Página 1 dos resultados de 258 itens digitais encontrados em 0.217 segundos

Sistema de gestão da segurança e saúde no trabalho para empresas construtoras. ; Occupational health and safety management system for construction companies.

Benite, Anderson Glauco
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/07/2004 PT
Relevância na Pesquisa
205.77%
O número excessivo de acidentes no setor da construção civil e os grandes desastres mundiais divulgados pela mídia levam as empresas a acreditarem que competitividade e lucro não são suficientes. Assim, elas também devem demonstrar uma atitude ética e responsável quanto à segurança e saúde em seus ambientes de trabalho, além de cuidar das questões ambientais. O Sistema de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho (SGSST), considerado um instrumento eficaz para a melhoria das condições do ambiente de trabalho, é uma das possíveis alternativas para a evolução da gestão nas empresas construtoras, as quais historicamente apresentam baixo desempenho nessa área. Esta pesquisa apresenta informações relevantes que podem ser utilizadas por empresas construtoras durante a concepção e implementação de seu SGSST. Ela estabelece os conceitos do SGSST e discute seus principais elementos e a possibilidade de integração com os sistemas de gestão da qualidade e ambiental, apresentando os principais resultados identificados durante a participação direta deste autor no processo de implementação, que foram obtidos por uma construtora brasileira de edifícios. Os resultados demonstraram que a implementação do SGSST traz melhorias significativas nas condições do ambiente de trabalho...

Sistema de medição de desempenho em segurança e saúde no trabalho: estudo de caso em uma empresa de construção pesada; Occupational health and safety performance measurement system: a case study in a heavy construction company

Ramos, Luís Fernando da Mota
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
165.67%
Os sistemas de medição de desempenho em segurança e saúde no trabalho (SMDSST) são um dos principais elementos da gestão da SST, possibilitando avaliar se as estratégias e planos traçados para a área estão sendo atingidos. Por conseguinte, este artigo apresenta um estudo de caso envolvendo o diagnóstico e avaliação do SMDSST de uma empresa do ramo da construção pesada, com o intuito de identificar oportunidades de melhoria e propor recomendações ao mesmo. Para a concretização deste objetivo, foram realizadas três análises: (a) avaliação do sistema de gestão da segurança e saúde no trabalho (SGSST) através da aplicação da ferramenta MASST (método de avaliação de SGSST); (b) avaliação do SMDSST através de critérios tradicionais de análise; (c) avaliação do SMDSST através de diretrizes baseadas na engenharia de resiliência (ER). Os resultados obtidos apontam dificuldades estratégicas e operacionais que possuem implicações sobre o SMDSST. Conclui-se que a metodologia baseada nas três análises descritas anteriormente possibilitou a identificação de focos de melhoria no projeto e operacionalização dos indicadores e do SMDSST de forma global, subsidiando as recomendações apresentadas.; The occupational health and safety performance measurement systems (OHSPMS) are a key element of OHS management...

Protocolo de avaliação das práticas de gestão da segurança e saúde no trabalho no setor da construção civil

Bridi, Marcelle Engler
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
175.7%
Nas últimas décadas, diversos estudos acadêmicos investigaram práticas de gestão da Segurança e Saúde no Trabalho (SST) de forma a identificar fatores que contribuem para o sucesso de programas de prevenção de acidentes no setor da construção civil. A maior parte desses estudos foi baseada na realização de surveys e objetivaram identificar correlações entre as taxas de acidentes de cada empresa e a existência ou não de práticas, permitindo apontar os conjuntos de práticas que têm maior impacto na SST. Em que pesem as contribuições destes estudos, principalmente no que diz respeito à identificação e disseminação de práticas associadas à prevenção de acidentes, quatro principais críticas podem ser feitas: (a) não há um conceito definido de o que são boas práticas e critérios para categorizá-las; (b) escopo limitado a grandes empresas de países desenvolvidos; (c) a falta de um referencial teórico adequado; e (d) a abordagem metodológica adotada, cujo enfoque é descritivo. O objetivo principal desta pesquisa é propor um protocolo para caracterização e avaliação do grau de implementação de práticas de gestão da SST, através da utilização de múltiplas fontes de evidência, visando a obter uma compreensão mais detalhada destas práticas...

