Página 1 dos resultados de 537 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Infidelidade e ciúme no relacionamento amoroso e sexual

Garcia, Ana Sofia Cunha
Fonte: Repositório Científico Lusófona Publicador: Repositório Científico Lusófona
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
56.51%
RESUMO: O presente estudo tem como objectivo avaliar a relação, por género, entre a infidelidade, o ciúme e a satisfação sexual. Para tal foi utilizada uma amostra de 186 sujeitos, de ambos os sexos, que preencheram um protocolo que incluía como medidas de avaliação um questionário de dados demográficos,um de envolvimentos românticos e sexuais, um de reacções emocionais à infidelidade do parceiro, o Multidimensional Jealousy Scale (Pfeiffer & Wong, 1989), o Big Five Inventory (Benet-Martinez & Oliver, 1998) e o Index Sexual Satisfaction (Hudson, Harrison & Crosscup, 1981). Foram encontradas diferenças entre géneros face à infidelidade, sendo que os homens consideram pior uma infidelidade sexual e as mulheres uma infidelidade emocional. A insatisfação sexual associou-se positivamente ao ciúme, em ambos os sexos, contudo, nas mulheres associou-se positivamente a duas dimensões do ciúme enquanto nos homens apenas se associou a uma. O ciúme associou-se de forma positiva com alguns sentimentos como traição, engano, ódio, rejeição ou desilusão, face à infidelidade, em ambos os sexos, o que parece indicar que ambos os sexos reagem aos dois tipos de infidelidade, contudo diferenciam-se na experiência dos sentimentos a ela associados. ABSTRACT: This study aims to assess the relationship...

Efeitos do Trifolium pratense nos sintomas climatéricos e sexuais na pós-menopausa; Effects of Trifolium pratense on the climacteric and sexual symptoms in postmenopause

GIORNO, Cecília Del; FONSECA, Angela Maggio da; BAGNOLI, Vicente Renato; ASSIS, Joserita Serrano de; SOARES JR, José Maria; BARACAT, Edmund Chada
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
56.52%
OBJETIVO: Avaliar os efeitos do tratamento com Trifolium pratense nos sintomas climatéricos e na satisfação sexual de mulheres na pós-menopausa. MÉTODOS: Este estudo foi prospectivo, randomizado, duplo-cego e controlado com placebo. Foram selecionadas 120 mulheres na faixa etária de 45 anos a 65 anos com sintomas climatéricos, amenorreia superior a um ano e sem tratamento nos últimos seis meses. Após a seleção, foram divididas em dois grupos: GT -receberam Trifolium pratense na dose de 40 mg, 1 capsula/dia; GP -receberam placebo (controle), contendo lactose, 1 cápsula/dia. A duração do tratamento foi de 12 meses. As pacientes foram avaliadas clinica e laboratorialmente antes do tratamento e com quatro, oito e 12 meses de tratamento. Foi empregado também o Índice Menopausal de Kupperman (IMK) e o Inventário de Satisfação Sexual Golombok Rust. No final do estudo, cada grupo tinha 50 pacientes. RESULTADOS: Houve melhora significante dos sintomas menopausais após quatro meses de tratamento pelo IMK, principalmente em relação aos fogachos, comparando os dados antes do tratamento nos dois grupos, porém, não houve diferença significante entre os grupos. Não houve melhora na sexualidade antes e após o tratamento. CONCLUSÃO: O tratamento por 12 meses com Trifolium pratense...

