Página 1 dos resultados de 1051 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Uma abordagem sociolingüística do uso das formas você, ocê e cê no português; Sociolinguistic approach of the words você, ocê and cê in portuguese

Gonçalves, Clézio Roberto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/10/2008 PT
Relevância na Pesquisa
37.16%
Esta Tese de Doutorado apresenta um estudo da variação das formas pronominais você, ocê e cê no português oral do centro-oeste mineiro, especificamente da cidade de Arcos, adotando-se os pressupostos teóricometodológicos da Sociolingüística Variacionista e da Sociolingüística Interacional. A alternância do uso dessas variantes é influenciada por fatores lingüísticos e sociais. Os dados foram submetidos ao tratamento estatístico do Programa GoldVarb 2001. O objetivo geral da pesquisa é, a partir dos estudos já realizados sobre o uso da forma você e suas variantes, investigar os fatores lingüísticos e sociais, que condicionam a variação e a função interacional do pronome você. Foi analisado um total de 510 dados, obtidos em narrativas individuais orais espontâneas com 40 informantes de Arcos (MG), sendo 20 da área urbana e 20 da área rural, de ambos os sexos, agrupados em três faixas etárias (15-30 anos, 31-59 anos, 60 anos ou mais). Os principais resultados encontrados indicam que o perfil da variação é de variação estável e que, segundo a abordagem interacional, a forma você se comporta como um pronome de poder e as formas ocê e cê, como pronomes de solidariedade.; This Doctorate Dissertation presents a study regarding the variation of the pronominal forms você (you)...

O não-alçamento das vogais médias na fala de Curitiba sob a perspectiva da sociolinguística quantitativa

Limeira, Larissa Roberta
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
Este trabalho se propõe a estudar o comportamento das vogais médias /e/ e /o/, em pauta pretônica, postônica e nos clíticos, na fala de uma amostra dos habitantes de Curitiba, usando como base a teoria da sociolinguística quantitativa, desenvolvida por Labov. O fenômeno de alçamento das vogais médias é bastante estudado na variação linguística do português brasileiro e o interesse em investigar esse comportamento na cidade de Curitiba é justificado pelo baixo índice de aplicação da elevação nos informantes dessa cidade, observada em estudos como os de Vieira (2002 e 2009). Esses estudos mostram que em Curitiba, os falantes contrariam uma tendência de variação linguística identificada e categorizada nas demais cidades do Brasil. A reduzida aplicação da regra variável de elevação das vogais médias átonas postônicas na comunidade de fala de Curitiba, distingue-a das demais capitais da região sul e a aproxima de algumas cidades do interior do Rio Grande do Sul. No trabalho de Schwindt (1995), Curitiba também recebe destaque por apresentar valores diferenciados das demais capitais da região Sul do Brasil, em relação à harmonia vocálica. Acreditamos que esse comportamento esteja motivado por fatores sociolinguísticos daquela comunidade; nesse sentido...

A sociolinguística e o ensino de língua portuguesa: uma proposta para um ensino aprendizagem livre de preconceitos

Laperuta, Maridelma
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 278 f.
POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Linguística e Língua Portuguesa - FCLAR; A sociolinguística e o ensino de língua portuguesa: uma proposta para um ensino aprendizagem livre de preconceitos” foi o título do projeto de pesquisa por nós idealizado, que surgiu a partir de nosso percurso no ensino de língua portuguesa no curso de Letras da UNIOESTE, Universidade Estadual do Oeste do Paraná – campus Foz do Iguaçu-PR. Observando o discurso dos alunos de graduação e de professores de Ensino Fundamental e Ensino Médio (com quem trabalhamos em cursos de formação continuada) sobre questões relativas à língua portuguesa, norma linguística, gramática, ensino de língua e gramática, correção, etc. e a, partir disso, suas atitudes linguísticas e concluindo, empiricamente, a existência de preconceito linguístico nesses discursos, trouxemos à tona a hipótese de que o preconceito linguístico, estreitamente ligado ao preconceito social, pode ser atenuado com a realização de um trabalho de conscientização sobre a Teoria Sociolinguística, por meio da escola (discursos, crenças e atitudes preconceituosas sobre a linguagem - discursos e crenças como “não sei falar português”...

