Página 1 dos resultados de 730 itens digitais encontrados em 0.057 segundos

G??nero, ra??a e compet??ncias de dire????o no servi??o p??blico federal

Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Peri??dico/Revista/Caderno
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
156.1%
O relat??rio, que teve sua publica????o apoiada pela Canad?? School of Public Service, apresenta os resultados de uma pesquisa sobre a dificuldade de acesso de mulheres e negros aos cargos superiores da administra????o p??blica federal, bem como os conhecimentos, habilidades e atitudes necess??rios para o desempenho de cargos de dire????o desses segmentos; N??mero de p??ginas: 68 p.; Gest??o de Pessoas; S??rie monogr??fica: Cadernos ENAP, 31

Uma explora????o inicial da literatura sobre a inova????o; Cartilha da gest??o do conhecimento no servi??o p??blico; Guia sobre a gest??o de riscos no servi??o p??blico; ;

Canada School of Public Service (CSPS); Canada School of Public Service (CSPS); Hill, Stephen
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Peri??dico/Revista/Caderno
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
146.31%
Este Caderno traz tr??s relat??rios de pesquisa internacionais. O primeiro cont??m uma explora????o inicial da literatura sobre o tema da inova????o. Sua inten????o ?? considerar as implica????es desse conceito para a aprendizagem organizacional, bem como fatores que motivam a inova????o. O segundo relat??rio descreve, em linhas gerais, o campo da gest??o do conhecimento e sua aplica????o no setor p??blico. O terceiro, por sua vez, pretende criar um ponto de partida para se aprender e trabalhar com o conceito de gest??o de riscos e fornecer uma no????o dos obst??culos que devem ser enfrentados na incorpora????o da gest??o de riscos a processos decis??rios governamentais; N??mero de p??ginas: 58 p.; Inova????o; Gest??o do Conhecimento; Gest??o de Riscos; S??rie monogr??fica: Cadernos ENAP, 30 Texto I: Uma explora????o inicial da literatura sobre a inova????o (Canada School of Public Service) Texto II: Cartilha da gest??o do conhecimento no servi??o p??blico (Canada School of Public Service) Texto III: Guia sobre a gest??o de riscos no servi??o p??blico (Stephen Hill)

Revista do Servi??o P??blico de 1937 a 2007

Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Peri??dico/Revista/Caderno
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
166.22%
Edi????o especial comemorativa dos 70 anos de exist??ncia da primeira publica????o brasileira especializada em gest??o e administra????o p??blicas. Ao longo de sete d??cadas, a revista publicou textos de servidores e intelectuais, que se tornaram refer??ncia no pa??s. Neste n??mero, a ENAP busca situar a revista dentro das transforma????es hist??ricas, sociais, pol??ticas e culturais, no per??odo 1937-2007, e delinear cen??rios para o futuro; N??mero de p??ginas: 151 p.; Administra????o P??blica; Edi????o Especial da Revista do Servi??o P??blico; ISSN 0034-9240

I concurso de monografias sobre servi??o p??blico

Funda????o Centro de Forma????o do Servidor P??blico (FUNCEP)
Fonte: Funda????o Centro de Forma????o do Servido P??blico (FUNCEP) Publicador: Funda????o Centro de Forma????o do Servido P??blico (FUNCEP)
Tipo: Folders/Cartilhas
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
166.3%
Os temas abrangidos no Concurso dizem respeito ao Servi??o P??blico, e neles estando contidos quaisquer assuntos de interesse para a Administra????o P??blica e para o Servidor P??blico; N??mero de p??ginas: 3 p.; Administra????o P??blica

III concurso de monografias sobre servi??o p??blico

Funda????o Centro de Forma????o do Servidor P??blico (FUNCEP)
Fonte: Funda????o Centro de Forma????o do Servido P??blico (FUNCEP) Publicador: Funda????o Centro de Forma????o do Servido P??blico (FUNCEP)
Tipo: Folders/Cartilhas
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
166.3%
Os temas abrangidos no Concurso dizem respeito ao Servi??o P??blico, Administra????o P??blica e Servidor P??blico; N??mero de p??ginas: 2 p.; Gest??o P??blica

