Página 1 dos resultados de 1430 itens digitais encontrados em 0.014 segundos

Böll e Kempowski: representação da Segunda Guerra Mundial em um romance (Wo warst du, Adam?) e em um "diário coletivo"(Das Echolot); Böll and Kempowski: representation of World War II in a novel (Wo warst du, Adam?) And a "collective diary" (Das Echolot)

Sousa, Claire Parot de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2010 PT
Relevância na Pesquisa
96.43%
O romance Wo warst du, Adam? (1951), de Heinrich Böll, e o "diário coletivo" Das Echolot. Barbarossa '41. (2002), de Walter Kempowski, são representações literárias da Segunda Guerra Mundial. O romance foi escrito e publicado no período do pós-guerra, quando a sociedade alemã se encontrava em meio ao sofrimento por perdas materiais, perdas de familiares, e, também, confusa com a manipulação propagandística que havia sofrido por parte do governo alemão. Começava, ainda, a ter acesso a informações sobre os horrores e crimes bárbaros que haviam sido cometidos por soldados nazistas, principalmente contra o povo judeu. O "diário coletivo", por sua vez, é formado por colagens de textos individuais autênticos, escritos em sua maioria durante os acontecimentos da Segunda Guerra Mundial, por seus participantes e por aqueles que vivenciaram tal período. Não há nenhuma voz que relacione os testemunhos, a interpretação de tantas vozes dissonantes fica a cargo, exclusivamente, do leitor. Por haver cinquenta anos de intervalo entre as publicações, além de diferenças quanto ao gênero literário, esta pesquisa tem como objetivo verificar se a mudança de estrutura literária e a focalização das personagens/testemunhas estão ligadas à mudança da perspectiva atual da Segunda Guerra Mundial...

A física e o projeto atômico alemães na Segunda Guerra Mundial; German physics and atomic project in World War II

Barros Sobrinho, Marcelo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
96.36%
A Alemanha iniciou o século XX com uma posição influente na comunidade científica mundial, o que é evidenciado na quantidade de Prêmios Nobel e nas descobertas realizadas no país, por alemães e estrangeiros que fizeram carreira por lá. Esse estado de coisas poderia ter mudado após o final da Primeira Guerra Mundial, quando a fragilidade da Alemanha era evidente, agravada pelas duras condições impostas pelos Aliados. Porém, o período conhecido como República de Weimar conheceu uma grande produção em vários campos, com destaque para a Física, que continuou a sua trajetória ascendente. A ascensão dos Nacional-Socialistas, em 1933, foi responsável por uma grande involução do papel alemão no cenário científico mundial desde o primeiro ano de seu governo, por meio de demissões, perseguições e outros atos. O início da Segunda Guerra Mundial magnificou esse estado de coisas. Em meio a tudo isso, é iniciado um Projeto Atômico, com o objetivo de construir uma arma de destruição em massa de alcance quase inimaginável. O Projeto não desenvolve tal arma a tempo de ser utilizada durante a guerra, mas a Alemanha desenvolve uma tradição sólida nas áreas da ciência e tecnologia nuclear.; Germany started the 21st century at a privileged status in the world science community...

Integração e identidade em conflito: as políticas culturais dos Estados Unidos para a América Latina durante a Segunda Guerra Mundial e a montagem do moderno sistema Pan-Americano (os casos de Brasil, México e Argentina); Integration and conflicting identities: the cultural policies of United States to Latin America during the World War II and the construction of the modern Pan American system (the cases of Brazil, México and Argentina)

