Página 1 dos resultados de 213 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Sujeito e empresa capitalista contemporânea num impasse: entre o laço social neurótico e o perverso; Subject and contemporary commercial company in impasse: between the neurotic and perverse social ties

Barros Junior, Antonio Carlos de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.14%
O capitalismo e o mundo do trabalho vêm sofrendo transformações profundas desde a década de 1970. A pesquisa aqui descrita é uma investigação da relação inconsciente entre o sujeito e a configuração atual do capitalismo, no contexto de uma empresa multinacional do ramo hoteleiro. O método adotado foi qualitativo, sendo um estudo de psicanálise aplicada sobre a articulação fantasmática e institucional de prazer, sofrimento e gozo na empresa em questão: 1) pela análise do discurso produzido em entrevistas abertas com 6 de seus funcionários que trabalham em 4 hotéis da rede, localizados em São Paulo capital e em Campinas, realizadas entre outubro de 2007 e novembro de 2008; 2) pela análise de material impresso e on-line da empresa; 3) por um breve recorte sócio-histórico do capitalismo. Uma das conclusões a que chegamos é a de que os fundamentos de uma empresa comercial permanecem os mesmos, mas mudaram os mecanismos e os discursos adotados na sua execução. Agora, entidades abstratas externas a globalização, a competitividade, o mercado supostamente justificam a intensificação da apropriação do que é produzido, do conhecimento, do tempo dos funcionários; justificam a necessidade imperiosa de excelência produtiva...

Controle gerencial como prática social e organizacional: análise crítica a partir de três paradigmas de pesquisa; Management control as social and organizational practice: a critical analysis from three research paradigms

Nascimento, Artur Roberto do
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.12%
A tese investiga controle gerencial como prática social e organizacional a partir de três paradigmas de pesquisa. Foi realizada etnografia em empresa brasileira, utilizando-se de shadowing, teoria fundamentada, entrevistas, observação, análise retórica, de documentos e visuais. No paradigma neofuncionalista, desenvolve teoria fundamentada construcionista para entender como controles sociotécnicos interagem com socioideológicos. Apesar de possuir tecnologias sociotécnicas, tais como "custeio baseado em atividades", "balanced scorecard", "orçamento empresarial", "planejamento", elas não são utilizadas como previsto na literatura gerencialista. Ao invés disso, formas sutis de controles socioideológicos, como retórica, políticas de recrutamento, controles sociais, liderança carismática, combinadas com tecnologia de controle híbrida desenvolvida pela empresa, fazem com que funcionários avaliem, implicitamente, custos e viabilidade econômica de suas ações. Essa tecnologia foi apresentada, inicialmente, como ferramenta de inovação, mas no estudo revelou-se como um controle totalizante, mais rígido do que os existentes na literatura. O papel gerencial da contabilidade é fornecido pela demonstração de resultados societária sintética para análise da participação nos lucros. Desse modo...

Estrutura organizacional e qualidade da detecção, seleção e promoção de talentos do judô de alto rendimento no Estado de São Paulo; Organizational structure and quality of the detection, selection and promotion of talent in high performance judo in São Paulo

Silva Filho, Florio Joaquim
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.12%
Para alcançar o sucesso esportivo no contexto internacional, ou seja, conquistar medalhas nas principais competições internacionais, é necessária a interação de diversos fatores, sendo alguns deles os aspectos financeiros, as políticas públicas para o esporte, o desenvolvimento do atleta da iniciação ao alto rendimento, boas instalações esportivas, o apoio à carreira de técnicos, a ciência aplicada ao esporte entre outros. Apesar de o Brasil ainda não ser uma potência esportiva, algumas modalidades esportivas se destacam em competições internacionais, como o judô, a natação, a vela e o voleibol. Identificar os motivos pelos quais essas modalidades apresentam sucesso é importante para contribuir para o esporte no país, assim como para se criar uma referência para outras modalidades. A presente pesquisa teve como objetivo verificar a estrutura organizacional das entidades esportivas e a qualidade dos programas de desenvolvimento de atletas de alto rendimento na modalidade judô, com ênfase nos processos de detecção, seleção e promoção de talentos esportivos (DSPTE) de judocas talentosos nos clubes que se destacam no Estado de São Paulo. Para isso, a pesquisa foi dividida em duas etapas (A e B respectivamente) e contou com participação de nove técnicos e quarenta e três atletas das principais entidades esportivas que desenvolvem o judô no estado. Na etapa A...

