Página 1 dos resultados de 50 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Práticas de gestão e consultoria externa: abordagem contingencial do factor dimensão

Leite, Joaquim; Silva, Hélder
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
36.26%
Este trabalho teve como finalidade estudar, para o universo das micro, pequenas e médias empresas, se a utilização de práticas de gestão e o recurso a consultoria externa dependem do factor dimensão, por um lado, e analisar a relação entre as práticas de gestão e a consultoria externa, por outro. Os dados foram recolhidos através de um inquérito por questionário, enviado a 126 empresas de Bragança - Portugal, tendo-se obtido 35 respostas. A análise dos dados foi efectuada por estatísticas descritivas, testes não paramétricos de Kruskal-Wallis e correlação de Spearman. Os resultados, enquadrados na teoria da contingência organizacional, apesar do estudo não incluir as grandes empresas, mostraram que o recurso a consultoria externa de contabilidade financeira e fiscalidade dependem da dimensão empresarial. Também a existência de interdependências entre práticas de contabilidade financeira e consultoria externa de contabilidade financeira, por um lado, e entre práticas de contabilidade de gestão e consultoria externa de contabilidade de gestão, por outro, integra os resultados obtidos.

Práticas de gestão e consultoria externa: abordagem contingencial do factor dimensão

Leite, Joaquim; Silva, Hélder
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
POR
Relevância na Pesquisa
36.26%
Este trabalho teve como finalidade estudar, para o universo das micro, pequenas e médias empresas, se a utilização de práticas de gestão e o recurso a consultoria externa dependem do factor dimensão, por um lado, e analisar a relação entre as práticas de gestão e a consultoria externa, por outro. Os dados foram recolhidos através de um inquérito por questionário, enviado a 126 empresas de Bragança - Portugal, tendo-se obtido 35 respostas. A análise dos dados foi efectuada por estatísticas descritivas, testes não paramétricos de Kruskal-Wallis e correlação de Spearman. Os resultados, enquadrados na teoria da contingência organizacional, apesar do estudo não incluir as grandes empresas, mostraram que o recurso a consultoria externa de contabilidade financeira e fiscalidade dependem da dimensão empresarial. Também a existência de interdependências entre práticas de contabilidade financeira e consultoria externa de contabilidade financeira, por um lado, e entre práticas de contabilidade de gestão e consultoria externa de contabilidade de gestão, por outro, integra os resultados obtidos.

Abordagem contingencial de fatores contextuais em relação ao uso de práticas de contabilidade de gestão

Leite, Akaísa Afonso
Fonte: Instituto Politécnico de Bragança Publicador: Instituto Politécnico de Bragança
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
36.33%
O presente trabalho de investigação científica procurou atingir dois objetivos: (i) avaliar o uso das práticas de Contabilidade de Gestão e (ii) verificar hipóteses de relação entre cinco contingências (o nível da concorrência, a dimensão da organização, a diversidade de produtos, a importância da informação de custos para a tomada de decisões e a tecnologia avançada de produção) e o uso das práticas de Contabilidade de Gestão. As hipóteses de investigação do modelo de análise foram suportadas na Teoria da Contingência. O estudo incidiu sobre uma população de 512 empresas do setor têxtil e vestuário que fazem parte da Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP). Os dados foram recolhidos em meados do ano 2014 através de um inquérito por questionário online enviado às empresas por correio eletrónico. Dos 512 questionários enviados ao total da população, foram obtidas 58 respostas válidas, correspondendo a uma taxa de resposta de 11,3%. Os resultados do estudo quantitativo evidenciaram que as práticas de Contabilidade de Gestão tradicional são mais utilizadas do que as práticas de Contabilidade de Gestão consideradas contemporâneas. No entanto, apesar do uso das práticas tradicionais prevalecerem...

