Página 1 dos resultados de 1335 itens digitais encontrados em 0.006 segundos

Estudo ultraestrutural e citoquímico da microsporogéneses em Magnolia x soulangeana Soul.-Bod. (Magnoliaceae); Ultrastructural and cytochemical study of the microsporogenesis in Magnolia x Soulangeana Soul.-Bod. (Magnoliaceae)

Dinis, Augusto Manuel Ferreira
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
Disciplina afim: Biologia Vegetal Este é o primeiro trabalho a nível ultraestrutural que descreve todo o processo de diferenciação dos grãos de pólen numa espécie de Magnoliaceae, nomedamente Magnolia x soulangeana Soul.-Bod. Tomando como ponto de partida o tecido esporogénico, estudou-se a evolução do nœcleo e do citoplasma dos microsporócitos, bem como as modificações que simultaneamente ocorrem na sua parede. Dada a peculiaridade e, sobretudo, a importância e as divergências existentes na literatura quanto ao mecanismo citocinético nas Magnoliaceae, este processo foi estudado em detalhe tendo-se dada uma particular ênfase ao comportamento do citoesqueleto microtubular e microfilamentoso na meiose e citocinese, quer em condições naturais quer modificadas pela acção de alguns inibidores específicos (citocalasina B). A biogénese da parede polínica (esporoderme) foi também sequencialmente estudada e, em paralelo, as modificações que ocorrem nos micrósporos e nos grãos de pólen e que, directa ou indirectamente, se correlacionam com esta importante matriz extracelular. A primeira mitose polínica foi alvo de um estudo aprofundado, bem como a evolução das células vegetativa e generativa durante o período de maturação do pólen...

"Michel Foucault e a constituição do corpo e da alma do sujeito moderno". ; "Michel Foucault and the body and soul’s constitution of modern subject"

Silveira, Fernando de Almeida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2001 PT
Relevância na Pesquisa
37.1%
A obra de Michel Foucault destaca a relevância do corpo e da alma como sustentáculos das forças de poder e de saber, que se articulam estrategicamente na história da sociedade ocidental. A corporeidade ocupa uma posição central na obra de Foucault, ressaltando-a enquanto realidade bio-política-histórica, "interpenetrada de história" e como ponto de apoio de complexas correlações de forças, sobre a qual incidem inúmeras conformações discursivas produtoras de "verdades", que tanto podem reafirmar como recriar o sentido do corpo presente ou a sensibilidade individual/coletiva nele imanente. Esse é o espaço de formação da alma sobre a qual Foucault desenvolve uma “genealogia da alma moderna”, caracterizando-a como “o correlativo atual de uma certa tecnologia do poder sobre o corpo”, e também considerando que “não é a atividade do sujeito de conhecimento que produziria um saber, útil ou arredio ao poder, mas o poder-saber, os processos e as lutas que o atravessam e que o constituem, que determinam as formas e os campos possíveis do conhecimento”. Na medida em que Foucault retira do sujeito de conhecimento seu papel central no processo de produção do saber, o corpo - enquanto suporte dos embates das forças de poder e saber...

Uma educação da alma: literatura e imagem arquetípica; An education of the soul: Literature and archetypal image

Atihé, Eliana Braga Aloia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/04/2006 PT
Relevância na Pesquisa
36.95%
Esta tese procura registrar uma história de vida articulada por imagens da literatura apropriadas pela subjetividade no sentido de uma educação do cultivo da alma. Para isso, lanço-me, a partir de alguns trajetos de leitura, a um percurso teórico-analítico de cunho antropoliterário, no qual o texto é compreendido como mito e incorporado à história de vida do leitor como mediador simbólico inter e intrasubjetivo, cuja abertura semântica deve-se justamente à presença da imagem arquetípica segundo noção de James Hillman (1995:10). Os potenciais pedagógicos da literatura são veiculados pelas imagens portadoras do arquétipo como "janelas de aprendizagem" (Paula Carvalho) que permitem que o leitor transite do texto à existência e de volta, num circuito que o auxilia a promover a equilibração de polaridades e a elaboração criativa da alteridade representada, em última instância, pelo inconsciente, no sentido da construção da identidade do ego e em direção à individuação. São eixos organizadores: (1) a Arquetipologia Geral no contexto da Teoria Geral do Imaginário, de Gilbert Durand; (2) a noção de imagem no contexto da Psicologia Arquetípica, segundo James Hillman e (3) a noção de Educação Fática em José Carlos de Paula Carvalho. A partir de uma perspectiva hermenêutica que procura a abertura do discursivo rumo ao existencial (Paula Carvalho...