Balanço crítico da Sociolinguística Variacionista no estado de São Paulo e a proposição de uma frente programática de investigação

Gonçalves, Sebastião Carlos Leite
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 869-884
POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
Conselho Nacional de Desenvolvimento em Pesquisa (CNPq); In this paper, I present a critical balance of variationist Socilinguistics in the state of São Paulo I comment briefly the information about scientific production of this research area in the state of São Paulo and I show that its recent development in the state does not allows yet the composition of a sociolinguistic picture of the Portuguese spoken in the state of São Paulo. I present results of variationist researches undertaken with speech samples from the countryside. The analysis is based on features of “caipira” speech described by Amaral ([1920] 1976) at the beginning of the twentieth century. Then, I propose recognizing a programmatic front of research as available in Amaral (1976 [1920]), whereby it is possible to advance the knowledge of spoken language not only related to varieties of São Paulo, but also related to Brazilian Portuguese.; Neste trabalho, tenho por objetivo promover um balanço crítico da pesquisa sociolinguística no estado de São Paulo. Para tanto, reúno informações sobre a produção científica nessa área e mostro que seu desenvolvimento recente no estado de São Paulo ainda não permite compor uma fotografia sociolinguística das variedades paulistas do português brasileiro. Tomando por base aspectos da fala caipira descritos por Amadeu Amaral no início do século XX...

Variação e mudança linguística: panorama e perspectivas da sociolinguística variacionista no Brasil

Salomão, Ana Cristina Biondo
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 187-207
POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
Since the 1970s many research groups have emerged in Brazil in the area of Sociolinguistics, seeking to investigate language in relation to social factors that distinguish different speech communities to deconstruct the idea of linguistic homogeneity. Many of the works have been based on variationist sociolinguistics (LABOV, 2008 [1972]), for which variation and change are inherent to languages, i.e., heterogeneous structures are part of the speakers’ linguistic competence, as a cultural phenomenon motivated by linguistic and extralinguistic factors. Our aim, in this article, is to address the paths of Sociolinguistics since its beginning as a science, focusing mainly on the variationist strand, by recalling its key-concepts and methodology, and to present an overview of the research works conducted in Brazil in this field nowadays.; Desde a década de 1970 inúmeros grupos de pesquisa surgiram no Brasil na área da Sociolinguística, buscando investigar a linguagem relacionando-a a fatores sociais que distinguem diferentes comunidades de fala para a desconstrução da ideia de homogeneidade linguística. Muitos dos trabalhos desenvolvidos têm suas bases na sociolinguística variacionista (LABOV, 2008[1972]), para a qual a variação e a mudança são inerentes às línguas...

Por uma interface sociolinguística no livro didático de língua portuguesa

Viana, Suelen de Andrade
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 155 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
37.16%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Linguística.; Esta dissertação trata de uma análise sociolingüística realizada em livros didáticos recomendados pelo Ministério da Educação (MEC) para o ensino de língua portuguesa no Brasil no nível fundamental. O foco principal da análise foi a concepção de língua e de gramática que está presente nos livros didáticos (LD) e a forma como tal concepção evidencia aspectos sociolingüísticos (como a noção de "certo" e "errado", variação lingüística, mudança lingüística e preconceito lingüístico, além do papel da norma padrão) para os alunos através das atividades elaboradas. De forma geral pôde-se verificar que a elaboração atual dos livros didáticos trabalha com um grau mínimo de aspectos sociolingüísticos e que esses aspectos, embora presentes, não significam que uma interface sociolingüística de abordagem mais consistente esteja sendo levada em consideração.

A alfabetização e o letramento de jovens, adultos e idosos sob a ótica da sociolinguística educacional

Sousa, Maria Alice Fernandes de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2009.; A pesquisa relada nesta tese teve por como objetivo analisar como os conhecimentos de fundamentos da Sociolinguística Educacional, por parte de uma professora alfabetizadora, contribuem para o desenvolvimento de estratégias facilitadoras da aprendizagem da leitura e da escrita escolar de jovens, adultos e idosos. Um jovem, um adulto ou um idoso, ao entrar para a escola a fim de se alfabetizar, já traz consigo uma longa experiência linguística e dá mostras de sua capacidade de entender e utilizar a língua nas diversas circunstâncias da vida em que precisa usar a linguagem. Porém, ainda não sabe escrever nem ler. No tocante a essa realidade, caberia à escola utilizar-se de tais conhecimentos linguísticos como fundamento para o ensino da língua materna. A Sociolinguística Educacional tem-se ocupado em contribuir para a elaboração de novas formas de organização do trabalho pedagógico docente que deem conta de desenvolver as habilidades cognitivas dos alunos necessárias à ampliação de sua competência comunicativa oral e escrita, tornando-os mais proficientes em sua língua materna e habilitando-os a exercerem conscientemente e criticamente a cidadania. O locus da pesquisa é uma sala de aula de alfabetização de jovens...

