Página 1 dos resultados de 21 itens digitais encontrados em 0.056 segundos

Objetivos analítico-comportamentais e estratégias de intervenção nas interações com a criança em sessões de duas renomadas terapeutas infantis; Behavior-analytic objectives and intervention strategies on interactions with child in sessions of two renowned child therapists

Del Prette, Giovana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
55.72%
Pesquisas de processo em psicoterapia utilizam categorização de sessões como uma maneira de compreender as relações terapeuta-cliente no contexto clínico, sistematizando a descrição da prática terapêutica e identificando variáveis críticas do processo e o impacto sobre sua efetividade. A presente pesquisa buscou relacionar resultados de categorização (molar) de objetivos analítico-comportamentais, estratégias (molares) para atendimento da criança e comportamentos de terapeuta e cliente (molecular), para análise da interação em sessões de atendimento analítico-comportamental. Participaram duas renomadas terapeutas infantis. Foram realizadas filmagens de oito sessões da díade Alice-Alex, seis da díade Bertha-Bia e de entrevistas com as terapeutas doutoras em análise do comportamento com mais de 30 anos de experiência clínica infantil. As sessões foram categorizadas segundo quatro sistemas, os dois primeiros elaborados na presente pesquisa: (1) Sistema de Categorização de Objetivos Terapêuticos (SICOT), (2) Sistema de Estratégias de Conversas e Atividade Terapêuticas (SECAT), (3) Functional Analytic Psychotherapy Rating Scale (FAPRS) e (4) Categorias do terapeuta e do cliente (SMCCIT), além da categorização do foco da fala (dentro ou fora da sessão). Foram obtidos índices Kappa satisfatórios de concordância entre observadores (K>0...

Caracterização funcional de membranas cerâmicas de micro e ultrafiltração

Diel, Jefferson Luís
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
35.81%
A caracterização de membranas consiste na determinação de duas naturezas de parâmetros: a natureza morfológica (tamanho de poro, distribuição de tamanho de poro, espessura efetiva da pele e porosidade superficial) e a natureza funcional (fluxo permeado e capacidade seletiva). Essa caracterização é importante, pois permite a previsão da utilização ideal da membrana no processo de separação e possibilita a determinação prévia do comportamento e interação da membrana com a solução da alimentação, visto que no processo de fabricação de membranas não existem procedimentos padronizados e cada fabricante tem um modo de caracterização diferente para a classificação nominal de suas membranas fornecidas. O objetivo principal desse trabalho está em comprovar experimentalmente as características funcionais de três membranas de ultrafiltração (UF), com massas molares de corte (MMC) de 5 kDa (UF5), 20 kDa (UF20) e 50 kDa (UF50) e duas de microfiltração (MF), com tamanhos nominais de poros de 0,1 μm (MF1) e 0,4 μm (MF4). Para tanto, características relativas ao fluxo permeado, permeabilidade hidráulica, retenção da membrana, compactação e fouling foram avaliadas. O presente trabalho foi executado em três etapas distintas: (1) verificação experimental da compactação das membranas; (2) determinação do fluxo permeado e permeabilidade hidráulica (Lp) das membranas; e (3)...

Uso de regressões logísticas múltiplas para mapeamento digital de solos no Planalto Médio do RS; Multiple logistic regression applied to soil survey in Rio Grande do Sul State, Brazil

