Página 1 dos resultados de 187 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Licenciamento ambiental no Brasil sob a perspectiva da modernização ecológica.; Environmental Licensing in Brazil: the Ecological Modernization perspective

Souza, Alexandre do Nascimento
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
56.17%
O Licenciamento ambiental é um dos instrumentos da Política Nacional de Meio Ambiente, estabelecida pela lei 6.938 de 1981. Nos últimos 30 anos, o país passou por inúmeras transformações econômicas, políticas e sociais. No cenário de grande potencial hidrelétrico do país, demanda crescente por energia, fortalecimento e consolidação da legislação e do sistema de gestão ambiental, participação de novos atores econômicos interessados em prover a expansão do parque de geração de energia, maior participação dos movimentos sociais na esfera pública e uma memória não muito distante de graves problemas socioambientais ocasionados pela construção de hidrelétricas; é que se dão os conflitos que perpassam todo o processo de licenciamento ambiental de hidrelétricas e do qual se ocupa essa dissertação. Entre os anos de 2004 e 2008, muitos atores econômicos e sociais envolvidos com a temática do licenciamento ambiental no país se posicionaram publicamente, sobretudo a respeito dos conflitos relacionados à concessão das licenças ambientais para empreendimentos hidrelétricos. A reflexão sociológica a qual se propôs este projeto de pesquisa utiliza a Teoria da Modernização Ecológica como instrumental teórico e busca entender o estado da arte do licenciamento ambiental de hidrelétricas no Brasil.; The Environmental license is one of the tools of the National Environmental Policy...

Ocupações humanas no Parque Estadual da Serra do Mar: Análise e espacialização dos autos de infração ambiental no núcleo Caraguatatuba; Human Occupations in the Serra do Mar State Park: analysis and spatialization of Environmental Infraction Files in Núcleo Caraguatatuba

Daher, Carolina dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.06%
Questões relacionadas à gestão da presença de populações humanas em Unidade de Conservação (UC) são apresentadas nesta pesquisa com enfoque nas restrições ao uso e acesso aos recursos naturais no interior do Núcleo Caraguatatuba do Parque Estadual da Serra do Mar (PESM). Apresenta-se uma analise do Programa de Interação Socioambiental do Plano de Manejo do PESM, onde são previstos Temas de Concentração Estratégica para aproximar a comunidade do Parque, sendo que um deles tem a finalidade de resolução de conflitos entre residentes e o órgão gestor da área protegida. Os dados constantes nos Autos de Infração Ambiental, aplicados pela Polícia Militar Ambiental do Estado de São Paulo, são tabulados de forma a se obter a espacialização em ambiente de Sistema de Informações Geográficas (SIG). Essa informação gerou mapas georreferenciados das infrações ocorridas de 1988 a 2011 na Unidade de Conservação. O presente trabalho tem como objetivos identificar: a) em quais regiões do Núcleo Caraguatatuba mais ocorrem essas infrações; b) se as infrações possuem alguma relação com bairros, municípios abrangidos pelo Núcleo; c) como as estradas/ trilhas/ vias de acesso interferem na localização das infrações e d) se as áreas limítrofes do Parque com as áreas urbanizadas (ou rurais) também interferem na ocorrência das infrações. Com base nos resultados obtidos pode-se afirmar que as vias...

Conflitos fundiários e meio ambiente: estudo de caso do Mosaico de Unidades de Conservação do Jacupiranga Vale do Ribeira - SP; Land conflicts and the environment: a study case of Mosaic of Conservation Units of Jacupiranga Vale do Ribeira - SP