Cultura organizacional e vivências de prazer e sofrimento no trabalho de profissionais de enfermagem de um hospital filantrópico do interior do Estado de São Paulo; Organizational culture and pleasure-suffering at work of a public hospital nursing workers in Sao Paulo State

Garcia, Alessandra Bassalobre
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.27%
A cultura representa o conhecimento, a moral e as normas que regem o comportamento social. As organizações possuem os seus próprios sistemas culturais, compostos por uma estrutura de valores e práticas que condicionam o comportamento de seus membros, o que representa a cultura organizacional. O homem, inserido no ambiente de trabalho, não passa imune às imposições da cultura de uma organização, o que pode abalar sua saúde mental, principalmente quando o trabalho já envolve desgastes inerentes à profissão, como a de enfermagem. Considerando a relação entre sujeito e trabalho, compreende-se o trabalho como elemento central nos processos de subjetivação do homem, capaz de proporcionar prazer e sofrimento aos trabalhadores. Assim, o objetivo desta pesquisa foi analisar a relação entre a cultura organizacional e as vivências de prazer e de sofrimento no trabalho dos profissionais de enfermagem de um hospital filantrópico. Trata-se de um estudo descritivo correlacional, transversal, com abordagem quantitativa, baseado no referencial teórico da Psicodinâmica do Trabalho e da Cultura Organizacional. O estudo foi realizado em um hospital filantrópico de alta complexidade do interior de São Paulo. Participaram 26 enfermeiros e 188 técnicos e auxiliares de enfermagem. Os dados foram coletados nos meses de janeiro e fevereiro de 2013 por meio da aplicação de três instrumentos: instrumento de caracterização profissional...

A articulação entre mudança e aprendizagem organizacional em uma instituição de ensino superior : uma contribuição para o entendimento deste fenômeno organizacional

Karawejczyk, Tamara Cecília
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.28%
As Instituições de Ensino Superior, de cunho privado, vivem uma situação complexa, em que além de sobreviveram no seu segmento de atuação, precisam também se diferenciar, seja pela profissionalização da gestão universitária, seja pela qualificação e inovação de seus produtos e serviços. Neste cenário, a articulação entre mudança e aprendizagem organizacional é o tema deste estudo. Assim, esta tese tem por objetivo identificar e avaliar a contribuição de processos e práticas sistemáticas, no âmbito formal e informal – de uma abordagem de aprendizagem organizacional, ocorridos durante as mudanças organizacionais observadas em dois dos seis Centros de Ensino da UNISINOS, no período compreendido entre os anos de 1986 a 2003. Este estudo é de natureza qualitativa, denominado de estudo de caso histórico organizacional, orientando-se por uma abordagem multinível, para coleta e análise dos dados e com corte longitudinal. A coleta dos dados utilizou como principais fontes de coleta de dados a pesquisa documental e a entrevista individual em profundidade. Para a análise dos dados lançou-se mão da análise historiográfica, do conceito de Discurso do Sujeito Coletivo, integrados em uma abordagem multinível de pesquisa. Os resultados deste estudo revelam de forma especifica que: (a) não há uma apropriação e assimilação de processos e práticas multinivel de aprendizagem organizacional de forma homogênea na instituição...

A influência da estrutura organizacional do conhecimento sobre a estratégia empresarial

Funck, Roberto
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.21%
Nesta tese busca-se, através de um estudo de casos múltiplos envolvendo três empresas e com o auxílio das técnicas de análise de redes sociais, a resposta para a seguinte questão de pesquisa: como o processo e o conteúdo da estratégia empresarial são afetados pela estrutura organizacional do conhecimento existente na respectiva organização? A fundamentação teórica que dá sustentação às conclusões apóia-se em quatro conceitos: (a) o conceito de empresa como uma instituição integradora de conhecimento, um sistema de comportamentos inter-relacionados de pessoas que realizam tarefas que são diferenciadas em vários sub-sistemas distintos, cada sub-sistema desenvolvendo uma parcela da tarefa, e os esforços de cada uma sendo integrados para alcançar o desempenho efetivo do sistema; (b) o conceito de conhecimento como uma propriedade do indivíduo, uma rede de significados mediatos ou imediatos, atribuídos a objetos reais e ideais, estabelecidos a partir da razão e da experiência e cuja verdade é avaliada segundo critérios de verdade que dependem da natureza do objeto conhecido e da concepção de verdade do sujeito que conhece;(c) o conceito de estratégia como o modelo de decisões de uma empresa que determina e revela seus objetivos...

