Página 1 dos resultados de 716 itens digitais encontrados em 0.011 segundos

Autonomia indígena e tutela do Estado: o conhecimento oficial como possibilidade de emanciapação social e da garantia dos direitos indígenas

Costa, Ivys Medeiros da
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.43%
O conhecimento oficial previsto nos parâmetros curriculares nacional e repassado nas escolas indígenas devem possibilitar a emancipação social da população tradicional, transmitindo os direitos indígenas aos alunos, ocasionando nas escolas uma educação indígena com diálogos entre os saberes científicos e tradicionais através de uma interdisciplinaridade, necessária para garantir aos povos indígenas a sua autonomia, sem depender da tutela do Estado. Para tanto, esta pesquisa tem o objetivo geral de analisar a realização do conhecimento oficial produzido pelas orientações dos parâmetros curriculares nacionais para educação indígena referente à compreensão da emancipação social e dos direitos indígenas. E como objetivos específicos tem-se: identificar os direitos indígenas na legislação brasileira; diferenciar autonomia indígena e a Tutela do Estado; conhecer os componentes curriculares do 9o ano do Ensino Fundamental de uma escola indígena; e identificar a contribuição dos conhecimentos científicos na educação escolar indígena. Diante disso, utilizou-se a pesquisa de cunho qualitativo, de caráter exploratório com viés descritivo. Com a metodologia da análise de conteúdo de Bardin (2004) e uma pesquisa de campo e de observação semiparticipativa...

Anticapitalismo e inserção social dos mercados; Anticapitalism and the social insertion of the marketplace

ABRAMOVAY, Ricardo
Fonte: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo Publicador: Departamento de Sociologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.11%
O artigo estabelece uma comparação entre André Gorz e alguns dos mais importantes autores da nova sociologia econômica. É verdade que se trata de um diálogo que nunca ocorreu de maneira explícita. O que torna a comparação relevante, porém, é que ela abre caminho para expor duas maneiras alternativas de encarar o tema sociológico básico da inserção dos mercados na vida social. Para Gorz, mercado e sociedade civil são termos antinômicos e não há tarefa política mais relevante que impedir a invasão, a colonização da vida social e das relações afetivas pelo mercado. Já para a sociologia econômica, ao contrário, os mercados estão completamente mergulhados na vida social, são por ela explicados e não podem ser considerados esferas institucionais autônomas. Dessa diferença na maneira de conceber a relação entre economia e sociedade decorrem consequências políticas fundamentais: para Gorz, as redes sociais que marcam a expansão dos softwares livres representam, potencialmente, o início de uma sociedade, não capitalista. Para a nova sociologia econômica, no próprio mercado é possível encontrar redes sociais baseadas em laços não mercantis. Além disso, a inserção social dos mercados convida a que a ação política se dirija não apenas ao setor público e associativo...

Justiça, razão comunicativa e emancipação social: Filosofia do Direito e Teoria da Justiça a partir do pensamento de Jürgen Habermas; JUSTICE, COMMUNICATIVE REASON AND SOCIAL EMANCIPATION: PHILOSOPHY OF LAW AND THEORY OF JUSTICE IN THE THOUGHT OF JÜRGEN HABERMAS

Bittar, Eduardo Carlos Bianca
Fonte: São Paulo Publicador: São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
46.03%
Este artigo trata da interelação entre justiça, razão comunicativa e emancipação social. Ao referir-se à justiça e à injustiça, retorna a um tema de fundamental importância para a história da Filosofia do Direito, sem com isto assumir os riscos das teorias metafísicas da justiça. É a partir da teoria do discurso, de Jürgen Habermas, que as condições e os pressupostos para o desenvolvimento de uma noção de justiça pós-metafísica se torna possível. Investigar a tarefa da Filosofia do Direito, e o desafio do conceito de justiça, são tarefas desdobradas nos estudos e debates envolvidos neste texto.; The purpose of this paper is to make a postmodern study of the relationship between law and morality. This analysis overcomes the rationalist view of modern morality seen as a single moral code, as a set of harmoniously coherent principles to which we should all obey and which legitimizes the correct legal rationality. Through the interdisciplinary perspective, as a way to expand the critical thought, on analyze the film The skin I live in directed by Pedro Almodóvar