Uma tradição viva: raízes para a alma - uma análise fenomenológica de experiências de pertencer em uma comunidade rural de Minas Gerais; A live tradition: roots for the soul a phenomenological analysis of belonging experiences in a rural community of Minas Gerais

Araujo, Renata Amaral
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
36.95%
O tema abordado nessa tese refere-se à constituição do sujeito contemporâneo dentro de uma perspectiva cultural especificamente marcada pela experiência religiosa: a devoção a Nossa Senhora de Nazareth em Morro Vermelho (Caeté/MG). Utilizando-se desse campo fértil de expressão da nossa cultura brasileira as festas populares , buscamos investigar, descrever e discutir como, dentro desse contexto, emerge a experiência do pertencer como uma maneira de conceber a si mesmo. Para alcançar esse objetivo, verificamos como a experiência comunitária em Morro Vermelho, ordenada pela devoção mariana, contribui para a dinâmica do pertencer, ensejando a experiência de pertença local. Para isso, foi necessário: a) análise de três entrevistas coletadas durante os preparativos e a realização propriamente dita da festa de Nossa Senhora de Nazareth, em 2001, à luz da seguinte problematização: a relação entre o desenvolvimento da devoção, para os moradores de Morro Vermelho, e a emergência da experiência de pertencer a esse local; b) o delineamento dos elementos presentes na experiência comunitária dessa vila que favorecem a experiência do pertencer; c) a compreensão da dinâmica do pertencer, assim como vivida pelos entrevistados...

Agostinho e os maniqueus: análise a partir 'das duas almas'; Augustine and the manichaeans: analysis from "two souls"

Fujisaka, Daniel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.41%
Pretendemos demonstrar como Agostinho reconduz a questão gnóstico-maniqueia das duas almas para o campo da interioridade humana, associando vida e alma como bens compreendidos pelo intelecto e, consequentemente, irredutivelmente verdadeiros. Na primeira parte da dissertação, buscamos os traços da questão no livro III das Confissões, parágrafos 1,1 à 6,12, em duplo interesse quanto a noção de pecado: primeiro, como ser ou ausência de ser, defectus da vontade individual; em seguida, como miséria - herança de uma impotência dejá lá e sintoma de uma situação de dessemelhança (regio dissimilitunis). Essa dupla visada tem o intuito de verificar possibilidades de assimilação e afastamento da gnose-maniqueia, a fim de que possamos seguir os argumentos filósofo de Hipona no enfrentamento do problema da existência da alma má em um tratado de 392, Sobre as Duas Almas (De duabus animabus) segunda parte de nosso trabalho. Nessa obra, o bispo procura derruir o dogma maniqueu a partir da alma como primeira consideração (cogito cf. tríade ser-vida-intelecto); atribui-lhe natureza intermediária entre sensíveis e inteligíveis e livre determinação de si pela atividade de valorar os bens que a cerca. Consequentemente...

A união do corpo e da alma n'A estrutura do comportamento; The union of body and soul in The Structure of Behavior

Fujita, Natália Giosa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.95%
Procuramos mostrar como a primeira das teses doutorais de Merleau-Ponty, A Estrutura do Comportamento, torna possível o retorno ao problema clássico da união do corpo e da alma, uma vez que, ao mesmo tempo em que faz a crítica do empirismo mecanicista que embasa as tentativas científicas (da neurofisiologia e da psicologia) de dar conta da vida orgânica e do comportamento, descobre nas descrições destes fenômenos um meio original em relação ao para-si suposto pelo criticismo como explicação e fundamentação última do conhecimento e limite para o que se pode dizer sobre o ser. Procuramos ademais sugerir as limitações do quadro conceitual em que o corpo e suas realizações, dentre as quais especialmente a percepção, podem voltar a desempenhar um papel decisivo na interrogação filosófica, em especial pela ênfase, a nosso ver excessiva, que o autor faz recair sobre a articulação entre símbolo e verdade e pela falta de descrição positiva da articulação entre as formas chamadas inferiores do comportamento ligadas ao instinto, à vida orgânica e a uma temporalidade circular - e o nível simbólico remetido à verdade, à liberdade e à História; We try to show how Merleau-Ponty's first doctoral thesis, The Structure of Behavior...