Zagni, Rodrigo Medina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/04/2011 PT
Relevância na Pesquisa
96.39%
Durante a Segunda Guerra Mundial as relações interamericanas foram decisivamente alteradas pela militarização das relações políticas, pela montagem do parque industrial voltado à produção de armas nos EUA, pelos projetos de desenvolvimento econômico propostos e pela conversão da indústria de produtos culturais em arma de guerra, contando com a elaboração de complexas estratégias por parte de seus articuladores. Esta pesquisa foca a elaboração e a implementação das políticas culturais engendradas no complexo jogo da política externa estadunidense e que trataram das relações entre EUA e América Latina durante a Segunda Guerra Mundial, a partir de dois nexos estruturais de sentido e que obrigaram a utilização de dois tipos essenciais de fontes documentais, respectivamente: a estruturação dessas políticas por parte dos EUA, do que tratam os expedientes do Escritório para Assuntos Interamericanos; e a resposta dada pelas repúblicas latinoamericanas que foram objeto dessas políticas, a partir da análise dos expedientes das Conferências Panamericanas e Reuniões de Ministros de Relações Exteriores das Repúblicas Latinoamericanas, no mesmo período. Com isso, trataremos, desde uma perspectiva hermenêutico-histórica e a partir dos preceitos da História-Total...

Economia de guerra, batalha da produção e soldados-operários : o impacto da segunda guerra mundial na vida dos trabalhadores de Porto Alegre (1942-1945)

Pureza, Fernando Cauduro
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.32%
A seguinte dissertação tem como indagação central as transformações ocorridas nas experiências dos trabalhadores de Porto Alegre durante a Segunda Guerra Mundial, centrando-se especificamente nas transformações da legislação do trabalho e no problema da alimentação do operariado urbano. Visando compreender as relações do proletariado porto-alegrense com Estado e burguesia como parte de uma complexa condição de estruturas e agentes, a pesquisa procura debater o período que vai de 1942 a 1945 como uma conjuntura específica onde repressão, direitos, propaganda, vigilância e disciplina fazem parte de uma demanda do regime do Estado Novo para ingressar no conflito mundial. Contudo, percebendo o operariado além das pretensões da ideologia trabalhista e dos anseios do empresariado, esse trabalho pretende demonstrar as nuances e contradições que encerram o período ditatorial e que abrem caminho para o período democrático brasileiro.; The following dissertation has its focus on the changes that occurred in the Porto Alegre working class experiences during the Second World War, centering it especifically of the transformations in the labor laws and in the problem of the alimentation of the urban workers. Trying to comprehend the relations that the proletariat establishes with State and bourgeoisie as part of a complex condition of structures and agents...

Segunda Guerra Mundial - Eu Fui

Azevedo, Raquel
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Áudio
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.23%
Um relato da segunda guerra mundial, contado por um ex-combatente da Força Expedicionária Brasileira que participou do conflito.

Segunda Guerra Mundial

Weik, Bruno; Neto, Luiz Tássio
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Áudio
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.35%
Este programa conta a história e as consequências da Segunda Guerra Mundial (1939-1945)

FEB - Brasileiros na Segunda Guerra Mundial

Ferreira, Denise; Tavares, Janine; Meurer, Laura; Lazzari, Louise
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Áudio
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.23%
Saiba mais sobre a Força Expedicionária Brasileira através de depoimentos de homens que representaram o Brasil na Segunda Guerra Mundial.

Cabo Verde e a Segunda Guerra Mundial: a importância geoestratégica do arquipélago na política externa portuguesa (1939-1945)

Gomes, Adíldo Soares
Fonte: Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Publicador: Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /03/2011 POR
Relevância na Pesquisa
96.39%
Dissertação de Mestrado em Ciência Política e Relações Internacionais, Especialização em Relações Internacionais; A escolha do presente trabalho partiu de um interesse particular pela importância do arquipélago de Cabo Verde num dos períodos mais conturbados da história contemporânea – a Segunda Guerra Mundial. Sendo este trabalho destinado à elaboração final de Mestrado, procuraremos desenvolver aspectos fundamentais para o esboço de Cabo Verde na Segunda Guerra Mundial, tendo como suporte a política externa portuguesa durante o conflito. O presente trabalho visa demonstrar a importância geoestratégica de Cabo Verde, assim como a importância que esse arquipélago teve na política externa portuguesa durante aquele conflito. O principal objectivo consiste em compreender as relações entre Portugal, a Inglaterra e os Estados Unidos da América e avaliar a importância geoestratégica das ilhas cabo-verdianas no Oceano Atlântico. Assim sendo, a escolha do tema a que nos propusemos desenvolver oferece o espaço ideal para a abordagem da situação de Portugal durante a Segunda Guerra Mundial, pela perspectiva da estratégia diplomática, uma vez que reúne os componentes que permitem a existência de uma estratégia. Ou seja...

As greves dos operários de lanifícios da Covilhã no Inverno de 1941 : O início da agitação operária em Portugal durante a Segunda Guerra Mundial

Teixeira, Cátia Sofia Ferreira
Fonte: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em /11/2012 POR
Relevância na Pesquisa
96.27%
Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em História Contemporânea.; Com este trabalho pretendemos compreender o fenómeno da greve e da manifestação pública na Covilhã durante a Segunda Guerra Mundial. Focamo-nos nas greves de Novembro e Dezembro de 1941, que constituem um dos primeiros sinais da grave crise que o Estado Novo terá de enfrentar, regime que até então repousava sobre uma aparente «paz social». Apesar de terem um conteúdo reivindicativo formalmente económico, as greves de 41 revelaram-se, na prática, greves de cariz político, colocando os operários em confronto directo com o governo, sem a mediação dos Sindicatos Nacionais, estruturas que têm uma acção muito limitada na defesa das reivindicações da classe operária durante todo o conflito mundial. Embora consideradas como greves «políticas», a sua organização e condução não terá sido partidária. Como fenómenos explicativos da movimentação da comunidade operária covilhanense serão explorados os antecedentes da luta reivindicativa naquela cidade, que darão conteúdo ao movimento espontâneo a que assistimos no Inverno de 1941.

Enfermeiras brasileiras na retaguarda da Segunda Guerra Mundial: repercussões dessa participação

Oliveira,Alexandre Barbosa de; Santos,Tânia Cristina Franco; Barreira,Ieda de Alencar; Lopes,Gertrudes Teixeira; Almeida Filho,Antônio José de; Amorim,Wellington Mendonça de
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 PT
Relevância na Pesquisa
96.27%
Estudo histórico-social, cujos objetivos foram descrever as circunstâncias da mobilização e da desmobilização das enfermeiras brasileiras que atuaram na Segunda Guerra Mundial, e discutir a eficácia simbólica da participação dessas enfermeiras no campo militar. Utilizou-se como fontes de dados os documentos escritos coletados em arquivos históricos civis e militares do Rio de Janeiro; entrevista realizada com uma enfermeira que atuou na Força Expedicionária Brasileira; além de uma fotografia pertencente ao Acervo da Força Expedicionária Brasileira. Os achados, classificados, contextualizados e analisados à luz da Teoria do Mundo Social de Pierre Bourdieu, evidenciaram que a participação de mulheres na guerra, na condição de enfermeiras militares, ao tempo em que representou a ocupação de um espaço homologado por mandatários do poder, também contribuiu para consagrar a inserção de mulheres em espaços públicos consagrados aos homens, ainda que na retaguarda.

A serviço da pátria: a mobilização das enfermeiras no Brasil durante a Segunda Guerra Mundial

Cytrynowicz,Roney
Fonte: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2000 PT
Relevância na Pesquisa
96.32%
O envio de 73 enfermeiras junto à Força Expedicionária Brasileira (FEB) e à Força Aérea Brasileira (FAB) para servir na Itália, em 1944, durante a Segunda Guerra Mundial, é relacionado às políticas do governo Vargas de mobilização da população civil e de montagem de um front interno. O Estado Novo e a guerra foram importantes para a afirmação da enfermagem ‘moderna’, conforme o sistema Nightingale, inclusive como modelo profissional para as mulheres de classe média. A enfermagem permitiu ao Estado engendrar uma de suas mais persuasivas imagens: a da pátria-mãe, que estendia os cuidados maternos à frente de batalha, tornando a guerra uma experiência coletiva que deveria unir todos os homens e mulheres, todos os brasileiros, sem quaisquer estratificações sociais. Esta ação de constituição do front interno conjugava mobilização para a guerra e adesão política das classes médias ao Estado Novo.