Sexual satisfaction among patients with erectile dysfunction treated with counseling, sildenafil, or both

ABDO, Carmita H. N.; AFIF-ABDO, Joao; OTANI, Fabio; MACHADO, Albangela Ceschin
Fonte: BLACKWELL PUBLISHING Publicador: BLACKWELL PUBLISHING
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
66.44%
Introduction. Sexual satisfaction is linked to life satisfaction, and erectile dysfunction (ED) may lead to an impaired quality of life (QOL). Aim. Our goal was to evaluate the QOL among Brazilian patients with ED, before and after three kinds of treatment. Methods. Men aged 25-55 years, with a diagnosis of psychogenic or mixed ED, according to the Classification of Mental and Behavioral Disorders of the International Classification of Diseases, 10th edition, and the Standard Practice in Sexual Medicine, were randomly assigned to three treatment groups: counseling, sildenafil, and sildenafil plus counseling. At baseline each group had 40 patients. Sildenafil was provided in 50 mg that could be adjusted to 100 mg. The patients could initially take one to two tablets per week and the entire treatment lasted for 3 months. Counseling was provided in group sessions that took place once a week. They were evaluated at baseline and after 3 months of treatment with the Male Sexual Quotient (MSQ) and the Sexual Health Inventory for Men (SHIM). Main Outcome Measures. The correlation between the patients` MSQ score and scores on the SHIM. Results. One hundred seventeen patients were enrolled. The three groups were similar according to age, marital status...

Sexualidade e envelhecimento: uma análise da relação atividade e satisfação sexual; Sexuality and aging: an analysis of relationship between sexual activity and satisfaction

Rodrigues, Carlos Lima
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
56.63%
O objetivo desta tese é analisar se há associação entre atividade sexual e satisfação sexual, e as condições demográficas, socioeconômicas e de saúde, e também a importância dada à vida sexual no passado e no presente, para a população idosa residente no município de São Paulo. Foram considerados os dados do Estudo SABE - Saúde, Bem-Estar e Envelhecimento, relativos à amostra de 2006, composta por 1.078 sujeitos, correspondendo após ponderação a uma população de 854.724 idosos do município de São Paulo. Homens e mulheres foram analisados separadamente, e os dados comparados posteriormente. Os resultados mostraram que frente ao aumento da idade e determinadas condições socioeconômicas e de saúde, a satisfação sexual é cada vez menos associada à atividade sexual, sendo isso mais verificado entre as mulheres do que os homens. Em relação às condições de saúde, a ocorrência de doenças entre as mulheres mostrou mais interferência negativa para a satisfação sexual do que entre os homens. Entre os casados verificou-se maior relação entre a atividade sexual e a satisfação sexual. Como conclusão observou-se que, com o avanço da idade, a satisfação sexual está menos associada à realização de atividade sexual...

Relacionamento conjugal no início da gravidez e aos três meses pós-parto : frequência e satisfação sexual

Rodrigues, Joana Carneiro
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.62%
Dissertação de mestrado integrado em Psicologia (área de especialização em Psicologia Clínica e da Saúde); Este estudo tem como objetivo identificar diferenças na frequência e satisfação sexual, entre o primeiro trimestre de gravidez e três meses pós-parto. Outro objetivo é avaliar o efeito da relação conjugal, da frequência e da satisfação sexual, no primeiro trimestre de gravidez, nas mesmas variáveis, três meses pós-parto. Participaram 97 indivíduos, com idades compreendidas entre os 17 e 46 anos, utentes da Consulta Externa de Ginecologia/Obstetrícia da Maternidade Júlio Dinis. Os instrumentos utilizados foram um questionário sociodemográfico e o Relationship Questionnaire (RQ). Os resultados revelaram que não existem diferenças na frequência e satisfação sexual, entre o primeiro trimestre de gravidez e três meses pós-parto. A relação conjugal positiva e negativa, no primeiro trimestre de gravidez, predizem a relação conjugal positiva e negativa, três meses pós-parto. A frequência sexual, no primeiro trimestre de gravidez, prediz a frequência sexual, três meses pós-parto. A satisfação sexual e a relação conjugal positiva, no primeiro trimestre de gravidez, predizem a satisfação sexual...

