Página 1 dos resultados de 348 itens digitais encontrados em 0.149 segundos

Tecnologias de informação e comunicação (TIC) no ensino superior das ciências da saúde : um estudo sobre a utilização dos computadores na ERISA

Monteiro, Carla; Leite, Manuel da Costa
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
175.8%
A utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), quer na sala de aula quer em casa, tem crescido de uma forma quase exponencial. É possível dividir a história da utilização dos computadores na educação em dois períodos: antes e depois do aparecimento dos computadores pessoais. Estes aparecem no final da década de 70 do século XX, sendo responsáveis pelas alterações no processo de ensino e aprendizagem, na organização do trabalho na universidade e no próprio sistema educacional. A introdução destas tecnologias é acompanhada de expectativas demasiado optimistas, tais como um maior sucesso escolar, tornar o ensino mais apelativo e o trabalho do docente menos repetitivo. Contudo, mesmo havendo o reconhecimento da necessidade do uso do computador e de programas computacionais como ferramentas educacionais, estes instrumentos são pouco familiares para estudantes e docentes. Pretende-se, com recurso a questionários, conhecer qual a utilização que os estudantes de uma Escola de Ciências da Saúde e do Ensino Superior Privado fazem das TIC,em especial do computador. Observou-se que o computador é bastante familiar a todos os estudantes, pois recorrem a este instrumento para realizar múltiplas tarefas...

O ensino de informática em enfermagem, nos cursos de graduação da cidade de Brasília - DF e do município de São Paulo - SP; The Teaching of nursing informatics in undergraduate nursing courses in Brasilia-DF and in São Paulo-SP

Moita, Polyanne Aparecida Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
105.79%
A informática e as Tecnologias da informação e comunicação (TICs) tem grande impacto na atualização dos profissionais da saúde, exigindo que os mesmos estejam cada vez mais preparados para acompanhar o uso das tecnologias, buscando conhecimentos teóricos relacionados a essa temática, a fim de promover a convergência entre o desenvolvimento humano e tecnológico, bem como propiciar a utilização da tecnologia de forma humanizada. Nesse sentido, realizou-se um estudo exploratório descritivo e documental, com os objetivos de identificar e analisar os planos das disciplinas de informática em enfermagem dos cursos de graduação de enfermagem da cidade de Brasília- DF e das Universidades do Município de São Paulo-SP, e caracterizar o perfil acadêmico dos professores que as ministram. Para a coleta de dados utilizou-se o sistema eletrônico, e-MEC, de acompanhamento dos processos educacionais nacionais, estruturado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) para identificar as Instituições de Ensino Superior (IES) que possuíam disciplina de informática em enfermagem na grade curricular dos curso de enfermagem. Fizeram parte do estudo 3 (três) 11% (IES) que possuiam disciplinas relacionadas a informática em enfermagem...

Teleodontologia: estudo sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação por docentes e cursos de Odontologia brasileiros, aplicadas ao ensino e atenção à saúde em Odontologia; Teledentistry: study on the use of information technology and communication by professors and brazilian dentistry courses and their application to education and health care

Abdala, Camilla Vendramini Galatti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
135.84%
O objetivo deste estudo foi identificar e analisar o grau de conhecimento e a fluência de docentes dos cursos de Odontologia brasileiros no uso das tecnologias de informação e comunicação aplicadas ao ensino-aprendizagem e à atenção à saúde e conhecer a infraestrutura e as iniciativas de apoio desses cursos aos seus docentes. Realizamos uma pesquisa exploratória e descritiva com a participação de 44 docentes e 40 cursos de odontologia, que responderam um questionário estruturado com 37 questões. O questionário foi aplicado aos docentes de odontologia que participaram do curso de Atualização em Teleodontologia: Capacitação Docente e Suporte às IES para a Criação de Redes de Aprendizagem e Trabalhos Colaborativos em Saúde, promovido através de uma parceria entre a Faculdade de Odontologia da USP (FOUSP) e a Associação Brasileira de Ensino Odontológico (ABENO). A sistematização dos resultados obtidos com o questionário, aponta que todos os docentes que participaram do estudo, utilizam diariamente a internet para fins pessoais e profissionais. A maioria dos professores aprendeu sozinho a utilizar novas ferramentas e acreditam na necessidade de cursos de capacitação. Os cursos de Odontologia têm aplicado as tecnologias de informação principalmente no ensino e em atividades administrativas. Ainda é incipiente a aplicação das tecnologias de informação e comunicação em atividades de atenção à saúde no conjunto de cursos de Odontologia brasileiros que participaram deste estudo.; The aim of the current study was to identify and evaluate the level of knowledge and fluency of professors of Brazilian dental undergraduate courses...