Duarte, Mara Gazzoli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
56.1%
Esta pesquisa teve, como objetivo geral verificar o processo de criação do Mosaico de Unidades de Conservação do Jacupiranga (MOJAC), localizado na região do Vale do Ribeira e Litoral Sul, no sudeste do Estado de São Paulo, onde se concentra a maior área de mata atlântica conservada do Brasil. O Mosaico do Jacupiranga compreende diversas unidades de conservação que formam um corredor contínuo de remanescentes maduros bem conservados da mata atlântica, tendo sido criado em 2008 por meio de um grande trabalho de levantamento de informações de toda ordem pelos órgãos estaduais, com envolvimento dos moradores, ONG, prefeituras, etc. Originou-se do Parque Estadual do Jacupiranga, criado em 1969 ignorando muitas comunidades tradicionais, que habitavam diversas das áreas transformadas em parque e permanecendo muitos anos sem uma gestão eficaz para a conservação da área. Assim os conflitos ambientais, sociais e fundiários foram se agravando ao longo dos anos, com ocupações por diferentes grupos sociais, de camponeses a grileiros, sendo a criação do mosaico uma forma de resolver, ou ao menos minimizar, os conflitos existentes. Esta região, assim como muitas outras do país, possui grande quantidade de terras devolutas...

Urbanização da natureza: da autoprovisão de infraestruturas aos projetos de recuperação ambiental nos mananciais do sul da metrópole paulistana; Urbanizing nature: from the self-provision of infrastructure to the environmental recovery projects in the water source region in the south of the metropolitan area of São Paulo

Ferrara, Luciana Nicolau
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/07/2013 PT
Relevância na Pesquisa
56.07%
A presente tese focaliza o processo de ocupação dos mananciais do sul da metrópole de São Paulo, abordando um quadro de relações que se estabeleceu na formação e consolidação de loteamentos precários. Os loteamentos irregulares estudados foram construídos durante os anos 1990, em São Bernardo do Campo, na bacia da Billings - área ambientalmente protegida por lei desde os anos 1970. A análise abrange desde a autoprovisão de infraestruturas, passando pela reivindicação de redes públicas pelos moradores, até a realização de projetos de urbanização. Abordam-se as articulações entre agentes públicos e privados, suas práticas espaciais, bem como as leis e as políticas de mananciais que, perpassadas pela especificidade da propriedade privada, engendraram, direta ou indiretamente, a forma urbana dos loteamentos irregulares. Esse quadro de agentes, num outro contexto, também construiu a necessidade da recuperação ambiental, na qual se associou à implementação de infraestruturas públicas a regularização fundiária e urbanística de interesse social. Os conflitos socioambientais que emergem nesse processo colocam em questão as concepções e a forma de expansão das redes de infraestrutura, o que extrapola a escala local...

Educação ambiental para a cidadania e a construção de valores morais: diálogos entre pesquisa e intervenção; Environmental education for citizenship and the construction of moral values: exchanges between research and intervention

Silva, Marco Antonio Morgado da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.06%
O presente estudo se situa na interface entre os campos da Educação Ambiental e da Educação Moral. O nosso ponto de partida é a concepção de que a Educação Ambiental consiste em uma prática pedagógica dirigida fundamentalmente à formação da cidadania, o que requer um trabalho educacional que contemple a identidade moral no processo formativo dos educandos. Apostando nas contribuições oriundas dessa intersecção, desenvolvemos um projeto de Educação Ambiental para a cidadania em uma escola pública localizada na periferia da cidade de São Paulo e a tomamos como objeto de investigação. A presente pesquisa, portanto, assume caráter intervencionista e, do ponto de vista da investigação empírica, a nossa preocupação central foi explorar como a prática pedagógica realizada poderia contribuir com a formação em valores morais dos estudantes da 5ª série do Ensino Fundamental II. As diretrizes teórico-metodológicas da prática de Educação Ambiental para a cidadania foram referenciadas em metodologias problematizadoras e participativas de ensino-aprendizagem, em métodos de Educação Moral e na proposta de articulação entre a escola e a comunidade do entorno por meio dos Fóruns de Ética e Cidadania. Diante da tarefa de pesquisar uma intervenção pedagógica...