Separabilidade e distinção real entre corpo e alma nas Meditações Metafísicas

Gava, Lara Lages
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.28%
A presente dissertação investiga o argumento da distinção real entre corpo e alma presente nas Meditações Metafísicas. O objetivo central é explicar o motivo pelo qual, nesta obra, a separabilidade entre corpo e alma é posta como condição suficiente para esse tipo de distinção. Para isso, percorre, ao longo das Meditações, os conceitos de alma, de corpo e de percepção clara e distinta. Faz uma análise do argumento da distinção real entre corpo e alma exposto na Sexta Meditação e, em seguida, se utiliza das discussões de Descartes com Caterus e Arnauld presente nas Objeções e Respostas visando a esclarecer pontos do argumento que ainda permanecem obscuros. Mostra, com o estudo das Meditações associado às Objeções e Respostas, que a distinção real é aquela que se dá entre substâncias e que ser substância é ser separável. Assim, sendo o reconhecimento da separabilidade de duas coisas o reconhecimento de que essas coisas são substâncias – e, portanto, de que são realmente distintas – explica, com isso, o motivo pelo qual a separabilidade é condição suficiente para a distinção real entre corpo e alma e conclui que ela lhe é, também, uma condição necessária.; This dissertation investigates the argument of the real distinction between body and soul presented on the Meditations on First Philosophy. The main goal is to explain the reason why the separability between body and soul is considered sufficient condition for this sort of distinction. In order to reach its goal...

Morte, alma, corpo e homem na poesia homerica; Death, soul, body and man in Homeric poetry

João Miguel Moreira Auto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/05/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
O corpo humano (sôma) não é, em Homero, exatamente o mesmo que ?corpo? tal como encontramo-lo em Platão ou em textos modernos, mas é sabido que lá ele é entendido como ?cadáver?. Da mesma forma, também a alma (psykhé) homérica não é exatamente um ?sopro vital?, como tem sido afirmado por alguns especialistas, mas é preciso compreendê-la em sua relação com a morte como um duplo fantasmático do defunto e, pois, como uma mímesis atenuada da vida (e não como um princípio vital propriamente dito). Assim, ela não é uma parte do ser humano como o thymós, o nóos ou as phrénes, mas uma cópia do homem como um todo. O objetivo desse trabalho é provar que é falsa a opinião de Snell segundo a qual a alma homérica não tem unidade. Com efeito, ele afirma que a alma como unidade de consciência do homem (da qual depende todo e qualquer ato responsável) surgiu concomitantemente à filosofia; entretanto, é mais fácil de acreditar que, pelo contrário, o método analítico dos filósofos leva a uma visão mais fragmentária do ser humano e de sua consciência. A ausência notável de palavras para designar o ?corpo? stricto sensu, e o análogo excesso de palavras para ?alma? (do qual resulta uma certa variedade de sutis diferenças de significado) não implicam em que não existisse...

Poetics of the Soul: Art and Consciousness for the 21st Century

Soares, Paula
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: Aula Formato: 32597 bytes; application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
36.95%
The Poetics of the Soul model is the result of a PhD thesis based on the reflection and (re)location of the Mission of Art and the Creative Process on a New Millennium basis. Its roots lead to the (re)integration of the Creator, the Mirror-work of Art and the Perceptor in a dynamic molecular structure.

The Soul and the Body in the Philosophy of the Rambam

Mizrahi, Avshalom
Fonte: Rambam Health Care Campus Publicador: Rambam Health Care Campus
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 30/04/2011 EN
Relevância na Pesquisa
27.41%
Among the wide-spectrum contribution of the Rambam – the Maimonides – in philosophy to the word and to Judaism are his ideas on the body and on the soul and on the relations between them. His major approaches in these subjects are the following: 1) The body is the home of the soul, and the soul guides the body. That means the body and the soul are one unit. 2) The soul has five virtual parts. Each part is responsible for another activity in the human being. 3) Except for the treatment of diseases of the body and the soul with drugs, foods, physical exercise, etc., the Rambam believes that maintaining the health – of the body and of the soul – lies first of all, and probably exclusively, in observing the commandments and improving one’s ways, morals and conduct up to their highest levels, toward all of the world’s creatures. 4) The Rambam is of the opinion that one needs to persist in learning the Torah. One should worship God with awe and love and observe good values and virtues. All of these build the frameworks that maintain mental health and strengthen man’s abilities to develop skills for maintaining bodily health. This is so because body and soul are one – which is the basis of the Rambam’s philosophy of health and medicine.