Contribuições da sociolinguística educacional para materias de formação continuada de professores de língua portuguesa

Dias, Paula Maria Cobucci Ribeiro
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Classicas, 2011.; Esta tese apresenta uma investigação das contribuições da Sociolinguística Educacional para materiais de Formação continuada de professores. O corpus de análise é a Rede Nacional de Formação Continuada de Professores – Rede, política pública oferecida pelo Ministério da Educação do Brasil. De modo geral, pretende-se analisar as concepções de língua presente nos materiais dos cursos de formação de professores e a maneira como tais concepções evidenciam aspectos sociolinguísticos para o aluno/professor, como a noção de “certo” e “errado”, variação linguística, mudança linguística e preconceito linguístico. Objetiva-se também observar se os estudos sociolinguísticos e os estudos sobre letramento contribuirão para os cursos de formação continuada de Professores do Ensino Fundamental e para a melhoria da educação em português brasileiro como língua materna. De forma específica, pretende-se verificar como os materiais para formação continuada de professores: definem a norma-padrão e as variedades prestigiadas; lidam com a variação entre fala e escrita: apresentam o amplo continuum de gêneros textuais entre a fala mais espontânea e a escrita mais monitorada; tratam os fatos gramaticais; abordam a variação linguística. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This thesis presents an investigation of the contributions of Educational Sociolinguistics to the continuing education of Elementary School teachers. The corpus of analysis is the Rede Nacional de Formação Continuada de Professores – REDE...

Contribuições da sociolinguística educacional à formação do professor alfabetizador/letrador de alunos surdos

Queiroz, Esmeralda Figueira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
37.48%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de pós-graduação em Educação, 2013.; Práticas escolares com alunos surdos são um tema que merece ainda muitos estudos. Em época que esses alunos têm acesso garantido a todos os níveis de educação formal, as questões que permeiam sua escolarização continuam sendo as mesmas de estudos muito anteriores e perpassam áreas como políticas públicas, metodologias e formação de professores. Com o objetivo de agregar novos conhecimentos à educação de alunos surdos, este estudo tem como eixo teórico a Sociolinguística Educacional e seus pressupostos, entre os quais se destaca a Pedagogia Culturalmente Sensível. O interesse pela escolarização de crianças de grupos minoritários e pelas causas dos seus fracassos escolares justifica a opção teórica. A esse referencial agregam-se também o pensamento de autores com outras filiações teóricas por serem representantes essenciais de eixos de conhecimentos presentes neste estudo. A metodologia adotada é a pesquisa qualitativa, realizada sob a perspectiva etnográfica colaborativa, com estudo empírico composto por duas fases. A primeira objetivou analisar as atividades pedagógicas em uma classe de 3ª série de Unidade Especial para Surdos...

Sociolinguística e seu lugar nos letramentos acadêmicos de professores do campo

Moura, Ana Aparecida Vieira de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
POR
Relevância na Pesquisa
37.34%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2015.; Este trabalho toma a sala de aula como ambiente comunicativo que reivindica a interação como condição para a promoção dos letramentos de professores oriundos do campo e com contexto de diversidade cultural em formação inicial. Adota como orientação teórica os estudos da Sociolinguística Educacional e Interacional (BORTONI-RICARDO, 2004; 2008; 2014) articulados com os Novos Estudos dos Letramentos (STREET, 1995; LEA e STREET, 2006). Parte da premissa de que o processo interativo só obterá sucesso quando as intenções dos falantes forem reconhecidas pelos participantes dos eventos da fala. A pesquisa situa-se no macro contexto da Educação do Campo e no micro contexto da sala de aula no curso de Licenciatura em Educação do Campo – LEdoC, oferecido pela Universidade de Brasília. Tem como objetivo geral investigar as contribuições da Sociolinguística para o desenvolvimento dos letramentos dos professores que atuarão em contextos de diversidade cultural. Os educandos oriundos de comunidades tradicionais quilombolas Kalunga do norte do Estado de Goiás...

