Página 1 dos resultados de 365 itens digitais encontrados em 0.062 segundos

Tristeza parasitária bovina no Sertão da Paraíba; Cattle tick fever in the semiarid region of the Brazilian state of Paraiba

Costa, Valéria M. M.; Rodrigues, Alberto L.; Medeiros, João M. A.; Labruna, Marcelo Bahia; Simões, Sara V. D.; Riet- Correa, Franklin
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.21%
Descrevem-se 24 surtos de tristeza parasitária bovina no sertão paraibano, sendo 18 de anaplasmose por Anaplasma margimale, dois de babesiose por Babesia bigemina, dois por Babesia não identificada e dois por infecção mista de A. marginale e Babesia sp. Os surtos ocorreram entre agosto de 2007 a outubro de 2009, porém, com uma concentração dos surtos no final do período chuvoso e início do período seco de cada ano, sendo 22 em animais adultos e dois em bezerros de aproximadamente 11 meses. Dois surtos ocorreram em bovinos da raça Nelore, um em animais da raça Gir e os 21 restantes ocorreram em animais das raças Holandês, Pardo Suiço e mestiços das mesmas com zebuínos. Conclui-se que no sertão da Paraíba há áreas de instabilidade enzoótica, ocorrendo surtos de tristeza no final da época de chuvas, principalmente nas áreas de planaltos e serras da região da Borborema e em áreas úmidas como a Bacia do Rio do Peixe, Rio Piranhas e Rio Espinharas em que há a formação de microclimas favoráveis à sobrevivência do carrapato.; Twenty four outbreaks of cattle tick fever are reported in the semiarid region of Paraiba known as Sertão. Eighteen outbreaks were caused by Anaplasma. marginale, two by Babesia bigemina...

Perfil epidemiológico dos surtos de toxinfecções alimentares no município de Limeira-SP; Epidemiological profile of the foodborne disease outbreaks in the city of Limeira, SP

Barretto, Tiago Luis
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/2007 PT
Relevância na Pesquisa
86.19%
O presente estudo teve como objetivo analisar os surtos de toxinfecções alimentares ocorridos no município de Limeira, SP, no período de julho de 2005 a julho de 2006, por meio da estrutura existente na vigilância epidemiológica do município e, subsidiar ações com vistas à redução da ocorrência dos mesmos. Foram analisados os locais de ocorrência, os comensais envolvidos, as características da doença, os prováveis alimentos/preparações envolvidos - incriminados por meio do cálculo do Risco Relativo - RR, o nível de adequação das Boas Práticas de Higiene - BPH de acordo com a RDC nº216 da Agencia Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA (BRASIL, 2004) e os prováveis agentes etiológicos responsáveis. No período de estudo, foram notificados e investigados 7 surtos de toxinfecções alimentares com o envolvimento de 95 pessoas, das quais 67 (70,5%) adoeceram. Dos surtos investigados, 85,7% ocorreram em residências e a contaminação dos alimentos/preparações ocorreu principalmente nas etapas de manipulação e preparação. Os surtos ocorreram em locais nos quais a média percentual de itens não-conformes com as BPH variou de 30,4 a 76,9. Os fatores que contribuíram para a ocorrência dos surtos foram: armazenamento sob temperatura inadequada (71...

Surto de Klebsiella pneumoniae produtora de beta-lactamase de espectro estendido relacionada à colonização persistente das mãos de uma profissional de saúde em uma unidade de terapia intensiva neonatal; Outbreak of extended spectrum beta-lactamase-producing Klebsiella pneumoniae infection in a neonatal intensive care unit related to the hands of a healthcare worker

