Página 1 dos resultados de 2106 itens digitais encontrados em 0.039 segundos

A aprendizagem da docência na prática de ensino e no estágio: contribuições da teoria da atividade; Learning teaching skills within teaching practice and internship: contributions from Activity Theory

Ribeiro, Flavia Dias
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
105.99%
O presente estudo objetivou investigar a apropriação de elementos constitutivos de um modo geral de organização do ensino por futuros professores de Matemática nas disciplinas de Prática de Ensino e Estágio, com o intuito de explicitar indicadores de um movimento formativo na direção da práxis docente e, por conseguinte, identificar elementos norteadores para a organização do ensino pelos formadores de professores. Com referência na Teoria Histórico-Cultural e na Teoria da Atividade, em particular, tomou-se como pressuposto que colocar o sujeito em atividade deve ser condição para a organização do ensino. Nessa perspectiva, discutiu-se o modo como os estudantes se apropriam de um modo geral de organização do ensino, ao desenvolverem o pensamento teórico sobre a docência, por meio da reflexão, análise e planificação das ações. O percurso metodológico da pesquisa, com aporte no método histórico-dialético, desenvolveu-se em uma pesquisa de campo com estudantes de um curso de licenciatura em Matemática, nas disciplinas Metodologia do Ensino de Matemática e Prática de Docência em Matemática I e II. Os dados foram coletados por meio de registros de observação, de áudio e escritos. As observações possibilitaram a organização de um diário comentado...

A teoria da atividade como instrumento de análise da escola: o caso da EMAE; Activity theory as analytical tool school: the case of EMAE

Tavares, Luciani Bueno
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
105.95%
A presente dissertação possui como problemática de pesquisa o trabalho docente na Escola Móvel/Aluno Específico, localizada na cidade de São Paulo. A atuação de profissionais da área de educação em ambientes hospitalares ocorre no Brasil desde a década de cinquenta. Todavia, trata-se de um campo de investigação científica ainda pouco explorado, em especial quando lançamos o olhar sobre o Ensino de Ciências neste contexto. Como base teórica, foi utilizada a Teoria da Atividade como uma ferramenta analítica da atividade docente. A escolha e aplicação deste instrumento teórico-metodológico justificam-se pelo enfoque no desenvolvimento humano nos âmbitos sociais, culturais e históricos, em que a ação individual adquire sentido através das relações que se estabelecem na atividade coletiva. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com professores de ciências que atuaram em diferentes períodos na escola hospitalar e também com coordenadores. A análise dos dados permitiu identificar dimensões de contradições que expressam algumas das características do ser docente na escola hospitalar. Tais evidências explicitam a necessidade de repensarmos os cursos universitários de Licenciaturas, de modo, que incluam no seu processo formativo meios de preparar o professor para que consiga se adaptar a diferentes tipos de ambientes pedagógicos com diferentes tempos...

A formação de professores de física na perspectiva da teoria da atividade: análise de uma disciplina de práticas em ensino e suas implicações para a codocência; Physics teacher education on the Activity Theory perspective: the analysis of Teaching Practice course and implications to coteaching

Silva, Glauco dos Santos Ferreira da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
115.98%
Os trabalhos sobre formação de professores sempre estiverem presentes na área de pesquisa em Ensino de Ciências, especialmente, as investigações sobre os cursos de licenciatura. Estudos sobre a formação dos professores de ciências no Brasil apontam três elementos centrais que estiveram constantemente presente: os gestores públicos, a universidade e a escola, cujas ações são movidas por necessidades distintas, provocando uma tensão na formação docente. Contudo, investigações que abordem o problema da articulação desses elementos são menos frequentes. O presente trabalho, então, trata de algumas questões relativas a articulação entre a universidade e escola, no contexto de uma disciplina do curso de Licenciatura em Física do Instituto de Física da USP- Práticas em Ensino de Física- em que os licenciandos tinham que cumprir parte do estágio supervisionado na Escola de Educação Básica. O objetivo da pesquisa é caracterizar o processo de tornar-se professor, circunscrito ao contexto dessa disciplina, que ao focalizar as mudanças dos licenciandos aborda alguns aspectos da relação Universidade - Escola. A nossa hipótese básica está na ideia de que a formação inicial do professor ocorre na universidade e na escola e que ser professor se constitui historicamente na trama de relações sociais...