Diretrizes para implantação de sistemas de segurança e saúde do trabalho em empresas produtoras de baterias automotivas

Oliveira, Otávio José de; Oliveira, Alessandra Bizan de; Almeida, Renan Augusto de
Fonte: Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) Publicador: Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 407-419
POR
Relevância na Pesquisa
225.72%
O desenvolvimento de Sistemas de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho (SGSST) ganha um significado cada vez mais importante no desempenho das empresas, pois, por meio deles, é possível obter a promoção da saúde e satisfação dos trabalhadores e a redução dos riscos de acidentes. No entanto, para que um SGSST obtenha bons resultados, as empresas precisam estar atentas às dificuldades comumente encontradas durante o seu processo de implantação, procurando solucioná-las de maneira antecipada e estruturada. Pelo exposto, este trabalho tem como principal objetivo apresentar diretrizes, baseadas no referencial teórico e nos resultados dos estudos de caso realizados, para implantação de SGSSTs em empresas fabricantes de baterias automotivas. Para o seu desenvolvimento adotou-se o método de pesquisa qualitativa a partir da realização de dois estudos de caso em empresas fabricantes de baterias automotivas localizadas na cidade de Bauru. Os instrumentos de coleta de dados foram entrevistas semiestruturadas, análise de documentos e observação in loco. Ao final do artigo, são propostas diretrizes relacionadas aos seguintes elementos: alta direção, estratégia organizacional, cultura organizacional, departamento de Segurança e Saúde do Trabalho (SST)...

Influência da cultura organizacional no sistema de gestão da segurança e saúde no trabalho em empresas construtoras

Melo, Maria Bernadete Fernandes Vieira de
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 180 f.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
205.69%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; A solução para os problemas relacionados com as precárias condições de trabalho nos canteiros de obras existe e é viável, embora a insegurança continue sendo uma constante na maioria das obras. Mesmo as empresas que aplicam a Segurança no Trabalho em seu processo produtivo, o fazem de forma pontual e momentânea, sem planejamento e sem uma política de Segurança e Saúde no Trabalho definida. Este trabalho faz uma reflexão sobre esta questão, e, através de um estudo de caso, comprova que fatores tais como as crenças e valores, que constituem a essência da cultura de uma organização são determinantes para o desenvolvimento de um sistema de gestão da Segurança e Saúde no Trabalho em empresas construtoras.

Modelo de alianças estratégicas entre setor público e sociedade civil para a gestão da segurança e saúde do trabalhador

Lima, Deise Guadelupe
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
155.76%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; O objetivo desta pesquisa foi apresentar um Modelo de Alianças Estratégicas entre o Setor Público e a Sociedade Civil em Gestão da Segurança e Saúde do Trabalhador - GSST, buscando-se um referencial teórico para sustentar o modelo proposto, capaz de auxiliar na melhora da sua gestão no que diz respeito às ações coordenativas nesta área, para que se tenha um melhor direcionamento de recursos humanos e financeiros, no enfrentamento dos problemas de saúde decorrentes do trabalho. Tomou-se como base os elementos teóricos a partir do referencial das Ciências Sociais, para a compreensão das implicações entre as relações de produção, processo e organização do trabalho e a saúde dos trabalhadores; a análise das informações acerca da Política Nacional de Saúde do Trabalhador; a compreensão das variáveis legais e institucionais que compõem as políticas públicas na área e, além de discutir as transformações que vem ocorrendo na organização e gestão em Saúde do Trabalhador, no âmbito nacional, estadual e municipal. A metodologia adotada foi a de estudo de caso; a população estuda foi à apontada pela revisão de literatura que identificou os responsáveis legais pela gestão da segurança e saúde do trabalhador nas esferas federal; estadual...