Da possibilidade de emancipação humana: experiência formativa e elaboração do passado - contribuições de Theodor W. Adorno; On the possibility of human emancipation: formative experience and elaboration of the past contributions from Theodor W. Adorno

Almeida, Juliana Litvin de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/03/2009 PT
Relevância na Pesquisa
46.7%
A presente pesquisa, de cunho teórico-bibliográfico, tem por objeto a posição filosófica de Adorno relacionada à possibilidade de emancipação. Pode-se constatar na Dialética da Aufklärung que a emancipação pretendida pelo pensamento do século XVIII aquela que prometeu progresso no conhecimento da natureza, aperfeiçoamento moral, emancipação social não se concretizou, pode-se também encontrar elementos que sustentariam ainda a busca por uma emancipação autêntica. Apesar de constante e justificada dúvida quanto ao ideal iluminista de emancipação através da razão, Adorno e Horkheimer parecem ainda confiar, de certo modo, na racionalidade. É esse certo modo o alvo da análise. Assim, temse como objetivo investigar as posições teóricas de Adorno quanto ao significado e às condições de possibilidade da emancipação humana, bem como investigar até que ponto a educação, a formação cultural e a experiência, realizando tais condições, poderiam contribuir para tal emancipação. Nesse sentido, questiona-se tanto o conceito adorniano de educação, em sua busca pela produção de uma consciência verdadeira, como o de formação cultural, enquanto a cultura tomada pelo lado de sua apropriação subjetiva...

Caminhos da liberdade no jovem Marx: da emancipação política à emancipação social; Paths of freedom in the young Marx: from the political emancipation to the social emancipation

Vieira, Julia Lemos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/08/2014 PT
Relevância na Pesquisa
56.65%
Essa tese empreende uma análise da gênese do projeto emancipatório marxiano a fim desenvolver os vínculos entre o Marx republicano e o comunista e indicar uma imagem dele diferente da que predominou nos discursos políticos e jornalísticos que exaltam a democracia liberal após a derrocada do socialismo real. Indicaremos uma imagem de Marx como um amante incondicional da liberdade mostrando que o seu comunismo surge nos seus escritos de juventude como uma subsunção da democracia abstrata para uma democracia real, a qual também é uma subsunção da liberdade abstrata pela liberdade real. O projeto marxiano de revolução social descende da recusa da imposição de uma razão pública não determinada pelo povo, da recusa de que, para a realização da liberdade, se faria necessária a imposição vertical de uma razão social. Se para Marx de 1837 a 1842 a realização da liberdade passa por uma desconstrução da alienação da razão por meio da emancipação política, num segundo momento, de 1843 a 1845, trata-se desalienação do fazer, sem abandonar o projeto de desalienação da razão pública, reconhecendo que razão e fazer são faces de um mesmo movimento: a práxis. Defenderemos que em Marx a emancipação social é emancipação humana na negação da redução dos homens a mero ser em torno da economia em si...

Estratégia e prática de responsabilidade social corporativa: um estudo de caso no setor químico.

