Página 1 dos resultados de 251 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Sesquiterpenos e esteróides da casca do tronco de Guarea guidonia (L.) Sleumer (Meliaceae).; Sesquiterpenes and steroids from the stem bark of Guarea guidonia (L.) Sleumer (Meliaceae)

Nuñez, Cecilia Verónica
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/1996 PT
Relevância na Pesquisa
27.51%
A presente dissertação descreve um estudo químico das cascas do tronco de Guarea guidonia (L.) Sleumer (Meliaceae). Do extrato hexânico de cascas coletadas de um espécimen localizado em Campo Grande (MS) foram isolados e identificados cinco sesquiterpenos: o trans 1(10)-epóxi-4(15)-cariofileno; o 1(10)-epóxi-4,7-humuladieno; o 10-aloaromadendranol (viridiflorol); o 1(10),4-diepóxi-7-humuleno e o 3-oxa-10-aloaromadendranol e quatro esteróides: o sitosterol, o estigmasterol, o palmitato do sitosterol e o oleato do sitosterol. Esteróides glicosilados foram também detectados nesse extrato. Uma destilação por arraste a vapor d'água forneceu o óleo essencial que foi comparado por cromatografia gasosa, com o óleo extraído de cascas de uma planta localizada em Araraquara (SP). Os cromatogramas dos dois óleos indicam que eles possuem composições químicas muito semelhantes. Do óleo essencial obtido do espécimen de Araraquara foram identificados onze sesquiterpenos: o 1(10),4(15),5-germacratrieno (germacreno D), o cis 4,10(14)-cadinadieno (γ-muuroleno), o trans 4,10(14)-cadinadieno, o 1(10),4-cadinadieno (σ-cadineno), o 1(10),4(15)-cariofiladieno, o 1,3,11-elematrieno (β-elemeno), o 1(10),4,7-humulatrieno (α-humuleno)...

Determinação estrutural e simulação de espectros de RMN13C de sesquiterpenos lactonizados utilizando métodos computacionais; A new program to 13C NMR spectrum prediction based on tridimensional models

Magri, Fátima Maria Motter
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/1999 PT
Relevância na Pesquisa
27.33%
O presente trabalho mostra a utilização de métodos computacionais e os resultados obtidos na determinação estrutural de produtos naturais, neste caso sesquiterpenos lactonizados. Nosso grupo de pesquisa tem desenvolvido nos últimos anos o projeto denominado SISTEMAT para a determinação estrutural de produtos naturais. Este sistema é composto de programas utilizados para a construção de bancos de dados capazes de armazenar qualquer tipo de informação referente a substâncias orgânicas, e programas que permitem a recuperação e análise das informações contidas nos bancos de dados (programas aplicativos). Foi também construído um programa para a previsão de espectros de RMN 13C utilizando modelos tridimensionais para a representação das moléculas. O programa considera cada carbono e sua vizinhança química em três dimensões como uma subestrutura. Para encontrar o deslocamento químico equivalente a uma nova subestrutura, ele procura no banco de dados um carbono com uma vizinhança equivalente. O banco de dados criado para o SISTEMAT contém 1300 espectros de RMN 13C de sesquiterpenos lactonizados, enquanto que o utilizado para o programa simulador de espectros de RMN 13C possui 1600 substâncias codificadas.; This work shows the use of computational methods and the results obtained in the structure determination of sesquiterpene lactones. Our research group have developed in the last years the expert system named SISTEMAT...

Atividade antiinflamatória, toxicidade e fitoquímica do óleo-resina de copaíba, proveniente de diferentes espécies, e de suas respectivas frações (OU) Atividade antiinflamatória, toxicidade e aspectos químicos do óleo-resina de Copaíba, proveniente de diferentes espécies, e de suas frações; Anti-inflamatory activity, toxicity and chemical composition of Copaifera oils, from different species, and theirs fractions

