Página 1 dos resultados de 8522 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Volume e granulometria do substrato na formação de mudas de café.; Substrate volume and granulometer in coffee seedlings production.

Tavares Junior, Julio Eduardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/03/2004 PT
Relevância na Pesquisa
37.02%
Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a influência do volume e da granulometria do substrato comercial, utilizado na produção de mudas em tubetes, sobre o crescimento vegetativo das plantas de café, bem como o tempo de formação das mudas e a estabilidade ao manuseio do conjunto muda-substrato. O experimento foi conduzido no viveiro do Centro de Café do IAC, localizado na Fazenda Santa Elisa, Campinas, SP, utilizando a cultivar Catuaí Vermelho IAC 144 (Coffea arabica L.). Foram adotados nove tratamentos com quatro repetições, com delineamento de blocos ao acaso em esquema fatorial 3 x 3, formado pela combinação de três volumes de substrato (50, 120 e 200 cm3) e três granulometrias proporcionadas pelas seguintes composições granulométricas: 100% de substrato comercial na granulometria original, 100% de substrato comercial finamente moído e pela mistura, em volume, de 50% de substrato na granulometria comercial com 50% de substrato moído. A influência das variáveis (volume e granulometria) do substrato no crescimento das mudas de café foi avaliada por meio das determinações dos parâmetros biométricos vegetativo da parte aérea e raízes como: número de pares de folhas, altura da planta...

Contribuição ao estudo do crescimento de Candida utilis IZ-1840 em glicerol, adaptação de um modelo de inibição por substrato; Contribution to study of the growth of Candida utilis IZ-1840 in glycerol, adaptation by one model of substrate inhibition

Moraes, Dante Augusto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/04/1994 PT
Relevância na Pesquisa
36.84%
Estudou-se a influência da concentração inicial de substrato no cultivo em fermentador para produção de biomassa de Candida utilis IZ-1840 em meio sintético tamponado contendo glicerol (1,2,3-propanotriol) como fonte exclusiva de carbono nas seguintes concentrações: 15, 25, 35, 45, 55, 65 e 75 g/L com ensaios em duplicata. Observou-se um comportamento cinético característico de fenômeno de inibição por substrato, tendo-se então ajustada uma equação de modelo de inibição baseada na literatura para os dados de velocidade específica máxima de crescimento celular em função da concentração inicial de substrato. A partir de tal equação determinou-se o valor da concentração inicial de substrato onde não ocorre inibição, definido como S* ( S*=17,511 g/L) e o valor teórico acima do qual a inibição é máxima definido como Sm, (Sm=175,4 g/L). O valor teórico de velocidade específica máxima de crescimento celular, definido como µ* correspondente ao valor S* como concentração de substrato inicial foi calculada em 0,225 1/h.; The influence of initial substrate concentration in the growth of Candida utilis IZ-1840 in a buffered synthetic mediurn was studied utilizing glycerol (1,2,3-propanetriol) as an exc1usive carbon source...

Bases moleculares da especificidade pelo substrato em β-glicosidases; Molecular bases of the specificity substrate of a β-glicodase

Mendonça, Lúcio Mário Ferreira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/11/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.79%
β-glicosidases da família 1 das glicosídeo hidrolases (GH 1) são um dos mais importantes grupos de enzimas, estando envolvidas em diversos processos biológicos. Neste trabalho o objetivo principal foi o estudo das bases moleculares da especificidade pelo substrato em β-glicosidases GH 1 utilizando como modelo experimental uma β-glicosidase pertencente a larva de Spodoptera frugiperda (Sfβgli50). Na primeira etapa procurou-se analisar através de mutagênese sítio-dirigida e cinética enzimática o papel na modulação da especificidade pelo substrato e na catálise dos resíduos E190, E194, K201 e M453 da Sfβgli50 , os quais correspondem aos encontrados no sítio de ligação do aglicone das β-glicosidases de milho e de sorgo. Os resultados mostraram que E190 favorece a ligação da porção inicial de aglicones do tipo alquil inicial e também da primeira unidade de glicose de aglicones oligossacarídicos. E194 favorece a ligação de radicais alquil, enquanto K201 é mais relevante para a ligação de unidades de glicose em detrimento de radicais alquil. O balanço entre as interações com E194 e K201 determina a preferência entre unidades de glicose versus radicais alquil. M453 favorece a ligação da segunda unidade de glicose de aglicones oligossacarídicos e também da porção inicial de aglicones do tipo alquil. Nenhum destes resíduos interage com a porção terminal de aglicones do tipo alquil. Demonstrou-se que todos estes resíduos contribuem de forma similar e individualmente fraca na estabilização do complexo ES‡ e suas interações com o aglicone não influenciam na ligação do glicone. Na segunda etapa...