Pereira, Jacqueline Lopes
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.13%
Até a década de 1980 os temas sociais das grandes empresas não eram foco de interesse dos debates da área de estratégia. A globalização acirrou a concorrência e a competitividade entre as empresas. Todavia, existem aquelas que mesmo diante de um mercado mais competitivo não abrem mão do investimento na área social, seja por filosofia ou marketing. Essas empresas buscam contribuir positivamente para a melhoria do meio ambiente e com aqueles que estão envolvidos com seu negócio, como, por exemplo, funcionários, acionistas, concorrentes, entidades não governamentais e a sociedade de um modo geral. O discurso dessas empresas é a preservação do meio ambiente ao lado da emancipação social. Esta pesquisa se utilizou de uma abordagem crítica (foco social) em contraste com uma abordagem econômica (mainstream), para compreender como são elaboradas as estratégias de RSC através da voz dos atores envolvidos – “os praticantes de RSC” – observando se há predominância dos conteúdos críticos e/ou mainstream na prática da estratégia de responsabilidade social da empresa. Para que fosse possível atingir os objetivos inicialmente delimitados foi elaborado um estudo de caso único em uma empresa que declara ter em seu core business a prática de estratégia de responsabilidade social corporativa. A partir da revisão de literatura e através de dados coletados com gerentes internos...

Bolsa família: uma análise dos resultados sob a óptica educacional

Reis, Alessandra Crystian Engles dos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 97 f.
POR
Relevância na Pesquisa
46.23%
Pós-graduação em Educação - FFC; O objetivo desse trabalho é verificar se há relação entre o recebimento do Programa Bolsa Família (PBF) e o rendimento escolar e sua possível contribuição para a emancipação social das famílias beneficiadas. A amostra desta pesquisa foi constituída por vinte alunos da 4.ª série do ensino fundamental, matriculados em escola pública na cidade de Cascavel – PR, e distribuídos em dois grupos. Um grupo foi composto por alunos que recebem o Bolsa Família (BF) e outro, o grupo controle, composto por alunos que não recebem o BF. Foram entrevistadas as famílias dos estudantes beneficiados pelo Programa e os profissionais da educação envolvidos com os alunos da amostra. Procedeu-se, também, a análise dos históricos escolares com destaque para as categorias média anual e frequência escolar dos vinte alunos. Constatou-se uma melhora na média por série no grupo que recebe o BF. O grupo apresentou, na 3ª série a média de 7.1, média maior do que a do grupo controle que obteve 6.9. As médias individuais do grupo que recebe o BF, em 80% dos casos, obtiveram aumento nas notas na 3ª série em relação à 1ª série. O grupo que recebe o benefício apresenta um aumento de 0.8 pontos...

Supervisão de ensino : caracteristicas institucionais, mitos tipologicos e perspectivas emancipatorias; Educational supervision: institutional characteristics, behavioral myths and perspectives for emancipation

Rosangela Aparecida Ferini
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
46.43%
O trabalho defende a hipótese de que a atual supervisão de ensino do sistema público estadual paulista apresenta, contraditoriamente, uma cultura de administração centrada em práticas autoritárias, fiscalizadoras e reprodutoras de políticas públicas emanadas dos órgãos centrais hegemônicos e ao mesmo tempo, implementa no seu nível de atuação, ações diferenciadas e críticas, comprometidas com a emancipação social dos agentes envolvidos. Essa contradição tornaria sua função essencial ? a política ? um mito. As matrizes culturais e suas relações político-sociais, nos modelos de administração educacional no Brasil, foram determinantes na construção das características institucionais históricas e dos mitos tipológicos vigentes dos supervisores de ensino. Nesse contexto, considerando os dados gerados pelo instrumento metodológico chamado grupo focal, a pesquisa aponta uma crise de identidade da supervisão de ensino. Como forma de ruptura e superação do atual paradigma de administração educacional e, em conseqüência de ação supervisora, apresenta novas diretrizes éticas para o sistema de ensino.; This work supports the hypothesis that, the actual educational supervision of the public educational policies in the Stat of São Paulo shows the contradiction of the administration culture based on authoritarian...