Figueiredo, Samuel Ribeiro; Giasson, Elvio; Tornquist, Carlos Gustavo; Nascimento, Paulo Cesar do
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
45.67%
Regressões nominais logísticas estabelecem relações matemáticas entre variáveis independentes contínuas ou discretas e variáveis dependentes discretas. Essas foram avaliadas quanto ao seu potencial em predizer a ocorrência e distribuição de classes de solos na região dos municípios de Ibirubá e Quinze de Novembro (RS). A partir de modelo numérico de terreno digital (MNT) com 90 m de resolução, foram calculadas variáveis de terreno topográficas (elevação, declividade e curvatura) e hidrográficas (distância dos rios, índice de umidade topográfica, comprimento de fluxo de escoamento e índice de poder de escoamento). Foram então estabelecidas regressões logísticas múltiplas entre as classes de solos da região com base em levantamento tradicional na escala 1:80.000 e as variáveis de terreno. As regressões serviram para calcular a probabilidade de ocorrência de cada classe de solo, e o mapa final de solos estimado foi produzido atribuindo-se a cada célula do mapa a denominação da classe de solo com maior probabilidade de ocorrência. Observou-se acurácia geral (AG) de 58 % e acurácia pelo coeficiente Kappa de Cohen de 38 %, comparando-se o mapa original com o mapa estimado dentro da escala original. Uma simplificação de escala foi pouco significativa para o aumento da acurácia do mapa...

Reabilitação cardiovascular supervisionada (rcs) : perfil de saúde de pessoas com doença arterial coronariana (dac) participantes, ex-participantes e nunca participantes do programa; Cardiac hehabilitation : health profile of participants, ex-participants and never participants with coronary heart disease

Luciane da Silva Araujo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
35.72%
As doenças cardiovasculares são a maior causa de morte e morbidade em todo mundo e os tradicionais fatores de risco vêm aumentando em muitos países devido ao estilo de vida baseado em maus hábitos de vida. Hábitos cotidianos de prática regular de exercícios físicos, alimentação saudável e controle de estresse são fatores determinantes na prevenção e reabilitação das doenças cardiovasculares. Contudo, fatores sócioeconômicos e disponibilidade de tratamento são quesitos determinantes para àqueles que dependem do serviço público. Esta pesquisa analisou o perfil de pessoas com doença arterial coronariana (DAC) do Sistema Público de Saúde (SUS) que fazem Reabilitação Cardíaca Supervisionada (RCS), comparando com pessoas com DAC do SUS que nunca fizeram RCS e com pessoas com DAC do SUS que já fizeram a RCS e que já receberam alta do programa. MÉTODOS: Fizeram parte desta pesquisa 105 (cento e cinco) pessoas de ambos os sexos com doenças coronarianas provindas do SUS (Sistema Único de Saúde). Destas, 35 pessoas (23 homens e 12 mulheres) com idade média de 62 anos (dp 7,5 anos) fizeram parte do grupo I (participantes da RCS), 35 pessoas (26 homens e 9 mulheres) com idade média de 66 anos (dp 5,8 anos) fizeram parte do grupo II (exparticipantes da RCS) e 35 pessoas (18 homens e 17 mulheres) com idade média de 63 anos (dp 6...

Análise da associação das mutações no gene FLT3 com outros fatores prognósticos em pacientes com diagnóstico de leucemia aguda

Licínio, Marley Aparecida
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 188 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
45.67%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Farmácia, Florianópolis, 2011; As leucemias agudas (LAs) constituem um grupo de neoplasias malignas caracterizadas pela proliferação descontrolada de células hematopoiéticas, proveniente de mutações que podem ocorrer em diferentes fases da diferenciação de células precursoras, o que a caracteriza como uma doença altamente heterogênea. De acordo com a classificação da Organização Mundial da Saúde (OMS) para neoplasias do sistema hematopoiético e linfoide, publicada em 2008, para um diagnóstico mais preciso e estratificação de prognóstico de pacientes com LA, devem-se pesquisar mutações nos genes FLT3. Fisiologicamente, o receptor FLT3 participa da regulação da apoptose, da proliferação, de sobrevivência e da diferenciação celular. Quando o gene FLT3 sofre mutação, dá origem a um produto final modificado, ou seja, gera um receptor com alterações estruturais. A presença de mutações nesse gene é de prognóstico desfavorável, e a análise das mutações no gene FLT3 tem sido considerada como um fator de prognóstico relevante na decisão terapêutica de pacientes com LA. Dessa forma...