Arranjos entre fatores situacionais e sistema de contabilidade gerencial sob a ótica da teoria da contingência; Arrangements between situational factors and management accounting system based on the contingency theory

Guerra, Almir Rogério
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.4%
Contrariando o caráter universalista das abordagens clássicas anteriores, a Teoria da Contingência defende que não há uma melhor forma de se organizar. Conforme o contexto ambiental apresentado, a organização deve se estruturar de uma maneira diferente. No âmbito da contabilidade gerencial, os estudiosos desta teoria argumentam que não há como desenvolver um Sistema de Contabilidade Gerencial (SCG) que tenha a mesma eficiência em todas as situações. Diferentes ambientes requerem diferentes modelos de estratégia e estrutura organizacional, o que termina por impactar a forma como o SCG é organizado. Amparada então pela teoria contingencial, a presente pesquisa tem por objetivo identificar e analisar os arranjos promovidos pelo encaixe existente entre os fatores ambientais e organizacionais nas maiores empresas atuantes no mercado brasileiro. Os fatores empregados são: ambiente, tecnologia, estratégia, estrutura organizacional, atributos do SCG e desempenho organizacional. Para cada fator, há uma ou mais variável que procura mensurar o quanto as características tratadas estão presentes. A coleta dos dados se deu por meio de questionários enviado às empresas constantes no projeto Melhores & Maiores, edição 2006. A amostra final é composta por 104 participantes...

Perfil do sistema de controle gerencial sob a perspectiva da teoria da contingência; Profile of the management control system in the perspective of the contingency theory

Matos, Emanuel Rodrigues Junqueira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
26.62%
Este estudo investiga, sob a ótica da teoria da contingência, os efeitos dos fatores contingenciais sobre o perfil do sistema de controle gerencial (SCG) das empresas brasileiras tendo como objetivo compreender as características do SCG, em função dos fatores contingenciais. São examinados os efeitos diretos e interativos dos fatores contingenciais internos estratégia, estrutura, tecnologia da informação e estágio do ciclo de vida organizacional e do ambiente no perfil do SCG. Avalia-se também o efeito do SCG no desempenho organizacional. Esta pesquisa defende a tese de que os fatores contingenciais internos e externos influenciam o perfil do SCG que possui associação com o desempenho, sendo possível estabelecer arranjos (fit) entre fatores contingenciais, características do SCG e desempenho organizacional. As hipóteses relativas aos efeitos dos fatores contingenciais no SCG preveem que o ambiente, fator contingencial externo, possui associação com os fatores contingenciais internos i) estratégia, ii) estrutura, iii) estágio do CVO e iv) tecnologia da informação; que o ambiente e os fatores contingenciais internos possuem associação com o perfil do SCG e que o SCG possui associação com o desempenho. A amostra envolveu 120 empresas brasileiras de grande porte e os dados para obtenção de informações sobre as mesmas foram coletados através de uma survey (levantamento). Para o tratamento dos dados...

Relação entre estágios de informatização e padrões de comportamento administrativo em organizações brasileiras

Klering, Luis Roque
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.62%
O objetivo principal deste estudo é contribuir para o esclarecimento da relação existente entre níveis ou estágios de informatização de organizações brasileiras e seus padrões de comportamento administrativo, como envolvimento no trabalho, autonomia, iniciativa, *transparência, objetividade, aceitação de mudanças, valorização da tecnologia e cerca de 90 outros. A pesquisa baseia-se na teoria geral de administração, especialmente na teoria contingencial, nos autores de obras sobre "organizações excelentes", nos estudos sobre estágios de informatização de R. Nolan e Sid Huff e outros, bem como em estudos sobre o efeito da informática nas organizações. A amostra da pesquisa de campo foi obtida através de um questionário com escalas de Likert, remetido via correio, e respondido por 507 pessoas de 155 organizações, localizadas em 5 estados brasileiros e diferenciadas pela natureza da propriedade, Setor de atuação, porte e nível de informatização. Através de técnicas estatísticas paramétricas e nãoparamétricas, identificaram-se associações e relações entre estágios de informatização e padrões de comportamento administrativo. Os resultados obtidos mostram que organizações com estágios de informatização mais elevados apresentam...

