Página 1 dos resultados de 9 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Resíduos de mineração e metalurgia: efeitos poluidores em sedimentos e em espécie biomonitora - Rio Ribeira de Iguape - SP; Residues of mining and metallurgy: pollutant effect in sediments and biomonitor organism - River Ribeira de Iguape

Guimarães, Valeria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/05/2007 PT
Relevância na Pesquisa
36.24%
Por aproximadamente 40 anos, o Rio Ribeira de Iguape recebeu resíduos da mineração: rejeitos das plantas de concentração mineral (enriquecidos em Cu, Cr, Pb, Ag e Zn) e escórias de uma unidade de metalurgia (enriquecidas em Cu, Zn, Cr, Fe, Pb e As), produzidos e descartados pela empresa Plumbum S/A, localizada em Adrianópolis (Paraná). Para verificar a contribuição destes resíduos na contaminação deste rio, como também identificar a possibilidade de depuração natural ou não no mesmo, definiu-se a necessidade de avaliar três compartimentos: resíduos, sedimentos e organismo biomonitor. Nas amostras de resíduos foram realizadas caracterizações físicas e químicas, nos sedimentos foram realizadas análises químicas, granulométricas e algumas amostras investigadas por MEV/EDS e no biomonitor (molusco Asiático da espécie Corbicula fluminea) foram realizadas análises químicas dos tecidos e das carapaças. Estas análises indicaram a existência de elevados teores de Pb nos resíduos da mineração, os quais ultrapassaram os valores deste metal estabelecidos na norma NBR 10.005 da ABNT. Nesta comparação, os rejeitos do concentrado da Mina do Rocha ultrapassaram em 32 vezes, os da Plumbum em 41 vezes e as escórias em 34 vezes...

Avaliação ecotoxicológica do fármaco Triclosan para invertebrados marinhos; Ecotoxicological assessment of the pharmaceutical Triclosan for marine invertebrates

Cortez, Fernando Sanzi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/02/2011 PT
Relevância na Pesquisa
15.85%
Triclosan é um composto orgânico de baixa solubilidade que vem sendo utilizado em formulações de cremes dentais e faciais, xampu, sabonetes, embalagens de gêneros alimentícios e diversos tipos de materiais, tais como, adesivos, brinquedos, sapatos, selantes, tintas, colchão, roupas, pisos, toldos e rejuntes. O amplo uso deste composto deve-se à grande eficácia contra bactérias Gram negativas e Gram positivas. Por seu extenso uso, evidências da presença de Triclosan têm sido frequentemente relatadas em efluentes urbanos e industriais, águas superficiais e sedimentos de ambientes dulcícolas, estuarinos e marinhos, como também em organismos aquáticos como algas, peixes e mamíferos. Neste contexto, o presente estudo avaliou a toxicidade aguda e crônica de Triclosan para diferentes invertebrados marinhos de águas tropicais. Para tanto, ensaios de toxicidade aguda foram realizados com o copépodo Nitokra sp (mortalidade) e com o ouriço-do-mar Lytechinus variegatus (taxa de fertilização). Para a avaliação do efeito crônico, ensaios de toxicidade de curta duração (desenvolvimento embriolarval) foram realizados com o ouriço-do-mar L. variegatus e Perna perna. Além desses métodos, o ensaio do Tempo de Retenção do Corante Vermelho Neutro foi empregado com a finalidade de se avaliar os efeitos do Triclosan sobre a estabilidade da membrana lisossômica de hemócitos de P. perna. Na avaliação do efeito agudo...

Foraminíferos em um transecto de manguezal da Ilha do Cardoso (SP): distribuição em função da frequência de inundação e modelos para reconstruções paleoambientais no setor de petróleo & gás

Buffa, Renata Figueiredo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 27 f.
POR
Relevância na Pesquisa
46.18%
O estudo do conteúdo de foraminíferos de 8 amostras de sedimentos superficiais coletados em manguezal do norte da Ilha do Cardoso, sul do Estado de São Paulo, no verão (período chuvoso) de 2001, ao longo de um transecto no sentido da Baía de Trapandé para o interior, revelou dois segmentos distintos: a) uma planície inferior lamosa, com menor tempo de exposição sub-aérea e maior diversidade específica, dominada por Ammotiumcassis, A.salsum, Arenoparrella mexicana e Trochamminainflata, com abundância expressiva de Caroniaexilis na parte mais baixa e de Miliammina fusca na parte mais alta; b) uma planície superior arenosa, com maior tempo de exposição sub-aérea e menor diversidade, dominada por M. fusca e com abundância expressiva de T. inflatana parte mais baixa. Os sedimentos investigados são colonizados por foraminíferos exclusivamente aglutinantes, representados por 21 espécies de 16 gêneros. Dados de abundância relativa, riqueza, diversidade e equitatividade das espécies ao longo do transecto são apresentados, bem como os valores de salinidade, pH, oxigênio dissolvido e temperatura, medidos a partir da água intersticial dos sedimentos no momento da coleta das amostras. São feitas comparações com um estudo anterior...

