Página 1 dos resultados de 143 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Expression et engagement sur le web et les reseaux

Durampart, Michel
Fonte: Edições Universidade Fernando Pessoa Publicador: Edições Universidade Fernando Pessoa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 FRA
Relevância na Pesquisa
27.15%
A partir de travaux de recherche menés au Liban mais aussi d’une réflexion plus large sur les dialogues et modalités de communication sur les sites web, forums, médias sociaux, dans l’espace Méditerranéen en Afrique du Nord, proche orient, Machreb, il s’agit de mettre en avant: La question du formatage et du déplacement des modes et formes d’engagement et de participation sur le web, notamment au regard d’une confrontation entre les notions d’engagement et de participation en présence et à distance.Le refus d’une position qui sépare ou oppose technique et social, homme/machine, homme/programme, afin de considérer plutôt une positon contextuelle voire dialogique sur ces phénomènes. Il s’agit de montrer plutôt que ces différents termes ou modalités sont en continuité et en contiguïté dans une imbrication permanente. Enfin plus globalement, il convient de révéler des paradoxes et tensions qui s’expriment alors du point de vue de concepts liés à l’expression, l’intentionnalité, les représentations, dans cette relation sociotechnique. Il est question de prendre en compte une relation avec les identités, les implicites culturels, sociétaux et politiques dans le cadre d’une réflexion sur les sociétés de la connaissance. From research works led to the Lebanon but also from a wider reflection on the dialogues and the modalities of communication on Web sites...

As redes que se tecem nas escolas públicas de ensino médio de Porto Alegre : o uso das tecnologias digitais e a construção de indicadores de fluência digital a partir de uma abordagem sociotécnica

Meirelles, Mauro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.15%
Há diferenças significativas nos níveis de fluência digital entre os alunos da Rede Pública de Ensino de Porto Alegre em função de suas diferentes condições de acesso e utilização de computadores, conectividade e sociabilidade. Utilizamos uma amostra de 430 casos obtidos em 19 escolas da Rede Pública de Ensino com o objetivo de mapear as relações tecidas na rede de interações entre agentes humanos e não-humanos que compõem o entorno das Escolas Estaduais de Ensino Médio. Para reconstituirmos as múltiplas relações que se estabelecem no processo de produção do conhecimento, utilizamos a idéia de rede sociotécnica, principalmente, no que se refere a interesses políticos, econômicos e sociais dos grupos envolvidos, evitando, sobretudo, à luz de tal abordagem, a dimensão meramente instrumental da ciência. Trabalhamos com métodos estatísticos para o estabelecimento de indicadores de acessibilidade, usabilidade, interconectividade, sociabilidade e fluência no uso do suporte informático. O conceito weberiano de tipo ideal serviu de subsídio à construção de parâmetros de análise. Com o uso deste aporte metodológico-conceitual estabelecemos distâncias existentes entre os diferentes pontos dessa rede de interações. Os indicadores permitiram identificar sete níveis distintos de fluência digital entre os alunos...

A rede sociotécnica do babaçu no Bico do Papagaio (TO) : dinâmicas da relação sociedade-natureza e estratégias de reprodução social agroextrativista

Rocha, Maria Regina Teixeira da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.64%
A tese tem como foco central a configuração que assume a rede sociotécnica do babaçu no Bico do Papagaio – TO, construída pela associação de seres humanos e não humanos e a interface que estes estabelecem com as estratégias de reprodução social e as relações sociedade-natureza. O que se busca destacar na pesquisa são as formas de reprodução social do agroextrativismo do babaçu como produto dessa rede sociotécnica e as dinâmicas atuais das relações sociedade-natureza decorrentes dessas estratégias. Como ponto de partida foram formuladas três questões de pesquisa: a primeira, direcionada à identificação e análise dos elementos (sociais, políticos e naturais) convergentes e/ou divergentes que têm afetado o extrativismo do babaçu; a segunda, no entendimento da interação dos diferentes atores na formação dessa rede; e a terceira, na busca dos desdobramentos dessa interação na reprodução social das famílias agroextrativistas do babaçu e nas dinâmicas das relações sociedade-natureza. A pesquisa de campo foi realizada no segundo semestre de 2009 e no primeiro semestre de 2010, na qual se adotou como referencial teórico-metodológico a Teoria do Ator-Rede (ANT), que parte do pressuposto epistemológico da necessidade de rompimento da dicotomia sociedade-natureza. Após análise dos dados primários levantados por meio de uma pesquisa etnográfica concluiu-se que as mudanças e permanências sofridas no contexto da região do Bico do Papagaio...

