Página 1 dos resultados de 267 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Um modelo de reorganização de sistemas multiagentes.; A multiagent system reorganization model.

Hübner, Jomi Fred
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2003 PT
Relevância na Pesquisa
66.78%
Esta tese propõe um modelo de adaptação organizacional em Sistemas Multiagentes (SMA) composto por um modelo de organização e um processo de reorganização. O modelo organizacional, chamado de MOISE+, considera três dimensões da organização de um SMA: a estrutura (grupos, papéis e ligações), o funcionamento (planos globais, metas e missões) e as obrigações e permissões dos agentes. A principal característica do modelo MOISE+ é facilitar a mudança organizacional em uma das dimensões sem comprometer as outras. É possível, por exemplo, alterar a estrutura da organização sem alterar o seu funcionamento e vice-versa. O processo de reorganização permite que os próprios agentes realizem a mudança através de quatro etapas: monitoração da organização corrente, projetos de planos de mudança, seleção dos planos e implementação do plano selecionado. A principal característica deste processo é a existência explícita da organização responsável pela reorganização (descrita na notação do modelo MOISE+) permitindo a abertura do processo. Estando a representação deste processo disponível aos agentes, estes podem participar da reorganização, bastando que compreendam a notação do modelo. Este processo foi implementado e avaliado em dois estudos de caso...

Um arcabouço para construção de sistemas multiagentes musicais; A framework for implementing musical multiagent systems

Thomaz, Leandro Ferrari
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/06/2011 PT
Relevância na Pesquisa
66.78%
A área de sistemas multiagentes é um promissor domínio tecnológico para uso em performances musicais interativas. Em trabalhos recentes, essa tecnologia vem sendo utilizada para resolver problemas musicais de escopo específico e alcance limitado, como a detecção de pulsação, a simulação de instrumentos e o acompanhamento musical automático. Neste trabalho, apresentamos uma taxonomia desses sistemas multiagentes musicais e uma arquitetura e implementação de um arcabouço computacional que generaliza os trabalhos anteriores e aborda problemas usuais como a sincronização em tempo real, a comunicação sonora e a mobilidade espacial dos agentes. Através do arcabouço, um usuário pode desenvolver um sistema multiagente musical focado em suas necessidades musicais, enquanto deixa grande parte dos problemas técnicos a cargo do arcabouço. Para validar o arcabouço, implementamos e discutimos dois estudos de caso que exploram diversos aspectos de um sistema multiagente musical, como a comunicação simbólica, a troca de áudio digital, o uso de trajetórias espaciais, a simulação acústica e conceitos de vida artificial, como códigos genéticos e reprodução, demonstrando a usabilidade do arcabouço em uma grande variedade de aplicações musicais.; Multiagent system technology is a promising new venue for interactive musical performance. In recent works...

Aplicação de sistemas multiagentes para gerenciamento de sistemas de distribuição tipo Smart Grids; Application of multiagent systems for management of distribution systems like Smart Grids

Saraiva, Filipe de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.78%
Os smart grids são tidos como a nova geração dos sistemas elétricos de potência, combinando avanços em computação, sistemas distribuídos e inteligência artificial para prover maiores funcionalidades sobre acompanhamento em tempo real da demanda e do consumo de energia elétrica, gerenciamento em larga escala de geradores distribuídos, entre outras, a partir de um sistema de controle distribuído sobre a rede elétrica. Esta abordagem alteraria fundamentalmente a maneira como se dá o planejamento e a operação de sistemas de distribuição, e há grandes possibilidades de pesquisa e desenvolvimento possibilitada pela busca de implementação destas funcionalidades. Com esse cenário em vista, o presente trabalho utiliza uma abordagem a partir do uso de sistemas multiagentes para estudar o gerenciamento de sistemas de distribuição, do ponto de vista da reconfiguração da topologia da rede, simulando as características de um smart grid. Nesta dissertação, foi desenvolvido um sistema multiagente para simulação computacional de um sistema de distribuição elétrico do tipo smart grid, buscando executar a reconfiguração topológica do sistema a partir de dados de carga capturados de forma distribuída pelos agentes dispersos na rede elétrica. Espera-se que o desenrolar da pesquisa conduza à vários estudos sobre algoritmos e técnicas que melhor implementem tais funcionalidades a serem transpostas para um ambiente de produção.; Smart grids are taken as the new generation of electric power systems...

