Página 1 dos resultados de 1947 itens digitais encontrados em 0.004 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp

Avaliação das perdas qualitativas no armazenamento da soja; Qualitative losses evaluation on soybeans storage

Gilmar Valente Teixeira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/12/2001 PT
Relevância na Pesquisa
27.23%
À medida que a globalização é uma realidade mundial e aumenta a competitividade de abastecimento de alimentos, e sendo o Brasil um país tradicionalmente agrícola, torna-se uma prioridade produzir e armazenar cada vez melhor. Nestes processos a qualidade da matéria prima é fundamental pois os produtos alimentares apresentam sua qualidade condicionada à qualidade da matéria-prima que lhes deu origem. O armazenador de grãos deve ter como objetivo principal a preservação da qualidade dos produtos sob sua responsabilidade. Portanto, entender como as perdas ocorrem durante o armazenamento com e sem sistema de aeração, em diferentes níveis de umidade; verificar a variação do teor de óleo, proteína e acidez e obter modelos matemáticos para prever o comportamento da soja em função dos indicadores de qualidade foram os objetivos do trabalho. Armazenou-se soja durante 238 dias com três teores iniciais de umidade (12,70; 14,50 e 15,50% b.u.), em silos metálicos, sendo que 9 silos com sistema de aeração e 9 silos sem sistema de aeração. A temperatura foi registrada e amostras de grãos coletadas. Modelos de regressão foram ajustados em função do período de armazenamento e do teor de umidade inicial. A deterioração da soja ocorrida durante o experimento (aumento do percentual de grãos ardidos...

Um modelo de design de rede para exportação da soja no Brasil = Design network model applied to brazilian soybeans exportation; Design network model applied to brazilian soybeans exportation

Ana Paula Milanez
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/03/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.27%
A cadeia de exportação da soja tem alta participação no desempenho econômico do país. No entanto, as principais áreas produtoras são expostas a diversos problemas logísticos decorrentes da falta de planejamento e de investimentos em infraestrutura. Como resultado, os produtores são onerados pelos custos diminuindo seu capital disponível para investimentos, o que compromete as safras futuras e a projeção econômica do país. Diante desta realidade o governo brasileiro tem tomado medidas e realizando investimentos para sanar estes problemas. Os investimentos realizados em infraestrutura devem ser planejados para o longo prazo. Deste modo, este trabalho propõe a análise de um modelo capacitado de design de rede de hubs e, posteriormente, com base no mesmo, desenvolve três de modelos matemáticos que descrevem a cadeia exportação da soja e suas especificidades a fim de, criar uma ferramenta de análise para definir a localização de facilidades, armazenadoras/ consolidadoras/ redirecionadoras de fluxo, as rotas a serem utilizadas e a utilização dos portos para otimizar esta cadeia. Para aplicar os modelos, o Estado do Mato Grosso foi selecionado como foco do estudo., e com base no qual, foi realizado um extenso levantamento de dados da soja. Considerando que o Estado do Mato Grosso é dividido em 22 microrregiões foram esti-madas a quantidade de soja produzida...

Obtenção e aplicação de padrões de isoflavonas de soja; Obtention and application of isoflavone standards from soybeans

Marcelo Ribani
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.18%
O uso de padrões analíticos em análises cromatográficas é de fundamental importância para obter resultados analíticos confiáveis tanto em processos de validação de métodos quanto em análises rotineiras. Porém, o custo dos padrões de referência e sua disponibilidade para comercialização tornam o processo analítico muito caro e demorado. Neste trabalho foram obtidos padrões analíticos de isoflavonas de soja através da cromatografia líquida preparativa. Inicialmente foi desenvolvida uma método analítica por cromatografia líquida de alta eficiência, para separação e identificação de isoflavonas em extrato seco de soja. A seguir, foi realizada a transposição da escala analítica para a escala preparativa, iniciando pelo método da transposição direta. A caracterização e a pureza das isoflavonas obtidas foram verificadas a partir da pureza cromatográfica e pelos espectros na região do ultra violeta e visível, complementados pela espectrometria de massas e pela ressonância magnética nuclear. Os padrões obtidos por cromatografia preparativa apresentaram um teor de pureza de 93,1 % para daidzina, 99,8 % para daidzeína, 89,5 % para genisteína e 87,7 % para glicitina, permitindo, assim, o seu uso como padrões em análises rotineiras. Para demonstrar a aplicabilidade dos padrões obtidos...