Página 1 dos resultados de 477 itens digitais encontrados em 0.024 segundos

Otimização da secagem da madeira de Eucalyptus grandis (Hill ex Maiden).; Optimizing the drying proccess of eucalyptus grandis [hill ex maiden] lumber.

Santos, Gilson Roberto Vasconcelos dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/04/2002 PT
Relevância na Pesquisa
56.36%
É crescente a utilização do gênero Eucalyptus nas indústrias de manufaturados de madeira, notadamente em produtos de maior valor agregado como móveis e assoalhos. Contudo, essa matéria-prima requer secagem lenta, o que implica um aumento no custo do processo, proporcional ao tempo de permanência da madeira no secador. A combinação da secagem natural com a secagem convencional tem sido indicada como alternativa para reduzir a duração do processo artificial; hipótese que foi avaliada, no presente trabalho, para madeira de Eucalyptus grandis com 40 mm de espessura. Em laboratório foram determinadas a curva característica de secagem para o material e o programa básico para a secagem convencional. Comprovou-se que a secagem convencional é lenta e que a transição da secagem ao ar para a artificial deve ser feita quando o teor de umidade da madeira estiver entre 35% e 40%. Em sequência foi realizada a secagem, em escala industrial, de uma carga com 60 m³ de madeira, combinando a secagem ao ar com posterior secagem convencional. Embora a madeira recém serrada apresentasse alta incidência de defeitos (95% da peças com rachaduras de topo e 93% com encurvamento), avaliando-se a qualidade da madeira ao longo do processo foi possível concluir que a secagem convencional causou aumento na intensidade dos empenamentos mas não afetou a incidência ou intensidade das rachaduras e do colapso. O tempo de permanência no secador foi reduzido em 78% (de 70 para 15 dias)...

Métodos e temperaturas de secagem sobre a qualidade físico-química e microbiológica de grãos de milho no armazenamento; Methods and drying temperatures on quality physical-chemical and microbiological grain of corn in storage

Ferrari Filho, Edar
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.49%
O trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade físico-química, microbiológica e a presença de micotoxinas em grãos de milho, desde o cultivo no campo e durante o armazenamento por nove meses, submetendo-os a diferentes métodos e temperaturas de secagem, assim como estabelecer os custos totais de secagem. Foram utilizados grãos de milho (Zea mays L.), cultivados na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Eldorado do Sul, na safra agrícola 2008/2009. O trabalho foi dividido em dois estudos, conforme descrito a seguir: Estudo 1 - S1 - Secagem estacionária, com ar não aquecido, na condição ambiente, a 20+5 ºC; S2 - Secagem estacionária, com ar aquecido, uso de GLP, a 40+5 ºC; S3 – Secagem estacionária, em silo secador solar. Estudo 2 - S4 - Secagem intermitente, com ar aquecido a 60+5 ºC, com uso de GLP; S5 - Secagem intermitente, com ar aquecido a 70+5 ºC, com uso de GLP; S6 - Secagem intermitente, com ar aquecido a 80+5 ºC, com uso de GLP. Durante as secagens foram acompanhadas a umidade e temperatura da massa de grãos, temperatura e velocidade do ar de secagem, calculada a taxa de secagem e estabelecido os custos totais de secagem. Durante o armazenamento, as análises físico-químicas, microbiológicas e toxicológicas foram realizadas em intervalos de três meses...

Influência da secagem, armazenamento e embalagem nos resultados da análise química de terra para fins de fertilidade

Chitolina, J.C.; Glória, N.A.da; Boaretto, A.E.; Curi, P.R.
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Escola Superior de Agricultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 343-359
POR
Relevância na Pesquisa
56.09%
Amostras de terra provenientes de uma Terra Roxa Estruturada e um Latossol Vermelho Escuro textura média foram analisados quimicamente para se verificar a influência de embalagem (caixa de papelão saco de polietileno), tempo de armazenamento (1-32 dias) e processo de secagem (ao ar ou estufa a 60°C). A secagem foi o fator que mais influenciou a análise determinando variações nos resultados analíticos principalmente para pH e fósforo. O armazenamento apresentou influência apenas para fósforo trocável enquanto que a embalagem não influiu nos resultados. As variações dos resultados analíticos para pH, em função da secagem, e fósforo, em função da secagem e tempo de armazenamento, foram de ordem a alterar a interpretação da fertilidade quanto aos limites de classes.; Soil samples were chemically analysed to verify the influence of packing (card box or poliethylene bag), storage (1-32 days) and drying process (in the open air or at 60°C). The types of soil under consideration were Terra Roxa Estruturada and Dark Red B Latosolic sand phase. The drying process was the most important factor affecting analytical results of pH and phosphorus. The storage showed importance only to phosphorus, and the packing process had no influence in the results. Variations on the level of soil fertility were also obtained. Statistical analysis applied on the results showed that drying is the main factor affecting the chemical analysis...