Contribuições da teoria da atividade para m-learning; Contributions from activity theory to M- learningONTRIBUTIONS

Batista, Silvia Cristina Freitas; Behar, Patrícia Alejandra; Passerino, Liliana Maria
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
95.99%
Mobile learning (m-learning – aprendizagem por meio de dispositivos móveis) é uma área que envolve diversos aspectos, além dos tecnológicos, tendo em vista o objetivo final que é a aprendizagem. Nesse sentido, entende-se que a referida área requer um aporte teórico que oriente as ações a serem promovidas. Este artigo propõe uma análise das contribuições da Teoria da Atividade para m-learning, segundo a visão de vários autores. Para tanto, inicialmente, promove-se uma reflexão sobre diversos aspectos envolvidos na definição de m-learning. A seguir, são apresentadas, resumidamente, as principais concepções da Teoria da Atividade, assim como são analisadas características da atividade de aprendizagem. Finalizando, discute-se como a referida teoria tem sido adotada no suporte de ações em m-learning.9; Mobile learning (m-learning – learning through mobile devices) is an area that involves several aspects, besides the technological, with the ultimate goal of learning. It is considered that this area requires a theoretical framework to guide the actions to be promoted. This article proposes an analysis of the contributions from the Activity Theory to m-learning, in the view of different authors. Thus, it presents...

Viagem de lazer na cidade e teoria da atividade : uma abordagem sociohistórica em comportamento para viagens; Leisure trip in the cities and activity theory : a sociohistorical approach on travel behavior

Santos, Lilian da Silva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
105.97%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, Programa de Pós-Graduação em Transportes, 2013.; O objetivo principal desse trabalho foi caracterizar a Viagem de Lazer na Cidade (VLC), enquanto uma atividade propriamente dita, ato concretizado mediante ações, operações e tarefas; suscitado por necessidades e objetivos, sendo esses resultantes da interação do sujeito em seu meio social. Essa caracterização teve como suporte os preceitos da Teoria da Atividade, oriunda da Psicologia Social; e estudos de Comportamento para Viagens. Como resultado, foi desenvolvido um método de análise, com o propósito verificar a relação entre os elementos que compõem o Sistema de Atividade da VLC – SAV-LC, sendo esses sete: 1) sujeito, o viajante; 2) objetivo, o lazer fora do domicílio; 3) resultado, a realização da VLC; 4) regras, as restrições espaciotemporais; 5) comunidade, os grupos sociais relacionados a VLC; 6) papel, se o indivíduo é condutor ou não condutor; e, 7) artefato, o modo de transporte utilizado. Esse método é composto por sete proposições, distribuídas em três Componentes: 1) Sistemas, determina o SAV-LC; 2) Aprendizagem, identifica distúrbios/contradições no SAV-LC; e...

O jogo e o desenvolvimento infantil na teoria da atividade e no pensamento educacional de Friedrich Froebel

Arce,Alessandra
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 PT
Relevância na Pesquisa
95.92%
Este artigo apresenta um estudo teórico comparativo da pedagogia desenvolvida por Friedrich Froebel e da teoria da atividade (Leontiev, Elkonin e Vigotski) no que diz respeito ao jogo e ao desenvolvimento infantil. Ainda que essas duas abordagens considerem o jogo uma atividade muito importante no desenvolvimento da criança, elas diferem em sua visão do que seja o significado do jogo no contexto do processo de formação do indivíduo. Essa divergência é uma conseqüência de suas opostas concepções acerca da relação entre a natureza humana e a história.

Historicizando a teoria da atividade: do embate ao debate

Piccolo,Gustavo Martins
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2012 PT
Relevância na Pesquisa
95.97%
O presente artigo busca, mediante um processo de revisão de literatura, investigar analiticamente as origens, fundamentos e a estrutura da teoria da atividade, entendida como uma forma dialética de relação entre o homem e a realidade histórico-concreta, cuja materialidade é capital ao processo formativo do psiquismo humano. Tal teoria deriva-se dos estudos de Vygotsky e é sistematizada em seu aparato conceitual por Leontiev. Além disso, trazemos ao corpo do texto fundamentos acerca das discussões sobre a validade da teoria da atividade e as possíveis fontes epistemológicas e ideológicas das críticas dirigidas a tal aparato conceitual, objetivando transformar tal embate em um debate acalorado, todavia, profundamente comprometido para com uma psicologia crítica e transformadora.