Auditoria de sistemas de gestão da segurança e saúde em obras de construção em Portugal

Teixeira, José M. Cardoso
Fonte: ELAGEC Publicador: ELAGEC
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em 18/06/2013 POR
Relevância na Pesquisa
195.74%
A norma internacional de referência para os sistemas de gestão da segurança e saúde no trabalho é a OHSAS 18001, adoptada por diversos países do mundo. Assim sucedeu em Portugal, com a publicação da Norma Portuguesa NP 4397:2011. A norma tem uma estrutura muito idêntica à das normas ISO 9001 e ISO 14001, o que tem impulsionado a sua popularidade nas empresas de construção que a têm progressivamente adotado nos seus sistemas de gestão. Em Portugal, a integração dos três sistemas – qualidade, ambiente e segurança – é hoje muito frequente, ao nível corporativo das maiores empresas construtoras nacionais. Mas ao nível das obras, a implementação do sistema de gestão de segurança e, com maior razão, a sua integração com os outros sistemas de gestão tem-se revelado mais problemática. As principais razões para isso prendem-se com a necessidade de dar resposta ao planeamento da segurança e saúde em obra, como decorre do cumprimento da Diretiva Comunitária nº 92/57/CEE (Diretiva Estaleiros Temporários ou Móveis) transposta para direito interno em 1995 (posteriormente revista em 2003). De facto, à luz desta Diretiva, os planos de segurança e saúde que devem ser adotados em obra decorrem de uma lógica de projeto (desde a conceção à execução)...

Segurança e saúde do trabalho : do enquadramento à implementação

Durães, Marta Sofia Esteves
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
185.74%
O mundo atravessa uma fase de profundas transformações, com mudanças substanciais no panorama social, político e económico. Este novo cenário mundial, onde uma das principais características e propostas é a livre concorrência, tem conduzido as organizações a voltar sua atenção para novas questões, nomeadamente para um novo conceito de qualidade, uma maior consciência ambiental e uma melhor qualidade de vida dos trabalhadores dentro das organizações. As razões acima apresentadas são o ponto de partida deste projecto, que tem como principais objectivos: dar a conhecer o conceito de “Sistemas de Gestão” e “Sistemas de Gestão Integrados” (SIG), caracterizar cada sistema e evidenciar as maisvalias e inconvenientes da implementação de um SIG para as organizações e seus intervenientes e apresentar o estudo de caso aplicado à Mota-Engil, Betão e Pré-Fabricados, Sociedade Unipessoal Lda. Sendo uma empresa já certificada pela norma NP EN ISO 9001:2008 tem como ambição o alargamento do seu âmbito para as normas NP EN ISO 14001:2004 e NP 4397:2008. O estudo de caso vai focalizar-se, apenas, na implementação de um Sistema de Gestão da Segurança e Saúde do Trabalho, utilizando como referencial normativo a NP 4397:2008 - Requisitos para Sistemas de Gestão da Segurança e Saúde do Trabalho...

Evolução da certificação de sistemas de gestão de segurança e saúde no trabalho em empresas portuguesas: caracterização e tendências

Maques, Ricardo Pedro Loureiro
Fonte: Escola Superior de Ciências Empresariais Publicador: Escola Superior de Ciências Empresariais
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
185.79%
Dissertação de Mestrado em Segurança e Higiene no Trabalho; No presente trabalho pretendeu-se avaliar o impacto da adopção da norma OHSAS 18001 na gestão e no desempenho das organizações, nomeadamente, os benefícios da suaaplicabilidade e as principais dificuldades enfrentadas. Foi efectuada a caracterização da certificação de sistemas de gestão da segurança em Portugal, analisadas as dificuldades e motivações relativas à implementação, desempenho e manutenção dos Sistemas de Gestão de Segurança e Saúde do Trabalho. A metodologia proposta baseou-se na análise dos relatórios de auditorias realizadas por um organismo de certificação a uma amostra representativa da maioria dos sectores de actividade em Portugal, constituída por 285 organizações com o sistema de gestão da segurança certificado. As "Não Conformidades" registadas foram classificadas em 3 categorias (Sistema de Gestão, Controlo Operacional e Cumprimento Legal), e é apresentada a incidência das não conformidades por requisito normativo. Na categoria "Cumprimento Legal", verificou-se que o incumprimento do Decreto-Lei 50/2005 e do Código do Trabalho, diplomas de aplicação transversal à generalidade das organizações, representam 50% das não conformidades identificadas...