Ambientes virtuais de ensino-aprendizagem : concepção e implementação sob uma otica sociotecnica

Fabio Rocha Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
27.15%
A demanda pela capacitação profissional e formação continuada, num contexto em que o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e exigente, discussões e mudanças nos paradigmas educacionais tem sido foco de muitos estudos. Nessa perspectiva, o uso das novas tecnologias de informação e comunicação (NTICs), como recurso que viabilize a dinâmica e a diversificação dos métodos, das formas e dos ambientes de ensino-aprendizagem, tem surgido como uma alternativa que minimiza os impactos oriundos desse reordenamento social em que estão inseridos aspectos de tamanha relevância no âmbito acadêmico-profissional. Paralelamente, o aumento da demanda pela modalidade de educação à distância (EAD) e o surgimento e aperfeiçoamento dos Learning Management System (LMS), mencionados neste trabalho como ambientes virtuais de ensino-aprendizagem (AVA), apresentam-se num cenário em que se pretende minimizar distâncias e dinamizar estratégias por meio das tecnologias de informação e comunicação nos espaços institucionais em que permeia a formação e o aprimoramento profissional. Nessa perspectiva, será levada em consideração o estreitamento que há entre este contexto educacional, a engenharia de software (ES) e as questões sociais...

The brazilian ethanol car : A sociotechnical analysis = O carro brasileiro a álcool: uma análise sociotecnica; O carro brasileiro a álcool : uma análise sociotecnica

Rafael Bennertz
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/11/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.77%
Esta tese apresenta a história do carro a álcool no Brasil, a partir de uma perspectiva sociotécnica, informada por estudos conduzidos nos campos dos Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia, Dinâmicas da Inovação, e Politicas de Ciência e Tecnologia. A história do carro a álcool no Brasil desde o início do século XX é interessante por si só e merece ser recontada. Ao tratar o carro a álcool como uma configuração sociotécnica e traçando a sua jornada inovativa, mais aspectos do desenvolvimento se tornam visíveis: o emaranhamento dos desenvolvimentos técnicos, econômicos e sociais (Capítulo 1); a importância do discurso sobre o Carro a Álcool Brasileiro e como ele se tornou uma entidade discursiva por si só (Capítulo 2); o papel especial que teve o estado Brasileiro em estimular o desenvolvimento do carro a álcool e mantendo o seu enraizamento social (Capítulo 3); o declínio parcial do carro a álcool depois de 1989 e seu re-avivamento noutra forma, o carro flex, que ilustra que não é a substituição de velhas por novas tecnologias, mas uma colcha de retalhos de velhas e novas tecnologias em continua evolução (Capítulo 4). A jornada inovativa do carro a álcool no Brasil, incluindo suas várias não-linearidades...

Análise sociotécnica da meteorologia brasileira

Silva, Hélio dos Santos
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xiv, 208 f.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.15%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Ciências Humanas.; As limitações das previsões de tempo regionais para fins hidrológicos são discutidas a partir de um enfoque interdisciplinar # que privilegiou as relações entre os campos da Meteorologia e da Sociologia. O estudo focaliza o Vale do Itajaí, no estado de Santa Catarina, Brasil, uma área freqüentemente atingida por enchentes que penalizam duramente a população e as atividades econômicas locais. A hipótese básica de que se partiu foi que a confiabilidade de uma previsão do tempo, para os propósitos desse estudo, não reside apenas na atualização do aparato tecnológico colocado à disposição das atividades científicas e operacionais da Meteorologia, mas dependem também das formas como esse aparato é utilizado no quadro das relações institucionalizadas em que se realizam essas mesmas atividades. Para testar a hipótese, abordar o objeto e alcançar os objetivos propostos, empregou-se a Teoria Ator-Rede, tal como desenvolvida pelo sociólogo francês Bruno Latour, um dos principais representantes da chamada Análise Sociotécnica, campo do conhecimento que estuda as relações entre a ciência...

