Página 1 dos resultados de 47 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

"Formas de tratamento no português brasileiro: a alternância tu/você na cidade de Santos - SP" ; Pronouns of Address in Brazilian Portuguese: the alternance of tu/você in Santos - SP

Modesto, Artarxerxes Tiago Tacito
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/09/2006 PT
Relevância na Pesquisa
26.3%
Esta pesquisa visa a descrever e explicar o uso das formas de tratamento tu e você em Santos, cidade do litoral do Estado de São Paulo, levando em consideração aspectos sociolingüísticos e pragmático-discursivos, que atuam na alternância destas formas. Há, segundo RAMOS (2001), dois pontos de vista que têm norteado as pesquisas sobre as formas de tratamento: um de natureza sócio-histórica, que leva em consideração o uso amplo de você como uma opção por um tratamento igualitário, e outro que trata o problema como um processo de mudança baseado na implementação da forma você com estatuto pronominal, que desta forma vem alterando a concordância e acarretando muitas mudanças no sistema pronominal a partir de meados dos séculos XIX. Assim, este trabalho apresenta um estudo quantitativo das formas de tratamento tu e você em Santos, buscando os fatores relevantes para a primeira das duas abordagens sugeridas, além de fazer algumas considerações acerca da segunda abordagem. Com o suporte da metodologia da Sociolingüística Variacionista Laboviana, busca-se explicitar até que ponto as diferentes situações interacionais levam os falantes a escolherem uma ou outra forma pronominal. Constituem o corpus analisado 20 inquéritos correspondentes a textos conversacionais realizados entre falantes santistas. Em outras palavras...

(Des)estabilida(des) da produção Sociolinguística: contra a manutenção da ordem.; Destabilization of sociolinguist production: against the maintenance of order.

Prado, Rafael Barreto do
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.42%
Nosso objetivo é analisar a produção acadêmica acerca da Sociolingüística no Brasil, a fim de verificar quais valorações sociais, relações de poder e imagens percorrem tal produção. Para tanto, tomamos algumas expressões características e, a princípio, imprescindíveis às conceitualizações dessa área do conhecimento. O corpus da pesquisa foi constituído de maneira a focar a reflexão no interior da própria produção acadêmica, a partir de uma coletânea de textos de grande circulação, que abordam de diferentes formas o tema das variações na língua: em material didático, na literatura, na formação histórica do português brasileiro e no uso cotidiano da língua pelos falantes. Pressupomos que, apesar da alegada respeitabilidade a todas as variedades, encontrada nos textos analisados, advinda das reflexões opositoras à Gramática Tradicional, ainda estava presente a imposição de apenas uma forma legítima de variedade; além disso, a posição das novas reflexões lingüistas permanecia como autoridade oferecedora de uma língua mais adequada à realidade nacional, expropriando do falante sua própria língua. Para realizar nosso exame, recorremos às reflexões da Análise do Discurso, essencialmente a Michel Pêcheux...

Clíticos pronominais no português de São Paulo: 1880 a 1920: uma análise sócio-histórico-linguística

Biazolli, Caroline Carnielli
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 230 f. : il., gráfs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
26.46%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR; O presente estudo, sob as proposições da Linguística Histórica e da Sociolinguística Variacionista, averigua a posição dos clíticos pronominais, adjungidos a um único verbo ou a mais de um verbo, em orações presentes em textos jornalísticos produzidos na cidade de São Paulo e no município interiorano paulista de Rio Claro, no período que abrange o final do século XIX e o início do século XX, em particular, entre os anos de 1880 a 1920. Opta-se pelo referido recorte espacial por se tratar de localidades com perfis, em termos, diversos, fazendose uma análise para verificar prováveis semelhanças e particularidades do emprego dos pronomes clíticos nessas regiões. Quanto ao recorte temporal, trata-se de um período pouco investigado do ponto de vista linguístico e relevante pelo conjunto de fatos históricos que o caracterizam – nos cenários internacional e nacional, até mesmo na cidade e no estado de São Paulo – e pelas transformações observadas no seio das sociedades...