Sobre a natureza, expressão formal e escopo da classificação lingüística das entidades na concepção do mundo dos Baníwa; Maye ta Baníwa ita ta museruka ta nheenga rupi maã aikwewa ta ruaki rupi

Melgueiro, Edilson Martins
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
56.08%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Classicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2009.; Nesta dissertação apresentam-se os resultados de uma investigação lingüística dos classificadores nominais da língua Baníwa do Içana, com o objetivo de contribuir, embora de forma modesta, para o aprofundamento do conhecimento lingüístico desse importante aspecto da gramática dessa língua Aruák. A dissertação fundamentou-se em estudos tipológicos e funcionais desenvolvidos sobre classificadores em línguas de duas regiões do mundo, a África e a Amazônia (Allan 1977; Dixon 1986; Derbyshire e Payne 1990, Grinevald 1999, 2000; Grinevald e Seifart 2005), assim como em línguas específicas da Amazônia (Barnes 1990; Gomez-Imbert 1996, 2006, Stenzel 2004, Chacon 2007, 2008, entre outros). Um dos principais resultados da investigação foi fundamentar, por meio de dados de segunda e de primeira mão, que o sistema de classificação semântico-funcional presente na cultura Baníwa/Kuripáko é um sistema único (e não “misto” ou “múltiplo”), que se manifesta lingüisticamente por meio de morfemas derivacionais, cuja grande maioria é de origem lexical conhecida...

Projeto de AVAC e classificação energética de uma cafetaria

Pinto, Inês Alves de Frias
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
45.75%
O antigo Centro de Iniciação Artística Infantil (CIAI) da Fundação Calouste Gulbenkian (FCG) irá sofrer obras de remodelação resultantes num edifício cujo espaço principal é uma cafetaria. Este trabalho pretende apresentar o projeto de Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado (AVAC), o projeto de Sistema Solar Térmico (SST) e a classificação energética das novas instalações. A determinação das potências de climatização do edifício foi efetuada com recurso a dois softwares de simulação térmica: Carrier HAP e Energyplus. As potências térmicas obtidas são ligeiramente diferentes com ambos os programas no dimensionamento de unidades terminais mas sem expressão no momento de seleção de equipamentos. As potências térmicas da Unidade de Tratamento de Ar (UTA) apresentaram diferenças significativas, possivelmente relacionados com o modo de caracterização da recuperação de calor com cada programa. Foi utilizado o software Solterm para análise e dimensionamento do SST, revelando-se uma ferramenta útil e intuitiva no apoio a projeto e à estimativa de consumos energéticos do edifício. Enquadrando-se o edifício no Regulamento dos Sistemas Energéticos de Climatização de Edifícios (RSECE), calculou-se o Indicador de Eficiência Energética (IEE) para atribuição da sua classe. Efetuaram-se...

Contibuto para método simplificado no âmbito do SCE

Reis, Rui de Almeida
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 POR
Relevância na Pesquisa
45.75%
Tese de mestrado integrado em Engenharia da Energia e do Ambiente, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2011; A aplicação do Regulamento dos Sistemas Energéticos de Climatização em Edifícios (RSECE, Decreto-Lei n.º 79/2006) a edifícios de serviços existentes e a consequente atribuição de uma classe energética, no âmbito do Sistema Nacional de Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior nos Edifícios (SCE, Decreto-Lei n.º 78/2006), carece de um estudo aprofundado onde se proponham medidas de melhoria e simplificação de procedimentos, que visem contribuir positivamente numa futura revisão Regulamentar. Actualmente, a classe energética de um grande edifício de serviços existente é determinada por comparação do consumo de energia do edifício em condições nominais, obtido por simulação dinâmica detalhada, com um valor tabelado por tipologia de edifício. O levantamento dimensional e construtivo exaustivo que requerem a simulação térmica dos edifícios, procedimentos do método exigido pela actual Regulamentação para efeitos da classificação energética dos grandes edifícios de serviços existentes, associados a divergências entre o consumo energético efectivo e a classe atribuída...