Um Estudo Da Teoria Contigencial Aplicada As Ciências Contábeis, Através Do Processo Ensino-Aprendizagem

Lopes, Jorge Expedito de Gusmão; Pederneiras, Marcleide Maria Macêdo; Monteiro, Ivanilde Alves; Silva, Felipe Dantas Cassimiro da
Fonte: INPEAU Publicador: INPEAU
Tipo: Artigo de Revista Científica
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.62%
A interação dos elementos e fatores que fundamentam a Teoria Contingencial estão visíveis e sensíveis nas circunstâncias do abrupto estado de mudança que vem ocorrendo na formação e qualificação dos profissionais do ensino superior em Contabilidade. A Teoria Contingencial quando aplicada a Contabilidade evidencia toda a turbulência necessária a um processo de revisão metodológica-pedagógica dos procedimentos do desenvolvimento ensino-aprendizagem na área contábil. O currículo eminente empírico-técnico deverá agregar e ampliar espaços a disciplinas sócio-ambientais como forma de opção profissional de novos mercados de trabalho, dentre eles a docência.

A teoria materialista das relações econômicas e políticas internacionais

PAULINI, FRANCISCO
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 104 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.26%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; O método histórico materialista à análise da sociedade internacional é necessário, pois somente pela decomposição dos elementos materiais que compõe o capital – principal relação social organizadora da realidade contemporânea – é que a realidade da política entre os Estados tem condições de ser estudada enquanto um processo e não um constructo impermeável à decomposições. No processo de reprodução contínua da vida material da sociedade humana, o Capital projeta suas propriedades constitutivas sobre todas as aparelhagens sociais, inclusive a política e o Estado. Na era atual a trajetória histórica desse processo tem marcas e características específicas. O nível atual da acumulação capitalista implica em crescente dificuldade de expansão de si própria, o que torna cada vez mais importante os meios de controle do metabolismo social. A partir desta caracterização, a transposição de propriedades do Capital e do Estado se mostra contingencial e típica da contemporaneidade.

O crescimento do PT na Câmara dos Deputados entre 1994 e 2002

Carvalho, Francisco Cristiano Noronha
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.42%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, 2006.; A presente dissertação corresponde aos trabalhos de investigação realizados para alcançar o grau de Mestre em Ciência Política pelo Instituto de Ciência Política, da Universidade de Brasília. A dissertação trata do crescimento da bancada do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos Deputados entre 1994 e 2002 à luz da Teoria Contingencial de Administração. Comumente este aumento é visto como conseqüência natural de outros fatores como, por exemplo, o carisma de seu maior líder, Luiz Inácio Lula da Silva. O objetivo é mostrar que ele também é fruto de estratégias especialmente adotadas pelo partido para este fim. Para desenvolvimento do trabalho foram feitas entrevistas estruturadas com deputados federais do PT da atual legislatura, pesquisa semi-estruturada com membros da Executiva Nacional do partido, além de pesquisa bibliográfica, documental, em revistas, jornais e periódicos. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The present dissertation corresponds to the investigative efforts to achieve the Master’s Degree in Political Science by the University of Brasília’s Political Science Institute. The dissertation covers the growth of the Worker’s Party’s (PT) bench in the House of Representatives between 1994 and 2002 based on Contingencial Theory of Administration. Usually the increase is seen as a natural consequence of others factors...

A utilização de sistemas de controlo de gestão nas pequenas e médias empresas de cariz tecnológico

Vasconcelos, Inês Maria Marques
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais; O presente estudo evidencia os papéis/propósitos desempenhados pelos sistemas de controlo de gestão (SCG), de acordo os levers of control (LOC): sistemas de crenças, de restrições, de controlo diagnóstico e interactivo. Através de um questionário realizado a uma amostra de pequenas e médias empresas (PMEs) do sector tecnológico, numa primeira fase, o estudo procura identificar o propósito para o qual dez categorias de SCG são mais utilizadas. Os resultados indicam que as categorias Planeamento Financeiro, Avaliação Financeira e Controlo/Imputação de Custos desempenham um papel mais diagnóstico, a Core Values/Missão é mais utilizada de acordo com o sistema de crenças e, a Gestão de Desenvolvimento de Novos Produtos com o interactivo, comparativamente aos outros levers of control. As restantes categorias – Planeamento de Recursos Humanos (RH), Avaliação de RH, Planeamento Estratégico, Gestão de Vendas/Marketing e Gestão de Parcerias – desempenham uma combinação de papéis. A fase seguinte adopta uma abordagem contingencial, ao analisar o impacto da estratégia, tecnologia, envolvente externa e estrutura, no tipo de utilização diagnóstica e/ou interactiva dos SCG. Analisou-se individualmente o impacto de cada um destes factores contextuais na utilização dos SCG. Os resultados mostram que...