Rio, Ricardo Gomide Woisky Do
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2001 PT
Relevância na Pesquisa
27.04%
Espécies do gênero Copaifera (Leguminosae) são nativas de regiões tropicais da América Latina e África. No Brasil, seu óleo-resina é amplamente utilizado em medicina popular como antiinflamatório, antisséptico e cicatrizante. No presente trabalho, avaliou-se, em uma primeira fase, a atividade antiinflamatória em modelo experimental agudo das seguintes amostras de óleo-resina: comercial, gentilmente cedida pela empresa Pronatus, Copaifera reticulata, C. multijuga e C. paupera. As amostras foram administradas pela via oral, sendo selecionada, das amostras identificadas botanicamente, a C. reticulata por apresentarem maior atividade. A amostra comercial também foi ensaiada no modelo experimental acima. Os óleo-resinas foram analisados por cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas tendo revelado a presença de sesquiterpenos e diterpenos. Foram identificados vinte e dois compostos na amostra comercial e vinte seis na amostra de C. reticulata. Deste total, seis substâncias foram comuns a ambas as amostras. A seguir, os óleos-resinas foram destilados e separadas suas respectivas frações sesqui e diterpênicas. Tanto os óleos-resinas quanto suas frações foram avaliados farmacologicamente. As atividades farmacológicas testadas foram: atividade antiinflamatória aguda...

Investigação multidisciplinar da biossíntese de sesquiterpenos bioativos de Lychnophora ericoides (Vernonieae: Asteraceae); Multilevel investigation of bioactive sesquiterpene biosynthesis from Lychnophora ericoides (Vernonieae: Asteraceae)

Pavarini, Daniel Petinatti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.63%
Lychnophora (Vernonieae: Asteraceae) é um gênero micro-endêmico dos "campus rupestris" do bioma Cerrado. Os extratos foliares de Lychnophora ericoides ("Arnica-da-serra") são usados na terapêutica popular principalmente como analgésico. Seus óleos essenciais são quimicamente ricos em sesquiterpenos. Tais compostos, principalmente os de esqueletos bisabolano e cadinano são produtos biossintéticos do precursor cátion nerolidila. Óleos essenciais de folhas de L. ericoides são bioativos frente a invertebrados do Táxon Acari. Um de seus componentes majoritários, o orto-acetoxi bisabolol, é antinociceptivo em ensaios in vitro. Terpenos são valorizados pela indústria de química fina, haja vista sucessos como Taxol® e Acheflan®. Nossos objetivos em Fitoquímica e Ciências Farmacêuticas se alinham a esse interesse. As terpeno-sintases (TerpS) envolvidas na biossínteses dos compostos são ainda alvo de pesquisas com em Bioquímica. Sua identificação é frequentemente conclusiva em diversos aspectos. Como exemplo, citamos a compreensão dos mecanismos da variabilidade metabólica temporal em espécies nativas e selvagens e os avanços na bioengenharia de Produtos Naturais (PN). Frente a este cenário de fronteira este manuscrito traz um resumo da investigação que objetivou determinar se há diversas isoformas de TerpS operando na produção temporalmente variável de sesquiterpenos bioativos em tecidos foliares de Lychnophora ericoides ou se não as há. Acessamos diferentes amostras selvagens de L. ericoides in situ. Nossos esforços em responder a questão supracitada foram divididos em tarefas...

Efeito dos sesquiterpenos poligodial e drimanial sobre parâmetros glutamatérgicos em sistema nervoso central de ratos e camundongos

Martini, Lucia Helena
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.04%
Produtos naturais derivados de planta têm contribuído enormemente para o desenvolvimento de drogas terapêuticas. Poligodial e drimanial são sesquiterpenos isolados da casca de Drymis winteri (Winteraceae), que apresenta propriedades antinociceptivas. O glutamato periférico possui ações nociceptivas; assim, neste estudo investigamos os efeitos destes compostos em vários parâmetros do sistema glutamatérgico de cérebro de ratos e camundongos. O poligodial, in vitro, inibiu significativamente a união do glutamato aos seus receptores, a captação de glutamato em céluas de astrocitos, assim como a captação de glutamato por fatias de córtex, hipocampo e estriado de cérebro de ratos, e estimulou a liberação de glutamato em preparações de sinaptossomas.O drimanial, in vitro, inibiu significativamente a união do glutamato aos seus receptores, a captação de glutamato em células de astrocitos e em preparações de vesículas sinápticas, assim como a captação de glutamato por fatias de córtex, hipocampo e estriado de cérebro de ratos, e estimulou a liberação de glutamato em preparações de sinaptossomas. Quando efetuamos experimentos, in vivo, em camundongos injetados i.p., observamos que a captação de glutamato por fatias de hipocampo e estriado foi inibida por ambos (poligodial e drimanial) enquanto em fatias de córtex não tiveram efeito. Estes resultados demonstram que há uma possibilidade destes dois compostos aumentarem as concentrações extracelulares de glutamato...