Estratégia de implementação do sistema de gestão da segurança e saúde do trabalho

Calado, João Miguel Silva Marreiros
Fonte: Escola Superior de Ciências Empresariais Publicador: Escola Superior de Ciências Empresariais
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /06/2014 POR
Relevância na Pesquisa
255.8%
Dissertação de Mestrado em Segurança e Higiene no Trabalho; O presente trabalho teve como objectivo, através de um estudo de caso, caracterizar a segurança e saúde do trabalho (SST) na organização em estudo, analisar e identificar áreas de potenciais melhorias, de modo a definir uma estratégia de implementação de um sistema de gestão da saúde e segurança do trabalho (SGSST). A abordagem desta problemática foi efectuada durante a realização de um estágio profissional na organização MJO S.A., a qual se iniciou, com o levantamento dos dados e informações relativas às condições de SST. Na primeira parte desta dissertação efectuou-se uma referência bibliográfica à estratégia e seu enquadramento na política e nos sistemas de gestão da segurança e saúde do trabalho e definiu-se a concepção da metodologia utilizada que englobou o diagnóstico SST e a auditoria ao SGSST, tendo por base a norma OHSAS 18001:2007/NP4397:2008. A segunda parte apresenta a caracterização da organização na componente SST, a análise dos resultados das avaliações e principais conclusões. Com base no diagnóstico e na auditoria ao sistema de gestão da SST, foi possível identificar os elementos do SGSST, as características estruturais da organização...

Plataforma para a implementação de um sistema de gestão de acordo com o normativo OHSAS 18001:2007

Almeida, Vanessa Sofia Rodrigues de
Fonte: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Ciências Empresariais Publicador: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Ciências Empresariais
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
235.74%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Segurança e Higiene no Trabalho; A importância dos Sistemas de Gestão da SST nas organizações é reconhecida por todos os trabalhadores e partes interessadas, tendo como vantagem para a segurança e saúde dos trabalhadores a redução dos riscos de acidentes e das doenças profissionais. Para a gestão global das organizações podem-se salientar, entre outras, a redução de perdas por paragem de produção, a eliminação de sanções por incumprimento legal, melhoria da produtividade e melhoria da imagem da empresa (Nunes, 2010). O trabalho elaborado tem como objetivos contribuir para compreensão da OHSAS 18001 e dos seus requisitos, no âmbito da implementação de Sistemas de Gestão da SST numa organização, identificar as etapas para a sua implementação, e conhecer as vantagens e as limitações da sua aplicação. O método utilizado consistiu na pesquisa bibliográfica, em documentação sobre o normativo OHSAS 18001, entre outros documentos, que permitiram a interpretação da norma e das ações necessárias ao cumprimento dos requisitos. A implementação de um sistema de gestão da segurança e saúde do trabalho permite que as organizações controlem os seus riscos para a SST...

Sistema de apoio à gestão da segurança e saúde no trabalho na cadeia de abastecimento alimentar – sistema SHIELD

Antão, Tiago Emanuel Neto
Fonte: Faculdade de Ciências e Tecnologia Publicador: Faculdade de Ciências e Tecnologia
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
195.77%
Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia e Gestão Industrial; Uma das principais missões das Empresas Focais das Cadeias de Abastecimento é assegurar a promoção da segurança e da saúde dos seus operadores. Sendo a Empresa Focal a entidade que regula ou domina a Cadeia de Abastecimento, compete-lhe criar mecanismos e soluções com o objectivo de promover a Segurança e Saúde no Trabalho ao longo da sua Cadeia de Abastecimento. A promoção da SST ao longo da Cadeia de Abastecimento passa por desenvolver medidas correctivas, tais como, criar processos de trabalho seguros nas outras entidades da cadeia ou garantir um fluxo de produtos seguro e saudável. Os Sistemas de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho desempenham um papel fundamental na promoção da segurança e da saúde nos locais de trabalho, na melhoria contínua e no acompanhamento e avaliação das medidas implementadas. Este trabalho apresenta o design de ferramentas de controlo operacionalizadas sob a forma de Checklists, desenvolvidas com base na recolha de dados realizada numa Cadeia de Abastecimento Alimentar. Estas ferramentas servirão para o desenvolvimento de um Sistema de Apoio à Gestão da SST aplicado à Cadeia de Abastecimento Alimentar. – Sistema SHIELD. Este sistema tem o objectivo de fornecer à Empresa Focal conhecimento técnico/empírico para promover a SST na sua cadeia. O Sistema SHIELD integra vários métodos...

