Página 1 dos resultados de 382 itens digitais encontrados em 0.060 segundos

Estudo multicêntrico internacional sobre a associação entre o uso de álcool e a ocorrência de lesões em pacientes atendidos em unidades de emergência; Comparative cross-national emergency room analysis of alcohol and injuries

Andreuccetti, Gabriel
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
105.83%
INTRODUÇÃO: Estudos prévios já foram capazes de prover evidências científicas suficientes de que o álcool é um fator causal na ocorrência de lesões traumáticas. No entanto, informações sobre o risco de lesão de acordo com o tipo de bebida alcoólica consumida e o contexto do uso de álcool ainda são escassas na literatura. No presente estudo, uma comparação internacional sobre a associação entre o uso de álcool e a ocorrência de lesões foi realizada, com o objetivo principal de expandir o entendimento de como variáveis contextuais relacionadas ao uso de álcool e ao evento que ocasionou a lesão podem influenciar a ocorrência de lesões associadas ao consumo dessa substância. MÉTODOS: Os dados são provenientes de pacientes que foram atendidos com lesões em unidades de emergência de oito países da região da América Latina e do Caribe (ALC). Foram obtidas informações dos pacientes que relataram o uso de álcool até seis horas antes da lesão a respeito do tipo de bebida alcoólica e o volume total de álcool consumido (antes da lesão e durante uma ocasião típica no último ano), além do local do evento que ocasionou a lesão. Os pacientes que relataram não ter bebido antes da lesão também foram questionados quanto ao consumo típico de álcool no último ano e sobre o local do evento que resultou na lesão. As diferenças intra- e entre-grupos foram analisadas segundo o consumo de álcool relatado antes da lesão e durante uma ocasião típica de consumo. RESULTADOS: A cerveja foi o tipo de bebida alcoólica mais comumente relatada pelos pacientes com lesões relacionadas ao uso de álcool entre os países avaliados. Entretanto...

Enfermeiro no acolhimento com classificação de risco na emergência pediátrica

Maurer, Tiago Claro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.03%
O presente trabalho procura identificar o enfermeiro no contexto do acolhimento com classificação de risco em Serviço Hospitalar de Emergência Pediátrica. Demonstra a realidade vivenciada onde se identificam necessidades reais e imediatas para a melhoria da assistência em saúde prestada aos usuários. Dentre os atores do cenário proposto encontram-se usuários com necessidades distintas que, no entanto procuram alternativa similar para resolução de seus problemas: a emergência. Traz a problemática da superlotação dos serviços de emergência, e a desfragmentação de uma rede de saúde que não se encontra articulada para atender as demandas dos usuários e que entende o Enfermeiro como um profissional de saúde inserido em políticas públicas de saúde e um ser integrante de uma rede de saúde apoiada ao Sistema Único de Saúde.

Acurácia da classificação de risco por enfermeiros de uma unidade de emergência hospitalar

Hagemann, Luciana Bihain
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 140 p. | ils., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
105.96%
Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação Multidisciplinar em Saúde, Florianópolis, 2014; No ano de 2003 entrou em vigor a Política Nacional de Humanização (PNH) com o intuito de operacionalizar os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) no cotidiano dos serviços de saúde, produzindo mudanças nos modos de agir e cuidar. Contida nesta Política, houve o lançamento do acolhimento com classificação de risco, com a proposta de ser uma ferramenta de trabalho voltado para a organização e humanização do atendimento, ampliação ao acesso dos usuários aos serviços de urgência e emergência. O Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago (HU UFSC) adotou para a unidade de emergência adulto um protocolo próprio de acolhimento com classificação, vigente desde 1 agosto de 2011, sendo que até os dias atuais ainda não fora avaliado sistematicamente. Nessa perspectiva, estudos de acurácia vem sendo desenvolvidos com o intuito de representar o grau de proximidade de uma estimativa com seu parâmetro (ou valor verdadeiro). Para a área de enfermagem, estudos de acurácia vêm sendo desenvolvidos nos últimos anos baseados em pesquisas voltadas à prática clínica associado às intensas publicações da prática integradas com o advento da prática baseada em evidências. Entretanto...