Saúde dos enfermeiros: contributos para a sua compreensão

Fronteira, Inês
Fonte: IHMT Publicador: IHMT
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
36.08%
INTRODUÇÃO Os profissionais dos cuidados de saúde são essenciais ao desempenho de excelência dos sistemas de saúde pelo que devem ser capazes de funcionar em plenitude. A saúde é um activo para esse pleno funcionamento. Os enfermeiros representam o grupo profissional mais numeroso dos profissionais dos cuidados de saúde. Como tal, têm um importante papel a desempenhar no sistema de saúde e na determinação da saúde da população. O desempenho dos enfermeiros, mas também as condições em que trabalham e o impacto destas na sua saúde, devem, assim, ser estudados. Tem sido sugerido que os enfermeiros têm um perfil de saúde diferente do da restante população, com problemas de saúde específicos. São vários os factores que influenciam a saúde: características e comportamentos dos indivíduos, ambiente económico e social e ambiente físico. A saúde é entedida como um activo para a vida social e laboral plena e eficiente. Compreende-se que mais do que o somatório das diferentes dimensões, a saúde é a interacção e simbiose entre saúde física e mental, auto-percepção do estado de saúde e qualidade de vida e bem estar. A saúde dos enfermeiros é determinada pelo sistema de saúde onde trabalham e...

Gestão da medicação crónica no período perioperatório : avaliação das recomendações terapêuticas baseadas na evidência

Mendes, Liliana Pires Antunes Castanheira de Carreiro
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
45.67%
Introdução: Atualmente, um número crescente de cirurgias é realizado em populações cada vez mais idosas o que poderá representar um maior risco de complicações, quer devido à comorbilidade inerente, quer à polimedicação associada. A instituição de medicação crónica nestes doentes permite que estes tenham as suas doenças crónicas estabilizadas, o que possibilita a realização de uma cirurgia. Por outro lado, a evolução das técnicas cirúrgica e anestésica, permite o aumento da acessibilidade aos cuidados cirúrgicos, bem como o recurso crescente a intervenções complexas. Assim, é da maior pertinência atual avaliar as consequências da gestão da medicação crónica no período perioperatório. O estudo realizado em 2000 por Kennedy e colaboradores identificou que 49% dos doentes submetidos a cirurgia geral ou vascular tomavam medicação crónica, e que esta estava associada a um risco relativo de 2.7 de complicações no pós-operatório, comparativamente aos doentes sem qualquer medicação. Ainda neste estudo, verificou-se que 5% dos doentes que tomavam medicação tiveram complicações diretamente relacionadas com a suspensão dessa medicação no período perioperatório. Na literatura publicada são escassos os dados sobre a utilização e gestão da medicação crónica nos doentes cirúrgicos...

A distinção contável-massivo e a expressão de número no sistema nominal

Paraguassu-Martins,Nize; Müller,Ana
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP Publicador: Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2007 PT
Relevância na Pesquisa
35.66%
Este trabalho investiga a distinção contável-massivo entre os nomes comuns. Em particular, nos debruçamos sobre a distinção contável-massivo e sua relação com a morfologia de número. Defendemos que não existe uma correspondência tipológica necessária entre a ausência de marcação de número e a inexistência de uma distinção entre nomes contáveis e nomes massivos. Além disso, a classificação das abordagens da distinção contável-massivo proposta por Joosten (2002) é apresentada com a finalidade de mostrar que essa distinção pode ser tratada ou como uma distinção lexical entre as denotações dos nomes comuns ou como uma distinção entre tipos de sintagmas nominais.