A trajetória e presença por talian e do dialeto trentino em Santa Catarina

Marco, Elizete Aparecida De
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 163 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
26.3%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Florianópolis, 2009.; O presente estudo busca traçar a trajetória histórica e sociolingüística do Talian no município de Concórdia e do dialeto Trentino no município de Rodeio, ambos no estado de Santa Catarina, desde sua chegada com os imigrantes italianos até os dias atuais. Tendo como objetivo, analisar o caminho percorrido por essas línguas de imigração e suas relações com o ensino da língua Italiana standard ou padrão, por meio dos professores, alunos e principalmente pelos seus falantes. Analisa-se o Talian e o dialeto Trentino sob a luz da identidade étnica e da perspectiva intercultural, especialmente frente à Declaração dos Direitos Lingüísticos, proclamada no ano de 1996, em Barcelona. Trata também dos aspectos culturais e lingüísticos do Talian e do dialeto Trentino falados em Santa Catarina, discutindo sobre as características do falante dialetal que são evidenciadas na pronúncia da língua portuguesa. Reflete-se sobre o lugar cultural que as raízes linguisticas desse grupo ocupam junto às gerações atuais, considerando de um lado, o crescente processo de extinção de línguas minoritárias e de outro...

A história da língua de sinais em Santa Catarina

Schmitt, Deonísio
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 228 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
26.3%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Florianópolis, 2013.; Esta pesquisa visa identificar possíveis variações e mudanças linguísticas ocorridas na Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), no período histórico de 1946 a 2010, analisando narrativas filmadas de três gerações de sujeitos surdos, usuários dessa língua. O Grupo I é formado, por indivíduos com mais de 60 anos; o Grupo II, por indivíduos de 30 a 60 anos; o Grupo III é formado por indivíduos de 15 a 30 anos. Na primeira parte do trabalho, apresentamos uma revisão de base teórico-metodológica fundamentada nos estudos de Labov (2008 [1972]) sobre mudanças linguísticas no contexto social, observadas em tempo aparente, na ilha de Martha?s Vineyard e em Nova York. A concepção da variação sociolinguística pode nos ajudar nesta investigação, que versa sobre a história da LIBRAS em Santa Catarina no período já referido. A partir da teoria laboviana, analisam-se certos padrões sociolinguísticos verificados nesta pesquisa. Considera-se o fato de apenas uma pessoa ter influenciado toda uma comunidade de surdos em Santa Catarina, o professor Francisco Lima Júnior...

As duas grandes vertentes da história sociolingüística do Brasil (1500-2000)

LUCCHESI,Dante
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP Publicador: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2001 PT
Relevância na Pesquisa
36.3%
Este artigo apresenta uma caracterização da realidade sociolingüística brasileira como bipolarizada, entre uma norma culta, definida a partir dos padrões de fala das classes médias e alta e uma norma popular ou vernácula, reunindo os falares das classes baixas. A história da língua portuguesa no Brasil é vista através dessas duas vertentes, tendo-se particularmente em conta os conjuntos de mudança que se observam tanto na norma culta quanto na norma popular, a partir do final do século passado e que refletem as profundas e extensas alterações que se operaram no panorama sócio-econômico do país nesse período. Busca-se, assim, uma melhor compreensão do processo de transmissão lingüística irregular que marcou significativamente a história do português popular do Brasil.

A concordância entre sujeito e predicativo do sujeito na fala da comunidade quilombola Muquém AL : estudo sócio-histórico linguístico; The agreement between subject and predicative of the subject in the speech of quilombola community Muquém AL : socio-historical linguistic study

Salgado, Solyany Soares
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Linguística; Literatura Brasileira; Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Linguística; Literatura Brasileira; Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.54%
This dissertation has, as its general objective, a search for linguistic and socio-historical information on Muquém, a community which is regarded as reminiscent of Quilombo dos Palmares, located in União dos Palmares, Alagoas. As regards to the historical search, this work aims at verifying the African role in its linguistic and socio-cultural formation, having, as our basis, the national project proposal for Brazilian Portuguese History (PHPB) and the Linguistics Socio-Historical perspective (MATTOS e SILVA, 2004). As for the linguistic matter, this research has, as its objective, the checking on variation on agreement between subject and its predicative in the current discourse of that community, trying to offer, then, a better understanding on the characteristics of this linguistic phenomenon and their possible changes, using, for such work, the apparatus of the Quantitative Sociolinguistics (Labov, 1994, 2008 [1972]). Before the collected information, it is conjectured that a) the African culture had influence both in the language and in the culture of the Muquém community, b) the use of the non-formal variant will entail a percentage bigger than the one presented in the studies of the urban speech (SCHERRE, 1991; DIAS, 1996; SALGADO...

