Página 1 dos resultados de 8170 itens digitais encontrados em 0.019 segundos

The rise of the social economy in Haiti

Torri, Maria Costanza
Fonte: Edições Universidade Fernando Pessoa. NELA - Núcleo de Estudos Latino-Americanos Publicador: Edições Universidade Fernando Pessoa. NELA - Núcleo de Estudos Latino-Americanos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 ENG
Relevância na Pesquisa
66.24%
En la última decena, muchos actores en la cooperación para el desarrollo y numerosos agentes locales han resucitado el debate acerca de la utilidad y de la contribución específica de la economía social para el desarrollo. Esa economía se encuentra cada vez más en el programa tanto de los países industriales como de los en vía de desarrollo, en ese contexto de crisis económica y de ajuste estructural. Este artículo tiene como objetivo analizar la economía social en Haití. Esa sociedad está caracterizada por la marginalización de sectores sociales, un desempleo masivo y la emergencia cada vez más importante del sector informal. Además este artículo se propone también examinar la teoría y la práctica de la economía social haitiana y su aporte al desarrollo. Los principales desafíos de la economía social y los obstáculos a la cooperación internacional en Haití están estudiados aquí. Over the past decade, many actors in development cooperation and a good number of local players have revived the debate on the usefulness and the specific contribution of the social economy in development. The social economy is increasingly on the agenda in both the industrialized and development countries...

Possibilidades e limites do cooperativismo pelo prisma de entidades de representação das cooperativas: uma análise comparativa entre a Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo (OCESP) e a União e Solidariedade das Cooperativas e Empreendimentos de Economia Social do Brasil (UNISOL/Brasil).; Co-operativism possibilities and limits seen through its organizations of political representation: comparative analyses between the Organization of Co-operatives in São Paulo State (OCESP) and Union and Solidarity of Co-operatives and Enterprising of Social Economy in Brazil (UNISOL/Brasil).

Silva, Monika Weronika Dowbor da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
56.12%
O cooperativismo brasileiro vive atualmente uma polarização ideológica entre duas vertentes. A partir da década de 1990, começa a se configurar uma nova vertente – a da Economia Solidária - que traz no seu bojo a reivindicação da urgente democratização das relações de trabalho. Com esse postulado, contrapõe-se ao sistema da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), fundado em 1970, que defende uma concepção de cooperativismo focada na eficiência econômica. O embate encontra também sua tradução no plano associativo no qual o monopólio de representação da OCB é contestado de facto pelo surgimento de entidades de representação de cooperativas solidárias. O presente trabalho parte desse contexto para analisar os mecanismos institucionais que a nova vertente constrói no que se refere à representação política das cooperativas. Como objeto de análise foram selecionadas duas entidades dos campos que se opõem: a Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo (OCESP), que faz parte do sistema OCB, e a União e Solidariedade das Cooperativas e Empreendimentos de Economia Social do Brasil (UNISOL/Brasil), da Economia Solidária. A análise comparativa dos mecanismos internos de representação apontou para uma diferença pouco expressiva entre as entidades.; Brazilian co-operativism is currently facing a polarization among two ideological trends. Early in the 90’s a new trend begun to take shape...

Transformações contemporâneas do trabalho e processos de subjetivação : os jovens face a nova economia e à economia solidária; Contemporary work changes and subjectification processes: young workers facing new economy and social economy

Nardi, Henrique Caetano; Yates, Denise Balem
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.22%
O mercado de trabalho contemporâneo aprofundou o fosso social que separa a população inserida no mercado daquela que sobrevive de forma precária. A economia solidária surgiu como contraponto à fratura social daí decorrente. Utilizando a abordagem biográfica, discutimos as trajetórias de trabalho de 30 jovens divididos em dois grupos. O primeiro grupo é composto por 15 jovens empregados no setor da nova economia (informática, telecomunicações e Internet) e 5 jovens empregados no setor bancário pós-reestruturação; o segundo grupo é composto por 5 jovens ligados a um projeto de economia solidária e 5 jovens vinculados a um projeto comunitário. As entrevistas dos jovens inseridos no primeiro grupo revelam a adesão ao discurso gerencial e a constituição de uma ética individualista. Para os jovens do segundo grupo, a economia solidária e o associativismo constituem somente uma alternativa ao desemprego. Frente a essa constatação, perguntamos se estes projetos se constituem efetivamente como um contraponto à lógica de adesão ao discurso de gestão contemporâneo.; Contemporary labor market increased society’s social gap between those inserted in the labor market and those surviving in a precarious way. Social economy emerged in opposition to this social fracture. Using the biographical approach...