Boszczowski, Ícaro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.06%
O objetivo desta dissertação foi descrever a investigação de um surto de Klebsiella pneumoniae em uma unidade de terapia intensiva neonatal cujo elo entre os casos foi a mão, persistentemente colonizada pelo agente, de uma técnica de enfermagem que apresentava onicomicose em primeiro quirodáctilo esquerdo. Revisou-se a história da aplicação do método epidemiológico na investigação de surtos de infecção relacionada à assistência à saúde. Foi revisada também a literatura pertinente à investigação de surtos na busca de situações semelhantes. Embora seja bem conhecido o papel das mãos de profissional de saúde na transmissão cruzada de agentes causadores de infecção nosocomial, poucos surtos foram publicados em que estes profissionais atuaram como fonte comum e persistente de infecção. É mais freqüente Gram-positivos envolvidos, havendo cinco relatos de Gram-negativos neste contexto. A contribuição desta dissertação é alertar para o risco que profissionais de saúde com alterações tróficas em mãos e anexos podem representar quando atuam em unidades críticas de assistência, assim como durante investigações de surto em que a evidências apontam para uma fonte comum, a busca de profissional com tais alterações deve ser considerada; The aim of this study was to describe the investigation of an outbreak of Klebsiella pneumoniae at a neonatal intensive care unit...

Avaliação quantitativa do risco de Salmonella e Listeria monocytogenes em vegetais minimamente processados; Quantitative risk assessment of Salmonella and Listeria monocytogenes in minimally processed vegetables

Sant'Ana, Anderson de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
85.77%
A ocorrência de surtos de doencas associadas aos vegetais minimamente processados (VMP) tem chamado a atenção para a sua segurança microbiológica. A avaliação quantitativa de riscos permite que o impacto das materias-primas e processamento seja avaliado e os resultados obtidos sejam usados para gestão e comunicação do risco. Desta forma, o presente estudo objetivou quantificar o risco de infecções por Salmonella spp. e Listeria monocytogenes a partir do consumo de VMP no Brasil. Um total de quinhentas e doze amostras de VMP foram analisadas e foi possivel enumerar e detectar Salmonella em 0,4% e 0,4% das amostras, respectivamente. L. monocytogenes foi enumerada e detectada em 0,97% e 3,1% das amostras analisadas, respectivamente. Os isolados de Salmonella spp. (n=4) e L. monocytogenes (n=69) foram confirmados por PCR e caracterizados por sorotipagem tradicional. Os isolados de L. monocytogenes foram caracterizados quanto ao ribotipo, resistencia ao cloro, taxa de multiplicação (µ), capacidade de formação de biofilmes e presença de genes de virulência. O sorovar predominante entre Salmonella spp. foi S. Typhimurium. Em relação a L. monocytogenes, observou-se prevalência do sorotipo 4b e do ribogrupo DUP-1038 e presenca de genes de virulência em 100% (inlA) e 97% (inlC e inlJ) dos isolados. A maioria dos isolados de L. monocytogenes foi resistente a exposição a 125 ppm de cloro livre...

Perfil de susceptibilidade antimicrobiana e genes de virulência em cepas de Salmonella spp. isoladas de alimentos associados ou não à toxinfecções alimentares; Antimicrobial resistance profile and virulence genes in Salmonella spp. strains isolated from foods associated and non-associated to foodborne disease outbreaks

Rowlands, Ruth Estela Gravato
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
75.92%
Salmonella é o agente etiológico mais comumente envolvido em casos e surtos de doenças diarréicas de origem alimentar no Brasil e outros países. A preocupação com este patógeno é, ainda, maior quando se verifica o surgimento e disseminação de cepas multi-resistentes e potencialmente mais patogênicas. O presente estudo teve como objetivo caracterizar 237 cepas Salmonella spp. distribuídas entre 50 sorovares diferentes, isoladas de alimentos associados e não associados à toxinfecções alimentares, quanto ao perfil de susceptibilidade antimicrobiana e presença dos genes de virulência spvC, invA, sefA e pefA. O gene invA foi detectado em todas as cepas de Salmonella. Com relação aos demais genes estudados, spvC e pefA foram encontrados em 48,1% e 44,3% das cepas, respectivamente. O gene sefA foi detectado em 31,6% das cepas, estando presente somente entre as cepas de S. Enteritidis. Ainda com relação à presença dos genes de virulência, as cepas de S. Enteritidis foram classificadas em três perfis, com predominância (90,7%) do perfil constituído pelos quatro genes de virulência. Quanto ao perfil de susceptibilidade antimicrobiana, 46,8% do total de cepas avaliadas foram sensíveis a todos os agentes antimicrobianos...