Biologia reprodutiva do caranguejo simbionte Pachycheles monilifer (Crustacea, Decapoda, Anomura): relação entre potencial reprodutivo e substrato; Reproductive biology of the symbiotic crab Pachycheles monilifer (Crustacea, Decapoda, Anomura): relation between reproductive potential and substrate

Leone, Isabela Carnielli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
36.87%
Os crustáceos estão entre os invertebrados marinhos mais diversos e tendem a se associar com outros organismos a fim de encontrar abrigo, oferta de alimento e um lugar seguro para reprodução. Aspectos reprodutivos como fecundidade, tamanho dos embriões e energia investida na reprodução são os principais parâmetros para a compreensão da história natural de uma espécie e/ou população. Assim, esse trabalho foi desenvolvido no sentido de investigar tais parâmetros e a influência do tipo de substrato ocupado. A espécie utilizada como modelo de estudo foi o caranguejo porcelanídeo Pachycheles monilifer coletado em dois substratos biológicos diferentes, no briozoário Schizoporella errata no píer do Itaguá e no poliqueto Phragmatopoma caudata na praia Grande, ambas as paias localizadas em Ubatuba, litoral norte de SP. Somente os embriões em estágio inicial de desenvolvimento foram utilizados para os cálculos de fecundidade e investimento reprodutivo (RO). Os embriões foram contados e medidos sob esteromicroscópio. Para obtenção do RO foram utilizados os pesos secos das fêmeas ovígeras e das massas de embriões, previamente secos em estufa. Além dos aspectos reprodutivos, análises de distância genética também foram realizadas pelo sequenciamento de genes mitocôndrias (16S e COI) de exemplares de P. monilifer. A estimativa da porcentagem de variação genética intra e interespecífica...

Efeito do substrato em transistores SOI de camada de silício e óxido enterrado ultrafinos.; Substrate effect on ultra thin body and buried oxide SOI transistors.

Itocazu, Vitor Tatsuo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.98%
Este trabalho apresenta um estudo do efeito do substrato em transistores SOI de camada de silício e óxido enterrado ultrafinos (Ultra Thin Body and Buried Oxide - UTBB). A análise do trabalho foi realizada baseando-se em modelos teóricos, simulações numéricas e medidas experimentais. Experimentalmente pode-se notar que a presença do plano de terra (Ground Plane, GP) abaixo do óxido enterrado elimina e/ou minimiza alguns efeitos indesejados do substrato, tais como a variação do potencial na terceira interface (óxido enterrado/substrato). A densidade de armadilhas de interfaces (Nit) foi um parâmetro importante no ajuste da simulação para se obter curvas de corrente de dreno (IDS) em função da tensão de porta (VGF) e em função da tensão de substrato (VGB) similares às experimentais. As densidades de armadilhas de interface da primeira e da segunda interface foram ajustadas para o valor de 2x1011eV-1cm-2 depois de analisadas as curvas experimentais. Assim, a partir dessas simulações pode-se notar que o modelo usado no simulador era compatível com os resultados experimentais, com erro menor que 10%. Observou-se que o modelo analítico de efeito do substrato proposto por Martino et al. para transistores SOI totalmente depletados com camadas de silício mais espessas (acima de 40 nm) pode ser utilizado para dispositivos UTBB SOI de canal longo (10 m) até a segunda interface (camada de silício/óxido enterrado) entrar em inversão...