Teoria da Atividade: contribuições conceituais e metodológicas para o estudo da aprendizagem organizacional

Querol,Marco Antonio Pereira; Cassandre,Marcio Pascoal; Bulgacov,Yára Lúcia Mazziotti
Fonte: Universidade Federal de São Carlos Publicador: Universidade Federal de São Carlos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
95.92%
Atualmente existe no Brasil uma crescente discussão sobre aprendizagem organizacional na área de Administração. Desta forma, este artigo visa contribuir para essa discussão introduzindo elementos teórico-metodológicos provenientes da Teoria da Atividade, pertencente à perspectiva histórico-cultural, de tradição russa. Dentro dessa proposta, a metodologia de pesquisa de desenvolvimento do trabalho e a aprendizagem expansiva são apresentadas como elementos alinhados a essa teoria e promissores no estudo da aprendizagem e no desenvolvimento organizacional, contribuindo para a aprendizagem do nível individual e coletivo. Com base nesse escopo teórico-metodológico de pesquisa, pretende-se contribuir para novos debates, oportunizando o diálogo com outras perspectivas de análise bem como considerando a possibilidade da própria expansão do conceito sobre aprendizagem organizacional.

A pesquisa sobre a atividade pedagógica: contribuições da teoria da atividade

Asbahr,Flávia da Silva Ferreira
Fonte: Editora Autores Associados Publicador: Editora Autores Associados
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
96.01%
O objetivo deste artigo é apresentar algumas contribuições da Teoria Psicológica da Atividade (Vigotski, Leontiev, Luria, Davidov, entre outros) à pesquisa sobre a atividade pedagógica docente. O foco desses autores, especialmente Leontiev e Davidov, é o estudo da atividade humana, entendida como unidade de constituição do psiquismo, e sua intervinculação com a consciência. Para eles, na sociedade de classes, a consciência humana caracteriza-se como fragmentada, desintegrada; significações sociais e sentidos pessoais, componentes estruturais da consciência, apresentam uma relação de exterioridade e tornam-se contraditórios. Partindo dessas reflexões, nos questionamos qual seriam as implicações da ruptura significado e sentido na atividade pedagógica do professor e quais seriam as possibilidades de coincidência dessas duas dimensões da consciência humana no trabalho pedagógico. Para responder a essas questões, buscamos, primeiramente, delimitar o significado da atividade pedagógica do professor tendo em vista as proposições da psicologia histórico-cultural e da pedagogia histórico-crítica. Essa etapa foi condição necessária para que se pudesse pesquisar o sentido pessoal da atividade do professor...

Análise da apropriação do conceito de volume sob a perspectiva da teoria da atividade

Rodrigues,Vera Lúcia Gouvêa de Camargo; Sforni,Marta Sueli de Faria
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
95.92%
De acordo com a Abordagem Histórico-Cultural e a Teoria da Atividade de Leontiev, apropriação de conceitos e desenvolvimento psíquico dos sujeitos são processos interligados. Com a intenção de compreendermos essa relação, desenvolvemos atividades orientadoras de ensino em uma 3ª série do Ensino Fundamental, trabalhando com o conceito de volume para investigar o processo de apropriação conceitual pelos alunos. Observamos que as ações das crianças são reveladoras do seu desenvolvimento psíquico, à medida que evidenciam a utilização dos conceitos geométricos como instrumentos orientadores na busca de soluções diante de situações desafiadoras. A apropriação se revela na mudança da relação do sujeito com o objeto, ou seja, quando ele deixa de agir por tentativa e erro ou repetição mecânica de procedimentos e age mediante reflexão e análise, o que exige mobilização de funções psíquicas superiores.