Estratégias para prevenção de erros na medicação no setor de emergência

Oliveira,Regina Célia de; Camargo,Ana Elisa Bauer de; Cassiani,Sílvia Helena De Bortoli
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 PT
Relevância na Pesquisa
105.83%
O estudo identificou as situações indicativas de erro ou quase erro na medicação através da análise das prescrições de medicamentos e evoluções de enfermagem. A partir dos dados obtidos foram implementados um ciclo de palestras e um curso sobre a segurança na administração de medicamentos para profissionais do setor de emergência de um hospital do nordeste. Os resultados revelaram que das 1.585 prescrições analisadas, 83,9% não explicitava a apresentação do medicamento e 84,6% a dose do medicamento. Dos medicamentos prescritos 34,2% apresentaram horários em que não havia registro da administração de medicamentos e 22,5% tinham o horário circulado. Dentre os medicamentos não-administrados 26% eram antibióticos e anticoagulantes; 15% analgésicos. As estratégias implementadas tiveram participação dos profissionais com bons índices de freqüência.

Angiotomografia de coronárias na avaliação da dor torácica aguda na sala de emergência

Prazeres,Carlos Eduardo Elias dos; Cury,Roberto Caldeira; Carneiro,Adriano Camargo de Castro; Rochitte,Carlos Eduardo
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
105.86%
A angiotomografia de coronárias emergiu recentemente como uma ferramenta diagnóstica acurada na avaliação da doença arterial coronariana, fornecendo dados diagnósticos e prognósticos que se correlacionam diretamente com os dados fornecidos pela cineangiocoronariografia. Com a evolução tecnológica, permitindo melhora na resolução temporal, espacial, melhor cobertura do volume cardíaco com redução significativa da dose de radiação, somada à necessidade de protocolos de estratificação de risco mais efetivos para pacientes com dor torácica no pronto-socorro, sua aplicação passou a ser testada no cenário da dor torácica aguda, já que cerca de dois terços das angiografias coronarianas invasivas não demonstram doença coronariana obstrutiva significativa. Na prática diária, sem o uso de tecnologias mais eficientes, como a angiotomografia de coronárias, permanece um desafio ao médico do setor de emergência a estratificação segura e eficiente do paciente com dor torácica aguda. Recentemente, vários estudos, incluindo três randomizados, mostraram resultados favoráveis ao uso dessa tecnologia no pronto-socorro para pacientes com baixa a intermediária probabilidade de doença arterial coronariana. Nesta revisão...

Implantação do sistema acolhimento com Classificação e Avaliação de Risco e uso do Fluxograma Analisador

Bellucci Júnior,José Aparecido; Matsuda,Laura Misue
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
105.98%
O presente estudo teve como objetivo relatar o processo de implantação do sistema Acolhimento com Classificação e Avaliação de Risco e o uso do Fluxograma Analisador, no Serviço Hospitalar de Emergência da Santa Casa de Misericórdia de Ourinhos, Estado de São Paulo. A implantação do sistema foi subdividida nas etapas: sensibilização dos profissionais, readequação de recursos, execução do planejamento e avaliação. À organização do fluxo de pacientes, foram utilizados Fluxogramas Funcionais que, depois de alguns ajustes, resultaram em um Fluxograma Analisador. O Fluxograma Analisador resultante proporcionou a visualização gráfica das etapas do atendimento e direcionou todos os portadores de agravos não emergenciais à consulta de enfermagem. Conclui-se que o Fluxograma Analisador foi uma ferramenta essencial ao processo de implantação do Acolhimento com Classificação e Avaliação de Risco porque, ao definir as etapas do fluxo para o atendimento, o serviço se tornou mais organizado, humano e seguro.