Entre a lei e o desejo: uma construção de um sujeito organizacional

Santiago, Eneida Silveira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 156 f.
POR
Relevância na Pesquisa
46.45%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Psicologia - FCLAS; A exaltação conferida ao trabalho na sociedade ocidental concedem ao trabalhador uma identidade social, somos aquilo que fazemos e fazemos para um outro (Lei do social) que nos reconheça enquanto sujeitos desejantes, criando-se laços de investimento libidinal entre este sujeito (trabalhador) e o outro. Na relação de trabalho, a organização será este outro social, que assumirá uma função de Lei, uma função paterna, a quem o sujeito se ligará em busca reconhecimento, identificação e de realização de seu Desejo. Mais que isso, as organizações são o lugar de aprisionamento psíquico, recalcamento, sofrimento, criando uma eterna luta do Individual X Coletivo, Sujeito X Organização, Lei X Desejo. Assim sendo, este estudo apreende e analisa o enfrentamento do sujeito com a situação de trabalho, e a constituição subjetiva advinda após este encontro, a que chamamos de sujeito organizacional. Utilizando, em especial, os estudos de Enriquez e Dejours, e a partir de relatos e entrevistas sobre a trajetória profissional de trabalhadores vinculados a uma instituição universitária do estado de São Paulo...

Burnout, projeto de ser e paradoxo organizacional

Castro, Fernando José Gastal de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
36.26%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-graduação em Psicologia, Florianópolis, 2010; O objetivo desta pesquisa é responder a pergunta: seria o processo de desenvolvimento de burnout o resultado do fracasso do "projeto de ser" dentro de uma "lógica organizacional paradoxal"? Partiu-se da definição multidimensional de Maslach, segundo a qual, burnout é constituído pela exaustão emocional, pela despersonalização e pela perda da realização pessoal, ligados à estressores crônicos do trabalho. A revisão da literatura, permitiu a constatação de uma lacuna teórica relativa ao processo de desenvolvimento do fenômeno: qual seja, ora o fenômeno é abordado como resultado do estresse crônico laboral, ora como resultado do processo subjetivo de perda de sentido. Entretanto, não se encontra uma compreensão que unifique os planos psíquico e sócio-organizacional. Como maneira de enfrentar essa lacuna teórica, utilizou-se, por um lado, a definição de "projeto de ser" do existencialismo de Sartre, como forma de abordar o sujeito em sua historicidade individual e o sentido do trabalho ao nível existencial. Por outro lado, utilizou-se a definição de "paradoxo organizacional" da Sociologia Clinica...

Discurso organizacional como manifestação de poder : um estudo com executivos de empresas modernas

Pabst, Frederico Ricardo
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.43%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, 2008.; Esta dissertação descreve a relação do executivo com o discurso organizacional da empresa moderna a partir do seu discurso formal: como o executivo interfere na sua construção, como ele se sujeita ao discurso e como ele contribui na adesão do sujeito ao discurso organizacional. Desde o surgimento da primeira empresa moderna, seus administradores são exemplos do executivo que vive em função da empresa, do sujeito que tem o seu imaginário pessoal substituído pelo imaginário organizacional. Fundamentada nos conceitos de sedução, fascínio, submissão e servidão voluntária e trabalhando na instância mítica, a pesquisa apresenta uma nova leitura do imaginário moderno e do discurso organizacional. A metodologia utilizada foi de pesquisa qualitativa por meio de entrevistas semi-estruturadas com oito executivos de duas empresas modernas, líderes em suas organizações, que foram submetidas à análise de conteúdo. Como resultado de pesquisa, foram apresentadas as descrições das relações dos executivos com os seus discursos organizacionais por meio de três grandes categorias: a submissão à vontade do dono...

O sujeito na literatura acadêmica sobre gestão em saúde: notas para a questão da autonomia

Abrahão,Ana Lucia; Martins,Carla Macedo; Geisler,Adriana
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.19%
O presente artigo analisa as concepções de sujeito veiculadas na literatura acadêmica sobre gestão em saúde. O corpus é composto a partir dos artigos publicados nos últimos cinco anos em periódicos da área de Saúde Coletiva. O artigo supõe, para a análise destas concepções, que o trabalho (em saúde), no contexto do capitalismo, está baseado em uma antinomia que denominamos "autonomia-controle" e busca explorar as possibilidades de superação desta antinomia em cada concepção. O mapeamento indicou três diferentes concepções de sujeito, a saber: o psicológico-cognitivista, o psicanalítico-subjetivista e o histórico-comunicativo. O artigo tece ainda considerações sobre as relações entre, de um lado, tais concepções de sujeito e suas possibilidades de produção de autonomia, e, de outro lado, a organização capitalista da cultura e do trabalho.