Relações agua-solo no sistema ambiental do estuario de Itanhaem (SP)

Eliane Marta Quinones
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em //2000 PT
Relevância na Pesquisa
45.89%
Esta pesquisa objetivou estudar a possível influência recíproca do esgoto doméstico in natura no ecossistema manguezal. Os estudos de campo foram realizados na região estuarina de Itanhaém, estado de São Paulo, no período de agosto de 1996 a agosto de 1998. Foram analisados os principais parâmetros físicos e químicos, biológicos e geoquímicos relativos à água e aos sedimentos, possibilitando o conhecimento preliminar deste ecossistema. Três áreas de manguezais foram selecionadas para o estudo: duas próximas ao lançamento de efluentes nos bairros, e uma terceira área localizada em uma zona protegida na margem do Rio Itanhaém, que serviu como controle. Nessas áreas realizou-se o acompanhamento do crescimento de plântulas de mangue e uma análise qualitativa da fauna presente. Os resultados demonstraram que os poluentes proporcionaram um maior desenvolvimento de plântulas de mangue e também contribuíram para um aumento da matéria orgânica. Reciprocamente, notou-se mais rápida estabilização dos esgotos junto ao manguezal. Quanto às análises físico-químicas, verificou-se que os maiores valores de nutrientes como nitrato, amônio e fosfato foram encontrados nestes afluentes (Rio do Poço e Ribeirão Campininha)...

Fungos filamentosos isolados de sedimentos estuarinos que metabolizam hidrocarbonetos aromaticos policiclicos

Manuela da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.07%
Fungos filamentosos foram isolados de sedimentos de ambiente estuarino na Baixada Santista (SP) visando conhecer a micobiota do local e selecionar aqueles com potencial para metabolizar hidrocarbonetos aromáticos policíc1icos(HAPs). As coletas foram realizadas em 3 áreas que diferiram quanto à natureza e grau de contaminação. Representantes de ascomicetos, basidiomicetos, zigomicetos e fungos mitospóricos foram isolados e avaliados quanto à sua tolerância aos compostos fenantreno e pireno, adicionados em meio de cultura sólido (MA 0,5%) em duas concentrações diferentes (50 e 100 Ilg rnL-1). Os ensaios mostraram que 56% dos isolados apresentaram tolerância ao pireno e 30% ao fenantreno. Os isolados tolerantes foram caracterizados e identificados, sendo dezenove fungos filamentosos, representantes de diferentes grupos taxonômicos, selecionados para os experimentos de biotransformação de pireno (40 Ilg rnL-1SDB). Os metabólitos produzidos foram extraídos e analisados por cromatografia líquida de alta eficiência (CLAE). Seis isolados, que demonstraram potencial para oxidar pireno, foram avaliados em experimentos com [14C]pireno. Destes, Cyclothyrium sp., Penicillium simplicissimum, Psilocybe sp. e um micélio estéril apresentaram capacidade para metabolizar este composto. Cyclothyrium sp....

Intertidal benthic diatoms of the Tagus estuary : taxonomic composition and spatial-temporal variation

Ribeiro, Lourenço Luís Cardoso Soares, 1974-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2010 ENG
Relevância na Pesquisa
16.15%
Tese de doutoramento, Biologia (Biodiversidade), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2010; The taxonomic composition of intertidal benthic diatom communities of many estuarine and coastal areas worldwide is still fairly unknown. In order to increase knowledge on the biodiversity and community structure of the intertidal benthic diatoms of the Tagus estuary, a two-year survey was carried out in 6 stations with distinct sediment structure. The main output of the study is the Identification Guide which is supplemented by 1019 micrographs (volume 2). This detailed systematic account of 185 diatom taxa observed includes: morphological descriptions and comparisons to similar species, as well as information on biogeography and autoecology. Moreover, the structure of the diatom communities was characterized by its diversity and other features related to community physiognomy, such as size-class or life-form distribution. Temporal patterns were clearly subordinate to spatial ones; mud content was found to be the environmental variable most correlated to the multivariate patterns of the biotic data. The level of physical disturbance of the sediment was found to be responsible for the structure of the diatom communities as it controls the interplay between two different functional groups composing the diatom assemblages: the epipelon and the epipsammon. The epipelon...