Os conflitos socioambientais do processo de licenciamento ambiental do projeto de ampliação do porto de São Sebastião, SP; The socio and environmental conflicts in the environment assessment about the port expansion project of São Sebastião, SP, Brazil

Matos, Ericka Martins de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
56.07%
A partir da Política Nacional de Meio Ambiente que instituiu a Avaliação de Impacto Ambiental e o Licenciamento Ambiental, e posteriormente, com os regulamentos das Resoluções CONAMA, a participação pública torna-se obrigatória na análise e tomada de decisão sobre a viabilidade ambiental de empreendimentos potencialmente poluidores ou de significativo impacto ambiental. O presente estudo problematiza o papel das Audiências Públicas no processo democrático de tomada de decisão, e como instrumento de proteção dos diferentes interesses envolvidos na construção de grandes empreendimentos de infraestrutura. O objetivo foi identificar e analisar os conflitos socioambientais evidenciados nas Audiências Públicas do projeto de ampliação do Porto de São Sebastião, localizado no litoral norte do Estado de São Paulo. Também buscou-se identificar os principais temas discutidos, os atores sociais envolvidos e a formação dos diferentes grupos de interesse. Utilizando o referencial teórico da ecologia política, pode-se definir a hipótese de que as Audiências Públicas não cumprem seu papel de proporcionar aos diversos segmentos sociais que atuam naquele território, com suas diferentes lógicas culturais, o acesso aos recursos naturais para a manutenção de seu modo de vida...

Mining in urban areas: methodological proposal for the identification and mediation of socio-environmental conflicts

Bacci,Denise de La Corte; Diniz,Tânia Maria Ramos de Godoi
Fonte: Escola de Minas Publicador: Escola de Minas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 EN
Relevância na Pesquisa
76.22%
The conflicts generated by mining in urban areas are due to several reasons. In this paper we sought to identify the social actors and the dynamics of conflicts in the northwestern region of the São Paulo Municipality. This area presents aspects of environmental preservation, quarry activities, and dense urbanization. To minimize/solve these conflicts, strategies are proposed based on Social Learning methodologies.

Dialogues between social and natural sciences: contribution to the debate on socio-environmental conflicts

Milanez,Bruno
Fonte: Academia Brasileira de Ciências Publicador: Academia Brasileira de Ciências
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2015 EN
Relevância na Pesquisa
66.05%
ABSTRACTIn this article, I argue that attempting to solve real problems is a possible approach to bring social and natural sciences together, and suggest that - as Environmental Impact Assessment necessarily brings together social and environmental issues - this debate is a strong candidate for such a task. The argument is based on a general discussion about the possibilities and limitations of Environmental Impact Assessments, the social-environmental impacts of mining activities and three case studies. The analysis of the cases indicates possibilities and limitations of the dialogue between scientists from various areas - and of the collaboration with social movements and affected communities - in avoiding negative impacts of mining projects and, eventually, increasing their sustainability.

Organizações não governamentais e turismo sustentavel : trilhando conceitos de participação e conflitos; NGOS and Sustainable Tourism : tracks concepts of participation and conflicts

Andrea Rabinovici
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.24%
O Turismo Sustentável (TS) é reconhecido por diversos atores sociais e políticos como uma possibilidade ambientalmente correta de uso dos recursos naturais. O que se observa é que o aumento da prática do TS no Brasil não tem sido proporcional à sustentabilidade ambiental e à melhoria da qualidade de vida nos locais onde ocorre, o que deveria ser uma consequência teórica direta do Turismo realmente sustentável. Uma constante verificada é o aumento de conflitos sociais causados pela maior pressão sobre o uso dos recursos naturais que, por sua vez, provoca a atenção e interferência do ambientalismo, através das Organizações Não Governamentais (ONGs) nacionais e transnacionais. Estas interferências promovem a articulação entre diversos segmentos políticos. A criação e/ou acirramento dos conflitos socioambientais decorrentes das práticas conservacionistas e do TS coloca em questão a legitimidade, representatividade, nível e forma de participação das ONGs e suas ações. A busca de diálogo tem forçado a participação dos envolvidos em organizações de caráter político especialmente criadas. Este estudo objetiva verificar e analisar os conflitos socioambientais, em escala local, gerados a partir da implementação de projetos e programas de TS feitos por ONGs nacionais e transnacionais...