Corporeidade e estética na aprendizagem organizacional: insights emergentes

Bertolin,Rosangela Violetti; Cappelle,Mônica Carvalho Alves; Brito,Mozar José de
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.3%
Este ensaio visa refletir sobre a importância da corporeidade e do conhecimento estético no avanço teórico da aprendizagem organizacional. A teorização em torno da aprendizagem organizacional tem se direcionado rumo à superação das dicotomias tradicionalmente enraizadas nas ciências sociais assentadas em tradicionais dualidades, como sujeito/objeto, mente/corpo, indivíduo/organização. A emergência de novos estudos aponta para a necessidade de valorizar as temáticas do corpo e da estética para ampliar o entendimento da aprendizagem organizacional. Dessa forma, este ensaio teórico de natureza argumentativa busca refletir a aprendizagem organizacional a partir da perspectiva da teoria da estética, em que a corporeidade assume especial relevância. Uma das mais importantes contribuições da abordagem estética reside em buscar a superação de tais dicotomias que permeiam a vida organizacional e em sociedade. A partir do momento em que as bases de constituição do conhecimento são questionadas, não sendo apenas lógica, mas também estética e sensível, uma série de outras questões emerge em conjunto. O conhecimento estético, fruto das corporeidades em interação, é constantemente ativado por sentimentos, desejos...

A cultura de belezas americanas: gestão de pessoas, discurso e sujeito

Meira,Fabio Bittencourt; Meira,Mônica Birchler Vanzella
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.44%
O discurso organizacional parece incapaz de induzir comportamentos alinhados com as exigências e necessidades da empresa. A literatura sobre gestão de pessoas aponta essa dissociação entre discurso e prática como um paradoxo. Este artigo propõe ir além, ao considerar que ele é, na verdade, signo de uma contradição constitutiva do campo a partir da qual as ações gerenciais são produzidas. A não coincidência entre discurso e prática é a regra que propicia a regeneração e reiteração incessante do que é comunicado. Técnicas renovadas de treinamento mostram que a integração dos indivíduos é vista como um problema de aprendizagem, dependente do ensino de modos de sentir e perceber suas sensações e experiências, o que vai muito além da fronteira do discurso, apontando outros limites e antagonistas. Espera-se que os indivíduos sejam sujeitos de sua própria sujeição. Nessa perspectiva, a operação e o problema da gestão de pessoas residem na necessidade de produzir simultaneamente a completa sujeição e o sujeito pleno. Os referenciais teóricos do discurso organizacional e da teoria linguística fundamentam a crítica às práticas inovadoras de gestão de pessoas. Um dos personagens do filme Beleza americana ajuda a reordenar a reflexão anterior...

Comunicação e complexidade: o discurso organizacional e o poder da cia Zaffari

Macedo, Cláudia Novelli de
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.29%
Nesta dissertação, estudaremos o Discurso Organizacional da Cia Zaffari nas suas interfaces com a Comunicação e o Poder. Buscaremos, em especial, a análise da forma como uma organização imprime seu Poder na comunidade onde está inserida, através de seu discurso e ação comunicacionais. Consideradas como elementos-chave na reconfiguração da ordem social, as organizações passam a ser estudadas a partir de um olhar multidimensional que busca contemplar o emaranhado de relações e a Complexidade na qual estão inseridas. Em decorrência das abordagens contemporâneas dos estudos organizacionais e dos desafios encontrados na vida organizacional, a comunicação assume papel de alta relevância. Abraçando o Princípio Sistêmico ou Organizacional, o presente trabalho organizar-se-á a partir da abordagem consolidada no Paradigma da Complexidade, de Morin, destacando os pressupostos do todo e das partes onde, estas interagem para a compreensão da Complexidade dos elementos. Inserimos a Cia Zaffari como o todo e as suas cinco peças gráficas e veiculadas, de títulos: cartaz 20 anos dos Concertos Comunitários Zaffari, anúncio Semana Farroupilha 2008, VT Anjos, VT Natal 2007 e VT Dia das Mães 2007, como recortes ou partes deste todo. Já...