Educação e produção de moda na Segunda Guerra Mundial: as voluntárias da Legião Brasileira de Assistência

Simili,Ivana Guilherme
Fonte: Núcleo de Estudos de Gênero - Pagu Publicador: Núcleo de Estudos de Gênero - Pagu
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
96.27%
As transformações observadas na educação e na moda durante os anos de 1942-1945, da participação do Brasil na Segunda Guerra mundial, são analisadas por intermédio dos estilos e perfis criados pela Legião Brasileira de Assistência para as voluntárias. Examino os cursos, os serviços e as atividades criadas pela instituição a fim de envolver e preparar as voluntárias para revelar os estilos e perfis femininos que emergem no cenário nacional e mostrar como a guerra refletiu e influenciou o comportamento e o vestuário femininos.

A cidade e a guerra: A visão das elites sobre as transformações do espaço da cidade do natal na segunda guerra mundial

Paiva de Oliveira, Giovana; Pitta Pontual, Virgínia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
96.35%
A leitura atual da configuração urbana da Cidade do Natal carrega muitas representações do período entre 1939 e 1945, quando esta serviu de base militar estadunidense e brasileira durante a Segunda Guerra Mundial. O acontecimento produziu marcas fundas com reflexos que são testemunhados pelo presente, seja na cultura, no espaço urbano e na configuração espacial. O momento provocou um rearranjo na organização das relações sociais, políticas e econômicas e a cidade mudou com a implantação de uma estrutura urbana militarizada e a manifestação de inúmeras novidades que, ao contrário de momentos anteriores, não dependeram da iniciativa dos grupos dirigentes locais. Trata-se de uma experiência específica e única, se comparada com as demais cidades brasileiras que abrigaram bases e outras atividades militares diante da ameaça beligerante. A capital que era uma cidade de serviços, centro político-administrativo do Estado do Rio Grande do Norte, repentinamente aguçou suas características de centro militar e estratégico, potencializando sua perspectiva comercial e de entretenimentos. Este trabalho estudou a relação entre as transformações urbanas na Cidade do Natal e os discursos publicados no Jornal A República pelos grupos dirigentes durante a Segunda Guerra Mundial...

História, memória e espaços: experiências dos ex-combatentes de Parelhas-RN na defesa do litoral brasileiro durante a Segunda Guerra Mundial

Macedo, Ranielle Cavalcante de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em História; História e Espaços Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em História; História e Espaços
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
96.31%
The present essay has how I aim to analyse the memories of the ex-combatants of Parelhas-RN, specially of the components of the Força de Vigilância e Segurança do Litoral - FVSL, protagonists of the Brazilian participation in the scenery of the Second World war. Along this we looked to understand in which surrounding geographicalpartner these men were living before the War and what were the consequences of a brusque change of space owing to the convocation for the Armed Brazilian Strength in that historical context. The defense of the Brazilian coast during the War was not a so simple task, I have in mind the precariedade logistics of the Armed Strength, the attacks of submarines of the Axle that killed hundreds of civilians and Brazilian soldiers and the net of espionage mounted by Germany in Brazil. Leaving from the notion of collective memory and estrangement in Maurice Halbwachs, we will use the oral history like principal methodology, with the end of rescue these underground memories what also will make possible us the vision realizes that the protagonists themselves have of the event, besides the use of documents, photos, maps and any sort of fountains that make possible us to rebuild the scenery of Parelhas in the beginning of the War and the trajectory of life of his veterans; O presente trabalho tem como objetivo analisar as lembranças dos ex-combatentes de Parelhas-RN...

Política exterior española. Relaciones hispano-alemanas durante la Segunda Guerra Mundial; Spanish foreign policy. Spanish-german relationship during the Second World War

Fernández-Cueto Sosa, Javier
Fonte: Universidade de Cantabria Publicador: Universidade de Cantabria
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
SPA
Relevância na Pesquisa
96.41%
RESUMEN: El objetivo del presente trabajo es el análisis de las relaciones establecidas entre España y Alemania durante la Segunda Guerra Mundial. A pesar de que España no participó como país beligerante en la contienda, los vínculos entre ambos países fueron muy estrechos y tuvieron un peso muy importante en el desarrollo y la resolución del conflicto mundial. La colaboración entre ambas naciones existió más allá de los cauces normales, que comprenden las relaciones diplomáticas, económicas, militares o de inteligencia entre países amigos. Uno de los propósitos en este trabajo, será analizar esos vínculos con Alemania que situaron a España al borde de la guerra en diversas ocasiones y la sometieron a una presión internacional asfixiante, demasiado para una nación empobrecida y en ruinas. Intentaré abarcar los distintos tipos de lazos entre España y Alemania, contextualizándolos con los hechos de armas más importantes de la Segunda Guerra Mundial y con las acciones diplomáticas más relevantes por parte de los Aliados. A lo largo del trabajo se plantearán una serie de cuestiones, algunas de las cuales siguen sin tener una respuesta clara, mientras otras parecen más definidas en la actualidad. Por ejemplo...

