Página 1 dos resultados de 355 itens digitais encontrados em 0.062 segundos

Análise da integração dos sistemas de gestão normalizados ISO 9001 e OHSAS 18001: estudo de casos múltiplos; Analisys of integration of ISO 9001 and OHSAS 18001 normalized management systems: study of multiple cases

Vitoreli, Gislaine Aparecida
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
116.01%
As organizações são consideradas sistemas abertos e, como tal, estão constantemente sujeitas às demandas do ambiente, o que leva à necessidade de constante adaptação a ele. Uma das exigências do ambiente organizacional refere-se à implementação de sistemas de gestão normalizados, que têm como objetivo o estabelecimento de bom relacionamento com os mais diversos stakeholders, como a sociedade, os funcionários e os clientes. Devido às expectativas distintas dos stakeholders, vários sistemas de gestão normalizados são implementados, o que gera dificuldades no gerenciamento paralelo destes sistemas. Neste contexto surgem os sistemas de gestão integrados, que visam coordenar os sistemas adotados pela organização a fim de gerar maior eficiência, reduzir custos e eliminar redundâncias. Diversos pesquisadores elaboraram modelos para facilitar a integração dos sistemas de gestão, tanto no que se refere à integração dos requisitos das normas quanto aos passos para a implementação de um sistema de gestão integrado. Estudos empíricos também abordam a questão da integração dos sistemas de gestão; entretanto os mesmos não detalham como esse processo acontece nas organizações. Desta forma, este trabalho propõe uma análise da integração de sistemas de gestão normalizados...

Avaliação do grau de maturidade dos Sistemas de Gestão Integrados (SGI); Assessment of the maturity degree of Integrated Management Systems (IMS)

Poltronieri, Camila Fabrício
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2014 PT
Relevância na Pesquisa
136.1%
Os sistemas de gestão estão sendo cada vez mais usados e é possível constatar isso através do aumento do número de empresas certificadas em normas tais como ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001. Tem-se observado que ao mesmo tempo em que cresce o número de certificações, tem sido cada vez mais comum as organizações adotarem mais de uma norma e como consequência há a necessidade e uma tendência de se integrá-las. A integração traz diversos benefícios como melhora na tomada de decisão, diminuição do risco de se ter atividades redundantes e contraditórias, bem como melhor utilização de recursos, entre outros benefícios. Devido aos benefícios que a integração oferece, é importante haver um instrumento que avalie o grau de maturidade dos Sistemas de Gestão Integrados (SGI), para que através dessa informação se possa promover melhorias para atingir uma integração maior. Através de uma revisão na literatura, notou-se que não há trabalhos que realizem a avaliação da maturidade da integração de sistemas de gestão tomando como ponto de apoio o conceito de modelos de maturidade. Ao perceber essa lacuna, resolveu-se elaborar um instrumento que avalie o grau de maturidade do SGI na empresas. No desenvolvimento deste trabalho...

Implementação de sistemas de gestão integrados no setor de construção : estudo de casos brasileiros

Rodrigues, Ivete
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Relevância na Pesquisa
106.06%
As pressões de mercado, os programas de abertura financeira, a desregulamentação da atividade produtiva e a diminuição de barreiras protecionistas afetam significativamente a competitividade da indústria nacional. Outras mudanças, não apenas econômicas, mas sociais, políticas e tecnológicas, também pressionam as organizações a adotar novas estratégias empresariais e deixam claro que modelos de gestão tradicionais já não são mais suficientes para enfrentar estes novos desafios. Na busca de diferenciais competitivos, as empresas têm adotado sistemas de gestão da qualidade, de gestão ambiental e de gestão da saúde e segurança do trabalhador. Como forma de evidenciar a terceiros sua preocupação simultânea com estas três disciplinas, as empresas têm buscado a certificação integrada destes sistemas por meio das normas ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001. Surgem, assim, os Sistemas de Gestão Integrados (SGIs), objetos de pesquisa deste estudo. O recorte é setorial, sendo que o setor de construção foi escolhido devido a características como singularidade de seus produtos, alto impacto ambiental e alto índice de acidentes de trabalho. Com o objetivo de investigar como os SGIs foram implementados no setor de construção...