Preparação de intermediários para síntese de sesquiterpenos drimanos

Martinez, David G.; Oliveira, Eduardo Rolim de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
27.04%

Oleos essenciais de Baccharis e sua interação com insetos polinizadores

Vera Lucia Ferracini
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/1996 PT
Relevância na Pesquisa
27.04%
As correlações interespécies revelaram uma similaridade entre a composição dos óleos essenciais das B. dracunculifolia, B. erioclada, B. caprariaefolia. B. platipoda. B. tridentata. B. vincaefolia e B. myriocephala. As correlações interespécimens mostraram uma variação diária na razão monoterpeno/sesquiterpeno das inflorescências masculinas e femininas que foi primeiro apontada como um fenômeno sinalizador para o polinizador. A relação entre os voláteis das inflorescências e o sexo da planta é complexa com uma razão maior de monoterpeno/sesquiterpeno ocorrendo às 9:00 e 11:00 horas para as inflorescências masculinas e uma variação inversa é observada nas lnfrutescências das plantas femininas, com uma razão maior de monoterpeno/sesquiterpeno às 10:00 e 13:00 horas. Contudo, o fenômeno existe e plantas masculinas e femininas de B. dracunculifolia estão certamente transmitindo uma mensagem ao ambiente. Podemos dizer que existe uma complementariedade na liberação dos voláteis entre espécimens de plantas masculinas e femininas ao longo do dia fazendo com que ocorra uma atração constante dos visitantes. Nas observações dos insetos visitantes verificamos que o período das 10:00- 15:00 horas é que ocorre a maior atividade dos mesmos. A abelha social Apis mellifera e as abelhas solitárias Augochoropsis cupreola e Paroxystoglossa jocasta tem suas atividades relacionadas ao grupo de compostos B...

Uma metodologia eficiente para a sintese de isotiocianoterpenos

Cleuza Conceição da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/1995 PT
Relevância na Pesquisa
27.04%
Com o objetivo de sintetizar terpenos nitrogenados almejava-se a conseguir introduzir uma metodologia simples e eficiente cuja motivação era a obtenção de isotiocianossesquiterpenos, compostos bioativos isolados de organismos marinhos. O estudo partiu do princípio que o ponto chave para a obtenção de isotiocianossesquiterpenos (NCS terciário) seria a fácil introdução do grupo funcional em terpenos abundantes na natureza e não a introdução de mais uma metodologia para a construção de esqueletos sesquiterpênicos. Assim num trabalho exploratório, orientado no sentido de introduzir-se o nitrogênio em carbono terciário o qual seria posteriormente transformado em isotiociano, foram inicialmente testadas várias metodologias, para a introdução do nitrogênio em ligações duplas e em cetonas, grupos funcionais comuns à maioria dos terpenos naturais. Os resultados obtidos nesse trabalho inicial foram desencorajadores, pois ao lado das múltiplas etapas requeridas nos métodos de introdução de nitrogênio em carbonos terciários, estava associado um baixo rendimento. Finalmente, levantou-se a hipótese da introdução direta da função nitrogenada na forma de isotiocianato (NCS), optando-se pela adição de HSCN, gerado in situ...