O municipio, o patrimonio natural e a dinamica socioambiental no Vale do Ribeira : o caso do municipio de Iporanga, SP; The city, the natural patrimony and the s-environmental dynamic at the Ribeira Valley, the case of the city of Iporanga, SP

Jonas Justino dos Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
46.15%
O trabalho tem como objetivo analisar e caracterizar a dinâmica socioambiental no município de Iporanga, estado de São Paulo, situado no Vale do Ribeira, bem como verificar se o patrimônio natural e cultural do município viabiliza políticas e estratégias de desenvolvimento local para a melhoria das condições de vida de sua população. A primeira parte do trabalho, trata da questão do papel do município no desenvolvimento de políticas e estratégias de desenvolvimento local, sua relação com a crise da federação e as políticas ambientais adotadas no Vale do Ribeira, verificando as causas dos conflitos socioambientais gerados a partir da implantação de unidades de conservação.Também realiza um levantamento dos processos históricos e sociais da formação territorial do Vale do Ribeira e do município de Iporanga dentro deste contexto, bem como a caracterização fisiográfica e a apresentação de indicadores sócio-econômicos e ambientais do município. A segunda parte, trata de analisar a importância do patrimônio natural e cultural para o desenvolvimento do município, mostrando os tipos de utilização deste, e aborda os conflitos socioambientais envolvidos na gestão e no uso dos recursos naturais e a situação das populações tradicionais...

A Orla lagunar de Pelotas-RS

Ruas, Keli Siqueira
Fonte: [S. l.] Publicador: [S. l.]
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 214 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
46.17%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Geografia, Florianópolis, 2012; O presente trabalho analisa a dinâmica urbana nos Balneários da praia do Laranjal a partir das formas de ocupação e uso do solo, tomando a paisagem como elemento essencial para a identificação dos conflitos socioambientais latentes e evidentes, bem como o território na identificação dos atores sociais e suas relações político-econômicas e culturais. O espaço, por sua vez é definido como um produto histórico e social, condicionado pela sociedade, conforme os interesses, as necessidades, a cultura, entre outros. O trabalho revela como a sociedade pelotense se relaciona com a sua orla lagunar, ou seja, de um lado orientada pelas necessidades e condicionantes socioculturais e econômicas de grupos que usam o espaço para lazer e moradia e, de outro, uma relação orientada pelos interesses capitalistas que incorporaram os balneários Santo Antônio e Valverde, bem como o entorno de suas vias de acesso à (re) produção do espaço geográfico. Suas paisagens naturais tornaram-se condição necessária à reprodução do papel que a orla lagunar desempenha na divisão espacial do trabalho da cidade de Pelotas: o de zona de veraneio...

Industrial shrimp aquaculture and mangrove ecosystems: A multidimensional analysis of a socio‐environmental conflict in Brazil

de Souza Queiroz, Luciana
Fonte: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: [Barcelona] : Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2015 ENG
Relevância na Pesquisa
46.22%
En los últimos 40 anos, la acuicultura industrial de camarones (la camaronicultura) se ha desarrollado con el incentivo de los gobiernos, agencias de desarrollo e Instituciones Financieras Internacionales (IFIs) – como el Banco Mundial y el Fondo Monetario Internacional –, la Organización de las Naciones Unidas para la Alimentación y la Agricultura (FAO) e industria agroalimentaria como medio para alcanzar un crecimiento económico basado en las exportaciones de grandes volúmenes de alimentos, disminuyendo la presión sobre las poblaciones salvajes marinas, aliviando de este modo la pobreza en los países en desarrollo. El fuerte apoyo político, económico y la permisividad legislativa, impulsó esta actividad económica que en un breve periodo de tiempo ha tenido un vertiginoso crecimiento. Esta actividad generó crecientes críticas por sus consecuencias, incluida la conversión y la expropiación de tierras húmedas como los manglares, causando la disminución del flujo de los servicios ecosistémicos generados para la humanidad en general y para las comunidades locales en particular. La acuicultura industrial ha convertido un gran porcentaje de los territorios costeros de los países tropicales en vías de desarrollo en fincas para cultivo de camarones para la exportación. Esta situación se ha traducido en numerosos conflictos en todo el mundo...

