Página 1 dos resultados de 26 itens digitais encontrados em 0.013 segundos

O cuidado às pessoas que sofreram violência sexual: desafios à inovação de práticas e à incorporação da categoria gênero no Programa Iluminar Campinas; Caring for people survivors of sexual violence the challenges of practice innovation and of mainstreaming gender perspective in the Iluminar Program, Campinas Brazil.

Pedrosa, Claudia Mara
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
46.18%
Este trabalho teve por objetivo compreender como as noções de gênero estão presentes no processo de elaboração e de implantação das políticas públicas de saúde no Brasil, com foco em uma rede de atenção à violência O trabalho está organizado em duas partes: na primeira, teórica, realizou-se uma revisão da literatura e de documentos de domínio público sobre as políticas públicas de Saúde, bem como sobre as políticas de gênero e de combate à violência contra a mulher e as interfaces desta com a Saúde. Na segunda parte foi realizado um estudo de caso tendo como foco o Programa Iluminar Campinas, uma rede criada pela Coordenadoria de Saúde da Mulher, em 2001, para atender os casos de violência doméstica contra crianças e adolescentes, de violência sexual em qualquer idade ou sexo e de exploração sexual comercial de crianças e adolescentes. Buscou-se entender se a transversalidade de gênero atravessa o programa de atendimento à violência nas diferentes práticas, bem como analisar o modelo de gestão de cuidado que o programa desenvolve no cotidiano das ações. A perspectiva teórica do estudo foi a Teoria Ator Rede (TAR) que apresenta ferramentas de pesquisa para acompanhar as diversas estratégias desenvolvidas; os atores envolvidos foram ouvidos e buscou-se identificar os papéis desempenhados pelas diversas materialidades envolvidas nestas ações. Assim...

Práticas de organizar na indústria criativa: a produção de um espetáculo de teatro musical em São Paulo - SP

Duarte, Márcia de Freitas
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Tese de Doutorado
PT_BR
Relevância na Pesquisa
76.5%
Esta tese tem por objetivo compreender as práticas e ações de organizar necessárias à produção/organização de um espetáculo de teatro musical em São Paulo, a fim de explorar como as relações e articulações materialmente heterogêneas o sustentam e permitem suas apresentações. O foco nas práticas está alinhado à preocupação dos Estudos Organizacionais (EO) acerca de como “as organizações acontecem”, e na compreensão dos processos e práticas de organizar do cotidiano organizacional, remetendo ao entendimento das organizações como processos (organising) em constante estado de (re)constituição. O campo das indústrias criativas apresenta ainda lacunas pouco exploradas, referentes aos bens e serviços criativos. Seu foco de estudos está mais voltado para o consumo de tais bens e poucas pesquisas dedicam-se à sua produção e/ou organização. A própria noção de criatividade é entendida apenas como um atributo humano, talento ou habilidade, sem se enfatizar que alguns bens e serviços criativos e culturais apenas são possíveis a partir das relações e ações entre humanos e não-humanos. Na literatura organizacional, o teatro é amplamente estudado como uma metáfora ou como uma ferramenta de intervenção em processos de mudança ou aprendizado...

Inclusões digitais em uma área rural : uma etnografia de jovens e computadores; Digital inclusions in a rural area : an etnography of young people and computers

Lucca Vichr Lopes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.01%
O que convencionou-se chamar de inclusão digital constitui, em verdade, um emaranhado de conceituações que convergem ao suposto de que, ao proporcionar o acesso à informação, estas tecnologias podem trazer uma melhora real na qualidade de vida das pessoas que as utilizam. É possível que o acesso a um computador (e à internet) possibilite esta melhora, mas os condicionantes para que isto ocorra envolvem desde a qualidade do equipamento técnico utilizado à destreza com que o usuário interage com a máquina. De acordo com o Comitê Gestor da Internet (CGI), moradores de áreas rurais, de baixas renda e escolaridade representam, em linhas gerais, o caso mais extremo de exclusão digital. Neste estudo, partirei da Teoria Ator-Rede (TAR) e de seu ferramental etnográfico, para evidenciar alguns destes condicionantes a partir da experiência em uma área rural no interior de São Paulo. Para isto, ministrei dez aulas sobre conteúdos básicos de informática a alunos do ensino médio de uma escola pública rural. Busquei deste modo, compreender como ocorre o acesso destas populações em áreas rurais, como se utilizam destas tecnologias e quais os condicionantes que caracterizam a inclusão digital nestas localidades. Apesar de...