Estresse do enfermeiro em unidade de emergência

Batista,Karla de Melo; Bianchi,Estela Regina Ferraz
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 PT
Relevância na Pesquisa
105.99%
Estresse tem presença marcante na atuação do enfermeiro. O presente artigo aborda um estudo exploratório realizado junto aos enfermeiros de unidade de emergência de instituição hospitalar, com o objetivo de determinar o nível de estresse desses profissionais. A amostra foi constituída por 73 enfermeiros de unidade de emergência, inseridos em instituições públicas e particulares do município de São Paulo. O questionário, com itens abordando a atuação específica do enfermeiro nessa unidade, foi utilizado na coleta de dados. Os resultados indicaram que os enfermeiros de unidade de emergência apresentam médio nível de estresse, e que as áreas E - Condições de trabalho para o desempenho das atividades de enfermeiro, e F - Atividades relacionadas à administração de pessoal, foram consideradas as mais estressantes para os indivíduos pesquisados. Constata-se que, para o enfermeiro de emergência, apesar de sua pronta e efetiva atuação frente à instabilidade da situação do paciente, as condições externas a essa situação são mais estressantes. Cabe às instituições analisarem esses requisitos para possibilitar a diminuição do estresse vivido pelos enfermeiros.

Incidência de infecção viral do trato respiratório em asma aguda atendida em sala de emergência

Rocha,Ivete Terezinha Machado da; Menegotto,Diego; Hoffmann,Cristiane Feliciati; Menna-Barreto,Sergio Saldanha; Dalcin,Paulo de tarso Roth; Straliotto,Selir Maria; Kang,Suzie Hyona; Pasin,Lilian Rech; Fischer,Josiane; Nieto,Fabiane
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2005 PT
Relevância na Pesquisa
106.03%
OBJETIVO: Avaliar a incidência de infecção viral em asma aguda em pacientes atendidos em setor de adultos de um serviço de emergência. MÉTODOS: Conduzimos um estudo de coorte de pacientes que se apresentaram com asma aguda no setor de adultos do Serviço de Emergência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (idade > 12 anos). Um aspirado nasofaríngeo foi obtido para detecção de antígenos com a técnica de coloração de imunofluorescência indireta para os vírus sincicial respiratório, adenovírus, influenza e parainfluenza tipos 1, 2, 3 e 4. Foram coletados dados referentes a características demográficas, história médica pregressa, crise que levou à atual visita ao serviço de emergência e desfechos da crise. RESULTADOS: No período de março a julho de 2004, 49 pacientes foram examinados para infecção viral do trato respiratório. Foram identificados vírus respiratórios em 6 pacientes (3 com adenovírus, 2 com influenza A e 1 com parainfluenza tipo 1). Os pacientes com infecção viral do trato respiratório apresentaram média de idade de 61,7 ± 11,5 anos, enquanto que os pacientes sem infecção viral apresentaram média de idade de 41,7 ± 20,9 anos (p = 0,027). Não houve outras diferenças significativas quanto às características clínicas e desfechos. CONCLUSÃO: Este estudo mostra uma incidência de 12...

Avaliação prognóstica precoce da asma aguda na sala de emergência

Piovesan,Deise Marcela; Menegotto,Diego Milan; Kang,Suzie; Franciscatto,Eduardo; Millan,Thaís; Hoffmann,Cristine; Pasin,Lílian Rech; Fischer,Josiane; Barreto,Sérgio Saldanha Menna; Dalcin,Paulo de Tarso Roth
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2006 PT
Relevância na Pesquisa
105.97%
OBJETIVO: Estudar medidas clínicas e funcionais pulmonares utilizadas nos primeiros quinze minutos de manejo da asma aguda em um serviço de emergência, para predição prognóstica. MÉTODOS: Estudo de coorte, prospectivo, que incluiu pacientes consecutivos com asma aguda, com idades entre doze e 55 anos e medida do pico de fluxo expiratório menor ou igual a 50% do previsto. Realizaram-se avaliações na admissão, aos quinze minutos e em quatro horas após o início do tratamento. O tratamento incluiu salbutamol e ipratrópio, administrados por aerossol dosimetrado com espaçador, e 100 mg de hidrocortisona intravenosa. O desfecho favorável foi definido pelo pico de fluxo expiratório maior ou igual a 50% do previsto após a quarta hora de tratamento, e o desfecho desfavorável pelo pico de fluxo expiratório menor que 50% do previsto. RESULTADOS: Tiveram desfecho favorável 27 pacientes e desfavorável 24. A análise multivariada identificou o pico de fluxo expiratório em porcentagem do previsto aos quinze minutos como variável mais preditiva. O pico de fluxo expiratório maior ou igual a 40% aos quinze minutos mostrou significativa contribuição em predizer desfecho favorável (sensibilidade = 0,74, especificidade = 1,00 e valor preditivo positivo = 1...