Avaliação do impacto das exigências do contratante nos sistemas de gestão integrados de empresas de montagem industrial na indústria do petróleo; Impact assessment of the requirements of the contractor in integrated management systems for indutrial assembly companies in the oil industry

Claudia Regina Hezel
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
96.11%
Para fazer frente às exigências do mercado, as empresas buscam sempre a maximização dos seus resultados, primando pela excelência em todas as áreas que compõem o seu negócio, assim para atender às novas exigências do mercado quanto à qualidade, ao meio ambiente e à saúde e segurança dos trabalhadores, as empresas prestadoras de serviços passam por uma transformação nos seus Sistemas de gestão, de forma a agregar ao produto final as novas exigências mercadológicas e torná-las mais competitivas. Esta pesquisa tem como objetivo avaliar o impacto das exigências do contratante nos Sistemas de Gestão Integrados (SGI) dos prestadores de serviços de construção e montagem industriais que atuam na indústria do petróleo. Dentre as questões pesquisadas destaca-: como os prestadores de serviço têm se adequado às exigências, como os contratantes têm formalizado estas exigências quanto a Qualidade, Segurança e Saúde Ocupacional, Meio Ambiente e Responsabilidade Social (QSMSRS), as motivações, os benefícios e as dificuldades para implementação do SGI nas empresas contratadas, se os contratantes têm atingido seus objetivos e se há benefícios às empresas contratadas. A pesquisa tem as seguintes fases: pesquisa bibliográfica...

Metodologias e boas práticas de integração e avaliação de sistemas de gestão

Neves, Andreia; Linhares, Virgínia; Sampaio, Paulo; Saraiva, Pedro
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
96.17%
Na última década assistiu-se à proliferação mundial de referenciais normativos relativos a sistemas de gestão, depois de, durante 20 anos, o principal referencial neste domínio ter sido o da garantia da qualidade que evoluiu para gestão da qualidade e que tem sido sucedido por inúmeros outros sistemas de gestão (ambiental, segurança e saúde do trabalho, segurança alimentar, segurança da informação, responsabilidade social, entre outros), oriundos tanto do organismo internacional de normalização International Organization for Standardization (ISO), como de organismos nacionais congéneres ou outros organismos de regulamentação internacional. Esta diversidade de referenciais acompanhou a evolução das necessidades das organizações na optimização/sistematização dos seus subsistemas de gestão por imperativos de mercado, de clientes, de regulamentações estatutárias, por imposições de entidades reguladoras do sector de actividade, bem como por preocupações de melhoria da eficiência e controlo operacional – tendo determinado uma adesão crescente das organizações à certificação de sistemas de gestão da qualidade, ambientais e de segurança e saúde no trabalho. A evolução previsível dos diversos sistemas/subsistemas numa organização aponta para a sua integração...

Sistemas de gestão integrados : desenvolvimento de um modelo para avaliação do nível de maturidade

Domingues, José Pedro Teixeira
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 20/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
106.15%
Tese de doutoramento do Programa Doutoral em Engenharia Industrial e de Sistemas; Integração é definida como “o ato ou processo de tornar inteiro” e sistema como “arranjo de elementos interrelacionados e interatuantes, tais como processos que utilizam vários recursos de modo a atingir objetivos predefinidos”. As organizações humanas despendem uma grande quantidade de trabalho a desafiar um dos conceitos mais básicos da física: a entropia. A “ponta do iceberg” visível desta guerra intestina contra a tendência das organizações para a desordem são os sistemas de gestão. Os sistemas de gestão mais reportados a coexistirem num Sistema de Gestão Integrado (SGI) são o Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ), implementado segundo a norma ISO 9001, o Sistema de Gestão Ambiental (SGA), implementado segundo a norma ISO 14001 e o Sistema de Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho (SGSST), implementado segundo a norma OHSAS 18001. O objetivo do trabalho realizado foi o de analisar o fenómeno da integração de sistemas de gestão, identificar áreas de investigação abertas, propor soluções para colmatá-las, nomeadamente através do desenvolvimento de um modelo que permita avaliar a maturidade de um SGI. Como ponto de partida...

Sistemas de gestão integrados: motivações, obstáculos, benefícios e factores críticos de sucesso

Almeida, João; Sampaio, Paulo; Santos, Gilberto
Fonte: AIMMAP Publicador: AIMMAP
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
105.99%
Num mercado globalizado, qualquer organização que queira ser competitiva ou líder de mercado, sofre cada vez mais pressão da concorrência e possui cada vez mais necessidade de encontrar formas de gestão que lhe permita responder adequadamente aos novos desafios impostos. No entanto com o aumento de referências normativas, viram-se na necessidade de integrar os sistemas de gestão tendo por objetivo a otimização de recursos e de competências, com vista a alcançar a maximização do desempenho do sistema de gestão resultante. Este estudo teve como objetivos avaliar quais os fatores críticos de sucesso para a implementação de um sistema integrado de gestão e quais as dificuldades encontradas pelas organizações aquando da integração dos sistemas de gestão. A amostragem foi do tipo não probabilística e quanto à técnica, a mesma foi por conveniência. A amostra ficou composta por quatro organizações com sistemas de gestão da qualidade, ambiente e segurança e saúde no trabalho. O estudo foi realizado do tipo descritivo e exploratório de nível I. Para se proceder à recolha dos dados recorreu-se a entrevistas semi-estruturadas aos gestores dos sistemas de gestão, através dos quais procurámos analisar todo o processo de integração. Podemos concluir que o sistema integrado de gestão contribui positivamente para as empresas estudadas...

Sistemas de Gestão Integrados Qualidade, Ambiente e Segurança – implementação e a avaliação de eficiência

Neves, Andreia; Sampaio, Paulo
Fonte: Associação Portuguesa para a Qualidade (APQ) Publicador: Associação Portuguesa para a Qualidade (APQ)
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
106.05%
As organizações têm necessidades diferentes, mas todas elas, para subsistirem, têm de ser rentáveis. Nesse sentido têm vindo a surgir diversos referenciais normativos que visam dar resposta a esta necessidade. A evolução previsível dos diversos sistemas de gestão numa organização aponta para a sua integração, tendo sido reconhecido um balanço positivo entre vantagens/desvantagens do processo. No entanto, passada mais de uma década a desenvolver práticas de integração de sistemas, continuam a existir, nas organizações, diferentes níveis de integração. Perante esta realidade revelou-se pertinente o desenvolvimento deste projecto de investigação, com o qual se pretendeu criar conhecimento na área da integração de sistemas gestão e avaliação da eficiência, averiguando até que ponto os indicadores chave de desempenho são úteis e usados para avaliar a eficiência dos sistemas de gestão das organizações certificadas - qualidade, ambiente e segurança. As principais conclusões deste trabalho apontam para a necessidade da criação de metodologias e boas práticas capazes de apoiar as organizações na implementação e avaliação dos resultados da integração dos seus sistemas de gestão.; Organizations have different needs...

Implementação de um sistema de gestão ambiental na ArqPais

Rodrigues, Tânia Amaral
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
115.97%
Este projeto teve como objetivo a implementação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA), na empresa ArqPais de acordo com a norma ISO 14001:2012. A empresa ArqPais tem sede em Lisboa e presta serviços de consultoria e projeto nas áreas de arquitetura paisagista e ambiente. O projeto iniciou-se com a pesquisa dos conceitos teóricos no âmbito dos sistemas de gestão e especificamente Sistema de Gestão Ambiental e Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) bem como dos requisitos dos referenciais normativos ISO 14001:2012 e ISO 9001:2008, respetivamente, visto que paralelamente à implementação do SGA a ArqPais estava também a implementar um SGQ. Foram avaliadas as semelhanças entre as normas para se efetuar a integração entre os dois sistemas. Seguiu-se o desenvolvimento e implementação do SGA na ArqPais. Neste sentido o trabalho desenvolvido consistiu no levantamento dos aspetos e impactes ambientais das atividades da ArqPais, bem como dos seus subcontratados. Para a avaliação dos aspetos ambientais aplicaram-se 4 metodologias de avaliação de aspetos ambientais, estas metodologias foram desenvolvidas em folhas de cálculo, cujos resultados permitiram escolher a metodologia mais adequada ao caso de estudo. Tendo em conta os aspetos ambientais significativos e os requisitos das partes interessadas definiu-se a política ambiental. Com base nos aspetos ambientais significativos foi ainda desenvolvido o programa de gestão ambiental da ArqPais...

Sistemas integrados de gestão: qualidade, ambiente e segurança

Sousa, Vera
Fonte: Escola Superior de Ciências Empresariais Publicador: Escola Superior de Ciências Empresariais
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.07%
Dissertação de Mestrado em Segurança e Higiene no Trabalho; Na presente Dissertação desenvolve-se o tema “Sistemas Integrados de Gestão (Qualidade, Ambiente e Segurança) ” nas organizações. Pretende-se com esta Dissertação compreender a importância do tema, conhecer os tipos e níveis de integração possíveis, quais as vantagens e desvantagens inerentes à integração de sistemas de gestão, assim como as implicações ao nível da gestão de topo. Complementarmente, foram estudadas duas organizações inseridas na área do ambiente pertencentes ao distrito de Setúbal, cujo objectivo foi comparar os tipos e níveis de integração conseguidos por ambas, que vantagens e desvantagens foram encontradas e quais as implicações da gestão de topo em todo o processo. Actualmente a Qualidade, o Ambiente e a Segurança e Higiene no Trabalho representam os principais desafios da gestão, sendo áreas fulcrais para o crescimento e desenvolvimento sustentável das organizações, pelo que a certificação e integração de sistemas de gestão são tendências que têm cada vez mais adeptos. São inúmeras as vantagens que as integrações de sistemas de gestão trazem às organizações, porém são um processo moroso...

Uso de indicadores chave de desempenho para avaliar sistemas de gestão

Neves, Andreia
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
116.18%
Com este projecto de investigação pretendeu-se criar conhecimento na área da integração de sistemas de gestão, quer na sua implementação, quer a nível da manutenção de sistemas de gestão integrados - qualidade, ambiente e segurança (QAS). O objectivo principal foi o de averiguar até que ponto os indicadores chave de desempenho são úteis e usados para avaliar a eficiência dos sistemas de gestão das organizações certificadas bem como na definição de linhas de orientação para o estabelecimento de sistemas de indicadores de desempenho que suportem e conduzam as organizações no sentido da eficácia e eficiência dos seus sistemas de gestão. O projecto teve como metodologia de investigação a recolha de opinião de diversos intervenientes que operam no mercado da certificação de sistemas integrados QAS em Portugal. Em colaboração com a entidade certificadora com maior quota de mercado em Portugal, a Associação Portuguesa de Certificação (APCER) foram efectuadas vinte entrevistas semi-estruturadas aos auditores coordenadores com maior número de auditorias combinadas realizadas no triénio (2008-2010), assim como nove entrevistas semi-estruturadas a personalidades e entidades com um papel activo e relevante no domínio da integração de sistemas QAS. O trabalho de campo terminou com um conjunto de entrevistas semi-estruturas a organizações casos de estudo...

Integração de sistemas de gestão em Portugal

Linhares, Maria Virgínia N. S. Garcia
Fonte: Repositório Comum de Portugal Publicador: Repositório Comum de Portugal
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
116.13%
Durante a primeira década deste milénio assistiu-se à proliferação de referenciais de sistemas de gestão à escala mundial. Esta diversidade de referenciais normativos acompanhou a evolução das necessidades das organizações na sistematização e optimização dos seus subsistemas de gestão – por imperativos de mercado, regulamentações legais/estatutárias, preocupações de eficiência e controlo operacionais - determinando uma adesão crescente das organizações à certificação de sistemas de gestão, com incidência para a qualidade, ambiente e segurança e saúde do trabalho. Perante esta tendência, os organismos de normalização optaram por fazer evoluir os vários referenciais no sentido da respectiva harmonização e alinhamento, a nível da estrutura e requisitos. Tal sistematização constituiu um contributo orientativo importante para as organizações, na integração dos sistemas de gestão, tendo sido reconhecido um balanço positivo entre vantagens/desvantagens na adopção deste tipo de abordagem. Os resultados de vários trabalhos publicados neste âmbito evidenciaram que uma das dificuldades das organizações em integrar os seus sistemas de gestão resulta da compreensão dos referenciais normativos e de uma utilização...

Metodologia para integração de sistemas de gestão de qualidade, ambiente e segurança

Monteiro, Nuno Miguel Bandarrinha
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
115.98%
Dissertação de Mestrado em Engenharia do Ambiente; A certificação de Sistemas de Gestão, com base em referenciais internacionais, é atualmente um mecanismos de resposta à competitividade e à agressividade concorrencial, originada pela economia de mercado globalizada. A constante readaptação das estruturas empresariais, a melhoria contínua e a diferenciação de mercado, são aspetos chave para a sobrevivência e sustentabilidade das organizações. Assistiu-se nos últimos anos em Portugal a um desenvolvimento significativo de Organizações, que investiram na certificação dos seus Sistemas de Gestão, nomeadamente nos Sistema de Gestão da Qualidade, Sistema de Gestão Ambiental e Sistema de Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho. Nesta realidade, a indústria da construção civil apresenta-se como sector preponderante, não só pela sua significância na economia e no mercado nacional mas também pela quantidade de Organizações que apostaram na certificação dos seus Sistemas de Gestão, com especial destaque para o Sistema de Gestão da Qualidade. Posteriormente, verifica-se que estas Organizações tendem a evoluir, no sentido de integrar na sua estrutura, um ou mais Sistemas de Gestão, sobretudo na área ambiental e na segurança e saúde laboral. É com base na constatação anterior...

A importância da norma de implementação de sistemas de gestão da manutenção na integração de sistemas de gestão

Saraiva, Márcia Sofia Marmeleiro
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
95.98%
A globalização, a intensa competitividade, o crescente comércio internacional e a harmonização da legislação conduzem as organizações a procurarem novos mecanismos para a sua sobrevivência. Muitos destes mecanismos passam pela implementação de sistemas de gestão integrada que têm por base referenciais normativos. A abordagem integrada de actividades, quando alinhada eficazmente, assegura benefícios substanciais às organizações, como a redução de custos de implementação, a optimização do processo e a diminuição de redundâncias. A presente dissertação intitula-se de “A importância da Norma de implementação de Sistemas de Gestão da Manutenção na integração de Sistemas de Gestão” e aborda a temática dos sistemas de gestão integrados, incidindo-se na recente norma NP 4483:2009 que especifica os requisitos de um Sistema de Gestão da Manutenção. Esta área tem um papel muito importante para a realização da cadeia de valor de uma organização, pois engloba vários processos e muitos destes dependem do desempenho de máquinas e equipamentos para o seu sucesso. Assim, a manutenção do equipamento permite que os níveis de desempenho desejados sejam alcançados durante o processo de produção. Pretende-se com este trabalho...

Um modelo de integração de sistemas de gestão

Campos,Carlos Alberto de Oliveira; Medeiros,Denise Dumke de
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
105.91%
Observa-se que há uma lacuna entre o momento da decisão de adotar um Sistema Integrado de Gestão e sua implementação. Este trabalho propõe uma abordagem sistêmica para uma etapa anterior à execução da integração, ou seja, para quando do estudo da viabilidade e elaboração de projeto. A matemática pode servir de suporte para que uma decisão não seja emocional no sentido da organização buscar seu Sistema Integrado de Gestão para estar acompanhando a tendência de seus concorrentes, mas que passe a ser racional na decisão de por que, quando, quanto, como e que sistemas integrarem. Uma vez decidindo-se pela integração de certo número de sistemas de gestão, encontrar-se-ão áreas de atividades que poderão ser enxugadas e outras que não, e estas últimas disputarão mais pelos recursos. Para reduzir o conflito e buscar a solução ótima, é proposta a aplicação de Programação Matemática.

Uma proposta para a integração de sistemas de gestão

Campos, Carlos Alberto de Oliveira; Medeiros, Denise Dumke de (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.02%
A integração de sistemas de gestão é abordada na literatura pesquisada mais como um alinhamento de normas de sistemas de gestão, no entanto, uma integração de sistemas de gestão não deve limitar-se a apenas alinhamento. Não há na literatura um consenso do que seja uma integração de sistemas de gestão, pois alguns autores entendem uma integração como sendo alinhamento normas de sistemas de gestão, outros, sem discordar da importância do alinhamento, incorporam outros elementos como o fator humano. Não foi identificada dentro da pesquisa bibliográfica realizada nenhuma abordagem que fizesse uso de matemática, então propõe-se, neste trabalho, apresentar uma definição de integração de sistemas de gestão com base na Teoria Geral dos Sistemas e da Teoria dos Conjuntos que comporte e amplie as já pesquisadas. O número de sistemas de gestão normalizados tem aumentado continuamente, tendo sido o da Qualidade o primeiro, vindo logo em seguida o Ambiental. Há também uma tendência de se ampliar o número de sistemas de gestão dentro das organizações e tem-se verificado que redundâncias de atividades entre os sistemas isolados geram custos que poderiam ser evitados quando da integração desses sistemas de gestão. Observa-se...

Construção das capacidades organizacionais de tecnologia da informação no contexto dos sistemas institucionais integrados de gestão da UFRN

Medeiros Junior, Josue Vitor de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Administração; Políticas e Gestão Públicas; Gestão Organizacional
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.15%
The IT capability is a organizational ability to perform activities of this role more effectively and an important mechanism in creating value. Its building process (stages of creation and development) occurs through management initiatives for improvement in the performance of their activities, using human resources and IT assets complementary responsible for the evolution of their organizational routines. This research deals with the IT capabilities related to SIG (integrated institutional management systems), built and deployed in UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte) to realization and control of administrative, academic and human resources activities. Since 2009, through cooperative agreements with federal and educational institutions of direct administration, UFRN has supported the implementation of these systems, currently involving more than 30 institutions. The present study aims to understand how IT capabilities, relevant in the design, implementation and dissemination of SIG, were built over time. This is a single case study of qualitative and longitudinal nature, performed by capturing, coding and analysis from secondary data and from semi-structured interviews conducted primarily with members of Superintenência de Informática...

Um instrumento para a avaliação de sistemas de gestão integrados

Poltronieri,Camila Fabrício; Gerolamo,Mateus Cecílio; Carpinetti,Luiz Cesar Ribeiro
Fonte: Universidade Federal de São Carlos Publicador: Universidade Federal de São Carlos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2015 PT
Relevância na Pesquisa
116.04%
A utilização de sistemas de gestão, tais como ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001, tem aumentado, assim como a necessidade de integrá-los. A integração traz diversos benefícios como melhora na tomada de decisão, diminuição do risco de se ter atividades redundantes e contraditórias, bem como melhor utilização de recursos. É importante se estabelecer uma forma de avaliar o grau de maturidade em Sistemas de Gestão Integrados (SGI), tendo em vista que a integração proporciona muitos benefícios. Um instrumento que faça essa avaliação poderá propor melhorias visando uma integração maior. Por meio de uma revisão na literatura, foi possível notar que não há trabalhos que realizem a avaliação da maturidade da integração de sistemas de gestão tomando como ponto de apoio o conceito de modelos de maturidade e a estrutura utilizada pelo modelo apresentado na ISO 9004. Foi feita uma revisão exploratória seguida de uma revisão bibliográfica sistemática sobre SGI, assim como foi realizada uma pesquisa bibliográfica sobre modelo de maturidade. O passo seguinte foi o desenvolvimento de uma ferramenta que recebeu a avaliação de especialistas acadêmicos e profissionais da indústria. Conta com 21 questões divididas em 4 áreas...

Implementação de um sistema de gestão de segurança e saúde do trabalho e integração com o sistema de gestão da qualidade numa empresa de fabrico e aluguer de palcos e tendas

Costa, Sílvia Marlene Neto da
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
105.93%
Dissertação de Mestrado em Gestão Integrada da Qualidade, Ambiente e Segurança; Procurando responder aos mercados cada vez mais exigentes, várias organizações apostam na implementação de sistemas de gestão, tentando demonstrar a qualidade dos produtos e as preocupações em segurança e saúde do trabalho. Com o presente projeto pretendeu-se implementar um sistema de gestão de segurança e saúde do trabalho e integrá-lo com o sistema de gestão da qualidade existente numa empresa de fabrico e aluguer de palcos e tendas. Como base utilizaram-se as normas ISO 9001 (sistema de gestão da qualidade) e OHSAS 18001 (sistema de gestão de segurança e saúde do trabalho). Adotou-se a metodologia do estudo de caso único e selecionou-se a IRMARFER como objeto de estudo. Estabeleceu-se uma matriz relacional entre as normas ISO 9001 e OHSAS 18001, identificando-se os requisitos comuns. Assim, verificou-se que para implementar um sistema integrado de qualidade e segurança e saúde do trabalho na IRMARFER, era necessário readaptar os documentos comuns aos referenciais e responder aos requisitos específicos de SST estabelecidos pela OHSAS 18001. Concluiu-se que o processo de integração deverá partir dos pontos comuns aos sistemas de gestão e que a implementação do SGSST e sua integração com o SGQ...

Integração de sistemas de gestão

Brandão, Mónica Ferreira Pinto
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
106.09%
A crescente internacionalização dos mercados, e respectiva globalização, tem levado a um aumento do nível de exigência dos Clientes e da Sociedade em geral. As organizações sentem já de uma forma muito efectiva a pressão concorrencial, pelo que para serem competitivas, e consequentemente sobreviverem, são obrigadas a constantes mudanças impostas pelos mercados. A Qualidade (ISO 9001), o Ambiente (ISO 14001) a Higiene e Segurança no Trabalho (OHSAS 18001), a Responsabilidade Social (SA8000) e Investigação, Desenvolvimento e Inovação (NP 4457) representam um dos principais desafios da gestão, sendo áreas fulcrais para o crescimento e desenvolvimento sustentável das organizações. Os Sistemas Integrados de Gestão tem contemplado a integração dos processos de Qualidade com os de Gestão Ambiental e/ou com os de Segurança e Saúde no Trabalho, dependendo das características, actividades e necessidades da Organização. O alargamento da integração de sistemas aos processos de Responsabilidade Social e Inovação e Desenvolvimento tem vindo a fazer parte da estratégia das Organizações. A implementação dos sistemas integrados permite criar sinergias quer ao nível do investimento realizado e do seu retorno...