Social Metabolism and Environmental Conflicts in India

Martínez Alier, Joan; Temper, Leah; Demaria, Federico
Fonte: Universidade Autônoma de Barcelona Publicador: Universidade Autônoma de Barcelona
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Publicado em //2014 ENG
Relevância na Pesquisa
66.22%
This paper explains the methods for counting the energy and material flows in the economy, and gives the main results of the Material Flows for the economy of India between 1961 and 2008 as researched by Simron Singh et al (2012). Drawing on work done in the EJOLT project, some illustrations are given of the links between the changing social metabolism and ecological distribution conflicts, looking at responses in Odisha to bauxite mining, at conflicts on sand mining, at disputes on waste management options in Delhi and at ship dismantling in Alang, Gujarat. The aim is to show how a history of social metabolism, of socio-environmental conflicts, and of the changing valuation languages deployed by various social actors in such conflicts, could be written in a common framework.; Este artículo exlica los métodos seguidos para calcular los flujos de energía y de materiales en cualquier economía, y da los resultados (de Singh y otros, 2012) de los cálculos de Flujos de Materiales en la India desde 1961 hasta 2008. Incorporando investigaciones realizadas en el proyecto EJOLT, mostramos la conexión entre el cambiante metabolismo social y los conflictos de distribución ecológica, con las protestas en Odisha sobre la minería de bauxita...

São Paulo, centro e periferia: a retórica ambiental e os limites da política urbana; São Paulo, center and periphery: The environmental rhetoric and the limitations of urban policy

Martins, Maria Lucia Refinetti
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Avançados Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Avançados
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/04/2011 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
55.9%
O texto, referenciando-se na Região Metropolitana de São Paulo, coloca um foco na questão ambiental urbana, onde o ambiente não consiste apenas em dinâmicas e processos naturais, mas inclui as relações entre estes e as dinâmicas e os processos sociais. Duas situações extremas expressam a questão: os assentamentos precários nas franjas periféricas junto aos mananciais e em áreas ambientalmente sensíveis e áreas centrais, consolidadas, que perdem população, mas têm potencial de adensamento. A partir desse ponto, são discutidos os projetos urbanos formulados para a área central do município de São Paulo, núcleo da Região Metropolitana. Evidencia-se, então, que a inserção da dimensão ambiental na questão urbana, de modo que não seja apenas retórica, traz à luz as próprias limitações das políticas urbanas.; The text, referring to the Metropolitan Region of São Paulo, puts a focus on the urban environmental issue, in whish the environment consists not only of natural processes and dynamics, but also includes the relations between them and the social processes and dynamics. Two extreme situations highlight the matter: i) the outlying settlements on the fringes along the water supply areas and environmentally sensitive areas; ii) the decrease of population at the central and consolidated areas...

Territorial governance in protected coastal areas: an exploratory assessment of the Santa Catarina experience; Governança territorial em zonas costeiras protegidas: uma avaliação exploratória da experiência catarinense

Vivacqua, Melissa; Universidade Federal de Santa Catarina; Santos, Cláudia Regina dos; Universidade Federal de Santa Catarina; Vieira, Paulo Freire; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 14/06/2009 POR
Relevância na Pesquisa
55.93%
O artigo oferece subsídios para o debate acadêmico sobre a viabilidade de estratégias alternativas de desenvolvimento em zonas costeiras protegidas, no atual cenário de globalização assimétrica. A linha de argumentação coloca em primeiro plano a perspectiva de aplicação do conceito de desenvolvimento ter-ritorial sustentável ao processo em curso de criação de um sistema de gestão integrada e participativa do litoral catarinense. Na primeira parte, apresentamos uma visão panorâmica do processo de normatização dos instrumentos utilizados no Sistema de Gestão de Unidades de Conservação no Brasil (SNUC). Além disso, oferecemos uma síntese do processo de construção do projeto de Gestão Integrada das Unidades de Conservação Marinho-Costeiras do Estado de Santa Catarina (GIUC-SC). Em seguida, exploramos o potencial contido na abordagem territorial do desenvolvimento para a consolidação do processo de integração do SNUC ao Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro. No final do texto justificamos a necessidade de investimentos mais substanciais em pesquisas de corte ecológico-político sobre mediação de conflitos socioambientais e promoção de sistemas de governança territorial nessas áreas.; This paper offers subsidies for academic debate about the viability of alternative development strategies in protected coastal areas...