Raciocínio de agentes musicais composição algorítmica, vida artificial e interatividade em sistemas multiagentes musicais; Musical agents reasoning, algorithmic composition, artificial life and interactivity in multiagent musical systems

Benavides, Santiago David Davila
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
66.86%
Os múltiplos trabalhos de sistemas multiagentes musicais realizados nos últimos anos demonstram o interesse crescente na pesquisa de sistemas de composição e de performance musical que utilizem a tecnologia de agentes computacionais, sendo que apresentam um interesse maior por aqueles sistemas que integram técnicas de composição algorítmica, componentes de vida artificial e interatividade. Observamos também que a maioria dos trabalhos existentes apresentam muitas limitações em termos de escopo e flexibilidade, normalmente apresentando codificação musical simbólica e a resolução de um único problema, sendo que a motivação é mais técnica do que musical. Nesse contexto, surgem arcabouços voltados à criação de sistemas multiagentes musicais, como o Ensemble e o Interactive Swarm Orchestra, oferecendo flexibilidade para a modelagem e implementação de sistemas desse tipo, diversificando tanto os tipos de aplicação, tendo um propósito composicional ou performático, como os tipos de codificação musical que podem ser utilizados. Partimos da aparição dessas ferramentas para estudar o agente musical a partir de uma perspectiva interna, focando nos seus raciocínios, que são processos que definem o comportamento do agente no ambiente virtual do sistema e que são fundamentais para determinar e melhorar o seu valor composicional. Os arcabouços estudados se diferenciam por permitir a utilização de áudio como possível formato de codificação musical...

Uma heurística ganha-ganha para formação de coalizões em sistemas multiagentes.; A win-win heuristic to coalition formation in multiagent systems.

Cara, Frank Araujo de Abreu
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
66.78%
Sistemas multiagentes muitas vezes apresentam características que os aproximam de sociedades de agentes e, como as humanas, possuem normas e organizações com o objetivo de coordenar as interações entre os seus membros. Coalizão é um tipo de estrutura organizacional temporária, montada com objetivos específicos. A teoria dos jogos estuda formalmente o fenômeno coalizional, se detendo em demonstrações de propriedades e características dessa estrutura. A área de sistemas multiagentes, por outro lado, tem mostrado significativo interesse nas estruturas coalizionais como forma de organizar a cooperação entre os agentes, dedicando-se ao desenvolvimento de algoritmos para formação de coalizões. Esse trabalho apresenta um algoritmo de formação de coalizões para compartilhamento de recursos, denominado heurística ganha-ganha. Definimos um modelo que utiliza a abstração de recursos para representar tanto a posse de habilidades e objetos, quanto para representar os objetivos dos agentes. Um jogo de votação k-ponderado é utilizado para implementar o processo decisório de quais coalizões são válidas e o algoritmo testa iterativamente cada vizinhança de um agente na busca de associações vantajosas. Demonstramos que o algoritmo incrementa monotonicamente o bem-estar da sociedade e converge para uma estrutura coalizional. Também mostramos empiricamente que a heurística é eficiente para compartilhamento de recursos em situações de abundância de recursos...