Periodização da língua portuguesa num contexto social: uma conttibuçâo para a Sociolinguística histórica

Carvalho, Maria José
Fonte: Universidade da Coruña Publicador: Universidade da Coruña
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.72%
[Resumo] Neste trabalho, apresentamos algumas considerações de carácter periodológico que possam contribuir para a desagregação dos dois compactos blocos tradicionalmente estabelecidos na história da língua portuguesa –o português arcaico e o português moderno–, em épocas mais nitidamente diferenciadas. Tentou-se aplicar à Linguística histórica alguns princípios e métodos da Sociolinguística actual, procurando evidenciar uma co-variação de dados linguísticos e factores sociais. É, de facto, nossa convicção que para o estabelecimento de uma proposta de periodização da língua portuguesa deverão relacionar-se os factores internos e externos.; [Abstract] In this work, we introduce some proposals regarding to the periodisation in the Portuguese language which may contribute to a further division of the traditionally established blocks of Early and Modern Portuguese into more distinct and clear time periods. There was an attempt to apply several principles and methods of Sociolinguistics to historical linguistics by focusing clearly on the co-variation of linguistic data and social factors. In fact, we believe that for the purpose of establishing time periods in the Portuguese language, hypothesis which combines internal and external factors should be considered.

Tapayuna (Jê) : aspectos morfossintáticos, históricos e sociolinguísticos; Tapayuna (Jê) : morphosyntactic aspects, historical and sociolinguistic

Nayara da Silva Camargo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
26.58%
Este trabalho descreve aspectos morfossintáticos da língua Tapayuna, uma língua pertencente ao Tronco Macro-Jê, família Jê, falada por um povo de mesmo nome que vive em uma aldeia chamada Kawêrêtxikô, situada ao norte do Mato - Grosso, na Terra Indígena Kapôt-Jarina às margens do rio Xingu. Além da descrição de aspectos morfossintáticos, o trabalho inclui os resultados de pesquisa sobre aspectos históricos, socioculturais e sociolinguísticos do povo Tapayuna. A análise baseia-se em dados coletados em trabalho de campo junto aos falantes, bem como em resultados de pesquisa bibliográfica sobre a história e cultura do povo Tapayuna. A pesquisa de campo para coleta de dados foi realizada nas aldeias Piaraçu e Kawêrêtxikô e nas cidades de Campinas-SP e São Paulo-SP. Com base em uma abordagem funcional - tipológica foi possível descrever aspectos da morfossintaxe da língua Tapayuna ? classes de palavras, estrutura das orações independentes, coordenação; além da descrição da marcação de caso existente no Tapayuna. A pesquisa divide-se em duas partes: (i) a primeira trata sobre a documentação histórica, sociocultural, sociolinguística do povo e da língua Tapayuna e a classificação da língua dentro do Tronco linguístico Macro-Jê (ii) a segunda parte apresenta a descrição dos aspectos morfossintáticos da língua Tapayuna. Este trabalho descreve aspectos morfossintáticos da língua Tapayuna...

Identidad céltica de Galicia. Toponimia comparada del gaélico-irlandés y el gallego

O' Reilly Vázquez, Mónica
Fonte: Universidade da Coruña Publicador: Universidade da Coruña
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
GLG
Relevância na Pesquisa
26.22%
[Resumo] En este estudio se va a considerar la hipótesis de que Galicia pueda haber tenido un contacto lingüístico y cultural pre-cristiano con Irlanda como afirma el Leabhor Ghabála Eireann –El Libro de las Invasiones de Irlanda–. Por lo tanto, para establecer si este contacto linguístico y cultural entre Galicia e Irlanda pudiera tener una base histórica, esta presentación se va a enfocar hacia el análisis de la toponimia de Galicia, y por primera vez1 se va a comparar con la lengua irlandesa o gaélico.; [Abstract] Neste estudo vaise considerar a hipótese de que Galicia puidera ter contacto lingüístico e cultural precristián con Irlanda, como afirma o Leabhor Ghabála Eireann, O Libro das Invasións de Irlanda. Daquela, para establecer se este contacto lingüístico e cultural entre Galicia e Irlanda podería ter unha base histórica, o traballo vaise enfocar cara á análise da toponimia de Galicia, que por vez primeira2 será comparada coa lingua irlandesa ou gaélico.