Seguindo minha participação no Twitter: descrição da experiência e interações vivenciadas a partir do Twitter

Floriani, Dalila
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 91 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.19%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Curso de Ciências Sociais.; Este trabalho procura descrever algumas interações ocorridas no chamado ciberespaço a partir de uma experiência pessoal ao participar do Twitter, um dispositivo de comunicação e interação conectado à internet. Baseado na Teoria do Ator-Rede (TAR), de Bruno Latour e adotando as perspectivas teórico-metodológicas do constante repensar etnográfico ao experenciar, este TCC desenvolveu-se a partir da criação e manutenção de um perfil no Twitter. A experiência de campo deu-se segundo as orientações de um plano de 30 dias de como “dominar” o Twitter, com sugestões para serem seguidas a cada dia. O trabalho objetiva descrever e discutir as interações e desdobramentos estabelecidos a partir dessa experiência, na tentativa de identificar algumas características e modos de atuação chaves a partir do Twitter.

Seguindo as máquinas que nos seguem: considerações sobre a relação entre humanos e não humanos no website twitter

Lapa, Alberto Lung Neto Santana da
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 94 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
56.23%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Curso de Ciências Sociais.; Este trabalho procura descrever algumas interações ocorridas entre humanos (internautas) e não-humanos (Bots) no Twitter, website de comunicação e interação na internet. O trabalho tem como base a Teoria do Ator-Rede (TAR), de Bruno Latour e procura, partindo de entrevistas realizadas com programadores, analisar a forma em que estes falam da construção de Bots para, assim, traçar a rede de acionamentos decorrente. O trabalho objetiva descrever e discutir as interações e desdobramentos estabelecidos a partir destas entrevistas, na tentativa de identificar algumas modalidades de acionamento de Humanos e Não-humanos no Twitter. Finalmente busca-se discutir a possibilidade de que os limites entre o Humano e Não-humano podem ser permeáveis dando lugar a hibridismos.

Inovação em gestão hospitalar apoiada em tecnologia de informação e comunicação : um estudo em hospitais de Brasil e Espanha

Farias, Josivania Silva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
46.46%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2010.; Esta tese teve como objetivo articular o estudo da inovação administrativa com o conceito de rede tecno-econômica (RTE), mediante a análise de situações vivenciadas no processo de adoção de Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP), em hospitais públicos, vinculados a universidades, no Brasil e na Espanha. Propõe-se que RTEs são palco para a geração e difusão de inovações, e a inovação, por si, é uma rede. O hospital também é considerado uma rede inserida em outra mais abrangente que interage com o ambiente externo. O modelo conceitual propõe que é possível estudar o processo de adoção de inovações considerando etapas de maneira compatível com fases atemporais e recursivas, expressadas na lógica de RTE como momentos de tradução vivenciados por atores humanos e não humanos. Na teoria ator-rede (TAR), atores heterogêneos contribuem com a proliferação de produtos resultantes de interações sociotécnicas - propõe-se que a inovação é um desses produtos. Para o desenvolvimento da tese, foi realizado um estudo de múltiplos casos em três hospitais públicos universitários. Dois situados no Brasil e um na Espanha. O estudo foi dividido em duas etapas. O primeiro estudo...

Acreditação e qualidade da educação superior : abrindo a caixa-preta do sistema de acreditação de cursos superiores do Mercosul

Serikawa, Leonardo Kazuo dos Santos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
46.39%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, 2013.; Criada em 2009, a Rede de Agências Nacionais de Acreditação (RANA) tem como função aprofundar a integração do MERCOSUL por meio do Sistema de Acreditação de Cursos Superiores (ARCU-SUL). Ante a importância dessa rede, o objetivo principal desta dissertação é conhecer o papel desempenhado por ela no reconhecimento da qualidade da educação superior no MERCOSUL. Entre seus alvos estão estabelecer critérios regionais de qualidade de cursos de graduação para a melhoria permanente da formação superior e desenvolver capacidades institucionais de avaliação. Assim, vislumbrou-se a possibilidade de abrir essa “caixa-preta” a fim de conhecer sua estrutura (atores, processos, conexões), suas relações, seus avanços e seus desafios na integração dos sistemas de ensino superior dos países membros e associados. De natureza exploratório-descritiva, delineamento transversal, com uso da metodologia qualitativa, a pesquisa adotou como métodos a análise de conteúdo de documentos oficiais e das entrevistas semi-estruturadas com representantes da rede e especialistas no tema. Em relação à teoria que embasa a pesquisa...