Trabalho, tempo livre e emancipação humana : os determinantes ontologicos das politicas sociais de lazer; Work, free time and human emancipation : the ontologisms determinant of the social politics of leisure

Edson Marcelo Hungaro
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.71%
Em decorrência das transformações sociais recentes, que são causa e conseqüência da hegemonia neoliberal, vivemos um período extremamente restritivo para aqueles que objetivam a emancipação humana. A reestruturação produtiva, as transformações significativas nas classes sociais, as profundas metamorfoses da ambiência cultural, o avanço do neoliberalismo e o fim das experiências socialistas nos conduziram a um quadro societário absolutamente restritivo, do ponto de vista revolucionário. Em virtude desse quadro, a maior parte da humanidade tem vivido sem qualquer expectativa de uma existência plena de sentido. As alternativas político-teóricas ao capitalismo foram consideradas derrotadas e, segundo os conservadores de plantão, é chegado o fim da história. Como estamos, segundo tais analistas, submetidos a esta "metafísica do presente", resta-nos, apenas, o desfrute de prazeres hedonistas e consumistas. Assim, no lazer, temos a alternativa de sermos "livres para consumir". A alienação, o fetichismo de mercadoria e a reificação atingem formas e níveis nunca antes vistos. Serão verdadeiros os fundamentos dessa metafísica do presente? Estarão as realmente fracassadas as alternativas societárias ao capitalismo...

Associativismo e regulação social nas sociedades de democracia complexa: estudo realizado em contexto de realojamento social

Leitão, Simão Cardoso
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
46.09%
Mestrado em Planeamento e Avaliação de Processos de Desenvolvimento; O paradigma de regulação social que emergiu com a modernidade levou os mais eminentes pensadores sociais a questionarem-se sobre o papel das associações. Incidindo sobre a realidade associativa de um bairro social, este trabalho procura lançar pistas sobre a reflexão em torno deste movimento que ganhou novo fôlego com a passagem do capitalismo organizado para o capitalismo desorganizado, e a consequente chamada falência do Estado- Providência nas sociedades de democracia complexa. No contexto estudado, num estudo que se caracteriza como exploratório, a matriz Topdown de natureza corporativa (Cohem e Rogers) e de gestão e prestação de serviços (Viegas) domina o quadro associativo. Confirmam-se também as teses de Habermas e das macroteorias no sentido de associarem a racionalidade dirigida a fins práticos ou a auto-mobilização associativa como factores importantes no envolvimento dos indivíduos. Em termos globais os dados apontam para um fosso, se não mesmo uma dificuldade estruturante, entre o almejado modelo de governância e a realidade observada. Justificam-se portanto, neste caso, as teses na linha de Weber, que falam de uma relação de troca...

Building knowledge from the margins: information, knowledge and social movements

Sáez,Víctor Manuel Marí
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 EN
Relevância na Pesquisa
46.08%
The social theory that has been constructed in Latin America in the past twenty years, proposes an alternative to the traditional criteria of science boundaries. This alternative approach, oriented towards social emancipation, is gaining ground over the predominant tendency, which is to subsume knowledge into an intensive process of commoditization. Anti-globalist movements are amongst the social players that have a leading role in the development of new ways of building knowledge. These movements act based on a new relationship between processes of social change, knowledge-building and the meaning and direction of communication. In this context, communication and information cease to be instruments for the regulation and control of social behavior. The tensions arising from the market and the predominating, inherited communication models go against research concerned with building meanings and viewpoints that are alternatives to the predominant ones. The new, emerging approaches tend to strengthen bidirectional relationships between communication and social transformation.