Estudos visando a sintese de esqueletos nor-sesquiterpenos espiro lactonicos : sinteses totais da (+-)- patilactona A e (+-)- desalonapalilactona (derivado não natural)

Gaspar Diaz Munoz
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2001 PT
Relevância na Pesquisa
37.33%
Neste trabalho descreve-se a primeira síntese total da (±)-Patilactona A (30) e de um derivado não natural, a (±)-Desalonapalilactona (32). No âmbito do projeto de síntese de alguns produtos naturais marinhos desenvolvidos pelo nosso grupo de pesquisa abordamos uma estratégia sintética que nos permitiu acessar a esses esqueletos norsesquiterpenóides isolados de fonte marinha, no caso de 30, que possuem estruturas incomuns, densamente substituídos, contendo centros quaternários seqüenciais e um anel espiro g-butirolactônico. A síntese da (±)-Patilactona A (30) começou com a preparação da cetona a,b-insaturada 71, a partir do 2-metilcicloexanol (74). A adição 1,4 do dimetilcuprato de lítio na cetona a,b-insaturada 71 e a captura do enolato intermediário, com o brometo de alila forneceram os diastereoisômeros 75a e 75b, permitindo, também controlar a estereoquímica relativa desses isômeros, sendo que o isômero trans 75a, possui a estereoquímica correta, necessária à síntese dos nor-sesquiterpenos. A homologação dos três átomos de carbono, necessários para a construção do anel g-espirolactônico foi possível, a partir da adição de um organometálico devidamente funcionalizado 95, na cetona 75a. Esta reação permitiu a obtenção dos álcoois terciários a- e b-orientados 96a/b...

Estudo fitoquimico do epicarpo de Hymenaea courbaril var. altissima : sintese de derivados odoriferos do tipo ambar-gris e sesquiterpenos da classe drimano a partir do (-)-acido ozico

Rosana Aparecida Giacomini
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 01/11/2002 PT
Relevância na Pesquisa
37.51%
Do extrato hexânico do epicarpo de Hymenaea courbaril var. altissima, após esterificação com diazometano, foram isolados o ozato, o isoozato, o kolavenato e o zanzibarato de metila. Juntamente com estes diterpenos pertencentes à série ent-Iabdânica foram isolados os sesquiterpenos a-copaeno, óxido de cariofileno e espatulenol. A avaliação da reprodutibilidade da composição do extrato hexânico do epicarpo por um período de quatro anos mostrou que a resina constitui uma importante fonte de ácido ózico (36 a 46%), que utilizamos como material de partida para a realização do projeto de síntese. A partir do ácido ózico isolado do extrato hexânico de H. courbaril var. altissima foram sintetizados os odoríferos do tipo âmbar-gris ent-Ambrox®, ent-isoambrox, ent-8-norambrox e o ent-8-norisoambrox. Estes dois últimos são inéditos dentro da série enantiomérica do âmbar-gris. o ácido ózico também foi utilizado como material de partida no estudo da síntese de um ent-12-norsesquiterpeno de origem marinha pertencente à classe drimano, e na síntese de três derivados homólogos deste. Estes compostos foram submetidos a testes biológicos preliminares como o de bioautografia e o de citotoxidade com Artemia salina. Os compostos mais ativos foram os três derivados do sesquiterpenos marinho que apresentaram valores de LC50 moderados frente o teste de citotoxidade com Artemia salina.; Hexanic extract of the epicarp of Hymenaea courbaril var. altissima furnished...

Estudos para transformações quimicas em sistemas sesquiterpenicos do tipo bisabolano; Studies for chemical transformations in bisabolene sesquiterpene systems

Lucas Drezza Hardy
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
27.04%
O α-(-)-bisabolol (1) é um sesquiterpeno bisabolano isolado de óleos essenciais de uma grande variedade de plantas, e muito conhecido principalmente por suas atividades farmacológicas. Rotas sintéticas visando a obtenção da (+)-hernandulcina e do acetato do (1S)-1-hidroxi-óxido de bisabolol A, outros sesquiterpenos naturais do tipo bisabolano com atividade adocante e antimalária, respectivamente, tiveram como etapas iniciais tentativas de oxidações alílicas sobre a olefina endocíclica do (-)-1, as quais forneceram diversos produtos. Como meio de diminuir a formação dos produtos laterais frente a estas oxidações, bem como favorecer a formação de derivados cíclicos do (-)-1, úteis quando se visa a síntese do acetato do acetato do (1S)-1-hidroxi-óxido de bisabolol A, a cadeia lateral hidroxílica g,d-insaturada do (-)-1 foi ciclizada utilizando como eletrófilos o iodo e bromo. Em oposição ao que desejávamos, em todas as ciclizações testadas foi verificada a formação majoritária dos derivados tetraidrofuranicos (THF), atribuida, em função dos dados obtidos ao longo do trabalho, a fatores estruturais do substrato e do meio de reação. Testes de oxidações sobre os derivados tetraidrofuranicos (THF) e tetraidropiranicos (THP) de (-)-1 isolados...