Os impactos do uso das tecnologias da informação e comunicação durante a ressocialização de sujeitos adictos em álcool e drogas em vulnerabilidade social através da qualificação para o trabalho; The impacts of the use of information technologies and communication in the rehabilitation of individuals addicted to alcohol and drugs against social vulnerability through the qualification for the job

Albuquerque, Rodney Cezar de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
105.77%
Considerando o crescente problema de saúde pública relacionado à dependência química em crack e à proliferação de locais conhecidos no Brasil como cracolândias, esta tese visa estudar o impacto do uso das tecnologias da informação e comunicação no processo de ressocialização, especificamente através do desenvolvimento de um exclusivo objeto de aprendizagem, aplicado em uma comunidade terapêutica, com um grupo de toxicômanos em álcool e drogas em vulnerabilidade social. O presente trabalho objetiva identificar se, ao manipularem tal software, os drogadictos são capazes de apontar alguma diferença significativa entre as características do modelo proposto, levando em consideração que sua interface foi construída com a apropriação de valores apontados como relevantes durante entrevistas, tanto pelos adictos em recuperação, quanto pelos demais profissionais, em uma investigação-piloto realizada no Rio Grande do Sul. Em São Paulo, após a construção do objeto de aprendizagem, construído no modelo OASIS – Objeto de Aprendizagem Significativa de Informação para Sociedade, durante diferentes meses e com um novo grupo de voluntários, foram propostas e testadas hipóteses relacionadas à percepção dos sujeitos sobre os elementos que compõem este objeto de aprendizagem. Por fim...

Clipping 2012-08-agosto

Agecom, UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
PT_BR
Relevância na Pesquisa
105.93%
Clipping de 01/08/2012: Caixeiros / Centro de Ciências Agrárias – CCA / UFSC / Banco do Brasil – BB / Caixa eletrônico / Falta de manutenção / Banheiros / Associação Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior – Andes / Segunda proposta do governo / Ministério do Planejamento / Greve / Movimento Pró-Revitalização da Praça Santos Dumont / Trindade / Curso de Arquitetura da UFSC / 11º Encontro Nacional de Ensino de Paisagismo em Escolas de Arquitetura e Paisagismo no Brasil / Campo Grande – MS / Praça Santos Dumont / Bar do Pida / Construtora GPinheiro / Associação dos Moradores do Bairro Trindade – Ambatri / Fundação Municipal do Meio Ambiente - Floram / Quarta ligação Ilha-Continente / Propostas / Ex-aluna da UFSC / Cemitério Jardim da Paz / Heber Lebarbechon / Colégio de Aplicação da UFSC / Udesc / Linha do equador / Desigualdades / Boa Vista - Roraima / Macapá – Amapá / Língua portuguesa / Ministério da Cultura / Planos estaduais de cultura / Regras para correçao de redações / Enem / Ministério da Educação / Manual A Redação do Enem 2012 – Guia do Participante / Diretoria de Avaliação da Educação Básica / Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep / Subentendidos / Enfermagem / Alunos do 5º ano / Colégio de Aplicação da UFSC / Geografia / Biomas brasileiros / Lara Duarte Souto-Maior / João Carlos Nucci / UFPR / Parque Estadual da Serra do Tabuleiro / Editora da UFSC / Série Ethica / A ética do uso e da seleção de embriões / Lincoln Frias Clipping de 02/08/2012: Maria Bethânia / Centro de Cultura e Eventos da UFSC / MEC / Guia / Redação / Enem / Português / Jogos Olímpicos de Londres / Educação / Técnico-Administrativos e docentes das instituições federais / Greve / Passeata / Florianópolis / 18º Top of Mind / Premiados / Jornal A Notícia / Grupo RBS / Instituto Mapa / UFSC / Roselane Neckel / Paulo Fernando Liedtke / Agência de Comunicação da UFSC / Federação das Indústrias de Santa Catarina – Fiesc / Santa Catarina / Transplantes de órgãos / Ranking de doadores / Ministério da Saúde / SUS / SC Transplantes / Joel de Andrade / Hospital Universitário – HU / Docentes da UFSC/ Segunda proposta do governo / Votação / Comando local de greve / Armando Lisboa / Conselho Universitário / Chefe de Gabinete / Carlos Vieira / Início do segundo semestre letivo / Webometrics Ranking of World Universities / Universidade de São Paulo - USP / Universidade Federal de Santa Catarina / Esclerose múltipla / Avelóz / Pesquisa / Rafael Cypriano Dutra / João Batista Calixto / Luiz Francisco Pianowski / Laboratório Kyolab Clipping de 03/08/2012: UFSC / 3ª Semana de Direitos Humanos / Auditório do Centro Socio-Econômico – CSE / Celesc / Antonio Gavazzoni / Lançamento de livros / Disponibilidade do Servidor Público / Constituição...