Perfil epidemiológico dos atendimentos de emergência por sintomas respiratórios em um hospital terciário

Silva,Denise Rossato; Viana,Vinícius Pellegrini; Müller,Alice Mânica; Coelho,Ana Cláudia; Deponti,Gracieli Nadalon; Livi,Fernando Pohlmann; Dalcin,Paulo de Tarso Roth
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
105.98%
OBJETIVO: Avaliar a prevalência de sintomas respiratórios como motivo para procura de atendimento de emergência por pacientes adultos e pediátricos, descrevendo as principais síndromes clínicas diagnosticadas e o desfecho dos pacientes. MÉTODOS: Estudo transversal, realizado na emergência de um hospital universitário terciário. Entre novembro de 2008 e novembro de 2009, o número total de atendimentos foi revisado diariamente. Foram incluídos no estudo crianças e adultos com pelo menos um sintoma respiratório. Os prontuários eletrônicos foram revisados e foram registradas as principais características dos pacientes. RESULTADOS: Durante o período do estudo, houve 37.059 admissões na emergência, das quais 11.953 (32,3%) foram motivadas por sintomas respiratórios. A prevalência de atendimentos por sintomas respiratórios foi 28,7% e 38,9% nos adultos e crianças, respectivamente. As taxas de internação hospitalar e de mortalidade nos adultos foram 21,2% e 2,7%, respectivamente, comparadas com 11,9% e 0,3%, respectivamente, nas crianças. Nos adultos, quanto maior o tempo entre o início dos sintomas e a visita à emergência, maiores foram a necessidade de hospitalização (p< 0,0001), o tempo de hospitalização (p < 0...

Gerenciamento do cuidado: ações dos enfermeiros em um serviço hospitalar de emergência

Santos,José Luís Guedes dos; Lima,Maria Alice Dias da Silva
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
136.14%
Estudo com objetivo de analisar as ações de gerenciamento do cuidado realizadas pelos enfermeiros em um serviço hospitalar de emergência. Pesquisa qualitativa do tipo estudo de caso, realizada com enfermeiros do Serviço de Emergência de um Hospital Universitário da região sul do Brasil. Os dados foram coletados por meio de observação participante e entrevista semi-estruturada e analisados pela técnica de análise temática. Os resultados evidenciam ações dos enfermeiros no planejamento do cuidado, previsão e provisão de recursos, supervisão, liderança e capacitação da equipe de enfermagem. No planejamento do cuidado, identifica-se a execução do processo de enfermagem e o controle da realização dos exames laboratoriais e radiológicos. As ações de previsão e provisão de recursos foram: elaboração de escala mensal de funcionários, distribuição diária dos funcionários e gerenciamento de recursos materiais. A liderança favorece o planejamento da assistência, a coordenação da equipe de enfermagem e a delegação de atividades.