Lei da TV paga : os mediadores na constituição de uma rede audiovisual

Caribé, Pedro Andrade
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
56.33%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, Programa de Pós-Graduação em Comunicação, 2015.; O tema deste trabalho é a configuração do conteúdo audiovisual no Brasil. Tal configuração e tratada parcialmente por meio da constituição da Rede “Lei da TV Paga”. Essa Rede foca os grupos que atuam diretamente no audiovisual através da produção, programação e difusão do conteúdo, e tem como modelo normativo a Lei 12.485/2011, mais conhecida como Lei da TV Paga. A Teoria Ator-Rede (TAR) e responsável pela base do arcabouço teorico-metodologico, e, a partir dela, são selecionados, inicialmente, elementos como: reportagens, vídeos, artigos, pesquisas acadêmicas e entrevistas exclusivas. Tais indícios são relevados sem desmerecer a capacidade de agencia dos fatores humanos e nao-humanos. O segundo passo e sistematizar as pistas em quatro mediadores: (I) grupos sociais; (II) Estado; (III) arquitetura tecnológica; e (IV) circulação do conteúdo. Os vínculos estabelecidos entre os atores e actantes dos mediadores formam a rede “Lei da TV Paga”. A terceira etapa e revisão bibliográfica das pesquisas sobre cinema, televisão aberta e televisão por assinatura. Nessa revisão...

Seguindo as pipas com a metodologia da TAR

Melo,Maria de Fátima Aranha de Queiroz e
Fonte: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia Publicador: Universidade Federal Fluminense, Departamento de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.32%
À luz das idéias de Bruno Latour, buscamos elaborar os rudimentos para uma psicologia social do brinquedo, tomando a Teoria Ator-Rede como metodologia para registrar tal construção. Elegemos a pipa, objeto de tradição milenar que encerra múltiplas histórias, como objeto a ser investigado nas redes que garantem a sua sobrevivência, nas aprendizagens que suscita, nos efeitos que promove. Discutiremos os princípios e regras metodológicas da Teoria Ator-Rede, testando a sua aplicabilidade ao nosso objeto de pesquisa, tentando, sempre que possível, fertilizar uma reflexão para o campo de estudo da psicologia, que é onde se situa o seguimento de nossa ação.

Teoria ator-rede e estudos críticos em administração: possibilidades de um diálogo

Alcadipani,Rafael; Tureta,César
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 PT
Relevância na Pesquisa
106.55%
O objetivo deste artigo é questionar se a teoria ator-rede (TAR) seria, de fato, incapaz de contribuir para análises criticas nos estudos organizacionais. Discutimos, então, as princpais características dos estudos críticos em administração, bem como seu desenvolvimento no contexto brasileiro. Apresentamos ainda alguns dos conceitos iniciais da TAR, que foram alvo de críticas não apenas por naturalizarem as organizações e transmitirem a ideia de que o processo de ordenação é estático, podendo ser entendido de maneira mecânica, mas também por desconsiderarem a dimensão política em suas análises. Como forma de superar tais limitações, que dificultariam um posicionamento crítico da TAR, analisamos os novos desenvolvimentos dessa abordagem, conhecidos como TAR e Depois, que redefiniram algumas de suas principais noções, possibilitando adotar essa perspectiva como "instrumento" analítico crítico das organizações. Concluímos que muitas das críticas direcionadas à TAR, no que concerne ao seu caráter acrítico e não-reflexivo, já não se sustentam mais, em função dos novos desdobramentos emergidos da TAR e Depois.