Portaria n?? 86, de 13 de junho de 2014: Institui regulamento da Revista do Servi??o P??blico, inclusive estrutura editorial e normas de submiss??o editorial

Escola Nacional de Administra????o P??blica (Brasil)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Ato Normativo
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
166.23%
Institui regulamento da Revista do Servi??o P??blico, inclusive estrutura editorial e normas de submiss??o editorial. A Revista publica artigos sobre os seguintes temas: Estado e Sociedade, Pol??ticas P??blicas e Gest??o P??blica e tem por miss??o disseminar conhecimentos e estimular a reflex??o e o debate, apoiando o desenvolvimento dos servidores, o seu compromisso com a cidadania e a consolida????o de uma comunidade de praticantes, especialistas e interessados nos temas de pol??ticas p??blicas e gest??o governamental; N??mero de p??ginas: 14 p.; Administra????o P??blica; Portaria publicada no Boletim Interno da ENAP, Edi????o Extraordin??ria n?? 21

A reforma do Estado e a concep????o francesa do servi??o p??blico; La reforma del Estado y la concepci??n francesa de los servicios p??blicos; The reform of the State and the French concept of public service

Chevallier, Jacques
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
146.37%
O artigo pretende avaliar os efeitos da reforma do Estado sobre a concep????o francesa tradicional do servi??o p??blico, a qual repousaria sobre tr??s dimens??es: a funcional, relativa ?? extens??o da esfera da gest??o p??blica, a axiol??gica, pertinente aos valores que governam seu funcionamento e a jur??dica, associada ao conjunto de leis que a ela se aplicam. O autor sustenta que a iniciativa de reforma do Estado teve repercuss??o nos seguintes aspectos: a condu????o da mudan??a, pela promo????o de um estilo consensual de gest??o no interior das estruturas administrativas; a rela????o administrativa, modificada pela promo????o da figura do usu??rio-cidad??o; o estatuto dos agentes, flexibilizado pela introdu????o da gest??o descentralizada de recursos humanos e a arquitetura administrativa, reordenada em torno dos p??los estrat??gico e operacional. O autor afirma que a reforma do Estado n??o contempla um ponto fundamental, qual seja, o problema da posi????o do servi??o p??blico em rela????o ?? economia e ?? sociedade.; El art??culo pretende evaluar los efectos de la reforma del Estado desde el punto de vista de la concepci??n francesa tradicional del servicio p??blico, la cual estar??a basada en tres puntos: la funcional...

Parceria p??blico-privada: compreendendo o modelo brasileiro; Asociaci??n p??blico-privada: comprensi??n del modelo brasile??o; Public-private partnership: understanding the Brazilian framework

Brito, Barbara Moreira Barbosa de; Silveira, Antonio Henrique Pinheiro
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
146.35%
A necessidade de viabilizar investimentos p??blicos em um contexto de restri????o fiscal impulsionou governos de diversos pa??ses a buscar na parceria com o setor privado a alternativa para a realiza????o de obras e servi??os p??blicos. A experi??ncia paradigm??tica do Reino Unido em programas de parceria p??blico-privada (PPP) norteou a implanta????o de iniciativas semelhantes mundo afora. No Brasil, a aprova????o, em dezembro de 2004, da lei que disciplina as normas para contrata????o de PPP deu in??cio a um processo que passar?? pela defini????o dos projetos priorit??rios e que culminar?? na consolida????o das parcerias como mais um instrumento para a viabiliza????o de obras e servi??os p??blicos de que o pa??s necessita. Esse artigo tem por objetivo elucidar o modelo brasileiro de parcerias p??blico-privadas. Ap??s uma contextualiza????o inicial, s??o discutidos os fundamentos que balizam a implanta????o de um programa de PPP e apresentadas algumas caracter??sticas gerais dos contratos. Por fim, s??o expostos os pontos centrais da lei brasileira.; El desaf??o de realizar inversiones publicas en una situaci??n donde los Estados no cuentan con los recursos necesarios llev?? a los gobiernos a convocar al sector privado a participar en los procesos de inversi??n...