Banda Black Rio : o soul no Brasil da década de 1970; Black Rio Band : the soul music in Brazil 1970's

Eloá Gabriele Gonçalves
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
Este trabalho estuda a trajetória da Banda Black Rio, formada em meados dos anos de 1970, cuja produção caracteriza--?se por fusões de múltiplas musicalidades. Através da análise musical de uma amostragem do repertório gravado pela banda, verificou?se nessa produção a presença de elementos característicos de gêneros brasileiros como o samba, o choro e o baião, mesclados aos do jazz, do soul e do funk. A pesquisa revelou que procedimentos adotados pelos músicos nas composições, releituras, arranjos e instrumentação produziram resultados sonoros peculiares. Trata--?se de uma sonoridade híbrida, que, de certa forma, expressa a emergência de uma nova sensibilidade num contexto histórico brasileiro marcado pela presença de um regime político autoritário, do desenvolvimento e da integração da indústria cultural e do advento de novas identidades geracionais e étnicas; This work studies the history of the band Black Rio, formed in the mid 1970s, whose production is characterized by a fusion of multiple musicalities. Through musical analysis of a sample of the repertoire recorded by the band, it was verified the presence of characteristic elements of Brazilian genres such as samba, choro and baião, merged with components of jazz...

Cura medica de las almas (CMA); Medical soul healing (MSH)

Ancisar Restrepo Toro; Universidad Pontificia Bolivariana
Fonte: Psicología desde el Caribe Publicador: Psicología desde el Caribe
Tipo: article; publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.2%
La «Cura médica de almas» tiene como objetivo señalar otra zona de aplicación de la Logoterapia, el acercamiento al hombre que sufre, al homo patiens, pero no ya a su sufrimiento en sí mismo sino a su humanidad. Si la Logoterapia, en su sentido más estricto, es la terapia indicada para las neurosis noógenas o en otros casos es complementaria de las psicoterapias, en el caso de la «Cura médica de almas» ya no es intervención terapéutica sino, específicamente, ejercicio de la humanidad del terapeuta en contacto con la humanidad de su paciente. Palabras claves: Cura médica de almas, terapia.The “Medical soul healing” aims to point out another application area of Logotherapy, the approaching to suffering man, the homo patients, not to his suffering itself but to his humankind. If Logotherapy, in its most strict sense, is the suitable therapy for spiritual neurosis or, in other instances, is a complement of psychotherapy, in the case of the “medical soul healing” it is no longer a therapeutic intervention, but a humanistic exercise of the therapist who gets in contact with the humanity of his patient.Keywords: Medical soul healing, therapy.

What changes in positing the body instead of the soul? Nietzsche amongst Descartes, Kant and biology. [Spanish]; ¿Qué cambia poner el cuerpo en lugar del alma? Nietzsche entre Descartes, Kant y la biología.

Barbara Stiegler; Universidad de París I, Sorbona.
Fonte: Universidad del Norte Publicador: Universidad del Norte
Tipo: article; publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.1%
The question is what difference does it make to place the body in the place of the soul? The answer can be found in the reformulation Nietzsche makes of the body in his own philosophy of as a result of biologizing the Kantian subject in the face of Cartesianism.; Se trata de preguntarse por la diferencia que genera para la filosofía el poner el cuerpo en el lugar del alma. Se responderá a partir de la reformulación que hace Nietzsche del cuerpo en su filosofía resultado de una biologización del sujeto kantiano frente al cartesianismo.