Subjetividade e solidariedade : a diversidade das formas de implicação dos jovens na economia solidária; Subjectivity and solidarity: the Diverse ways young workers commit themselves in social economy projects

Nardi, Henrique Caetano; Yates, Denise Balem; Fernandes, Janice M.; Rodrigues, Manoela Carpenedo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.15%
O estudo enfoca a forma de inserção profissional e implicação no trabalho dos jovens no campo da economia solidária e do associativismo. O objetivo principal é discutir as relações entre os processos de subjetivação e a construção do ideal profissional de trabalhadores de até 30 anos. A análise das entrevistas, metodologicamente baseada na abordagem biográfica, aponta para uma diversidade das formas de compreender a relação com o trabalho e com os colegas no que se refere aos princípios da economia solidária e do associativismo. A ausência de suportes sociais (o apoio do Estado ou da sociedade civil) e a sustentabilidade financeira dos projetos influenciam nas formas dos trabalhadores aderirem (ou não) ao modelo de gestão solidário. A análise das entrevistas e o acompanhamento dos projetos indicam que os princípios da autogestão são parcialmente efetivados, existindo uma tendência a reproduzir relações hierárquicas e paternalistas.; This article discusses the way young professionals enter and commit themselves in the social economy and associative work field. The main objective is to understand the relationships between the process of subjectification and the construction of the professional ideal among workers up to 30 years old. The analysis of the interviews...

Innovation and sustainability in the social economy : a case study of organizational change of a social Portuguese organization

Barbosa, Fernando de Oliveira; Romero, Fernando
Fonte: Academic Conferences and Publishing International Publicador: Academic Conferences and Publishing International
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2014 ENG
Relevância na Pesquisa
66.24%
In Europe, the Social Economy is responsible for about 10% of the European business sector, with a share of about 6% in total employment (about 11 million people), revealing an industry that will be called to give a greater contribution to the current problems of unemployment and social cohesion in Europe due to the ongoing social and economic transformation. However, research on the phenomena of the Social Economy still lacks in many respects, concerning, for example, its role in the development of local, regional and national competitiveness. There is a lack of methodologies, tools and indicators appropriate to the social economy. This could be caused by the complexity and diversity of the organizations, on one hand, which is a barrier to their comparability, and on the other hand, to its late and recent recognition on the production of public services. Changes on public policies, the economic and financial crisis, the spread of unemployment and poverty, brings to the light the importance of these organizations, which are ceasing to be residual in economic terms, and are becoming, alongside the State and the Market, a mainstay of the economy. This article is a case study of a Social Economic Organization, where we will examine...

Perceção do contributo das instituições da Economia Social no desenvolvimento social local: um estudo de caso das IPSS do distrito de Bragança; An Insight into the contribution of the Social Economy’s institutions on the local, social development: a case study of the IPSS of Bragança district

Almeida, Ana Lúcia Félix
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2015 POR
Relevância na Pesquisa
56.24%
Dissertação de mestrado em Economia Social; Embora de difícil definição, a Economia Social é um sector da economia que tem vindo a ganhar relevo principalmente nas sociedades desenvolvidas, como é o caso da Europa. Porém ultrapassa algumas dificuldades, principalmente devido ao facto de não ser um sector previsto na legislação vigente e por ter uma grande diversidade de organizações diluídas por todo o mercado. Há então que dar conhecimento das potencialidades da Economia Social, no apoio à sociedade em áreas a que nem o sector público, nem o sector privado conseguem dar resposta, como ocorre a nível local, permitindo a geração de valor acrescentado e emprego para os residentes. Neste estudo propus-me ir ao encontro das IPSS (Instituições Particulares de Solidariedade Social) do distrito de Bragança, procurando compreender o contributo das instituições da Economia Social no desenvolvimento social local. Usando questionários, procurei perceber qual o contributo para o desenvolvimento social local no distrito de Bragança composto por uma grande diversidade de organizações pertencentes à Economia Social, e onde existem cerca de 150 IPSS. Provou-se que há efetivamente a perceção de contributos relevantes para a comunidade local...