Empreendedorismo na ótica da teoria ator-rede: explorando alternativa às perspectivas subjetivista e objetivista

Tonelli,Dany Flávio; Brito,Mozar José de; Zambalde,André Luiz
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
106.6%
Analisar o empreendedorismo explorando as implicações dos pressupostos teórico-metodológicos que a Teoria Ator-Rede (TAR) oferece. Numa visão geral, foram consideradas duas perspectivas teóricas para o empreendedorismo: uma subjetivista e outra objetivista. A perspectiva subjetivista privilegia o indivíduo, juntamente com suas habilidades e capacidades inerentes. Em menor evidência na literatura, a perspectiva objetivista privilegia os aspectos materiais do ambiente como causas do empreendedorismo. Considerando ambas, a principal limitação está no pouco valor que cada lado dedica à influência do outro na análise geral das iniciativas empreendedoras, o que revela assimetria. Esta limitação abriu espaço para a inserção da Teoria Ator-Rede (TAR). Ao desconsiderar a dualidade imposta pelas perspectivas iniciais, a TAR permitiu explorar novas possibilidades de compreensão por meio do conceito de simetria (BLOOR, 1976; LATOUR, 2005; LATOUR e WOOLGAR, 1997). Com base nisso, a TAR considera todas as entidades híbridas, compostas ao mesmo tempo de subjetividade e de objetividade indissociáveis. Isso vai contra o modo assimétrico de tratar a realidade, o qual reproduz uma visão dual, mesmo reconhecendo que ambos os aspectos...

Organizações como processos e Teoria Ator-Rede: a contribuição de John Law para os Estudos Organizacionais

Cavalcanti,Maria Fernanda Rios; Alcadipani,Rafael
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
106.48%
Em anos recentes, muito se tem debatido a respeito de alternativas às ditas "abordagens representacionais" nos estudos das organizações. Tais discussões costumam destacar o aspecto processual e fluido da organização, que não pode ser tomada como um fim ou um objeto estático e, por isso, ela exige outras formas de explorar e compreender seu fenômeno. Uma abordagem que surge com relevante popularidade é a Teoria Ator-Rede (TAR). Entretanto, tal abordagem tem sido alvo de diversas críticas, que dizem respeito principalmente a uma suposta falta de caráter ou potencial político e/ou crítico. Tendo em vista tal contexto, o objetivo deste artigo é contrapor tais críticas às ideias forjadas nos trabalhos empíricos realizados por um dos autores que mais disseminaram e suscitaram discussões a respeito da TAR nos Estudos Organizacionais: John Law. Com isso, almeja-se, aqui, contribuir com subsídios para uma melhor compreensão da aplicabilidade da TAR nos estudos das organizações, destacando pontos que devem ser levados em consideração para que não sucumba às críticas a ela direcionadas; além disso, são discutidas algumas implicações dessa abordagem em trabalhos empíricos.

Espaço, mídia locativa e teoria ator-rede

Lemos,André
Fonte: Programa de Estudos Pós-graduados em Comunicação e Semiótica - PUC-SP Publicador: Programa de Estudos Pós-graduados em Comunicação e Semiótica - PUC-SP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 PT
Relevância na Pesquisa
106.48%
O social é o que emerge das associações, diz a teoria ator-rede (TAR). As associações entre actantes (aquilo que produz uma ação) humanos e não humanos são sempre localizadas. A TAR busca analisar como se dão as associações e suas localizações para conhecer o social. Esse tipo de enfoque sobre o social pode ser particularmente interessante para se pensar a espacialização nos processos comunicacionais e, mais ainda, naqueles emergentes com as atuais mídias de geolocalização¹. Esse artigo se insere em uma pesquisa maior sobre as "mídias locativas" a partir da TAR. Aqui discutimos, particularmente, a noção de espaço.

Seguindo associações sociotécnicas sob a luz da teoria do ator-rede: uma tradução da pedagogia da alternância para rotinas e tecnologias sociais

Valadão, José de Arimatéia Dias
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
76.32%
As Tecnologias Sociais (TS) têm sido consideradas soluções viáveis à resolução dos problemas sociais e econômicos das comunidades de baixa renda, principalmente, por envolver as próprias comunidades no desenvolvimento da tecnologia. A justificativa do sucesso das TS se dá devido adoção, diferente dos empreendimentos tecnológicos anteriores, dos processos de adequação sociotécnica que permitem o envolvimento de todos os interessados. Críticas, contudo, têm mostrado que as dificuldades ainda continuam ao adequar as TS às demandas e necessidades das comunidades atendidas. O estudo partiu da tese de que essas dificuldades se dão, pois, as bases sociotécnicas em que se baseiam as implementações e reaplicações das TS, visando mudanças e transformações sociais não são unicamente causas, mas também os próprios efeitos das translações dos atores-redes envolvidos com essas TS. Essa argumentação foi baseada na Teoria do Ator-Rede (TAR). O caso empírico escolhido foi a Pedagogia da Alternância (PA). A PA é um caso muito peculiar de educação do campo no Brasil, tendo um número significativo de Centros Educativos no País na atualidade. O Governo do Estado de Rondônia, no início de 2011, propôs a PA como política pública a ser universalizada para todo o Estado. O estudo consistiu em analisar como as bases sociotécnicas originárias de uma TS como a PA são transladadas em rotinas geradoras de mudanças e transformações sociais. Os procedimentos metodológicos foram realizados em duas fases. Uma que consistiu em acompanhar a implementação da PA ao longo de sua história...