A rede sociotécnica da usina hidrelétrica do Lageado (TO) e os reassentamentos rurais das famílias atingidas

Zitzke, Valdir Aquino
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 1 v.| tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.15%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Doutorado Interdisciplinar em Ciências Humanas.; Diversas análises dentro das ciências humanas tem já mostrado como a experiência brasileira na construção de hidrelétricas envolveu o desrespeito às populações locais em prol dos grupos de construtores e das propostas e discursos desenvolvimentistas. Os Projetos de Grande Escala do setor elétrico consideraram um território sem história e sem povo. As famílias atingidas que, o longo de suas vidas, construíram um repertório de saberes, técnicos e simbólicos, às margens dos rios, para atender às exigências de seu modo de vida, viram-se constrangidas a adaptarem-se a novos ambientes planejados por técnicos que desconheciam sua realidade e sua cultura: os reassentamentos rurais. Mas a pesar dos conflitos implícitos e explícitos, os empreendimentos continuaram se expandindo com uma significativa legitimidade. Como isto foi possível será parte das respostas nas quais esta ese pretende contribuir na análise dos grandes empreendimentos hidrelétricos. Para isto partimos do estudo da UHE do Lajeado, construída no curso médio do rio Tocantins, estado do Tocantins, e considerada a primeira hidrelétrica construída pela iniciativa privada e orientada pela legislação ambiental vigente. Propomos analisar a interação social dos diferentes atores na formação da rede sociotécnica e seus desdobramentos para a implementação da proposta de desenvolvimento rural dos reassentamentos. Com esta perspectiva analisamos como o empreendedor se propôs a construir e se tornar um modelo na construção de hidrelétricas no país...

Democracia técnica e lógicas de ação: uma análise sociotécnica da controvérsia em torno da definição do Sistema Brasileiro de Televisão Digital - SBTVD

Leal,Sayonara; Vargas,Eduardo Raupp de
Fonte: Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília Publicador: Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
27.15%
Este trabalho visa mapear as lógicas e interesses que perpassaram os processos de negociação sobre a definição do padrão tecnológico da TV digital no Brasil. Consideramos fundamental a interpretação dos resultados da controvérsia gerada a partir da incerteza tecnológica que se revelou nas manifestações argumentativas de atores que tomaram parte no debate público sobre as implicações sociotécnicas de um Sistema Brasileiro de Televisão Digital. Propomos identificar a racionalidade das ações de atores sociais representativos de aspirações empresariais e industriais, por um lado, e de interesses públicos, por outro. Podemos inferir que a associação de interesses e lógicas distintas nesse contexto traduziu-se na definição de um modelo híbrido de televisão digital, uma rede sociotécnica, produto de convencimento, estratégias e relações de força. Um conjunto de operações de tradução por intermédio das quais são realmente fabricadas e definidas as tecnologias na contemporaneidade.

Da associação à dissolução da rede sociotécnica do processador de textos fácil: subsídios para uma etnografia da tecnologia

Spiess,Maiko Rafael; Mattedi,Marcos Antônio
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - PPGAS-Museu Nacional, da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ Publicador: Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - PPGAS-Museu Nacional, da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2010 PT
Relevância na Pesquisa
37.77%
O texto aborda o tema da associação e da dissolução da rede sociotécnica do Processador de Textos Fácil. O Processador de Textos Fácil é um software concebido e desenvolvido em Blumenau/SC durante as décadas de 80 e 90, e que vendeu mais de 100 mil cópias. Com base nas análises da tecnociência desenvolvidas por Bruno Latour, Michel Callon e John Law, o texto procura reconstituir etnograficamente a trajetória de composição e decomposição da rede sociotécnica do Processador de Textos Fácil. Para isto, o texto foi dividido em seis partes principais: depois de uma breve contextualização da temática da tecnociência (i), o texto aborda a história do software (ii); passa em seguida para a descrição do processo de criação da rede local (iii) e seu estabelecimento como um ponto de passagem obrigatório (iv); na quarta parte tratamos do processo de enfraquecimento da rede local (v); a quinta parte aborda a questão do progressivo isolamento e dissolução da rede sociotécnica do Processador de Textos Fácil (vi); para, na última parte, avançar algumas conclusões sobre o sentido e o significado da análise da tecnociência para a antropologia.