Manipueira como substrato na biossíntese de ácido cítrico por Aspergillus niger

Leonel, M.; Cerada, M.P.
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ) Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 299-304
POR
Relevância na Pesquisa
36.79%
O trabalho teve por objetivo avaliar a viabilidade do uso da manipueira, residuo líquido resultante da prensagem da massa ralada de mandioca, como substrato na biossíntese de ácido cítrico por Aspergillus niger. Os meios de manipueira foram comparados nas mesmas condições de temperatura, a meios sintéticos, utilizados tradicionalmente. em se tratando de proposta de um novo substrato, foi estudado o armazenamento do resíduo a temperatura ambiente por 72 horas, e realizada a caracterização físico-química da manipueira e dos meios elaborados com esse substrato. Foi avaliada a produção de ácido cítrico nos meios sintéticos e de manipueira. Verificou-se que a produção de ácido cítrico não diferiu quanto ao meio. Não foi observado crescimento do microrganismo nos meios de manipueira com concentrações acima de 70 mg/l de cianeto. Os resultados obtidos mostraram necessidade de maiores estudos para viabilizar o uso da manipueira como substrato na biossíntese de ácido cítrico por A. niger, principalmente no que diz respeito à liberação enzimática do cianeto.; This research was made to evaluate the manipueira as substrat for citric acid biosynthesis by Aspergillus niger. The manipueira medium was compared in the same conditions of the synthetical medium...

Utilização de lodo de esgoto como componente de substrato para o cultivo de Tagetes erecta

Cruz, Paola Cristine Pereira da
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: xx f.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.79%
Projeto acadêmico (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Campus Curitibanos. Ciências Rurais.; Uma das atividades necessárias para diminuir o impacto negativo das atividades humanas se refere à coleta e ao tratamento de esgoto. No entanto, este processo resulta em subprodutos sólidos, entre eles o lodo de esgoto, que devem ser dispostos de forma adequada. A utilização agrícola tem-se mostrado uma alternativa viável para sua disposição final, tendo em vista o potencial fertilizante e condicionador das propriedades físicas e químicas do solo, devendo considerar a concentração de metais pesados e patógenos presentes. Considerando que um dos setores agrícolas que mais cresce é o da floricultura, ainda é escasso o conhecimento técnico no que diz respeito ao melhor tipo de substrato para o desenvolvimento das plantas. Dentre essas culturas a espécie Tagetes erecta L., da família Asteraceae, conhecida popularmente por “cravo de defunto”, encontra-se como um dos mais comercializados, principalmente por seu potencial de uso variado. Diante desses dados o presente estudo objetivou avaliar o crescimento de Tagetes erecta em substratos à base de lodo de esgoto e comparar o desempenho em relação ao substrato comercial. O trabalho será realizado em casa de vegetação da Universidade Federal de Santa Catarina...

Análises físicas e químicas de substrato à base de coco verde para a produção de mudas de hortaliças; Physical and chemical analysis in green coconut substrate for seedlings vegetables production

Liz, Ronaldo Setti de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
36.9%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2006.; Neste trabalho teve-se por objetivo analisar física e quimicamente o substrato de coco verde, sem repouso antes do uso, e em repouso durante 45; 90; 135 e 180 dias, respectivamente, tratamentos S0; S45; S90; S135 e S180. O substrato Plantmax® foi usado como testemunha. Foram utilizados os delineamentos: blocos ao acaso, com três repetições, para determinar as densidades do substrato seco ao ar (Das), seco em estufa (Dse) e o teor de água; blocos ao acaso, no esquema fatorial 6 x 5 (substrato x malha) com três repetições, para determinar a distribuição do tamanho de partículas; blocos ao acaso, no esquema fatorial 6 x 11 (substrato x tensão) com três repetições, para determinar a curva de retenção de água, e, blocos ao acaso com duas repetições para determinar o pH e a condutividade elétrica (CE). Para S0; S45; S90; S135 e S180, a Dsa ficou dentro da faixa de 0,10 a 0,30 g cm-3, ideal para substratos; houve concentração de partículas de 0,25 mm de tamanho; a porosidade total ficou abaixo dos 85% considerados ideais para substratos; o pH situou-se dentro da faixa de pH 4,4 a 6,3, recomendados para a produção de mudas de hortaliças; e...

Influência da temperatura e do substrato na germinação de sementes de itaubarana (Acosmium nitens (Vog.) Yakovlev) - Leguminosae, Caesalpinoideae