Contribuições da teoria da atividade para o estudo das organizações

Bulgacov,Yára Lucia Mazziotti; Camargo,Denise de; Canopf,Liliane; Matos,Raquel Dorigan de; Zdepski,Fabíola Bevervanço
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
95.95%
Este artigo tem como objetivo delinear princípios teóricos metodológicos para o estudo da organização. É adotado o conceito de prática social como menor unidade significativa para análise, compreendendo tal conceito a partir da teoria da atividade sócio-histórica e cultural, apoiando-se nas ideais de Vygotsky, Leontiev, Engestrom e Clot. É defendida aqui a concepção de organização a partir de seu acontecer histórico e dialético, no qual o particular é considerado uma instância da totalidade, a partir de um percurso teórico nas categorias sócio-históricas de: sistemas de atividade situados, sentidos e significados, aprendizagem e desenvolvimento humano. Aponta-se para uma forma de fazer ciência que supera a concepção positivista de método para resultado para uma concepção de método e resultado. A partir dessas categorias teóricas e do relato de três pesquisas realizadas, deduz-se um conjunto de princípios teóricos metodológicos de cunho sócio-histórico que contribuem para o estudo da organização, na medida em que se rompe com a dicotomia indivíduo versus grupo versus organização, com a concepção abstrata e a-histórica do fenômeno organizacional, com a concepção behaviorista de homem predominante nos estudos organizacionais e...

Relação entre o design emocional e a teoria da atividade: ferramentas para o estudo sobre a interação da criança com o brinquedo

Rodrigues, Laís Helena Gouveia; Campello, Silvio Barreto (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
96%
Este trabalho visa promover uma reflexão a cerca do desenvolvimento infantil e da contribuição do brinquedo no processo de ensino-aprendizagem. Através da relação entre a teoria da atividade e os fundamentos do design emocional, busca desenvolver ferramentas que auxiliem a escolha e o desenvolvimento de brinquedos educativos infantis, identificando-o como uma importante ferramenta no estudo das necessidades e aspirações destes pequenos usuários. Baseando-se nos conceitos da Teoria da atividade, demonstra a necessidade do estudo do entorno sócio cultural da criança como mola propulsora para a absorvição de conteúdos significativos. Embasando a pesquisa de campo realizada com trinta crianças, do 1º ano do ensino fundamental, de uma instituição pública de ensino na cidade de Arcoverde-PE, afirma-se que através da utilização do Design Emocional poder-se-á desenvolver uma motivação positiva mais significativa para o aprendizado relacionado aos brinquedos educativos. A partir deste referencial teórico e dos resultados da pesquisa de campo, pode-se demonstra a dimensão emocional da Teoria da atividade, relacionando-a a alguns aspectos defendidos pelo design emocional como produtores de afeto positivo nos seres humanos e a contribuição dessa relação no processo de desenvolvimento da criança e escolhas de seus brinquedos. Propondo...

O Design da Informação em Redes Sociais Educacionais brasileiras: uma análise a partir da teoria da atividade

Oliveira, Raquel Rodrigues Santos de; Campello, Silvio Romero Botelho Barreto (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
BR
Relevância na Pesquisa
95.96%
As expectativas geradas em torno do uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs) voltadas para aprendizagem vão desde um maior engajamento dos alunos, na construção do conhecimento, até a necessidade do uso de artefatos que se aproximem mais das características da atual geração. Surge, neste contexto, a Rede Social Educacional (RSE), cuja proposta é utilizar a tecnologia de análise da interação em redes sociais para criar um ambiente favorável à aprendizagem. O objetivo deste trabalho é analisar o Design da Informação (Infodesign) e o Sistema de Atividades da Aprendizagem Colaborativa de RSEs brasileiras a partir da Teoria da Atividade (TA) de Leontiev. A abordagem da pesquisa foi qualitativa e quantitativa. Para tal, foram selecionadas e analisadas comparativamente três RSEs, utilizando as ferramentas analíticas da TA para criação das categorias analíticas; tendo dados coletados a partir de observação sistemática. Foram identificadas as divergências e similaridades entre os Sistema de Atividades, a Hierarquia de Funcionamento, as Ferramentas Disponíveis, os Objetos de Aprendizagem e os Níveis da Atividade destas redes. Realizou-se também um estudo de caso com uma das plataformas (Rede Passei Direto)...

