúdo e ao investimento autoral. Embora, intuitivamente, seja possível depreender a fidelidade ao tema proposto e a capacidade de desenvolver um ponto de vista de uma redação, parece difícil justificar as avaliações desses critérios. A fidelidade ao tema e a capacidade de apresentar um posicionamento pertinente, no entanto, não podem ser medidas apenas a partir da simples verificação da quantidade de informações relacionadas ao assunto e de manifestações explícitas de filiação a determinadas ideias. Além da quantidade de informações, o leitor proficiente espera encontrar qualidade para avaliar positivamente o texto. Essa expectativa encontra explicação adequada na Teoria da Relevância...

Pedagogia do esporte : pressupostos para uma teoria da avaliação da aprendizagem = Sport pedagogy: presuppositions for a learning assessment theory; Sport pedagogy : presuppositions for a learning assessment theory

Thiago José Leonardi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
85.88%
O esporte contemporâneo tem passado por significativas mudanças em sua estrutura (regras, espaços, materiais, regulamentos, entre outras) e essas alterações tiveram influência também sobre os métodos de ensino dos Jogos Esportivos Coletivos. A literatura destaca uma preocupação com a aprendizagem tática, à qual é subordinada a aprendizagem técnica, com ênfase nas tomadas de decisão e na resolução de situações problema, tendo como principal estratégia - ou facilitador - para o desenvolvimento de tais habilidades o jogo. Defendemos uma Pedagogia do Esporte cujo principal foco é o aluno; pensamos essa área de atuação como aquela responsável pela iniciação, especialização e treinamento esportivo e que, além de lidar com o conteúdo esportivo ela também pode transcender e contribuir para o desenvolvimento integral do indivíduo. Assim, torna-se insuficiente, sob essa perspectiva, avaliar de maneira meramente estatística; é preciso tornar o processo de avaliação mais condizente com os princípios e pressupostos da Pedagogia do Esporte, considerando o sujeito como central no decorrer do processo, visando seu desenvolvimento integral, entendendo a maneira pela qual ele se movimenta, por que ele toma determinadas decisões e como ele se sente perante o jogo. Com isso...

Teoria da mente, linguagem e competências sociais em crianças ao nível pré-escolar

Rocha, Joana Antonieta Barbosa Ferreira da
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
75.87%
A compreensão dos estados mentais dos outros – Teoria da Mente (TM) – é um processo crucial no desenvolvimento cognitivo e social. A relação entre a Teoria da Mente e a Linguagem tem sido alvo de vários estudos ao longo das últimas décadas (Happé, 1995; de Villiers & Villiers, 2000; Astington, 2001; Ruffman et al., 2002; Lohmann & Tomasello, 2003; Astington & Baird, 2005; Astington & Pelletier, 2005; Farrar et al, 2009). Neste estudo avaliaram-se 229 crianças entre os 3 e os 7 anos que frequentavam jardim-de-infância. Destas 229 crianças, foram constituídos dois grupos, um constituído por crianças com desenvolvimento típico (GN) e outra por crianças com Perturbações da Fala/ Linguagem (GPFL), sendo que neste último foi ainda criado um sub-grupo de crianças com Perturbações Desenvolvimentais da Linguagem (SGPDL). Foi aplicado um teste de avaliação da TM, constituído por três sub-testes (Compreensão de falsas crenças de primeira ordem, crenças e desejos e acesso ao conhecimento) e um teste de avaliação de linguagem (T.A.L.C.) Foi também pedido aos cuidadores o preenchimento de um Questionário de Avaliação das Competências Sociais (Rydell et al., 1997). Verificou-se a existência de uma associação positiva e significativa entre a idade e a TM. Por outro lado...

Para uma teoria da avaliação formativa

Fernandes, Domingos
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 POR
Relevância na Pesquisa
95.91%
A principal finalidade deste artigo é a de contribuir para a construção de uma teoria da avaliação formativa que, no essencial, possa orientar, fundamentar e melhorar as práticas de avaliação nas salas de aula. Para além de se apresentar, discutir e definir o conceito de avaliação formativa alternativa, propõe-se o desenvolvimento de investigação que permita compreender a) os processos de desenvolvimento do currículo nas salas de aula e a sua relação com os processos de avaliação; b) os papéis de alunos e professores nos processos de ensino, aprendizagem e avaliação; e c) os contextos, dinâmicas e ambientes de ensino, aprendizagem e avaliação nas salas de aula. Propõe-se ainda que se descrevam, analisem e interpretem as realidades da avaliação formativa nas salas de aula de forma a desenvolver a investigação empírica e a construção teórica nesta área. Neste sentido, são dados exemplos de questões de investigação que se consideram prioritárias.