Satisfação sexual de homens com lesão vertebro-medular; Sexual satisfaction of men with spinal cord injury

Pereira, Teresa Adelaide Ribeiro; Vilaça, Teresa
Fonte: Publicações CIEd Publicador: Publicações CIEd
Tipo: Parte de Livro
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
66.56%
A satisfação sexual de pessoas com lesão vertebro-medular (LVM) é influenciada por fatores relacionais, físicos e psicossociais. Para compreender a satisfação sexual de homens com LVM em Portugal realizou-se esta investigação que, entre outros objetivos, procurou: i) descrever as mudanças ocorridas na vida quotidiana após a LVM; ii) caracterizar a satisfação sexual dos homens depois da LVM. Com essa intenção, fez-se um estudo de natureza qualitativa, com recurso a uma entrevista semiestruturada, realizada numa amostra de conveniência de homens com LVM de origem traumática (N=12), que estiveram internados num serviço de reabilitação. Verificou-se neste estudo que todos os relacionamentos permaneceram bons e a parte afetiva ficou mais forte em detrimento da parte sexual. Uma parte destes homens continuou a ter projetos para o futuro, nomeadamente a manifestar o desejo de poderem concretizar o papel da paternidade. O amor, o carinho, o beijo, o toque e certas atitudes que costumavam ter antes da lesão continuaram a dar prazer após a lesão, exceto nas zonas do corpo que não tinham sensibilidade, ou que tinham a sensibilidade diminuída. O desejo sexual continuou a existir, mas alguns referiram estar alterado ou diminuído. A ejaculação estava ausente na maioria destes homens e mais de metade da amostra tomava medicação para ter ereção suficientemente firme e duradoura. Estes resultados mostram como é importante desenvolver no futuro mais investigação a nível da sexualidade e educação em sexualidade de homens com LVM.; Sexual satisfaction of individuals with spinal cord injury (SCI) is influenced by relational...

Determinantes da satisfação conjugal : felicidade, bem-estar subjetivo, personalidade e satisfação sexual

Carvalho, Tânia Alexandra Martins
Fonte: Universidade Católica Portuguesa Publicador: Universidade Católica Portuguesa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em 15/10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.59%
Sendo uma necessidade fundamental do Homem na vida adulta, o casamento é considerado um investimento afetivo e emocional entre duas pessoas. Este estudo teve como objetivo verificar a associação existente entre a satisfação conjugal e alguns determinantes da mesma, como a felicidade, o bem-estar subjetivo, a personalidade e a satisfação sexual. Trata-se de um estudo quantitativo correlacional a uma amostra constituída por 136 adultos. Foram utilizados como instrumentos de avaliação o Questionário Sociodemográfico, a Escala de Avaliação da Satisfação em Áreas da Vida Conjugal (EASAVIC), o Índice de Bem-estar Pessoal (IBP), a Escala Sobre a Felicidade e o Inventário da Personalidade NEO-FFI. Os principais resultados revelam que os indivíduos mais felizes apresentam-se mais satisfeitos em áreas da vida conjugal, como nas relações extrafamiliares, continuidade da relação, comunicação e gestão de conflitos, sentimentos e expressão dos mesmos, sexualidade e intimidade emocional. Verificamos, também, que o bem-estar subjetivo está associado ao modo como os indivíduos geram os conflitos, a uma melhor comunicação e uma maior intimidade emocional. Porém, não se encontra associado às funções familiares e aos tempos livres. A satisfação sexual encontra-se fortemente associada à satisfação conjugal...

Validação de uma versão feminina do Índice de Satisfação Sexual (ISS)

Pechorro, Pedro Fernandes dos Santos; Diniz, António Augusto Pinto Moreira; Almeida, Sara; Vieira, Rui Xavier
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 POR
Relevância na Pesquisa
56.41%
O objectivo do presente estudo foi proceder à validação de uma versão portuguesa para mulheres do Índice de Satisfação Sexual (ISS), instrumento unidimensional que avalia a satisfação sexual no contexto da relação de casal. Recorrendo a duas amostras de conveniência, uma das quais comunitária (n=152 mulheres) e a outra clínica (n=51 mulheres), foram demonstradas características psicométricas que tornam adequada a sua utilização com mulheres portuguesas. ------ ABSTRACT ------ The purpose of the present study was to validate a Portuguese female version of the Index of Sexual Satisfaction (ISS), which is a unidimensional scale that assesses sexual satisfaction in the context of a couples’ relationship. Using two convenience samples, one of wich was a community sample (n=152) and the other a clinical sample (n=51 women), it was possible to demonstrate psychometric properties that justify its use with Portuguese women.