Evidências sobre o envolvimento dos receptores vanilóides nas ações biológicas produzidas pelos sesquiterpenos poligodial e drimanial

André, Eunice
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: viii, 85 f.| grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.04%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas. Programa de Pós-Graduação em Farmacologia.

Investigação química de espécies do gênero Laurencia Lamourox na costa sul brasileira

Lhullier, Cintia
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xvii, 62 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.04%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Farmácia, Florianópolis, 2009; O complexo Laurencia Lamouroux (Rhodophyceae) compreende quatro gêneros com grande variabilidade morfológica que representam os maiores produtores de metabólitos secundários do ambiente marinho. As substâncias provenientes destas algas são predominantemente sesquiterpenos, diterpenos e C15-acetogeninas que usualmente são caracterizados pela presença de átomos de halogênio em suas estruturas. Existem mais de 19 espécies catalogadas e na região sul observa-se a presença das espécies Laurencia obtusa, L. microcladia, L. majuscula, L. catarinensis e L. flagellifera. O estudo químico do extrato orgânico de Laurencia microcladia indicou a presença de um metabólito majoritário conhecido como elatol, encontrado em outras espécies de Laurencia Lamouroux. Estudos em cromatografia delgada demonstraram a presença dessa substância em extratos de organismos como ouriço do mar (Echinometra lucunter) e pepino do mar (Holothuria grisea). Foram realizados ensaios de herbivoria com ouriços do mar indicando que este composto apesar de apresentar atividade anti-herbivoria foi consumido pelos ouriços até a concentração de 0...

Obtenção de extrato de erva baleeira (Cordia verbenacea D.C.) por diferentes técnicas

Michielin, Eliane Maria Zandonai
Fonte: Florianopolis, SC Publicador: Florianopolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 139 f.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.04%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Alimentos.; A erva baleeira (Cordia verbenacea) é uma planta da Família das Borraginaceae, encontrada nas restingas marítimas de quase todo o litoral brasileiro, sendo mais comumente encontrada no trecho compreendido entre os Estados de Santa Catarina e São Paulo. Devido ao seu perfil de composição, a erva baleeira possui propriedades antiinflamatória e cicatrizante sendo indicada para o tratamento de reumatismo, artrite reumatóide, tendinite, dores lombares e musculares e nevralgias. Os compostos da classe dos sesquiterpenos encontrados em seus extratos como a-humuleno e trans-cariofileno são os principais responsáveis pela sua atividade antiinflamatória. Assim, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a qualidade dos extratos de erva baleeira obtidos a partir da tecnologia supercrítica através da comparação, em termos de rendimento de processo, composição dos extratos e atividade biológica, com os extratos obtidos a partir das técnicas convencionais de extração (maceração seguida de fracionamento com solventes orgânicos, extração soxhlet e hidrodestilação) e também com o uso de etanol e acetato de etila como co-solventes junto à ESC. Os extratos supercríticos de erva baleeira foram obtidos numa faixa de pressão de 100 a 300 bar e temperatura de 30...

Investigação química das espécies Banara parviflora (A. Gray) Benth., Calea phyllolepis Baker e Verbesina subcordata DC