El aporte de Étienne Gilson al problema de la inmortalidad del alma humana en Cayetano; The contribution of Étienne Gilson to the problem of the immortality of the human soul in Cajetan

Muñoz Medina, Ceferino Pablo Daniel
Fonte: The International Etienne Gilson Society Publicador: The International Etienne Gilson Society
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:ar-repo/semantics/artículo; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.1%
In his article the author reviews Cajetan's different positions on the problem of the immortality of the human soul, and investigates possible reasons which led the Cardinal to dissent with the position of Thomas Aquinas. For this purpose, he Invokes selected interpretations of distinguished scholars, with special reference to the approach of Étienne Gilson. Against the background of his analyses the authors attempts to give a synthesis which, as he hopes, canbecome a modest contribution to contemporary comments on the thought of this great French medievalist about the problem of the immortality of the human soul in Cajetan.; Fil: Muñoz Medina, Ceferino Pablo Daniel. Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas. Centro Científico Tecnológico Mendoza; Argentina. Universidad Nacional de Cuyo. Facultad de Filosofía y Letras. Instituto de Filosofia. Centro de Estudios Filosóficos Medievales; Argentina

Animali, uomini, mostri : tenerezze e orrori per un’anima sulla soglia

Maranini, Anna
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em /2011/2010 ITA
Relevância na Pesquisa
27.33%
A partire dal simbolo dell’anima come raffi gurato in un’edizione cinquecentesca de l’Acerba di Cecco d’Ascoli, si offrono qui alcune testimonianze di ‘esseri volanti’ che si sono prestati a rappresentare l’anima che oltrepassa un limes, una soglia, a volte nella loro bona pars, a volte nella loro mala pars. Oltre ad associare l’anima ad animali che possiedono ali per natura o ad esseri alati immaginari, la letteratura medievale e rinascimentale ha dotato l’anima di ali anche quando l’ha raffi gurata con parvenze umane. L’immaginario si è perciò popolato di strani esseri, monstra, portenta ed ibridi che si alzano verso l’alto per attraversare il limes degli elementi (acqua, aria, terra e fuoco). Quando si trova su di una soglia che tenta di superare o che deve superare, l’anima può essere rappresentata da un essere straordinario, fuori dell’ordinario, fi gurazione di un portentum o di un monstrum. Una delle più importanti fonti classiche per la tradizione letteraria è Apuleio. L’anima razionale che ha mantenuto i segni del divino sia nella cultura pagana sia in quella cristiana, si è compenetrata con i signifi cati simbolici di volta in volta assunti dalle icone.; Moving from the symbol of the soul as it is pictured in a Sixteenth Century edition of L’Acerba by Cecco d’Ascoli...

Faculdades da alma e suas implicações para a educação: saberes divulgados no século XIX; Faculties of the soul and their implications for education: knowledges circulated in the 19th century

Assis, Raquel Martins de; Martins, Juliana de Souza
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/03/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
Este artigo descreve resultados de uma pesquisa que buscou investigar como o tema das faculdades da alma e de suas implicações no desenvolvimento humano e na educação da pessoa foi divulgado, ao final do século XIX, pela imprensa periódica. Esperando contribuir para a história da psicologia e da educação, o artigo apresenta a análise de escritos sobre educação moral e educação estética de uma Secção Scientífica ou Pedagógica assinada por José Miguel de Siqueira e publicada no jornal O Baependyano (1877-1889). Inicialmente, são feitas breves descrições do periódico e de sua posição na conjuntura da época, bem como do lugar em que foi publicado. Em seguida, tratamos da definição de pedagogia apresentada pelo jornal, levando em consideração as apropriações de autores estrangeiros comumente presentes no campo da educação. A pedagogia considerada moderna é definida em tais escritos como a expansão e o desenvolvimento das forças animais, racionais e morais do ser humano; sua finalidade seria a formação do homem social pronto para o trabalho e para o serviço da sociedade e do Estado. Partindo dessa discussão, abordamos as concepções de educação espontânea, educação regular e instrução contidas no periódico. A educação é entendida como a unidade entre cultura e instrução...