Cidadania, emancipação e imaginário social: um estudo sobre as políticas sociais para a alfabetização de jovens e adultos

Petró, Vanessa
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
36.54%
A presente dissertação tem como finalidade analisar as políticas sociais para a alfabetização de jovens e adultos sob o prisma de uma tríade conceitual composta por cidadania, emancipação e imaginário social. A discussão é pautada a partir das dimensões do conceito de cidadania trabalhadas por Marshall (1967) e do papel que a educação assume no acesso à cidadania e à emancipação. Partindo da concepção de cidadania desenvolvida por Marshall, problematizamos a questão tendo em vista a realidade brasileira em que os analfabetos se encontram em condições de subcidadania (SOUZA, 2003). Procuramos identificar como as políticas para a área são capazes de interferir no acesso à cidadania dos envolvidos, construindo uma nova forma de inserção social ou atuando de maneira a desenvolver mecanismos de invisibilidade da desigualdade e da condição de subcidadãos. A pesquisa é realizada sobre o Programa Brasil Alfabetizado, através de dois de seus convênios: com a Prefeitura Municipal de Porto Alegre e com a Central Única dos Trabalhadores. A investigação ocorre a partir de dois enfoques. Em um primeiro momento nos atemos à forma de organização da política social, dando destaque a sua implementação e investigando seus objetivos. Em seguida...

Sociedade civil no espaço de atuação com juventude: uma cartografia social

Advíncula, Rita de Cássia de Andrade Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais; Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.55%
This report has as its objective the setting up of a social cartography, mapping and characterizing non-governmental organizations working with adolescents and young people (OSC) in the western districts of the city of Natal. Characteristics such as the profile, themes and principal activities, how the organizations fit into the public sector and their participation in social networks are observed. Thus common differences and similarities which serve as a means of indentification, take as reference the symbolic cartography of Boaventura of Sousa Santos. Since there are relatively few studies relating to civil society of Rio Grande do Norte and in particular, Natal, the starting point was the setting up of a database allowing for a general overview. Hence a panorama of the organizations could be observed: where they are located, when they were formed how they operate and their relationships with other sectors (the state, the market and civil society) in addition to basic facts and location. The principal lines of enquiry were a) the OSC which operate with the public comprising adolescents and young people and b) the OSC operating or having branches in four suburbs on the periphery of the western administrative region of the city (Felipe Camarão...

Economia solidária em questão: estudo sobre as possibilidades e limites de inserção e emancipação social no capitalismo, a partir de estudo multicasos

Benini, Elcio Gustavo
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.03%
O presente trabalho teve como propósito tecer algumas reflexões sobre as possibilidades e os limites de inserção e emancipação social de trabalhadores associados inseridos no capitalismo, constituindo o que vem sendo conceituado como economia solidária. Nesse sentido, devido ao fato da economia solidária ser considerada uma alternativa de geração de renda e de trabalho, as reflexões levantadas buscam entender a essência da sua proposta, especialmente as determinações objetivas e subjetivas que a colocam em movimento. Para tanto, o caminho aqui seguido foi aquele que considera a totalidade concreta, saturada de determinações historicamente constituídas. Assim, algumas categorias, como a totalidade e a centralidade do trabalho, foram balizas fundamentais no caminho metodológico escolhido. Com efeito, a investigação sobre a economia solidária buscou as inter-relações e conexões desta com a totalidade, com o modo de produção predominante, que é o capitalismo. Os resultados dessas reflexões consideram que essa proposta surge em um momento de crise estrutural, sendo, por isso, considerada uma dupla alternativa: como organizações funcionais ao sistema, logo, um alternativa produtiva de geração de renda e de trabalho; e/ou como uma forma de resistência dos trabalhadores. Sobre sua funcionalidade...

O conceito de emancipa????o na produ????o cient??fica da ANPEd: um estudo ancorado na perspectiva marxiana; The concept of emancipation in the scientific production of ANPEd: a study grounded on a marxian perspective