Percursos e desafios da avaliação contemporânea: Lição síntese apresentada nas provas de agregação.

Fernandes, Domingos
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Outros
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
75.79%
Para além da introdução este trabalho foi organizado em quatro secções principais: a) Sobre a Natureza da Avaliação, em que se discutem questões relacionadas com a avaliação formal e a avaliação informal e com a avaliação como disciplina científica; b) Sobre as Abordagens Modelos e Teorias, em que se apresentam e discutem as perspectivas teóricas que estão na base dos principais modelos, procurando integrá-los de acordo com essas mesmas perspectivas; c) Sobre a Avaliação e a Qualidade, em que, no essencial, se contrastam duas abordagens utilizadas quando se pretende avaliar a qualidade de um dado ente: a que se baseia em critérios e a que se baseia nas práticas e experiências vividas pelos participantes; e d) Conclusões e Reflexões Finais, em que, com base numa síntese dos elementos essenciais da discussão desenvolvida ao longo do trabalho, se produzem algumas reflexões de natureza teórica e prática.

Questões críticas da avaliação para as aprendizagens. Relatório de disciplina apresentado no âmbito das provas de agregação

Fernandes, Domingos
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Outros
Publicado em //2007 POR
Relevância na Pesquisa
75.87%
Este relatório, para além da Introdução, foi organizado em cinco secções principais. Na segunda, intitulada Para Uma Fundamentação Da Disciplina, faz-se uma discussão crítica e reflexiva acerca de um conjunto de questões relativas ao domínio da avaliação formativa, incidindo particularmente nas que parecem estar na linha da frente das prioridades de investigação e de desenvolvimento teórico. Ainda nesta secção discutem-se muito sucintamente resultados de duas investigações em que se fez uma síntese de 59 artigos e de 34 livros de autores portugueses, que incidiam sobre avaliação, publicados nos últimos 25 anos. Na terceira secção, designada por Apresentação E Discussão Do Programa, são apresentados e discutidos os diferentes elementos do programa tais como os seus objectivos, temas e conteúdos, organização das sessões de trabalho, tarefas propostas aos alunos e avaliação. É nesta secção que se apresentam e discutem os contornos essenciais de desenvolvimento do programa, nomeadamente as dinâmicas de sala de aula que se imprimem, o papel dos alunos e do docente, assim como o ambiente e/ou clima de trabalho que normalmente se desenvolve numa disciplina desta natureza ao nível de um programa de mestrado. Na quarta secção...

Para uma teoria da avaliação no domínio das aprendizagens

Fernandes, Domingos
Fonte: Fundação Carlos Chagas, São Paulo, Brasil Publicador: Fundação Carlos Chagas, São Paulo, Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
95.95%
A construção de uma teoria da avaliação no domínio das aprendizagens dos alunos obriga a um esforço de sistematização, de clarificação, de identificação e de compreensão dos seus elementos essenciais e das relações entre eles. Não será fácil apoiar, transformar e desenvolver práticas de avaliação sem uma teoria que as possa enquadrar dos pontos de vista epistemológico, ontológico e metodológico. Mudar e melhorar práticas de avaliação implica que o seu significado seja claro para os diferentes intervenientes e, muito particularmente, para os professores e investigadores. A principal finalidade deste artigo é discutir as seguintes questões críticas no processo de construção teórica da avaliação no domínio das aprendizagens: a) a integração e/ou articulação de conceitos fundadores das tradições teóricas mais influentes na literatura (a francófona e a anglo-saxónica); b) a conceptualização da avaliação formativa alternativa, integrando os contributos de diferentes tradições teóricas e cujo principal propósito é melhorar as aprendizagens; e c) as relações entre a avaliação sumativa e a avaliação formativa alternativa. O artigo suscita um conjunto de reflexões e conclusões em que se sugerem algumas perspectivas de desenvolvimento na construção teórica da avaliação no domínio das aprendizagens dos alunos.