Gestão da segurança e saúde no trabalho em empresas produtoras de baterias automotivas: um estudo para identificar boas práticas

Oliveira,Otávio José de; Oliveira,Alessandra Bizan de; Almeida,Renan Augusto de
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 PT
Relevância na Pesquisa
195.71%
A gestão da Segurança e Saúde no Trabalho (SST) reduz riscos de acidentes, promove a saúde e a satisfação dos trabalhadores, melhora os resultados operacionais e a imagem das organizações, sobretudo daquelas do setor industrial. Este artigo tem como principal objetivo identificar, a partir do método de estudo de caso duplo, boas práticas e principais dificuldades relacionadas à gestão da SST em empresas fabricantes de baterias automotivas da região centro-oeste do Estado de São Paulo. A coleta de dados se deu por meio de observação in loco, análise de documentos e entrevistas semiestruturadas com gestores e colaboradores. O trabalho revelou que o apoio da alta direção e da área de Recursos Humanos e a participação ativa dos colaboradores são determinantes para o sucesso deste sistema e que as principais dificuldades na sua gestão advêm de falhas na comunicação, inexistência de indicadores de SST e ausência de visão estratégica para segurança.

Diretrizes para implantação de sistemas de segurança e saúde do trabalho em empresas produtoras de baterias automotivas

Oliveira,Otávio José de; Oliveira,Alessandra Bizan de; Almeida,Renan Augusto de
Fonte: Universidade Federal de São Carlos Publicador: Universidade Federal de São Carlos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
225.72%
O desenvolvimento de Sistemas de Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho (SGSST) ganha um significado cada vez mais importante no desempenho das empresas, pois, por meio deles, é possível obter a promoção da saúde e satisfação dos trabalhadores e a redução dos riscos de acidentes. No entanto, para que um SGSST obtenha bons resultados, as empresas precisam estar atentas às dificuldades comumente encontradas durante o seu processo de implantação, procurando solucioná-las de maneira antecipada e estruturada. Pelo exposto, este trabalho tem como principal objetivo apresentar diretrizes, baseadas no referencial teórico e nos resultados dos estudos de caso realizados, para implantação de SGSSTs em empresas fabricantes de baterias automotivas. Para o seu desenvolvimento adotou-se o método de pesquisa qualitativa a partir da realização de dois estudos de caso em empresas fabricantes de baterias automotivas localizadas na cidade de Bauru. Os instrumentos de coleta de dados foram entrevistas semiestruturadas, análise de documentos e observação in loco. Ao final do artigo, são propostas diretrizes relacionadas aos seguintes elementos: alta direção, estratégia organizacional, cultura organizacional, departamento de Segurança e Saúde do Trabalho (SST)...

Proposta de modelo para implementação de um sistema de gestão da qualidade e saúde e segurança do trabalho na construção civil

Alcoforado, Aline Fabiana Pereira; Medeiros, Denise Dumke de (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
165.78%
É crescente o número de organizações que implementam diferentes sistemas de gestão para atender ao exigente mercado consumidor. Dentre os sistemas existentes, a gestão da qualidade apresenta-se como uma das principais ferramentas adotadas pelas empresas construtoras interessadas em alcançar os seus objetivos específicos em relação às exigências de mercado. Contudo, a busca pela qualidade deve estar relacionada à melhoria das condições de saúde e segurança ocupacional, visto que a ausência do gerenciamento da saúde e segurança compromete a produtividade, a qualidade, os custos e o ambiente de trabalho. Neste contexto, os sistemas de gestão de saúde e segurança ganham importância, pois fornecem ferramentas gerenciais que introduzem a cultura de prevenção de acidentes, contribuindo para a eliminação ou redução dos riscos à integridade física dos trabalhadores. Este trabalho apresenta uma proposta para a integração dos sistemas de gestão da qualidade e de saúde e segurança ocupacional, baseada no referencial normativo do SiAC, do PBQP-H, e na norma OHSAS 18001:2007, nas empresas atuantes na construção civil, sobretudo nas micro e pequenas empresas. A implementação integrada desses sistemas de gestão nas empresas construtoras...