Recursos hídricos e cidadania no Brasil: limites, alternativas e desafios

Machado,Carlos José Saldanha
Fonte: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade Publicador: ANPPAS - Revista Ambiente e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 PT
Relevância na Pesquisa
27.15%
O artigo discute a relação entre a gestão de recursos hídricos e o exercício da cidadania no Brasil. Inicialmente, apresenta um quadro descritivo da distribuição da água e dos problemas associados com o crescimento populacional; em seguida, faz uma descrição das características da gestão da água e das inovações introduzidas com a Lei das Águas nº 9.433/97; na terceira parte, formula e defende argumentos em prol de uma gestão pública integrada e colegiada com negociação sociotécnica das águas ; finalmente, apresenta e discute algumas dificuldades e limites para a implantação e consolidação de uma política de recursos hídricos descentralizada, participativa e sustentável, bem como alguns mecanismos para que aquelas dificuldades e limites venham a ser superados, ou ao menos minimizados.

Cultura tecnológica e redes sociotécnicas: um estudo sobre o portal da rede municipal de ensino de São Paulo

Medeiros,Zulmira; Ventura,Paulo Cezar Santos
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 PT
Relevância na Pesquisa
27.15%
A realização deste estudo deu-se a partir da hipótese de que as instituições educacionais ou redes de ensino podem utilizar a internet para estabelecer uma nova forma de contato administrativo e pedagógico dentro das suas comunidades escolares. O referencial teórico parte de elementos como mudanças sociais, culturais e tecnológicas para, em seguida, situar em tal contexto o educador e sua apropriação da cultura tecnológica. Ao final, aborda a constituição de redes sociotécnicas no meio educacional, tendo a internet como elemento facilitador. Para isso, trata também de temas como as redes sociais e os portais educacionais. Em campo, buscou-se investigar o processo de constituição de uma rede sociotécnica em uma rede municipal de ensino. Por meio de observações, levantamentos, questionários e entrevistas, realizou-se um estudo de caso, no qual foi possível acompanhar a criação, implantação e utilização de um portal na internet, caracterizado como um novo espaço de comunicação, de interação e de troca de informações entre a comunidade escolar. A investigação concentrou-se na figura do educador e sua percepção acerca desse espaço. Acreditando que a relação entre o homem e a tecnologia envolve um processo de apropriação da cultura tecnológica...

Resolução de conflitos em centros integrados de cidadania: uma abordagem à luz da perspectiva sociotécnica de grupos de trabalho

Cordeiro Júnior,Almir; Bianco,Mônica de Fátima
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2005 PT
Relevância na Pesquisa
27.15%
Por meio da análise do modelo de Centro Integrado de Cidadania, implantado em Vitória, e dos equipamentos que o antecederam, busca-se, neste artigo: identificar os serviços que devem estar presentes num equipamento urbano dessa natureza, à luz dos instrumentos governamentais que originaram sua concepção; categorizar os serviços identificados segundo algumas das principais classificações existentes na literatura específica (Chase, 1978; Lovelock, 1983; Schmenner, 1986); discutir as unidades de atendimento como integrantes de um processo de produção induzido pelo cliente, à luz das estruturas básicas propostas por Wild (1977); direcionar o foco da abordagem para as unidades que estão voltadas à resolução pacífica de conflitos, confrontando seus subsistemas técnico e social com os pressupostos da Escola Sociotécnica (Biazzi Júnior, 1994); comparar a atuação dessas unidades com o job design para grupos semiautônomos (Cherns, 1994) e, por fim, comentar a importância da estruturação dessas unidades como grupos autogeridos, mostrando que esta abordagem contribui sobremaneira para a integração operacional e a gestão dessas unidades.