Estudo descritivo da pandemia da Influenza A(H1N1)pdm09 no Brasil, 2009-2010; Descriptive study of pandemic influenza A(H1N1)pdm09 in Brazil, 2009-2010

Rossetto, Erika Valeska
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
75.92%
A influenza ou gripe é uma doença aguda do sistema respiratório, de alta transmisssibilidade e presente em todo o mundo. Os vírus influenza A tem freqüente capacidade de mutação antigênica, podendo assim causar epidemias sazonais e pandemias com repercussão social e econômica. O objetivo deste estudo foi descrever a pandemia de influenza pelo vírus A(H1N1)pdm09 no Brasil. Foi desenvolvido um estudo descritivo, nos anos de 2009 e 2010. Utilizou-se como fonte de dados os casos notificados no SINAN, módulo influenza pandêmica e da declaração de óbito do SIM. Foram calculadas medidas de frequência, medida de tendência central e medidas de dispersão. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da FM-USP. Foram notificados no SINAN 105.054 casos suspeitos de influenza A(H1N1)pdm09. Destes, 53.797 (51,20%) foram encerrados como influenza por novo subtipo viral. Entre os casos confirmados, 56,73% eram do sexo feminino. A média de idade dos confirmados foi de 26,31 (dp ± 18,10) anos. O período mais freqüente de início de sintomas compreende as SE 31 a 34 de 2009. A febre foi o sinal mais freqüente entre os confirmados (99,74%) e a presença de comorbidades foi notificada em 32,53% dos casos. Em 2009, foram confirmados casos nos 26 Estados e no Distrito Federal. A incidência de SRAG por influenza na população no ano de 2009 foi de 28...

Identificação de enterotoxinas produzidas por linhagens de Staphylococcus aureus envolvidas em surtos de doenças transmitidas por alimentos no período de 2002 a 2003 no Rio Grande do Sul.

Longaray, Solange Mendes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.23%
O Staphylococcus aureus está freqüentemente envolvido em surtos de intoxicação alimentar. Geralmente esses surtos têm início abrupto, causando náusea e vômito nos acometidos. Na elucidação deste tipo de surtos é necessário que seja investigada a presença da enterotoxina no alimento e/ou a capacidade enterotoxigênica da bactéria isolada. A partir disso, o objetivo do presente estudo foi implantar uma técnica de detecção de enterotoxinas e avaliar a capacidade enterotoxigênica de linhagens de Staphylococcus aureus isolados de surtos. Trinta linhagens isoladas, no período de 2002 a 2003, de alimentos envolvidos em surtos no Rio Grande do Sul foram identificadas e avaliadas quanto à capacidade de produzir enterotoxinas SEA, SEB, SEC e SED, através da técnica de sensibilidade ótima em placa-OSP.Ao lado disso, os dados epidemiológicos relativos aos surtos de origem foram coletados. Os resultados obtidos demonstraram que todas as linhagens foram positivas no teste da catalase, coagulase em tubo, prova de termonuclease, teste de hemólise e fermentaram a maltose e o manitol, sendo confirmadas como Staphylococcus aureus. Todas as linhagens produziram enterotoxina SEA, 24 produziram SEB, 12 SEC e 6 SED, isoladamente ou em associação.A maioria das linhagens foi isolada de alimentos submetidos à grande manipulação durante seu preparo e apresentaram contagens superiores a 106 UFC/g de Staphylococcus aureus...