Varela,Vania P.; Costa,Suely de Souza; Ramos,Michele Braule P.
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2005 PT
Relevância na Pesquisa
36.84%
Acosmium nitens (Vog.) Yakovlev (Itaubarana), Leguminosae Caesalpinoideae, é uma espécie madeireira e ocorre em áreas inundáveis da Amazônia. O objetivo deste trabalho foi estudar a germinação de sementes de itaubarana sob diferentes condições de temperatura e substrato, utilizando-se como parâmetros a porcentagem e o tempo médio de germinação. Realizou-se um experimento, de acordo com o fatorial 4x3, nas temperaturas constantes de 20, 25, 30 e 35°C e utilizando os substratos sobre areia (S.A), sobre papel (S.P) e sobre vermiculita (S.V). O delineamento estatístico empregado foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial, com quatro repetições de 25 sementes por tratamento. Os resultados demonstraram que não ocorreu germinação das sementes quando semeadas sobre papel nas temperaturas de 30 e 35°C. Para o substrato vermiculita, em todas as temperaturas testadas, foram observadas altas taxas de germinação das sementes com valores variando de 87 a 97%. A temperatura de 30°C juntamente com o substrato vermiculita mostrou-se mais adequada para a germinação das sementes; nesta condição foi obtida a maior taxa de germinação (97%) com tempo médio de aproximadamente 5,0 dias. Para o substrato sobre areia, as temperaturas de 20...

Indução do enraizamento e crescimento do eucalipto por rizobactérias: efeito da adição de fonte alimentar e da composição do substrato de enraizamento

Mafia,Reginaldo Gonçalves; Alfenas,Acelino Couto; Ferreira,Eraclides Maria; Teixeira,Débora do Amaral; Zauza,Edival Ângelo Valverde
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.79%
Neste trabalho, objetivou-se avaliar o efeito de leite em pó como fonte alimentar e do tipo de substrato sobre a indução biológica do enraizamento e crescimento de mudas clonais de eucalipto por isolados de rizobactérias. Para o primeiro objetivo, após a aplicação dos isolados de rizobactérias, na proporção de 0,2 ml/cc de substrato de uma suspensão de inóculo ajustada para 10(8) u.f.c./ml, enriquecidos ou não com leite em pó (1%), e decorridos 25 dias do estaqueamento de três clones de eucalipto, avaliaram-se a biomassa seca de raízes e o índice de enraizamento de cada combinação isolado-clone. Para o segundo objetivo, 10 isolados, aplicados na mesma proporção e concentração de inóculos citados anteriormente, foram testados em três substratos de enraizamento: vermiculita pura; moinha de carvão + composto de casca de eucalipto + vermiculita (5:3:1); e composto de casca de arroz carbonizada + vermiculita (1:1), em dois ensaios conduzidos com um clone de eucalipto. Os resultados evidenciaram que a aplicação dos isolados promotores de crescimento proporcionou incrementos significativos na velocidade e índice de enraizamento, bem como no crescimento, expresso pela biomassa radicular, cujos ganhos foram superiores...

Procedimentos para condução do teste de frio em sementes de milho: pré resfriamento e distribuição do substrato no interior da câmara fria

Caseiro,Roseli Fátima; Marcos Filho,Julio
Fonte: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes Publicador: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.87%
O teste de frio realizado em laboratórios brasileiros para avaliar o vigor das sementes de milho, geralmente é conduzido em caixas plásticas de 47 x 30 x 11cm, utilizando como substrato, aproximadamente 16 kg da mistura terra e areia. A necessidade do pré-resfriamento e a disposição do substrato no interior da câmara fria constituem fatores ainda não completamente definidos para a padronização desse teste. A pesquisa foi conduzida utilizando-se amostras de sementes de milho submetidas a três tratamentos: substrato e água não resfriados (T1); água previamente resfriada a 10ºC (T2) e substrato e água previamente resfriados a 10ºC (T3). Ao serem colocadas na câmara fria, quatro caixas representando cada tratamento foram superpostas, formando pilhas, e outras quatro foram dispostas horizontalmente ("lado a lado"). O resfriamento do substrato, no interior da câmara fria, foi monitorado através de avaliações da temperatura 2, 4, 8 e 26 horas após a instalação do teste. De acordo com o procedimento normalmente utilizado para a condução do teste de frio, após 7 dias as caixas foram transferidas para ambiente de laboratório e, a avaliação da germinação, realizada aos 7 dias após a transferência. Os resultados indicaram que a alternativa substrato e água pré-resfriados a 10ºC...