Um olhar sobre as relações amorosas : Satisfação conjugal, intimidade e satisfação sexual

Lopes, Bruna Sofia Nogueira
Fonte: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida Publicador: Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 POR
Relevância na Pesquisa
56.67%
Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA- Instituto Universitário; Este estudo tem como objectivo estudar a relação entre satisfação conjugal, intimidade e satisfação sexual; e verificar como estas variáveis se comportam em função do tipo de relacionamento (namoro, união de facto/casamento) e do sexo (masculino, feminino) dos sujeitos. Participaram neste estudo 193 sujeitos sem filhos, residentes no Distrito de Lisboa com idades compreendidas entre 20 e 51 anos, sendo que a maioria dos sujeitos tinha idades entre 20 e 30 anos. Em relação ao sexo dos participantes, 43.5% eram do sexo masculino e 56,5% eram do sexo feminino. Encontra-se em relação de namoro 52.8% dos participantes, em união de facto 24.4% dos participantes e em casamento 22.8% dos participantes. Este estudo utilizou uma metodologia quantitativa. O instrumento utilizado é composto por: Escala de Avaliação da Satisfação em Áreas da Vida Conjugal (EASAVIC), (Narciso & Costa, 1996); Escala de Avaliação Pessoal da Intimidade em Relacionamentos (PAIR), (Schaefer & Olson, 1981, versão Portuguesa: Moreira & Canavarro, 2007); e Índice de Satisfação Sexual (ISS), (Hudson, Harrison & Crosscup, 1981, versão Portuguesa: Pechorro, Diniz...

Does vaginal anti-incontinence surgery affect sexual satisfaction? A comparison of TVT and Burch-colposuspension

Demirkesen,Oktay; Onal,Bulent; Tunc,Burcin; Alici,Bulent; Cetinele,Bulent
Fonte: Sociedade Brasileira de Urologia Publicador: Sociedade Brasileira de Urologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 EN
Relevância na Pesquisa
56.56%
OBJECTIVE: To evaluate the sexual satisfaction rates of women who underwent tension-free vaginal tape (TVT) procedure for stress urinary incontinence and compare it with the results of Burch-colposuspension. MATERIALS AND METHODS: A self-administered questionnaire was given to 81 patients who had undergone TVT or Burch-colposuspension at our institution to determine sexual satisfaction rates and reasons for dissatisfaction. Forty-seven patients in TVT group and 22 patients in Burch-colposuspension group were considered eligible for the study. The mean follow-up period and age of patients in TVT and Burch-colposuspension groups were 34 months, 51.5 years and 89 months, 52.9 years, respectively. The difference between the ages in the two groups was not statistically significant, while the difference between mean follow-up periods was significant (p = 0.000). RESULTS: When evaluating sexual satisfaction, 73% in the TVT group and 86% in the Burch-colposuspension group did not report any difference in sexual satisfaction following surgery, while in the TVT group, 23% expressed negative and 4% positive changes, and in the Burch-colposuspension group 9% expressed negative and 5% positive post surgical changes. The differences in sexual satisfaction rates between the two groups were not considered significant. The majority (54%) of those who expressed a negative change suffered from dyspareunia. CONCLUSIONS: Although sexual satisfaction seems to be more adversely affected by TVT compared to Burch-colposuspension...