Clube de matemática: palco de transformação dos motivos da atividade de estudo; Mathematics club: stage of transformation of the reasons for study activity

Silva , Douglas Aires da
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e Matemática (PRPG); Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências e Matemática (PRPG); Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.01%
This research aims to understand the transformation of the reasons for the activity study of students in Math Club in search of the answer to our question: What is the movement of the reasons for the activity study of students in relation to mathematical knowledge? Become aware of this process is relevant in a space in which the organization of teaching in mathematics can be more one of the factors that contribute to the process of humanization of the subjects involved in the teaching-learning dyad. The current model of education has proved inefficient for emancipation of children maintaining the conditions of alienation developed in the historical path, due to the economic system we live. Think about a humanizing education, that is, capable of humanizing the child and overcome this alienation that exist in the capitalist education; implies thinking of a way to organize the teaching in which subjects are participants of the learning process. The Mathematics Club is a project that is an example of this mode of organization. This bias, we considered three pillars: collaborative work, the problem situation (triggering learning) and the playful character. Based on cultural-historical theory and activity theory, with foundations in the historical - dialectical materialism...

A história escolar e a teoria da atividade: relações e possibilidades formativas no ensinar e aprender

Cavalcante, Maria da Paz
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106%
This study investigates the manner in which the Activity Theory by Alexei Nikolaevich Leontiev contributed to the performance of a teacher who teaches History at the 8th year of elementary school, Escola Estadual Coronel Fernandes, in Luís Gomes - RN city. Her goal is to analyze the contributions of this theory in her teaching practice. It was opted by collaborative approach as formative strategy and was used as procedures for training of knowing the courses of study and thoughtful reflection sessions. It was used as techniques in the development of these cycles, the semistructured interview and the reflection sessions, the autoscopy and observation in real life. Regarding the theoretical foundation, held in these cycles, the teacher demonstrated to have appropriated some contributions from Activity Theory, besides relating them to her practice and understanding her importance to the improvement of teaching and learning of History. Concerning to the reflection sessions, the analysis showed that the participant has used of constructions of this theory and improved their practice, developing lessons of History so as to encourage student participation in oral and promote his integral development. The educational process, carried out on the practice of teacher...

Das possibilidades da formação de professores a distância : um estudo na perspectiva da teoria da atividade

Alberti, Taís Fim
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
95.92%
A partir do embasamento teórico da Psicologia sócio-histórica, em particular, da Teoria da Atividade de Leontiev e Davidov, combinada com a Educação Dialógico- Problematizadora de Freire, esta pesquisa investigou as tarefas de estudo realizadas em um curso de Pedagogia a distância que tinham a potencialidade para o desenvolvimento de novas atividades profissionais. Para tanto, a metodologia empregada foi a análise de conteúdo, por meio de procedimento de categorização. Os resultados evidenciaram que, nesse contexto investigado, a forma de organização e o conjunto de tarefas de estudo foram potencializadoras de atividades desenvolvimentais. Nesse sentido, desencadearam-se em função de tarefas de estudo interdisciplinares; inovações metodológicas em relação ao ensino de música, teatro e artes visuais; inserção de projetos de aprendizagem; reflexões críticas embasadas nos conhecimentos teóricos e problematizadas no contexto de atuação, possibilitando estabelecer relações com a prática profissional e tarefas que envolviam planejamentos de temas desafiadores como inclusão e questões étnicoraciais. Essas tarefas de estudo traziam em sua essência a transformação dos processos de ensino-aprendizagem, por meio do movimento de reorganização das ações mediadoras no planejamento...

INTERFACE POSSÍVEL ENTRE NOVOS ESTUDOS DO LETRAMENTO E TEORIA DA ATIVIDADE

Pinto, Cândida Martins; UFSM
Fonte: Instituto de Letras da UFF Publicador: Instituto de Letras da UFF
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
105.89%
No presente texto, tem-se por objetivo tecer relações possíveis entre os preceitos de duas teorias: Novos Estudos do Letramento e Teoria da Atividade, que, embora distintas, dialogam, pois partem de uma perspectiva sociocultural para explicar como os sujeitos participam de práticas sociais, fazendo uso da linguagem e de outros instrumentos mediadores.