A construção do mercado de cafés certificados e sustentáveis da Utz Certified no Brasil: as práticas e os arranjos de mercado

Leme, Paulo Henrique Montagnana Vicente
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia Publicador: Programa de Pós-Graduação em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 21/09/2015 POR
Relevância na Pesquisa
76.19%
This study used the theoretical framework of the Actor Network Theory (ANT) and Constructivist Market Studies (CME) to analyze how market practices interacted in building market arrangements over Utz Certified market development process in Brazil. The practices-arrangements-translations interaction in a process of marketization are the theoretical core of the CME. In studying the formation of markets, there are several possible arrangements, in products, agencies and market meetings, or studying the formation of prices and the design, implementation and maintenance of markets. The focus is on the practices and relationships where human and nonhuman actors work together. Kjellberg and Helgesson (2006, 2007b) propose a conceptual analytical framework for the study of markets based on market practices (exchange, representational and normalizing practices). We propose in this thesis an analytical framework for the Utz Certified market in Brazil correlating market practices with market arrangements in a longitudinal process. As a research strategy it was adopted the case study. The methodology involved a historical reconstruction of the Utz Certified market with document analysis and semi-structured interviews with selected stakeholders. The results point towards an integrated view of market practices and market arrangements. By analyzing market practices...

Professores enquanto atores na rede social de elaboração dos currículos do ensino tecnológico de telecomunicações

Caetano, Saul Silva
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 268 p.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
56.19%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica; Compreendendo a construção do currículo como um processo resultante da ação de atores que negociam interesses consolidando aliados e formações que se articulam na forma de rede, a presente pesquisa descreve os processos de construção do currículo de dois Cursos Superiores de Tecnologia (CSTs) da área de telecomunicações em dois Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. Com apoio na teoria ator-rede (TAR), difundida, entre outros, por Bruno Latour, busca-se descrever as relações e as formas de interação entre os diversos atores envolvidos com a construção do currículo. Considerando-se os professores desses cursos como atores centrais na rede de construção dos currículos, realizaram-se entrevistas com esses profissionais com o objetivo de procurar entender como cada ator interferiu nas ações que levaram aos currículos como resultados, muitas vezes provisórios, da associação de elementos heterogêneos. Além das entrevistas, foram utilizados como fontes de informações os projetos dos cursos, os documentos de reconhecimento destes e pesquisas já realizadas sobre o tema. Foram analisadas também as relações entre os currículos e os cursos implementados nessas instituições e as propostas para o ensino profissional presentes nas políticas públicas iniciadas com a reforma dessa modalidade de ensino...

The critique of essentialist critique of cyberculture; A crítica da crítica essencialista da cibercultura

Lemos, André
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 23/06/2015 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.22%
The objective of this paper is to analyze the critical perspective of cyberculture from the discussion on the essence of technology. The article revisits the classic discussion about the essence of technology and updates it from the visions of the new critics of digital culture. The central argument is that traditional critical perspective (fundamentalist or pessimistic) fails to address the phenomena of digital culture by essentialist bias. It proposes an analysis of cyberculture by Actor-Network Theory (ART) since a focused view, stucked to the constituent networks of technical phenomenon, and attached to social associations may offer a solution to the empirical failure of criticism.; O objetivo deste artigo é analisar a perspectiva crítica da cibercultura a partir da discussão sobre a essência da tecnologia. Para tanto, o artigo retoma a discussão clássica sobre a essência da técnica e a atualiza a partir das visões dos novos críticos da cultura digital. O argumento central é que a perspectiva crítica tradicional (fundamentalista ou pessimista) falha ao abordar os fenômenos da cultura digital pelo viés essencialista. É proposta uma análise da cibercultura pela Teoria Ator-Rede (TAR) já que uma visão focada no oligóptico...