Publicações póstumas de Henri Fayol: revisitando sua teoria administrativa

Souza,Edson Miranda De; Aguiar,Afrânio Carvalho
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
46.33%
O engenheiro francês Henri Fayol (1841-1925) é usualmente apresentado aos estudantes de Administração como o Pai da Escola Clássica de Administração, o que demonstra uma representação limitada da amplitude de sua contribuição para a evolução do pensamento administrativo. Além disso, é frequentemente associado ao seu contemporâneo, o teórico norte-americano Frederick Taylor, sendo aos dois atribuída a defesa de um modelo autoritário de administração. Entretanto, recentemente, pesquisadores descobriram, através do exame de documentos raros e inéditos, um desconhecido retrato desse pioneiro. Este trabalho resulta de uma investigação que buscou levantar fontes de informação bibliográfica disponíveis, publicadas ou não, incluindo resultados de trabalhos de pesquisadores da França, dos Estados Unidos, do Canadá, da Austrália e do Japão. Esses pesquisadores compõem um reduzido grupo de estudiosos, aqui denominados "novos fayolistas" porque retomam, depois de anos de quase amnésia no meio acadêmico, o interesse pelas contribuições de Henri Fayol. Tais estudos revelam conceitos desenvolvidos por Fayol que antecipam aspectos de teorias e práticas da Administração que, somente mais tarde, seriam desenvolvidas...

Aplicação da abordagem contingencial na caracterização do uso do sistema de controle orçamentário: um estudo multicaso

Silva,Adriana Cristina da; Grillo Gonçalves,Rosana Carmen de Meiroz
Fonte: TECSI Laboratório de Tecnologia e Sistemas de Informação - FEA/USP Publicador: TECSI Laboratório de Tecnologia e Sistemas de Informação - FEA/USP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.42%
O objetivo deste trabalho foi caracterizar a utilização do sistema orçamentário por meio de um estudo multicaso realizado em duas empresas brasileiras de grande porte. O quadro referencial teórico baseou-se na abordagem contingencial. De acordo com tal quadro referencial, foram estudados cinco itens: tecnologia, participação, acompanhamento orçamentário, integração do sistema orçamentário e ênfase na utilização. Complementados por mais cinco itens que descreveram o contexto corporativo: tamanho, diversificação, descentralização, dinamismo, posição e participação no mercado. Na caracterização do uso do sistema orçamentário, percebeu-se que ambas as empresas utilizavam-no como principal ferramenta de controle gerencial. Não havia participação da média e baixa gerência no processo de planejamento estratégico, sendo que em uma delas, sequer havia divulgação do planejamento estratégico para a média gerência. A empresa A, com uso mais intenso do sistema orçamentário, possuía maior participação dos empregados e buscava utilizar as informações do sistema na implantação de medidas corretivas. Essa empresa era maior, mais diversificada, mais centralizada, atuava num ambiente mais dinâmico, e possuía menor market share. Os resultados obtidos convergiram quase que totalmente com os resultados obtidos em outras pesquisas empíricas e indicaram que as variáveis do contexto corporativo ajudam a explicar a forma como o sistema é utilizado.