O enfermeiro no gerenciamento à qualidade em serviço hospitalar de emergência: revisão integrativa da literatura

Bellucci Júnior,José Aparecido; Matsuda,Laura Misue
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
136.17%
O estudo teve por objetivo analisar publicações relacionadas à atuação de enfermeiros no gerenciamento à qualidade em Serviço Hospitalar de Emergência. Por meio de revisão integrativa da literatura foram identificados 4780 artigos dos quais se selecionou oito, considerando os critérios: artigos completos; publicados no período entre 2000 a 2010; disponíveis no idioma português; indexados nas bases de dados da Biblioteca Virtual em Saúde. Todo o material foi analisado por meio da técnica Análise de Conteúdo. Emanaram-se duas categorias temáticas: Atuando na estruturação da equipe de enfermagem à qualidade do atendimento e Gerenciando as ações de enfermagem à qualidade no atendimento. Conclui-se que a promoção da qualidade do atendimento prestado em Serviço Hospitalar de Emergência é vinculada às ações de humanização do cuidado e do cuidador e que a atuação do enfermeiro no Acolhimento com Classificação de Risco é uma das principais estratégias para o gerenciamento da qualidade nesses serviços.

Rotatividade entre trabalhadores de enfermagem de uma unidade de emergência adulto

Martins, Marisa da Silva
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 193 p.| il., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
106.12%
Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Gestão do Cuidado em Enfermagem, Florianópolis, 2015.; A rotatividade de trabalhadores é o efeito da saída de alguns e entrada de outros para substituí-los em seus cargos/funções em uma organização. Sua ocorrência é saudável para a organização quando controlada, contudo é considerada prejudicial quando em índices elevados, por acarretar problemas para os trabalhadores, organizações e recursos públicos. Poucas são as publicações que tratam sobre os fatores geradores de rotatividade na área da saúde, em especial em relação aos trabalhadores de enfermagem. Do mesmo modo, o conhecimento sobre o índice de rotatividade de pessoal de enfermagem em unidades de emergência foi pouco investigado até o momento, sendo este um dos motivos que impulsionaram a realização deste estudo. As unidades de emergência constam entre as principais vias de acesso da população aos serviços de saúde e nelas são atendidos os pacientes críticos e semicríticos que necessitam de assistência rápida e eficaz. Este papel desempenhado pelas unidades de emergência justificam a necessidade de estudos dos índices reais e causas de rotatividade existentes nestes ambientes para a tomada de medidas que o minimizem. Desta forma...

Sintomas de depressão e fatores intervenientes entre enfermeiros de serviço hospitalar de emergência

Oliveira,Felipe Perucci de; Mazzaia,Maria Cristina; Marcolan,João Fernando
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
126.03%
Resumo Objetivo: Verificar se enfermeiros do serviço hospitalar de emergência apresentavam sintomas depressivos identificar fatores intervenientes e analisar percepção sobre o sofrimento psíquico e influência na assistência prestada. Métodos: Estudo transversal, realizado com enfermeiros de serviços hospitalares de emergência. O instrumento de pesquisa foi um questionário semiestruturado, com variáveis sociodemográficas e escalas psicométricas para avaliação de depressão. Para estatística foi utilizado o teste exato de Fisher. Resultados: Participaram 23 enfermeiros dois quais 91,3% apresentaram sintomas de depressão. Fatores para adoecimento estavam relacionados às condições do trabalho como sobrecarga, desvalorização, falta de recursos humanos e materiais. Os enfermeiros não se percebiam adoecidos, nem influência na assistência. Os resultados foram convergentes para as escalas de observação. Todos foram orientados e encaminhados para atendimento especializado. Conclusão: A maioria dos enfermeiros atuantes nos serviços de emergência apresentou quadro depressivo ligado a condições de trabalho A maioria não percebia o próprio sofrimento psíquico.

Estratégias de enfrentamento dos enfermeiros em serviço hospitalar de emergência

Ribeiro,Renato Mendonça; Pompeo,Daniele Alcalá; Pinto,Maria Helena; Ribeiro,Rita de Cassia Helú Mendonça
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 PT
Relevância na Pesquisa
126.03%
Resumo Objetivo: Identificar as estratégias de enfrentamento dos enfermeiros em serviço hospitalar de emergência e relacioná-las às variáveis sociodemográficas e profissionais. Métodos: Estudo transversal com 89 enfermeiros. Os instrumentos de pesquisa foram: formulário para caracterização dos sujeitos e o Inventário de Estratégias de Enfrentamento de Folkman e Lazarus. Resultados: As estratégias de enfrentamento mais utilizadas foram: resolução de problemas e reavaliação positiva; a menos utilizada, foi o confronto. As estratégias confronto, reavaliação positiva, e fuga e esquiva foram associadas ao sexo masculino, não ter um companheiro e trabalhar em período noturno, respectivamente. Conclusão: As estratégias de enfrentamento podem ser auxiliadas por acompanhamento escuta, programas educacionais e um espaço para discussão das dificuldades relacionadas ao trabalho.