Desenvolvimento de um modelo conceitual da classificação internacional da funcionalidade, incapacidade e saúde baseado na web

Conceição, Cristiano Sena da
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 129 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
105.73%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento; Na atual sociedade do conhecimento, as novas tecnologias de informação e comunicação eliminam distâncias e aceleram processos. Desta forma, não é mais admissível o continuísmo na falha de comunicação entre os profissionais de saúde, organizações e gestores. A comunidade científica vem aplicando esforços na busca por soluções de padronização de terminologias e instrumentos de avaliação. Neste sentido, a Organização Mundial de Saúde desenvolveu a Classificação Internacional da Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF), uma padronização específica para o domínio da funcionalidade, incapacidade e saúde. Porém este instrumento é de difícil manuseio, o que tem-se tornado uma barreira para seu uso. Por este motivo, este trabalho busca criar um referencial teórico para o desenvolvimento de um modelo conceitual da CIF baseado na web. Isto por que a virtualidade permitida pela web vem cada vez mais fazendo parte do cotidiano das pessoas. No futuro próximo, os profissionais de saúde estarão conectados a uma intranet ou à web, e os dados da avaliação estarão organizados e disponíveis para reavaliação ou servirem de informação para pesquisas científicas e definição de práticas e políticas de saúde. O modelo escolhido permite a adequação da CIF ao uso em um ambiente virtual...

Clipping 2013-06-junho

Agecom, UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Imagem
PT_BR
Relevância na Pesquisa
105.91%
Clipping de 01, 02 e 03/06/2013: Presidente da Academia Catarinense de Letras Jurídicas, Cesar Luiz Pasold / Termos de cooperação / Ministério Público do Estado / Centro de Ciências Jurídicas da UFSC / Associação dos Magistrados Catarinenses / Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina / OAB / Academia Catarinense de Letras Jurídicas / Edição de livro / Professor Osni Régis / Pós-Graduação em Direito da UFSC / Resumos de trabalhos / 4º Congresso Latino Americano de Biotecnologia de Algas / 4º Workshop Rede Nacional de Biotecnologia de Algas / 9ª edição Prêmios Santander Universidades / Inscrições / Cessão de terras da UFSC / Duplicação da rua Deputado Antônio Edu Vieira / Comissão de Mobilidade Urbana / Projeto da Prefeitura / Boulevard / Coordenador do Grupo de Estudos da Mobilidade Urbana da UFSC, Professor Lino Peres / Boulevar Antônio Edu Vieira / Cruzamento trancado / Rua Professora Maria Flora Pausewang / Hospital Universitário da UFSC – HU / Avenida Professor Henrique da Silva Fontes / Ônibus / Pantanal / Serviço de entrega sustentável Bike Leva / Pequenos volumes / Mobilidade urbana / Avenida Beira-Mar Norte / Baía Sul / Bairro Saco dos Limões / UFSC / Proibição do uso de animais em aulas de Medicina da UFSC / Cirurgias em cães / Treinamento desnecessário / Editora da UFSC – EdUFSC / Livro Barcelona: Transformação Urbanística - 1929-1992 / Juan Antonio Zapatel / Feira do Livro de Joinville / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Capes / Fundação Técnica Espanhola de Cooperação Internacional / Pró-Reitoria de Pós-Graduação da UFSC / Moacir Loth / Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental da UFSC...

