Página 1 dos resultados de 3694 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Valor percebido pelas operadoras na contratação de provedores de serviços de manutenção e operação de redes de telecomunicações : um estudo de caso sobre as operadoras de telecomunicações brasileiras

Gigliucci, Luís Cláudio Cova
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
36.06%
Um novo mercado se desenvolveu no Brasil após a privatização das empresas de telecomunicações. Esse mercado é o de provimento de serviços de operação e manutenção das redes de telecomunicações para as operadoras. Esses serviços significam reparar as redes quando qualquer problema é detectado ou reclamado pelos assinantes ou, ainda, tomar ações no sentido de melhorar o desempenho do sistema ou de ativar novas funcionalidades. A manutenção de um corpo técnico capacitado para desempenhar essas funções dificulta-se proporcionalmente ao aumento da complexidade dos sistemas, o que tem ocorrido intensamente na última década com o aparecimento de novas tecnologias para comunicação de dados ou facilidades para voz, e leva ao favorecimento da terceirização desses serviços. Por outro lado, as empresas fornecedoras de equipamentos de telecomunicações e outras envolvidas nesse mercado, se deparam com uma grande queda de demanda devido à antecipação de metas imposta pela Anatel e pelo fim da "bolha da internet" que as conduziram à procura de novos nichos de mercados e muitas investiram para obter esses contratos de operação e manutenção, que são duradouros. Dessa forma a competição ficou bem acirrada e leva os provedores desses serviços a necessidade de otimização de suas técnicas de posicionamento no mercado. O que esse trabalho apresenta é um método de solucionar o problema de definir qual a melhor forma de se posicionar nesse mercado. Ou seja...

Avaliação do hiato planejamento e implementação nas empresas estatais do setor de telecomunicações : o caso TELEMIG

Silva, Maria Lucia Valadares e
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.08%
o objetivo do presente estudo é duplo: (1) identificar e analisar os fatores que contribuem para acentuar o hiato capacidade de planejar e incapacidade de implementar o planejamento estratégico e (2) analisar e exemplificar a prática do planejamento estratégico nas empresas. estatais do setor de telecomunicações, para que os administradores do setor repensem a atual situaçao das telecomunicações no país e conscientizem-se do seu papel enquanto ator responsável pela proposiçao de um novo modelo institucional que atenda às necessidades da populaçao brasileira. A finalidade aqui, porém, não é analisar os acontecimentos atuais e torná-los justificativa para um novo modelo de planejamento, mas propor um modelo realista capaz de incorporar as variáveis ambientais, ainda que falte os elementos norteadores de uma política de telecomunicações, ou que restrições legais orientem os procedimentos efetivos do trabalho, interferindo no funcionamento quotidiano da organização. No entanto, os elementos restritivos são quase sempre aceitos sem o questionamento devido. Na verdade, as empresas estatais do setor de telecomunicações têm se limitado a arguir sobre o limite de investimento, sob a alegação da forte demanda reprimida...

Adoção de novos modelos de precificação em telecomunicações : estudo exploratório sobre os direcionadores e barreiras no mercado brasileiro

Gildin, Andre
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.04%
O mercado brasileiro de Telecomunicações e Tecnologia da Informação (TIC) tem importância significativa para o desenvolvimento do Brasil, haja vista a evolução do mercado de telefonia móvel, que cresceu 600% nos últimos dez anos. A indústria de telecomunicações, que representa 4,7 % do PIB brasileiro (TELEBRASIL, 2013), passou a ter uma nova dinâmica a partir da elaboração da Lei Geral de Telecomunicações em 1997 e, posteriormente, com a privatização do setor. Esta rápida transformação da cadeia de valor do setor foi também impulsionada pela evolução das tecnologias e de novas arquiteturas de redes. Ademais, a utilização de tecnologias digitais, como aplicativos/APPs e a própria internet, tornou a cadeia de telecomunicações mais complexa, possibilitando o surgimento de novos atores e o desenvolvimento de novos serviços, modelos de negócios e precificação (SCHAPIRO e VARIAN, 2003). Este estudo tem como objetivo analisar os direcionadores e barreiras na adoção de novos modelos de precificação de serviços no mercado brasileiro de telecomunicações, considerando a transformação e evolução do setor. O estudo foi elaborado por meio de uma estratégia de pesquisa qualitativo-exploratória e construtivista baseando-se na abordagem Multinível (POZZEBON e DINIZ...