Moritz, Maria Izabel Goularte
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 1 v.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.04%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Farmácia, Florianópolis, 2010; Muitos peróxidos isolados de espécies vegetais têm apresentado promissoras atividades biológicas e alguns deles são utilizados com sucesso na terapêutica. Nesse contexto, o presente trabalho está direcionado ao isolamento e identificação de compostos obtidos, com ênfase em peróxidos, a partir de plantas de ocorrência na região sul do Brasil, com o intuito de obter novas substâncias de potencial interesse terapêutico no tratamento de doenças. Dentre essas plantas, são utilizadas neste estudo as espécies pertencentes à família Asteraceae, Calea phyllolepis Baker e Verbesina subcordata DC. e a espécie pertencente à família Salicaceae, Banara parviflora (A.Gray) Benth. Os extratos diclorometano e etanólico das partes aéreas frescas das três espécies foram obtidos e analisados por cromatografia em camada delgada. Os diversos procedimentos cromatográficos em coluna com diferentes resinas (gel de sílica, gel de sílica de fase reversa e Sephadex LH-20) e por CLAE resultaram no isolamento de compostos das três espécies estudadas, mas nenhuma de classe dos peróxidos por resultarem quantidades insuficientes para a elucidação estrutural e/ou degradação antes ou durante a realização de espectros por sua baixa estabilidade. Por outro lado...

Isolamento de metabólitos halogenados de Laurencia catarinensis e Laurencia dendroidea de Santa Catarina, Brasil

Wanke, Tauana
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 155 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.63%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Farmácia, Florianópolis, 2014.; Algas vermelhas do complexo Laurencia são encontradas em todo o mundo e produzem uma enorme diversidade de metabólitos secundários, incluindo sesquiterpenos (halogenados ou não), diterpenos, triterpenos, e acetogeninas. Muitos desses metabólitos são biologicamente ativos, apresentando atividade antibacteriana, antifúngica, antiviral, anti-inflamatória, citotóxica, entre outras. A espécie Laurencia catarinensis (Lc) foi encontrada originalmente na costa de Santa Catarina e as primeiras investigações fitoquímicas levaram ao isolamento de sesquiterpenos halogenados. Laurencia dendroidea (Ld) é encontrada na costa brasileira e estudos fitoquímicos demostraram como componente majoritário o sesquiterpeno elatol. Considerando os resultados obtidos nas investigações químicas destas espécies de Laurencia envolvendo pesquisadores do grupo de pesquisas da UFSC, o presente trabalho teve como objetivo dar continuidade à investigação química dos extratos destas duas espécies. As amostras foram coletadas Ilha do Xavier (Lc) e na praia da Sepultura (Ld); foram secas sob ar frio e submetidas à maceração com diclorometano/metanol na proporção 2:1. Os extratos obtidos foram fracionados por sucessivos procedimentos cromatográficos sobre gel de sílica e a purificação final de vários metabólitos foi obtida por cromatografia líquida de alta eficiência em coluna de sílica. Dos compostos isolados foram obtidos espectros de RMN de hidrogênio...

Sesquiterpenos e hidrocarbonetos dos frutos de Xylopia emarginata (Annonaceae)

Moreira,Isabel C.; Roque,Nídia F.; Contini,Karla; Lago,João Henrique G.
Fonte: Sociedade Brasileira de Farmacognosia Publicador: Sociedade Brasileira de Farmacognosia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2007 PT
Relevância na Pesquisa
37.33%
O extrato hexânico dos frutos de Xylopia emarginata foi particionado entre hexano e MeOH/H2O. A fase hidroalcoólica foi submetida à separação cromatográfica fornecendo quatro sesquiterpenos: óxido de cariofileno, espatulenol, 1beta,6alfa-diidroxi-4(15)-eudesmeno e 4-hidroxi-1,15-peróxieudesmano. A fase hexânica foi fracionada através de cromatografia em coluna fornecendo dois hidrocarbonetos (nonadecano e 1-nonadeceno) e uma cetona alifática (hentriacontan-16-ona). As estruturas dos compostos isolados foram estabelecidas através de análise espectroscópica, principalmente RMN e EM.