As tecnologias da informação e comunicação como vetores catalisadores de participação cidadã na construção de políticas públicas : o caso dos conselhos de saúde brasileiros

Garrossini, Daniela Favaro
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
105.81%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, 2010.; A descentralização do Estado brasileiro trouxe como centro das atenções o municipalismo, que passou a ser uma estratégia para o desenvolvimento social. No caso dos movimentos sociais e a esquerda brasileira, a descentralização retratou a possibilidade da divisão territorial, com abertura de espaços de gestão local carregar consigo uma visão multiplicadora de espaços de participação. Este trabalho de pesquisa trata sobre a questão do exercício da cidadania nos espaços de participação dos conselhos de saúde brasileiros. Buscou-se investigar se as Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) poderiam ser vetores catalisadores da ampliação dos espaços de participação cidadã no âmbito dos conselhos. Para tanto, como suporte metodológico utilizou-se a heurítica sistêmica crítica para delinear a rede de políticas, associado à Análise de Redes Sociais, com o objetivo de verificar como é construída a rede, quais os atores envolvidos neste processo e se as TICs podem contribuir com a ampliação do processo de participação cidadã na formulação de políticas públicas para o setor da saúde. A partir dos resultados encontrados...

A incorporação de tecnologias da informação e comunicação na educação profissional em saúde: contribuições para a rede de atenção oncológica

Souza, Telma de Almeida
Fonte: EPSJV Publicador: EPSJV
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
105.76%
Este estudo tem como objetivo analisar de que forma são utilizadas as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) pelos Centros de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (CACON), na educação permanente dos profissionais técnicos da saúde que trabalham na rede de atenção oncológica brasileira e discutir quais as contribuições desta incorporação, para superar as barreiras geográficas, temporais e financeiras de acesso à educação profissional em oncologia. Foi realizado estudo exploratório, por meio de pesquisa bibliográfica, documental e pesquisa de campo, utilizando a ferramenta FormSUS para o envio de formulários online aos CACON. Foi possível identificar o perfil de utilização das TIC na educação permanente dos profissionais em 17 CACON, públicos e privados, localizados em todas as regiões do país. A maioria realiza ensino presencial para capacitação de seus profissionais, utilizando as tecnologias relacionadas a este tipo de modalidade. Enquanto alguns (6%) desconhecem sobre o uso de tecnologias para qualificação profissional, outros (41%) utilizam ensino a distância e semipresencial. A maioria (88%) reconhece como contribuição das TIC a possibilidade de disseminar conteúdo para grande número de profissionais e de atualizá-los no próprio local de trabalho. Corrobora com o sentido apoiado pelas políticas governamentais analisadas. O uso das tecnologias aliado a um projeto pedagógico de educação integral do profissional pode democratizar os avanços reais trazidos pela tecnologia e contribuir para a desapropriação dos mecanismos de exploração do trabalhador...