Body and soul in Foucault: Assumptions for a methodology of psychology; Corps et âme chez Foucault: Postulat pour une méthodologie de la psychologie; Corpo e Alma em Foucault: Postulados para uma Metodologia da Psicologia

Silveira, Fernando de Almeida; Furlan, Reinaldo
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Psicologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2003 POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
Michel Foucault's work sets in figure the body as an expression of a whole set of powers and knowledge, which are strategically articulated within the history of Western Society. The body is, simultaneously, an agent and a piece within the forces interplay present in all social net, turning out to be a depositary of marks and signs that get engraved in it. This happens as a result of those interplays and clashes, which, in turn, have in corporality its test-field. And the soul emerges as instrument of the powers / knowledge performance over the body, in the process of constitution of the subjects' historical body. The objective of this paper is to develop postulates related to Foucault's body and soul notions, for investigation and practice in Psychology; Michel Foucault identifie le corps comme l'expression de pouvoirs et de savoirs qui s'articulent stratégiquement dans l'histoire de la société occidentale. Le corps est, simultanément agent et pièce dans un jeu de force présent dans toute la chaîne sociale, qui le trend dépositaire de marques et de signaux qui s'inscrivent par des chocs, qui ont dans la corporalité son « champ de preuve ». Et l'âme apparaît comme un instrument d'action des pouvoirs/savoirs sur le corps...

Metaphysics, 9.8, 1050a30—b4: The Identity of Soul and Energeia

Shikiar, David Alan
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 20/05/2015 ENG
Relevância na Pesquisa
37.28%
I argue that 1050a30—b3 contains an argument in which a series of analogies treating the ‘in’ relation are deployed to constrain how the relation between life and the soul is to be construed, such that, given other reasonable premises, it follows that the soul is identical with the activity life.  The interpretation of the ‘in’ relation turns crucially upon the distinction between a subject and a site for an activity, which opens the way for understanding the relation designated as not being that of inherence, which would imply some form of ontological distinction.  After establishing the conclusion concerning identity, I explain how the soul may be understood as possessing a modally graded internal structure, each higher-order modality corresponding to a higher level of completion, thinking being the highest grade in human beings.  I then show how the identity of soul and living activities affirmed at b2—3 implies the substantial priority of energeia to potentiality affirmed at b3—4.

Sobre A Dimensão Epistemológica Da Alma Em Platão; On The Epistemological Dimension Of The Soul in Plato

Soares, Telmir de Souza
Fonte: Aufklärung: revista de filosofia; Aufklärung Publicador: Aufklärung: revista de filosofia; Aufklärung
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/octet-stream; application/xml; application/pdf
Publicado em 06/09/2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
Este artigo investiga a dimensão epistemológica do conhecimento da alma em Platão, tomando por base a ideia de que o conhecimento, na cultura ocidental, parte do princípio de diferenciação entre o homem [alma] e o mundo [natureza]. Desde os gregos antigos, esta questão intriga pelas respostas apresentadas, e durante um longo tempo permaneceu no centro da atenção de filósofos de diferentes tradições. Neste artigo, especialmente, abordaremos o dimensaão platônica dada à questão.; This article proposes to investigate the epistemological dimension of the knowledge of the soul in Plato. For this we take as base the idea that the knowledge comes from the principle of differencition betwen the man [soul] and the world [nature] in the western thought. From antient greeks, this question appears by its given responses that in after philosophy remains as principal point of discussion and attention amogn different traditions and philsophers. In this article we will show interpretation of Plato regarding to that question.

The Life Of Soul In Simmel And Lúkacs; A Vida Anímica Em Simmel E Lúkacs

da Silva, Sergiano Alcântara
Fonte: Aufklärung: revista de filosofia; Aufklärung Publicador: Aufklärung: revista de filosofia; Aufklärung
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/octet-stream; application/xml; application/pdf
Publicado em 27/08/2014 POR
Relevância na Pesquisa
37.1%
The present paper deals with two philosophical points of view concerning the dualist problem about the relation of the soul with the world: on the one hand, there is Georg Simmel pointing, in an eloquent fashion, the shades of the life of soul in a world dominated by the fragmentary dimension of modernity; on the other hand, there is Georg Lúkacs trying to find a place where such a landscape can be nullified and overcome. This way, we aim to bring both visions of the world closer as well as to put them apart.; O presente artigo trata de dois pontos de vistas filosóficos acerca do problema dualista da relação da alma com o mundo: por um lado, temos Georg Simmel apontando de modo bastante eloquente as nuances da vida anímica num mundo dominado pela dimensão fragmentadora da modernidade e, por outro, mostraremos Georg Lúkacs tentando achar um lugar onde tal paisagem pode ser anulada e superada.  Discutiremos então as aproximações e distanciamentos em ambas as visões de mundo.Palavras-chave: