Página 1 dos resultados de 697 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Análise da viabilidade econômica de projetos que visam à instalação de biodigestores para o tratamento de resíduos da suinocultura sob as ópticas do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) e da geração de energia; Projects economic feasibility analyzes aimed at installing biodigesters to treat swine waste under the optics of the Clean Development Mechanism (CDM) and power generation

Bonfante, Talía Manceira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.1%
Desde a revolução industrial, ações não sustentáveis provenientes das atividades industriais, econômicas e de consumo têm provocado mudanças na biosfera devido ao aumento dos gases de efeito estufa (GEE) na atmosfera, o que faz com que a mudança climática seja um dos maiores desafios do século XXI. Frente a isso, foi adotado em dezembro de 1997 o Protocolo de Quioto, que prevê em seu artigo 12 o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL). Sob este mecanismo enquadram-se atividades de projeto que propõem a técnica de biodigestores em granjas para captação e queima do biogás produzido como resultado da degradação do dejeto. A presente pesquisa tem como objetivo analisar a viabilidade de implantação de biodigestores para tratamento de resíduos da suinocultura em diferentes escalas considerando dois cenários: (1) a inserção da atividade do projeto no Mecanismo de Desenvolvimento Limpo e (2) a geração própria de energia elétrica a partir do biogás, considerando os três sistemas de produção Unidade Produtora de Terminação (UPT), Unidade Produtora de Leitão (UPL) e Unidade Produtora Ciclo Completo (UPC). Trata-se de uma pesquisa de natureza exploratória-descritiva realizada com base em análise documental e entrevistas com atores chaves do mercado de carbono. Após o levantamento destas informações...

Avaliação do progresso técnico da suinocultura do oeste-catarinense : seus reflexos sobre os resultados econômicos 1980/1999

Teles, Marisol Lemos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.37%
O presente trabalho apresenta uma discussão sobre a incorporação de tecnologia pela suinocultura do Oeste Catarinense, demonstrada através de funções de produção. Relacionouse o avanço tecnológico com a rentabilidade e com os custos de produção, dos produtores de suíno tipo ciclo completo, no período de 1980 a 1999. Também, simulou-se como evoluíram os custos de produção após a internalização do custo de armazenar os dejetos em bioesterqueiras. As principais conclusões a que se chegou foi que houve avanço e incorporação do progresso tecnológico pela suinocultura, contudo, os ganhos reais deste avanço não foram apropriados pelos produtores. Pode-se constatar, analisando a rentabilidade do setor que, em apenas dois anos, obteve-se resultado positivo, os demais anos os produtores tiveram prejuízo com a atividade suinocultura. Com relação à internalização dos custos de armazenagem dos dejetos, verificou-se que é viável economicamente este investimento. Entretanto, levando-se em conta a capacidade de investimentos dos produtores, conclui-se que haverá dificuldades em por em prática a Lei Ambiental.

Redução de carga poluidora em lodo de suinocultura através de filtração

Rodrigues, Rosangela Silveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.55%
O lodo de suinocultura e o resíduo de serraria podem constituir problema ambiental quando dispostos no ambiente. A possibilidade de 36 tratamento via filtração foi o objetivo deste estudo. Foram avaliados o potencial de remoção de carga poluidora do lodo de suinocultura por filtros orgânicos de serragem (Pinus sp.), bem como o impacto do descarte no solo do lodo antes e após a filtragem. Utilizou-se um Argissolo e um Latossolo para o estudo da contaminação após a disposição de lodo de suinocultura e filtrado. O solo foi disposto por camadas em vasos de PVC e mantidos em condições naturais. Seis granulometrias de serragem foram utilizadas para estabelecer as vazões de trabalho (20, 25, 30, 40 e 50 mm) e avaliar o efeito do tempo de detenção na performance dos filtros. O maior tempo de detenção correspondeu ao menor tamanho de partícula de serragem. As vazões intermediárias, correspondentes ao tamanho intermediário de material filtrante, em dois filtros sucessivos (30 e 50 mm) com filtração diária, apresentaram melhor performance de filtragem. A filtração do lodo de suinocultura possibilitou redução da demanda química de oxigênio em 85 %, de sólidos totais em 95 % e de sólidos sedimentáveis em 100 %. A retenção de lodo de suinocultura na serragem proporcionou o enriquecimento do resíduo orgânico em nutrientes...

