Página 1 dos resultados de 511 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Os novos movimentos migratórios portugueses : o caso da emigração portuguesa para a Suiça

Marques, José Carlos Laranjo
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
27.59%
O movimento migratório português para a Suíça constituiu o tema central do presente trabalho. A partir da constatação de que os fluxos migratórios de saída não se extinguiram com o encerramento das fronteiras dos países industrializados da Europa à entrada de imigrantes laborais, a pesquisa orientou-se para a análise aprofundada do contexto político e migratório em que se processou aquele movimento. Até ao final da década de 70 os portugueses mantiveram-se à margem dos fluxos imigratórios na Suíça devido à confluência de uma série de factores no país de origem e no país de destino. Do lado português, a existência de destinos emigratórios mais relevantes, em que as redes migratórias já se encontravam suficientemente estruturadas para a manutenção do fluxo. Do lado helvético, o recrutamento de trabalhadores estrangeiros em países considerados culturalmente próximos, com os quais a Suíça tinha uma longa história de recrutamento de trabalhadores, e a inexistência de recursos migratórios que pudessem sustentar o desenvolvimento da migração portuguesa para a este país. A desestruturação deste conjunto de factores em ambos os países criou as condições necessárias para o desenvolvimento da emigração de portugueses para a Suíça...

Qualidade de vida e saúde mental em contexto migratório : um estudo com brasileiros e portugueses residentes na cidade de Genebra/Suiça

Rodrigues, Ieda Franken
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
37.17%
Tese de Doutoramento em Psicologia na especialidade de Psicologia Clínica e da Saúde apresentada à Universidade Aberta; A relação entre migração e busca por melhores condições de vida, qualidade de vida, tem-se registado como uma das maiores forças vectoriais na decisão de imigrar. Actualmente, há cerca de 200 milhões de migrantes no mundo (ONU, 2007). Porém entre a chegada ao país de acolhimento e a real melhoria da qualidade de vida atravessam-se aí inumeras situações de sofrimento vivenciados pelo actor migrante. Esta pesquisa tem por objectivo geral investigar o fenómeno migratório internacional, a qualidade de vida e a saúde mental entre brasileiros e portugueses imigrantes, residentes na cidade de Genebra/Suíça. Utiliza-se o suporte da teoria das Representações Sociais. Trata-se de uma pesquisa de campo, com abordagem multimétodo, envolvendo 509 imigrantes. Foram utilizados os seguintes instrumentos: Associação Livre de Palavras; WOQOL-bref; Questionário biossociodemográfico; SQR-20; Questionário com questões pertinentes sobre a temática estudada, e Entrevista Semi-Dirigida. Os dados obtidos pelos questionários, WOQOL-bref e SQR-20 foram analizados pelo pacote estatístico SPSS-16; e os recolhidos pela técnica de Associação Livre de Palavras foram analisados por Análise Factorial de Correspondência através do software Tri-DeuxMots; e os recolhidos pela entrevista...

Aquisição/aprendizagem do português europeu em contexto plurilingue na Suíça : aspetos morfossintáticos

Silva, Maria da Luz Santos
Fonte: Universidade Aberta de Portugal Publicador: Universidade Aberta de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.53%
Dissertação de Mestrado em Português Língua Não Materna apresentada à Universidade Aberta; O ensino da Língua e Cultura Portuguesas aos filhos dos imigrantes portugueses na Suíça é uma mais-valia em termos culturais e intelectuais para estas crianças, contribuindo para a construção da sua identidade e para uma integração mais bem-sucedida num país caracterizado pelo plurilinguismo e pela multiculturalidade. O presente trabalho analisa o desempenho de aprendentes de um Curso de LCP na Suíça de expressão alemã no domínio linguístico da Morfologia, mais precisamente no domínio da flexão verbal, pretendendo compreender se o desempenho destas crianças no domínio linguístico referido é semelhante ao de falantes nativos, considerando que se encontram em fase de aquisição da linguagem e são escolarizados em língua alemã. O grupo investigado é constituído por participantes que nasceram na Suíça ou vieram com tenra idade para este país, tendo adquirido o Português Europeu, a sua L1, em contexto de imersão, no ambiente familiar, e em contexto formal de aprendizagem na Suíça, ao atingirem a idade escolar. As produções linguísticas a partir das quais foi constituído o corpus que sustentou a análise do desempenho dos aprendentes foram as narrativas orais provocadas com base em dois estímulos visuais...