Avaliação das aprendizagens em Portugal: Investigação e teoria da actividade

Fernandes, Domingos
Fonte: Unidade de Investigação & Desenvolvimento em Ciências da Educação Publicador: Unidade de Investigação & Desenvolvimento em Ciências da Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
85.96%
A partir de seis sínteses de literatura que abrangem praticamente toda a investigação em avaliação das aprendizagens realizada em Portugal nas últimas três décadas, o autor faz uma caracterização global dessa investigação, referindo alguns dos seus principais resultados. Verificou‑se que a grande maioria das investigações utilizou as concepções e/ou as acções e práticas do professor como unidade de análise. Os dados foram recolhidos através de inquéritos por entrevista ou por questionário, sendo muito raras as situações em que os investigadores obtiveram informação no contexto das salas de aula para poder relacionar os seus elementos fundamentais (e.g., tarefas, alunos, professores, processos, resultados). É neste enquadramento que se discute a relevância de se considerar a sala de aula como unidade de análise e como sistema de actividade para que seja possível compreender de forma mais sistémica, integrada e profunda, as práticas de avaliação dos professores e, sobretudo, as mudanças que podem ocorrer nas salas de aula. Surge então uma discussão acerca dos fundamentos ontológicos, epistemológicos e metodológicos da teoria da actividade que estão na base de uma racionalidade alternativa ao positivismo e a certas formas de construtivismo. O artigo conclui com um conjunto de reflexões/recomendações relativas à melhoria da investigação em avaliação das aprendizagens e ao papel que a teoria da actividade pode desempenhar nesse esforço de melhoria.

Articulação da Aprendizagem, da Avaliação e do Ensino: Questões Teóricas, Práticas e Metodológicas

Fernandes, Domingos
Fonte: Porto Editora Publicador: Porto Editora
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
75.78%
A avaliação de percursos de aprendizagem dos alunos no contexto das salas de aula só tem significado se estiver fortemente articulada com a aprendizagem e com o ensino. Dificilmente se poderão fazer progressos assinaláveis num domínio tão intrinsecamente pedagógico como é o da avaliação, sem investigar as suas relações com a aprendizagem, com o ensino e com as dinâmicas e ambientes existentes nas salas de aula. A compreensão e a conceptualização destas relações é relevante para que se possam melhorar as práticas, nomeadamente através de tarefas que possam ser utilizadas para aprender, para avaliar e para ensinar. A verdade é que estes três processos têm sido investigados de forma isolada e, por isso, não tem sido fácil definir as suas relações, nem contribuir para que se construa uma visão mais holística, integrada e dinâmica das realidades da aprendizagem, da avaliação e do ensino. É neste quadro que decidi fazer uma reflexão acerca de três questões críticas relacionadas com o problema de articular a avaliação com a aprendizagem, com o ensino e com uma diversidade de elementos que acompanham necessariamente estes processos (e.g, conhecimentos e concepções dos professores; interacções sociais nas salas de aula; feedback). Nestas condições...

Esquizotipia, habilidades "Teoria da Mente" e vulnerabilidade à psicose: uma revisão sistemática

Tonelli,Hélio Anderson; Alvarez,Cristiano Estevez; Silva,André astete da
Fonte: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 PT
Relevância na Pesquisa
85.71%
CONTEXTO: A capacidade de inferir estados mentais de terceiros (também chamada habilidade "Teoria da Mente" ou "ToM") desenvolveu-se em decorrência de uma pressão evolutiva exercida por sociedades progressivamente mais complexas e parece estar comprometida na esquizofrenia e em portadores de transtorno esquizotípico de personalidade. Tal comprometimento poderia explicar o aparecimento de sintomas psicóticos nestes indivíduos. OBJETIVO: Revisar criticamente a literatura sobre alterações ToM em indivíduos esquizotípicos ou portadores de sintomas psicóticos subsindrômicos. MÉTODOS: Realizou-se uma busca na base MedLine por trabalhos publicados em inglês e português, entre 1990 e 2008, utilizando a frase "Schizotypal Personality Disorder [MeSH] AND "Theory of Mind" OR "Mentalising". RESULTADOS: Foram selecionados 15 artigos, os quais utilizaram diversos desenhos experimentais e instrumentos para avaliação de traços esquizotípicos, propensão à psicose e habilidades ToM. CONCLUSÕES: Os trabalhos revisados visaram estabelecer relações entre vulnerabilidade à psicose e alterações ToM. Alguns artigos também abordaram o caráter traço ou estado dependente das alterações ToM. A maioria dos trabalhos selecionados sugeriu que indivíduos com escores altos para esquizotipia e familiares de esquizofrênicos apresentam problemas no processamento ToM (este teria...