Synaesthesia and sexuality: the influence of synaesthetic perceptions on sexual experience

Nielsen, Janina; Kruger, Tillmann H. C.; Hartmann, Uwe; Passie, Torsten; Fehr, Thorsten; Zedler, Markus
Fonte: Frontiers Media S.A. Publicador: Frontiers Media S.A.
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN_US
Relevância na Pesquisa
56.49%
Introduction:: Synaesthesia is a phenomenon in which a certain stimulus induces a concurrent sensory perception; it has an estimated prevalence of 4%. Sexual arousal as an inducer for synaesthetic perceptions is rarely mentioned in the literature but can be found sometimes in case reports about subjective orgasmic experiences. Aims: To examine whether synaesthetic perceptions during sexual intercourse have an impact on the sexual experience and the extent of sexual trance compared to non-synaesthetes. Methods: In total, 19 synaesthetes with sexual forms of synaesthesia (17 female; 2 male) were included as well as corresponding control data of 36 non-synaesthetic subjects (n = 55). Two questionnaires were used to assess relevant aspects of sexual function and dysfunction (a German adaption of the Brief Index of Sexual Functioning, KFSP) as well as the occurrence and extent of sexual trance (German version of the Altered States of Consciousness Questionnaire, OAVAV). Additionally qualitative interviews were conducted in some subjects to further explore the nature of sexual experiences in synaesthetes. Main Outcome Measures: Sexual experience and extent of sexual trance during intercourse. Results: Synaesthetes depicted significantly better overall sexual function on the KFSP with increased scores for the subscale “sexual appetence” but coevally significant lower subscale scores for “sexual satisfaction.” Sexual dysfunction was not detected in this sample. Synaesthetes depicted significantly higher levels of the subscales “oceanic boundlessness” and “visionary restructuralization” than controls using the OAVAV. Qualitative interviews revealed varying synaesthetic perceptions during the different states of arousal. Furthermore...

Satisfacci??n sexual y actitudes hacia el uso del preservativo en adolescentes: evaluaci??n y an??lisis de su relaci??n con el uso del preservativo

Teva ??lvarez, Inmaculada; Berm??dez S??nchez, Mar??a de la Paz; Ramiro, Mar??a Teresa
Fonte: Elsevier Publicador: Elsevier
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
56.65%
La satisfacci??n sexual y las actitudes positivas hacia el uso del preservativo favorecen el uso del mismo. El objetivo general de este estudio es la evaluaci??n y an??lisis de la relaci??n entre la satisfacci??n sexual, las actitudes hacia el uso del preservativo y el uso del preservativo en adolescentes. Los participantes son 1504 adolescentes espa??oles escolarizados de ambos sexos (48.40% varones, 51.60% mujeres). Se trata de un estudio descriptivo de poblaciones mediante encuestas con muestras probabil??sticas, de tipo transversal. En varones, una mayor actitud positiva hacia el uso del preservativo predice una mayor probabilidad de uso del mismo en la primera relaci??n sexual vaginal y anal. La satisfacci??n sexual de la pareja predice una mayor probabilidad de uso del preservativo en la primera relaci??n sexual oral, y la satisfacci??n sexual sobre la sinton??a de la pareja se asocia con una menor probabilidad de uso del preservativo en la primera relaci??n sexual oral. En mujeres, una mayor satisfacci??n sexual personal predice una mayor probabilidad de no haber utilizado el preservativo en la primera relaci??n sexual vaginal. Adem??s, en las mujeres, una mayor satisfacci??n sexual sobre la sinton??a de la pareja incrementa las probabilidades de haber utilizado el preservativo en el debut sexual vaginal. Los porcentajes de varianza explicada son bajos. Se recomienda que en futuros estudios se analicen factores socioculturales relacionados con los roles de g??nero que pudieran estar influyendo en las asociaciones entre la satisfacci??n sexual...

