Página 1 dos resultados de 5 itens digitais encontrados em 0.041 segundos

Ecossistemas de replicadores: uma abordagem via mecânica estatística de sistemas desordenados; Replicators ecosystems: a statistical mechanics of disordered systems approach

Poderoso, Fabio Campos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/09/2007 PT
Relevância na Pesquisa
16.09%
Nesta tese utilizamos o modelo do replicador aleatório, proposto por Diederich e Opper, para analisar as propriedades de equilíbrio de ecossistemas complexos (formados por um grande número de espécies) em três situações distintas. Na primeira parte desta tese, investigamos os efeitos de interações variáveis sobre a estrutura do ecossistema, utilizando o método de réplicas generalizado, introduzido por Penney et al. Este formalismo propõe uma nova interpretação para o índice de réplicas n, a saber, como sendo a razão entre duas temperaturas características: a temperatura relacionada aos acoplamento e a temperatura associada às variáveis de spin. Empregando t\'ecnicas de campo m\'edio de Mec\^anica Estat\'{\i}stica e tamb\'em simula\c\~oes num\'ericas tratamos, em particular, do estado fundamental ($\beta ightarrow + \infty$). Encontramos dois regimes distintos, um onde prevalece a coopera\c\~ao entre as diferentes esp\'ecies ($\beta^{\prime} > 0$) e outro no qual a competi\c\~ao \'e predominante ($\beta^{\prime} < 0$). No primeiro caso temos uma transi\c\~ao descont\'{\i}nua para um regime de diversidade nula e no outro temos uma m\'axima diversidade das esp\'ecies. Na segunda parte desta tese \cite, estudamos as implica\c\~oes de uma temperatura finita sobre a estrutura do ecossistema. Utilizamos a regra de Hebb para descrever as intera\c\~oes entre as diferentes esp\'ecies. A temperatura surge...

A confiabilidade no projeto de pilares de concreto armado

Ara??jo, Jos?? Milton de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande Publicador: Universidade Federal do Rio Grande
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
16.1%
O objetivo deste trabalho ?? a an??lise probabil??stica de pilares de concreto armado com o emprego do m??todo dos elementos finitos. As propriedades do concreto s??o representadas como campos estoc??sticos Gaussianos homog??neos. A tens??o de escoamento do a??o, a localiza????o das armaduras, as dimens??es da se????o transversal do pilar e a carga axial s??o consideradas como vari??veis aleat??rias. O m??todo de Monte Carlo ?? utilizado para a obten????o dos valores esperados e dos desvios padr??es da carga de ruptura. O m??todo dos coeficientes parciais de seguran??a ?? empregado para o dimensionamento dos pilares e a seguran??a estrutural ?? avaliada atrav??s do ??ndice de confiabilidade, o qual ?? obtido por meio de simula????es. Os efeitos dos principais par??metros no ??ndice de confiabilidade s??o estudados.

Design de nanodispositivos eletroluminescentes baseados no ALQ3

SILVA, Alessandre Sampaio da
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
26.1%
Neste trabalho reportamos a investiga??o te?rica da solvata??o dos is?meros do tris- (8-idroxiquinolinolato) de alum?nio III ? Alq3, as propriedades eletroluminescentes na solvata??o de Alq3 em l?quidos org?nicos como metanol, etanol, dimetilformamida (DMF) e acetonitrila, a fim de se entender a depend?ncia na varia??o de ambientes do sistema, aperfei?oando o funcionamento de filmes transportadores em dispositivos eletroluminescentes do tipo OLED (Organic Light-Emitting Diodes) e por fim investigamos o mecanismo do transporte eletr?nico no Alq3 aplicando uma baixa corrente el?trica na mol?cula e evidenciando as curvas corrente-voltagem caracter?stica do dispositivo. A simula??o consiste na aplica??o do m?todo sequencial Monte Carlo / Mec?nica qu?ntica (S-MC/MQ), que parte de um tratamento inicial estoc?stico para separa??o das estruturas mais prov?veis de menor energia e posteriormente com um tratamento qu?ntico para plotar os espectros eletr?nicos das camadas de solvata??o separadas atrav?s do m?todo ZINDOS/S. Nas propriedades el?tricas do transporte utilizamos o m?todo da fun??o de Green de n?o equil?brio acoplado a teoria do funcional densidade (DFT) inferindo que as ramifica??es mais externas correspondentes aos an?is no Alq3 seriam terminais para o translado eletr?nico. Nossos resultados mostraram que a m?dia dos espectros de absor??o para solvata??o do Alq3 em solu??es sofre um desvio m?nimo com a mudan?a de ambiente...