Programa de melhoria do acesso e qualidade da atenção básica: reflexões sobre o papel da avaliação na efetivação da integralidade em saúde

Gomes, Wanessa da Silva; Bezerra, Adriana Falangola Benjamin (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
75.76%
A integralidade, enquanto princípio orientador do SUS, ainda não é uma realidade no cotidiano da atenção à saúde, apesar dos evidentes avanços do sistema de saúde. Na busca de mudanças nesse cenário, de forma a materializar esse princípio a partir da Atenção Básica (AB), é importante um contínuo processo de avaliação, buscando a melhoria de acesso e, consequentemente, uma assistência de qualidade. Nesse sentido, o Ministério da Saúde instituiu o Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), com o intuito de avaliar esse nível de atenção. O estudo analisou os documentos e instrumentos que integram o PMAQ, com o objetivo de identificar seu fundamento teórico e da possibilidade de organização dos serviços de AB de acordo com a diretriz da integralidade. Trata-se de um estudo exploratório, descritivo e analítico, utilizando técnicas de pesquisa bibliográfica e documental. Como categorias de análise, foram utilizadas as quatro dimensões da integralidade defendidas por Giovanella et al. (2002): primazia das ações de promoção e prevenção; garantia da atenção nos três níveis de complexidade; articulação das ações de prevenção, promoção e recuperação; abordagem integral dos indivíduos e das famílias. Os resultados das análises possibilitaram entender que o PMAQ é um programa de instrumentos de avaliação da estrutura...

Teoria da Mente em Pais de Pessoas com Autismo: Uma Análise Comparativa

Andrade,Aline Abreu e; Camargos Junior,Walter; Ohno,Priscilla Moreira; Teodoro,Maycoln Leôni Martins
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2015 PT
Relevância na Pesquisa
75.79%
ResumoO autismo pode ser definido como uma síndrome comportamental heterogênea em termos genéticos e de diagnóstico. Esta heterogeneidade dificulta a realização de estudos genéticos sobre o tema. Um dos endofenótipos candidatos do autismo é a teoria da mente. O objetivo deste estudo foi avaliar a capacidade da teoria da mente em pais de crianças com autismo. Foram avaliados 90 participantes: 30 pais de crianças com autismo, 30 pais de crianças com síndrome de Down e 30 pais de crianças com desenvolvimento típico. Os instrumentos utilizados foram o Eyes Test, para avaliar habilidades de decodificação, e o Unexpected Outcomes Task, para medir o raciocínio dedutivo. Os resultados não indicam diferenças significativas entre os grupos na habilidade de decodificação. No entanto, eles indicam a existência de déficits na capacidade de dedução da teoria da mente. Esse déficit parece ser mais pronunciado em mães de crianças com autismo, em comparação com grupos de mães de crianças com síndrome de Down e mães de crianças com desenvolvimento típico. Mais estudos são necessários para esclarecer melhor a relação entre teoria da mente e autismo.

Modelagem para construção de escalas avaliativas e classificatórias em exames seletivos utilizando teoria da resposta ao item uni e multidimensional; Modeling for constructing of classificatory and evaluative scales in selective tests using uni and multidimensional item response theory

Quaresma, Edilan de Sant'Ana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
75.8%
O uso de provas elaboradas na forma de itens, em processos de avaliação para classificação, é uma herança histórica dos séculos XVI e XVII, ainda em uso nos dias atuais tanto na educação formal quanto em processos seletivos, a exemplo dos exames vestibulares. Elaboradas para mensurar conhecimentos, traços latentes que não podem ser medidos diretamente, as provas costumam ser corrigidas considerando unicamente o escore obtido pelo sujeito avaliado, sem contemplar informações importantes relacionadas aos itens das mesmas. O presente trabalho teve como objetivos: (i) utilizar a modelagem baseada na teoria da resposta ao item unidimensional - TRI e multidimensional - TRIM para construir escalas do conhecimento para a prova da FUVEST e (ii) classificar os candidatos aos seis cursos de graduação oferecidos pela Escola Superior de Agricultura \"Luiz de Queiroz\", unidade da Universidade de São Paulo, com base na escala construída. A hipótese imbutida no corpo do trabalho admitiu que o uso da TRIM classifica de forma diferente os candidatos que os atuais métodos utilizados pela FUVEST. Foram utilizados os padrões de respostas dos 2326 candidatos submetidos à prova, para que uma análise unidimensional fosse realizada...