Questões teórico-descritivas em sociolingüística e em sociolingüística aplicada e uma proposta de agenda de trabalho

Mollica,Maria Cecília de Magalhães; Roncarati,Cláudia Nívia
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP Publicador: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2001 PT
Relevância na Pesquisa
37.26%
Este artigo oferece uma visão das questões cruciais que demarcam o perfil da Sociolingüística brasileira e delineia uma agenda de pesquisa para a área. Discute os principais resultados através das metas alcançadas e a serem atingidas e avalia as especificidades da Sociolingüística Aplicada.

Uma análise sociolingüística das construções de tópico na fala uberlandense

Martins, Maria Luísa Aparecida Resende
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
37.34%
Este trabalho investiga o uso do tópico na língua oral do Português do Brasil, considerando como tal o constituinte à esquerda da sentença. Para realizar a análise, adotamos a proposta de Callou et alii (1993), na qual são consideradas construções de tópico lato sensu. O objetivo do nosso trabalho é verificar de que modo o fenômeno é usado e observar, principalmente, se a presença de tópico favorece ou não a ocorrência de sujeito lexicalizado na sentença. Para tanto, foi feita uma investigação de estruturas de tópico e estruturas de sujeito, levando em consideração, na análise, fatores lingüísticos e fatores extralingüísticos – classe social e faixa etária. O corpus utilizado para o desenvolvimento da pesquisa constituiu-se de 45 entrevistas realizadas com falantes adultos da cidade de Uberlândia (MG), de ambos os sexos. A análise realizada evidenciou que, apesar da pouca incidência na língua, todos os informantes, independentemente da classe social e da faixa etária, que fizeram uso da estrutura de tópico, lexicalizaram o sujeito, corroborando, assim, nossa hipótese principal. Especificamente em relação às construções de tópico lato sensu, foi constatado que o Deslocamento à Esquerda (DE) é mais usado do que a Topicialização (TOP). Essa constatação refutou nossa hipótese...

Integración sociolingüística en contextos de inmigración: marco epistemológico para su estudio en España

Moreno Fernández, Francisco
Fonte: Universidad de Alcalá. Servicio de Publicaciones Publicador: Universidad de Alcalá. Servicio de Publicaciones
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
37.34%
El análisis de la integración sociolingüística de la población inmigrante es una de las más interesantes tareas a las que se enfrenta la Sociolingüística del siglo XXI. Estas páginas van a considerar tal análisis como su objeto de estudio final, a propósito del cual se plantearán unos objetivos generales y se determinarán unas tareas de investigación. La finalidad principal de este trabajo es crear un marco teórico de referencia para abordar el estudio de la integración sociolingüística de la población inmigrante en una comunidad de acogida. Esta labor se considera previa a cualquier trabajo de campo y a la propuesta de otros objetivos particulares en relación con el proceso de la integración sociolingüística.; The analysis of the sociolinguistic integration of immigrant population is one of the most interesting tasks of the 21st Century Sociolinguistics faces. These pages consider such analysis as its final object of study, with regard to some general targets and research tasks. The main purpose of this work is to create a reference theoretical frame to undertake the study of the sociolinguistic integration of the immigrant population in a reception community. This objective is considered previous to any other work on the field and to the proposal of other particular goals in relation to the process of sociolinguistic integration.

Descrição sociolinguística de textos escolares : o público e o privado

Gonçalves, Edimara Cristina Meliso
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
37.34%
A temática apresentada neste trabalho insere-se no âmbito da pesquisa em sociolinguística voltada para a variação fonético-fonológica e os reflexos dessa variação na produção escrita de alunos do ensino fundamental de duas escolas de Campo Grande: uma pública, localizada na área periférica da cidade, e uma particular, localizada na área central urbana. O levantamento e análise das interferências da modalidade oral na produção escrita em Língua Portuguesa foram feitos com base na teoria da Sociolinguística Variacionista. O objeto da pesquisa recai sobre o interesse em mostrar as interfaces entre as linguagens: oral e escrita. O objetivo do trabalho foi o de registrar, descrever e interpretar as marcas das variedades linguísticas fonológicas, nos desvios decorrentes da transposição do ato da fala para a escrita de alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, caracterizando e comparando a produção textual dos alunos, e também correlacionando a sua competência linguística com a estratificação social da escola. O método empregado nesta pesquisa foi o da Sociolinguística Variacionista Quantitativa (Labov 1972), com aplicação do programa computacional Goldvarb 2001. Após a compreensão das diferenças na apropriação da escrita dos alunos pelos postulados da sociolinguística foram averiguados os fenômenos da variação linguística e os dois maiores grupos destacados foram: o alçamento das vogais /e/ com 28% e alçamento das vogais /o/...