Contratos, especialização, escala de produção e potencial poluidor na suinocultura de Santa Catarina

Miele, Marcelo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.37%
O desempenho econômico na produção de carne suína no Brasil ocorreu a partir de transformações na estrutura industrial de abate e processamento, na logística e na suinocultura. Nesta última, ocorreu o aumento da escala, da especialização e da concentração geográfica na produção, tendências concomitantes à crescente participação dos contratos entre suinocultores e agroindústrias. Por outro lado, não se verifica nesse mesmo período uma mudança na estratégia predominante de manejo dos dejetos suínos, através da sua reutilização como fertilizante do solo. Com isso, o potencial poluidor da suinocultura tende a se efetivar em poluição da água, do ar e do solo. O objetivo principal desta pesquisa é de determinar as relações entre a coordenação da cadeia produtiva através de contratos e o potencial poluidor na suinocultura de Santa Catarina. Utiliza-se uma técnica de investigação quantitativa com dados de um levantamento e outra qualitativa de descrição da estrutura de incentivos e controles dos contratos. Os resultados apontam para a existência de grupos de suinocultores em função das suas características econômicas, organizacionais e de potencial poluidor, o qual tende a ser maior em função da escala e da especialização. Além disso...

Políticas públicas na gestão ambiental da suinocultura no Vale do Taquari - RS

Hernandes, Juliana Fátima de Moraes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.59%
O Brasil é, atualmente, o quarto maior produtor e quarto maior exportador mundial de suínos. O crescimento da suinocultura nacional tem sido resultado de avanços na produtividade do rebanho industrial, aumento do número de matrizes alojadas e investimentos nas instalações das granjas. O Rio Grande do Sul é o segundo produtor brasileiro de suínos. A cadeia de produção de suínos no estado encontra-se bem estruturada, a partir de mecanismos de coordenação vertical, sendo que o crescimento do sistema integrado de produção vem permitindo ganhos significativos de produtividade para a suinocultura gaúcha. Apesar dos resultados econômicos positivos, a suinocultura pode causar impactos negativos ao ambiente em que está inserida. Neste trabalho realizou-se uma pesquisa descritiva com o objetivo de identificar as ações de alguns atores da suinocultura, no Vale do Taquari, visando a diminuição dos impactos ambientais na região. Os diferentes atores participantes desta pesquisa são as granjas de suínos que possuem licenciamento ambiental pela FEPAM - órgão oficial que fiscaliza e regulariza a suinocultura -, as integradoras, a extensão Rural - representada, neste trabalho, pela EMATER/RS-regional Estrela – e a comunidade envolvida com a suinocultura na região. O Vale do Taquari abriga cerca de 30 por cento do efetivo de suínos do estado. A região também é caracterizada por ter a maior concentração de suínos em criação no Rio Grande do Sul. Esta pesquisa desenvolveu-se utilizando o método interpretativo...