O autor "florentino" da literatura suíça em língua italiana: Francesco Chiesa; The "florentine" author of Switzerland's literature in italian: Francesco Chiesa.

Redoschi, Marcelo Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/05/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.33%
REDOSCHI, M.E. O autor "florentino" da literatura suíça em língua italiana: Francesco Chiesa. 2008. 90 pag. Dissertação (mestrado) - Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008. A Suíça é um país situado no centro da Europa ocidental e conta com quatro idiomas oficiais: o alemão, o francês, o italiano e o romanche. A Confederação Helvética possui vinte e seis unidades administrativas, denominadas Cantões, formados ao longo da história, que contam com um alto grau de autonomia. O idioma de Dante está presente como língua materna de boa parte da população do Cantão de Ticino e de quatro vales alpinos no vizinho Cantão Grisões, onde divide espaço com o alemão e o romanche. É apresentado o contexto formativo do italiano falado na região, que se padronizou em torno da norma toscana a partir do Séc XVI, graças à qualidade das escolas mantidas por religiosos como São Carlos Borromeo. Eram utilizadas as gramáticas e métodos mais modernos disponíveis na época. Nesta encruzilhada de civilizações, de área habitada equivalente à cidade de São Paulo e ABCD, surgiu Francesco Chiesa. Foi o primeiro escritor suíço a efetivamente a desbravar o árduo mercado editorial italiano...

Utilização da bola suíça na assistência ao parto em serviços públicos do município de São Paulo; The use of the Swiss Ball during labor at public obstetric services in São Paulo

Silva, Lia Mota e
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
27.45%
A bola suíça vem sendo usada para promover a posição vertical, a movimentação da mulher e a mobilidade pélvica durante o trabalho de parto. Seu emprego na atenção obstétrica requer elucidações mais precisas sobre sua aplicação. Este estudo descritivo teve como objetivo caracterizar o uso da bola suíça na assistência à mulher, durante o trabalho de parto e foi realizado em 35 maternidades públicas do Município de São Paulo. Os dados foram obtidos por meio de entrevista, pelo uso de um formulário estruturado, realizado com uma enfermeira de cada instituição pública. Os resultados demonstraram que a bola é empregada em 100% dos Centros de Parto Normal e em 40,9% dos Centros Obstétricos. Dentre as profissionais entrevistadas, 88,6% tinham conhecimento do uso da bola em parturientes. Quanto à utilização da bola: 77,5% das enfermeiras orientam a mulher a permanecer uma hora fazendo exercícios; 34,8% indicam a bola para auxiliar na descida e no encaixe da apresentação fetal; 37,8% afirmam que a existência de uma intercorrência obstétrica é a principal causa para contraindicar; 87,1% orientam o uso da bola associado à outra prática não farmacológica e dentre estas; 54,6% vinculadas ao banho de aspersão; 32...

Os Statalismes - particularismos lexicais do francês da Suíça na tradução juramentada

Chanut, Maria Emília Pereira
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 91-103
POR
Relevância na Pesquisa
37.33%
Este estudo, de natureza teórica/aplicada, contempla os estudos (sócio) linguísticos, (sócio) terminológicos, do léxico e da tradução especializada. Tem como objeto de estudo um corpus de textos submetidos à tradução/versão juramentada francês-português e um corpus de textos originalmente redigidos em francês da Suíça. O objetivo é observar as aproximações e distanciamentos existentes entre o primeiro e o segundo conjunto terminológico. A problemática situa-se na verificação da confrontação desse material: será que os particularismos lexicais do francês suíço determinariam uma dificuldade relevante no trabalho do tradutor brasileiro, cuja formação privilegia o francês da França? Nossos resultados revelam diferenças significativas de uso e perigosos falsos cognatos. A metodologia para o levantamento dos particularismos na variante suíça presentes em documentos civis ou escolares privilegia os termos cognatos e aqueles com o status de ‘statalismes’ (romandismos institucionais).