Produção e qualidade do tomate produzido em substrato, no campo e em ambiente protegido

Fontes,Paulo Cezar R.; Loures,Juvenal L.; Galvão,João Carlos C.; Cardoso,Antônio Américo; Mantovani,Everardo C.
Fonte: Associação Brasileira de Horticultura Publicador: Associação Brasileira de Horticultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2004 PT
Relevância na Pesquisa
36.79%
Avaliou-se a produtividade e qualidade do tomate (híbrido Carmen) produzido no sistema denominado FITO, substrato constituído de composto + areia + fertilizantes em saco plástico, em ambiente protegido e campo. Foram estudados sete tratamentos: 1) FITO, conduzido em ambiente protegido, em saco plástico perfurado, com 9 dm³ de substrato por planta, contendo 25% de composto e 75% de areia, sendo todos os macro e micronutrientes colocados via gotejamento; 2) FITO A, similar ao tratamento anterior, entretanto utilizou-se apenas a areia como substrato; 3) FITO 1, similar ao tratamento FITO, sendo que apenas o N e K foram aplicados via gotejamento e os demais nutrientes misturados diretamente no substrato; 4) testemunha em ambiente protegido, com as plantas transplantadas diretamente no solo; 5) FITO C, similar ao tratamento FITO, sendo que neste caso as plantas foram conduzidas em condição de campo; 6) testemunha conduzida em ambiente protegido com mudas transplantadas diretamente no solo, sendo o N e K aplicados via gotejamento; 7) testemunha conduzidas no campo com mudas transplantadas diretamente no solo. O experimento foi delineado em blocos ao acaso e quatro repetições. Não houve efeito significativo dos tratamentos nos teores de N...

Manipueira como substrato na biossíntese de ácido cítrico por Aspergillus niger

Leonel,M.; Cerada,M.P.
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1995 PT
Relevância na Pesquisa
36.79%
O trabalho teve por objetivo avaliar a viabilidade do uso da manipueira, residuo líquido resultante da prensagem da massa ralada de mandioca, como substrato na biossíntese de ácido cítrico por Aspergillus niger. Os meios de manipueira foram comparados nas mesmas condições de temperatura, a meios sintéticos, utilizados tradicionalmente. Em se tratando de proposta de um novo substrato, foi estudado o armazenamento do resíduo a temperatura ambiente por 72 horas, e realizada a caracterização físico-química da manipueira e dos meios elaborados com esse substrato. Foi avaliada a produção de ácido cítrico nos meios sintéticos e de manipueira. Verificou-se que a produção de ácido cítrico não diferiu quanto ao meio. Não foi observado crescimento do microrganismo nos meios de manipueira com concentrações acima de 70 mg/l de cianeto. Os resultados obtidos mostraram necessidade de maiores estudos para viabilizar o uso da manipueira como substrato na biossíntese de ácido cítrico por A. niger, principalmente no que diz respeito à liberação enzimática do cianeto.

Cobertura do substrato com filme plástico e o cultivo hidropônico da roseira: produtividade, consumo de água, temperatura e salinização

Rodrigues,Ernesto José Resende; Minami,Keigo; Farina,Enrico
Fonte: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" Publicador: São Paulo - Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/1999 PT
Relevância na Pesquisa
36.9%
Roseiras das cultivares Anna e Sari foram conduzidas em cultivo hidropônico em bancadas com e sem cobertura do substrato. O material usado para a cobertura foi o polietileno (PEBD) de coloração preta e com espessura de 0,18 mm. Como substrato de cultivo, foi usada a mistura de areia:turfa = 4:1 v/v. Os transplantes foram feitos em novembro de 1995, dispostos em fila única com 7,5 plantas/m2. Para o controle da fertirrigação, foi usado o método que se baseia no uso de um lisímetro, colocado em cada bancada, o qual permite obter o percentual de drenado prefixado e também controlar o limite máximo de salinidade do percolado, a partir do qual é adicionada água para lavar o excesso de sais do substrato. O percentual teórico de drenagem foi fixado em 10% do volume irrigado, a salinidade máxima em 4000 mmS/cm e as fertirrigações em duas por semana. Como resultado do uso da cobertura do substrato, foi verificada redução do consumo hídrico de 35% e 16%, correspondente as cultivares Anna e Sari e também menor salinização dos substratos. O uso da cobertura do substrato permitiu uma melhoria de qualidade de flores e também ganho em produtividade, com menor consumo hídrico, resultando em maior eficiência de uso da água. A umidade no ambiente das raízes manteve-se mais estável principalmente na superfície do substrato...