Utilização das tecnologias de informação e comunicação (TIC) em escritórios : impacto nas características da tarefa e na saúde dos trabalhadores

Saraiva, David Pereira
Fonte: Universidade Técnica de Lisboa Publicador: Universidade Técnica de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
105.69%
Mestrado em Ergonomia; Resumo: Este relatório está dividido em duas partes. A primeira corresponde à actividade principal de estágio que se centra na análise das condições de trabalho em escritório. A introdução das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) originou mudanças significativas nos métodos de trabalho. No entanto, assistiu-se ao desenvolvimento de novos constrangimentos e a ocorrência de problemas músculo-esqueléticos, visuais e psicossociais. A abordagem ergonómica permite a análise e avaliação desses novos métodos, identificando e eliminando/reduzindo os perigos e riscos existentes com vista à melhoria das condições de trabalho. A amostra é constituída por 50 trabalhadores dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) de Oeiras e Amadora. Recorreu-se a entrevistas com um documento orientador da análise e observações, aplicando-se o método RULA, Matriz de avaliação e medição de parâmetros ambientais. Posteriormente utilizou-se o programa SPSS (análise descritiva e aplicação do teste do Qui-quadrado). Foram encontradas associações estatisticamente significativas entre alguns constrangimentos e sinais e sintomas músculo-esqueléticos, visuais e psicossociais...

As tecnologias da informação e comunicação (TIC) e os cuidados de saúde primários: o caso da USF Torre

Oliveira, Mónica Raquel Soares de
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
115.93%
Trabalho de projeto submetido como requisito parcial para a obtenção do grau de Mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação; Após 35 anos de existência, o Serviço Nacional de Saúde tem como elemento primordial o cidadão. A satisfação do utente, o desenvolvimento da literacia em saúde, a atualização de profissionais, instituições e cidadãos na utilização das tecnologias da informação e comunicação (TIC) adaptadas à saúde e a atenção focada nos Cuidados de Saúde Primários, com vista à prevenção da doença e promoção de estilos de vida saudáveis, são hoje o foco principal do Plano Nacional de Saúde. Nos últimos anos, o Governo português têm investido nas TIC porque acredita que «as tecnologias de informação e comunicação constituirão um instrumento determinante para a promoção da cidadania em saúde através da capacitação do cidadão em saúde, do incremento da sua literacia em saúde e da disseminação de informação preventiva e de promoção de estilos de vida saudáveis» (Alto Comissariado da Saúde, 2011: 23). Esta investigação surge no âmbito da utilização das TIC com vista a melhorar a qualidade dos serviços prestados em saúde, promover a literacia nesta área do saber e munir os cidadãos de informação útil e de confiança. O projeto de criação de um site para a Unidade de Saúde Familiar (USF) da Torre da Marinha...

Gestão do conhecimento e tecnologias da informação e comunicação em instituições públicas de saùde: um estudo em enfermeiros

Cruz, Sofia Gaspar; Ferreira, Maria Manuela Frederico
Fonte: Sinais Vitais Publicador: Sinais Vitais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 31/05/2013 POR
Relevância na Pesquisa
105.81%
Contexto: A gestão do conhecimento (GC) constitui actualmente o novo paradigma organizacional, fruto do reconhecimento da centralidade do conhecimento na economia. As tecnologias da informação e comunicação (TIC) constituem um conceito-chave no âmbito desta temática, dado serem consideradas facilitadoras das iniciativas de GC. Objectivos: Identificar o grau de ocorrência da GC e o grau de utilização das TIC nas instituições públicas de saúde, segundo a percepção dos enfermeiros; e analisar a relação entre a utilização das TIC e a GC. Método: Estudo de tipo quantitativo, descritivo-correlacional, realizado numa amostra de 418 enfermeiros de dez instituições de saúde. Para medir as variáveis GC e utilização das TIC utilizaram-se instrumentos de medida que foram por nós objecto de construção e validação. Resultados: Nas instituições públicas de saúde, a GC e a utilização das TIC apresentam valores médios de 3,32±0,60 e de 3,57±0,64, respectivamente (escala a variar entre 1 e 5). No que concerne à relação entre a GC e a utilização das TIC, os resultados mostram uma correlação positiva, moderada e estatisticamente significativa. Conclusão: Iniciativas no âmbito da GC estão presentes nas instituições públicas de saúde...