Imagem e propaganda em Portugal durante a Segunda Guerra Mundial

Cardoso, Débora Marina Canhoto
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
96.32%
Mestrado em História Moderna e Contemporânea especialidade em Cidades e Património; Pretende-se nesta dissertação estudar a fotografia de caráter propagandístico relativa à Segunda Guerra Mundial, publicada em Portugal durante esse período. Tomando como atores centrais a Alemanha, enquanto potência do Eixo, e a Inglaterra, enquanto potência Aliada, verificámos que ambas utilizaram amplamente a fotografia como meio de persuasão e de propaganda de guerra. Partimos da observação e análise das fotografias de guerra publicadas em revistas de propaganda, editadas e distribuídas em Portugal a partir de 1940, sendo fontes centrais desta dissertação as revistas A Esfera (pró-Eixo) e o Mundo Gráfico (pró-Aliados). O que se pretende apresentar e defender é a grande dimensão que a propaganda de guerra teve em Portugal, através da ação dos beligerantes que formaram grupos de influência. Apesar de Portugal se ter afirmado como um país neutro, o fenómeno da propaganda em Portugal, sobretudo a que distribuída através de imprensa, fez com que se tornasse num Estado «colaborante» com os diversos beligerantes. Para melhor compreender este fenómeno, será utilizada uma metodologia onde as questões colocadas serão analisadas de forma comparada...

Nacionalismo, seguridad y presión internacional. La relegación de japoneses en Chile durante la Segunda Guerra Mundial

Mauricio, Paredes Venegas
Fonte: Facultad de Filosofía y Humanidades Publicador: Facultad de Filosofía y Humanidades
ES
Relevância na Pesquisa
96.32%
Tesis para optar al grado de Doctor en Historia mención Historia de Chile; En el contexto de la Segunda Guerra Mundial presentamos una situación de vigilancia, relegación y expulsión que afectó a japoneses en Chile en mayor proporción que a alemanes e italianos acusados de espionaje. Planteamos que en el problema en estudio están presentes causas culturales –como nacionalismo y racismo— y causas político-realistas (como la seguridad y el sistema internacional de alianzas). Además de conectarse con la guerra a través del accionar diplomático, la inteligencia Aliada y del Eje y las medidas de seguridad implementadas, otros factores también entraron en juego. Uno importante es que las persecuciones a japoneses luego del ataque japonés de diciembre de 1941 fueron la tónica de la política de seguridad interna de Estados Unidos: se inicio a una presión porque se impusieran políticas restrictivas a aquellos inmigrantes que pasaron a ser enemigos de guerra y se estímulo crear medidas de seguridad en toda América. Los países del continente se vieron compelidos a actuar y Chile no fue una excepción. Junto al aparataje de seguridad que se difundió y exportó desde el país del norte, el sistema económico, axiológico y cultural estadounidense facilitó el criterio de defensa común en el hemisferio y potenció la discriminación hacia los nipones. La persecución a japoneses en Chile parece tener dos paralelos importantes al compararla con el caso en Estados Unidos: los otros enemigos (alemanes e italianos) no recibieron el castigo en la misma escala que nipones...