Desenvolvimento e padronização de métodos para detecção de Trypanosoma cruzi em polpa de açaí (Euterpe oleracea)

Vieira, Anderson Rodrigues Araujo
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
76.01%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, 2015.; Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo restrito: introdução, objetivos e material e métodos.; A tripanossomíase americana ou doença de Chagas (DC) é uma doença que afeta principalmente a população pobre de países latino americanos. Estima-se que 7-8 milhões de pessoas estão infectadas com Trypanosoma cruzi na América Latina, sendo que cerca de 2 a 3 milhões de pessoas são portadoras da forma crônica no Brasil. Apesar da realização do controle da transmissão vetorial da DC em regiões endêmicas, formas alternativas de transmissão tornaram-se evidentes como a transmissão oral. A transmissão oral ocorre principalmente pela ingestão acidental de triatomíneos infectados ou de alimentos contaminados com dejetos desses triatomíneos ou secreções de animais silvestres infectados com T.cruzi. O suco do açaí produzido artesanalmente é tido hoje como o principal responsável por surtos da DC no Norte do Brasil, pequenos surtos da DC já foram registrados após grupo de pessoas ingerirem a bebida contaminada com T.cruzi nos estados do Amapá, Amazonas e Pará. O objetivo desse trabalho é desenvolver e validar uma metodologia para detectar contaminação por T. cruzi em pasta e bebida de açaí (Euterpe oleracea). Para isto...

Febre amarela silvestre: reemergência de transmissão no estado de São Paulo, Brasil, 2009

Mascheretti,Melissa; Tengan,Ciléa H; Sato,Helena Keiko; Suzuki,Akemi; Souza,Renato Pereira de; Maeda,Marina; Brasil,Roosecelis; Pereira,Mariza; Tubaki,Rosa Maria; Wanderley,Dalva M V; Fortaleza,Carlos Magno Castelo Branco; Ribeiro,Ana Freitas
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
75.95%
OBJETIVO Descrever a investigação do surto de febre amarela silvestre e as principais medidas de controle realizadas no estado de São Paulo. MÉTODOS Estudo descritivo do surto de febre amarela silvestre na região sudoeste do estado, entre fevereiro e abril de 2009. Foram avaliados casos suspeitos e confirmados em humanos e primatas não humanos. A investigação entomológica, em ambiente silvestre, envolveu captura em solo e copa de árvore para identificação das espécies e detecção de infecção natural. Foram realizadas ações de controle de Aedes aegypti em áreas urbanas. A vacinação foi direcionada para residentes dos municípios com confirmação de circulação viral e nos municípios contíguos, conforme recomendação nacional. RESULTADOS Foram confirmados 28 casos humanos (letalidade 39,3%) em áreas rurais de Sarutaiá, Piraju, Tejupá, Avaré e Buri. Foram notificadas 56 mortes de primatas não humanos, 91,4% do gênero Alouatta sp . A epizootia foi confirmada laboratorialmente em dois primatas não humanos, sendo um em Buri e outro em Itapetininga. Foram coletados 1.782 mosquitos...

Controle de surto de meningite meningocócica do sorogrupo C no Município de Corupá, Santa Catarina, Brasil, com ações rápidas e efetivas de vigilância epidemiológica e imunização

Puricelli,Rubens Carlos Bassani; Kupek,Emil; Bertoncini,Rita de Cássia C.
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
75.92%
No ano de 2001, num período de sete dias, em município de pequeno porte localizado na região norte de Santa Catarina, Brasil, foram registrados oito casos de doença meningocócica entre adolescentes e adultos jovens, correspondendo a uma taxa de ataque de 367,5 casos/100 mil habitantes deste segmento populacional. Exames laboratoriais identificaram o meningococo do sorogrupo C em três dos oito casos, o que permitiu utilizar, de acordo com os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde do Brasil, a estratégia do bloqueio vacinal anti-C para o controle do agravo naquela população sob risco. A vacinação foi levada a todas as pessoas maiores de dois anos de idade, residentes no município. A ausência de casos da doença meningocócica naquela comunidade nos 12 meses após o bloqueio vacinal sinaliza para a importância da pronta intervenção no controle de surtos pela enfermidade.