Formalização da comunicação de conhecimentos probabilísticos em sistemas multiagentes : uma abordagem baseada em lógica probabilística

Gluz, Joao Carlos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.92%
Durante os últimos anos as áreas de pesquisa sobre Agentes Inteligentes, Sistemas Multiagentes e Comunicação entre Agentes têm contribuído com uma revolução na forma como sistemas inteligentes podem ser concebidos, fundamentados e construídos. Sendo assim, parece razoável supor que sistemas inteligentes que trabalhem com domínios probabilísticos de conhecimento possam compartilhar do mesmo tipo de benefícios que os sistemas mais tradicionais da Inteligência Artificial receberam quando adotaram as concepções de agência, de sistemas compostos de múltiplos agentes e de linguagens de comunicação entre estes agentes. Porém, existem dúvidas não só sobre como se poderia escalar efetivamente um sistema probabilístico para uma arquitetura multiagente, mas como se poderia lidar com as questões relativas à comunicação e à representação de conhecimentos probabilísticos neste tipo de sistema, principalmente tendo em vista as limitações das linguagens de comunicação entre agentes atuais, que não permitem comunicar ou representar este tipo de conhecimento. Este trabalho parte destas considerações e propõe uma generalização do modelo teórico puramente lógico que atualmente fundamenta a comunicação nos sistemas multiagentes...

Formação de grupos colaborativos em um ambiente multiagente interativo de aprendizagem na internet : um estudo de caso utilizando sistemas multiagentes e algoritmos genéticos

Silveira, Sidnei Renato
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.78%
Este texto apresenta a tese de doutorado em Ciência da Computação na linha de pesquisa de Inteligência Artificial, dentro da área de IAD – Inteligência Artificial Distribuída (mais especificamente os Sistemas Multiagentes – SMA). O trabalho aborda a formação de grupos colaborativos em um ambiente multiagente interativo de aprendizagem na web, através da utilização de técnicas de Inteligência Artificial. O trabalho apresenta a definição e implementação de uma arquitetura de agentes modelados com algoritmos genéticos, integrada a um ambiente colaborativo de aprendizagem, o TelEduc. Inicialmente faz-se um breve estudo sobre as áreas envolvidas na tese: Informática na Educação, Educação a Distância, Inteligência Artificial, Inteligência Artificial Distribuída e Inteligência Artificial Aplicada à Educação. Abordam-se, também, as áreas de pesquisa que abrangem os Sistemas Multiagentes e os Algoritmos Genéticos. Após este estudo, apresenta-se um estudo comparativo entre ambientes de ensino e aprendizagem que utilizam a abordagem de agentes e a arquitetura proposta neste trabalho. Apresenta-se, também, a arquitetura de agentes proposta, integrada ao ambiente TelEduc, descrevendo-se o funcionamento de cada um dos agentes e a plataforma de desenvolvimento. Finalizando o trabalho...

Uma arquitetura baseada em sistemas multiagentes para simulações em geoprocessamento; An architecture based on multi-agent systems for simulations in geocomputing

Grigoletti, Pablo Souza
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.87%
Este trabalho situa-se nas áreas de Sistemas Multiagentes e Geoprocessamento. Em Sistemas Multiagentes, a especificação de um sistema pode ser realizada através da modelagem do ambiente, agentes, mecanismos de interação e organização dos agentes envolvidos. Um aspecto pouco explorado, porém extremamente importante, é a modelagem e representação do ambiente em que os agentes estão situados e através do qual irão interagir. Por outro lado, o Geoprocessamento sempre enfatizou a representação de fenômenos espaciais de forma estática. No entanto, alguns fenômenos espaciais são inerentemente dinâmicos e as representações estáticas não os capturam de forma adequada. Assim, o foco principal deste trabalho é fornecer uma arquitetura, baseada em Sistemas Multiagentes, para a criação e execução de simulações na área de Geoprocessamento. Uma característica importante é a utilização de dados vetoriais, provenientes de um Banco de Dados Geográficos, na geração da representação espacial do ambiente e das entidades existentes nas simulações. Com esta forma de representação contínua e precisa, é possível criar modelos mais próximos da realidade, representando adequadamente um maior número de características. Além disto...

Simula : ambiente para desenvolvimento de sistemas multiagentes reativos; Simula - a tool for development of reactive multiagent systems

Frozza, Rejane
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.94%
Sistema multiagente é um tema de estudo em IAD, no qual um conjunto de agentes interage em um ambiente comum. A IAD baseia-se no comportamento social de agentes (humanos e artificiais), enfatizando as ações e as interações dos mesmos. Esses agentes podem ser cognitivos ou reativos. Os sistemas multiagentes reativos têm sido usados em pesquisas e estudos ligados a campos importantes de aplicação, gerando o desenvolvimento de sistemas não apenas para a área acadêmica, mas também para atender às necessidades do mercado industrial. Com o objetivo de abranger um ramo de pesquisas em sistemas multiagentes, este trabalho propôs a definição e a implementação de um protótipo de um ambiente de software que possibilita o desenvolvimento de aplicações em sistemas multiagentes reativos. Este ambiente tem a finalidade de facilitar a criação de tais aplicações com o uso de agentes, atingindo um resultado satisfatório. O ambiente definido é o SIMULA, que possibilita ao usuário criar suas aplicações através de elementos de uma interface gráfica. O usuário, na interação com o ambiente, determina os agentes envolvidos no problema e como eles agirão no processo de resolução do mesmo. O usuário define a sua aplicação criando um modelo para ela. Para definir as características do ambiente SIMULA...

Modelo MAS-SOC : integrando ambientes e organizações para simulações baseadas em sistemas multiagentes situados; MAS-SOC model: integrating environments and organisations to simulations based on situated multiagent systems

Okuyama, Fabio Yoshimitsu
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.89%
Este trabalho encontra-se situado na área de Inteligência Artificial, mais especificamente na modelagem de Sistemas Multiagentes destinados à simulação social. A área de pesquisa de simulação social baseada em agentes é uma área recente e bastante promissora. Por tratar de problemas extremamente complexos, existe a necessidade de criar modelos e abstrações para possibilitar sua realização. Dando continuidade a trabalhos anteriores, esta tese pretende consolidar uma nova versão do modelo MAS-SOC, destinado à definição de simulações sociais baseada em Sistemas Multiagentes Situados, com organizações que funcionam em ambientes determinados (organizações situadas). É proposta uma abordagem integrada, que conecta de maneira forte as entidades agentes, organizações e ambiente, sendo os agentes, o ambiente e as estruturas da organização tratadas como entidades de primeira ordem. A definição do ambiente é feita através da linguagem ELMS, estendida com uma infraestrutura normativa. Esta infraestrutura normativa é composta basicamente por objetos normativos e espaços normativos que permitem a distribuição espacial da informação normativa no ambiente, possibilitando a contextualização das normas que os agentes devem seguir em um escopo espacial determinado. A contextualização das normas facilita a sua operacionalização e a verificação de conformidade...

Diferentes abordagens de computação afetiva em sistemas multiagentes e sistemas tutores inteligentes; Different affective computing approachs in multiagent and intelligent tutoring systems

Pontarolo, Edilson; Bercht, Magda; Vicari, Rosa Maria
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.74%
Os resultados recentemente obtidos nas neurociÍncias e ciÍncias cognitivas apontam para novas explicaÁıes sobre o papel da emoÁ„o na aprendizagem e outros processos cognitivos. Esse entendimento influenciou, sobretudo a partir da dÈcada de 1990, a pesquisa e o desenvolvimento de sistemas e ambientes computacionais de aprendizagem. Este artigo apresenta algumas abordagens de computaÁ„o afetiva tal como vÍm sendo adotadas por diferentes grupos de pesquisa, no formalismo simbÛlico de linguagens e raciocÌnio para o desenvolvimento de sistemas multiagentes e/ou de sistemas tutores inteligentes.; The recently obtained results from neuro and cognitive sciences point to new explanations about the emotion role in learning and other cognitive processes. This understanding influenced, overall starting from the 1990 decade, the research on computer systems and learning environments. This paper presents some affective computing approachs as adopted by different research groups, on the symbolic formalism of languages and reasoning in multiagent and/or intelligent tutoring systems development.

Especificação formal de organizações de sistemas multiagentes; Formal specification of multiagent systems organizations

Barbosa, Raquel de Miranda
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.97%
A abordagem de sistemas multiagentes tem sido cada vez mais utilizada para o desenvolvimento de sistemas complexos, o que despertou o interesse das pesquisas na área de engenharia de software orientada a agentes (AOSE) e modelos organizacionais. Neste contexto, esta tese estuda a aplicabilidade de alguns métodos formais tradicionais de engenharia de software para a especificação formal de organizações de sistemas multiagentes, analisando o uso da linguagem de especificação formal RSL para representar o modelo organizacional PopOrg. A escolha da linguagem RSL ocorreu pelo fato de ela ser uma linguagem de especificação formal que cobre amplo espectro de métodos de especificação formal (baseados em modelos e baseados em propriedades, aplicativos e imperativos, sequenciais e concorrentes) e o modelo PopOrg foi escolhido por ser um modelo mínimo de organização de sistemas multiagentes, concebido para representar o conjunto mínimo de aspectos estruturais e operacionais que tais organizações devem ter. O uso da linguagem RSL foi avaliado tanto para a especificação do aspecto estrutural dos sistemas PopOrg, quanto para especificação operacional desses sistemas. Um estudo preliminar realizado com a linguagem CSP para a especificação operacional do modelo PopOrg também é apresentado...

Aplicações de sistemas multiagentes na previsão espacial de demanda elétrica em sistemas de distribuição

Trujillo, Joel David Melo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 151 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.84%
Pós-graduação em Engenharia Elétrica - FEIS; Neste trabalho apresentam-se dois métodos para serem aplicados na previsão espacial de demanda elétrica, os quais simulam as influências de cargas especiais nas vizinhanças e utilizam os sistemas multiagentes para caracterizar a área de serviço, mostrando assim, a dinâmica dos grupos sociais em uma cidade à procura dos recursos necessários para suas atividades. O primeiro sistema multiagente foi desenvolvido para obter a previsão espacial de demanda elétrica de toda área de serviço e o segundo sistema multiagente modela a influência de cargas especiais nas vizinhanças. Estes sistemas apresentam um caráter estocástico, para simular a estocasticidade dos usuários nos sistemas de distribuição. Os métodos apresentados consideram a disponibilidade atual de dados nas empresas do setor, usando só o banco de dados comercial da empresa de serviço elétrico e o conjunto de dados georreferenciados dos elementos da rede. Uma das contribuições deste trabalho é de utilizar um número real para representar a demanda elétrica esperada de cada subárea fornecendo, deste modo, um melhor dado de entrada para realizar o planejamento de expansão da rede elétrica. A metodologia proposta foi testada em um sistema real de uma cidade de médio porte. Como resultados são gerados mapas de cenários futuros de previsão espacial de demanda para a área de estudo...

Uma abordagem para especificação de conhecimento para sistemas multiagentes cognitivos

Gonçalves, Eder Mateus Nunes
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xxi, 190 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.81%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica.; A Aquisição de Conhecimento em Sistemas Multiagentes Cognitivos, além de estar sujeita às dificuldades de um processo convencional de desenvolvimento segundo uma abordagem baseada em conhecimento, deve ainda supor a imersão do agente em uma sociedade, cujo modelo de mundo deve considerar as mudanças impostas pelos outros membros do sistema. Não obstante, a aquisição de conhecimento é, ainda hoje, viabilizada sem uma metodologia ou sistemática padrão, sujeita às especificidades de cada domínio. Neste trabalho, propõe-se uma metodologia de aquisição de conhecimento para sistemas multiagentes cognitivos baseado em um modelo de cognição genérico, utilizando Redes de Petri como linguagem de especificação. As principais características deste modelo são a estruturação do conhecimento de um domínio em diferentes níveis de abstração, a utilização de uma linguagem única desde a especificação social até a especificação inidividual no nível de ações no ambiente, e a capacidade de adaptação a qualquer formalismo de representação de conhecimento. Os principais méritos do modelo foram o deslocamento do foco do projeto para o nível de conhecimento do sistema...