Atlas lingüístico do município de Ponta Porã - MS: um registro das línguas em contato na fronteira do Brasil com o Paraguai

Reis, Regiane Coelho Pereira
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.22%
Dentre as ciências que se ocupam do estudo da variação lingüística situa-se a Dialetologia que centra seus estudos na descrição das diferenças regionais da modalidade oral da língua. A par da Dialetologia situa-se a Geolingüística, enquanto método de cartografação das variedades lingüísticas colhidas na oralidade. Este trabalho teve como objetivo o registro da modalidade oral da variante sul-mato-grossense da língua portuguesa, município de Ponta Porã, por meio de um atlas lingüístico e, além da documentação de possíveis mudanças lingüísticas na língua falada e do registro de marcas de conservadorismo e de bilingüismo nas línguas em contato (português, espanhol e guarani) na fronteira. A escolha da localidade considerou a importância histórica e geográfica de Ponta Porã, município situado na fronteira seca entre Brasil e Paraguai que foi cenário da Guerra do Paraguai (1864-1870), fator que gera intensas trocas culturais e lingüísticas nessa faixa de território dando-lhe, especialmente na língua falada, fisionomia própria, distinta de outras regiões do estado de Mato Grosso do Sul. Além disso, a localidade é ponto de inquérito de dois outros projetos: Atlas lingüístico do Brasil e Atlas Lingüístico de Mato Grosso do Sul. A base teórico-metodológica da pesquisa centrou-se nos fundamentos da Dialetologia e da Geolingüística. A rede de pontos reuniu oito localidades - sete no interior do município e a sede...

Processo de palatalização no português: Lagoa da Pedra e Canabrava-TO; Process palatalization in Portuguese: Lagoa da Pedra and Canabrava-TO

DIAS, Ana Lourdes Cardoso
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Letras e Linguística; Lingüística, Letras e Artes Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Letras e Linguística; Lingüística, Letras e Artes
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.3%
This study presents an analysis of the palatalization process of /t/ and /d/ before vowels as [ã] [a], [e], [o] and [u] in examples such as muitxu ~ muito, prefeitxu ~ prefeito, deitxadu ~ deitado, doidzu ~ doido, founded in the Corpus of Lagoa de Pedra and Canabrava, two rural african descent communities located 40 km from the city of Arraias in the State of Tocantins. The survey participants were aged between 54 to 89 years, non-educated or having little knowledge of letters, and were born and grown in site. The methodology used for data collection was based on the model of the sociolinguistic interview, focused on the narratives of personal experience and in the history of the place. The theoretical background discusses the formation of the Portuguese language returning to its roots in Latin, as well as the formation of the Brazilian Portuguese language with focus on linguistics and socio-historical aspects that marked the early years of Portuguese colonization in Brazil, as the contact with indigenous languages and African ones. It also discusses the theories of syllable structure of the Portuguese language in the phonology, according to the linear and nonlinear standards, based on ideas from Camara Jr. (1969, 1977), Dubois (2004) and Selkirk (1982)...

Um estudo de variação dialetal a alternancia de [ãw]~[õ] final no portugues falado na cidade de Cacere - MT

Mariza Pereira da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/10/2000 PT
Relevância na Pesquisa
26.42%
Este estudo, na sua amplitude, pauta-se em uma situação de heterogeneidade da língua, tratando em particular de um fenômeno fonético-fonológico da fala da comunidade de Cáceres-MT, a alternância do ditongo nasal final [ãw] pela vogal nasal [õ]. Na tentativa de explicar essa variação, no sentido de esclarecer a extensão e propagação da mudança lingüística, nos valemos do modelo de análise da sociolingüística variacionista, e, através de um tratamento estatístico que subjaz ao modelo, com base em dados coletados da fala da comunidade, procuramos examinar as formas de realização do ditongo, baseando-nos na hipótese que os efeitos exercidos sobre a variação estariam correlacionados a fatores condicionantes lingüísticos e extralingüísticos. Em um estudo sincrônico da variação em foco, aliado a uma perspectiva histórica, procuramos não só averiguar a tendência que o fenômeno apresenta no momento atual, assim como determinar o que teria originado a variante não padrão [õ]. Os resultados apontam para uma variação sustentada por fatores de ordem social, uma vez que os estes foram os principais determinadores da alternância [ãw]~[õ]. Com relação à tendência que o processo de variação apresenta no momento sincrônico...