Confección del corpus electrónico del español colonial mexicano (COREECOM) desde la sociolingüística y la dialectología históricas; VI Coloquio de Lingüística Computacional. Ciclo de conferencias

Arias, Beatriz; Hernández, Juan Antonio
Fonte: Facultad de Filosofía y Letras. Instituto de Ingeniería. Universidad Nacional Autónoma de México Publicador: Facultad de Filosofía y Letras. Instituto de Ingeniería. Universidad Nacional Autónoma de México
Tipo: Conferencia
ES
Relevância na Pesquisa
37.26%
Conferencia /// Confección del corpus electrónico del español colonial mexicano (COREECOM) desde la sociolingüística y la dialectología históricas. Beatriz Arias. Juan Antonio Hernández. Instituto de Investigaciones Filosóficas. Universidad Nacional Autónoma de México. 20 de agosto de 2013 //// VI Coloquio de Lingüística Computacional. Facultad de Filosofía y Letras. Instituto de Ingeniería. Universidad Nacional Autónoma de México. //// Descarga: Pulse botón derecho del ratón sobre el archivo de audio "mp3" que elija y seleccione "Guardar Destino Como..."; En la mayoría de los corpus que se han realizado sobre el español colonial mexicano sólo se han utilizado, para su organización, parámetros temporales y geográficos (siglos y zonas geográficas). Además este último parámetro, el geográfico, ha sido configurado con base en cuestiones regionales sin tomar en cuenta factores históricos y lingüísticos. Ahora bien, si se considera que un corpus tiene que ser el “modelo” de una realidad lingüística (o por lo me-nos dar cuenta de una manera más o menos representativa de esa realidad), es necesario que el corpus que se diseñe recoja muestras no sólo de las diferencias diacrónicas, sino también de la variación social...

Sentidos para uma história da sociolinguística no Brasil na década de 1970; Senses for a history of sociolinguistics in Brazil in the 1970s

Livia Helena Moreira e Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/08/2015 PT
Relevância na Pesquisa
37.48%
Esta dissertação de mestrado desenvolve-se no interior do programa História das Ideias Linguísticas e tem como objetivo compreender os processos discursivos que vão significar uma história da sociolinguística no Brasil a partir da década de 1970, quando se constituíram as condições de seu início institucional no país no conjunto da história das ciências da linguagem. Partindo de uma posição histórica-materialista filiada à análise de discurso e à semântica do acontecimento, trato a história enquanto efeito de sentidos, visando à reconstrução do processo pelo qual a história da sociolinguística se conta nos primeiros trabalhos acadêmicos publicados no país concernentes a essa, então, nova forma de abordagem da diversidade linguística brasileira, atenta ao processo conjuntural e político que constitui o espaço no qual a história se produz. Pela análise da designação de sociolinguística no conjunto de textos que compõem meu recorte, pude encontrar duas regularidades que vão estruturando discursivamente um lugar para a sociolinguística no Brasil (i) pela sua relação com um passado de estudo da diversidade linguística no Brasil ligado à dialetologia e à geolingüística, de um lado, e pela filiação à sociolinguística de William Labov...

Language variation and change: overview and perspectives of Variationist Sociolinguistics in Brazi; Variación y cambio linguístico: panorama y perspectivas de la Sociolinguística Variacionista en Brasil; Variação e mudança linguística: panorama e perspectivas da Sociolinguística Variacionista no Brasil

Salomão, Ana Cristina Biondo
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; avaliado por pares; PANORAMA E PERSPECTIVAS DA SOCIOLINGUÍSTICA VARIACIONISTA NO BRASIL Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/2012 POR
Relevância na Pesquisa
37.53%
Since the 1970s many research groups have emerged in Brazil in the area of Sociolinguistics, seeking to investigate language in relation to social factors that distinguish different speech communities to deconstruct the idea of linguistic homogeneity. Many of the works have been based on variationist sociolinguistics (LABOV, 2008 [1972]), for which variation and change are inherent to languages, i.e., heterogeneous structures are part of the speakers’ linguistic competence, as a cultural phenomenon motivated by linguistic and extralinguistic factors. Our aim, in this article, is to address the paths of Sociolinguistics since its beginning as a science, focusing mainly on the variationist strand, by recalling its key-concepts and methodology, and to present an overview of the research works conducted in Brazil in this field nowadays.; Desde la década de 1970 un gran número de grupos de investigación surgieron en Brasil en el área de la Sociolingüística, buscando investigar el lenguaje relacionándolo a factores sociales que diferencian distintas comunidades de habla para la desconstrucción de la idea de homogeneidad lingüística.  Muchos de los trabajos desarrollados tienen sus bases en la sociolingüística variacionista (LABOV...