Uma an??lise cr??tico-reflexiva da compreens??o da ado????o dos artefatos de contabilidade gerencial sob uma lente alternativa a contribui????o de abordagens organizacionais

Espejo, Marcia Maria dos Santos Bortolocci; Costa, Flaviano; Cruz, Ana Paula Capuano da; Almeida, Lauro Brito de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
26.55%
Por meio de um ensaio te??rico, procurou-se identificar se as abordagens organizacionais psicol??gica, contingencial e institucional contribuem para a compreens??o da utiliza????o dos artefatos de contabilidade gerencial. Com a finalidade de compartilhar lentes alternativas para justapor vis??es e propiciar o estudo de intera????es e rela????es de interdepend??ncia organizacionais, a an??lise cr??tico-reflexiva realizada denota o potencial contributivo de tais teorias organizacionais na promo????o de uma melhor compreens??o no processo de utiliza????o dos artefatos cont??beis gerenciais. No tocante ?? abordagem psicol??gica, especialmente no que tange ?? psicologia anal??tica, destaca-se que a import??ncia do uso do ferramental representado pela contabilidade no processo de maximiza????o do valor das empresas deve ser transferida para o n??vel da consci??ncia. Quanto ?? abordagem contingencial, a reflex??o remete ?? necessidade de identifica????o de uma combina????o entre fatores contingenciais e os artefatos cont??beis gerenciais que representem o melhor encaixe e consequentemente contribuam a um desempenho superior. Com rela????o ?? contribui????o da abordagem institucional, visualiza-se o aux??lio no processo de constru????o de conhecimento sobre a pr??tica cont??bil e n??o para a pr??tica da contabilidade. Salienta-se que a presente discuss??o possui implica????es de naturezas acad??micas e profissionais...

A influência dos fatores contingenciais nas práticas gerenciais de indústrias paranaenses

Klein, Luciana
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 94f. : il., grafs., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.62%
Orientador : Prof. Dr. Lauro Brito de Almeida; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Contabilidade. Defesa: Curitiba, 2014; Inclui referências; Área de concentração : Contabilidade e finanças; Resumo: Ao longo das últimas décadas presenciamos o desenvolvimento de artefatos de contabilidade gerencial, tanto por praticantes como acadêmicos. As diferentes técnicas de contabilidade gerencial foram desenvolvidas com o objetivo de melhorar a gestão das organizações. No entanto, a despeito da oferta e dos fatores que influenciam a demanda por essas novas técnicas gerenciais, estudos concluíem que a absorção destas pelas empresas pode ser considerada baixa. Nesse sentido, umas das abordagens notoriamente utilizadas para tentar explicar a variação da adoção de diferentes práticas de contabilidade gerencial é a Teoria Contingencial. Esta abordagem preconiza que não há uma estrutura única para todas as organizações em todas as circunstâncias, que no decorrer do tempo a estrutura organizacional se modifica adaptando-se as contingencias, da mesma forma as práticas gerenciais evoluem a fim de dar suporte a estrutura organizacional. A evolução das práticas gerenciais foi estabelecida pela International Federation of Accountants (IFAC) em 1998. O presente estudo...

Descripción y análisis de la aplicación de la teoría general de las organizaciones en el modelo de gestión del Fondo Nacional de Ahorro, FNA

Isairías Mora, José Edgar; Lozada Angarita, Carlos Eduardo
Fonte: Facultad de administración Publicador: Facultad de administración
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterThesis; info:eu-repo/semantics/acceptedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2011 SPA
Relevância na Pesquisa
26.55%
La tesis que a continuación se presenta corresponde a la Maestría en Dirección y Gerencia de Empresas de la Universidad del Rosario. En ella se revisan y analizan múltiples factores mediante los cuales se determina o no la aplicación de aplicación de la Teoría General de las organizaciones en la gestión del Fondo Nacional de Ahorro, FNA. de la ciudad de Bogotá. En ella se plantean los aspectos que se aplican de cada una de las siguientes teorías organizacionales o administrativas: Administración Científica, Clásica (Administración Moderna), de las Relaciones Humanas, Neoclásica, Administración por Objetivos, Burocrática, Estructuralista, Conductista (del Comportamiento o Behaviorista, X, Y) Desarrollo Organizacional, Cibernética, Matemática, de Sistemas y Contingencial. En consecuencia, la revisión efectuada, las reflexiones, los hallazgos y el análisis correspondiente facilitan la comprensión y el dominio de los postulados teóricos. De modo que los aportes de tan exigente ejercicio real y práctico constituyen una significativa experiencia que revisa la vigencia y la pertinencia de las teorías organizacionales y se convierten en un valioso aporte a las ciencias empresariales y a la sociedad colombiana.; The thesis is presented below corresponds to the Master in Management and Business Management from the University of Rosario. It reviewed and analyzed by multiple factors which determine whether or not the application of application of the general theory of organizations in the management of the National Savings Fund...