Componentes químicos associados à resistência de Lycopersicon hirsutum f. typicum a Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae)

Ecole,Carvalho C.; Picanço,Marcelo; Moreira,Márcio D.; Magalhães,Sérgio T.V.
Fonte: Sociedade Entomológica do Brasil Publicador: Sociedade Entomológica do Brasil
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2000 PT
Relevância na Pesquisa
27.33%
Este trabalho foi conduzido em casa de vegetação no Campus da Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil de maio a setembro de 1997 e objetivou estudar a resistência do acesso LA 1777 de Lycopersicon hirsutum f. typicum a Tuta absoluta (Meyrick) (Lepidoptera: Gelechiidae) e os prováveis compostos químicos envolvidos na resistência. Utilizaram-se as cultivares de Santa Clara (tomate para consumo in natura) e IPA-5 (tomate industrial) de Lycopersicon esculentum como padrões de suscetibilidade à praga. Avaliaram-se os números de minas pequenas (comprimento < 0,5 cm) e grandes (comprimento > 0,5 cm); sobrevivência, estádio de desenvolvimento do inseto, peso de pupas, proporção sexual, fertilidade de adultos e a taxa de eclosão de larvas. Foram identificados picos nas correntes de íons do extrato hexânico das folhas e as prováveis substâncias associadas a estes utilizando-se cromatógrafo a gás acoplado a espectrômetro de massa. L. hirsutum f. typicum apresentou resistência à traça do tomateiro em relação a L. esculentum, o que refletiu em menor número de minas grandes/folha e maiores duração da fase larval, mortalidade de larvas e número de minas pequenas de T. absoluta. Foram identificados 14 picos nas correntes de íons...

Sesquiterpenos y fenilpropanoides de Seseli vayredanum Font Quer

Arteaga Bur??n, Pilar
Fonte: null Publicador: null
Tipo: Tese de Doutorado
SPA
Relevância na Pesquisa
27.33%
Universidad de Granada. Departamento de Qu??mica Organica; Se ha realizado un estudio exhaustivo del extracto hexanico de las partes a??reas de seseli vayredanum. Tras una serie de separaciones cromatograficas, cristalizaci??n, preparaci??n de derivados, se han aislado e identificado doce fenilpropanoides, cuatro sesquiterpenos eudesmenicos y nueve sesquiterpenos con esqueleto de guayanos as??mismo se han aislado tambi??n fitol, lupeol, falcarindiol, b-sitosterol y estigmasterona. De los productos mencionados 13 de ellos se a??slan por primera vez como compuestos naturales. Las elucilaciones estructurales se han realizado con ayuda de las t??cnicas espectroscopicas usuales (ir, uv, em, rmn) y en algunos casos con t??cnicas de correlaci??n bidimensional (cosyl, heterocosy, noe). La estereoquimica de los guayanos (1bh, 5bh, 6ah, 7ah) y de los eudesmenos (5bh, 6af, 7ah, 10ame) corrobora la hip??tesis que ambas series estereoquimicas son caracter??sticas de umbeliferas. Por otra parte la ausencia total de cumarinas apoya la clasificaci??n bot??nica de esta especie dentro del genero athamanta, mejor que dentro del genero seseli

Um sistema especialista em determinação estrutural de sesquiterpenos com base em dados de RMN 13C; An expert system in structural determination of sesquiterpenes based on data RMN13C

Oliveira, Francimeiry Cavalcante de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/1998 PT
Relevância na Pesquisa
27.63%
Este trabalho descreve a utilização dos programas do sistema especialista denominado SISTEMAT, avaliando a sua eficiência para auxiliar os pesquisadores da área de Produtos Naturais no processo de determinação estrutural de sesquiterpenos, a partir de dados de RMN 13C. Os principais sistemas especialistas em determinação estrutural operam, basicamente, combinando fragmentos estruturais, chamados \"restrições estruturais\", obtidos a partir de dados espectroscópicos. Ocorre que para moléculas complexas (com mais do que 15 átomos), o número de propostas estruturais geradas é muito grande, sendo necessária a ajuda do químico para eliminar estruturas improváveis. Este fato demonstra a necessidade de grandes restrições estruturais para o bom funcionamento do programa gerador, como por exemplo, a definição de classe e esqueleto, que foram utilizadas no desenvolvimento do SISTEMAT. O SISTEMAT foi criado especificamente para determinação estrutural de substâncias de origem natural, sendo desenvolvidas técnicas para obtenção de regras heurísticas, a partir de dados de RMN13C, que permitam a identificação de esqueletos de produtos naturais. Estes serão usados como grandes restrições pelo gerador de estruturas...