Análise do sistema de manejo de dejetos da suinocultura comercial em Camargo-RS

Bonato, Eduardo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.55%
O presente trabalho estará tratando do manejo dos dejetos da suinocultura comercial praticada no município de Camargo-RS. Este município possui na atividade primária (agricultura e pecuária), a principal fonte de geração de recursos, que permite a estruturação do setor econômico. Estas representam um percentual bastante significativo no cenário econômico municipal, sendo, pois um setor de vital importância para o desenvolvimento deste território. Inúmeras são as atividades presentes no meio rural do município, destacando-se a produção vegetal de soja e milho e a produção animal de aves de corte, bovinocultura leiteira e a suinocultura. Ao mesmo tempo em que se mostra importante, principalmente economicamente, a atividade de suinocultura, no município de Camargo-RS, se mostra bastante problemática e de risco, na medida em que produz um grande volume de dejetos orgânicos, extremamente impactantes ao meio ambiente, através de sua composição química e biológica. O presente trabalho faz uma análise global das ações desenvolvidas e métodos utilizados no processo de gerenciamento do manejo dos dejetos gerados na suinocultura comercial camarguense. São apresentadas as principais formas e métodos de manejo dos dejetos da suinocultura...

A suinocultura nas pequenas propriedades de Três Passos e seus impactos ambientais

Räder, Adilson Jaimir
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.51%
O presente trabalho tem o objetivo de apresentar a suinocultura no Município de Três Passos, com ênfase no impacto ambiental causado pela produção de dejetos suínos, e ao mesmo tempo ressaltar a sua importância econômica da referida atividade agrícola para a comunidade local. O trabalho traz a história da suinocultura mundial, brasileira, do Rio Grande do Sul e do Município de Três Passos. Estes dados estão vinculados à linha do tempo, quanto à produtividade, genética, consumo mundial de carne suína, mercados e receitas, importância econômica, sistemas de produção, manejo e cuidados com o meio ambiente. O trabalho apresenta ainda as políticas públicas de incentivo à atividade agrícola e o desenvolvimento da atividade ao longo do tempo, apresentando as variáveis e os atores sociais envolvidos com a suinocultura. Através da pesquisa podemos verificar a alta concentração da suinocultura em algumas comunidades do interior do Município de Três Passos, tornando-se um local de alta concentração de dejetos suínos que por sua vez tem grande potencial de contaminação do meio ambiente. Em relação a isto verificamos que algumas providências precisam ser tomadas a fim de mitigar os impactos ambientais causados pela suinocultura no Município de Três Passos. Com tudo...

Poder poluente de águas residuárias de suinocultura após utilização de um tratamento integrado

Soares e Barros, Ludmilla Santana; Amaral, Luiz Augusto do; Lucas Júnior, Jorge de
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 126-135
POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
Em experimento de campo, avaliou-se o potencial de impacto ambiental de águas residuárias de suinocultura, acondicionadas em um tanque de estocagem, com distintos tempos de retenção hidráulica e aplicadas, posteriormente, em lisímetros preenchidos com solos arenosos, argilosos e de texturas médias. Para tal, foram determinados os valores de pH nos solos e as quantificações das concentrações de zinco e cobre na água residuária in natura e, após os quatro tempos de retenção hidráulica do tanque de estocagem, nos percolados dos lisímetros e nos solos. Os resultados mostram que a estocagem não foi eficiente na redução, aos níveis exigidos pela legislação, das concentrações de zinco e cobre nos efluentes do tanque de estocagem. A aplicação no solo gerou reduções eficientes nas concentrações de zinco e cobre. Por fim, enfocando a contribuição fertilizante destas águas residuárias, o solo argiloso foi o mais beneficiado com este sistema integrado de tratamento, contribuindo para a redução das concentrações de zinco e cobre para valores abaixo dos permitidos pelas legislações, o que protegeria o lençol freático da contaminação por esses dois metais pesados.; In a field trial it was evaluated the potential of environmental impact of pig breeding residuary waters...