O comportamento do verbo “poder” no português do Brasil

Silva, Elias André da; Carvalho, Nelly Medeiros de (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
BR
Relevância na Pesquisa
35.67%
O Verbo PODER (Vpoder) faz parte da categoria dos verbos auxiliares, mais precisamente dos auxiliares modais. Todavia, esse verbo não apresenta estrutura semelhante aos demais que recebem a classificação de modalizadores. Este fato constitui-se o cerne central da discussão proposta neste trabalho de tese: a determinação de que o Vpoder não atende aos critérios percebidos nos verbos modais em relação ao seu funcionamento no Português do Brasil (PB) com a função plena e com a função de auxiliar, de forma específica numa comparação com seu par modal, o verbo DEVER. Nesse sentido, ele não possui função lexical dentro do sistema verbal do PB, numa visão mais voltada a uma análise do ponto de vista da análise tradicional da gramática; ou, numa visão da teoria gerativa, não subcategoriza um argumento interno, por não atribuir Caso Acusativo. Para montagem do corpus deste estudo são fontes dos dados o Jornal Folha de S. Paulo, especificamente a seção Tendências e Debates, números publicados no primeiro semestre de 2008; dados de introspecção testados com falantes nativos do PB na região Nordeste; notícias publicadas no Jornal Gazeta de Alagoas; Anúncios publicitários em outdoors de empresas telefônicas e de faculdades; Revistas de notícias como ÉPOCA...

O sistema de classificação nominal Akwe-Xerente (Jê): âmbitos de análise; The system of classification Akwe-Xerente:scope of analysis

SIQUEIRA, Kênia Mara de Freitas
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Letras e Linguistica; Linguistica, Letras e Artes Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Doutorado em Letras e Linguistica; Linguistica, Letras e Artes
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
146.24%
The need to describe and document the languages threatened with extinction has been gaining importance in the last decades, given the growing risks of cultural loss and the knowledge accumulated by indigenous people. The purpose of continuity of each one of these languages is ensured by actions based on the results of studies which focus on the description of the sociolinguistic problem, as well as on the description and analysis of the linguistic aspects which characterize the language of a determined linguistic family, since the death of a language means, among many other things, an undetermined loss of the science of Linguistics and, above all, the disrespect for the rights of these people to preserve their immaterial richness. The present research has as objective to answer some questions regarding the use of classifiers, terms of classes and names in classifying function as components of the classifying system of the language Akwe-Xerente (Jê), spoken by the indigenous people of the same name. The Akwe-Xerente add up to about 3,100 people and inhabit indigenous lands in the region of Tocantinia, in the Tocantins State. The description of the system of the Xerente classification is based on theoretical functional references for the recognition and differentiation of some nominal radicals which may occur in the function of classifying or organizing the classes which show common characteristics amongst the designated items such as form...

Construindo um domínio não-finito: a sintaxe de orações de gerúndio em português brasileiro; Building a nonfinte domain: the syntax of gerund clauses in Brazilian Portuguese

Fong, Suzana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
45.72%
Nesta dissertação, investigo orações de gerúndio (OG) em português brasileiro, orações não-finitas em que o verbo está no gerúndio. OGs podem ocorrer numa série de ambientes sintáticos diferentes. Elas podem ser argumentais ou não. Quando argumentais, elas podem ser selecionadas por diferentes predicados, tanto como sujeito quanto como complemento. Quando elas são não-argumentais, as OGs podem ser adjuntos tanto de elementos nominais como verbais. Quando elas são adjuntos verbais, elas podem se adjungir a diferentes porções da estrutura. Não obstante essa diversidade, tento analisar as OGs de maneira unificada. A proposta central é que existem três classes de OG, sendo que elas diferem na composição estrutural. De um lado, haveria a estrutura mais simples de OG, um AspP. Proponho que AspP seja nucleado pelo morfema de gerúndio, já que esse morfema parece contribuir com aspecto progressivo para o significado da oração. De outro lado, a estrutura mais complexa de OG é CP, que domina TP, que, por sua vez, domina o AspP mínimo. Entre esses dois extremos, haveria OGs que projetam não apenas AspP, mas também TP, mas sem projetar CP. As OGs mais complexas serão denominadas classe 1, as OGs intermediárias...