Faces e falas da avaliação universitária : o portfólio como recurso mediador da aprendizagem; Faces and speeches of the assessment in the higher education learning : the portfolio as a learning mediator resource

Maria Lourdes Vieira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/11/2010 PT
Relevância na Pesquisa
75.78%
Esta pesquisa se insere no contexto da Pedagogia Universitária e centra-se no processo de avaliação da aprendizagem utilizado por professores universitários que optaram pelo Portfólio como recurso mediador da aprendizagem dos estudantes. Busca compreender como estes atores elegem tal recurso e como entendem e avaliam o percurso de aprendizagem dos alunos. A indissociabilidade do ato de ensinar, aprender e avaliar é tomada como referência para o entendimento destas opções. Para a compreensão dessa realidade buscamos apoio na abordagem qualitativa e os recursos utilizados para o recolhimento dos dados foram entrevistas semiestruturadas com professores atuantes em diferentes cursos de graduação de diferentes instituições do ensino superior, entendendo-os sensibilizados com a mudança paradigmática no campo da formação universitária e que na prática tentam implementar o Portfólio. A análise documental de Planos de Ensino e de Portfólios dos alunos cedidos pelos participantes complementa a coleta de dados empíricos e o diálogo com estudiosos da pedagogia universitária sobre a percepção das potências e limites deste recurso avaliativo promove a aproximação entre a teoria e prática. O conjunto dos registros realizados e o confronto dos dados obtidos propiciaram uma percepção geral do processo de aprendizagem vivido...

Avaliação da aprendizagem em educação fisica na escola de 1. grau

Paulo da Trindade Nerys Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/1993 PT
Relevância na Pesquisa
75.92%
A presente pesquisa teve como objetivo analisar, a partir da teoria, legislação e prática do professor, a problemática da avaliaçao da aprendizagem em Educação Física na escola de 1º grau. O método utilizado nesta pesquisa foi construído pelo autor e orientador do trabalho, baseado nos autores: PIOVESAN (1979 a, b) , SOUZA (1986) e SCRIMSHAW e HURTADO (1990). As etapas e procedimentos utilizados foram 1 levantamento bibliográfico onde procurou-se fazer a revisao analítica da literatura sobre avaliação da aprendizagem através de consulta a livros, artigos, dissertações e teses; 2 levantamento da legislação e de tópicos que apresentavam indicadores quanto a concepção subjacente de avaliação da aprendizagem.; 3 levantamento da prática do professor em 10 (dez) escolas da rede pública municipal de Campinas. Com esse procedimento, buscamos explicitar as condições históricas que determinaram as práticas de avaliaçAo em Educação Física. No âmbito da teoria verificou-se a ênfase na avaliação dentro de uma abordagem técnica, com o uso de técnicas, análise e tratamento dos dados orientados por parâmetros quantitativos, com fins classificatório, seletivo e comparativo. A legislaçso tem como referência fundamental a aptidão física e tem como critério de avaliaç&o a freqüência às aulas. A prática do professor leva em consideração as suas experiências em sala de aula e alguns aspectos da legfislação. A teoria da avaliação em Educação Física não é significante na prática do professor; The purpose of this thesis was to study the theory...

Reconhecimento como Teoria Critica? : a formulação de Axel Honneth; Recognition as Critical theory? : The formulation of Axel Honneth

Luiz Gustavo da Cunha de Souza
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
75.8%
O tema da dissertação é a reconstrução da chamada Teoria Crítica da Sociedade por meio da formulação de um modelo de teoria do reconhecimento pelo filósofo e sociólogo alemão Axel Honneth. Para isso, realizou-se a investigação de sua obra a partir da herança daquela tradição desde seu momento inicial, na década de 1930, quando foi fundada por Max Horkheimer e seus colaboradores do Instituto de Pesquisa Social de Frankfurt, passando por suas reformulações e críticas nas décadas subsequentes, das quais as mais destacadas foram as de Jürgen Habermas. Desta forma, foi possível procurar as relações de ruptura e continuidade entre o modelo teórico desenvolvido por Honneth e a tradição teórica à qual ele reivindica filiação. No segundo momento, foi o próprio modelo de Honneth que esteve em pauta, com especial destaque para sua reconstrução da tipologia desenvolvida por Hegel para a idéia de reconhecimento. Este movimento, central para a teoria do reconhecimento, desemboca nas tipologias do reconhecimento (amor, direitos e estima social) e do desrespeito (violência, negação de direitos e desrespeito social), que representam, segundo o autor, relações sociais pautadas por expectativas normativas dos sujeitos envolvidos. Quando estas são descumpridas...