??ndice de Satisfacci??n Sexual (ISS): un estudio sobre su fiabilidad y validez

Santos-Iglesias, Pablo; Sierra Freire, Juan Carlos; Garc??a, Maribel; Mart??nez, Alicia; S??nchez, Antonio; Tapia, Mar??a Isabel
Fonte: Universidad de Almer??a Publicador: Universidad de Almer??a
Tipo: Artigo de Revista Científica
SPA
Relevância na Pesquisa
56.54%
El objetivo de este estudio fue examinar la fiabilidad, estructura factorial y algunos indicadores de validez del ??ndice de Satisfacci?n Sexual (ISS). Una muestra de 646 participantes complet?? el ISS, el Inventario de Deseo Sexual, el Inventario de Excitaci??n Sexual y la Escala de Doble Moral. El an??lisis factorial exploratorio extrajo tres factores que explicaban el 45,56% de la varianza; sin embargo, estos factores reflejan un artefacto metodol??gico debido a la redacci??n de los ??tems. Por esta raz??n se decidi?? mantener la estructura unifactorial original de la escala que alcanza una fiabilidad de consistencia interna de 0,89. No se encontraron diferencias estad??sticamente significativas entre hombres y mujeres en la puntuaci??n global, aunque s?? las hubo en 11 de los 25 ??tems. Adem??s, la puntuaci??n en satisfacci??n sexual correlaci??n de forma positiva con deseo sexual didico y con excitaci??n sexual y, en sentido negativo, con doble moral sexual. El ??ndice de Satisfacci??n Sexual muestra adecuados ??ndices de fiabilidad y validez, no obstante, es necesario realizar m??s investigaciones para analizar el ??tem 13, que result?? problem??tico en el presente estudio.; The aim of this study was to analyze the reliability...

Safety and efficacy of a testosterone metered-dose transdermal spray for treating decreased sexual satisfaction in premenopausal women - a randomized trial

Davis, S.; Papalia, M.A.; Norman, R.; O'Neill, S.; Redelman, M.; Williamson, M.; Stuckey, B.; Wlodarzcyk, J.; Gard'ner, K.; Humberstone, A.
Fonte: Amer Coll Physicians Publicador: Amer Coll Physicians
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 EN
Relevância na Pesquisa
56.43%
BACKGROUND: It is not known whether premenopausal women who report low sexual satisfaction and have low circulating testosterone levels will benefit from testosterone therapy. OBJECTIVE: To evaluate the effects of exogenous testosterone in premenopausal women reporting diminished sexual function. DESIGN: Randomized, double-blind, placebo-controlled, dose-ranging trial. SETTING: 6 Australian medical centers. PATIENTS: 261 women age 35 to 46 years who reported a decrease in satisfying sexual activity relative to their younger years and had a morning serum free testosterone level less than 3.8 pmol/L (<1.1 pg/mL). INTERVENTION: 3 different doses of testosterone administered by a metered-dose transdermal spray for 16 weeks or placebo. MEASUREMENTS: The primary outcome was the mean number of self-reported satisfactory sexual events (SSEs) over 28 days at week 16. The frequency of SSEs, total number of sexual events (every 4 weeks), scores from the modified Sabbatsberg Sexual Self-Rating Scale and the Psychological General Well-Being Index, and safety variables were also measured. RESULTS: The number of SSEs increased during the treatment period in the active treatment groups and the placebo group. The mean number of SSEs over 28 days at week 16 was statistically significantly greater for women treated with the intermediate dose of testosterone therapy (one 90-microL spray) than for women treated with placebo. The least-squares mean was 2.48 versus 1.70 SSEs...

Sexual, relational, and psychological functioning among women with provoked vulvar pain

SMITH, Kelly B.
Fonte: Quens University Publicador: Quens University
Tipo: Tese de Doutorado
EN; EN
Relevância na Pesquisa
56.55%
Provoked vestibulodynia (PVD), or recurrent vulvar pain, is a prevalent condition among women. Although research has documented that PVD is associated with sexual problems, little research has systematically examined the intimate relationships of affected women. The general purpose of the current studies was to comprehensively examine sexual and relationship functioning among women with provoked vulvar pain. In order to do so, three related studies were conducted. The first study was a systematic review of the literature examining sexual and relationship satisfaction among PVD-affected women. Secondly, an online study was conducted using both standardized and qualitative measures to examine sexual, relationship, and psychological functioning among women with self-reported provoked vulvar pain and their male partners in comparison to controls. The online study also examined associations between affected women’s pain and women and partner’s functioning. The final study was a laboratory-based study that included women with PVD and matched control women and examined psychosexual functioning, including sexual and relationship satisfaction, and vestibular pain sensitivity; additionally, this study examined potential associations between women’s pain and self-reported functioning. Overall...