Confección del corpus electrónico del español colonial mexicano (COREECOM) desde la sociolingüística y la dialectología históricas; VI Coloquio de Lingüística Computacional. Ciclo de conferencias

Arias, Beatriz; Hernández, Juan Antonio
Fonte: Facultad de Filosofía y Letras. Instituto de Ingeniería. Universidad Nacional Autónoma de México Publicador: Facultad de Filosofía y Letras. Instituto de Ingeniería. Universidad Nacional Autónoma de México
Tipo: Conferencia
ES
Relevância na Pesquisa
36.55%
Conferencia /// Confección del corpus electrónico del español colonial mexicano (COREECOM) desde la sociolingüística y la dialectología históricas. Beatriz Arias. Juan Antonio Hernández. Instituto de Investigaciones Filosóficas. Universidad Nacional Autónoma de México. 20 de agosto de 2013 //// VI Coloquio de Lingüística Computacional. Facultad de Filosofía y Letras. Instituto de Ingeniería. Universidad Nacional Autónoma de México. //// Descarga: Pulse botón derecho del ratón sobre el archivo de audio "mp3" que elija y seleccione "Guardar Destino Como..."; En la mayoría de los corpus que se han realizado sobre el español colonial mexicano sólo se han utilizado, para su organización, parámetros temporales y geográficos (siglos y zonas geográficas). Además este último parámetro, el geográfico, ha sido configurado con base en cuestiones regionales sin tomar en cuenta factores históricos y lingüísticos. Ahora bien, si se considera que un corpus tiene que ser el “modelo” de una realidad lingüística (o por lo me-nos dar cuenta de una manera más o menos representativa de esa realidad), es necesario que el corpus que se diseñe recoja muestras no sólo de las diferencias diacrónicas, sino también de la variación social...

Sentidos para uma história da sociolinguística no Brasil na década de 1970; Senses for a history of sociolinguistics in Brazil in the 1970s

Livia Helena Moreira e Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
36.66%
Esta dissertação de mestrado desenvolve-se no interior do programa História das Ideias Linguísticas e tem como objetivo compreender os processos discursivos que vão significar uma história da sociolinguística no Brasil a partir da década de 1970, quando se constituíram as condições de seu início institucional no país no conjunto da história das ciências da linguagem. Partindo de uma posição histórica-materialista filiada à análise de discurso e à semântica do acontecimento, trato a história enquanto efeito de sentidos, visando à reconstrução do processo pelo qual a história da sociolinguística se conta nos primeiros trabalhos acadêmicos publicados no país concernentes a essa, então, nova forma de abordagem da diversidade linguística brasileira, atenta ao processo conjuntural e político que constitui o espaço no qual a história se produz. Pela análise da designação de sociolinguística no conjunto de textos que compõem meu recorte, pude encontrar duas regularidades que vão estruturando discursivamente um lugar para a sociolinguística no Brasil (i) pela sua relação com um passado de estudo da diversidade linguística no Brasil ligado à dialetologia e à geolingüística, de um lado, e pela filiação à sociolinguística de William Labov...

SEARCH FOR NATIONAL SOCIOLINGUISTIC IDENTITY RECOGNITION: A DISCUSSION ON VARIABLE PHENOMENA OF BRAZILIAN PORTUGUESE; A busca pelo reconhecimento da identidade sociolinguística nacional: discussão sobre fenômenos variáveis do português brasileiro

Lacerda, Vinícius de; Aquino, Vânia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2012 POR
Relevância na Pesquisa
26.5%
Brazilian Portuguese, the national language,spoken and used in Brazil, has its socio-historical originst i ed  to European Por tugue s e .  The   e s tabl i shment  of  astandard norm (grammar) took as its basis the manner ofspeaking and writing of the Portuguese. Although thedi f f e r enc e s  be twe en  the   two  language s  ar e   c l ear  andperceived by both peoples, Brazilians still learn, wrongly,rules related to the language spoken in Portugal, leavinga s i d e   f e a t u r e s   a n d  ma r k   t h a t   r e p r e s e n t   t h e   n a t i o n a lsociolinguistic identity. This research investigates andfeatures, considering the attitude of the speakers in front ofthe variable phenomena of the Portuguese language, aspectsof the Brazilian spoken language that points to possibletraces of a Brazilian sociolinguistic identity. The researchwas exploratory and quantitative, with the theoretical andmethodological model of the variationist Sociolinguistics. Linguistic recognition tests were used in order to promotethe evaluation, the recognition and the appreciation oflanguage varieties in Brazil. It was found in this work thatthe selected educated speakers showed an awareness of thee s s e n t i a l   q u e s t i o n   o f   r e c o g n i z i n g   t h i s   B r a z i l i a nsoc iol ingui s t i c   ident i t y...