Estimativa da eficiência do ensaio SPT através da execução da prova de carga estática sobre o amostrador; Estimation of the efficiency in SPT test through static load tests to the sampler

Trejo Noreña, Pablo Cesar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/07/2011 PT
Relevância na Pesquisa
55.72%
O ensaio de simples reconhecimento com o SPT é um dos mais utilizados para investigação do subsolo nos EUA e no Brasil. Os dados obtidos com este ensaio dinâmico, tais como o índice de resistência à penetração NSPT, classificação do solo e nível freático são usados por diferentes métodos para estimativa de capacidade de carga de fundações rasas e profundas. Para um mesmo solo, o índice NSPT pode ser diferente se diferentes equipamentos forem usados devido ao fato de que diferentes equipamentos de SPT mostram diferentes níveis de eficiência. Em vista disso, uma alternativa para estimar a eficiência do ensaio SPT é utilizando-se o ensaio de prova de carga estática sobre o amostrador. Este ensaio foi implementado para poder avaliar a eficiência do ensaio SPT. Para este fim, foram executados 13 ensaios dinâmicos e 13 ensaios estáticos no campus experimental do Laboratório de Engenharia Civil da UNESP (Bauru). Para estimar a eficiência do ensaio SPT através do ensaio dinâmico, um sistema de aquisição analógico-digital foi utilizado para obter registros de aceleração e força na seção localizada junto ao amostrador SPT. O ensaio dinâmico foi modificado para utilizar várias energias potenciais nominais do martelo e sistemas de elevação. A determinação da eficiência do ensaio através da execução da prova de carga estática foi obtida com base no princípio de Hamilton. Adicionalmente...

Grupos nominais do portugues : uma abordagem parafrastica

Marta Maria Lazarin Ricci
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/1997 PT
Relevância na Pesquisa
25.72%
Nesta dissertação, a paráfrase é considerada como um procedimento lingüístico que promove a constituição e o modo de organização dos textos. Os dados analisados foram retirados de textos orais e escritos, com o propósito de mostrar que os grupos nominais (SNs) do Português que estabelecem relações de equivalência semântica - relações parafrásticas - atuam como um mecanismo de coesão textual (referencial e seqüencial) .A análíse do funcionamento desses SNs na organização do texto faz-se, inicialmente (cap. 1), no nível do sistema sintático, em que são examinados os constituintes do SN que estão em relações de paráfrase. Tal procedimento resultou na abordagem da paráfrase segundo tres categorias sintáticas de análise: paráfrases intrasintagmáticas (cap. 2) , intra-sentenciais (cap. 3) e intersentenciais (cap. 4). O capítulo 4 apresenta uma classificação dos 'SNs de acordo com as relações sintáticas de simetria e assimetria entre os elementos parafraseados e, à luz do sistema semântico, são abordados dois tipos de paráfrase desencadeados pelos SNs: referencial e inferencial. No capítulo 5, propõe-se uma tipologia de SNs, a partir de suas relações de natureza morfológica, semânticolexical...

Estudo morfológico e sintático da língua mundurukú (tupí)

Gomes, Dioney Moreira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
PT_BR
Relevância na Pesquisa
55.98%
Tese(doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Classicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2006.; Esta tese aborda aspectos da morfologia e da sintaxe da língua Mundurukú (Tupí). No capítulo 1, apresentamos os marcadores pessoais e os prefixos relacionais, os primeiros de natureza clítica e os segundos sem caráter pessoal. O entendimento desses dois fenômenos é importante para compreender o restante das análises aqui feitas, uma vez que há tanto classes de palavras que ocorrem com eles (verbos, nomes e posposições), quanto classes que não os tomam (pronomes, advérbios, palavras interrogativas, conjunções e partículas). O capítulo 2 é dedicado ao verbo e mostra suas principais características morfossintáticas a partir da distinção de suas subclasses e da análise de sua morfologia flexional e derivacional. O capítulo 3 é reservado aos nomes e posposições, duas classes que compartilham marcação pessoal e flexão relacional. As demais classes e sua morfossintaxe são apresentadas no capítulo 4, que traz os pronomes, os advérbios, as palavras interrogativas, as conjunções e as partículas. Os pronomes foram divididos em três subclasses: os pessoais...