Erguer pontes, tecer futuros e construir alternativas : a economia social e solidária como prática(s) de educação para o desenvolvimento

Silva, Maria de la Salete Coelho da Rocha Pereira da
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 13/09/2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.21%
Num tempo marcado por desafios como a globalização, a crise económica e financeira, as desigualdades sociais, os problemas ambientais, entre outros, a presente dissertação versa sobre conceitos e práticas que propõem mundivisões alternativas. Debruçamo-nos sobre a análise das relações entre a Economia Social e a Economia Solidária e destas com a Educação para o Desenvolvimento (ED) e sobre a forma como esta relação é percebida e equacionada em projetos de ED que exprimem e mobilizam princípios e conteúdos de Economia Social e Solidária (ESS). Em termos metodológicos a investigação realizou-se através de um estudo de caso da Organização Não-Governamental CIDAC - Centro de Intervenção para o Desenvolvimento Amílcar Cabral. O estudo foi realizado com base na análise de conteúdo de entrevistas e de documentos de um projeto da referida entidade dedicado ao Comércio Justo, temática facilmente identificada no âmbito da ESS, tendo aquele projeto sido aprovado numa linha de financiamento destinada à ED. Argumentamos no sentido da ED enquanto processo de formação do cidadão, como ferramenta que propõe uma forma de olhar o mundo aplicável em diferentes domínios da vida social e, nesse sentido sustenta-se que a ESS é uma das formas de expressar a ED no campo económico. Estas relações foram aprofundadas a partir das seguintes categorias analíticas: conceitos e valores fundamentais...

A economia social e as fundações na provisão de bens públicos

Arenga, Carolina Couto de Albuquerque Leitão
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.2%
Mestrado em Economia e Políticas Públicas; A presente dissertação tem por objetivo principal a análise da relevância das fundações na economia portuguesa e em particular na provisão de bens e serviços públicos pondo o caso português em contexto internacional. Inicialmente analisam-se as características e composição do terceiro setor. No seguimento, detalha-se ainda o enquadramento legal e a evolução recente e peso na economia nacional, assim como a importância do grau de contribuição das fundações para a Economia Social em Portugal, uma vez que o crescente aparecimento destas entidades realça a necessidade do estudo de responsabilização do fornecimento de bens públicos. Ainda no âmbito da caracterização do sector no nosso país, apresentamos o Relatório de Avaliação das Fundações, fruto de um exercício de recolha de contributos das fundações e entidades públicas destinatárias do censo, tendo sido os resultados tratados pelo Ministério das Finanças para efeitos de avaliação do custo/benefício e viabilidade das mesmas fundações. Tendo resultado deste exercício o primeiro "Relatório Global de avaliação" e fichas individuais das fundações envolvidas. O nosso estudo não ficaria completo sem avaliar a relevância das fundações no setor social e na economia portuguesa...

Os projectos organizacionais da economia social no contexto da crise atual

Gomes, Nelson Filipe Monteiro
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.24%
Mestrado em Gestão; A presente investigação tem como objetivo aferir e analisar o impacto da crise atual nas organizações da Economia Social, com especial atenção aos financiamentos e aos projetos. Neste sentido, a investigação incide, numa primeira fase, na compreensão do surgimento da crise atual e o modo como esta se estendeu à Europa. De seguida, contextualiza-se o impacto da crise na Europa, bem como o modo como o mesmo foi agravado por problemas com a dívida soberana. O impacto da crise conduziu o Estado Português à necessidade de recorrer a ajuda externa, o que em contrapartida implicou a adoção de medidas de austeridade que incluem uma reestruturação e redução da despesa pública. Inevitavelmente, estas medidas originaram um impacto negativo na economia e nos seus atores, atingindo também direta e indiretamente a Economia Social. A fim de aferir o impacto da crise atual nas organizações da Economia Social foi aplicado um inquérito por questionário. A amostra do estudo foi constituída por 186 organizações de todo o país e com distintas formas jurídicas. Tendo como base a metodologia quantitativa, realizou-se uma análise estatística descritiva e aplicados testes paramétricos e não paramétricos. Os resultados obtidos confirmam a hipótese de que a crise atual tem um impacto nas organizações da Economia Social...