Balanço de massa de reatores anaeróbicos de fluxo ascendente com manta de lodo (UASB) tratando águas residuárias de suinocultura

Oliveira, Roberto A. de; Foresti, Eugênio
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola (SBEA) Publicador: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola (SBEA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 807-820
POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
Foi obtido o balanço de massa, a partir dos valores médios das determinações de demanda química de oxigênio (DQO) e produção de metano (CH4), em dois reatores UASB de bancada com volume de 10,5 L tratando águas residuárias de suinocultura, submetidos a condições operacionais distintas no que diz respeito às concentrações de sólidos suspensos totais do afluente (SST de 500; 1.000; 1.500 e 2.000 mg L-1), tempo de detenção hidráulica (TDH de 30; 20; 12 e 8 h), taxas de carregamento orgânico volumétrico (TCOV de 0,8 a 8,0 kg DQO total (m³ d)-1) e temperatura (ambiente e controlada a 25º e 30ºC). Verificou-se que a DQO total removida convertida em CH4 variou de 28 a 51% e a relação DQO-CH4 por DQO dissolvida removida de 0,94 a 2,07; indicando alta participação da remoção física dos sólidos do afluente, de 49 a 72%, na remoção de DQO total nos reatores, a qual variou de 75 a 92%. A concentração de SST do afluente, a temperatura, o TDH e a TCOV influenciaram nesse desempenho dos reatores UASB.; The mass balance was acquired out in order to determinate the mean values of chemical oxygen demand (COD) and methane (CH4) production from two UASB reactors treating swine wastewater subjected to distinct operational conditions in respect to concentrations of total suspended solids of the affluent (TSS of 500; 1...

Análise econômica de dois sistemas naturais de tratamento de água residuária na suinocultura

Jasper, Samir Paulo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: vi, 81 f. : il., color., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.37%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA; O grande desenvolvimento obtido pela suinocultura brasileira deve-se, principalmente, à intensificação dos sistemas produtivos implicando em aumento da densidade, restrição de espaço, da movimentação, além da melhoria genética e nutricional. Animais com elevadas taxas de ganho de peso e eficiência alimentar são, cada vez mais, confinados e alimentados com dietas contendo maior densidade de nutrientes. A adoção de sistemas confinados de produção tem trazido, entretanto, graves problemas operacionais como a concentração de dejetos e o considerável aumento do uso de água para limpeza das instalações. Para solucionar tal problema é importante a utilização de técnicas simples e com baixo custo de instalação, como por exemplo, o sistema inovador de alagados construídos para o tratamento de águas residuárias provenientes da suinocultura. Por outro lado, há técnicas difundidas há bastante tempo, como exemplo, as lagoas de estabilização, pioneiras no Brasil. A composição e o volume das águas residuárias oriundas da suinocultura têm relação direta com o manejo dos dejetos adotado. A adoção de sistemas de manejos de resíduos de forma mais racional evita a perda de água...

O comportamento da relação de troca na suinocultura catarinense no periodo de 2000 a 2012

Rodrigues, Angelo Teixeira
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 58 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.1%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Curso de Graduação em Ciências Econômicas.; Este trabalho tem o objetivo de analisar o comportamento da suinocultura catarinense de janeiro de 2000 a setembro de 2012, através do índice de paridade com base no número de exclusões de produtores e no índice de concentração da produção em agroindústrias. Para tanto, inicialmente faz-se uma revisão dos principais conceitos relacionados ao sistema agroindustrial do mercado de suínos de Santa Catarina, bem como a adoção de estratégias competitivas, os custos, o comportamento do produtor integrado e do produtor independente. De modo complementar, é apresentada a trajetória do setor suinícola frente às frequentes crises no período de análise devido à forte influencia do mercado externo e interno nos preços dos insumos e da carne suína. Posteriormente, calculou-se o IP (Índice de Paridade) para verificar a relação de trocas entre o preço pago ao produtor pelo kg do suíno vivo e os principais insumos utilizados para sua produção. Portanto, pela grande relevância deste tema no fomento econômico catarinense surge à necessidade em identificar os motivos pelos quais se reduziu significativamente a quantidade de produtores de suínos...