Levantamento de dados epidemiológicos relativos à ocorrências/ surtos de doenças transmitidas por alimentos (DTAs) no estado do Paraná Brasil, no período de 1978 a 2000

Van Amson,Gisele; Haracemiv,Sônia Maria Chaves; Masson,Maria Lucia
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
76.3%
As doenças transmitidas por alimentos (DTAs) são causadas por agentes biológicos, químicos ou físicos, os quais penetram no organismo humano pela ingestão de água ou alimentos contaminados. Este trabalho tem como objetivo a realização de um levantamento dos dados disponíveis sobre surtos de origem alimentar ocorridos no Paraná, no período de 1978 a 2000. O perfil epidemiológico das doenças transmitidas por alimentos no Brasil ainda é pouco conhecido, somente alguns estados e/ou municípios dispõem de estatísticas e levantamentos reais sobre os agentes etiológicos mais comuns, alimentos mais freqüentemente envolvidos e fatores contribuintes. Além disso, doenças transmitidas por alimentos nem sempre são oficialmente notificadas. No Paraná, dados obtidos oficialmente e disponíveis de surtos de DTAs apontam como agentes etiológicos mais freqüentes os de origem bacteriana, destacando-se Staphylococcus aureus e Salmonella sp. Verifica-se que os alimentos mais freqüentemente associados aos surtos são de origem animal, sendo os domicílios os locais de ocorrência de maior incidência. O número de surtos de DTAs cresce a cada ano e grande parte dos consumidores desconhece os requisitos necessários para uma correta manipulação de alimentos...

Unidades produtoras de refeições dos meios de hospedagem de Maceió : avaliação dos requisitos de boas práticas na manipulação de alimentos; Meal s producer units in hotel of Maceió : requirement evaluation of good practices in food manipulation

Gomes, Maria de Fátima Feitosa Amorim
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Nutrição; Programa de Pós-Graduação em Nutrição; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Nutrição; Programa de Pós-Graduação em Nutrição; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
86.02%
Every consumer has the right to food that is safe and fit for consumption. Diseases transmitted by foods increase the costs of health care and of the investigation of outbreaks. They can be damaging to trade and tourism by reducing revenues thereby leading to unemployment, or through lawsuits. The food production chain is very critical in its various stages, and certainly is responsible to the larger outbreaks of foodborne diseases, arising in most cases from a deficiency in the facilities, the absence of control in the acquisition of raw materials and the lack of training of the food handlers, both in terms of hygiene and personal presentation in the aspects of reception, storage, preparation, maintenance and distribution of meals. The growth in providers of food services in Brazil is around 20% per annum, which implies changes and innovations arising from our own society, the production sectors, forms of practice, legal codes and quality control systems. Aiming at contributing to the quality of meals sold, this study discusses aspects related to Best Practices in Food Handling, applied to the Unidades Produtoras de Refeições of lodging facilities, specifically hotels, in Maceio, capital of Alagoas State. Criteria related to Best Practices in Food Handling was collected...

Levantamento de dados epidemiológicos relativos à ocorrências/ surtos de doenças transmitidas por alimentos (DTAs) no estado do Paraná Brasil, no período de 1978 a 2000

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
76.3%
As doenças transmitidas por alimentos (DTAs) são causadas por agentes biológicos, químicos ou físicos, os quais penetram no organismo humano pela ingestão de água ou alimentos contaminados. Este trabalho tem como objetivo a realização de um levantamento dos dados disponíveis sobre surtos de origem alimentar ocorridos no Paraná, no período de 1978 a 2000. O perfil epidemiológico das doenças transmitidas por alimentos no Brasil ainda é pouco conhecido, somente alguns estados e/ou municípios dispõem de estatísticas e levantamentos reais sobre os agentes etiológicos mais comuns, alimentos mais freqüentemente envolvidos e fatores contribuintes. Além disso, doenças transmitidas por alimentos nem sempre são oficialmente notificadas. No Paraná, dados obtidos oficialmente e disponíveis de surtos de DTAs apontam como agentes etiológicos mais freqüentes os de origem bacteriana, destacando-se Staphylococcus aureus e Salmonella sp. Verifica-se que os alimentos mais freqüentemente associados aos surtos são de origem animal, sendo os domicílios os locais de ocorrência de maior incidência. O número de surtos de DTAs cresce a cada ano e grande parte dos consumidores desconhece os requisitos necessários para uma correta manipulação de alimentos...