Validação de tecnologias de informação e comunicação no suporte a um sistema integrado de gestão orientado para o setor agroalimentar

Pereira, Marta Daniela Vaz
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
145.71%
Dissertação de Mestrado em Gestão Integrada da Qualidade, Ambiente e Segurança; Recentemente, tem-se assistido a uma crescente preocupação por parte das populações e de responsáveis políticos em relação à segurança alimentar. Uma das questões em constante debate diz respeito à necessidade de criação de padrões e requisitos legais internacionais em matéria da segurança alimentar. Com o objetivo de enquadrar a sistematização das várias vertentes do Sistema de Gestão nas Organizações foram estabelecidas normas para “cobrir” os requisitos das diversas vertentes dos sistemas de gestão, nomeadamente nas áreas da Gestão da Qualidade (ISO 9001:2008), Gestão da Segurança Alimentar (ISO 22000:2005), Gestão Ambiental (ISO 14001:2004) e Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho (OHSAS 18001:2008). De uma forma geral estas normas apresentam uma abordagem por processos, possibilitando a sua implementação integrada, o que faz todo o sentido ao nível das organizações estas serem adotadas como um todo. É pois através do crescente desenvolvimento das tecnologias de informação que cada vez mais se verifica uma crescente preocupação dos consumidores a este nível, tornando-se mais exigentes com os produtos e serviços que lhes são fornecidos. De uma outra forma...

Contributo das tecnologias de informação na gestão do regime terapêutico no diabético

Dias, Maria Assunção
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto; Instituto Politécnico de Bragança; Instituto Politécnico do Cávado e do Ave; Instituto Politécnico de Viana do Castelo Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia da Saúde do Porto; Instituto Politécnico de Bragança; Instituto Politécnico do Cávado e do Ave; Instituto Politécnico de Viana do Castelo
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
105.86%
A diabetes é a doença do seculo XXI, atinge mais de um milhão de portugueses cada vez mais jovens em idades trabalhadoras, e já custa mais de 1% do PIB, além dos enormes danos que pode causar às pessoas e à sociedade. Segundo o Relatório Anual do Observatório Nacional da Diabetes, em 2011, cerca de um quarto da população portuguesa integrada no escalão etário dos 60 aos 79 tem Diabetes. Um estudo realizado pelo Lisbon Internet and Networks Institute (LINI), em 2010, diz-nos que “a internet é um recurso para a informação e educação para a saúde”. Em 2010 49% dos lares portugueses possuem acesso à internet e 44% da população é utilizadora (acréscimo significativo relativamente aos 29% em 2003). Destes, dois terços têm entre os 15 e os 24 anos. Os idosos representam 1,6%, dos quais os reformados e pensionistas representam 5%, as domésticas representam 11% e os trabalhadores manuais 22%, sendo estes os menos utilizadores. Um terço da restante população procura informação sobre saúde semanalmente, cerca de 16%. Face à atual conjuntura económica, com restrições orçamentais, nomeadamente na área da saúde, devem-se encontrar meios para prevenir e lidar com a Diabetes numa perspetiva de custo-benefício...

Educacão a distância e inovacão tecnológica

Belloni,Maria Luiza
Fonte: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio Publicador: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2005 PT
Relevância na Pesquisa
115.71%
A crescente integração das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) aos processos de comunicação e educação torna necessária a concepção de novas formas de se organizar e ofertar o ensino. Neste contexto, o presente artigo aborda a educação a distância (Ead) apontando para os riscos implicados em se confundir inovação técnica com inovação pedagógica e destacando a importância de se transferir o foco da discussão sobre a EaD da 'modalidade' para o 'método', da organização do ensino para os modos de ensinar e aprender. Para isso, é preciso considerar a técnica em sua dupla dimensão - objeto de estudo e ferramenta pedagógica - e a educação em seu caráter interdisciplinar. A abordagem aqui apresentada contrapõe-se à concepção tecnicista do ensino, deslocando a tecnologia do centro do processo educacional e colocando em destaque a dimensão histórica e social da educação. Acredita-se que, mais que uma forma de preencher as lacunas do sistema educacional, a EaD tende a se tornar um elemento regular dos atuais sistemas de ensino, podendo contribuir para a democratização do acesso à educação, caso se realize na perspectiva da aprendizagem aberta e de forma integrada com o ensino convencional.