Inova????o no governo e no setor p??blico: desafios e implica????es para a lideran??a; Innovaci??n en el gobierno y en el sector p??blico: desaf??os e implicaciones para el liderazgo; Government and public sector innovation: selected leadership implications

Schwella, Erwin
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
146.36%
Pol??ticas de inova????o no governo e no setor p??blico s??o necess??rias por muitas raz??es. As institui????es de governan??a, incluindo-se a?? as organiza????es de servi??o p??blico, v??m enfrentando atualmente in??meros desafios e devem exercer suas atribui????es a partir desse contexto. S??o desafios que requerem abordagens novas e inovadoras para dar conta de sua complexidade. ?? preciso, portanto, que governos e servi??os p??blicos se envolvam em processos cont??nuos de inova????o: solu????es convencionais e conhecidas parecem simplesmente n??o mais atender e somente se conseguir?? fazer frente aos novos desafios com sucesso por meio de respostas criativas. Surge, ent??o, uma quest??o: quais as abordagens e as estrat??gias de lideran??a mais indicadas em um contexto de necess??ria inova????o? Este artigo trata dos desafios que surgem a partir desse contexto e dos aspectos de inova????o necess??rios para enfrent??-los. Apresenta ainda algumas abordagens de lideran??a e poss??veis estrat??gias para aumentar a capacidade de lideran??a p??blica e a habilidade dos l??deres, para que enfrentem os desafios de inovar e de implementar pol??ticas e processos inovadores.; Pol??ticas de innovaci??n en el gobierno y en sector p??blico son necesarias por muchas razones. Las instituciones de governanza...

Interesse, ??tica e pol??tica no servi??o p??blico

Araujo, Cicero
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
166.27%
J?? faz algumas d??cadas que a Ci??ncia Pol??tica vem transpondo para seu campo de investiga????o o paradigma do homo oeconomicus ??? a psicologia egoc??ntrica utilizada pela teoria econ??mica convencional para dar conta das intera????es sociais no mercado. ???Seu campo de investiga????o???, isto ??, o comportamento de atores coletivos, como os partidos, os sindicatos e os gabinetes governamentais, ou de atores individuais, como as lideran??as partid??rias, os parlamentares, os eleitores, etc. Para o assunto que nos interessa aqui, houve grande impacto, no debate posterior, o uso que se fez do paradigma econ??mico para entender certos problemas da administra????o p??blica e da a????o coletiva.; Revista do Servi??o P??blico - RSP, v. 56, n. 3, p. 309-320; Administra????o P??blica; ??tica; ISSN Impresso: 0034-9240; ISSN Eletr??nico: 2357-8017; O presente documento trata-se de um ensaio.

O administrador p??blico tipo delta para o s??culo 21; El administrador p??blico tipo delta para el siglo 21; Delta-type senior civil service for the 21st century

Dror, Yehezkel
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
146.33%
O artigo estuda um aspecto da reforma do Estado que, segundo o autor, tem sido sistematicamente negligenciado pelas atuais propostas que focalizam o modelo da administra????o gerencial. Trata-se das fun????es vitais do governo de tomar decis??es cr??ticas e adotar pol??ticas diante das mudan??as provocadas pela revolu????o global. Segundo Dror, as tarefas de alto comando (high-order tasks) de definir trajet??rias e as novas formas de governan??a exigem um ajuste significativo do governo central. Este ajuste refere-se, principalmente, ?? concep????o e ao desenvolvimento de um novo padr??o de funcion??rios do primeiro escal??o p??blico, o qual contribuiria com conhecimento e perspectivas para enfrentar as tarefas de alto comando. O autor estabelece uma tipologia para caraterizar a evolu????o do perfil do servi??o p??blico, marcando suas fases hist??ricas: a) tipo alpha (status atribu??do, fus??o de pap??is pol??ticos e administrativos); b) tipo beta (compra de cargos governamentais) e c) tipo gamma (quase profissionalismo). O novo funcion??rio s??nior, do tipo delta, se concentraria nas quest??es de ordem estrat??gica, deixando as fun????es gerenciais para servidores do tipo gamma e para os servi??os t??cnicos. Ap??s uma breve an??lise...