Problemática ambiental ou problemática socioambiental? A natureza da relação sociedade/meio ambiente; An environmental or a socio-environmental issue? The nature of the society-environment relationship

Fernandes, Valdir; Universidade Federal do Paraná; Sampaio, Carlos Alberto Cioce
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
66.23%
A problemática socioambiental postula uma mudança de paradigma que tem como base de sustentaçãouma racionalidade alternativa aos grandes conflitos da sociedade moderna. Esses conflitos são traduzidose resumidos pela difícil relação entre desenvolvimento econômico e preservação ambiental. A mudançade paradigma está no fato de inserir a sustentabilidade socioambiental como critério de desenvolvimento.A problemática socioambiental postula também outra abordagem epistemológica por intermédio da visãosistêmica e da atuação interdisciplinar, apoiada numa mudança moral e ética. O objetivo deste ensaio édiscorrer sobre esses postulados de mudança e sobre a dicotomia entre sistemas ecológicos e sociais.; The socio-environmental debate postulates a paradigm shift that is sustained by a kind of rationalitythat serves as an alternative to the big conflicts of modern society. These conflicts have to do with thedifficult relationship between economic development and environmental preservation. The paradigmshift consists in including socio-environmental sustainability as a pre-requisite for development. Thesocio-environmental debate also postulates another epistemological approach through a systemic visionand inter- and trans-disciplinary action...

Política ambiental brasileira: limitações e desafios; The Brazilian environmental policy: limitations and challenges

Redin, Ezequiel; Universidade Federal de Santa Maria; Silveira, Paulo Roberto Cardoso da; Universidade Federal de Santa Maria
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 27/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
76.27%
http://dx.doi.org/10.5007/1984-8951.2012v13n103p163O objetivo do trabalho é analisar a política ambiental brasileira para o espaço, formulada na década de 80, traçando uma abordagem sobre os limites, dificuldades e desafios. As informações usadas para a elaboração referem-se a documentos, leis e referenciais analíticos que traduzem um debate sobre as diretrizes e aspectos sociológicos das questões ambientais. O estudo possibilitou identificar limitações e dificuldades da política, diante das ações legais redimensionadas, tais como: a) ser tecnocrática; b) apresentar gargalo na construção participativa; e, c) a política gesta o componente, mas não o espaço. Entende-se por componente, os elementos que a política ambiental pretende gestar como a água, fauna e a flora. O espaço é compreendido como as relações sociais mediadas pelas pessoas diante dos conflitos socioambientais presentes nas ações de proteção ao meio ambiente. Por fim, é necessário acrescentar ao debate da política, uma concepção além dos elementos naturais, valorizando a interação humana no tempo-espaço, e, por outro lado, existe uma expectativa que os conflitos socioambientais sejam sanados através da gestão ambiental e de um desenvolvimento qualitativo...

Análise de conflitos socioambientais: o caso da comunidade rural de Rio Maior, município de Urussanga, Santa Catarina; Environmental conflict analysis: the case of the rural community of Rio Maior, municipality of Urussanga, Santa Catarina State; Análisis de conflictos socio-ambientales: el caso de la comunidad rural de Rio Maior, municipio de Urussanga, Estado de Santa Catarina