A noção de equivalência e a sua especificidades na tradução juramentada

Chanut, Maria Emília Pereira
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 43-70
POR
Relevância na Pesquisa
27.17%
We propose in our study a reflection on “functional equivalence” based on a comparative/ terminological bilingual (Portuguese from Brazil/ French from France) approach of specialized texts (certified) due to difficulties that are aggravated by particularities from Switzerland French. A presentation of the equivalence notion in translation theories is necessary to introduce the central issue of this article, namely, to show that “the functional equivalence” seems, in the case of the specialized translation, most appropriate. This happen because legal terms and/or legal gifts in official documents are, in its essence, culturally marked, presenting a direction or different use, even though improper in countries that speak the same language, such as France and Switzerland.; Este estudo, partindo de uma abordagem comparativa/terminológica bilíngue (português do Brasil/francês da França) de textos especializados (juramentados), cujas dificuldades são agravadas por particularidades do francês da Suíça, propõe uma reflexão sobre a “equivalência funcional”. Uma apresentação das teorias referentes à noção de equivalência em tradução nos serve para introduzir a ideia central deste artigo, a saber, mostrar que a equivalência “funcional” é...

As personagens femininas nos romances de Alice Rivaz

Ferreira, Maria Clara
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
FRA
Relevância na Pesquisa
27.45%
Alice Rivaz é uma escritora suiça, admirada no seu país, mas ignorada fora deste. Com as outras inovadoras que foram Monique Saint-Hélier, Catherine Colomb e S. Corinna Bille entre outras romancistas menos conhecidas, Alice Rivaz renovou, desde os anos 30, a escrita romanesca na Suiça romanda. Os romances de Alice Rivaz desenrolam-se no seu contexto laboral e ela descreve-nos uma Genebra internacional da época, através de personagens cujas relações com a vida são o retrato da sua própria experiência. O seu primeiro romance, Nuages dans la main, que apareceu em 1940 na Guilde du livre, chamou imediatamente a atenção da crítica. Podemos salientar que todos os temas da obra vindoura se encontravam já neste romance: a impossibilidade de amor no casal, a vocação falhada, o sonho de escapar de um trabalho insatisfatório para se dedicar a uma actividade artística, o egoísmo masculino, entre outros. Alice Rivaz defende e mostra nos seus romances o destino das mulheres e ela mesma se apresenta como uma mulher que divide as experiências de todas as mulheres e como elas teve que se debater com os mesmos problemas da vida que nos preocupam a todos: a busca do amor, o trabalho, a doença, a velhice. A vida da maior parte das heroínas de Alice Rivaz...

O impacto da identidade nacional na definição do eurocepticismo suiço

Vieira, António João Ferreira
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /09/2011 POR
Relevância na Pesquisa
27.53%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ciência Política e Relações Internacionais – Especialização em Estudos Europeus; A população Suíça desenvolveu uma atitude céptica face à União Europeia desde o início do projecto de integração europeia. Este eurocepticismo encontra-se, a nosso ver, fortemente fundamentado por características inerentes à sociedade helvética e à própria identidade nacional Suíça. Fruto da diversidade cultural que caracteriza a Suíça, a população desenvolveu uma identidade nacional suportada por instrumentos de acção política e cívica, garantindo a unidade e a cooperação das diversas comunidades integrantes da Confederação Helvética. Estes instrumentos – a neutralidade, o federalismo, a democracia directa e a própria soberania - foram e continuam a ser promotores de uma vivência democrática e profícua, fomentando a defesa dos ideais que unem a população Suíça enquanto nação. Encarando a adesão à União Europeia como um acontecimento que limitaria e prejudicaria a manutenção destes elementos identitários, a população Suíça desenvolveu um sentido de cepticismo como forma de protecção à sua identidade e aos elementos-base que caracterizam o seu Estado-Nação. O eurocepticismo é...