Post-visit at ophthalmology emergency service: frequency and perception of the doctors on duty and users; Pós-consulta em serviço de emergência oftalmológica: frequência e percepção dos plantonistas e usuários

CARVALHO, Regina de Souza; KARA-JOSÉ, Newton; KARA-JUNIOR, Newton
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Relatório
ENG
Relevância na Pesquisa
105.9%
PURPOSE: To check the occurrence of post-visit, the patient's understanding and the assessments of the doctor on duty about the efficacy of the process, at the ophthalmology emergency sector. METHODS: It was conducted a transversal, analytical research among doctors on duty and patients being seen consecutively in the ophthalmology emergency sector of Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo. RESULTS: The sample was made of 28 doctors on duty and 561 patients, 51.3% male and 48.7% female, with a mean age of 39.8 years old. From 34.1% of the patients who were previously seen by other sectors, 8.4% looked for two services and 5.7% three or more services. In the previous visits, 56.9% of the patients mentioned that they did not receive any explanation about their diagnostic. From the patients seen at Hospital das Clínicas, Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - FMUSP, 95.1% mentioned that the ophthalmologists explained the diagnostic and from those 84.0% understood what was explained. Among 40.4% of the patients who received medicine prescriptions in the previous services, 85.5% mentioned that they received explanation about its use and 82.9% followed the orientation. At Hospital das Clínicas - FMUSP 95.0% of the patients understood how and why to use the medicine. At the ophthalmologists point of view...

A dimensão gerencial do trabalho do enfermeiro em um serviço hospitalar de emergência

Santos, José Luis Guedes dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
126.22%
Este estudo teve como objetivo geral analisar a dimensão gerencial do processo de trabalho do enfermeiro em um serviço hospitalar de emergência. Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo estudo de caso com base no referencial teórico dos estudos sobre processo de trabalho em saúde, processo de trabalho gerencial do enfermeiro e gerenciamento do cuidado. Os dados foram coletados entre junho e setembro de 2009, por meio de observação participante e entrevista semi-estruturada com enfermeiros do Serviço de Emergência de um Hospital Universitário do Rio Grande do Sul – RS, Brasil. O material empírico foi analisado segundo a técnica de análise de conteúdo temática, a partir da qual se constituíram quatro categorias: 1) O trabalho dos enfermeiros no cotidiano do serviço de emergência; 2) Atuação dos enfermeiros no gerenciamento do cuidado; 3) Articulação entre os profissionais e trabalho em equipe; e, 4) Desafios no gerenciamento do cuidado e estratégias para superá-los. O trabalho dos enfermeiros no serviço de emergência é constantemente influenciado por situações inesperadas e pela procura por atendimento, que variam em diversidade e complexidade. A dimensão gerencial do trabalho do enfermeiro tem como foco o atendimento às necessidades dos pacientes e contempla a realização e o planejamento do cuidado...

A preceptoria em serviço de emergência e urgência hospitalar na perspectiva de médicos; The emergency and urgency hospital tutoring in the doctor´s perspective