Fatores ambientais e estrutura organizacional em prefeituras gaúchas

Gehrke, Laerde Sady
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.55%
O objetivo desse estudo foi investigar relações entre o ambiente externo e a estrutura organizacional das Prefeitura Municipais no Estado do Rio Grande do Sul. Para o desenvolvimento deste estudo buscou-se orientação na teoria contingencial e vários estudos empíricos, que demonstram a influência do ambiente externo na configuração da estrutura organi zacional das organizações. Dos 244 municípios existentes no Rio Grande do Sul em 1986, foi extraída uma amostra aleatória estratificada pelo tamanho da população de 56 municípios. Foram calculados coeficientes de correlação e análise de variãncia representando o ambiente externo e as variáveis relativas à estrutura complexidade, tamanho e componente administrativo. Constatou-se que, pela ordem, a população, o grau de dependência financeira, a idade e o grau de urbanização do município são as variáveis ambientais que e stão mais fortemente associadas ao tamanho e ao grau de complexidade da estrutura organizacional dos municípios, e o grau de industrialização e a área geográfica, embora significativos, são menos relevantes para tal. Não foram identificadas relações significativas entre as variáveis ambientais e o componente administrativo. Os dados sugerem que as pressões político-sociais tem maior influência na configuração da estrutura organizacional dos municípios do que as necessidades oriundas do apoio às atividades econômicas.; The goal of this study was to investiqate the relationships between the externai environment and the organizational structure of Municipal Governments Ân the State of Rio Grande do Sul. The framework for this study was based on the continqency theory and several empirical studies...

Gestores em foco: estudo de caso sobre o perfil de l??deres

Cristo, Lucas Moreira
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
26.66%
Cada vez mais as empresas buscam pessoas que det??m um n??vel de conhecimento vasto e multifuncional. Este trabalho apresentar?? um estudo de caso focado nas caracter??sticas de lideran??a mais valorizadas nos ??ltimos dez anos em gestores de uma seguradora. Assim, ?? importante analisar as caracter??sticas valorizadas durante as avalia????es dos gestores para entender a din??mica ocorrida no per??odo estudado. No decorrer deste estudo, fica not??ria a mudan??a das caracter??sticas associadas ?? teoria dos tra??os, comportamental e contingencial. Todos os gestores se mantiveram classificados ?? teoria dos tra??os e simultaneamente em uma das outras duas teorias. As caracter??sticas relacionadas ?? teoria comportamental presentes nos l??deres foram migrando para a teoria contingencial, que obteve maior incid??ncia no ??ltimo ano analisado.

Aplicação da abordagem contingencial na caracterização do uso do sistema de controle orçamentário: um estudo multicaso; Contingency theory in budget control systems characterization: case studies