Suinocultura brasileira: uma análise do preço de exportação e do preço pago ao produtor

Simon, Marli
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 75 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.37%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Sócio-Econômico. Economia.; A análise desenvolvida neste trabalho, aborda a suinocultura mundial, através de um conjunto de informações sobre o consumo, produção e exportação dos países que têm maior participação no mercado mundial. Apresenta também, uma análise da suinocultura brasileira, com informações do consumo interno, as características da produção e das principais regiões produtoras, o crescimento expressivo das exportações e os principais mercados importadores da came suma produzida no pais. 0 foco de análise do presente trabalho está concentrado no quinto capitulo, que relaciona o preço de exportação da carne suína brasileira e o preço pago ao produtor brasileiro. A atenção está voltada para o comportamento das exportações no que diz respeito ao volume, destino e preços recebidos, também o desempenho da produção e o prego pago ao produtor. Através do Teste de Causalidade de Granger, pode-se concluir que as variáveis, preço médio de exportação e preço pago ao produtor não apresentam relação de causa. Por fim, conclui-se que a dinâmica da suinocultura brasileira sempre esteve relacionada mais ao comportamento do mercado consumidor interno...

Análise espacial do risco ambiental da suinocultura na bacia hidrográfica do lajeado dos fragosos - Concórdia/SC

Cesario, Vítor Moretzsohn
Fonte: Florianópolis, SC. Publicador: Florianópolis, SC.
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 108 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.1%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Tecnológico. Engenharia Sanitária e Ambiental.; A densidade de suínos em bacias hidrográficas no estado de Santa Catarina tem se elevado, aumentando a concentração de nutrientes em proporções maiores do que aquelas que podem ser assimiladas pelos sistemas naturais, comprometendo os corpos d’águas, especialmente no município de Concórdia, maior produtor suínos no Estado. Enquanto índices da produção mostram a evolução da suinocultura no Estado, outros apontam para o aumento dos riscos ambientais. Através da utilização de softwares cada vez mais específicos, como o ArcGIS na análise espacial e o AHP na análise multicritério, verificam-se importantes avanços para identificação de áreas frágeis, sob o ponto de vista ambiental. Neste estudo elaborou-se mapas com análise de escala de risco para a Bacia Hidrográfica do Lajeado dos Fragosos (Concórdia/SC), atribuindo critérios físicos e de produção, como declividade do terreno, tipo de solo, uso e ocupação do solo, distância ao corpo receptor, precipitação e densidade de suínos. Estes fatores foram mapeados dentro do perímetro da bacia, através do ArcGis, subdivididos em classes e submetidos à análise de especialistas...

A adequação de uma suinocultura ao sistema de gestão ambiental — ISO 14001: o caso da Granja São Roque

Neuenfeld, Débora Raquel
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 104 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.1%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Administração.; 0 presente trabalho teve como objetivo principal realizar um estudo para a implementação do Sistema de Gestão Ambiental — ISO 14001 na Granja São Roque. Desta forma, trata-se de um estudo de caso, que utilizou uma abordagem qualitativa. Os meios de investigação utilizados nesta pesquisa foram a pesquisa bibliográfica e a pesquisa de campo. Com relação aos fms, esse trabalho foi caracterizado como descritivo e explicativo. Em relação aos dados, estes foram coletados através de fontes primárias, utilizando-se de entrevistas direcionadas e tendo, como informantes, pessoas das diversas áreas afins e com observações in loco, e através de fontes secundárias, fazendo uso de documentos legais da empresa e diversas publicações pertinentes à pesquisa. 0 estudo, além de ter demonstrado a importância da gestic) ambiental e de ter apresentado dados relevantes acerca do panorama e das peculiaridades da suinocultura, mostrou o levantamento dos aspectos e impactos ambientais provocados pelas atividades da empresa e os sistemas de tratamentos por ela adotados. Assim, com base na análise de dados da pesquisa...