Catholicism, social economy and local welfare in times of crisis : comparing Spanish and Italian territories

ITÇAINA, Xabier
Fonte: Instituto Universitário Europeu Publicador: Instituto Universitário Europeu
Tipo: Trabalho em Andamento Formato: application/pdf; digital
EN
Relevância na Pesquisa
66.04%
Interactions between politics and religion are frequently reduced to mediatized and politicized ethical and civilizational issues. Focusing instead on the role of religious - here Catholic - actors in the local experience of the social economy and welfare provision in times of economic crisis helps instead to highlight the discrete interactions between politics and religion. In particular, the strong involvement of religious actors, beyond their traditional charity-oriented activity, also concerns more solidarity-oriented socioeconomic experiences as well as political advocacy. These articulations generate new forms of politicization with respect to both social movements and policy makers. These issues are addressed here comparatively in a Spanish region (the Basque Autonomous Community) and an Italian region (Emilia-Romagna).

El emprendimiento social: un camino hacia el desarrollo humano sostenible

Mier Gómez, María Ángela
Fonte: Universidade de Cantabria Publicador: Universidade de Cantabria
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
SPA
Relevância na Pesquisa
56.18%
RESUMEN: El Emprendimiento Social es un concepto que está recibiendo atención creciente en ámbitos profesionales, académicos, políticos y gubernamentales en los últimos años. Su importancia y actualidad trasciende casi todas las fronteras del mundo, alcanzando a países y regiones en todos los niveles de desarrollo. El Emprendimiento Social se plantea como una ruta adecuada para hacer frente a las nuevas demandas sociales, a los problemas de pobreza, de desigualdad, de exclusión social y de deterioro ambiental, desarrollando valores tales como la sostenibilidad, la equidad y la responsabilidad social fundamentales para el Desarrollo Humano Sostenible. El objetivo de este trabajo, es ofrecer una panorámica general que permita un primer acercamiento al concepto de Emprendimiento Social, así como a las diferentes realidades que se cruzan y mezclan en dicho ámbito. Con ello, no se pretende profundizar en la gran variedad de aspectos de carácter económico, jurídico o sociológico que se dan en las diferentes vertientes de este fenómeno, sino trazar un mapa general que permita una primera aproximación a la materia. Se trata de contribuir con ciertos elementos teóricos y prácticos que ayuden a contextualizar el Emprendimiento Social...

The Portuguese law on social economy

Meira, Deolinda Maria Moreira Aparício
Fonte: Instituto Politécnico do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2013 ENG
Relevância na Pesquisa
66.22%
This study is a reflection on the Portuguese Framework Law on Social Economy, highlighting, from a critical point-of-view, its contribution to the explicit institutional and legal recognition of the social economy sector. It does so by defining the concept of social economy and listing the entities engaged in this sector, by defining its guiding principles and the mechanisms for its promotion and encouragement, and also by describing the creation of a tax and competition regime which will take into account its specificities. The setting up of this foundations of the social economy was based on the constitutional principle of protection of the social and cooperative sector, which substantiates the adoption of differentiating solutions in view of the positive discrimination of this sector.

O relato integrado e a responsabilidade social da empresa no contexto da economia social

Tomé, Maria Brízida Faria de Sousa
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.12%
Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Contabilidade e Finanças, sob orientação de Doutora Ana Maria Alves Bandeira e de Doutora Deolinda Aparício Meira; Nota: 18 valores; Este estudo pretende aferir em que medida é que o relato integrado se apresenta como instrumento contabilístico adequado para divulgar o comportamento socialmente responsável das entidades de economia social (EES), nomeadamente, de uma associação mutualista. Para o efeito, depois de uma reflexão sobre o conceito e princípios da responsabilidade social da empresa (RSE), da economia social e do enquadramento jurídico das associações mutualistas, procede-se a um estudo empírico, assente numa metodololia qualititiva, através de um estudo de caso de uma associação mutualista. Estando as EES sujeitas a exigências acrescidas de transparência por parte dos stakeholders, designadamente do Estado, apresenta-se uma proposta de relato integrado que evidencie o comportamento responsável desta organização, traduzindo a prossecução do interesse geral por parte da mesma. Os resultados deste estudo confirmam a dificuldade de divulgação de informação relativa às vertentes económica...