Privatização do setor de telecomunicações no Brasil

Tatsch, Cristiano Roberto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.07%
A presente Dissertação descreve a introdução do sistema de telefonia no Brasil, sua consolidação na primeira metade do século XX e o estabelecimento do controle estatal sobre o Sistema Nacional de Telecomunicações, com a criação das Telecomunicações Brasileiras S/A (Telebrás) em 1972. Analisa sua superação, nos anos 90, e o estabelecimento das bases para a criação de um novo modelo buscando a universalidade e a concorrência. Aborda a experiência internacional da desregulamentação das telecomunicações em países onde o processo foi mais significativo e analisa o estabelecimento de uma agência regulatória para o setor, considerando os diversos mecanismos regulatórios experimentados. Analisa a privatização da Telebrás e os resultados alcançados depois de cinco anos (até 2003) de desregulamentação das telecomunicações no Brasil.

Trajetórias ocupacionais de trabalhadores desligados do setor de telecomunicações

Silva, Paulo Herbert C. da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.04%
Essa dissertação reconstitui e analisa as trajetórias ocupacionais dos trabalhadores que aderiram ao Plano de Desligamento Voluntário da Companhia Riograndense de Telecomunicações, no ano de 1996, na modalidade de Pedido de Demissão Voluntária. A amostra é constituída de ocupações típicas do setor de telecomunicações (dez instaladores reparadores de rede e dez engenheiros). O período de reconstituição das trajetórias ocupacionais vai do ano de 1996 até o segundo semestre de 2002. A análise dos dados sugere: a) o direito a indenizações significativas que iam além do previsto em lei, oferecida por uma empresa estatal, influenciou de maneira positiva as trajetórias ocupacionais, b) a qualificação profissional mostrou-se um elemento importante para o destino das trajetórias ocupacionais dentro e fora do setor de telecomunicações, atuando, em determinadas situações, como uma variável capaz de compensar a idade mais elevada da força de trabalho, c) os instaladores apresentaram destinos menos virtuosos que os engenheiros, configurando uma ruptura com a inserção ocupacional estável e ascendente que caracterizou as relações de trabalho durante a vigência do monopólio estatal das telecomunicações, d) redes de contatos profissionais auxiliaram os instaladores a reinserirem-se no mercado de trabalho mais rapidamente no período de expansão das telecomunicações e...

Dinamismo econômico e qualidade do emprego : estudo sobre o mercado de trabalho no novo cenário das telecomunicações no Brasil

Mocelin, Daniel Gustavo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.04%
O objetivo do estudo foi analisar a interação entre o dinamismo econômico e a qualidade do emprego, observando esse fenômeno a partir do caso do setor de telecomunicações, no Brasil. O estudo propõe uma reflexão sobre a qualidade do emprego nas atividades de telecomunicações, que, no Brasil, passaram por recente processo de privatização, caracterizando um novo cenário empresarial, marcado por inovações tecnológicas, expansão comercial e competição de mercado. Foi elaborado um modelo de análise para avaliar a qualidade do emprego com base na estrutura ocupacional do mercado de trabalho, diferente de outros modelos concorrentes, que se debruçam sobre categorias como “emprego típico” e “trabalho decente”. O setor de telecomunicações inclui tanto atividades econômicas amplamente voltadas para estratégias de inovação e formação de vantagens competitivas como atividades de suporte, mais restritas à operação, implantação e manutenção do mercado, fato que se desdobra na composição dos respectivos mercados de trabalho. Constatou-se que o desempenho da qualidade do emprego é função da estruturação setorial. A melhora no nível de qualidade do emprego está bastante vinculada à natureza, à experiência tecnológica e ao ambiente econômico de cada ramo produtivo. Foi observado que a qualidade do emprego melhora na medida em que as atividades econômicas se encontram mais próximas aos processos de inovação...

Reconfiguração das telecomunicações : a experiencia internacional e o caso brasileiro

Daniela Scarpa dos Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2003 PT
Relevância na Pesquisa
36.04%
Num cenário de mudanças tecnológicas dinâmicas e num contexto de discussão da Reforma do Estado, o setor de telecomunicações é um /ocus privilegiado de discussão dessas transformações. Partindo dessas duas constatações, esta dissertação analisa a reconfiguração do setor em âmbito internacional e, sobretudo, nacional. Apresenta-se um breve histórico internacional das reformas do setor presenciadas em países chaves, como: Estados Unidos, países da União Européia (Inglaterra) e países Latino-Americanos. No âmbito nacional, relata-se a trajetória da política pública de abertura das telecomunicações, implementada entre 1986 e 1998, bem como a implementação do novo modelo de telecomunicações balizado nos princípios da universalização dos serviços e da introdução da concorrência. O objetivo é demonstrar que apesar desses princípios fundamentarem a concepção do novo modelo brasileiro de telecomunicações constituem simultaneamente grandes desafios a serem superados.; The telecommunications sector is a privileged locus for the observation of the changes taking place both in reform of the state and in the technological dynamics. Having this in mind, this work analyses a reconstruction of the sector in the intemational as well as in the domestic scope. It shows a brief intemational history full of changes taking place in key countrles as: USA...