IMIGRAÇÃO E POLÍTICA IMIGRATÓRIA BRASILEIRA NO PÓS-SEGUNDA GUERRA MUNDIAL; IMIGRAÇÃO E POLÍTICA IMIGRATÓRIA BRASILEIRA NO PÓS-SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

Salles, Maria do Rosário R.
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2002 POR
Relevância na Pesquisa
96.39%
O objetivo do artigo é apresentar a discussão da política imigratória brasi-leira do Pós Segunda Guerra Mundial, através da Revista de Imigração e Colonização (RIC) publicação oficial da Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo) e a experiência imigratória do grupo denominado "deslocados de guerra", composto por diferentes nacionalidades que entraram no país através do acordo entre o Brasil e o 1GCR (Intergovemamental Commitee on Refugas). presentes nos campos de refugia-dos da Alemanha e da Áustria entre os anos de 1947 e 1950. Nos anos 30, a política imigratória brasileira torna-se bastante restritiva. em resposta. não apenas ao período ditatorial do Estado Novo, cuja ideologia nacionalista evidencia o preconceito contra os estrangeiros. vistos como competidores em relação ao trabalhador nacional, como também ao aumento significativo das levas de migração interna a partir dos anos 20. A política restritiva permanece até o final do Estado Novo. A mudança significativa que caracterizou o período do pós•guerra reintroduziu a discussão sobre as vantagens da imigração agora dentro do contexto do "Brasil Moderno" caracterizado pela polí-tica de abertura e redemocratização e pela euforia modemizadora com a aceleração da industrialização e urbanização. A discussão sobre a recepção dos deslocados começa mesmo antes do final da guerra e é representada por pelo menos duas correntes: uma representada pelos defensores da entrada dos "deslocados de guerra"...

PODER MILITAR E IDENTIDADE DE GRUPO NA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL: A EXPERIÊNCIA HISTÓRICA DA PSIQUIATRIA MILITAR BRASILEIRA

de Oliveira, Dennison
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 10/01/2005 POR
Relevância na Pesquisa
96.33%
Este artigo se propõe a discutir, com relação à experiência militar da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Campanha da Itália (1944/ 45) na Segunda Guerra Mundial, dois aspectos que a literatura disponível considera centrais para o entendimento da organização da violência a partir das instituições militares: as formas pelas quais se dá a construção de uma identidade coletiva entre os seus membros e o papel que dentro desse processo é desempenhado pelos sentimentos experimentados pelos indivíduos. Este artigo pretende interpretar as evidências legadas sobre esses tópicos a partir de fontes fontes legadas pela História Militar e pela Psiquiatria Militar brasileiras numa perspectiva interdisciplinar. Abstract This article intends to discuss, with relationship to the military experience of the Brazilian Expeditionary Force (FEB) in the Campaign of Italy (1944/45) in Second World War, two aspects that the available literature considers central for the understanding of the organization of the violence starting from the military institutions: the forms for the which works the construction of a collective identity among of its members and the paper that inside of this process it is carried out by the feelings tried by the individuals. This text intends to interpret the evidences delegated on these topics starting from sources available by the Military History and for the Psychiatry Military Brazilians in a interdisciplinar perspective.

EL MUNDO DICE A LATINOAMÉRICA, LATINOAMÉRICA DICE AL MUNDO: Orden Cristiano ante la Segunda Guerra Mundial

Vicente,Martín
Fonte: Revista de historia americana y argentina Publicador: Revista de historia americana y argentina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2015 ES
Relevância na Pesquisa
96.29%
La revista Orden Cristiano fue una de las más notables experiencias intelectuales de un sector minoritario, renovador y peculiar del catolicismo argentino de la década de 1940: aquel compuesto por intelectuales y militantes que entendieron a la democracia como único horizonte posible para el desarrollo de una política católica. Distantes a la mayoría de la jerarquía eclesiástica, enfrentados con el catolicismo nacionalista y claramente alineados a favor de los Aliados ante la Segunda Guerra Mundial, el colectivo intelectual que llevó a cabo la experiencia de la revista leyó las instancias propias del conflicto bélico mundial desde una perspectiva latinoamericana y argentina que inscribía permanentemente lo local en lo universal (y viceversa). En este trabajo proponemos reposicionar la publicación en un espacio de las complejas posiciones de los intelectuales católicos y de los debates en torno a la democracia, para luego abordar cómo América Latina apareció como un problema inescindible del conflicto mundial entendido como problema de la humanidad, y del sitio que allí le cabía a la Argentina.