Página 2 dos resultados de 28 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Zonamento climático e regulamentação energética: o caso português

Borges, Tiago Augusto Quintanilha Castro
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
16.79%
O principal objetivo deste trabalho consistiu em avaliar a possibilidade de utilizar um número reduzido de ficheiros climáticos para a análise do desempenho energético de edifícios em todo o território nacional (continental). Para o efeito foi desenvolvido e ensaiado um procedimento destinado ao cálculo dos consumos nominais de um edifício em Portugal, utilizando ficheiros climáticos de apenas seis cidades, por oposição à exigência regulamentar em vigor que prevê a utilização de ficheiros climáticos com uma resolução ao nível do concelho. Deverá ser salientado que os seis ficheiros climáticos acima referidos estão normalmente disponíveis de forma gratuita, integrados na generalidade das aplicações computacionais existentes para simulação dinâmica de edifícios ao contrário dos ficheiros climáticos ao nível do concelho. Acresce que nalguns casos é inviável a utilização destes últimos devido a incompatibilidade entre o software de simulação e os ficheiros disponíveis (Solterm/LNEG) A solução proposta para este problema passou por, através de uma metodologia de cálculo simplificada, estabelecer fatores de correção aplicáveis aos seis concelhos referência, de modo a partir destes obter os consumos energéticos para qualquer concelho de Portugal continental. Da comparação dos resultados obtidos com a metodologia proposta com a convencional...

Desempenho energético no âmbito do aquecimento solar térmico para as condições de utilização recomendadas pelo RSECE/RCCTE

Antunes, Sónia Cristina Martins
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2014 POR
Relevância na Pesquisa
16.79%
A presente dissertação consistiu no estudo do desempenho energético de dois sistemas solares – termossifão e circulação forçada – utilizados no Refeitório do ISEL no âmbito do aquecimento solar térmico para as condições de utilização recomendadas pelo RSECE. Realizou-se uma campanha de medições durante o período de doze meses, tendo este sido iniciado em Abril de 2013 e terminado em Março de 2014. Esta campanha permitiu determinar o desempenho energético de ambos os sistemas em estudo. As condições recomendadas pelo RSECE (60 °C) serviram como referência para os resultados experimentais obtidos, para serem comparados com dados registados anteriormente na mesma instalação, mas com uma condição de funcionamento de 50 °C, verificando-se um incremento de carga e, consequentemente, um aumento de energia por parte dos sistemas de apoio, o que se traduziu numa diminuição da fracção solar em ambos os sistemas. Para estudar estes dois sistemas solares, realizaram-se várias simulações com o softwareSolterm, tendo em conta diversos factores, como por exemplo, a temperatura de água da rede assumida pelo programa e a evolvente geográfica. Os resultados obti dos foram comparados com os experimentais...

Cálculo de coletores solares térmicos [informação ocultada]

Rebelo, Carla
Fonte: Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico de Setúbal Publicador: Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico de Setúbal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
16.79%
Dissertação de Mestrado em Energia; Versão para consulta pública onde as referências comerciais foram mascaradas por questões de confidencialidade; O objetivo pretendido neste relatório é apresentar um histórico da minha atividade profissional em particular, na empresa [informação ocultada]. É dado realce à colaboração na adaptação do programa de cálculo de coletores solares desenvolvido pela empresa. Com base na apresentação de um exemplo, um hotel 4 estrelas* em Setúbal, são apresentadas as considerações e equações de cálculo que estão por detrás deste programa informático. Os resultados são o número de coletores solares térmicos [informação ocultada] e a superfície absorvedora total do campo de coletores para a instalação em questão. A empresa tem todo o interesse que este programa seja aplicável a Portugal por constituir uma boa ferramenta de cálculo. Para tal foram feitas pesquisas e o enquadramento das normas europeias e nacionais nesta matéria, nomeadamente critérios descritos no Decreto-Lei 80/2006 e dados utilizados no Solterm. O programa de cálculo da [informação ocultada] simplifica o trabalho comercial junto dos gabinetes de projeto e instaladores, minimiza o tempo de resposta das propostas comerciais aos clientes...

O desafio de abastecimento descentralizado de água: avaliação do potencial de dessalinização por energia solar

Branco, Telma Filipa Aires
Fonte: ISA Publicador: ISA
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
16.79%
Mestrado em Engenharia do Ambiente - Instituto Superior de Agronomia; Coping with water scarcity is one of the world biggest challenges, and in this sense, desalination has assumed an important role as an alternative solution for water supply. However the high energy consumption is a main drawback of this technology. The use of renewable energy as an alternative energy supply can contribute to a more environmentally sustainable desalination process. This work aims to illustrate the different available desalination technologies, and understand how these technologies can be combined with renewable energy sources, with more emphasis on humidification - dehumidification technology using solar energy. Since solar desalination is more applicable for decentralized production of water on a small scale, a case study was conducted on Culatra Island. This included geographical and climate characterization and, analysis of water needs. Based on this information a humidification-dehumidification desalination system was designed in order to supply part of the water needs of the community, including a solar thermal system dimensioned through the software SolTerm, in order to assess ih this system can be an alternative to the existing water supply.

