Página 1 dos resultados de 1 itens digitais encontrados em 0.010 segundos

Organização conceptual das categorias e a lexicalização de um protótipo (fruta)

Teixeira, José
Fonte: Universidade do Minho. Centro de Estudos Humanísticos Publicador: Universidade do Minho. Centro de Estudos Humanísticos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 POR
Relevância na Pesquisa
66.13%
A organização prototípica das categorias pode ser bastante reveladora da forma como a lexicalização linguística é simultaneamente resultado e causa das percepções e do stock cognitivo que uma comunidade linguística tem do mundo e das vivências sobre ele construídas. Noções como a de “significado corporizado” são, para a perspectiva cognitiva, o reflexo de que não é possível separar de forma rígida, como as semânticas de fundamentação lógica o pretendem, o conhecimento linguístico e o chamado “conhecimento do mundo”. Analisando os resultados de algumas centenas de vários tipos de inquéritos sobre o conceito fruto, procura-se demonstrar como é que a conceptualização é o resultado de interacções entre os mecanismos linguísticos e os restantes mecanismos cognitivos, organizando-se, as categorias resultantes, em blocos de estrutura prototípica.