Avaliação da biodegradabilidade anaeróbia de resíduos da bovinocultura e da suinocultura

Moraes,Luciana M.; Paula Júnior,Durval R.
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola Publicador: Associação Brasileira de Engenharia Agrícola
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.55%
A biodegradabilidade de dejetos da bovinocultura e da suinocultura foi avaliada por meio de metodologia simplificada que permitiu a verificação da aplicabilidade de processos anaeróbios. Os ensaios foram realizados com reatores em batelada, com lodos granulados de três procedências: reator UASB tratando efluente de bovinocultura, reator UASB tratando efluente de suinocultura e reator UASB tratando efluente de abatedouro de aves. Os ensaios (1) - efluente de bovinocultura e lodo de abatedouro de aves não-adaptado; (2) - efluente de suinocultura e lodo de abatedouro de aves não- adaptado; (3) - efluente de bovinocultura e lodo de abatedouro de aves adaptado; (4) - efluente de suinocultura e lodo de abatedouro de aves adaptado; (5) - efluente de bovinocultura e lodo de bovinocultura, e (6) - efluente de suinocultura e lodo de suinocultura realizados em "Shaker", em temperatura de 35 °C, sob agitação a 150 rpm, por 5 minutos a cada 1 hora. Foi utilizada uma relação de substrato:biomassa igual a 0,5. Foram testados modelos cinéticos do tipo Monod, Ordem Zero, Primeira e Segunda Ordens e verificou-se que o modelo de Primeira Ordem foi o que melhor se ajustou para os seis ensaios realizados. A constante de velocidade de Primeira Ordem (k1) foi estimada para os ensaios 1; 2; 3; 4; 5 e 6...

Externalidades e mudanças da regulamentação ambiental para a suinocultura norte-americana: é possível no caso brasileiro?

Weydmann,Celso Leonardo
Fonte: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural Publicador: Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2005 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
Neste trabalho objetiva-se descrever a relação entre externalidade e regulação ambiental com base no desenvolvimento recente da suinocultura norte-americana para avaliar a possibilidade de uma reforma na legislação que permita um controle ambiental mais rigoroso dos dejetos da suinocultura brasileira. A análise evidenciou que se a reforma fosse feita aos moldes da norte-americana teria que ser uma iniciativa do governo federal para definir metas nacionais de padrões polutivos com base na consolidação de regras estaduais. Recursos públicos seriam necessários para fiscalizar e punir poluidores, e para financiar os produtores na aquisição dos insumos ambientais. Por outro lado, as pressões da sociedade estariam restritas à atuação de organizações isoladas de pesquisa e extensão. A conclusão é de que no curto-prazo não há condições econômicas, sociais e institucionais que apontem para a realização de reforma.

Remoção de carga orgânica e produtividade da aveia forrageira em cultivo hidropônico com águas residuárias da suinocultura

Gomes Filho,Raimundo R.; Matos,Antonio T.; Silva,Demetrius D.; Martinez,Hermínia E.P.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2001 PT
Relevância na Pesquisa
37.37%
Um estudo para quantificar a produtividade de aveia forrageira e a eficiência na remoção da carga orgânica de águas residuárias da suinocultura, utilizadas em diferentes proporções para composição da solução nutritiva do cultivo hidropônico, foi realizado dentro de um galpão contendo sistemas individualizados de cultivo, constituídos por tanques de 3,20 x 0,80 m, equipados com sistemas de aeração. Foram utilizadas as proporções de 70, 50, 30 e 10% de águas residuárias da suinocultura no preparo da solução nutritiva, todas representadas por valores de condutividade elétrica inicial de 4,2, 2,8, 1,8 e 0,97 dS m-1, respectivamente, e a aveia semeada sobre tela plástica, dentro dos tanques de cultivo. Diariamente, determinou-se a concentração de oxigênio dissolvido, a condutividade elétrica e a temperatura das soluções nutritivas e do ar dentro do galpão, enquanto semanalmente foram coletadas amostras das soluções para determinação da concentração de DQO e DBO. Utilizou-se um tratamento com solução nutritiva convencional como testemunha, enquanto o cultivo hidropônico de aveia forrageira, com aproveitamento de águas residuárias da suinocultura no preparo da solução nutritiva, proporcionou produtividades de até 31...