Nascimento, Daniel Trento do; Universidade de Brasilia, Brasília, DF; Almeida Bursztyn, Maria Augusta Almeida; Universidade de Brasília, Brasília, DF
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Estudo de Caso com revisão de literatura; ; Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.06%
http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2012v9n2p157O conflito em análise ocorre na localidade de Rio Maior, município de Urussanga,SC e aborda a mobilização de uma comunidade contra as atividades de mineração de basalto/diabásio, britagem e usinagem de asfalto conduzidos pela empresa Setep Construções, com sede em Criciúma,SC. O estudo de caso se deu com base na hipótese de que o acirramento dos conflitos socioambientais é um dos fatores determinantes para o fortalecimento das ações e para a formação de estruturas de governança ambiental local e, consequentemente, pela institucionalização da gestão ambiental municipal. Para tanto, após a revisão teórica sobre o tema, foram identificados os principais atores e condicionantes que moldaram a disputa. Por fim, com base na análise do conflito, foi elaborado um mapeamento do mesmo e identificados os principais desdobramentos que corroboram a hipótese da pesquisa.; The conflict occurs in the rural community of Rio Maior, municipality of Urussanga, SC, and is related to the community mobilization against mining activities of basalt, diabase and asphalt mill conducted by Setep Construction Company, held in Criciúma, SC. The case was analyzed based on the hypothesis that the increasing of environmental conflicts is one of the determining factors for the strengthening of environmental actions and for the formation of local environmental governance structures and...

A Problemática Socioambiental na Unidades de Conservação: conflitos e discursos pelo uso e acesso aos recursos naturais; The socio-environmental problematic in Conservation Units: conflicts and discourses for the use and access to natural resources

Giraldi Costa, Ana Clara; Universidade Federal do Paraná
Fonte: Editora de Livros IABS Publicador: Editora de Livros IABS
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2015 POR
Relevância na Pesquisa
86.3%
Historicamente, o estabelecimento de áreas naturais protegidas, como as Unidades de Conservação, tem dado margem a complexas situações de conflitos socioambientais, seja pela realocação das populações residentes em tais áreas, seja pela restrição ao acesso e uso costumeiro dos recursos naturais contidos nela. Diante desse cenário, o presente artigo de revisão de literatura focaliza os conflitos socioambientais, especialmente aqueles que se dão em torno de Unidades de Conservação de Proteção Integral, elucidando as principais correntes do ambientalismo que discursam sobre o tema. A partir do aprofundamento teórico sobre a temática, observa-se que o campo é permeado por discussões entre socioambientalistas e conservacionistas, que travam juntos uma intensa discussão sobretudo acerca do direito dessas populações de permanecerem e utilizarem os recursos dessas áreas versus a necessidade de conservar um ecossistema sem a presença humana.; Historically, the establishment of protected areas such as the Conservation Units has given rise to complex situations of socio-environmental conflicts, either because of the relocation of populations living in such areas, or as a consequence of the restriction of the access and customary use of natural resources contained therein. In this context...

Entre la Madre Tierra y la Madre de las Industrias Gestión de recursos, cerros, mega-minería y conflicto socio-ambiental en Argentina: Resource Management, Mountains, Mega-mining, and Socio-Environmental Conflicts in Argentina

Soraire,Florencia
Fonte: Trabajo y sociedad Publicador: Trabajo y sociedad
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 ES
Relevância na Pesquisa
55.94%
Descansan en las profundidades de la Cordillera de Los Andes, minerales que el mercado mundial ha vuelto recursos naturales no renovables y estratégicos. Compañías de capitales extranjeros invierten millonadas de dólares en extraerlos, siendo favorecidas por gobiernos que ven a bien la extracción en sus territorios. La mega minería a cielo abierto en Argentina presenta un caso particular, el conflicto socio ambiental que rodea la actividad entre los emprendimientos en marcha y la población cercana a la mina, tiene por protagonistas en los enfrentamientos a trabajadores de la mina con sus vecinos, familiares y amigos que se auto-convocaron en asamblea para expulsar a las mineras del país. La puja por la imposición de sentidos a los cerros, entre “lugar sagrado” como Pachamama y “territorio productivo”, visibiliza el conflictivo punto de encuentro entre ambos colectivos evidenciando la tensión presente alrededor de una actividad productiva de importante presencia en la sociedad argentina, desde hace más de una década.