CANIELLES, Ariela dos Santos
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Educa????o; Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Educa????o; Programa de P??s-Gradua????o em Educa????o; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.65%
The dissertation investigates the concept of emancipation, theorized by Karl Marx, as well as its usage in a portion of scientific production in Education. The goal is to analyze the works presented at the Annual Congresses of National Association of Post-Graduation and Research in Education (ANPEd), in order to identify how the concept emancipation is employed. The works analyzed have been those presented in the period from 2001 to 2007 in two Work Groups (GTs): Philosophy of Education and Popular Education. Initially, the possible origin and philosophical roots of the concept in question is exposed, as well as its construction in the works of Karl Marx. Then, some aspects related to the use of the concept in the corpus studied are shown. It has been certified that the marxian concept of emancipation has been strongly influenced by Modernity ideals and that its main characteristic is to be a political and revolutionary concept, i.e., it is seen as a social process that seeks a radical change in the current social structure. Therefore, human emancipation (real emancipation) is possible only under a new social order, overcoming alienation and the system based on capital. The central hypothesis of the investigation has been confirmed...

Psychothérapie et émancipation sociale : une exploration éthique et sociologique

Girard, Lucie
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Thèse ou Mémoire numérique / Electronic Thesis or Dissertation
FR
Relevância na Pesquisa
46.43%
Cette thèse théorique porte sur la psychothérapie et en particulier sur deux formes - la psychanalyse et la thérapie brève de l'école de Palo Alto - qu'elle entend examiner dans le cadre de débats portant principalement sur les efforts métathéoriques pour penser la modernité, la postmodernité et les phénomènes qui les accompagnent: rationalisation, individualisation, scepticisme ou relativisme cognitif et moral. Il est proposé que la psychothérapie puisse être considérée, au-delà de ce qui a été dit sur le caractère essentiellement narcissique de cette pratique, comme une contribution à l’émancipation sociale en favorisant le développement moral des personnes. Il s’agit ici de montrer que l’on peut faire une autre lecture de cette réalité, et ce à l’aide de ressources fournies par la tradition sociologique. Ce développement moral des personnes serait favorisé par un fonctionnement autoréflexif et des compétences communicationnelles, ces dernières traduisant, dans la pensée d’Habermas, la conscience morale. Mais pour qu’il y ait fonctionnement autoréflexif, il faut pouvoir accepter une capacité à connaître, à se connaître, ce que n’admettent pas d’emblée les thérapies influencées par le postmodernisme. Or l’examen des discours tenus par les praticiens eux-mêmes sur leurs pratiques révèle une influence du postmodernisme...

A questão indígena no Brasil: limites e desafios ao serviço social na busca pela emancipação social do índio

Leite, Rayani Maria de Oliveira Ramos
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.35%
O objetivo desse artigo é apresentar um estudo sobre a questão indígena e as políticas sociais indigenistas para beneficiar a compreensão do assistente social ao atuar nesta questão. Foi utilizada a metodologia de pesquisa bibliográfica, a partir de material já elaborado, constituído por livros, dissertações de mestrado em Políticas Sociais do Departamento de Serviço Social da Universidade de Brasília, artigos de outras universidades do país disponíveis na biblioteca da UNB e em formato digital pelo site scielo e laced, a Constituição Federal de 1988, a Lei nº 6001 de 1973 (Estatuto do Índio), o Código de Ética do Serviço Social de 2011e os Planos Pluri Anual 2008-2011 e 2012-2015. O estudo comprovou a hipótese levantada de que o Serviço Social encontra limites e desafios para uma atuação emancipatória do índio ao mediar a questão através de políticas sociais que não reúnem instrumentos para o desenvolvimento de ações que contribuam ao para a emancipação social do índio. O resultado da pesquisa aponta para a necessidade da participação indígena e valorização das especificidades étnicas para a eficiência das políticas públicas e alcance da emancipação social do índio.; The aim of this paper is to present a study on indigenous issues and social policies to benefit the indigenous understanding of the social worker to act on this issue. We used the methodology of literature...