O Voluntariado enquanto promotor do empreendedorismo social: o caso da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mangualde

Ferreira, Diana Filipa dos Santos Baptista
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.18%
Dissertação de Mestrado apresentada ao Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto para a obtenção do grau de Mestre em Empreendedorismo e Internacionalização, sob orientação de Doutora Deolinda Meira e Mestre Paula Alferes; Actualmente, a sustentabilidade e o funcionamento das entidades do sector da economia social dependem, cada vez mais, do trabalho voluntário. Numa sociedade estrangulada por problemas sociais e económicos, o voluntariado assume-se como forma de salvação para muitas organizações da economia social, ao contribuir gratuitamente para a procura de novas soluções susceptíveis de enfrentar os desafios emergentes. Neste contexto, este estudo pretende aferir em que medida é que o voluntariado promove o empreendedorismo social, tendo por referência uma Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários. Partindo de uma reflexão teórica sobre os conceitos de economia social, empreendedorismo social e voluntariado, realizou-se uma entrevista e um inquérito por questionário, junto da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Mangualde, tendo em vista averiguar se e como, os voluntários contribuem para o funcionamento da organização e para a construção de novas formas de financiamento que assegurem a sustentabilidade desta. Conclui-se que...

Economia social, pilar de um novo modelo de desenvolvimento económico sustentável

Oliveira, Ilda Helena Martins de
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.27%
Dissertação apresentada ao Instituto Superior de Contabilidade para a obtenção do Grau de Mestre em Auditoria Orientada por Dr.ª Alcina Portugal Dias; A atual grave crise económica e social tem levantado questões acerca da necessidade de remodelação do modelo presente. A Economia Social é uma realidade que se tem vindo a afirmar com crescente importância económica e social nas nossas sociedades, sendo vista por alguns autores e entidades como um dos pilares num novo modelo económico sustentável. O objetivo do trabalho é avaliar o papel e potencial da Economia Social, dando particular relevo ao caso Português, após um enquadramento mais global. Apesar da falta de dados concretos e atuais sobre o peso da Economia Social em Portugal, é assumido que esta adquire menores proporções comparativamente com outros países europeus, como a França ou Finlândia. Esta dificuldade relacionada com os dados existentes impulsionou o desenvolvimento de um estudo prático neste trabalho, que incluiu uma amostra de dez associações mutualistas. O peso da Economia Social será já significativo no País, podendo no entanto ser largamente potenciada e beneficiada, se obstáculos atuais como a baixa visibilidade, pequena dimensão...

La social stock exchange au Portugal: un nouvel allié de l'économie sociale

Meira, Deolinda Maria Moreira Aparício
Fonte: Instituto Politécnico do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2011 FRA
Relevância na Pesquisa
56.12%
Résumé Cet article vise à contribuer à la connaissance de la Bolsa de Valores Sociais (BVS) — Social Stock Exchange — récemment créé au Portugal, dont le but primatial était de permettre la prise de moyens de financement des entités de l'Économie Sociale engagées dans des projets d'éducation et d'entreprenariat. Il se penchera sur la qualification juridique des divers types d'entités cotées dans la BVS, sur le concept d'investisseur social et sur la protection dont il jouira, vis-à-vis des exigences de transparence et de gouvernance qui incombent à ces entités. Le thème proposé sera examiné en soulignant les virtualités et le potentiel de la BVS, faisant référence à l'un ou à l'autre sujet qui viennent à effet, avec un accent particulier sur l'avantage d'élaborer un code de gouvernance corporative pour les entités de l'Économie Sociale. Abstract This article aims to contribute to the knowledge of the Bolsa de Valores Sociais (BVS) — Social Stock Exchange — recently created in Portugal, whose primatial purpose was to allow the taking of means of financing the Social Economy entities, engaged in projects in education and entrepreneurship. It will reflect on the legal classification of the various types of entities rated in the BVS...