Reflections on style in sociolinguistics: a study about the book Capão Pecado, by Ferréz; Reflexiones acerca del estilo en sociolingüística: un estudio acerca del libro Capão Pecado, de Ferréz; Reflexões sobre estilo em sociolinguística: um estudo sobre o livro Capão Pecado, de Ferréz

Machado, Marco Antônio Rosa; Universidade Estadual de Goiás - UEG
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Linguística - UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; avaliado por pares; Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
37.4%
This article has as its main objectives to develop some reflections about the notion of style in sociolinguistics and to demonstrate how style works in the constitution and representation of social personae within certain sociolinguistic groups. Considering that style is conceived broadly as the differentiations of linguistic behavior that iconically reflect social differences (contrasts), we analyze some lexical occurrences in the book Capão Pecado, by Ferréz, in order to understand how styles, linguistic registers and dialectal lexical variation which are present in that book contribute to some extent to the formation of identity of the man who lives in the suburbs.; Este trabajo tiene como principal objetivo desarrollar una reflexión sobre la noción de estilo en la sociolingüística y demostrar cómo el estilo actúa en la constitución y representación de personae sociales dentro de ciertos grupos sociolingüísticos. Teniendo en cuenta que el estilo es concebido en términos generales como la diferenciación de comportamientos lingüísticos que reflejan icónicamente diferencias sociales (contrastes), se analizan algunas ocurrencias léxicas en el libro Capão Pecado, escrito por Ferréz, para entender cómo los estilos...

A realização do sujeito pronominal na fala de descendentes de portugueses: abordagem sociolinguística

Wildner, Ana Kaciara; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Lingüística da UFSC Publicador: Programa de Pós-Graduação em Lingüística da UFSC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; "Avaliado por pares"; Formato: application/pdf
Publicado em 02/03/2010 POR
Relevância na Pesquisa
37.26%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-8420.2009v10n2p35Este estudo investiga a expressão do sujeito pronominal de sentenças finitas na fala de descendentes de portugueses, residentes nas comunidades de Santo Antonio de Lisboa e Sambaqui (Florianópolis, SC). Objetiva-se analisar se a fala desses informantes apresenta predomínio de características do português europeu ou do português brasileiro com relação ao parâmetro do sujeito nulo. Parte-se dos pressupostos teóricos e metodológicos da Sociolinguística Variacionista Laboviana (Teoria da Variação) e em parte do saber teórico desenvolvido pela Gramática Gerativa, o que comumente tem-se chamado de Sociolinguística Paramétrica.    

Comunicación Intercultural y Sociolingüística

Siever,Holger
Fonte: Universidad Central de Venezuela. Facultad de Humanidades Publicador: Universidad Central de Venezuela. Facultad de Humanidades
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2006 ES
Relevância na Pesquisa
37.34%
En este ensayo propongo una nueva subdisciplina de la sociolingüística que podríamos denominar sociolingüística intercultural y que debería ocuparse de todos los fenómenos que observamos en la intersección entre la comunicación intercultural y la sociolingüística. La sociolingüística intercultural describe el comportamiento tanto verbal como no verbal del ser humano en un contexto verdaderamente intercultural. Cuando dos o más personas de distintas culturas se reúnen e intentan comunicar, tenemos una situación de encuentro intercultural que podemos analizar utilizando las metodologías de la etnografía de la comunicación (ethnography of communication), de la etnometodología o del análisis de la conversación. Como los comportamientos de las personas involucradas en encuentros interculturales no corresponden a los de encuentros monoculturales, podemos concluir que los estudios monoculturales y culturales-contrastivos no sirven para describir los comportamientos en un contexto intercultural. Estos estudios no son más que los prerrequisitos para desarrollar estudios de índole intercultural.