Gestão sociotécnica do teste de software em projetos de sistemas de informação

Tosetto,Mauro; Bellini,Carlo Gabriel Porto
Fonte: TECSI Laboratório de Tecnologia e Sistemas de Informação - FEA/USP Publicador: TECSI Laboratório de Tecnologia e Sistemas de Informação - FEA/USP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.45%
Na indústria brasileira de desenvolvimento de software para sistemas de informações, observa-se sensibilidade das empresas quanto à necessária melhoria contínua na qualidade do processo produtivo. Uma das formas de tratar a qualidade do desenvolvimento de software - na expectativa de alinhar os processos de negócio do cliente às rotinas computacionalmente programadas no sistema de informações - dá-se por meio do teste de software. O teste de software busca institucionalizar práticas de gestão de projetos e desenvolvimento de produtos de software, com o objetivo de localizar os problemas - e não garantir a sua inexistência. A partir de uma perspectiva sociotécnica e dos modelos teóricos SET (gerencial) e ST-TS (processual) desenvolvidos nesta pesquisa para um melhor entendimento e orientação das atividades de teste, entrevistas em profundidade com dez especialistas em qualidade e teste de software permitiram a identificação e validação de categorias analíticas que mediam a relação entre fatores desses dois modelos, disto derivando-se o modelo organizacional VAST para auxiliar gestores, desenvolvedores e clientes em projetos de software para sistemas de informações empresariais.

O processo de transição sociotécnica para a ecoinovação a partir da relação multinível : o caso dos programas da Itaipu Brasil

Mendonça, Andréa Torres Barros Batinga de
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 219f. : il. algumas color.; application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
27.86%
Orientadora : Profª. Drª. Sieglinde Kindl da Cunha; Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Sociais Aplicadas, Programa de Pós-Graduação em Administração. Defesa: Curitiba, 10/12/2014; Inclui referências; Área de concentração: Inovação e tecnologia; Resumo: Esta tese tem como objetivo analisar como os fatores da relação multinível atuam no processo de transição sociotécnica para a ecoinovação nos programas da ITAIPU Brasil. O interesse de pesquisa surgiu a partir da relevância que o tema transição sóciotécnica para a sustentabilidade ganhou nas pesquisas internacionais com avanços teóricos e práticos. No entanto, no ambiente acadêmico brasileiro, não foram encontrados estudos que fizessem relação entre os temas de interesse. O argumento teórico que sustenta a pesquisa é de que o processo de transição sociotécnica em busca de novos regimes com base na ecoinovação é influenciado por relações de coevolução entre três níveis, a saber: nível micro, dos nichos tecnológicos formados por redes de relacionamentos que buscam a inovação radical; nível meso, formado pelo regime sociotécnico onde os agentes compartilham normas e valores formando um paradigma; e nível macro...

Produção autogestionária de janelas e adequação sociotécnica. Caso: Marcenaria Coletiva de Mulheres, assentamento rural Pirituba II, Itapeva-SP; Production of self-management windows and adequacy sociotechnical. Case: Woodwork Collective Women, rural settlement Pirituba II, Itapeva/SP

Gavino, Everton Randal
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.45%
Os estudos e práticas em iniciativas econômicas solidárias consideram diferentes dimensões da economia solidária: autogestão, gênero, empoderamento, participação de entidades de apoio e fomento e adequação sociotécnica (AST). A AST constitui-se neste contexto como mecanismo, método e ferramenta para alcance de objetivos relacionados à autogestão. Autogestão abarcada neste estudo como processo educativo. O objetivo principal da pesquisa é identificar e examinar os fatores que mais contribuíram e mais dificultaram a produção autogestionária de janelas de madeira ao longo do processo de incubação de um empreendimento econômico solidário. As estratégias gerais da pesquisa foram: pesquisa de levantamento pós-fato, estudo de caso e pesquisa-ação tendo como elemento favorecedor do estudo a participação do pesquisador como assessor do processo de incubação da marcenaria no período de 2006 a 2010. O objeto empírico da pesquisa é a produção autogestionária de janelas de madeira na Marcenaria Coletiva de Mulheres do assentamento rural Pirituba II, Itapeva/SP. Os procedimentos de coleta de dados foram: a observação direta, análise de vídeos e fotos, a sistematização de conhecimento referente ao processo de incubação e a análise de documentos. Em suma...