Desenvolvimento de uma arquitetura híbrida e distribuída para sistemas multiagentes e sua aplicação no futebol de robôs

Biazus, Claudio Jose
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xi, 104 f.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.78%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação.; Dentre as principais dificuldades encontradas para a construc¸ #ao de sistemas multiagentes em que existe a disponibilidade de um sistema de vis#ao global, como ´e o caso de algumas categorias de futebol de rob#os, pode-se destacar: a necessidade de resposta em tempo real para identificac¸ #ao dos objetos em cena, conhecimento do ambiente, distribuic¸ #ao das compet#encias de controle entre os comportamentos reativos a cargo de cada agente e os comportamentos deliberativo e estrat´egico, a cargo da entidade central. Este trabalho descreve a implementac¸ #ao de uma arquitetura h´ýbrida reativa x deliberativa e distribu´ýda para controle de sistemas multiagentes equipados com sistema de vis#ao global e dotados de sensores e vis#ao local, e sua aplicac¸ #ao em ambientes de futebol de rob#os. A arquitetura h´ýbrida proposta ´e composta pela integrac¸ #ao de modelos de arquitetura deliberativa e reativa. Esta arquitetura ´e distribu´ýda em duas partes. A primeira parte ´e implementada em uma entidade central e possui os n´ýveis: estrat´egico e de ac¸ #ao. Por outro lado...

Derivação de sistemas multiagentes industriais através do framework O-MaSE

Weber, Vanderlei Luis Conrad
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 89 p.| il.
POR
Relevância na Pesquisa
66.74%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Automação e Sistemas, Florianópolis, 2013.; O problema de derivação de sistemas multiagentes industriais envolve complexos aspectos. Uma derivação consiste basicamente em gerar uma instância de sistema multiagente a partir de um modelo ou arquitetura genérica, com posteriores adaptações para um certo caso particular. No caso específico, este caso particular corresponde a um dado chão-de-fábrica, a ser gerenciado pelo sistema multiagente derivado. A complexidade deste problema reside principalmente na natureza do cenário de chão-de-fábrica, que agrega inúmeros aspectos que devem ser consideradas no momento da modelagem do sistema. A presença de uma estrutura heterogênea de sistemas legados e equipamentos deve ser muito bem analisada e descrita para que o resultado final seja coerente com as características, layout e funcionamento do chão de fábrica em questão. A abordagem de solução utilizada neste trabalho para fazer frente a essa complexidade foi a de executar uma derivação com o apoio de uma metodologia especialmente desenvolvida para tal. Esta metodologia é composta por etapas criadas a partir da análise e escolha dos meta-modelos do framework O-MaSE...

Colaboração em sistemas multiagentes na roteirização dinâmica de veículos

Aragão Junior, Dmontier Pinheiro
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 177 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
66.8%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Florianópolis, 2014; O gerenciamento integrado dos processos de transporte é um campo promissor para o uso de agentes, uma vez que a distribuição geográfica dos envolvidos e a existência de diferentes decisores são características inerentes desses processos. Tais agentes, atuando conjuntamente, podem ser vistos como um sistema multiagentes (MAS) que permite aos veículos lidar com novas informações percebidas durante a operação das rotas. A esse tipo de problema, onde as informações utilizadas para o planejamento das rotas mudam durante a operação, chama-se problema de roteirização dinâmica de veículos (DVRP). Os trabalhos que aplicam agentes a DVRP comumente dedicam-se ao tratamento de novas demandas, desconhecidas durante o planejamento das rotas; entretanto, ignoram outras questões dinâmicas que podem estar envolvidas nessas operações, como a existência de congestionamentos e a remoção de tarefas no roteiro. A presente pesquisa propõe um método para avaliar estratégias de colaboração em sistemas multiagentes para DVRP, de maneira que os veículos envolvidos são capazes de tratar...