Educação para a cidadania: questão colocada pelos movimentos sociais; Education for citizenship: the question posed by social movements

Ribeiro, Marlene
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2002 POR
Relevância na Pesquisa
46.07%
O artigo problematiza a relação entre a cidadania e a educação das camadas populares. Tem por objetivo dialogar, no espaço e no tempo, com o conceito de cidadania, buscando averiguar se este possui conteúdo para infundir-se na educação das camadas populares e quais seus limites e possibilidades que precisam ficar claros para dar visibilidade e lugar a novos conceitos e práticas. Para alcançar tal objetivo os conceitos de cidadania e de educação são mergulhados na história e na filosofia, mais propriamente nas condições em que se assenta a constituição de um cidadão, deduzindo-se, a partir daí, a educação necessária a uma tal constituição. As contradições mostram as possibilidades e os limites da educação como via preferencial de acesso à cidadania, e o fato de que os movimentos sociais populares criam novas formas de produzir, de conviver e de se educar. Nesse processo, gestam novos conceitos cujos conteúdos, marcados pelas práticas de cooperação e solidariedade, parecem projetar a emancipação social em sentido mais amplo do que o proposto pelos princípios formais de liberdade e igualdade em que se assenta a cidadania burguesa. Assim, os movimentos sociais populares ampliam também o horizonte da educação para além da cidadania.; The article problematizes the relationship between citizenship and the education of the popular classes. It has as its goal to establish a dialogue in space and in time with the concept of citizenship...

Justice, communicative reason and social emancipation: philosophy of law and theory of justice in the thought of Jürgen Habermas; Justiça, razão comunicativa e emancipação social: filosofia do direito e teoria da justiça a partir do pensamento de Jurgen Habermas

Bittar, Eduardo Carlos Bianca
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Direito Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Direito
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.42%
This paper deals with the interrelation between justice, communicative reason and social emancipation. When referring to justice and injustice, returns to a theme of fundamental importance for the history of the philosophy of law, without taking with it the risks of metaphysical theories of justice. It is from the discourse theory of Jürgen Habermas, the conditions and assumptions for the development of a sense of justice postmetaphysical becomes possible. Investigate the task of the philosophy of law, and challenge the concept of justice, tasks are deployed in studies and debates involved in this text.; Este artigo trata da interelação entre justiça, razão comunicativa e emancipação social. Ao referir-se à justiça e à injustiça, retorna a um tema de fundamental importância para a história da Filosofia do Direito, sem com isto assumir os riscos das teorias metafísicas da justiça. É a partir da teoria do discurso, de Jürgen Habermas, que as condições e os pressupostos para o desenvolvimento de uma noção de justiça pós-metafísica se torna possível. Investigar a tarefa da Filosofia do Direito, e o desafio do conceito de justiça, são tarefas desdobradas nos estudos e debates envolvidos neste texto.

Anticapitalismo e inserção social dos mercados; Anticapitalism and the social insertion of the marketplace

Abramovay, Ricardo
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2009 POR
Relevância na Pesquisa
46.11%
O artigo estabelece uma comparação entre André Gorz e alguns dos mais importantes autores da nova sociologia econômica. É verdade que se trata de um diálogo que nunca ocorreu de maneira explícita. O que torna a comparação relevante, porém, é que ela abre caminho para expor duas maneiras alternativas de encarar o tema sociológico básico da inserção dos mercados na vida social. Para Gorz, mercado e sociedade civil são termos antinômicos e não há tarefa política mais relevante que impedir a invasão, a colonização da vida social e das relações afetivas pelo mercado. Já para a sociologia econômica, ao contrário, os mercados estão completamente mergulhados na vida social, são por ela explicados e não podem ser considerados esferas institucionais autônomas. Dessa diferença na maneira de conceber a relação entre economia e sociedade decorrem consequências políticas fundamentais: para Gorz, as redes sociais que marcam a expansão dos softwares livres representam, potencialmente, o início de uma sociedade, não capitalista. Para a nova sociologia econômica, no próprio mercado é possível encontrar redes sociais baseadas em laços não mercantis. Além disso, a inserção social dos mercados convida a que a ação política se dirija não apenas ao setor público e associativo...