A rede sociotécnica na formação de professores de ciências da natureza, matemática e suas tecnologias/física

Carvalho, Ingrid Aline de
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 169 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
28.03%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica; Este trabalho objetiva identificar, analisar e caracterizar a constituição e delineamento de uma rede sociotécnica, na vivência do programa educacional de formação de professores de Ciências da Natureza, Matemática e suas Tecnologias/Física (CNMT/Física). Para tanto, se fez um aprofundamento, de base epistemológica, analisando esse programa, no sentido de avançar e fortalecer seu "núcleo duro", por fazer aproximações e distanciamentos entre a concepção de Ciência do programa educacional e a concepção de Ciência, em Bruno Latour. Primeiramente, delineou-se o programa educacional direcionado ao desenvolvimento do conhecimento científico-educacional na formação de professores de CNMT/Física. Após, discutiu-se as relações sociotécnicas no desenvolvimento do conhecimento científico-educacional; analisou-se a elaboração e o desenvolvimento de propostas educacionais pelos aprendizes de professor e de pesquisador, nas escolas, considerando o aspecto da Ciência em Ação e o Modelo de Tradução em rede sociotécnica. Ao final, verificou-se como o processo de investigação-ação educacional de vertente emancipatória...

Gestión Ciudadana de la Tecnología: Una aproximación desde los Science and Technology Studies a las redes wifi y la governance urbana a través de guifi.net

Bona Beauvois, Yann
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2011 SPA
Relevância na Pesquisa
27.45%
Tesis doctoral a cargo de Yann Bona presentada en el Departamento de Psicología Social de la Universidad Autónoma de Barcelona (UAB) en diciembre del 2010. Dirigida por el Dr. Joan Pujol Tarrés. La tesis trata de ahondar en las formas en las que iniciativas ciudadanas que tienen por objeto la gestión de la tecnología en el espacio urbano se relacionan con las administraciones públicas. Lo hace a partir de nociones y conceptos de los STS tales como política, composición híbrida o democracia técnica. En síntesis, podemos decir que la tesis responde a la pregunta formulada por Bruno Latour de ¿qué significa hacer pasar la política del lado lo de la técnica?. Nosotros ofrecemos una propuesta centrada en lo que denominamos una sociotécnica de las políticas públicas. La tesis se basa en un estudio de caso centrado una red sin hilos libre y abierta (ubicada principalmente en Cataluña y llamada guifi.net) surgida del deseo e iniciativa de la sociedad civil y que, hasta la fecha, es la más grande del mundo; Thesis presented at the Departament de Psicologia Social de la UAB by Yann Bona on December, 2010. Directed by Dr. Joan Pujol Tarrés. This dissertation explores the many ways in which citizens aiming to manage technologies in it brings forward certain STS notions such as cosmopolitics...

Gestão sociotécnica do teste de software em projetos de sistemas de informação; Socio-technical management of software testing in information systems projects