Psicologia Organizacional e Educação Profissional: os limites da aprendizagem para a emancipação na sociedade administrada; Organizational psychology and professional education: the limtis of learning to emocipation in administrated society

RESENDE, Juliana Cherobino de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação; Ciências Humanas Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Educação; Ciências Humanas
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.41%
The changes in the world of labor are being followed by modification in the organizational psychology and professional education. In this context, the individual strives to fit the job market, projecting difficulties of resistance to the process of alienation. As the career ladder shows the workflow of the social running, contributing with the consistency of subjectivity, the purpose of this research is to debate the strain between alienation and emancipation of the pattern of professional education presented by the organizational psychology at the interface with the subjective elements presented by critical theory, which tend to prioritize the submission in detriment of the autonomy. Written by theoretical values with the aim of rearrange the tendencies of the world of labor, the current study includes the elements related to material aspects, cultural and subjectives of the organizational psychology and professional education. The bibliographic research privileges the critical theory of the Frankfurt School contribution suggesting the Horkheimer, Adorno and Marcuse with Marx, Weber and Freud; authors that debate about the domination mechanism of the capitalist system and the subjectives process of fellows inserted in this reality. Since Marx theory...

Dimensões inovadoras do teatro-empresa na comunicação organizacional

MILANI, Luiz Fernando
Fonte: Universidade Municipal de São Caetano do Sul Publicador: Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Tipo: Tese ou dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.21%
Dissertação de Mestrado apresentada como exigência parcial para obtenção do título de Mestre em Comunicação no Programa de Pós-graduação em Comunicação – Mestrado da Universidade Municipal de São Caetano do Sul; O presente trabalho discute a utilização das manifestações teatrais conhecidas por teatro-empresa no contexto organizacional sob o aspecto de inovação comunicativa. Ao acompanhar o processo de comunicação dessas manifestações nas empresas, examinam-se estratégias, arte, modernidade e tecnologia, verificando as características dessa modalidade particular de teatro e seus efeitos, responsáveis por atrair as organizações e convencê-las da eficácia de seu uso. O estudo demonstra que essa comunicação inovadora do teatro valoriza as relações humanas, reinterpretando-as, reservando ao funcionário/espectador o papel até então inédito de sujeito da ação. A metodologia recorreu a entrevistas semiestruturadas tanto com os profissionais das organizações que encomendam o trabalho cênico quanto com os dramaturgos que escrevem os roteiros para atender a tais encomendas e, pelo testemunho de uns e outros, constata-se que o teatro-empresa influencia poderosamente o comportamento dos funcionários...

Socialização, cultura e constituição do sujeito organizacional: um estudo de caso

Gontijo, Cylmara Lacerda
Fonte: Mestrado em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia Publicador: Mestrado em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia
Tipo: Dissertação
Publicado em 09/09/2015 POR
Relevância na Pesquisa
46.44%
This dissertation treats of the strategies adopted by the firm for the socialization of the recently-admitted employees. The objective is to understand the socialization process and constitution of the subject organizacional, starting from the training ofnew employees formation, in a firm metal works, located in the south ofStat ofMinas Gerais. In order to reach that aims at, it tried to investigate and to analyze the process of candidates' selection for entrance in the program of new employees' formation; to study and to understand the program ofnew employees1 of the company formation, to understand the subject's constitution and the incorporation ofthe culture ofthe company. The adopted methodology was the case study, being the research ofqualitative matriz. The analytic model adopted the following analysis categories: dependents, the socialized subject; independents, the socialization process and intervening, the managerial culture. The results prove the relationship among the categories, tends the individuais presented a behavior differentiated in consequence in the way how they were socialized in the organization and tends the culture as reference. It was concluding that the socialization strategies adopted by the firm they form individuais docile...

Discurso organizacional como manifestação de poder : um estudo com executivos de empresas modernas; Organizational discourse as a demonstration of power : a study with executives of modem companies; El discurso organizacional como manifestación de poder : un estudio con ejecutivos de empresas modernas