Uma proposta de uso da teoria da preferencia e das opções reais em projetos de exploração e produção de petroleo

Gabriel Alves da Costa Lima
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/02/2004 PT
Relevância na Pesquisa
75.78%
As mudanças regulamentares ocorridas no Brasil a partir da segunda metade dos anos 90 ocasionaram diversas alterações no processo decisório sobre E&P de petróleo, culminando com a criação de um ambiente de mais competição entre as empresas. Neste novo cenário, pode-se dizer que as decisões de investimentos modernos em E&P possuem quatro características importantes: a) investimentos são, ao menos parcialmente, irreversíveis; b) incertezas sobre a dinâmica temporal do fluxo de caixa dos projetos; c) opções reais para ajustar as decisões às novas realidades do mercado; d) aversão ao risco das corporações. Em tais cenários, por ignorarem estas características ou não capturá-Ias apropriadamente, os indicadores tradicionais do fluxo de caixa descontado para valoração e tomada de decisões podem não fornecer resultados compatíveis com as práticas de mercado. Como alternativa para contornar tais limitações, propõe-se uma abordagem baseada no uso da teoria da preferência e das opções reais. A teoria das opções se justifica pela analogia entre as opções de investir em projetos e as opções financeiras de compra do tipo americanas. A motivação pelo emprego da teoria da preferência se baseia na possibilidade de incorporar as funções de utilidade do tomador de decisão para ordenar as grandezas sob condições de risco. O modelo proposto nesta tese é aplicado na valoração e seleção de projetos de reservas não desenvolvidas...

Mensuração de conforto e desconforto em poltrona de aeronave pela teoria da resposta ao item

Menegon, Lizandra da Silva
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 355 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
75.78%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Florianópolis, 2013.; Este estudo desenvolveu instrumentos de medida de conforto edesconforto em poltrona de aeronave com base na Teoria da Resposta aoItem. A pesquisa foi executada em três etapas: a 1º. Etapa (teórica)refere-se: a) Revisão de literatura; b) Elaboração do modelo conceitual;c) Construção do conjunto de itens; d) Análise semântica e de juízes; ee) Teste piloto. A 2º. Etapa, empírica, refere-se ao planejamento eaplicação da coleta dos dados com 1500 passageiros no AeroportoInternacional de Florianópolis - SC. A 3º. Etapa, analítica, refere-se: a)Avaliação da dimensionalidade; b) Análise dos itens por meio doModelo de Resposta Gradual de Samejima da Teoria da Resposta aoItem; c) Verificação das evidências de validade e confiabilidade doconjunto de itens; d) Construção das escalas de conforto e desconfortoem poltrona de aeronave; e e) Análise da correlação entre conforto edesconforto. Os resultados mostraram que conforto e desconforto sãofenômenos distintos e podem ser percebidos pelo passageirosimultaneamente. Entretanto, há uma forte relação entre conforto edesconforto...

Para uma teoria da avaliação formativa

Fernandes,Domingos
Fonte: Centro de Investigação em Educação. Instituto de Educação da Universidade do Minho Publicador: Centro de Investigação em Educação. Instituto de Educação da Universidade do Minho
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 PT
Relevância na Pesquisa
105.91%
A principal finalidade deste artigo é a de contribuir para a construção de uma teoria da avaliação formativa que, no essencial, possa orientar, fundamentar e melhorar as práticas de avaliação nas salas de aula. Para além de se apresentar, discutir e definir o conceito de avaliação formativa alternativa, propõe-se o desenvolvimento de investigação que permita compreender: a) os processos de desenvolvimento do currículo nas salas de aula e a sua relação com os processos de avaliação; b) os papéis de alunos e professores nos processos de ensino, aprendizagem e avaliação; e c) os contextos, dinâmicas e ambientes de ensino, aprendizagem e avaliação nas salas de aula. Propõe-se ainda que se descrevam, analisem e interpretem as realidades da avaliação formativa nas salas de aula de forma a desenvolver a investigação empírica e a construção teórica nesta área. Neste sentido, são dados exemplos de questões de investigação que se consideram prioritárias.