SABERES TECNOLÓGICOS, TEORIA DA ATIVIDADE E PROCESSOS PEDAGÓGICOS / Technological knowledge, Activity Theory and pedagogical processes

Lucília Regina de Souza Machado; Centro Universitário UNA
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/force-download
Publicado em 11/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
95.99%
Este artigo tem os objetivos de despertar a atenção e estimular o debate educacional sobre a inserção de saberes tecnológicos no sistema escolar e em currículos. Seu objeto consistiu das contribuições teórico-metodológicas de quatro autores para a discussão desse problema: Alicia Camilloni, André-Georges Haudricourt, Alexis N. Leontiev e Jacques Ginestié. O quadro teórico se constituiu de leitura interdisciplinar envolvendo abordagens críticas do currículo, o enfoque etnológico da tecnologia, a Teoria da Atividade e sobre metodologia da educação tecnológica e profissional a partir desses referenciais. Foi realizada uma pesquisa de natureza bibliográfica e suas conclusões reafirmam a importância da incorporação do saber do trabalho à formação humana; de considerar a tecnologia como ciência autônoma e das atividades humanas; da Teoria da Atividade para análise dos motivos que dão origem e impulsionam a atividade humana; da trilogia constituída pela atividade, linguagem e objeto como fundamento da educação tecnológica e profissional.

Análise do processo de desenvolvimento de um sistema hipermídia para ensino de neurociência com base na teoria da atividade

Castro, João Cardoso de; Núcleo de Tecnologia Educacional para a Saúde – Universidade Federal do Rio de Janeiro; Struchiner, Miriam; Núcleo de Tecnologia Educacional para a Saúde – Universidade Federal do Rio de Janeiro
Fonte: UFSC Publicador: UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/11/2009 POR
Relevância na Pesquisa
95.94%
O presente estudo analisou o processo de desenvolvimento do hipermídia CEMBI para o ensinode Neurociência, tendo a Teoria da Atividade de Engeström (1987) como abordagem e o trabalho de Mwanza (2001) como roteiro orientador. Com base em análise da documentação gerada neste processo de trabalho, foi possível traçar o percurso seguido pelo projeto, revelando e discutindo como as concepções teórico-conceituais influenciaram o design do hipermídia, as regras, a dinâmica e os diferentes papéis desempenhados pelos sujeitos de uma equipe multidisciplinar, a partir de uma proposta de reformulação de materiais educativos para o ensino de Neurociência. A Teoria da Atividade se mostrou uma abordagem teórica adequada a esta proposta, visto que pôde oferecer um conjunto de princípios básicos que permitiuum enquadramento conceitual amplo através do qual foi possível revisitar criticamente o projeto supracitado.

A TEORIA DA ATIVIDADE E O ENSINO DE HISTÓRIA: PERSPECTIVAS NO ENSINAR E APRENDER

Cavalcante, Maria da Paz; Góis, Francisca Lacerda de
Fonte: Revista HISTEDBR On-line Publicador: Revista HISTEDBR On-line
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 15/08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
105.98%
Este trabalho discute a apropriação, por uma professora, de aspectos da Teoria da Atividade e sua relação com o ensino de História. Seu objetivo é refletir sobre essa teoria, na perspectiva de Alexei Nicolaievich Leontiev, e a contribuição desse aporte teórico na formação dessa professora e as possibilidades formativas que ele apresenta para pensarmos o processo de ensino e de aprendizagem da História. Tratar-se de uma intervenção no processo formativo dessa docente que leciona História, nos anos finais do Ensino Fundamental, na Escola Estadual Coronel Fernandes, no Estado do Rio Grande do Norte. Os dados empíricos foram construídos durante a realização de Ciclos de Estudos Reflexivos ancorados na pesquisa colaborativa. Os resultados sugerem que as reflexões construídas, pela professora, manifestam uma compreensão da Teoria da Atividade e  a sua contribuição para o processo de ensino e de aprendizagem da História, no nível fundamental. Esse entendimento porta uma perspectiva de mudança na sua atuação docente no sentido de desenvolver um ensino comprometido com a formação integral do educando.