QUALIDADE NOS SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO: Uma proposta de associação da Teoria Ator-Rede (TAR) aos processos de APO

Vargas, Cláudia Rioja de Aragão; Azevedo, Giselle Arteiro Nielsen
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Avaliado Por Pares; Revisão de literatura Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
86.36%
Este artigo apresenta parte do desenvolvimento da pesquisa de Tese intitulada Traduções de um Lugar: Os Serviços destinados à Alimentação Fora do Lar, em andamento no Programa de Pós-Graduação em Arquitetura – PROARQ/ FAU-UFRJ, e explora a possibilidade de ampliação do leque de ações a serem desenvolvidas para o embasamento prático-teórico do projeto visando a qualidade dos ambientes destinados à alimentação fora do lar. O estudo toma como base a assertiva de que a sensação de pertencimento no mundo globalizado não se dá mais somente na esfera do mundo vivido, regionalizado, onde o indivíduo cultiva a sua história e a dos seus, mas também se relativiza através de uma rede onde os meios de comunicação funcionam como instrumento para a sua confecção. O escopo metodológico para a pesquisa propõe associar as diretrizes da Teoria Ator-Rede (TAR) aos processos de Avaliação Pós-Ocupação (APO), o que permitirá uma abordagem muito mais rica pela multiplicidade de elementos envolvidos na análise. Como resultado, procura evidenciar a necessidade de incorporação de métodos investigativos de campo ao processo de projeto e fomentar a ampliação de uma base de dados que beneficie e contribua para o aperfeiçoamento dos projetos de arquitetura destinados ao setor. A importância e a originalidade deste trabalho se concentram na análise das narrativas produzidas pelos diversos atores – humanos e não-humanos - participantes das relações desenvolvidas nestes lugares. Estas relações não estão restritas somente ao ato de alimentar-se...

Arte Computacional e Teoria Ator-Rede : actantes e associações intersubjetivas em cena

Praude, Carlos Corrêa
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
116.58%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Artes, Programa de Pós-Graduação em Artes, 2015.; O objetivo desta pesquisa foi estabelecer associações entre a Teoria Ator-Rede (TAR) e a Arte Computacional. A TAR teve sua origem a partir de pesquisas que investigavam a dinâmica de produção de conhecimento em laboratórios com a utilização de artefatos tecnológicos onde, humanos e nãohumanos, denominados actantes, eram analisados com o mesmo grau de importância. Sob a perspectiva da Estética Informacional, de Abraham Moles e Max Bense, a Arte Computacional encontra seus fundamentos na Teoria da Informação e nos signos que lhe são propostos como objetos. Por meio da metodologia heurística de recodificação de Moles, que consiste na importação de conceitos de uma área de conhecimento para outra, articulei os conceitos conhecidos como actante, associação, tradução e inscrição, da TAR, segundo definições apresentadas por Bruno Latour, com os termos repertório de elementos, mensagem, objeto e estados estéticos, da Estética Informacional. A partir da análise de instalações interativas de minha autoria, sendo a maioria delas aplicadas no campo da encenação teatral, investiguei como as perspectivas da TAR contribuem para a inovação de estados estéticos na produção artística e construí um modelo conceitual dinâmico capaz de colaborar para o processo criativo no território da Arte Computacional. Em um sentido mais amplo e combinatório...

A internet das coisas e a TAR: onde está o homem?

Santos, Vinicius
Fonte: Temática Publicador: Temática
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 11/11/2014 POR
Relevância na Pesquisa
46.35%
A Internet ganha novos horizontes e hoje é propulsora da conexão entre objetos com outros objetos e homens. O conceito emergente da Internet das Coisas (IdC) produz imenso debate entre os pesquisadores que se debruçam para melhor entender os novos paradigmas infocomunicacionais. Utilizando a TAR – Teoria Ator-Rede – através de sua forma de observar as redes heterogêneas formadas através das associações e não distinguindo em caráter de valor homens de objetos, pode-se compreender o que está “invisível” por trás desses objetos conectados e conectivos, porém a de se questionar, qual a primazia criacional de todo este novo conceito? Utilizando a mesma TAR, deveremos chegar em uma resposta chave que não pode ser esquecida: o homem.Palavras-chave: Internet das coisas. Teoria ator-rede.