Constelações corporativas e alianças de poder : análise da Companhia América Móvil no mercado brasileiro de telecomunicações; Corporate constelation and power alliance : analysis of the American Movil Company in the Brazilian telecommunications market

Omar Rodrigo Haro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.04%
Examina-se o processo de internacionalização da maior corporação de telecomunicações da América Latina: a América Móvil, proprietária, no Brasil, das empresas EMBRATEL, CLARO, NET Serviços e Star One. Cada uma dessas empresas é especializada na administração de mensagens e informações do sistema comunicativo brasileiro e têm redes distribuídas em diversas partes da América Latina. O objetivo geral da presente dissertação é analisar as ligações entre os principais grupos financeiros internacionais com o proprietário da América Móvil, o magnata Carlos Slim Helú - hoje considerado o homem mais rico do mundo. Para conhecer o caminho percorrido no Brasil por esse empresário e a história do grupo de empresas de sua propriedade. Foram examinados os momentos de aquisição dos ativos de gigantescas corporações do mesmo ramo de indústrias como a MCI, a SBC e a AT&T, processo que colocou a América Móvil como terceiro grupo de telecomunicações no Brasil. Para tanto, considera-se importante analisar as transformações do sistema capitalista nos últimos anos, no que se refere aos novos mecanismos para gerar capital e permitir as migrações de grandes montantes de dinheiro em curto prazo a partir de um catalisador que maximizou suas operações: a indústria de telecomunicações. O desenvolvimento e a internacionalização da América Móvil não representam propriamente um ponto de ruptura com as formas de centralização de lucros das épocas passadas. Pelo contrário...

Convergência telecomunicações - TI, um caso prático : framework de operações de uma empresa provedora de serviços de telecomunicações; Telecommunication – it convergence, a practical case : telecommunication service provider operations framework

Brambila, Gustavo Roberto
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.04%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Engenharia Elétrica, 2008.; Este trabalho apresenta uma proposta de framework de operações convergente para as áreas de Telecomunicações e Tecnologia da Informação, adequado e customizado para o contexto e as necessidades internas de uma empresa provedora de serviços de telecomunicações. O Framework de Operações (FO) tem como objetivo definir um mapa genérico de atividades e processos, comuns às áreas de operação de TI e Telecomunicações da operadora, servindo como modelo de referência para categorizar os processos de negócio. Ele tem como premissas ser independente de estrutura organizacional, tecnologia ou serviços oferecidos, orientado ao negócio e focado no cliente final da empresa. Neste trabalho, apresentam-se o contexto de telecomunicações e tecnologia da informação da empresa pesquisada, as estruturas organizacionais e as principais responsabilidades e atividades das áreas de operação. Realiza-se a revisão dos fundamentos teóricos e da literatura técnica dos modelos ITIL e eTOM, e estudo sobre a convergência dos modelos e do gerenciamento de serviços. Como ferramenta de suporte para a operadora, no mapeamento de processos na área de operação...

Análise da evolução dos sistemas de telecomunicações móvel e fixo no Brasil e desenvolvimento de uma proposta para a prestação de serviço convergente; Analysis of the evolution of mobile and fixed telecommunications systems in brazil, developing a proposal for convergent service

Ramos, Bruno de Carvalho
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.11%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Elétrica, 2006.; Os Sistemas e Serviços de Telecomunicações móveis apresentaram uma evolução de dimensão inaudita durante a última década, tornando-se ponto de referência para o desenvolvimento de aplicações para os usuários e soluções tecnológicas para a transferência de informação na rede. Paralelamente a esta evolução, o desenvolvimento tecnológico conduz para a convergência dos diversos Serviços de Telecomunicações hoje existentes, em especial os suportados por Sistemas de Telecomunicações móveis e fixos, tornando comum a oferta de Facilidades aos usuários dos diversos Serviços, que somente possuem diferenciação regulatória. Desta forma, esta dissertação tem como objetivos: (i) discorrer sobre o histórico da prestação de Serviços de Telecomunicações no Brasil, seus agentes e a nova estrutura legal e regulamentar estabelecida posteriormente à Lei Geral de Telecomunicações - LGT, Lei No 9.472, de 16 de julho de 1997, marco legal das telecomunicações no Brasil; (ii) definir os termos Sistemas de Telecomunicações, Serviços de Telecomunicações e Facilidades, adentrando por seus contornos e sobreposições; (iii) analisar a evolução dos Sistemas de Telecomunicações móveis e fixos...