Modernizando o emprego p??blico

Organiza????o de Coopera????o e de Desenvolvimento Econ??mico (OCDE)
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
156.38%
Os pa??ses da Organiza????o para Coopera????o e Desenvolvimento Econ??mico (OCDE) t??m algo em comum quando se fala das particularidades de governo: um consistente n??cleo de servi??o p??blico, ou seja, uma burocracia controlada centralmente, formada por pessoas que trabalham para os neg??cios de governo em minist??rios, ??rg??os e ag??ncias com estruturas e sistemas pr??prios. Estabilidade ??? ou o chamado emprego para toda a vida ??? e um regime especial s??o as caracter??sticas tradicionais do servi??o p??blico. Nas ??ltimas d??cadas, entretanto, diversas ??reas do servi??o p??blico perderam essa distin????o, porque, com os processos de reforma, um n??mero significativo de fun????es p??blicas passaram para o setor privado. Assim, muitas das suposi????es sobre como o servi??o p??blico funciona n??o s??o mais verdadeiras.; Revista do Servi??o P??blico - RSP, v. 56, n. 4, p. 419-428; Administra????o P??blica; ISSN Impresso: 0034-9240; ISSN Eletr??nico: 2357-8017; Este artigo foi publicado originalmente pela OCDE, em ingl??s e franc??s, com os t??tulos: ???Policy brief : Public sector modernisation: modernising public employment???; ???Synth??se : la modernisation du secteur public: moderniser l???emploi public???.OECD...

A transforma????o do Estado e a reforma do servi??o p??blico civil

Berq??o, Urbano C.
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
176.27%
Si ha realidade hist??rica que n??o possa ser negada ou desconhecida em nossos dias, essa ??, sem d??vida, a import??ncia r??pidamente crescente que o Estado vem adquirindo desde que a grande guerra come??ou a abalar em seus fundamentos a organiza????o decimononesca da vida social da humanidade. De 1929 para c??, entretanto, a extens??o do poder e das responsabilidades do Estado est?? se processando com tal vigor que mesmo alguns observadores argutos das grandes transforma????es sociais de nosso tempo se mostram at??nitos e incapazes de apreender a sua justa significa????o.; Revista do Servi??o P??blico - RSP, v. 58, n. 1, p. 115-120; Administra????o P??blica; Estado e Governo. Governan??a. Governabilidade; RSP Revisitada: texto originalmente publicado na RSP de novembro de 1937 (ano 1, v. 1); ISSN Impresso: 0034-9240; ISSN Eletr??nico: 2357-8017

O processo or??ament??rio e a apura????o de custos de produtos e servi??os no setor p??blico do Brasil; El processo presupuestario e la apuraci??n de costes de productos y servicios del sector p??blico en Brasil; The Public Budget Process and the Estimation of Costs of Products and Services in the Brazilian Public Sector