Classificação nominal em Libras : um estudo sobre os chamados classificadores

Mendonça, Cleomasina Stuart Sanção Silva
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
86.02%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2012.; Os classificadores são descritos pela literatura em língua de sinais como um fenômeno que decorre de uma classificação de paradigmas verbais ou formas usadas para descrever um determinado item lexical que não há língua. Contudo, as pesquisas sobre línguas orais demonstram que, dentro do sistema de classificação nominal, os classificadores desempenham um processo que vai além das formas linguísticas. Nesse caso, estamos diante de uma forma de pensar, cognitivamente, voltada para a criação de esquemas mentais e de uma classificação das palavras que se origina nas experiências dos falantes. Outra característica fundamental dos classificadores em línguas orais é a correlação com aspectos sociais e culturais. Se por um lado os estudos funcionais descrevem essa complexidade em línguas orais, em Libras as análises não apresentam essas características. É com essa questão que a presente pesquisa analisou os ‘classificadores’ em Libras segundo o funcionalismo-tipológico...

Gestão da medicação crónica no período perioperatório : avaliação das recomendações terapêuticas baseadas na evidência

Mendes, Liliana Pires Antunes Castanheira de Carreiro
Fonte: Universidade da Beira Interior Publicador: Universidade da Beira Interior
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /08/2012 POR
Relevância na Pesquisa
45.67%
Introdução: Atualmente, um número crescente de cirurgias é realizado em populações cada vez mais idosas o que poderá representar um maior risco de complicações, quer devido à comorbilidade inerente, quer à polimedicação associada. A instituição de medicação crónica nestes doentes permite que estes tenham as suas doenças crónicas estabilizadas, o que possibilita a realização de uma cirurgia. Por outro lado, a evolução das técnicas cirúrgica e anestésica, permite o aumento da acessibilidade aos cuidados cirúrgicos, bem como o recurso crescente a intervenções complexas. Assim, é da maior pertinência atual avaliar as consequências da gestão da medicação crónica no período perioperatório. O estudo realizado em 2000 por Kennedy e colaboradores identificou que 49% dos doentes submetidos a cirurgia geral ou vascular tomavam medicação crónica, e que esta estava associada a um risco relativo de 2.7 de complicações no pós-operatório, comparativamente aos doentes sem qualquer medicação. Ainda neste estudo, verificou-se que 5% dos doentes que tomavam medicação tiveram complicações diretamente relacionadas com a suspensão dessa medicação no período perioperatório. Na literatura publicada são escassos os dados sobre a utilização e gestão da medicação crónica nos doentes cirúrgicos...

Classificadores nominais em três línguas indígenas da Amazônia brasileira: ampliando tipologias

Cabral, Ana Suelly Arruda Câmara; Univerisidade de Brasília; Kalapalo, Kaman; Universidade de Brasília; Awetí, Makaulaka Mehinaku; Universidade de Brasília; Oliveira, Sanderson Castro Soares de; Universidade de Brasília; Suruí, Uraan
Fonte: Laboratório de Línguas e Literaturas Indígenas Publicador: Laboratório de Línguas e Literaturas Indígenas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Peer-reviewed Article; Avaliado por Pares Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2015 POR
Relevância na Pesquisa
55.84%
Descrevemos três sistemas de classificação nominal presentes em três línguas indígenas brasileiras – Mehináku (família Aruák), Nahukwá-Kalapálo (família Karíb), e Suruí (falada pelos Paitér éy) (família Mondé, tronco Tupí). Com exceção do sistema de classificadores da língua Mehináku, do qual Mori (2005, 2007, 2012) descreveu alguns aspectos, os outros dois sistemas são aqui descritos pela primeira vez e juntos evidenciam singularidades de sistemas de classificação nominal ainda não considerados em estudos descritivos, históricos ou tipológicos sobre línguas Tupí e Karíb.