Tosetto, Mauro; Bellini, Carlo Gabriel Porto
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2008 POR
Relevância na Pesquisa
37.45%
Na indústria brasileira de desenvolvimento de software para sistemas de informações, observa-se sensibilidade das empresas quanto à necessária melhoria contínua na qualidade do processo produtivo. Uma das formas de tratar a qualidade do desenvolvimento de software - na expectativa de alinhar os processos de negócio do cliente às rotinas computacionalmente programadas no sistema de informações - dá-se por meio do teste de software. O teste de software busca institucionalizar práticas de gestão de projetos e desenvolvimento de produtos de software, com o objetivo de localizar os problemas - e não garantir a sua inexistência. A partir de uma perspectiva sociotécnica e dos modelos teóricos SET (gerencial) e ST-TS (processual) desenvolvidos nesta pesquisa para um melhor entendimento e orientação das atividades de teste, entrevistas em profundidade com dez especialistas em qualidade e teste de software permitiram a identificação e validação de categorias analíticas que mediam a relação entre fatores desses dois modelos, disto derivando-se o modelo organizacional VAST para auxiliar gestores, desenvolvedores e clientes em projetos de software para sistemas de informações empresariais.; Brazilian companies that develop software for information systems are aware of the pressing need for continuous improvement in process quality. Towards aligning business processes with software routines implemented in an information system...

Modelagem sociotécnica de uma organização nuclear: estudo de caso aplicado ao laboratório Nacional de Metrologia das Radiações Ionizantes; Sociotechnical modelling of a nuclear organization case study applied to the Ionizing Radiation Metrology National laboratory

Acar, Maria Elizabeth Dias
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/11/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.45%
Uma metodologia que combina mapeamento e análise de processos, elicitação, mapeamento e análise crítica de conhecimentos e análise sociotécnica com base em análise de redes sociais foi concebida. A metodologia foi aplicada à uma pequena organização intensiva conhecimento LNMRI e permitiu a avaliação dos seus principais ativos intelectuais e sua capacidade de evoluir. Nesse sentido, com base em questões reais, tal como a saída de pessoas da organização, foram avaliados os impactos de prováveis cenários futuros. Para tal tarefa, foi analisada uma rede multimodal de processos, objetos de conhecimento e pessoas, utilizando-se um conjunto apropriado de métricas e meios, incluindo a avaliação das esferas de influências de nós chave. Para diferenciar a capacidade das pessoas em desempenhar diferentes papeis nos processos, alguns atributos dos nós foram utilizados como critérios de partição da rede, proporcionando assim, a capacidade de diferenciar o impacto da perda potencial de supervisores e operadores. A metodologia proposta possibilitou: i) a identificação de objetos de conhecimento e de suas fontes; ii) a classificação desses objetos segundo sua relevância; iii) a avaliação de vulnerabilidades da estrutura da rede LNMRI e iv) revelou os mecanismos informais de partilha de conhecimento. A metodologia concebida demonstrou ser uma ferramenta robusta para um amplo diagnóstico para subsidiar o planejamento de sucessão e também o planejamento estratégico organizacional.; A methodology combining process mapping and analysis; knowledge elicitation mapping and critical analysis; and sociotechnical analysis based on social network analysis was conceived. The methodology was applied to a small knowledge intensive organization LNMRI...

The sociotechnical adaptation praxis among peasantry – education, science and social technology; A prática da adequação sociotécnica entre o campesinato: educação, ciência e tecnologia social

Neder, Ricardo Toledo; Universidade de Brasília
Fonte: Linhas Críticas; Critical Lines Publicador: Linhas Críticas; Critical Lines
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 31/10/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.45%
In the first decade of the XXI century, a movement for social technology became part of the Social Constructivism of Technology (SCT) studies, by which Science and Technology are viewed as entwined in the sociotechnical processes of everyday life. In Brazil and Latin America, this SCT approach was developed by authors under the name of Sociotechnical Adaptation (STA) theory. This article analyzes three paradigmatic experiences whose social actors focus on social practices and technical improvements, without creating a breach between social and technical contents of social and economic relations. This kind of experience requires broadening scientific and technological policies, both in the University and in state agencies, such as the Ministry of Science, Technology & Innovation.; No Brasil e na América Latina, o movimento pela tecnologia social tem sido ressignificado pelos estudos socioconstrutivistas da tecnologia (ESCT) nos quais ciência e tecnologia são processos gêmeos nas práticas sociotécnicas do cotidiano. Tal abordagem foi desenvolvida pelos autores da corrente da teoria da adequação sociotécnica (AST). Este artigo analisa três experiências cujos atores colocam em centralidade as práticas sociais e culturais como associadas às práticas técnicas...