A infoexclusão e infoinclusão do idoso nas tecnologias de informação e comunicação - São Paulo

Pereira, Edson Marques
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
105.8%
Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação, Especialização em Comunicação e Tecnologia Educativas; As tecnologias de informação e comunicação avançam com velocidade impressionante. A cada dia surgem inovações, modificações, modernizações e/ou aperfeiçoamentos daquilo que já existe. Tais avanços e transformações acabam por exigir dos usuários rápida compreensão e domínio das linguagens e mecanismos de acesso, capacidade para decodificar seus signos e emblemas e, sobretudo, capacidade financeira para aquisição das ferramentas. Embora prevaleça a sensação de estarmos todos envoltos numa revolução tecnológica, vivenciando na plenitude a almejada sociedade da informação, caminhando a passos largos rumo à sociedade do conhecimento, é fato que a realidade é bem outra. Ao contrário, os avanços tecnológicos tem deixado como rastro verdadeira legião de excluídos. As causas e origens são diversas, dentre elas podemos citar as de questões econômicas e financeiras, desequilíbrios estruturais em níveis regionais, necessidades especiais quer seja de ordem física, quer seja psíquica, trabalhar e/ou morar em zonas rurais, ser parte integrante das comunidades indígenas e quilombolas (descendentes de escravos que sobrevivem em quilombos...

Promoçao de saúde juvenil e tecnologies da informação e da comunicação : ciudadania ativa, organização coletiva e saúde

Oliveira, Alexandre dos Anjos de
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceObject; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
115.75%
O presente trabalho tem como objetivo problematizar o uso das tecnologias da informação e da comunicação (TIC) nas práticas de promoção de saúde juvenil realizadas em centros abertos voltados para a população jovem. Neste sentido, toma como referencia um projeto desenvolvido dentro do Programa de Saúde Juvenil de uma cidade do município de Barcelona, na Espanha, que conta com uma população estimada em 14 mil habitantes, dos quais aproximadamente 2500 pessoas pertencem ao coletivo juvenil (17,86% da população). O projeto em questão, conhecido como “Fazemos Imagem”, foi desenhado e implementado pelo agente de saúde juvenil depois de sua incorporação ao corpo de profissionais da Secretaria de Juventude do referido município, e tinha como objetivo trabalhar, a partir da produção audiovisual, temas de saúde – sexualidade, drogas e alimentação – com jovens com idades compreendidas entre 12 e 18 anos. Tendo em vista o concomitante papel de agente de saúde e pesquisador, este trabalho adota como referencial teórico-metodológico os pressupostos da pesquisa-intervenção, considerando ainda a revisão bibliográfica sobre a temática, as entrevistas realizadas com os professionais e alguns jovens implicados no projeto e o desenvolvimento/acompanhamento das atividades...