A bolsa de valores sociais enquanto agente de renovação da economia social

Meira, Deolinda Maria Moreira Aparício
Fonte: Instituto Politécnico de Leiria Publicador: Instituto Politécnico de Leiria
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
56.12%
Este artigo visa contribuir para o conhecimento da Bolsa de Valores Sociais (BVS), recentemente criada em Portugal, cuja finalidade foi, primacialmente, a de permitir a obtenção de meios de financiamento às entidades da Economia Social que se dediquem a projectos nas áreas da educação e do empreendedorismo. Reflectir-se-á sobre a qualificação jurídica dos vários tipos de entidades cotadas na BVS, sobre o conceito de investidor social e a protecção de que este beneficia, com as consequentes exigências em matéria de transparência e de governação que recaem sobre aquelas entidades. A temática proposta será percorrida destacando as virtudes e potencialidades da BVS, tocando num ou noutro tópico adjacente que venha a propósito, com particular destaque para a pertinência da elaboração de um código de governança corporativa para as entidades da economia social.; This article aims to contribute to the knowledge of the Bolsa de Valores Sociais (BVS) — Social Stock Exchange — recently created in Portugal, whose primatial purpose was to allow the taking of means of financing the Social Economy entities, engaged in projects in education and entrepreneurship. It will reflect on the legal classification of the various types of entities rated in the BVS...

Educação na economia solidária: desafios e perspectivas; Education in social economy: challenges and perspectives

Adams, Telmo; Universidade do Vale do Rio dos Sinos - PPG Educação
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; "Avaliados por pares"; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 05/11/2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.12%
http://dx.doi.org/10.5902/198464446481O artigo analisa os desafios e perspectivas de formação em economia solidária, tendo em vista o contexto de implementação de uma política pública nacional de educação e assessoria técnica, no processo de implantação dos Centros de Formação em Economia Solidária. Após uma contextualização com foco na reestruturação produtiva do capitalismo e suas repercussões no mundo do trabalho, o texto problematiza o ambiente contraditório em que os empreendimentos de trabalho associado resistem e buscam abrir caminhos com vistas a consolidar a economia solidária como uma das possíveis tendências de organização de trabalhadores frente às metamorfoses do trabalho. Analisam-se potencialidades e limites sob o ponto de vista das reais e potenciais mediações pedagógicas presentes nesses espaços de trabalho associado. Entre os desafios destaca-se a atuação no campo das idéias para reafirmar a centralidade do trabalho e discernir com clareza as características das alternativas da economia solidária em contraposição com a neoliberalização da solidariedade, bem como para afirmar uma prática social, ecológica, política e tecnológica coerente que supere o atual padrão de produzir e viver.; The article analyzes the challenges and perspectives of education in social economy...

Perspectivas da economia solidária e da educação ambiental como práxis pedagógica no programa pescando letras; Prospects of the social economy and environmental education as pedagogical praxis on the program fishing letters; Perspectives de l'économie solidaire et de l'éducation d'environnement comme la pratique pédagogique du programme pêche de lettres

Araújo, Sílvia Cordeiro de
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2012 POR
Relevância na Pesquisa
66.09%
Este trabalho discute as perspectivas de inserção transversal dos princípios e práticas da educação ambiental e da economia solidária nas ações de alfabetização de jovens e adultos pescadores artesanais a partir das proposições do programa Pescando Letras. Inicialmente aborda questões gerais da pesca artesanal no Brasil com base em revisão de bibliografia sobre o tema. Em seguida, relaciona os princípios e práticas da educação ambiental e da economia solidária ao contexto da pesca artesanal, concluindo que a educação, sob esse ponto de vista, pode contribuir significativamente para o desenvolvimento local sustentável das comunidades pesqueiras; This paperwork discusses the prospects for cross-integration of the principles and practices of environmental education and economic solidarity actions in literacy of adult fishermen from the propositions of the program Fishing Letters. Initially refers to general issues of artisanal fisheries in Brazil based on review of the literature on the subject. Then lists the principles and practices of environmental education and social economy in the context of fishing, concluding that the pedagogical praxis rooted in environmental education and social economy can contribute significantly to the sustainable local development of the fishing communities; Ce travail traite des perspectives de l'insertion transversale des principes...

Social economy and collective work: theories and realities

Leite,Marcia de Paula
Fonte: Revista Brasileira de Ciências Sociais Publicador: Revista Brasileira de Ciências Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 EN
Relevância na Pesquisa
66.16%
This text is a balance of current studies on Social Economy, with three goals in mind: firstly, it seeks to set out a profile of theoretical discussions, examining those authors who consider Social Economy a process of social transformation or those who emphasize the ephemeral character of economic units inside this sector; secondly, it analyzes the Argentinean experience, one of the most important social phenomenon in the first years of the current decade; finally, based on some balances on the national level, it looks at the Brazilian experience. The closing remarks underline the complexity of the Social Economy phenomenon, criticizing dualistic analyses, which emphasize either its potentialities or its limits.