O grau de envolvimento dos intervenientes do setor do alojamento turístico no Algarve na gestão da segurança e saúde no trabalho: estudo de casos

Florêncio, Eunice Rute Amaral
Fonte: Universidade do Algarve Publicador: Universidade do Algarve
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
185.77%
O estudo do tema proposto tem como propósito averiguar o grau de envolvimento que existe por parte dos diversos intervenientes do setor do alojamento turístico no Algarve na preconização do sistema de gestão de segurança e saúde no trabalho. A metodologia aplicada para a elaboração do trabalho de projeto assenta na elaboração de questões para investigação, na explicação teórica resultante da análise de fontes documentais relativa ao tema, na elaboração de inquéritos, na recolha e análise das respostas de forma a percecionar a realidade das empresas do sector, e a explicação dos métodos de procedimento adotados. A exposição incide no estudo de caso. Caraterizam-se os empreendimentos e referem-se os intervenientes. Utiliza-se a técnica de entrevista, observação, recolha e análise de conteúdo. Recorre-se ainda, na fase exploratória do estudo, a três questionários, concebidos para grupos distintos – direção, trabalhadores e clientes - como técnicas utilizadas na recolha e análise dos dados que relatam a perceção da Segurança e Saúde no Trabalho por parte dos respetivos intervenientes, baseando-se na experiência de cada um e nas práticas existentes, no local onde trabalham ou visitam. A hipótese de investigação principal é a de que há pouca participação e envolvimento no Sistema de Gestão da Segurança e Saúde do trabalho por parte dos intervenientes. Os resultados sugerem que o envolvimento dos intervenientes...

Implementação de um Sistema Integrado de Gestão da Qualidade e Segurança e Saúde do Trabalho

Cerqueira, Rui Alexandre Gonçalves
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
185.72%
Dissertação de Mestrado em Gestão Integrada Qualidade, ambiente e Segurança; Com o crescente quadro competitivo que se apresenta às empresas, a qualidade do serviço/produto tem-se tornado um fator diferenciador no sucesso ou fracasso dessas mesmas empresas. Nos dias que correm, a incerteza é uma certeza e só as empresas mais capazes e com capacidade de adaptação a esses ventos de mudança é que lograrão singrar. Apresenta-se assim um cenário em que a Qualidade deixará de ser apenas um conceito e passará a ser um movimento, uma ação. No seguimento do ideal da Qualidade, a Segurança e Saúde do Trabalho apresenta-se, também, como um aliado de diferenciação das empresas. Cada vez mais as empresas começam a aperceber-se que o seu maior capital são os seus colaboradores, e como tal surge-se a necessidade de criar condições cada vez mais favoráveis para o seu desenvolvimento tanto pessoal como profissional. É com base nestes ideais e num processo de melhoria contínua que o presente trabalho, desenvolvido nas instalações da Fábrica de Tabaco Estrela, procura a integração, implementação e consequente certificação dos sistemas integrados de Gestão da Qualidade e Segurança e Saúde do Trabalho, tendo por base a NP ISO 9001 e a NP 4397/OHSAS 18001.; Given the present day growing competitive scenario to companies...