A banda larga e o cenário brasileiro das telecomunicações; Telecommunication sector update broadband and the brazilian telecommunications scenario

Pena, André Garcia; Abdalla Júnior, Humberto; Pereira Filho, José Leite
Fonte: Grupo de Estudos em Direito das Telecomunicações - Universidade de Brasília Publicador: Grupo de Estudos em Direito das Telecomunicações - Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
45.97%
Trata do marco regulatório do setor de telecomunicações brasileiro expondo a legislação correspondente a este setor. Traça um histórico do setor e o atual cenário da banda larga brasileira.

A imaginação de um controle público a partir do regulamento do Setor de telecomunicações no Brasil : a utilização dos aparatos regulatórios da Agência Nacional de Telecomunicações pelo usuário-cidadão

Ribeiro, Lavina Madeira; Leal, Sayonara de Amorim Gonçalves
Fonte: Observatório de Economia e Comunicação (Obscom) da Universidade Federal de Sergipe (UFS) Publicador: Observatório de Economia e Comunicação (Obscom) da Universidade Federal de Sergipe (UFS)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
Tendo como pano de fundo o paradigma regulatório admitido para as telecomunicações no Brasil, apoiado no direito consuetudinário anglo-saxão de feição mais flexível à participação do público do que o Código Brasileiro de Telecomunicações, pautado no código de direito francês, o tema fundamental tratado neste texto são os mecanismos de controle público contidos no novo modelo de regulamentação das telecomunicações brasileiras. Partimos do pressuposto de que esse controle público está apoiado na concepção de um controle social exercido, no que nos interessa mais de perto, sobre os chamados serviços públicos, no nosso caso, nos referimos mais especificamente ainda, ao setor de telecomunicações.

Qualidade do emprego nas telecomunicações pós-privatização

Mocelin,Daniel Gustavo
Fonte: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos Publicador: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.07%
O artigo propõe uma reflexão sobre a qualidade do emprego nas atividades de telecomunicações, que, no Brasil, passaram por recente processo de privatização, caracterizando um novo cenário empresarial, marcado por inovações tecnológicas, expansão comercial e competição de mercado. Frente ao novo perfil assumido pelo setor de telecomunicações, pergunta-se qual a situação da qualidade do emprego nas telecomunicações, quase uma década após a privatização. No ensaio, foi realizada uma abordagem longitudinal sobre a evolução das condições de emprego nas telecomunicações, no período entre 1994 e 2004, e uma análise comparativa entre as condições de emprego nas telecomunicações e no contexto mais amplo em que estão inseridas, a fim de estabelecer algumas reflexões sobre a qualidade do emprego para o cenário empresarial, constituído após a privatização. Para isso, são analisados alguns aspectos concernentes à qualidade do emprego, tais como o comportamento de dimensões como remuneração, tempo de emprego, jornada de trabalho, tipo de contrato de trabalho, escolarização dos empregados e inserção das mulheres, bem como alguns contrastes entre as atividades de telecomunicações e seu contexto mais amplo...

Ensaios em Teoria de Contratos aplicada no setor de telecomunicações com foco nos investimentos; Essays on Contract Theory applied to the Telecommunications Industry with a focus on investments

Fonseca, Hélio Mauricio Miranda da
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
36.07%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Departamento de Economia, Pós-Graduação em Economia, 2015.; O presente trabalho tem por objetivo contribuir com o aperfeiçoamento do processo de formulação e implementação de políticas públicas no Brasil, em particular no que se refere à celebração de contratos no setor de telecomunicações. Para tanto, foram desenvolvidos três capítulos que tratam de temas distintos, porém vinculados à ideia central de que o papel do órgão regulador é bastante relevante para o desenvolvimento saudável do setor de telecomunicações e para o próprio crescimento econômico do país. Inicialmente, busca-se estudar, com base em métodos econométricos, a relação entre investimentos em telecomunicações e o crescimento econômico, bem como a relação causal entre as variáveis do modelo teórico com fundamentação em uma equação de Cobb-Douglas1 adaptada para contemplar a variável de telecomunicações, nos moldes de Barro (1990). Os resultados indicam uma relação de causalidade unidirecional, tanto de longo como de curto prazos das variáveis para o produto para as últimas quatro décadas, o que contribui para um melhor entendimento das relações econômicas entre as variáveis no país. Em seguida busca-se mostrar como a atuação ex-ante ou preventiva do órgão regulador pode contribuir para a definição de contratos mais eficientes Para tanto...