Recursos tecnológicos de apoio ao ensino na saúde

Peres, Cristiane Martins; Suzuki, Kátia Mitiko Firmino; Azevedo-Marques, Paulo Mazzoncini de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 08/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
105.78%
A inserção das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) no universo da atenção à saúde tem conduzido a mudanças de métodos de ensino e de processos na assistência, gerando também novos conceitos, com destaque para o de eSaúde. No início do século XXI um conjunto de inciativas para apoio ao uso das TICs nos diversos contextos da área da saúde passa a ganhar corpo no Brasil, tendo como destaques, o Telessaúde Brasil Redes, UNA-SUS (Universidade Aberta do SUS) e RUTE (Rede Universitária de Telemedicina). O foco desses programas se concentra no aperfeiçoamento contínuo dos profissionais com finalidades de atualização, capacitação técnica, cursos de aperfeiçoamento e discussão de casos clínicos na área da saúde. O movimento da utilização das TICs também tem progredido em direção a melhoria do processo de ensino e aprendizagem nos cursos de graduação, contudo ainda de forma limitada. Os recursos online e modelos de EAD que podem ser utilizados são muitos. Mas, ainda que várias instituições os ofereçam, há todo um entrono de planejamento educacional que precisa ser considerado. O papel da docência nesse contexto deve ser bem definido, para que as competências específicas para potencializar possíveis sucessos na utilização das TICs sejam desenvolvidas pelos docentes. Em uma análise com perspectiva institucional...

Uso de tecnologias da informação e comunicação na educação em saúde. Problematização e desenvolvimento

Rocha, Juan Stuardo Yazlle
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 08/06/2015 POR
Relevância na Pesquisa
105.74%
É discutido o impacto das tecnologias da informação e comunicação na produção e distribuição de conhecimentos, na cultura e no ensino. A grande disponibilidade de informações, documentos e cursos gratuitos em todas as áreas e na saúde em particular impacta a educação. A emergência de novas demandas de formação e qualificação de profissionais que devem ser atendi-das representam novos desafios à forma de ensinar. Há crescimento das inte-rações entre alunos, docentes, conteúdos e os ambientes de atuação que re-querem do apoio de teorias explicativas acerca do aprendizado “online”. Diri-gentes acadêmicos reconhecem a importância das transformações e procuram promover novas estratégias educacionais. As ferramentas para a educação online estão presentes e são muito difundidas, mas há falta de preparação e treinamento dos docentes. Instituições de ensino nas ciências da saúde devem investir na preparação de recursos humanos além da infraestrutura tecnológica.

The use of information technology in the postgraduate course in the health promotion in Brazil and Costa Rica; ; O uso de tecnologias de informação e comunicação (TIC) em experiências de pós-graduação sobre promoção da saúde no Brasil e na Costa Rica

Germani, Ana Claudia Camargo Gonçalves; Oliveira, Alfredo Almeida Pina de; Ferreira, Hellen Pimentel; Yano, Angela Cristina; Sancho, Gabriela Murillo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
105.81%
As Conferências Internacionais de promoção da saúde ressaltam a necessidade de reorientação dos serviços como campo de ação da área. Em especial a Carta de Bangkok menciona as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). Nesta direção, o ensino baseado em TIC surge como forma de fortalecer o aprender a aprender, também na área de promoção da saúde, tema ainda latente nas graduações. Objetivo: Descrever o uso das TIC em cursos de pós-graduação com foco na promoção da saúde. Método: Trata-se de uma análise descritiva das abordagens de ensino apoiadas em TIC em três experiências. A primeira, na modalidade de atualização/especialização (lato senso), é parte das ações de extensão do Departamento de Clínica Médica e vem incorporando as TIC ao longo de seus 10 anos de existência. A segunda experiência aborda uma disciplina de pós-graduação stricto senso do Programa de Saúde Coletiva, sob responsabilidade do Departamento de Medicina Preventiva. Por fim, é apresentada a disciplina de pós-graduação também stricto senso de Enfermagem da Faculdade de Medicina na Universidade da Costa Rica. Resultados: Apresentam-se quadros sintéticos sobre o uso de diferentes TIC bem como os objetivos pedagógicos pretendidos e a natureza da atividade. Conclusão: O atual uso das TIC evidencia a oportunidade de espaço e estímulo para construção e re-construção do conhecimento em Educação e Promoção da Saúde. Reconhecer as potencialidades e os limites do uso de TIC contribui para a formação interprofissional de promotores da saúde com ênfase em uma educação transformadora.; Global Conferences on Health Promotion underscore the need for reorientation of services as a field of action in the area. In particular the Bangkok Charter mentions the Information and Communication Technologies (ICT). In this sense...