Luque, Carlos A.; Cruz, H??lio N.; Amaral, Cicely M.; Bender, Siegfried; Santos, Paulo M. dos
Fonte: Revista do Servi??o P??blico (RSP); Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP) Publicador: Revista do Servi??o P??blico (RSP); Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
146.41%
O presente artigo aborda a quest??o da apura????o de custos de servi??os p??blicos a partir da perspectiva do processo or??ament??rio no setor p??blico. Nesse sentido, o objetivo principal do trabalho consiste em explicitar uma sistem??tica de an??lise e apura????o de custos de servi??os p??blicos que seja adaptada ao processo or??ament??rio do setor p??blico brasileiro e, assim, contribuir para a obten????o da efici??ncia alocativa e efici??ncia operacional. A sistem??tica de apura????o de custos aqui proposta ?? totalmente compat??vel com os sistemas gerenciais de informa????o utilizados pelo Governo e tem baixo custo de operacionaliza????o porque n??o implica mudan??as apreci??veis nos sistemas de informa????o em uso e na forma de registro das informa????es na contabilidade p??blica. Por fim, a sistem??tica de apura????o de custos de servi??os p??blicos proposta atende ?? Lei de Responsabilidade Fiscal e a complementa quanto ?? apura????o de custos de servi??os e produtos do setor p??blico.; En este art??culo abordamos la apuraci??n de los costes de servicios p??blicos de la perspectiva del proceso presupuestario en el sector p??blico. El objetivo principal dell art??culo es explicitar una sistem??tica de analysis y apuraci??n de costes de servicios p??blicos adaptada al proceso presupuestario del sector p??blico brasile??o...

O aprimoramento da conduta ??tica no servi??o p??blico federal

Carneiro, Jo??o Geraldo Piquet
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
176.31%
Texto apresentado no semin??rio internacional ???Encontro para promo????o da ??tica no servi??o p??blico???, organizado pelo Minist??rio da Administra????o Federal e Reforma do Estado ??? MARE, em conjunto com o Conselho da Reforma do Estado, em dezembro de 1997.; Revista do Servi??o P??blico - RSP, v. 49, n. 3, p. 120-133; Administra????o P??blica; ??tica P??blica; ISSN impresso: 0034-9240; ISSN eletr??nico: 2357-8017

Nem privado nem estatal: em busca de uma nova estrat??gia para a provis??o de servi??os p??blicos; Ni privado ni estatal: en busca de una nueva estrategia para la provisi??n de servicios p??blicos; Neither private nor state: in search for a new strategy for RSP the provision of public services

Morales, Carlos Antonio
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
146.39%
A id??ia que anima este artigo ?? a de juntar argumentos que demonstrem a import??ncia de se reformar as rela????es do Estado com a sociedade para que a reforma do aparelho do Estado tenha sucesso. S??o discutidas as vantagens e desvantagens da provis??o dos servi??os p??blicos sociais por meio de organiza????es p??blicas n??o-estatais, como uma estrat??gia para superar a crise de governan??a do Estado contempor??neo e tamb??m como um caminho para reduzir a precariedade dos servi??os sociais. O esfor??o de supera????o da crise do Estado vem se traduzindo na redefini????o do modo de financiamento e da maneira de organizar a execu????o das pol??ticas p??blicas sociais, de forma a garantir efetividade na resposta ??s demandas sociais e maior efici??ncia na produ????o dos servi??os. A desestatiza????o da provis??o dos servi??os sociais coloca as sociedades democr??ticas diante do desafio de resolver como manter a responsabilidade do Estado frente ao interesse p??blico. Trata-se de responder como transitar do estatal para o p??blico, garantindo que a provis??o de servi??os p??blicos n??o dependa exclusivamente do Estado, sem que este abandone seu papel de financiador e regulador das atividades de interesse geral. O que n??o merece mais d??vidas ?? que a constitui????o de uma esfera p??blica que venha a atuar em simetria com o Estado e o mercado...

Centros de Servi??os Compartilhados: da experi??ncia brit??nica ??s perspectivas de inova????o na gest??o p??blica brasileira