Silva, Adriana Cristina da; Grillo Gonçalves, Rosana Carmen de Meiroz
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.42%
O objetivo deste trabalho foi caracterizar a utilização do sistema orçamentário por meio de um estudo multicaso realizado em duas empresas brasileiras de grande porte. O quadro referencial teórico baseou-se na abordagem contingencial. De acordo com tal quadro referencial, foram estudados cinco itens: tecnologia, participação, acompanhamento orçamentário, integração do sistema orçamentário e ênfase na utilização. Complementados por mais cinco itens que descreveram o contexto corporativo: tamanho, diversificação, descentralização, dinamismo, posição e participação no mercado. Na caracterização do uso do sistema orçamentário, percebeu-se que ambas as empresas utilizavam-no como principal ferramenta de controle gerencial. Não havia participação da média e baixa gerência no processo de planejamento estratégico, sendo que em uma delas, sequer havia divulgação do planejamento estratégico para a média gerência. A empresa A, com uso mais intenso do sistema orçamentário, possuía maior participação dos empregados e buscava utilizar as informações do sistema na implantação de medidas corretivas. Essa empresa era maior, mais diversificada, mais centralizada, atuava num ambiente mais dinâmico, e possuía menor market share. Os resultados obtidos convergiram quase que totalmente com os resultados obtidos em outras pesquisas empíricas e indicaram que as variáveis do contexto corporativo ajudam a explicar a forma como o sistema é utilizado.; This paper aims to describe the budget system utilization applying the case study methodology in studying two large Brazilian corporations. The analytical framework is based on contingency theory. In this framework...

Sistemas de Controlo de Gestão nas PMEs dos Açores e seus determinantes

Medeiros, Miguel Botelho Tomé de
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
36.37%
Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais; O presente trabalho empírico tem por finalidade identificar os fatores determinantes da adoção e do grau de utilização dos Sistemas de Controlo de Gestão (SCG) por parte das PME?s dos Açores, fazendo a ponte entre a Teoria da Contingência e a Teoria Institucional, em geral, e entre a incerteza da envolvente e a formação do diretor financeiro, em particular. Com base em dados recolhidos através de um inquérito por questionário, foi-nos possível corroborar as conclusões de estudos anteriores, bem como alargar o campo da literatura existente, nomeadamente por forma a abranger contextos até então inexplorados, como é o caso das Regiões Ultraperiféricas. Os resultados sugerem que, por um lado, a globalização, e por outro, a dupla insularidade dos Açores, produzem efeitos antagónicos na incerteza percecionada pelos gestores, com consequentes ramificações nos SCG adotados. De igual modo, os baixos índices de formação nas áreas de CG por parte dos diretores financeiros, derivada da escassez de oferta de ensino existente na região e dos custos acrescidos com a deslocação e manutenção em centros de ensino fora do arquipélago, explica a reduzida utilização dos SCG pelas PME?s açorianas. Apesar da originalidade e dos vários contributos teórico-práticos que o presente estudo proporciona...

A critic-reflexive analysis of the comprehension of the adoption of accounting artifacts under an alternative view - the contribution of organizational approaches; Uma análise crítico-reflexiva da compreensão da adoção dos artefatos de contabilidade gerencial sob uma lente alternativa - a contribuição de abordagens organizacionais

Espejo, Marcia Maria dos Santos Bortolocci; Costa, Flaviano; Cruz, Ana Paula Capuano da; Almeida, Lauro Brito de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de RP
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2009 POR
Relevância na Pesquisa
26.55%
Por meio de um ensaio teórico, procurou-se identificar se as abordagens organizacionais psicológica, contingencial e institucional contribuem para a compreensão da utilização dos artefatos de contabilidade gerencial. Com a finalidade de compartilhar lentes alternativas para justapor visões e propiciar o estudo de interações e relações de interdependência organizacionais, a análise crítico-reflexiva realizada denota o potencial contributivo de tais teorias organizacionais na promoção de uma melhor compreensão no processo de utilização dos artefatos contábeis gerenciais. No tocante à abordagem psicológica, especialmente no que tange à psicologia analítica, destaca-se que a importância do uso do ferramental representado pela contabilidade no processo de maximização do valor das empresas deve ser transferida para o nível da consciência. Quanto à abordagem contingencial, a reflexão remete à necessidade de identificação de uma combinação entre fatores contingenciais e os artefatos contábeis gerenciais que representem o melhor encaixe e consequentemente contribuam a um desempenho superior. Com relação à contribuição da abordagem institucional, visualiza-se o auxílio no processo de construção de conhecimento sobre a prática contábil e não para a prática da contabilidade. Salienta-se que a presente discussão possui implicações de naturezas acadêmicas e profissionais...