Atitudes de profissionais de saúde mental em relação a indivíduos com esquizofrenia: uma comparação transcultural entre Suíça e Brasil

Hengartner,Michael Pascal; Loch,Alexandre Andrade; Lawson,Fabio Lorea; Guarniero,Francisco Bevilacqua; Wang,Yuan-Pang; Rössler,Wulf; Gattaz,Wagner Farid
Fonte: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.45%
CONTEXTO: A estigmatização é uma questão importante no tratamento e no curso da esquizofrenia. A manutenção de atitudes estigmatizantes pode estar relacionada a fatores socioculturais. OBJETIVOS: Comparar atitudes estigmatizantes de profissionais de saúde mental em países culturalmente diversos: Brasil e Suíça. MÉTODOS: Foram analisados dados de duas grandes pesquisas sobre o estigma na Suíça e no Brasil, focando-se no desejo de distância social em relação a indivíduos com esquizofrenia e atitudes de profissionais de saúde mental em relação à aceitação de efeitos colaterais do tratamento psicofarmacológico. RESULTADOS: Profissionais de saúde mental suíços apresentaram níveis significativamente mais elevados de distância social do que suas contrapartes brasileiras. Houve também um efeito fraco de idade, bem como um efeito da interação entre a origem e a idade. Com relação à aceitação de efeitos colaterais, a influência da origem foi bastante fraca. Com exceção do risco de dependência dos psicotrópicos, a aceitação dos profissionais suíços a efeitos colaterais de longa duração foi significativamente maior do que a de seus colegas no Brasil. CONCLUSÕES: A forte associação entre origem e distância social pode estar relacionada à formação sociocultural dos profissionais de saúde mental; em comparação com a Suíça...

Uso da bola suíça no trabalho de parto

Silva,Lia Mota e; Oliveira,Sonia Maria Junqueira Vasconcellos de; Silva,Flora Maria Barbosa da; Alvarenga,Marina Barreto
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 PT
Relevância na Pesquisa
27.45%
OBJETIVOS: Caracterizar o uso da bola suíça na assistência à parturiente em serviços de atenção obstétrica vinculado ao Sistema Único de Saúde no Município de São Paulo e identificar as características de seu emprego na assistência à parturiente por enfermeira obstétricas. MÉTODOS: Estudo descritivo com base em entrevistas estruturadas com 35 enfermeiras que prestavam assistência às parturientes. RESULTADOS: Constatou-se que 100% dos Centros de Parto Normal e 40,9% dos Centros Obstétricos possuiam bola suíça. As indicações do uso da bola suíça foram: promover a descida da apresentação fetal (32,4%), relaxamento (19,7%), progressão do parto (17,1%), exercício do períneo (14,5%), alívio da dor (11,8%), benefícios psicológicos e movimentação materna. A quase totalidade das instituições visitadas (96,8%) não possuia protocolo para sua utilização. CONCLUSÃO: O estudo apontou que as enfermeiras atribuem benefícios ao uso da bola suíça no trabalho de parto. Ensaios clínicos são necessários para avaliar seus efeitos e subsidiar a elaboração de orientações para seu uso.

De Nova Friburgo a Fribourg através das letras: a colonização suíça vista pelos próprios imigrantes

Sanglard,Gisele
Fonte: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2003 PT
Relevância na Pesquisa
37.17%
A história da imigração suíça no Brasil tem como marco inicial a fundação da colônia de Nova Friburgo, em 1819. A singularidade de Nova Friburgo se encontra no fato de ter sido a primeira empresa colonial contratada pelo governo português. Este trabalho é um convite a um retorno no tempo, para o período de constituição da colônia de Nova Friburgo através das cartas que os próprios imigrantes escreveram e que foram publicadas em um jornal suíço da época. Através destas cartas pode-se perceber o encontro de dois mundos diferentes: o Velho e o Novo Mundo, além de encontrar com outros suíços que já estavam estabelecidos no Rio de Janeiro ou que aqui estavam se estabelecendo, mostrando toda a dinâmica do ir-e-vir de imigrantes, partícipes ou não de empresas migratórias. Percepção, informação e expectativa são a tônica destas mensagens.