Previs?o estoc?stica de n?vel fluviom?trico para cidade de Marab?-PA: m?todo de Box-Jenkins

C?MARA, Renata Kelen Cardoso
Fonte: Universidade Federal do Pará Publicador: Universidade Federal do Pará
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.26%
O Munic?pio de Marab?- PA, situado na regi?o Amaz?nica, sudeste do Estado do Par?, sofre anualmente com eventos de enchentes, ocasionados pelo aumento peri?dico do rio Tocantins e pela situa??o de vulnerabilidade da popula??o que reside em ?reas de risco. A defesa civil estadual e municipal anualmente planeja e prepara equipes para a??es de defesa no munic?pio. Nesta fase o monitoramento e previs?o de eventos de enchentes s?o importantes. Portanto, com o objetivo de diminuir erros nas previs?es hidrol?gicas para o Munic?pio de Marab?, desenvolveu-se um modelo estoc?stico para previs?o de n?vel do rio Tocantins, baseado na metodologia de Box e Jenkins. Utilizou os dados de n?veis di?rios observados nas esta??es hidrol?gicas de Marab? e Carolina e Concei??o do Araguaia da Ag?ncia Nacional de ?guas (ANA), do per?odo de 01/12/ 2008 a 31/03/2011. Efetuou-se o ajustamento de tr?s modelos (Mt, Nt e Yt), atrav?s de diferentes aplicativos estat?sticos: o SAS e o Gretl, usando diferentes interpreta??es do comportamento das s?ries para gerar as equa??es dos modelos. A principal diferen?a entre os aplicativos ? que no SAS usa o modelo de fun??o de transfer?ncia na modelagem. Realizou-se uma classifica??o da variabilidade do n?vel do rio...

Simula??o em n?vel de gene e de indiv?duo aplicada ao melhoramento animal; Simulation of individual and gene level applied to animal breeding

Farah, Michel Marques
Fonte: UFVJM Publicador: UFVJM
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
106.77%
A simula??o de dados apresenta diversas vantagens, como proporcionar a obten??o de respostas ? sele??o e diminuir o tempo necess?rio para a avalia??o das metodologias estudadas no melhoramento gen?tico animal. Por?m, os trabalhos que utilizam simula??o empregam v?rios termos como simula??o estoc?stica, simula??o determin?stica, simula??o de Monte Carlo, simula??o em n?vel de gene e simula??o em n?vel de indiv?duo e, muitas vezes, estes termos s?o utilizados de maneiras diferentes ou em outras condi??es, causando uma diverg?ncia nos termos utilizados. Assim, os objetivos deste trabalho foram agrupar, definir e diferenciar os termos t?cnicos utilizados nos trabalhos de simula??o em melhoramento gen?tico animal e comparar e definir as propriedades dos procedimentos de simula??o em n?vel de indiv?duo e em n?vel de gene. Foram desenvolvidos tr?s cen?rios de simula??o, em n?vel de indiv?duo, em n?vel de gene com e sem marcador utilizando o software LZ5. Foram simuladas tr?s popula??es de su?nos para cada cen?rio e com diferentes herdabilidades (0,12, 0,27 e 0,47). A popula??o-base foi constitu?da de 1500 animais, sendo 750 machos e 750 f?meas e para as duas simula??es em n?vel de gene foi considerado um genoma de 2800 cM e 18 cromossomos de tamanhos aleat?rios...