Ferreira, Cicero; Bresciani, Lu??z Paulo; Mazzali, Leonel
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
146.36%
O presente artigo toma como ponto de partida a revis??o do estado da arte sobre os centros de servi??os compartilhados (CSC). Arranjos de servi??os compartilhados est??o ganhando import??ncia na gest??o p??blica como meio para reduzir despesas e elevar a qualidade dos servi??os. Os objetivos da pesquisa foram investigar as determinantes do surgimento dos CSC na gest??o p??blica, os principais problemas em sua implanta????o e as tend??ncias futuras dos CSC. Al??m da publica????o cient??fica e t??cnica sobre o tema, a metodologia se assenta no estudo da experi??ncia brit??nica de compartilhamento de servi??os entre diferentes esferas de governo. Uma das conclus??es relevantes da pesquisa ?? que o Brasil, embora tenha poucas experi??ncias de servi??os compartilhados na administra????o p??blica, poder?? obter significativos benef??cios financeiros e na qualidade dos servi??os p??blicos.; Este art??culo toma como punto de partida la revisi??n del estado del arte acerca de los centros de servicios compartidos (CSC). Los servicios compartidos est??n ganando importancia en la administraci??n p??blica como un medio para reducir costes y elevar el nivel de servicio. Los objetivos de la investigaci??n fueron de investigar los factores determinantes de la aparici??n de CSC en la administraci??n p??blica...

Em prol de um c??digo de ??tica para o servi??o p??blico

Walker, Harvey
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
166.34%
Nesta edi????o, A RSP revisitada traz o artigo de Harvey Walker, publicado em 1953, dedicado ao tema da ??tica no servi??o p??blico. A preocupa????o do autor com a necessidade de um c??digo de ??tica abrangente para o servidor p??blico, que definisse padr??es de conduta esperados dos representantes do Estado, revela-se bastante atual quando observamos que diversos t??picos abordados se colocam no debate contempor??neo.; Revista do Servi??o P??blico - RSP, v. 62, n. 1, p. 89-92; ??tica; ??tica P??blica; ISSN eletr??nico: 2357-8017; ISSN impresso: 0034-9240; RSP Revisitada: texto originalmente publicado na RSP de fevereiro de 1953 (vol.1, n.2).

Hist??rico da RSP: a Revista do Servi??o P??blico no pensamento administrativo brasileiro (1937- 1989)

Kelnert, Tania Margarete Mezzomo; Vaz, Jos?? Carlos
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
166.22%
A linha editorial da RSP assume diversas mudan??as ao longo do tempo.Mas, em sua trajet??ria, observa-se duas tend??ncias: ser uma revista oficial, por um lado, e tamb??m ser cient??fica. No papel de precursora (?? anterior ao pr??prio DASP), a RSP catalisou em torno o de si pessoas interessadas em pensar (e repensar) a administra????o p??blica brasileira. Mesmo no per??odo da ruptura (65 a 79). Nesse per??odo, o tema reforma administrativa voltou a ser discutido - mas impregnado pelo discurso militar, essencialmente pol??tico, e destinado a legitimar a nova ordem.; Revista do Servi??o P??blico - RSP, v. 118, n. 45, p. 09-41; Administra????o P??blica; ISSN eletr??nico: 2357-8017; ISSN impresso: 0034-9240

Resenha: Novas formas de gest??o dos servi??os p??blicos: a rela????o p??blico - privado

Machado, ??rica M??ssimo
Fonte: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP) Publicador: Escola Nacional de Administra????o P??blica (ENAP); Revista do Servi??o P??blico (RSP)
Tipo: Artigo de Revista Científica
IDIOMA::PORTUGU??S:PORTUGU??S:PT
Relevância na Pesquisa
156.37%
Resenha do livro: GALV??O, Maria Cristina C.P. (org.) et al. Novas Formas de Gest??o dos Servi??os P??blicos: a rela????o p??blico-privado. Relat??rio de Pesquisa. S??o Paulo: FUNDAP, 1995, 68 p. Trata de pesquisa desenvolvida pela FUNDAP, que identificou experi??ncias de parcerias nos setores de sa??de e educa????o, privilegiando cm sua an??lise as formas organizacionais e jur??dicas, os controles e os aspectos internos relativos ao funcionamento das organiza??????es.; Revista do Servi??o P??blico - RSP, v. 119, n. 2-3, p. 131-133; Presta????o de Servi??os P??blicos; ISSN Impresso: 0034-9240; ISSN Eletr??nico: 2357-8017