Análise da postura craniocervical de crianças respiradoras bucais após tratamento postural em bola suíça

Weber,Priscila; Corrêa,Eliane Castilhos Rodrigues; Ferreira,Fabiana dos Santos; Milanesi,Jovana de Moura; Trevisan,Maria Elaine
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.33%
O estudo teve como objetivo avaliar a postura craniocervical de crianças respiradoras bucais após tratamento postural em bola suíça. Doze crianças respiradoras bucais foram submetidas a um protocolo de reeducação postural constituído por exercícios de alongamento e fortalecimento muscular sobre a bola suíça, estimulação diafragmática e alongamento dos músculos acessórios da inspiração. A postura craniocervical foi avaliada através da análise biofotogramétrica. A posição da anteriorização da cabeça foi aferida por meio do ângulo formado pelos pontos localizados no tragus direito e no processo espinhoso da sétima vértebra cervical com a linha horizontal. A curvatura cervical foi avaliada pela distância horizontal de uma linha vertical tangenciando o ápice da cifose torácica e o ponto de maior concavidade da curvatura cervical. As fotografias foram obtidas antes e após dez atendimentos. A normalidade das variáveis foi verificada a partir do teste Shapiro-Wilk. Para as comparações entre as médias foi utilizado o teste t de Student para amostras dependentes admitindo-se nível de significância de 5% (p<0,05). Verificou-se uma melhora na postura craniocervical, através da diminuição da anteriorização da cabeça (p=0...

Familia disociada y delincuencia : el caso suizo en los años 1990

Aebi, Marcelo F.
Fonte: Superior Tribunal de Justiça do Brasil Publicador: Superior Tribunal de Justiça do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica
ES
Relevância na Pesquisa
27.53%
Apresenta diferentes posições teóricas e resume resultados de pesquisas empíricas disponíveis que demonstram a situação na Suíça no início dos anos 1990 quanto à delinquência juvenil, bem como sua relação com a estrutura familiar. Informa que o sistema de seguridade suíço permite que as famílias de pais separados e as tradicionais desempenhem sua tarefa de socialização dos filhos com eficiência semelhante.

Attitudes of mental health professionals towards persons with schizophrenia: a transcultural comparison between Switzerland and Brazil; Atitudes de profissionais de saúde mental em relação a indivíduos com esquizofrenia: uma comparação transcultural entre Suíça e Brasil

Hengartner, Michael Pascal; Loch, Alexandre Andrade; Lawson, Fabio Lorea; Guarniero, Francisco Bevilacqua; Pang, Wang Yuan; Roessler, Wulf; Gattaz, Wagner Farid
Fonte: UNIV SAO PAULO, INST PSIQUIATRIA; SAO PAULO Publicador: UNIV SAO PAULO, INST PSIQUIATRIA; SAO PAULO
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR; ENG
Relevância na Pesquisa
27.45%
Background: Stigmatization is an important issue in the treatment and course of schizophrenia. The maintenance of stigmatizing attitudes may be related to socio-cultural factors. Objectives: To compare stigmatizing attitudes of mental health professionals in the culturally diverse countries Brazil and Switzerland. Methods: We analyzed data of two broad stigmatization surveys from Switzerland and Brazil by focusing on the social distance and attitudes of mental health professionals towards the acceptance of side effects of psychopharmacological treatment. Results: Swiss mental health professionals showed significantly higher levels of social distance than their Brazilian counterparts. There was also a weak effect of age as well as an interaction effect between origin and age. With respect to the acceptance of side effects, the effect of origin was rather weak. With the exception of drug dependence, Swiss professionals' acceptance of long-lasting side effects was significantly higher than for their counterparts in Brazil. Discussion: The strong association between origin and social distance may be related to the socio-cultural background of the mental health professionals. In comparison with Switzerland, Brazil is very heterogeneous in terms of ethnicity and socio-economic structure. The distinct acceptance of side effects may additionally be related to the more sophisticated medicaments (i.e. new generation of antipsychotic drugs) commonly used in Switzerland. Hengartner MP...

A tutela constitucional dos animais no Brasil e na Suíça

Carvalho, Gabriela Franziska Schoch Santos
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 90 f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.45%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Jurídicas. Direito.; Esta monografia, conduzida pelo método dedutivo e pelo método procedimental de revisão bibliográfica e análise da legislação, analisa o teor e o alcance da tutela dos animais na Constituição Federal brasileira de 1988 e na Constituição Federal suíça de 1999. O Brasil e a Suíça fazem parte dos poucos países cujas constituições mencionam os animais e assim regulamentam a relação do homem com os animais no âmbito constitucional. O presente trabalho examina primeiro a natureza ambígua da relação do homem com os animais e esboça as questões éticas, filosóficas e jurídicas que essa relação evoca. Em seguida, faz um levantamento panorâmico das normas constitucionais e infraconstitucionais brasileiras e suíças que dizem respeito à relação do homem com os animais, com o objetivo de alcançar uma visão geral da situação dos animais no direito positivo vigente. Finalmente faz uma ligação com a evolução histórica da legislação de proteção aos animais e com as abordagens éticas subjacentes aos conceitos jurídicos que determinam a tutela contemporânea dos animais. Conclui que a tutela constitucional dos animais atual está enraizada em uma ética pathocêntrica...