Diversity of aerobic anoxygenic phototrophic bacteria in microphytobenthic biofils from Tagus estuary

Cardoso, Maria Inês Dias, 1987-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 ENG
Relevância na Pesquisa
16.32%
Tese de mestrado. Biologia (Microbiologia Aplicada). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2013; Aerobic anoxygenic phototrophic bacteria (AAnPB) are primarily heterotrophic organisms capable of harvesting light energy using photosynthetic reaction centres composed of bacteriochlorophyll a (BChl a), that in contrast to the related purple photosynthetic bacteria are unable to use the light for anaerobic growth and require oxygen to respire organic compounds, which are essential for growth. This functional group is present in many habitats and seems to be very abundant in estuarine waters. Although, the presence of AAnPB in estuarine water column is well established, there is little information regarding AAnPB presence in estuarine microphytobenthos (MPB) biofilms. In the current study the AAnPB abundance and diversity were investigated in MPB biofilms from Tagus estuarine intertidal sediments. Using a poliphasic approach with classical microbiology culture dependent techniques and molecular biology culture independent techniques (mainly polymerase chain reaction and temperature gradient gel electrophoresis) we evaluated AAnPB spatio-temporal patterns in three sediment types (sand, sandy mud and mud) throughout one year. AAnPB were present in all four seasons...

A meiofauna como estoque alimentar para peixes juvenis (Gobiidae e Gerreidae) do Canal de Santa Cruz, Itamaracá, Pernambuco com ênfase aos Nematoda livres

Cristina da Silva, Maria; Gomes da Fonseca Genevois, Verônica (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
PT_BR
Relevância na Pesquisa
15.89%
O presente estudo objetivou determinar a importância da meiofauna como fonte de alimento para os peixes das famílias Gerreidae (Diapterus rhombeus e Eucinostomus sp.) e Gobiidae (Bathygobius soporator e Gobionellus oceanicus). Considerando que os Nematoda constituem o grupo mais representativo da meiofauna no canal de Santa Cruz, Itamaracá PE, investigou-se se poderia existir uma seleção por parte dos predadores. As coletas se processaram em três meses de estiagem e três meses chuvosos em 1998/1999. Foram coletadas 4 réplicas na baixamar com um corer de 2,6 cm de diâmetro e 5,0 cm de comprimento. Os peixes juvenis cujo comprimento padrão do corpo variou de 1,7 a 5,5 cm, foram capturados com rede de arrasto de 1 mm de abertura. A meiofauna dos sedimentos e dos conteúdos gastro-intestinais foi separada através de peneiras com abertura de malhas de 0,044 a 0,5 mm. Cem Nematoda foram retirados das amostras sedimentológicas e todos os indivíduos dos conteúdos para identificação. Foram feitas análises de similaridade para o emprego das ANOSIM, MDS, e SIMPER. Onze táxons foram registrados, apresentando a densidade máxima em janeiro/99 (20.458 ind. 10 cm-2) e a menor em junho/99 (4.162 ind. 10 cm-2). Os táxons mais abundantes foram os Nematoda seguidos dos Copepoda. Os outros demais grupos apresentaram densidades que variaram temporalmente. Os índices de diversidade empregados para a meiofauna e Nematoda dos conteúdos não mostraram grande variabilidade sazonal. O MDS utilizado para correlacionar a meiofauna e aquela correspondente aos segmentos gastro-intestinais mostrou que...

Distribuição da macrofauna bêntica do entremarés ao sublitoral em uma praia estuarina da Baía da Babitonga, Sul do Brasil; .

Pagliosa, Paulo Roberto; Sociedade Fritz Müller de Ciências Naturais Caixa Postal 1644, 80.011-970 Curitiba – PR
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2006 POR
Relevância na Pesquisa
26.1%
Este estudo investiga a variação espacial da macrofauna bêntica do entremarés ao sublitoral de uma praia estuarina da Baía da Babitonga, sul do Brasil. A fauna e os sedimentos foram amostrados a 0 (entre marés), 5, 10 e 20 m de profundidade em três transversais em relação a  linha da praia. A estrutura das associações bênticas local esteve relaci onada com as diferenças nos sedimentos. As estações a 0 e 5 m de profundidade refletiram os efeitos da ação das ondas e possivelmente das mudanças sazonais na praia. A fauna destas estações apresentou baixa riqueza e densidade específica. A macrofauna dos pontos mais profundos (10 e 20 m) foi mais diversa e dominada numericamente por Ophiuroidea e poliquetas Cirratulidae (Tharyx sp.) e Maldanidae (Clyme nella brasiliensis). Uma quebra na zonação do ambiente e da comu nidade  ao longo das transversais foi detectada na região mais interna, onde a proximidade da desembocadura de uma gamboa proporcionou um ambiente com maior estabilidade sedimen tológica e a colonização por antozoários Edwardsia sp. e do poliqueta Lumbrineridae Lumbrineris atlantica. Adicio-nalmente, sedimentos com elevados teores de partículas finas foram intensamente colonizados, cerca  de 22.400 indivíduos/m2...