Concordância verbal, sociolingüística e história do português brasileiro

Rodrigues, Angela Cecilia de Souza; USP - São Paulo - SP
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; avaliado por pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2007 POR
Relevância na Pesquisa
36.3%
O texto corresponde a um conjunto de reflexões desencadeadas pelo estudo da aplicação da regra de Concordância Verbal no português popular em São Paulo, na perspectiva variacionista laboviana. Enfatiza-se a importância da descrição do Português Popular Brasileiro para o conhecimento da história do Português do Brasil.

Caracterização sócio-histórica de seis comunidades de Florianópolis/SC: uma análise a partir da amostra Floripa

Pedralli, Rosângela; UFSC - Florianópolis - Brasil; Catoia Dias, Sabatha; UFSC - Florianópolis - Brasil
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Lingüística da UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Lingüística da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por pares"; análise do banco de dados Floripa Formato: application/pdf
Publicado em 20/09/2015 POR
Relevância na Pesquisa
36.35%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-8420.2015v16n1p1No presente estudo, são discutidas as especificidades de ordem sócio-históricas de comunidades de cincoregiões florianopolitanas – central, norte, sul, leste e continental –, tendo por base artigos, levantamentos censitários e dados de 24 entrevistas sociolinguísticas realizadas nas respectivas regiões no primeiro semestre de2012. O percurso analítico foi norteado pelo interesse em responder à seguinte questão de pesquisa: Qual acaracterização sócio-histórica das comunidades nas quais foram realizadas as entrevistas com metodologia pautada na sociolinguística laboviana que constituem o banco de dados Floripa?. Os resultados sinalizam para traços comuns entre as comunidades caracterizadas como mais urbanas e entre as caracterizadas como menos urbanas.

A HIPÓTESE DO SUBSTRATO NO CONTEXTO DA HISTÓRIA SOCIOLINGUÍSTICA DO PORTUGUÊS POPULAR DO BRASIL

Fonte: Lingüística Publicador: Lingüística
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.42%
O artigo discute a transferência de estruturas das línguas indígenas e africanas para a gramática de variedades do português popular brasileiro em sua formação. A hipótese do substrato entra na agenda da pesquisa linguística no Brasil desde que o contato entre línguas passou a ser considerado um fator preponderante na história linguística do país, fortalecen do paralelos entre a origem do português popular brasileiro e das línguas crioulas. O artigo apresenta uma importante formulação substratista na atualidade, baseada no conceito de relexificação, e analisa as possibilidades de sua aplicação ao estudo da história sociolinguística do Brasil, considerando sua adequação, fragilidades e potencialidades, dentro da visão adotada aqui de que as variedades populares do português brasileiro passaram, em sua formação histórica, por um processo de transmissão linguística irregular de tipo leve

El Campo Léxico de Justicia en el Español Peninsular y su relación con los procesos de Control Social y el ejercicio del poder (SIGLOS XIV Y XV)

Rígano,Mariela E
Fonte: Universidad Central de Venezuela. Facultad de Humanidades Publicador: Universidad Central de Venezuela. Facultad de Humanidades
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 ES
Relevância na Pesquisa
46.46%
En este trabajo abordamos, desde la sociolingüística histórica, el campo léxico de justicia en el período comprendido entre los siglos XIV y XV en el español peninsular. En cuanto al corpus, es de destacar que se compone de fuentes literarias. En el análisis consideramos las unidades léxicas en conjuntos relacionales. En el plano de la expresión, las relaciones se verifican a través de las llamadas series derivadas, mientras que en el plano del contenido estudiamos los elementos lexicales en sus redes de oposiciones, identidades y asociaciones, cuya existencia se verifica mediante el análisis del contexto. Por otra parte, debemos indicar que las voces que integran este campo léxico resultan claves para entender, en este corte cronológico, la configuración de las relaciones de poder y autoridad. Las relaciones asociativas que se establecen entre los ítems lexicales estudiados ponen de relevancia la sacralización del sistema considerado. Desde este contexto de pensamiento, toda conducta desafiliativa se interpreta como un pecado contra la divinidad. Los discursos permiten entrever que se entiende que el ejercicio de la justicia es inherente a una clase social, la nobleza.