Caracterização do padrão de activação muscular em três exercícios de abdominais através da análise electromiográfica

Carmo, Joana Raquel Tereso do
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
27.45%
Objectivos: Caracterizar o padrão de activação muscular do recto abdominal (inferior e superior) e do oblíquo externo na execução de exercícios para abdominais, através da electromiografia. Determinar se existem diferenças na actividade muscular do recto abdominal superior e recto abdominal inferior nos vários exercícios estudados. Amostra: Foi constituída por 14 sujeitos com média de idades de 24,36 ± 7,66 anos. Todos os sujeitos são fisicamente activos e saudáveis. Metodologia: Foi medido o nível de activação muscular através de electromiografia do recto abdominal superior, recto abdominal inferior e oblíquo externo, durante a execução dos exercícios: flexão do tronco; flexão do tronco com rotação; flexão do tronco na bola suíça; flexão do tronco com rotação na bola suíça; prancha com flexão do joelho; prancha com rotação da coxa. A normalidade dos valores obtidos na electromiografia foram estudados através do teste Shapiro-Wilk, e a homogeneidade das variâncias foi confirmada pelo teste Levenne’s. Para as séries de valores que apresentaram normalidade foi utilizada o test-T de amostras emparelhadas. Conclusões: O exercício em que há uma maior solicitação do recto abdominal superior é a flexão do tronco com rotação (84% contracção voluntária máxima). O recto abdominal inferior tem uma maior activação muscular no exercício de flexão de tronco na bola suíça (85% contracção voluntária máxima) e flexão do tronco (75% contracção voluntária máxima). O oblíquo externo é mais solicitado no exercício de flexão de tronco com rotação (60% contracção voluntária máxima) e flexão de tronco na bola suíça com rotação (59% contracção voluntária máxima); ABSTRACT: Objectives: To characterize the standard of muscle activation of the upper abdominus rectus...

Comportamento da musculatura períneal frente ao método pilates em bola suiça – um estudo com acadêmicas da UNESC de Criciúma

Tournier, Mirella Benedet
Fonte: Universidade do Extremo Sul Catarinense Publicador: Universidade do Extremo Sul Catarinense
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso - TCC
PT_BR
Relevância na Pesquisa
37.59%
Trabalho de Conclusão de Curso, apresentado para a obtenção do grau de Bacharel no curso de Fisioterapia da Universidade do Extremo Sul Catarinense, UNESC.; Os músculos do assoalho pélvico apresentam funções importantes e são responsáveis por manterem a continência urinaria e fecal e evitar o deslocamento dos órgãos pélvicos bem como participar da responsividade sexual feminina normal. Quando o assoalho pélvico torna-se deficiente ou fraco poderá este causar lesões patológicas. O objetivo deste estudo foi verificar se o Método Pilates com a Bola Suíça tem influência no fortalecimento do AP. A fim de comparar o grau de força muscular, mensurou-se com o aparelho de Biofeedback Perina, das cinco (05) mulheres participantes da amostra. Todas realizaram um Protocolo de três sessões por semana, com tempo estimado de 45 minutos contendo 17 exercícios do Método Pilates com a bola suíça. Encontrou-se diferença estatisticamente significativa quando comparados as amostras, sendo ainda que através da análise das médias percebeuse que o Método Pilates com a Bola Suíça apresentou influência na força do assoalho pélvico, podendo ser usados como forma de prevenção para o aparecimento de disfunções dessa musculatura. A Fisioterapia Uroginecológica está sendo cada vez mais usada como forma de tratamento para reconstituir a função normal do AP...