SimPatrol: um simulador de sistemas multiagentes para o patrulhamento

Henriques Moreira, Daniel; Lisboa Ramalho, Geber (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
66.93%
Apesar de sistemas multiagentes estarem se tornando cada vez mais comuns no desenvolvimento de software, há ainda que se chegar a um consenso sobre como modelar e comparar diferentes soluções de sistemas multiagentes para um mesmo problema. Em outras palavras, os pesquisadores de tal área ainda estão à procura de benchmarks que sirvam de referência para a comparação de abordagens distintas. Dada a importância do estabelecimento de benchmarks para sistemas multiagentes, uma questão que surge entre os pesquisadores da área de patrulhamento é a possibilidade e o potencial do problema do patrulhamento como um destes benchmarks. Apesar da quantidade de trabalho produzido até este ponto, tem-se encontrado dificuldades para comparar precisamente as soluções propostas para o patrulhamento. Estas dificuldades remetem principalmente à ausência de ferramentas (em especial um simulador unificado) que permitam aos estudiosos se concentrarem na solução do problema em si, e não na sua representação. Partindo deste cenário, este trabalho tem como objetivo discutir o estabelecimento do patrulhamento enquanto um benchmark para sistemas multiagentes. Adicionalmente, como um primeiro passo no sentido de preencher as lacunas que dificultam tal estabelecimento...

Airetama Um Arcabouço Baseado em Sistemas Multiagentes para a Implantação de Comunidades Virtuais de Prática na Web; Airetama: Um Arcabouço Baseado em Sistemas Multiagentes para a Implantação de Comunidades Virtuais de Prática na Web

ALARCÓN, Jair Abú Bechir Láscar
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência da Computação; Ciências Exatas e da Terra - Ciências da Computação Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência da Computação; Ciências Exatas e da Terra - Ciências da Computação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.87%
The objective of this dissertation is to present the framework Airetama. This framework is based on Multiagent Systems and Semantic Web principles. It provides a semantic, distributed and open-source infrastructure for the creation of Virtual Communities of Practice on the Web. It makes possible, through the use of agents, coupling of resources and tools that use semantic technologies. Integration of semantic in the current Web has as main objective to allow such software agents can use their pages more intelligently, thus offering better service.; O objetivo desta dissertação é apresentar o arcabouço Airetama. Este arcabouço é baseado em Sistemas Multiagentes e nos princípios da Web Semântica. Ele fornece uma infraestrutura semântica, distribuída e open-source para a criação de Comunidades Virtuais de Prática na Web. Possibilita, através do uso de agentes, o acoplamento de ferramentas que utilizam recursos e tecnologias semânticas. A inserção de semântica na Web atual tem como principal objetivo permitir que tais agentes de software possam utilizar suas páginas de maneira mais inteligente, oferecendo melhores serviços.

O planejamento de alocação de recursos baseado em sistemas multiagentes; Resource allocation planning using multi-agent systems

Bastos, Ricardo Melo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
66.74%
Este trabalho tem por objetivo propor uma abordagem para o problema de alocação dinâmica de recursos em ambiente de produção baseada no paradigma de multiagentes. Para tanto, é especificada uma arquitetura multiagente genérica chamada M-DRAP - Multi-agent Dynamic Resource Allocation Planning, a partir da qual podem ser derivados modelos particulares. As principais contribuições deste trabalho compreendem: (i) a definição de uma estratégia que permita o planejamento dinâmico de cada recurso no atendimento as demandas das atividades de produção de forma descentralizada e distribuída, através de uma abordagem orientada a projeto; (ii) a proposição de uma organização social baseada em uma abordagem multiagente orientada a mercado, capaz de propiciar relações de negociação entre agentes autônomos no sentido de atenderem aos seus interesses individuais, contribuindo de forma efetiva para a satisfação dos objetivos e restrições temporais e de custos globais ao sistema de produção como um todo; (iii) a especificação de uma arquitetura multiagente derivada do CIMOSA, representando de forma consistente a estrutura funcional e organizacional de um sistema de produção; (iv) a definição de estratégias baseadas em negociação entre os agentes capazes de propiciarem o tratamento das perturbações que afetam o sistema de produção em tempo real. Como contribuindo associada...