Implementação de um sistema de gestão de segurança e saúde do trabalho e integração com o sistema de gestão da qualidade numa empresa de fabrico e aluguer de palcos e tendas

Costa, Sílvia Marlene Neto da
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
215.82%
Dissertação de Mestrado em Gestão Integrada da Qualidade, Ambiente e Segurança; Procurando responder aos mercados cada vez mais exigentes, várias organizações apostam na implementação de sistemas de gestão, tentando demonstrar a qualidade dos produtos e as preocupações em segurança e saúde do trabalho. Com o presente projeto pretendeu-se implementar um sistema de gestão de segurança e saúde do trabalho e integrá-lo com o sistema de gestão da qualidade existente numa empresa de fabrico e aluguer de palcos e tendas. Como base utilizaram-se as normas ISO 9001 (sistema de gestão da qualidade) e OHSAS 18001 (sistema de gestão de segurança e saúde do trabalho). Adotou-se a metodologia do estudo de caso único e selecionou-se a IRMARFER como objeto de estudo. Estabeleceu-se uma matriz relacional entre as normas ISO 9001 e OHSAS 18001, identificando-se os requisitos comuns. Assim, verificou-se que para implementar um sistema integrado de qualidade e segurança e saúde do trabalho na IRMARFER, era necessário readaptar os documentos comuns aos referenciais e responder aos requisitos específicos de SST estabelecidos pela OHSAS 18001. Concluiu-se que o processo de integração deverá partir dos pontos comuns aos sistemas de gestão e que a implementação do SGSST e sua integração com o SGQ...

Sistema de Gestão Integrado da Qualidade e Segurança do trabalho numa IPSS

Simões, Liliana Raquel Pereira
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Felgueiras
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
155.77%
Dissertação de Mestrado em Gestão Integrada da Qualidade, Ambiente e Segurança; Devido à globalização e consequente intensificação da competitividade, exigência dos clientes, inovação tecnológica e mudança no contexto económico e social, as organizações enfrentam cada vez mais pressões para otimização de resultados que lhes permitam resistir num mercado cada vez mais competitivo. Como tal, a gestão integrada da qualidade e segurança e saúde do trabalho apresenta várias vantagens para a organização, nomeadamente ao nível da melhoria de desempenho e aumento da competitividade, contribuindo para a obtenção dos objetivos estratégicos e dimensão ambicionada. O objetivo deste projeto era a implementação de um sistema de gestão integrado da qualidade e segurança e saúde do trabalho numa IPSS, cumprindo os requisitos das normas NP EN ISO 9001:2008 e a NP 4397: 2008 (adaptação da norma OHSAS 18001:2007). O envolvimento e a motivação da gestão de topo, bem como a cooperação dos colaboradores, permitiram atingir o objetivo proposto. No entanto, devido ao curto período de tempo, não foi possível a verificação e atuação do sistema integrado. Pelo que é sugerido para futuros trabalhos as seguintes etapas: formação...

Sistema de Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho: Uma Proposta de Avaliação da Conformidade para a Administração Pública Federal Brasileira

Fonseca, Ivan Fagundes; Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro); Fermam, Ricardo Kropf Santos; Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro)
Fonte: Universidade Federal Fluminense - LATEC Publicador: Universidade Federal Fluminense - LATEC
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2015 POR
Relevância na Pesquisa
155.77%
O objetivo principal do presente artigo é discutir aspectos gerais relativos a sistemas de gestão em segurança e saúde no trabalho (SGSST) e expor a proposta para avaliação da conformidade para esses sistemas, como ferramenta para propiciar a melhoria contínua no desempenho referente a segurança e saúde no trabalho na administração pública federal do Brasil. O estudo foi desenvolvido com base em pesquisas bibliográficas, em estudo da legislação envolvida e de normas de sistema de SGSST. Inicialmente, será feita a contextualização referente ao tema segurança e saúde no trabalho na administração pública federal e explorado o tema normas de segurança e saúde no trabalho aplicáveis ao serviço público. Serão apresentados os normativos estruturantes do Subsistema Integrado de Atenção à Saúde do Servidor e a competência regulamentadora do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Adicionalmente, serão apresentados conceitos relacionados a norma técnica, regulamento técnico, avaliação da conformidade e certificação, seguidos de uma proposta de regulamentação baseada na avaliação da conformidade que conduza à certificação dos entes da administração pública federal que implementarem SGSST com foco na prevenção de acidentes de trabalho e de doenças ocupacionais e na manutenção de regras...