Utilização de Novas Tecnologias de Telecomunicações em Plataformas Petrolíferas Offshore

Jesus Júnior, Salvador Fernandes de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica; Automação e Sistemas; Engenharia de Computação; Telecomunicações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica; Automação e Sistemas; Engenharia de Computação; Telecomunicações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.97%
This dissertation describes the use of new Technologies of the Areas of Telecommunications, Networks and Industrial Automation for increase of the Operational Safety and obtaining of Operational Improvements in the Platforms Petroliferous Offshore. The presented solution represents the junction of several modules of these areas, making possible the Supervision and Contrai of the Platforms Petroliferous Offshore starting from an Station Onshore, in way similar to a remote contral, by virtue of the visualization possibility and audition of the operational area through cameras and microphones, looking the operator of the system to be "present" in the platform. This way, it diminishes the embarked people's need, increasing the Operational Safety. As consequence, we have the obtaining of Operational Improvements, by virtue of the use of a digital link of large band it releases multi-service. In this link traffic simultaneously digital signs of data (Ethernet Network), telephony (Phone VoIP), image and sound; Petróleo Brasileiro SA - PETROBRAS; Esta dissertação descreve a utilização de novas Tecnologias das Áreas de Telecomunicações, Redes e Automação Industrial para aumento da Segurança Operacional e obtenção de Melhorias Operacionais nas Plataformas Petrolíferas Offshore. A solução apresentada representa a junção de vários módulos destas áreas...

Políticas nacionais de segurança cibernética : o regulador das telecomunicações : Brasil, Estados Unidos, União Internacional das Telecomunicações (UIT)

Alves Júnior, Sérgio Antônio Garcia
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.06%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Investigação em Economia e Finanças, Programa de Pós-Graduação em Regulação, 2011.; Com a massificação do uso de tecnologias da informação e comunicação (TICs), em particular o acesso à Internet, a Sociedade da Informação passa a depender da segurança das infraestruturas críticas e da disponibilidade, integralidade e confiabilidade das informações que a sustentam. À medida que cresce essa dependência, ameaças ao ciberespaço se tornam ameaças à própria Sociedade da Informação. Nesse contexto, o mundo desperta para a “Segurança Cibernética”. Parte-se da premissa que o regulador de telecomunicações teria papel destacado nesses esforços, vez que o setor disponibiliza grande parte da infraestrutura e serviços subjacentes à Internet. Este trabalho buscou identificar o papel da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em uma política brasileira de segurança cibernética, utilizando como modelos (i) melhores práticas divulgadas pela União Internacional de Telecomunicações (UIT, agência especializada da ONU) e (ii) projetos da Federal Communications Commission (FCC, regulador estadunidense). Seguindo as respectivas políticas gerais de segurança cibernética enunciadas (i) pela Cúpula Mundial sobre a Sociedade da Informação (CMSI) e Conferência de Plenipotenciários 2010 (PP-10)...

Universalização das telecomunicações sob a perspectiva do atual marco regulatório

Cruz, José Maria Jesus Ferreira da
Fonte: Centro Universitário de Brasília Publicador: Centro Universitário de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.06%
Este trabalho aborda a universalização das telecomunicações no Brasil sob um enfoque histórico, estabelecido com a Lei Geral de Telecomunicações - LGT. Utilizou-se uma abordagem dogmática-legal, derivada de pesquisa bibliográfica e consulta aos principais instrumentos normativos sobre o tema. Inicialmente, são tratados os principais desafios relativos ao tema, introduzidos os principais conceitos sobre telecomunicações, e de que forma o Estado Brasileiro está estruturado, a partir da atual Constituição, para enfrentar as necessidades da atual sociedade. São trabalhados também os conceitos de Estado Regulador e das agências reguladoras, e como as telecomunicações são consideradas serviço público. Ainda, é estabelecido o papel do Estado na criação e implementação de políticas públicas de universalização, e qual o papel da Agência Nacional de Telecomunicações – Anatel. Por fim, são analisados os principais instrumentos jurídicos na consecução das políticas públicas de universalização, os quais constituem os Planos Gerais de Metas para Universalização - PGMU, o Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações - Fust, e o Plano Nacional de Banda Larga - PNBL.