Pabst, Frederico Ricardo; Siqueira, Marcus Vinícius Soares
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
Este artigo descreve a relação do executivo com o discurso organizacional da empresa moderna a partir do seu discurso formal: como o executivo interfere na sua construção, como ele se sujeita, e como ele contribui para a adesão do sujeito ao discurso organizacional. Fundamentada nos conceitos de sedução, fascínio e servidão voluntária e trabalhando na instância mítica, esta pesquisa apresenta uma nova leitura do imaginário moderno e do discurso organizacional. A metodologia empregada foi de pesquisa qualitativa por meio de entrevistas semi-estruturadas com executivos de duas empresas modernas, líderes em suas organizações, que foram submetidas à categorização e à análise de discurso. Como resultado, foram apresentadas as descrições das relações dos executivos com os seus discursos organizacionais por meio de três categorias: submissão à vontade do dono, os preciosos recursos humanos e a supervalorização dos próprios predicados. Algumas das conclusões obtidas revelam que o executivo contribui para a construção do discurso organizacional, sujeitando-se de forma voluntária, simplesmente porque é favorável; assim como, pela mesma razão, contribui efetivamente para a adesão dos seus empregados, que ocorre por habitualidade...

Diagnóstico organizacional: uma análise do clima organizacional em uma concessionária do Distrito Federal

Barreto, Luciana de Matos
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.29%
Este estudo visa apresentar a pesquisa de clima organizacional feita com os colaboradores de uma concessionária de automóveis do Distrito Federal. Tem como objetivos específicos identificar o nível de satisfação e motivação dos colaboradores da empresa, os principais problemas relacionados ao clima organizacional bem como os pontos críticos deste na concessionária e a influência que fatores externos à organização exercem sobre os colaboradores e consequentemente ao clima organizacional. O referencial teórico discorre sobre as definições de trabalho, cultura e clima organizacional, além de postulações sobre a saúde do sujeito no ambiente organizacional. O estudo foi realizado com 31 (trinta e um) funcionários de uma concessionária de automóveis. A abordagem utilizada foi a mista, com a utilização de 2 (dois) questionários quantitativos e uma folha de respostas para a coleta de dados qualitativos referentes às questões dos questionários. Os resultados foram analisados quantitativamente, e corroborados com as citações dos profissionais. A partir da análise dos dados pôde-se identificar se o clima organizacional desta organização é ou não satisfatório. Os dados indicam que os profissionais estão satisfeitos com a empresa e com o ambiente de trabalho. Por outro lado...

Constituição do sujeito organizacional: leituras de Foucault sob o enfoque dos estudos organizacionais; Organizational subject constitution: Foucault readings from the standpoint of organizational studies

Aquino, Magno Geraldo de
Fonte: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-graduação em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia Publicador: Universidade Federal de Lavras; Programa de Pós-graduação em Administração; UFLA; brasil; Departamento de Administração e Economia
Tipo: Dissertação
Publicado em 07/12/2015 POR
Relevância na Pesquisa
66.67%
With this study in form of Theoretical Trial, we aimed at reflecting upon issues concerning the organizational subject based on readings authors/researchers conduct of Michel Foucault. This will allow us the argumentation regarding the processes from which individuals are constituted as subjects by means of practices and power relations that occur within the organizations throughout history. We focus on the relation between the subjection processes and the subjectivation practices, and the games of truth within the organizational context. In the perspective of the foucaudian studies, the workings of power presuppose that the individuals are free, acting within a space of possibilities in which they seek to subjectify themselves, being covered by mechanisms that make feasible and, at the same time, restrict liberty. Fundamentally, the power relations also constitute strategic imposition and resistance relations, reinforced or opposed by the subject, in a power shift that seeks to maintain or create new mechanisms that guarantee the continuity of the exercise of power. This work was developed in the form of three main chapters. In the first, we analyze the issues concerning a significant change operated by Foucault in his analyses on power relations. Without contradicting or refusing the analyses on disciplinary power...

O sujeito na literatura acadêmica sobre gestão em saúde: notas para a questão da autonomia

Abrahão,Ana Lucia; Martins,Carla Macedo; Geisler,Adriana
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.19%
O presente artigo analisa as concepções de sujeito veiculadas na literatura acadêmica sobre gestão em saúde. O corpus é composto a partir dos artigos publicados nos últimos cinco anos em periódicos da área de Saúde Coletiva. O artigo supõe, para a análise destas concepções, que o trabalho (em saúde), no contexto do capitalismo, está baseado em uma antinomia que denominamos "autonomia-controle" e busca explorar as possibilidades de superação desta antinomia em cada concepção. O mapeamento indicou três diferentes concepções de sujeito, a saber: o psicológico-cognitivista, o psicanalítico-subjetivista e o histórico-comunicativo. O artigo tece ainda considerações sobre as relações entre, de um lado, tais concepções de sujeito e suas possibilidades de produção de autonomia, e, de outro lado, a organização capitalista da cultura e do trabalho.