Efeito do tipo de substrato e da presença de adubação suplementar sobre o crescimento vegetativo, nutrição mineral, custo de produção e intensidade de cercosporiose em mudas de cafeeiro formadas em tubetes

Pozza,Adélia Aziz Alexandre; Guimarães,Paulo Tácito Gontijo; Pozza,Edson Ampélio; Carvalho,Janice Guedes de; Montanari,Marcelo; Souza,Renato Ferreira de
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.84%
A utilização de tubetes para produzir mudas de cafeeiro (Coffea arabica L.) tornou-se uma realidade. Objetivando avaliar o uso de substratos adubados ou não com fertilizante de liberação gradual e seus efeitos na nutrição, na formação, na cercosporiose e nos custos de produção de mudas de cafeeiro em tubetes, conduziu-se um experimento em viveiro, em esquema fatorial (4x2) com quatro substratos combinados com duas adubações, tendo quatro repetições. As parcelas foram constituídas por 16 tubetes de 120 mL, considerando-se como plantas úteis as seis centrais. Os tratamentos consistiram dos substratos S1= Substrato comercial I, S2 = Substrato comercial II, S3 = Substrato de eucalipto e S4 = 80% esterco de curral + 20% terra de subsolo, todos com e sem adubação com fertilizante de liberação gradual. No geral, os melhores substratos para formação de mudas de cafeeiro em tubetes foram os substratos não comerciais ou orgânicos, independentemente de receberem ou não adubação suplementar. Observou-se redução da cercosporiose com a nutrição mineral, principalmente com o cálcio. Com a utilização de todos os substratos houve ganho econômico em relação ao custo por milheiro de mudas. A maior economia foi obtida com o substrato S4...

Proporção de material orgânico no substrato artificial paraa produção de mudas de cafeeiro em tubetes

Dias,Ricardo; Melo,Benjamim de
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.84%
Com o objetivo de avaliar os efeitos da utilização de diferentes materiais orgânicos no substrato artificial para a produção de mudas de cafeeiro (Coffea arabica L.) em tubetes, foi instalado em um viveiro comercial de produção de mudas, um experimento na Escola Agrotécnica Federal de Uberlândia - EAFU, no período de julho de 2005 a janeiro de 2006. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso, em esquema fatorial 3 x 6, com quatro repetições, sendo os fatores: três fontes de material orgânico (esterco de curral bovino curtido, cama de peru curtida e resíduo de fumo curtido) e seis proporções destes materiais no substrato artificial (0, 20, 40, 60, 80 e 100%). As parcelas foram constituídas por seis tubetes com capacidade volumétrica de 120 mL. Na fertilização dos substratos utilizou-se o fertilizante de liberação gradual (osmocote), fórmula NPK 15-09-12, aplicado em mistura homogênea na dose de 1 g do produto comercial por recipiente e como substrato artificial foi utilizado o produto comercial Bioplant-café. Foram avaliadas as características: altura da planta, diâmetro do caule, número de pares de folhas, área foliar, massa seca da parte aérea, do sistema radicular e total, além de relação raízes/parte aérea. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância...

Efeitos do substrato e da densidade populacional sobre as atividades comportamentais e níveis de homócitos em relação à densidade em Litopenaeus vannamei (BOONE, 1931)

Ferreira, Eric Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia; Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Psicobiologia; Estudos de Comportamento; Psicologia Fisiológica
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.94%
Carciniculture in Brazil occupies world-wide prominence due to shrimp culture, and the state of Rio Grande do Norte has presented the best results in the culture of the Litopenaeus vannamei in the last decade. This species has been shown to adapt easily to different environments and is between the five most cultivated penaeids of the world. The ponds are usually constructed in areas close to water courses and estuaries. Stock density and substrate ponds can pollute environment, causing losses in the growth and survival of the shrimps, being considered stress factors. Shrimps in inadequate densities and substrates can result reduced productivity of the farm; and favor diseases. So, it is important to verify how these variables influence the development of the animals in the culture farms. Our objective was to study the influence of the type of substrate and the stock density on the behavior and haemocyte count of the L. vannamei. Individually marked juvenile shrimps were kept in aquaria with 30 L of seawater and continuous aeration, in 12L-12D photoperiod. They were observed through Ad libitum and focal sampling instantaneous methods during thirty days, five times per week, six times per day (8:00 to 18:00) in windows of 15 minutes every two hours. The marking of carapace permitted quantifying molting and the feeding was supplied three times a day. Two experiments were carried out: the first one tested animals in the three different substrates (fine sand...