Vulnerabilidade Social e ocorrência de doenças gastrointestinais associadas com inundações no Município de São Paulo; Social vulnerability and the occurrence of gastrointestinal diseases associated with floods in São Paulo, Brasil

Benitez, Doris Jimena Roncancio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/05/2015 PT
Relevância na Pesquisa
75.97%
As inundações podem ter um grande impacto na saúde das populações. Doenças produzidas pela exposição direta ou indireta às águas, podem resultar em surtos de doenças gastrointestinais, infecções respiratórias, leptospirose entre outras. Já que os cenários de mudança climática predizem o aumento na frequência e severidade das inundações devido ao aquecimento global, é necessário ter claridade nos impactos gerados sobre a saúde humana como reflexo dos efeitos combinados das mudanças climáticas sobre os ecossistemas, o sistema econômico e o sistema social. A pesquisa visa analisar a vulnerabilidade da população do município de São Paulo às doenças infecciosas relacionadas com inundações. O processo tem como fio condutor o modelo de avaliação da vulnerabilidade conhecido como modelo de vulnerabilidade expandida. Dez variáveis consideradas como representativas para o município de São Paulo, foram escolhidas para a análise da vulnerabilidade social, correlacionadas e analisadas dentro da unidade espacial bacia hidrográfica para o ano 2010, mediante a análise de componentes principais. Bases de dados de precipitação da Rede Telemétrica de Pluviômetros de Superfície do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAAE)...

Surtos de infecção por Piscinoodinium pillulare e Henneguya spp. em pacus (Piaractus mesopotamicus) criados intensivamente no Sudoeste de Goiás

Sant'Ana,Fabiano J.F. de; Oliveira,Sílvio L. de; Rabelo,Rogério E; Vulcani,Valcinir A.S; Silva,Samuel M.G. da; Ferreira Júnior,Jair A
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76%
Três surtos de infecção por Piscinoodinium pillulare e Henneguya spp. em Piaractus mesopotamicus criados intensivamente no Sudoeste de Goiás são descritos. Dois surtos ocorreram no inverno e um no verão. As taxas de morbidade (58,57%-90%) e mortalidade (100%) foram determinadas. Episódios de estresse ocorreram previamente em todos os casos. Sinais clínicos incluíam mudanças comportamentais e movimentos erráticos com perda de equilíbrio. Os principais achados macroscópicos foram tumefação das brânquias com exsudato mucoso esbranquiçado. Microscopicamente, as brânquias apresentaram inflamação linfoplasmocítica e necrosante, multifocal, leve a moderada, com hipertrofia e fusão de lamelas secundárias. Adicionalmente, numerosos trofontes intralesionais de P. pillulare e cistos de Henneguya spp. foram notados. Para o conhecimento dos autores, essa parece ser a primeira descrição de infecção por P. pillulare e Henneguya spp. em peixes criados no Sudoeste de Goiás.

Levantamento de dados epidemiológicos de ocorrências/ surtos de doenças transmitidas por alimentos no Distrito Federal (2008 a 2012)