Desafios e oportunidades do setor de telecomunicações no Brasil; Comunicados do Ipea 57 : Desafios e oportunidades do setor de telecomunicações no Brasil

Brasil. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Publicador: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)
Tipo: Comunicados do Ipea
PT-BR
Relevância na Pesquisa
36.07%
Este comunicado tem como objetivo refletir de forma sistemática sobre os desafios e as oportunidades de desenvolvimento da infraestrutura econômica do setor de telecomunicações. Esta reflexão surge em contexto de profundas transformações estruturais. Tais transformações deslocaram a dinâmica de evolução setorial das redes propriamente ditas para os serviços de telecomunicações. Como resultado, a infraestrutura de telecomunicações deixa de ser vista apenas como aquela utilizada para a prestação de serviços de telefonia e passa a fazer parte de um setor maior de TICs e de conteúdo de informação, reforçando o seu papel não só para o desenvolvimento econômico, como também para o desenvolvimento social. Ainda sob esta óptica, esta infraestrutura passa a permitir também a exploração de novos serviços e suas aplicações multimídia, tanto por parte das empresas historicamente pertencentes ao setor (operadoras de telefonia) quanto por competidores tradicionalmente não vinculados às telecomunicações. Em meio a essas transformações, a privatização da prestação de serviços de telecomunicações no Brasil trouxe a modernização da sua infraestrutura e o aumento do acesso da população aos serviços...

Paste: perspectivas para ampliação e modernização do setor de telecomunicações

Brasil. Agência Nacional de Telecomunicações
Fonte: Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) Publicador: Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)
Tipo: Documento técnico
POT
Relevância na Pesquisa
56.04%
154 p., il. color.; A presente edição apresenta as perspectivas para ampliação e modernização do setor de telecomunicações no Brasil para o período 2000/2005. Ela ocupa-se, de pronto, em avaliar o contexto internacional das telecomunicações; depois de fazer um panorama do período entre o início da década de 60 e a primeira metade da de 90, traça o perfil do novo modelo brasileiro. Preocupa-se em reproduzir nos modos qualitativo e quantitativo, os impactos das profundas mutações que vêm sendo vivenciadas pelo setor brasileiro de telecomunicações nos anos recentes e suas consequências. Tomando essa avaliação como lastro, o documento apresenta, em seguida, de modo sintético e integrado, as perspectivas de crescimento dos serviços de telecomunicações no País, no futuro próximo.

Proposta de estruturação do processo de desenvolvimento de produtos para empresas prestadoras de serviço de telecomunicações

Rodrigues Barrionuevo Silva, Rodolfo; Universidade Federal do Paraná - UFPR; de Paula Lacerda Santos, Adriana; Universidade Federal do Paraná - UFPR
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção – UFPR Publicador: Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção – UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 23/10/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.08%
O setor de telecomunicações apresenta um cenário altamente competitivo e de constante inovação tecnológica, exigindo que seu Processo de Desenvolvimento de Produtos (PDP) tenha adequada estruturação e agilidade. Logo, estudou-se o PDP do setor, buscando responder: como pode ser estruturado o PDP em empresas prestadoras de serviço de telecomunicações visando obter maior eficácia e agilidade no processo? Objetivo: a pesquisa buscou propor uma estruturação do PDP para empresas prestadoras de serviços de telecomunicações. Tendo como objetivos específicos: a) mapear as etapas presentes nos principais modelos de referência de PDP a fim de fundamentar a proposta de estruturação; b) fazer um levantamento das características do setor de telecomunicações visando identificar as especificidades do setor em relação ao PDP; c) identificar quais etapas dos modelos de referência são adequadas para o PDP em empresas prestadoras de serviços de telecomunicações a partir de estudos de caso; e d)   elaborar diretrizes para a estruturação do PDP dessas empresas. Método: Esta proposta foi baseada em levantamento bibliográfico e estudos de caso. No levantamento bibliográfico foram analisados: as etapas dos principais modelos de referência de PDP; os princípios e práticas ágeis de desenvolvimento; e as especificidades do setor de telecomunicações. Os instrumentos de pesquisa utilizados para coletar os dados foram: entrevistas semiestruturadas...