Attitudes of mental health professionals towards persons with schizophrenia: a transcultural comparison between Switzerland and Brazil; Atitudes de profissionais de saúde mental em relação a indivíduos com esquizofrenia: uma comparação transcultural entre Suíça e Brasil

Hengartner, Michael Pascal; Loch, Alexandre Andrade; Lawson, Fabio Lorea; Guarniero, Francisco Bevilacqua; Wang, Yuan-Pang; Rössler, Wulf; Gattaz, Wagner Farid
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/01/2012 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
27.45%
BACKGROUND: Stigmatization is an important issue in the treatment and course of schizophrenia. The maintenance of stigmatizing attitudes may be related to socio-cultural factors. OBJECTIVES: To compare stigmatizing attitudes of mental health professionals in the culturally diverse countries Brazil and Switzerland. METHODS: We analyzed data of two broad stigmatization surveys from Switzerland and Brazil by focusing on the social distance and attitudes of mental health professionals towards the acceptance of side effects of psychopharmacological treatment. RESULTS: Swiss mental health professionals showed significantly higher levels of social distance than their Brazilian counterparts. There was also a weak effect of age as well as an interaction effect between origin and age. With respect to the acceptance of side effects, the effect of origin was rather weak. With the exception of drug dependence, Swiss professionals' acceptance of long-lasting side effects was significantly higher than for their counterparts in Brazil. DISCUSSION: The strong association between origin and social distance may be related to the socio-cultural background of the mental health professionals. In comparison with Switzerland, Brazil is very heterogeneous in terms of ethnicity and socio-economic structure. The distinct acceptance of side effects may additionally be related to the more sophisticated medicaments (i.e. new generation of antipsychotic drugs) commonly used in Switzerland.; CONTEXTO: A estigmatização é uma questão importante no tratamento e no curso da esquizofrenia. A manutenção de atitudes estigmatizantes pode estar relacionada a fatores socioculturais. OBJETIVOS: Comparar atitudes estigmatizantes de profissionais de saúde mental em países culturalmente diversos: Brasil e Suíça. MÉTODOS: Foram analisados dados de duas grandes pesquisas sobre o estigma na Suíça e no Brasil...

A UTILIZAÇÃO DA BOLA SUÍÇA NA PROMOÇÃO DO PARTO HUMANIZADO; THE USE OF SWISS BALL FOR THE PROMOTION OF HUMANIZED CHILDBIRTH

OLIVEIRA, Luciane Marta Neiva de; CRUZ, Anna Glaucia Costa
Fonte: Universidade Federal da Paraíba Publicador: Universidade Federal da Paraíba
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/03/2015 POR
Relevância na Pesquisa
27.53%
Objetivo: Verificar na literatura, as evidências científicas disponíveis sobre a aplicação da bola suíça no trabalho de parto para a promoção do parto humanizado, sendo esta uma das técnicas não farmacológicas de alívio da dor que pode ser utilizada durante o processo parturitivo. Material e Métodos: Como procedimento metodológico a pesquisa é do tipo revisão bibliográfica e fundamentada nas bases de dados Medline, Lilacs e Scielo, onde foram encontrados 194 trabalhos, e destes, 10 trabalhos publicados nos últimos oito anos foram incluídos para a análise das seguintes categorias: o parto humanizado, a utilização da bola suíça pela equipe multiprofissional e os resultados e benefícios maternos decorrentes do emprego da bola suíça no trabalho de parto. Resultados: Constatou-se que a bola suíça é um importante recurso não medicamentoso para proporcionar conforto, movimento, descida da apresentação fetal, alívio da dor, diminuição da ansiedade e relaxamento da parturiente, não sendo encontrados resultados significativos em relação à diminuição do tempo do trabalho de parto. Conclusão: Concluiu-se que a bola suíça contribui significativamente para a promoção do parto humanizado, porém os profissionais de saúde envolvidos na atenção ao parto necessitam de uma maior sensibilização e preparo para lidar com a assistência humanizada a mulher durante o trabalho de parto. DESCRITORES Parto Humanizado. Trabalho de Parto. Fisioterapia. Dor do Parto; Objective: To verify the available scientific evidence in the literature on the application of Swiss ball during delivery for the promotion of humanized childbirth...