Efeito do tipo de substrato e da presença de adubação suplementar sobre o crescimento vegetativo, nutrição mineral, custo de produção e intensidade de cercosporiose em mudas de cafeeiro formadas em tubetes

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
36.84%
A utilização de tubetes para produzir mudas de cafeeiro (Coffea arabica L.) tornou-se uma realidade. Objetivando avaliar o uso de substratos adubados ou não com fertilizante de liberação gradual e seus efeitos na nutrição, na formação, na cercosporiose e nos custos de produção de mudas de cafeeiro em tubetes, conduziu-se um experimento em viveiro, em esquema fatorial (4x2) com quatro substratos combinados com duas adubações, tendo quatro repetições. As parcelas foram constituídas por 16 tubetes de 120 mL, considerando-se como plantas úteis as seis centrais. Os tratamentos consistiram dos substratos S1= Substrato comercial I, S2 = Substrato comercial II, S3 = Substrato de eucalipto e S4 = 80% esterco de curral + 20% terra de subsolo, todos com e sem adubação com fertilizante de liberação gradual. No geral, os melhores substratos para formação de mudas de cafeeiro em tubetes foram os substratos não comerciais ou orgânicos, independentemente de receberem ou não adubação suplementar. Observou-se redução da cercosporiose com a nutrição mineral, principalmente com o cálcio. Com a utilização de todos os substratos houve ganho econômico em relação ao custo por milheiro de mudas. A maior economia foi obtida com o substrato S4...

Proporção de material orgânico no substrato artificial paraa produção de mudas de cafeeiro em tubetes

Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
36.84%
Com o objetivo de avaliar os efeitos da utilização de diferentes materiais orgânicos no substrato artificial para a produção de mudas de cafeeiro (Coffea arabica L.) em tubetes, foi instalado em um viveiro comercial de produção de mudas, um experimento na Escola Agrotécnica Federal de Uberlândia - EAFU, no período de julho de 2005 a janeiro de 2006. Utilizou-se o delineamento experimental de blocos ao acaso, em esquema fatorial 3 x 6, com quatro repetições, sendo os fatores: três fontes de material orgânico (esterco de curral bovino curtido, cama de peru curtida e resíduo de fumo curtido) e seis proporções destes materiais no substrato artificial (0, 20, 40, 60, 80 e 100%). As parcelas foram constituídas por seis tubetes com capacidade volumétrica de 120 mL. Na fertilização dos substratos utilizou-se o fertilizante de liberação gradual (osmocote), fórmula NPK 15-09-12, aplicado em mistura homogênea na dose de 1 g do produto comercial por recipiente e como substrato artificial foi utilizado o produto comercial Bioplant-café. Foram avaliadas as características: altura da planta, diâmetro do caule, número de pares de folhas, área foliar, massa seca da parte aérea, do sistema radicular e total, além de relação raízes/parte aérea. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância...

Colonização de substrato artificial pelo mexilhão dourado, Limnoperna fortunei (Dunker, 1857) (Bivalvia, Mytiloida, Mytilidae), no Delta do Rio Jacuí (RS, Brasil); .

Dreher Mansur, Maria Cristina; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Pereira, Daniel; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Su; dos Santos, Cíntia Pinheiro; Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Aydos B
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2009 POR
Relevância na Pesquisa
36.84%
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2009v22n1p75Com o objetivo de avaliar a colonização de substrato artificial de madeira (em forma de X) pelo mexilhão dourado, Limnoperna fortunei (Dunker, 1857), como subsídio aos programas de monitoramento da invasora, foram realizados experimentos no delta do rio Jacuí (RS). Em dezembro de 2005 foram expostas (por três meses) três réplicas do substrato, em diferentes profundidades (1, 1,5 e 2m), em duas estações de coleta (total de 18 réplicas), no delta do rio Jacuí, no município de Porto Alegre: no Canal do Jacuí (CJ) e na doca do Cais do Porto (PO). Os substratos foram secos em forno de Pasteur (60°C). Os indivíduos adultos (> 0,5mm) incrustados nas diferentes posições no substrato (superior, inferior, lateral 1 e 2) foram removidos e quantificados sob o estereomicroscópio. A densidade média (ind.m-2) e o erro padrão nas estações de coleta foram: CJ, 309,19 ± 30,7 e PO, 39,4 ± 6,0. O teste de Kruskal-Wallis (α = 0,05) não demonstrou diferenças significativas entre profundidades (p = 0,715) e posições do substrato (p = 0,617), mas o Teste U demonstrou diferenças (p < 0,0001) entre estações de coleta. As densidades médias de adultos verificadas neste estudo foram superiores aos valores encontrados para o mesmo substrato...