A contribuição de um sistema solar térmico no desempenho energético do edifício solar XXI

Pereira, Andreia Alexandra Salgueiro da Silva de Castro
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
16.79%
Dissertação apresentada na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa Para a obtenção do Grau de Mestre em Energia e Bioenergia; A Directiva 2010/31/UE obriga todos os edifícios novos a serem NZEB até Dezembro de 2020.Um NZEB é aquele que ao longo de um ano produz tanta energia quanto a que consome. O Solar XXI é um edifício de elevado desempenho energético sendo necessário em 2007 apenas 11,5kWh/m2.ano para satisfazer todas as necessidades energéticas. O objectivo deste estudo é avaliar a contribuição de um sistema solar térmico na redução das necessidades energéticas de aquecimento do Solar XXI. Estabeleceram-se dois cenários, representando o cenário (A) as necessidades de aquecimento para uma utilização onde todas as salas e gabinetes utilizam o sistema de aquecimento na sua potência máxima, e um cenário (B) representativo de uma suposta utilização mais próxima da realidade, com menores necessidades energéticas. O sistema solar térmico deste edifício produz no cenário (A) 2,1kWh/m2.ano e no cenário (B)4,0kWh/m2.ano. Esta contribuição não é suficiente para que o Solar XXI alcance o estatuto NZEB. Contudo, os novos módulos PV instalados no Solar XXI irão produzir 35kWh/m2.ano fazendo com que o balanço energético anual do edifício seja positivo. Os resultados obtidos por simulação no programa Solterm 5.1.3. deverão ser aferidos com os dados provenientes da monitorização que se espera realizar ao sistema.

Estudo da eficiência energética e exergética de transferências térmicas com sistema solar térmico e bomba de calor

Silva, Alberto Carlos Costa
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
16.79%
Para a realização deste trabalho, foram necessários um sistema solar térmico e uma bomba de calor. Cada um está ligado ao seu próprio termoacumulador sanitário de 300 litros, para nestes ser transferida a energia captada do sol, no caso do sistema solar, e a captada do ar ambiente e da rede eléctrica, no caso da bomba de calor. Antes de efectuar qualquer cálculo ou ensaio experimental, foi necessário efectuar um estudo elaborado sobre os sistemas solares térmicos e bombas de calor, para juntamente com os conhecimentos teórico-práticos adquiridos na licenciatura e na experiência profissional, efectuar um desenvolvimento adequado ao tema e desenvolver um formulário correcto e aplicável às condições da instalação. Após o formulário predefinido, prepararam-se o sistema solar e a bomba de calor já existentes na empresa. Para tal, em ambos os sistemas equilibram-se e colocaram-se os sensores para registo das temperaturas, caudais e radiação solar, para substituir nas fórmulas estabelecidas, após os ensaios efectuados. Assim pode-se calcular a eficiência energética e exergética para a instalação global do solar e da bomba de calor, respectivamente, como para cada um dos componentes que constitui as instalações. Após os cálculos efectuados...

Relatório de Estágio Curricular – EGICONFOR, Consultores de Engenharia, Projectos e planeamento (Guarda)

Costa, Ana
Fonte: Escola Superior de Tecnologia e Gestão Publicador: Escola Superior de Tecnologia e Gestão
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
POR
Relevância na Pesquisa
16.79%
O objectivo essencial deste estágio foi aplicar os conhecimentos adquiridos ao longo da licenciatura ao mundo de trabalho real. O plano de estágio foi proposto pelo supervisor da empresa e consistiu na elaboração de projectos referentes a todas as especialidades que abrangem uma habitação, tais como: Rede predial de águas domésticas, esgotos domésticos e pluviais; Estabilidade e por fim a aplicação do RCCTE. O dimensionamento da estabilidade da habitação foi concebido através da utilização de programas informáticos da especialidade para os diferentes elementos estruturais que compõem a habitação. No que diz respeito ao dimensionamento da rede de águas frias e quentes e à rede de esgotos domésticos e pluviais, este foi desenvolvido em a utilização de nenhum programa específico. A verificação térmica foi realizada conforme a legislação em vigor, nomeadamente o RCCTE – Regulamento das Características de Comportamento Térmico dos Edifícios – Decreto-Lei nº 80/2006 de 4 de Abril, com a ajuda da utilização do programa SOLTERM para a determinação dos painéis solares da habitação. A habitação em que a estagiária colaborou no desenvolvimento do projecto, diz respeito a uma moradia unifamiliar composta por dois pisos...

Estudo da eficiência energética e exergética de transferências térmicas com sistema solar térmico e bomba de calor

Silva, Alberto Carlos Costa
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2008 POR
Relevância na Pesquisa
16.79%
Para a realização deste trabalho, foram necessários um sistema solar térmico e uma bomba de calor. Cada um está ligado ao seu próprio termoacumulador sanitário de 300 litros, para nestes ser transferida a energia captada do sol, no caso do sistema solar, e a captada do ar ambiente e da rede eléctrica, no caso da bomba de calor. Antes de efectuar qualquer cálculo ou ensaio experimental, foi necessário efectuar um estudo elaborado sobre os sistemas solares térmicos e bombas de calor, para juntamente com os conhecimentos teórico-práticos adquiridos na licenciatura e na experiência profissional, efectuar um desenvolvimento adequado ao tema e desenvolver um formulário correcto e aplicável às condições da instalação. Após o formulário predefinido, prepararam-se o sistema solar e a bomba de calor já existentes na empresa. Para tal, em ambos os sistemas equilibram-se e colocaram-se os sensores para registo das temperaturas, caudais e radiação solar, para substituir nas fórmulas estabelecidas, após os ensaios efectuados. Assim pode-se calcular a eficiência energética e exergética para a instalação global do solar e da bomba de calor, respectivamente, como para cada um dos componentes que constitui as instalações. Após os cálculos efectuados...