Página 1 dos resultados de 530 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Análise do processamento cognitivo de leitura do surdo com o Teste de Nomeação de Sinais por Escolha de Palavras nas versões 1.3 e 2.3 com 5.365 estudantes surdos de 1ª a 13ª série de 14 estados brasileiros; Word Matching Sign Naming Test for analyzing cognitive processes in reading: versions 1.3 and 2.3 with 5,365 1st-13th grade deaf students from 14 Brazilian states

Mazza, Cláudia Regina Zocal
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.44%
O Teste de Nomeação de Sinais por Escolha de palavras escritas (TNS-Escolha) é parte de uma bateria de 11 testes de desenvolvimento da linguagem de sinais e de competência de leitura e escrita, desenvolvida pela equipe de Capovilla na Universidade de São Paulo especialmente para a população escolar surda brasileira, e validada e normatizada com uma amostra de 5.365 escolares surdos. O TNS-Escolha avalia o desenvolvimento conjunto de compreensão de sinais da Libras e de leitura de palavras em Português, e analisa a participação de processos quirêmicos, ortográficos e semânticos envolvidos na escolha de palavras escritas para denominar sinais da Libras. O TNS-Escolha faz uso da estratégia de indução de erros de leitura (i.e., paralexias) por palavras escritas distraidoras quirêmicas, ortográficas e semânticas como alternativas de escolha, com vistas a permitir caracterizar a natureza do processamento cognitivo subjacente à leitura e escrita em Português. A presença de paralexias quirêmicas sugere que o acesso semântico na leitura envolve a mediação por sinalização interna, como tende a ocorrer no surdo sinalizador com perda profunda pré-lingual ou perilingual. A presença de paralexias ortográficas sugere que a leitura é baseada na tentativa de reconhecimento visual global da palavra...

Análise de paragrafias do surdo na nomeação de sinais por escrita livre: teste de nomeação de sinais por escrita de palavras, versões 1.2 e 2.2 com 5.086 estudantes surdos de 1ª a 13ª série de 14 Estados Brasileiros

Giacomet, Alessandra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.16%
O Teste de Nomeação de Sinais por Escrita (TNSEscrita) é parte de uma bateria de 11 testes de desenvolvimento da linguagem de sinais e de competência de leitura e escrita, que foi desenvolvida pela equipe coordenada pelo Dr. Fernando Capovilla no Laboratório de Neuropsicolingüística Cognitiva Experimental do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, especialmente para a população escolar surda brasileira, e validada e normatizada com uma amostra de 5.365 escolares surdos. O TNSEscrita avalia o desenvolvimento conjunto de compreensão de sinais da Libras e de escrita de palavras em Português, e permite analisar o envolvimento de processos quirêmicos, ortográficos e semânticos envolvidos na escrita de palavras para denominar sinais da Libras. Este estudo apresenta dados de duas versões do teste de nomeação de sinais por escrita livre, a versão reordenada 1.2 (TNS1.2-Escrita) aplicada a 5.080 alunos surdos e a versão alternativa também reordenada 2.2 (TNS2.2-Escrita) aplicada a 5.086 alunos surdos, respectivamente de 1a. série do Ensino Fundamental a 1a. série do Ensino Superior. Os dados preliminares dizem respeito à normatização dos dois testes com a amostra avaliada, bem como à análise da distribuição dos erros de escrita (paragrafias) produzidos durante a nomeação dos 36 sinais de cada versão do teste por meio de escrita livre. Ou seja...

O movimento social surdo e a campanha pela oficialização da língua brasileira de sinais; The deaf social movement and the campaign for the official recognition of Brazilian Sign Language (Libras)

Brito, Fabio Bezerra de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/09/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.52%
Esta tese tem como objeto de estudo a ação coletiva do movimento social surdo no processo histórico que culminou na Lei Federal nº 10.436, de 24 de abril de 2002, que reconheceu a língua brasileira de sinais (Libras) como meio legal de comunicação e expressão no Brasil. A pesquisa foi desenvolvida conforme pressupostos e práticas da metodologia qualitativa, sendo as principais técnicas de coleta de dados utilizadas a entrevista, principalmente com ativistas surdos participantes dos acontecimentos estudados, e a pesquisa documental nos arquivos de organizações, instituições e órgãos públicos envolvidos no processo investigado. Por seu turno, o marco teórico da pesquisa foi embasado na obra do sociólogo Alberto Melucci. Adotando a perspectiva melucciana, a tese descreve o movimento social surdo brasileiro como sendo um sistema de relações sociais composto principalmente por pessoas surdas usuárias da Libras, grupos e organizações de surdos. Esclarece, em primeiro lugar, que esse movimento emergiu nos anos 1980 relacionado ao movimento social das pessoas com deficiência e mostra como o seu desenvolvimento foi favorecido pelas transformações na estrutura de oportunidades políticas que estavam sendo causadas pela redemocratização após o regime ditatorial militar (1964-1985). Em segundo lugar...

História do povo surdo em Porto Alegre : imagens e sinais de uma trajetória cultural

Rangel, Gisele Maciel Monteiro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.44%
Esta dissertação, História do Povo Surdo em Porto Alegre, Imagens e Sinais de uma Trajetória Cultural traz a narrativa, através de fotografias, da evolução das políticas surdas em Porto Alegre. O Referencial teórico utilizado para embasar as narrativas em seus contextos históricos e culturais foi o dos Estudos Surdos, Estudos Culturais e Análise de Fotografias. A documentação destes eventos importantes para o povo surdo local possibilitou o registro do desenvolvimento e das articulações feitas pelas pessoas surdas em busca de seu reconhecimento como grupo cultural e não como sujeitos deficitários, desde a década de 1950 até os dias atuais. As histórias registradas nas fotografias, narradas por seus protagonistas, mostram a construção do Povo Surdo, passo a passo, historicamente.

Eu não escuto nada, só vejo : narrativas sobre “ser surdo” e a educação bilíngue

Bortoletti, Priscila de Abreu
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.52%
O trabalho objetiva investigar, nas produções culturais surdas, as narrativas sobre “ser surdo” e sua relação para a construção da educação bilíngue. Esta pesquisa documental envolveu descrição e análise de narrativas em Libras, produzidas por acadêmicos do Curso de Letras-Libras que frequentaram a disciplina de Literatura Surda, em 2010. Fundamentada na perspectiva do campo dos Estudos Culturais em Educação e Estudos Surdos, minha escrita está baseada nos seguintes autores: Skliar; Cavalcanti; Perlin; Lopes; Karnopp. A questão que orientou este estudo foi: Como estão narrados os modos de ser surdo nas produções culturais surdas e como podem contribuir para a construção da educação bilíngue para surdos? O objeto de pesquisa constituiu-se nas produções culturais em vídeos do banco de dados do projeto de pesquisa “Produção, circulação e consumo da cultura surda brasileira”. Os vídeos tematizam os modos de narrar o ser surdo, seja considerando o caráter opcional e/ou instrucional, tencionando a educação bilíngue. Das recorrências percebidas, organizei duas unidades analíticas: diferença e educação. Entre os achados, destaca-se a ideia do sujeito surdo constituído pela experiência visual...

De Deaf Sentence a Surdo Mundo : diálogos entre teorias e práticas da tradução; From Deaf Sentence to Surdo Mundo : dialogues between theories and practices of translation

Marylin Lima Guimarães Firmino
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.58%
David Lodge aborda a temática da surdez de forma bastante inusitada no romance Deaf Sentence (2008). O protagonista é Desmond Bates, um professor de Linguística Aplicada aposentado, que está ficando surdo e passa por mal-entendidos decorrentes de suas dificuldades em distinguir sons de palavras similares, o que confere ao romance tons humorísticos e irônicos. Por meio da escrita de um diário, o personagem relata sua rotina, abalada pela jovem Alex, e introduz o leitor a uma visão especializada sobre questões de linguagem e literatura, além de expressar com lucidez suas impressões sobre a surdez, dando voz, de forma singular, a essa questão, ainda invisível para muitas pessoas. Os desafios de tradução se apresentam de pronto pelo título (um trocadilho entre deaf e death e polissemia da palavra sentence) e perpassam a narrativa, revelando uma forte ligação entre alguns aspectos paratextuais do romance e a história em si. Deaf Sentence coloca o tradutor diante de trocadilhos e articulações intertextuais que tornam o romance aparentemente intraduzível, ao mesmo tempo, convoca a transposição de fronteiras de forma obrigatória, como exige a tradução do humor. Nesse sentido, as soluções adequadas para os diversos desafios de tradução do romance estão intimamente ligadas às estratégias e recursos utilizados pelo tradutor. A partir do conceito de paratexto cunhado por Genette (2009)...

Professor surdo

Reis, Flaviane
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.73%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação; Nesta dissertação, o trabalho parte de uma perspectiva de Estudos Culturais e da que se constitui como Estudos Surdos. Tem a intenção de contribuir para a melhoria da representação do professor surdo, sua realidade, sua importância no quadro pedagógico dos surdos. Percebe a possibilidade do professor surdo transgredir através da pedagogia de surdos que se situa no povo surdo, através da identificação com a cultura que se encaixa, fazendo acontecer a alteridade, diferença, identidade, e que vai mais além do seu ser professor surdo, em um clima de transgressão pedagógica, com a implementação de uma política e poética características da pedagogia dos surdos. É realizada por meio de uma abordagem metodólogica onde o conhecimento surge com uma série de teóricos culturais, passa pela observação e análise de suas perspectivas, bem como as observações sobre as narrativas dos sujeitos que a pesquisa envolve. A proposta está voltada para a prática pedagógica, tendo em vista o processo de transgressão, onde o professor surdo é concebido em suas possibilidades de mostrar a realidade de sua transgressão pelo espaço educacional surdo. Nessa transgressão as regras de uma pedagogia tradicional não mais servem ao quadro educacional dos surdos...

Surdez e biculturalidade : um estudo sobre o autoconceito a partir das interações surdo-surdo e surdo-ouvinte

Amorim, Ana Cecília Ferreira de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
27.63%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Processos do Desenvolvimento Humano e Saúde, 2013.; A partir de um acompanhamento psicoeducacional, com um grupo de adultos surdos, buscou-se pesquisar, nas interações surdo-surdo e surdo-ouvinte, os elementos enunciativos reveladores da maneira como o sujeito surdo se posiciona sobre si (como se vê – concepções de si), como vê o outro e como se vê percebido pelo outro. A orientação argumentativa da pesquisa partiu do pressuposto teórico da perspectiva histórico-cultural de L. S. Vigotski e dos preceitos conceituais da filosofia da linguagem propostos por M. Bakhtin. O campo investigativo foi configurado com base na abordagem qualitativa, via videogravação dos diálogos produzidos e mediados pelo uso da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Diante dos resultados obtidos e das discussões realizadas, pode-se concluir que o processo de autoconceitualizar-se é complexo e determinado historicamente, no qual o eu se constitui dialogicamente na(s) relação(ões) com o(s) outro(s), em uma constante contradição dialética, com base nas significações produzidas por meio das relações sociais, que são mediadas por signos ideológicos. Isto é...

A imagem que professoras de escola regular têm em relação à aprendizagem do aluno surdo

Silva,Angélica Bronzatto de Paiva e; Pereira,Maria Cristina da Cunha
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.58%
Este trabalho tem como objetivo analisar a imagem que professoras da escola regular têm em relação à aprendizagem do aluno surdo. Para isto foram realizadas entrevistas com 7 professoras do ensino fundamental (1ª a 4ª série) que têm em sua classe aluno surdo, o qual freqüenta concomitantemente o Cepre - Unicamp, onde é atendido por profissionais especializados em surdez. Além das entrevistas, foram realizadas observações da interação professora - aluno surdo na sala de aula. Com base em uma abordagem qualitativa, procedeu-se à análise de conteúdo do tipo temática e categorial, dando-se ênfase à categoria "aprendizagem". A análise de dados evidenciou que, apesar de as professoras afirmarem que o aluno surdo não apresenta problemas de aprendizagem, depreende-se, de suas falas, uma visão de limitação do aluno e uma expectativa baixa em relação à aprendizagem do aluno surdo.

Em defesa da escola bilíngue para surdos: a história de lutas do movimento surdo brasileiro

Campello,Ana Regina; Rezende,Patrícia Luiza Ferreira
Fonte: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná Publicador: Setor de Educação da Universidade Federal do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.16%
Este artigo apresenta a trajetória histórica do Movimento Surdo em defesa das Escolas Bilíngues para Surdos, ao longo dos últimos anos, quando da iminente ameaça de fechamento da escola centenária, o Instituto Nacional de Educação de Surdos, em 2011, provocando uma mobilização sem precedentes para a inclusão das Escolas Bilíngues para Surdos no Plano Nacional de Educação - PNE, hoje sancionado pela Lei 13.005/2014. Lutamos por uma Política Nacional de Educação Bilíngue condizente para a formação da Identidade Linguística da Comunidade Surda, garantida pela Convenção Internacional sobre Direitos das Pessoas com Deficiência, que reconhece a importância da Língua de Sinais e da Cultura Surda para as Pessoas Surdas.

Formação, profissionalização e valorização do professor surdo: reflexões a partir do Decreto 5.626/2005

Faria,Juliana Guimarães
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE Publicador: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.52%
O texto apresenta como tema reflexões sobre o Instrutor de Libras e o Professor de Libras dentro da escola de Educação Básica. Tem como objetivo refletir sobre o significado da denominação de Instrutor dada ao profissional surdo e compreender de que maneira essa denominação está expressa no Decreto 5.626/2005. A partir dessa reflexão, verifica-se que o Instrutor de Libras caracterizado no Decreto é de um profissional que não possui formação pedagógica, porém é citado de forma alternativa ao papel desempenhado pelo Professor de Libras dentro da escola de Educação Básica. Verifica-se, ainda, que Instrutor de Libras tem sido a denominação dada ao profissional surdo, mesmo quando ele exerce atividade peculiar à docência e possui formação pedagógica. Assim, evoca-se que a busca por uma educação que considere a cultura, identidade e processo de aprendizagem do surdo será alcançada mediante a primazia de profissionalização, reconhecimento e valorização dos próprios profissionais surdos dentro das escolas de Educação Básica. Essa valorização passa pelo reconhecimento do profissional surdo que ensina Libras como um Professor de Libras, sendo um profissional que participa dos debates e tomadas de decisão...

A Libras como elemento de acessibilidade informacional para o surdo no mercado de trabalho

Mezzari, Vanessa Caroline
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Dissertação Formato: 191f. : il. algumas color., grafs., tabs.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.75%
Orientadora : Profª. Drª. Maria do Carmo Duarte Freitas; Anexo Cd-Rom; Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Ciência, Gestão e Tecnologia da Informação. Defesa: Curitiba, 25/02/2015; Inclui referências; Área de concentração: Gestão da informação e do conhecimento; Resumo: Vygotsky afirma que a aprendizagem acontece por meio da interação social, mediada por instrumentos e signos, sendo que o principal signo é a linguagem (MOREIRA, 2011). A língua oral é compartilhada pelos ouvintes, enquanto a língua de sinais é compartilhada pelas pessoas surdas; assim surdos e ouvintes, geralmente não compartilham uma língua comum, não interagindo, nem mesmo despertando o compartilhamento de informações e consequente aprendizado. Uma das possibilidades de se garantir o aprendizado é por meio do acesso e uso da informação, que levam de forma subjacente à escolarização, qualificação e inserção no mercado de trabalho. Pesquisa exploratória e descritiva, de natureza aplicada, do tipo mista. Utilizou-se no método de pesquisa uma survey com questões direcionadas aos surdos de Foz do Iguaçu com idade entre 15 e 59 anos. Acrescida de entrevistas com empresas e de outro questionário com professores de surdos da mesma cidade. A amostragem é não-probabilística...

Sistematização de um Programa de Capacitação ao Professor do Aluno Surdo

TENOR,Ana Claudia; DELIBERATO,Débora
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE Publicador: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.44%
RESUMOO objetivo desse estudo foi sistematizar ações para a capacitação do professor do aluno surdo por meio da mediação do fonoaudiólogo. Participaram um pai, uma mãe e duas professoras de alunos surdos incluídos. O estudo foi realizado em três etapas: na primeira etapa os pais e professores foram entrevistados, em seguida foi utilizado um protocolo adaptado e foram realizadas observações em sala de aula sem intervenção. Os dados do protocolo, das observações e das entrevistas foram triangulados e em seguida realizou-se análise de conteúdo, que consistiu em classificação de unidades temáticas. A partir das temáticas identificadas na primeira etapa foi elaborado um programa de capacitação ao professor do aluno surdo que foi desenvolvido na segunda etapa da pesquisa. Concomitante ao grupo de capacitação, a pesquisadora realizou observações e intervenções na sala de aula dos professores. Os dados dos encontros de capacitação, os registros das observações e filmagens das intervenções foram triangulados, em seguida realizou-se análise de conteúdo identificando-se unidades temáticas. Na terceira etapa, foi feito o acompanhamento dos professores em sala de aula e identificada as suas opiniões a respeito do programa de capacitação por meio de entrevistas. Os dados das entrevistas foram analisados e classificados em categorias e subcategorias de análise. O programa de capacitação possibilitou aos professores compreenderem as especificidades linguísticas do aluno surdo...

A importância da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS para a assistência de enfermagem qualificada junto ao paciente surdo; The importance of the Brazilian Language of Signals - LIBRAS for the assistance of qualified nursing next to the deaf patient

Costa, Lorena Borges da
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.33%
A Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS é legalmente (Lei 10.436/2002) a língua utilizada pela população surda brasileira, considerada uma importante via para o desenvolvimento do surdo em todos os níveis de conhecimento, e desempenhando uma importante função de suporte do pensamento e de estimulador do desenvolvimento cognitivo e social. O objetivo deste estudo é demonstrar a importância de introdução da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS no âmbito acadêmico de formação dos profissionais da área da saúde, viabilizando uma melhor interação entre paciente – profissional, tendo uma melhoria na qualidade dos atendimentos de saúde. Trata – se de uma pesquisa realizada com 10 pacientes surdos usuários da LIBRAS que utilizaram o Sistema Único de Saúde - SUS. A pesquisa, de caráter qualitativo – quantitativo, utilizou como instrumento um questionário semi – estruturado e a filmagem de relatos dos participantes. Os resultados demonstraram a pouca eficácia da assistência ao paciente surdo devido à falta de êxito na comunicação. Palavras –; The Brazilian Language of Signals - LIBRAS are legally (Law 10,436/2002) the language used for the Brazilian deaf population, considered an important saw for the development of the deaf in all the knowledge levels...

Desafio: assistência de enfermagem ao deficiente auditivo/surdo na unidade hospitalar do pronto socorro do hospital de Ceilândia (HRC)

Holanda, Elaine dos Santos; Costa, Priscila de Almeida
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.63%
Este estudo motiva a discussão sobre como é prestada a assistência ao deficiente auditivo/surdo na área de saúde. Nesta conjunção, o objetivo deste trabalho foi conhecer o perfil dos entrevistados, identificar as dificuldades enfrentadas pelos enfermeiros e técnicos de enfermagem em relação ao atendimento a esses clientes internados no Pronto Socorro e investigar como se estabelece a comunicação entre os profissionais da saúde e o deficiente auditivo/surdo; verificar se os profissionais da saúde conhecem a Língua de Sinais Brasileira (LIBRAS). A pesquisa é quanti-qualitativo de caráter descritivo realizada no Pronto Socorro do Hospital Regional de Ceilândia. Dos 12 enfermeiros entrevistados apenas 5 prestaram algum tipo de assistência ao cliente com deficiência auditiva/surdez. Dos 86 técnicos de enfermagem foram selecionados 12 que já prestaram essa assistência. A amostra constou de 17 profissionais da saúde, sendo 5 enfermeiros e 12 técnicos de enfermagem. Constatou-se que o vínculo só é estabelecido quando os profissionais conseguem comunicar-se com o deficiente auditivo/surdo; a inclusão do surdo nos serviços de saúde evidencia dificuldades de comunicação. Concluiu-se que a falta de comunicação inviabiliza um atendimento humanizado...

A importância da língua brasileira de sinais - libras para a assistência de enfermagem qualificada junto ao paciente surdo

Costa, Lorena Borges da
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.33%
A Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS é legalmente (Lei 10.436/2002) a língua utilizada pela população surda brasileira, considerada uma importante via para o desenvolvimento do surdo em todos os níveis de conhecimento, e desempenhando uma importante função de suporte do pensamento e de estimulador do desenvolvimento cognitivo e social. O objetivo deste estudo é demonstrar a importância de introdução da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS no âmbito acadêmico de formação dos profissionais da área da saúde, viabilizando uma melhor interação entre paciente – profissional, tendo uma melhoria na qualidade dos atendimentos de saúde. Trata – se de uma pesquisa realizada com 10 pacientes surdos usuários da LIBRAS que utilizaram o Sistema Único de Saúde - SUS. A pesquisa, de caráter qualitativo – quantitativo, utilizou como instrumento um questionário semi – estruturado e a filmagem de relatos dos participantes. Os resultados demonstraram a pouca eficácia da assistência ao paciente surdo devido à falta de êxito na comunicação.; Enfermagem

A relevância da cultura surda para o sujeito surdo na construção de sua identidade

Santos, Magna Graça
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.58%
A cultura e a identidade de um cidadão são aspectos que o identificam como ser humano, sua língua, seus artefatos culturais, sua literatura e seu registro histórico, fazem com que o sujeito se torne participante da sua história, sujeito ativo da sua comunidade e de uma sociedade. Esses fatores não são diferentes para o cidadão surdo, o mesmo possui uma língua, uma literatura singular, registros históricos que os permitem serem cidadãos ativos e participantes da sua história, obtendo uma cultura e uma identidade particular. Assim, esta monografia objetiva analisar a relevância da cultura surda para o sujeito surdo na construção de sua identidade, bem como destacar a legislação que ampara o sujeito surdo, identificar a importância da cultura surda para o sujeito, assim como examinar a identidade do surdo no seu processo de construção. Para tanto, foi utilizado como instrumento de coleta de dados um questionário aplicado a quatro surdas congênitas e todas residentes das Regiões administrativas do Distrito Federal, com idade entre dezoito e quarenta e cinco anos, com formação acadêmica entre Ensino Fundamental e Ensino Médio. Com a análise dos dados, foi possível identificar que ainda existe falta de atendimento especializado para os surdos...

Literatura Surda: tradição literária surda brasileira; Deaf Literature: Literary Tradition Brazilian Deaf

Mota, Gisele Freitas
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.7%
Os surdos transitam, ao longo de sua vida, em um ambiente bicultural, traço que permite ao surdo a possibilidade de conhecer traços da cultura oralista e principalmente conhecer a própria cultura. Diante desse quadro, esta pesquisa apresenta a importância que a literatura surda tem para a formação leitora do surdo como meio de fortalecimento da identidade cultural do surdo visando promover a construção e o desenvolvimento de uma tradição literária surda brasileira. O conhecimento e a valorização da herança cultural surda feita no passado possibilitam reflexões responsáveis, no presente, para que sejam projetados um futuro literário que permita ao surdo valorizar ainda mais a própria condição linguística.; Deaf people pass over your life in a bicultural, deaf to the trait that allows the possibility of knowing the culture traits oralist and especially to know the culture itself. Given this situation, this research shows the importance that the literature is deaf to the formation of the deaf reader as a means of strengthening the cultural identity of the deaf in order to promote the construction and development of a deaf Brazilian literary tradition. Knowledge and appreciation of cultural heritage in the past made deaf reflections enable responsible...

Literature revision about the attendance of deaf patient by health professionals; Revisión de la bibliografía sobre la atención de los profesionales de salud al paciente sordo; Revisão de literatura sobre o atendimento ao paciente surdo pelos profissionais da saúde

Chaveiro, Neuma; Barbosa, Maria Alves; Porto, Celmo Celeno
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/09/2008 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
27.63%
O objetivo deste estudo de revisão sistemática da literatura é analisar e identificar a comunicação entre o paciente surdo e o profissional da saúde, bem como investigar a assistência oferecida. Foram utilizadas as bases de dados informatizadas para a coleta de dados, tendo como palavras-chave os termos paciente, surdo e comunicação. Os resultados foram agrupados em três categorias: comunicação, formação dos profissionais da saúde e aspectos legais. A categoria comunicação aborda barreiras comunicativas, linguagem escrita e a presença do intérprete. Na segunda categoria, o foco está na formação dos profissionais referentes à comunidade surda. A terceira categoria relata os aspectos legais no atendimento ao paciente surdo. A revisão mostrou que há barreiras de comunicação entre paciente surdo e profissional da saúde, e que o atendimento é um desafio para ambos. Ressalta também a necessidade de formação sobre o paciente surdo.; The purpose of this systematic literature review is to analyze and identify the communication between deaf patients and health professionals, as well as to investigate the care offered. The computerized databases were used for data collection, using the keywords paciente (patient)...

CULTURA OFICIAL E TRADIÇÃO ORAL: O COMBATE SURDO NO ÂMAGO DA MITOLOGIA CRISTÃ

MEGALE, HEITOR
Fonte: Universidade de São Paulo. Superintendência de Comunicação Social Publicador: Universidade de São Paulo. Superintendência de Comunicação Social
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/1996 POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
CULTURA OFICIAL E TRADIÇÃO ORAL: O COMBATE SURDO NO ÂMAGO DA MITOLOGIA CRISTÃ