Sant'Ana, Elisete Regina Rubin de Bortoli
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ensino na Saúde (FM); Faculdade de Medicina - FM (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Ensino na Saúde (FM); Faculdade de Medicina - FM (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.14%
The human resources formation in the health care area has been suffering from a series of reconstructions with the purpose of supplying the failures related to solving the population health problems. One of the current challenges is the competent formation of the health care staff, in a way that they are able to act in emergency and urgency situations. And in this scenario, the training hospitals are of utmost importance as they receive a great number of students to be trained. In this context, there was an option to develop a case study with a qualitative approach, with the objective of analyzing the tutorship in the perspective of fifteen doctors who worked in and emergency and urgency health care system from a Federal Teaching Institution in Goiânia-Goiás. The data were collected from January 2013 to March 2013, through very close questionnaires and also semi-structured interviews, followed by a guide with open questions. For the analysis of the data collected in the interviews, Bardin (2009) technique of content analysis was used. From the data analysis, it was established that doctors consider tutoring a key element in the learning process in a practical way and it was also established that being a tutor means provide students the knowledge but also be responsible for their future formation. There were many tutoring activities mentioned...

Estrés del enfermero de la unidad de emergencia; Stress among emergency unit nurses; Estresse do enfermeiro em unidade de emergência

Batista, Karla de Melo; Bianchi, Estela Regina Ferraz
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Publicador: Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2006 POR
Relevância na Pesquisa
106.01%
Estresse tem presença marcante na atuação do enfermeiro. O presente artigo aborda um estudo exploratório realizado junto aos enfermeiros de unidade de emergência de instituição hospitalar, com o objetivo de determinar o nível de estresse desses profissionais. A amostra foi constituída por 73 enfermeiros de unidade de emergência, inseridos em instituições públicas e particulares do município de São Paulo. O questionário, com itens abordando a atuação específica do enfermeiro nessa unidade, foi utilizado na coleta de dados. Os resultados indicaram que os enfermeiros de unidade de emergência apresentam médio nível de estresse, e que as áreas E - Condições de trabalho para o desempenho das atividades de enfermeiro, e F - Atividades relacionadas à administração de pessoal, foram consideradas as mais estressantes para os indivíduos pesquisados. Constata-se que, para o enfermeiro de emergência, apesar de sua pronta e efetiva atuação frente à instabilidade da situação do paciente, as condições externas a essa situação são mais estressantes. Cabe às instituições analisarem esses requisitos para possibilitar a diminuição do estresse vivido pelos enfermeiros.; El estrés tiene presencia notable en la actuación del enfermero. Este artículo trata de un estudio exploratorio...

EMBRACEMENT WITH RISK CLASSIFICATION: AN INDICATOR OF THE EMERGENCY DEMAND ON A HOSPITAL SERVICE; ACOGIDA CON CLASIFICACIÓN DE RIESGO: UN INDICADOR DE LA DEMANDA EMERGENCIAL DE UN SERVICIO HOSPITALAR; ACOLHIMENTO COM CLASSIFICAÇÃO DE RISCO: UM INDICADOR DA DEMANDA EMERGENCIAL DE UM SERVIÇO HOSPITALAR

Souza, Thaise Honorato de; Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC; Andrade, Selma Regina de; Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 19/12/2014 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
96.13%
Este estudo objetivou caracterizar e analisar a porta de entrada e possíveis estratégias para organizaçãodo Serviço de Emergência de um Hospital Universitário, considerando o acolhimento com classificação de risco,a Rede de Atenção às Urgências e a Rede de Atenção à Saúde do Sistema Único de Saúde. Estudo descritivo,transversal, realizado entre nove de abril e oito de junho de 2012. Obteve-se um total de 3.078 casos deacolhimento. Os dados foram coletados por meio de observação participante e de consulta documental, analisadospor temática e estatística descritiva. Os resultados mostraram que 63,55% dos acolhidos acessaram o referidoserviço devido a casos não emergenciais. Após caracterização, discutiram-se alguns elementos para organizaçãoda demanda emergencial na perspectiva de rede de atenção. O estudo mostrou que apesar da classificação derisco ser uma estratégia inovadora, por si só não soluciona os problemas de excesso de demanda não emergencial. ; This study aimed to characterize and analyzethe gateway and possible strategies for organization of theEmergency Service of a University Hospital, consideringthe embracement with classification of risk, the EmergencyCare Network and the Healthcare Network of the UnifiedHealth System. This descriptive...