Retenção de poluentes em filtros orgânicos operando com águas residuárias da suinocultura

Brandão,Viviane dos S.; Matos,Antônio T. de; Fontes,Maurício P. F.; Martinez,Mauro A.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
Para aproveitamento das águas residuárias da suinocultura na fertirrigação de culturas agrícolas, principalmente no caso do uso de irrigação localizada, torna-se necessária a remoção dos sólidos em suspensão e de parte dos dissolvidos. Como, para esse tipo de água o uso de filtros convencionais de areia não é possível, torna-se necessário o estudo de materiais alternativos para uso como filtros. Como materiais filtrantes foram avaliadas a casca de arroz, a casca de frutos do cafeeiro, o bagaço de cana-de-açúcar, o sabugo de milho triturado, a serragem de madeira e o fino de carvão vegetal. As colunas de filtragem foram constituídas de tubos de PVC de 100 mm de diâmetro e comprimento de 600 mm, sendo preenchidas com o material até a altura de 500 mm e com compressão de 12.490 N m-2. Avaliaram-se as alterações químicas e físicas ocorridas no material após seu uso como filtro no tratamento de 15 L de águas residuárias da suinocultura. Os materiais filtrantes que apresentaram maior capacidade de retenção de poluentes foram o bagaço de cana-de-açúcar e a serragem de madeira.

Efeito da aplicação de águas residuárias de suinocultura sobre a produção do milho para silagem

Freitas,Wallisson da S.; Oliveira,Rubens A. de; Pinto,Fernando A.; Cecon,Paulo R.; Galvão,João C. C.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
Este trabalho foi conduzido com o objetivo de se avaliar o efeito da aplicação de quatro lâminas de água e águas residuárias de suinocultura, bruta e peneirada, sobre os componentes de produção da cultura do milho (Zea mays L.) para silagem. Foram instalados 24 lisímetros de percolação, sendo que em 8 deles se aplicou água (A), em 8 água residuária bruta (ARB) e nos demais água residuária peneirada (ARP). As lâminas aplicadas correspondiam a 0,5, 1,0, 1,5 e 2,0 ET0. A colheita foi realizada 140 dias após o plantio, quando se avaliaram os componentes de produção: altura de plantas, peso, altura, produtividade e índice de espigas e produtividade de matéria verde. As produtividades médias de matéria verde nos tratamentos com ARB e ARP foram equivalente a 45 e 46 t ha-1, cerca de 51 e 52% superiores à testemunha, respectivamente. A aplicação das águas residuárias de suinocultura aumentou significativamente os valores de altura de plantas, índice de espigas, altura de espigas e peso de espigas. Em geral, o peneiramento das águas residuárias e as diferentes lâminas aplicadas não afetaram os parâmetros de produção do milho para silagem.

PERFIL TÉCNICO E GERENCIAL DA SUINOCULTURA DO VALE DO PIRANGA (ZONA DA MATA) DE MINAS GERAIS

Fonte: Organizações Rurais & Agroindustriais Publicador: Organizações Rurais & Agroindustriais
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.45%
Buscou-se, com este estudo, avaliar técnica e gerencialmente a suinocultura no Vale do Piranga (Zona da Mata) de Minas Gerais no ano de 2001. Especificamente, pretendeu-se caracterizar o perfil administrativo e tecnológico da suinocultura da região em estudo. Para a caracterização da suinocultura, foi realizado um levantamento junto aos produtores da região, por meio de questionários estruturados e posterior análise quantitativa. Foi constatado que, tecnologicamente, a suinocultura apresenta características de um sistema de produção confinado de alta tecnologia e eficiência. No entanto, em relação à administração, parte dos produtores da região ainda não adota uma gestão de caráter empresarial, com técnicas racionais de controle de seus recursos, em especial dos recursos financeiros.