To Say or not to Say: Dyadic Ambivalence over Emotional Expression and its Associations with Sexual Function, Satisfaction, Depression, Dyadic Adjustment, and Pain in Women with Provoked Vestibulodynia and their Partners

Awada, Nayla
Fonte: Université de Montréal Publicador: Université de Montréal
Tipo: Travail aux cycles supérieurs / Graduate student work
EN
Relevância na Pesquisa
56.57%
Introduction. La vestibulodynie provoquée (VP) est un problème de douleur génitale affectant un nombre élevé de femmes dans la communauté. Malgré le cadre intime dans lequel ce type de douleur se présente, et le fait que l’implication de variables affectives, telles que l’anxiété, dans l’expérience de cette douleur ait été démontrée, aucune étude à ce jour n’a exploré la régulation émotionnelle de couples dont la femme souffre de VP. Objectif. L’Ambivalence dans l’Expression des Émotions (AEE) est une variable de régulation émotionnelle qui quantifie le degré d’inconfort qu’une personne peut avoir avec la façon dont elle exprime ses émotions. Nous avons testé l’hypothèse selon laquelle l’AEE dyadique de couples dont la femme souffre de VP serait associée à leur fonctionnement sexuel, psychologique, et relationnel. Méthodologie. Deux cent cinquante quatre (N = 254) couples dont la femme souffre de VP ont complété le Questionnaire d’Ambivalence dans l’Expression des Émotions. Une typologie de couples a été créée : Les couples ‘HH’ dans lesquels les deux partenaires sont considérés hautement ambivalents, les couples ‘LL’ dans lesquels aucun des deux partenaires n’est considéré hautement ambivalent...

Satisfação Sexual e Qualidade de Vida da Mulher no Climatério

Sousa, Inês Margarida Nogueira de
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 POR
Relevância na Pesquisa
56.63%
Dissertação apresentada à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para a obtenção do grau de Mestre em Psicologia, ramo de Psicologia Clínica e da Saúde; O aumento da esperança de vida possibilitou que um número cada vez maior de mulheres, possa vivenciar a meia-idade e, por consequência, surja um maior número de queixas relacionadas com o climatério. O principal objetivo da presente investigação foi verificar se existe relação entre a QDV e a satisfação sexual em mulheres no climatério. Os objetivos específicos foram: caracterizar a QDV e a satisfação sexual das participantes; analisar a relação entre a satisfação sexual e as variáveis sociodemográficas (e.g., idade, estado civil, escolaridade) e variáveis clinicas (fase do climatério e medicação). Foram também analisadas as diferenças entre as mulheres nas diferentes fases do climatério quanto à QDV. A amostra deste estudo é constituída por 100 senhoras entre os 40 e os 64 anos (M= 49,6), (DP= 6,1), que compareceram às Consultas de Psicologia e Consultas Externas de Ginecologia, do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, E.P.E. e que responderam a um Questionário sociodemográfico e clínico; World’s Health Organization Quality of Life – versão abreviada (WHOQOL-Bref) e ao Inventário de Satisfação Sexual de Golombok Rust. Globalmente...