Santos, Leticia de Souza
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
86.27%
Os esforços das autoridades sanitárias em estabelecer normas para a melhoria da segurança alimentar não descartam a existência de doenças transmitidas por alimentos (DTA), que continuam sendo um problema de saúde pública, no Brasil e no mundo. As DTA são causadas por agentes biológicos, químicos ou físicos, os quais penetram no organismo humano pela ingestão de água ou alimentos contaminados. Sendo assim, este estudo teve como objetivo conhecer o perfil epidemiológico dos surtos de toxinfecção alimentar e a evolução das DTA ocorridos no Distrito Federal, entre janeiro de 2008 e agosto de 2012. A coleta dos dados se deu a partir dos informes anuais de DTA no Núcleo de Agravos de Transmissão Hídrica e Alimentar e apresentaram os seguintes resultados: a) Os anos de 2009 e 2010 foram os que apresentaram maiores números de surtos notificados; b) tortas, bolos, água e alimentos proteicos foram os alimentos contaminados mais comuns; c) o agente etiológico de maior destaque foi a Salmonella spp d) a faixa etária mais vulnerável foi entre 20 e 49 anos. Conclui-se que é necessário estimular a notificação dos surtos de DTA, mantendo a educação continuada dos profissionais de produção de alimentos, garantindo o acesso da população às informações e conhecimentos necessários à prevenção e controle de surtos.; Nutrição

Surto de abscessos cutâneos persistentes por Mycobacterium chelonae pós-mesoterapia, Lima, Peru; Outbreak of persistent cutaneous abscesses due to Mycobacterium chelonae after mesotherapy sessions, Lima, Peru

Munayco, César V; Grijalva, Carlos G; Culqui, Dante R; Bolarte, José L; Suárez-Ognio, Luis A; Quispe, Neyda; Calderon, Roger; Ascencios, Luis; Del Solar, Manuel; Salomón, Martín; Bravo, Francisco; Gotuzzo, Eduardo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2008 ENG
Relevância na Pesquisa
75.92%
Surtos de micobactérias de crescimento rápido têm sido relatados ocasionalmente. O estudo relata um surto de abscessos cutâneos por Mycobacterium chelonae após sessões de mesoterapia em Lima, Peru. De dezembro de 2004 a janeiro de 2005, 35 pessoas que haviam passado por sessões de mesoterapia apresentaram esses abscessos cutâneos. Treze (37%) desses casos suspeitos concordaram em realizar exames clínicos. Foram realizadas biópsias de punção de pele de lesões suspeitas e examinadas substâncias injetadas durante a mesoterapia. Os casos suspeitos eram predominantemente mulheres jovens e as lesões incluíram nódulos subcutâneos, abscessos e úlceras. Mycobacterium chelonae foi isolada de quatro pacientes e de um frasco de procaína. Em conclusão, é importante considerar a mesoterapia como fonte potencial de infecções de micobactérias de crescimento rápido.; Outbreaks of rapidly growing mycobacteria have been occasionally described. The article reports an outbreak of cutaneous abscesses due to Mycobacterium chelonae following mesotherapy in Lima, Peru. From December 2004 through January 2005, 35 subjects who had participated in mesotherapy training sessions presented with persistent cutaneous abscesses. Thirteen (37%) of these suspected cases consented to underwent clinical examination. Skin punch-biopsies were collected from suspicious lesions and substances injected during mesotherapy were analyzed. Suspected cases were mainly young women and lesions included subcutaneous nodules...

Varicella outbreak in the Capela do Socorro, 2005; Surtos de varicela em creches na Capela do Socorro em 2005

Carvalho, Julio Zonzini Máximo de; Rodrigues, Thiago Ribeiro; Azzi, Tatiana Tarules; Burihan, Patrícia Carla Piragibe Ramos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2007 POR
Relevância na Pesquisa
96.13%
A varicela é uma doença causada pelo vírus varicela-zoster. A varicela é extremamente transmissível, sendo transmitida de pessoa a pessoa, com risco maior em ambientes fechados, como creches, salas de aula e enfermarias. A vacina é segura e imunogênica em crianças, adultos saudáveis e em pacientes imunocomprometidos e mostra boa tolerabilidade com poucas reações colaterais possuindo eficácia de 80%. O objetivo do trabalho foi analisar os surtos de varicela ocorridos em creches na região da Capela do Socorro, em 2005. O estudo realizado foi transversal, através do levantamento de dados dos surtos ocorridos em creches ao longo do ano de 2005, na região da Supervisão de Vigilância em Saúde (SUVIS) Capela do Socorro. Foram analisadas 36 instituições, cada uma com 1 surto de varicela, observando-se 617 casos em um total de 6845 alunos, com uma taxa de ataque 9,01%. Os dados obtidos mostraram predomínio da faixa etária de 1 a 4 anos (x2=195.50), dos meses de inverno (61.11% dos surtos) e maior número de surtos nas instituições próximas as UBS Veleiros, República e Mirna, respectivamente. A CEI José Molina Junior foi a que apresentou maior taxa de ataque (38,46%). Devido ao alto grau de transmissibilidade da varicela e da extrema rapidez com que a mesma pode se disseminar em ambientes confinados como creches...