Relación entre satisfacción sexual, ansiedad y prácticas sexuales; Relationship between sexual satisfaction, anxiety and sexual practices; Relação entre satisfação sexual, ansiedade e práticas sexuais

Rodríguez Jiménez, Olga Rosalba
Fonte: Pontificia Universidad Javeriana Cali Publicador: Pontificia Universidad Javeriana Cali
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; "Artículo revisado por pares"; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artículo Formato: application/pdf; application/pdf; application/pdf
SPA; ENG; POR
Relevância na Pesquisa
56.59%
Objetivo: se presentan los resultados de la investigación llevada a cabo con el objetivo de explorar las relaciones existentes entre satisfacción sexual, ansiedad y prácticas sexuales. Método: la muestra estuvo conformada por 1.869 personas de la ciudad de Bogotá-Colombia, a quienes se les aplicaron tres instrumentos: una  escala de satisfacción sexual, la escala de ansiedad manifiesta de Taylor y un cuestionario de prácticas sexuales. Resultados: se encontraron asociaciones positivas entre ansiedad y satisfacción sexual. con relación a las características sociodemográficas, se encuentran diferencias en satisfacción a partir de las características como el género, tener pareja sexual estable, la orientación sexual, la importancia de amor en las prácticas sexuales, la religión que se profesa, el estado civil y el no tener hijos o no estar seguro de tenerlos, todas estas relaciones evidencian asociación positiva en relación con el disfrute de la vida sexual. Conclusión: los instrumentos cuentan con la fiabilidad y validez que permiten dar cuenta de la relación entre las variables consideradas en el estudio.; Objective. To present the results of research carried out with the purpose of exploring the relationship between sexual satisfaction...

Sexual satisfaction in couples in the male and female climacteric stage

Salazar-Molina,Alide; Klijn,Tatiana Paravic; Delgado,Jaime Barrientos
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2015 EN
Relevância na Pesquisa
56.6%
The objective was to describe the sexual life satisfaction of couples in the climacteric stage and determine whether there are differences between the perception of satisfaction and the sex life of each partner. We studied 142 couples obtained by stratified sampling of family health centers, Concepción, Chile. 66% of women and 84% of men reported being very or somewhat satisfied with their sex lives. Slight concordance was found between the responses of the partners in relation to satisfaction with their sexual life. Moreover, a slight degree of agreement was found between the sexual life satisfaction reported by women and their partners' perceptions of the women's sexual life satisfaction. Additionally, a slight degree of agreement was reported between the sexual life satisfaction reported by men and their partners' perceptions of the men's sexual life satisfaction. This study provides new information about Chilean couples in the climacteric stage in relation to self-reported sexual satisfaction and perceived satisfaction in couples.

Sexual satisfaction in dementia; Satisfação sexual na demência

Nogueira, Marcela Moreira Lima; Brasil, Denise; Sousa, Maria Fernanda Barroso de; Santos, Raquel Luiza; Dourado, Marcia Cristina Nascimento
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina. Instituto de Psiquiatria
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2013 POR
Relevância na Pesquisa
66.54%
BACKGROUND: Dementia may result on impairment in intimacy and sexuality of elderly couples. OBJECTIVES: Evaluate changes in sexual activity, as well as the factors which cause sexual satisfaction and/or dissatisfaction in couples in which one of the partners has dementia. METHOD: A search at ISI, PubMed/Medline and SciELO was made for articles about sexuality in dementia, from January 1990 to March 2012, using the keywords: "dementia", "sexual satisfaction", "intimacy" and "sexuality". RESULTS: Twelve articles were selected. The burden of care and the change of roles in couples' relationship were the main reasons for decrease of sexual activity. Erectile dysfunction in patients and spouses, the decision-making capacity for sexual relationship from the patient who has dementia and the problems related to age and health (physical and emotional) of spouses and/or patients were considered as reasons associated with sexual dissatisfaction. DISCUSSION: When one partner has dementia, the couples' intimacy and sexual activity are negatively influenced by the relationship of care related to the disease and by the spouse's burden. On the other hand, sexual activity may be positively replaced by displays of affection and empathy between the couple.; CONTEXTO: A demência pode resultar em comprometimento da intimidade e sexualidade de casais idosos. OBJETIVOS: Avaliar alterações na atividade sexual...