Febre amarela silvestre: reemergência de transmissão no estado de São Paulo, Brasil, 2009

Mascheretti,Melissa; Tengan,Ciléa H; Sato,Helena Keiko; Suzuki,Akemi; Souza,Renato Pereira de; Maeda,Marina; Brasil,Roosecelis; Pereira,Mariza; Tubaki,Rosa Maria; Wanderley,Dalva M V; Fortaleza,Carlos Magno Castelo Branco; Ribeiro,Ana Freitas
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 PT
Relevância na Pesquisa
75.95%
OBJETIVO Descrever a investigação do surto de febre amarela silvestre e as principais medidas de controle realizadas no estado de São Paulo. MÉTODOS Estudo descritivo do surto de febre amarela silvestre na região sudoeste do estado, entre fevereiro e abril de 2009. Foram avaliados casos suspeitos e confirmados em humanos e primatas não humanos. A investigação entomológica, em ambiente silvestre, envolveu captura em solo e copa de árvore para identificação das espécies e detecção de infecção natural. Foram realizadas ações de controle de Aedes aegypti em áreas urbanas. A vacinação foi direcionada para residentes dos municípios com confirmação de circulação viral e nos municípios contíguos, conforme recomendação nacional. RESULTADOS Foram confirmados 28 casos humanos (letalidade 39,3%) em áreas rurais de Sarutaiá, Piraju, Tejupá, Avaré e Buri. Foram notificadas 56 mortes de primatas não humanos, 91,4% do gênero Alouatta sp . A epizootia foi confirmada laboratorialmente em dois primatas não humanos, sendo um em Buri e outro em Itapetininga. Foram coletados 1.782 mosquitos...

Surtos de doenças transmitidas por alimentos em Manaus, Amazonas (2005-2009): o problema do queijo coalho

Ruwer, Cristiane Marisa; Moura, Josimara Fernandes de; Gonçalves, Maria Jacirema Ferreira
Fonte: Segurança Alimentar e Nutricional Publicador: Segurança Alimentar e Nutricional
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Descritiva. Formato: application/pdf
Publicado em 10/02/2015 POR
Relevância na Pesquisa
86.16%
A falta de inocuidade dos alimentos pode gerar doença alimentar. O queijo é considerado um veículo frequente de patógenos de origem alimentar, em especial, os queijos frescos artesanais. Pretende-se com este estudo verificar a incidência de surtos de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA) notificados pela vigilância epidemiológica e identificar o risco de consumo de queijo coalho. Os dados foram coletados de boletins epidemiológicos mensais do período de 2005 a 2009 na cidade de Manaus (AM). Os resultados apontam que o maior registro geral de DTA ocorreu em 2009 (25,5%), superando a marca anterior de 2005 (23,6%), porém quando relacionada a especificidade por queijo coalho, a de 2005 permanece maior (31,3%). O Risco Relativo em 2007 de ocorrer um surto de DTA originado pelo consumo de queijo coalho foi 4,83 vezes maior do que pela ingestão de outros alimentos. A frequência de surtos notificados, originados pelo consumo de queijo coalho, ao longo dos anos analisados, indica constante contaminação na linha de produção do alimento mencionado, causado por possível falha na aplicação de Boas Práticas de Fabricação desde a obtenção do leite até o produto final. As políticas públicas existentes devem ser colocadas em prática...