Qualidade e alterações estruturais do café arábica submetido a alternância da temperatura na secagem

Oliveira, Pedro Damasceno de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: vii, 135 f. : il. color., grafs., tabs
POR
Relevância na Pesquisa
46.46%
Pós-graduação em Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA; The objective of the present work to evaluate, at the end of the drying process with alternating temperatures, sensory quality, physico-chemical and physiological of processed coffee beans, dried and stored in time twelve months. The experiment was conducted with two types of processing: dry and wet; and seven drying methods: drying on ground and mechanical drying with air heated to 50°C until the coffee reaches 30% water content, continuing to the drying air heated to 35°C up to 11% water content; drying fixed bed heated air dryers at 45°C until the coffee reaches 30% water content, continuing to the drying air heated to 35°C until 11% water content; and drying in fixed bed dryer with air heated to 40°C until the coffee reaches 30% water content, continuing to the drying air heated to 35°C until 11% water content; Drying in fixed bed dryer with air heated to 35°C until the coffee reaches 30% water content, continuing to the drying air heated to 50°C until 11% water content; Drying in fixed bed dryer with air heated to 35°C until the coffee reaches 30% water content, continuing to the drying air heated to 45°C until 11% water content; Drying in fixed bed dryer with air heated to 35°C until the coffee reaches 30% water content...

Ar natural e bomba de calor na secagem e armazenamento de sementes de soja

Silvio Jose Rossi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //1980 PT
Relevância na Pesquisa
46.45%
A queda da qualidade fisiológica de sementes nas diversas fases pelas quais atravessam durante seu pri-processamento pode ser de tal modo expressiva a ponto de comprometer significativamente a produtividade delas esperada. Sementes de soja mantidas armazenadas durante 8 a 9 meses sob condições ambientais similares às das principais regiões produtoras do estado de São Paulo, sem aeração e com os níveis de teor de umidade atualmente admitidos pela legislação, apresentam substanciais quedas de germinação e de vigor. A qualidade da semente ao final do período de armazenamento é tão mais afetada quanto mais adversas forem as condições de operação utilizadas nas etapas anteriores, notadamente quando submetidas a temperaturas acima de 45ºC durante a secagem. O trabalho fornece os resultados obtidos em experimentos de secagem e armazenamento de sementes de soja, variedade Santa Rosa, em silos metálicos, onde se utilizou ar forçado em condições ambientais e em condições modificadas, através da passagem por uma bomba de calor previamente dimensionada e testada sob diferentes condições de temperatura e umidade relativa ambiente. Empregou-se, também, armazenamento convencional em sacas de 50 Kg, sob condições climáticas da cidade de Campinas...

Armazenamento de energia solar em material higroscopico não convencional e sua utilização na secagem de milho

Elias Fatturi
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //1981 PT
Relevância na Pesquisa
46.44%
Este trabalho trata do estudo do armazenamento da energia solar em material higroscópico não convencional e de sua influência ao fazer parte de um sistema de secagem de milho em silos. Utilizando madeira de pinho em tábuas, como material higroscópico, foram construídos dutos de secção retangular no interior dos quais escoava o ar de processamento. Com esta configuração geométrica, proposta para constituir o sistema higroscópico de armazenamento de energia solar, estudou-se experimentalmente a secagem e a umidificação dos dutos em função das condições do ar em escoamento. As demais propriedades características da madeira e da forma geométrica do sistema, que têm influência no seu processo de secagem e umidificação, foram também determinadas. Foi adaptado um modelo matemático para a transferência simultânea de calor e massa entre as paredes do duto de madeira e o ar em escoamento em seu interior. Estudou-se, por simulação, a resposta do sistema de armazenamento de energia frente a um ciclo de entrega, em função do comprimento dos dutos e da velocidade do ar em escoamento. 0 estudo revelou que, somente uma parte da energia total armazenada pode ser utilizada sendo que, para um mesmo comprimento dos dutos...

Optimização energética de processos de secagem de cerâmicos

Monteiro, Ricardo Jorge da Silva
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
46.44%
O cenário energético global e uma maior consciencialização da opinião pública relativamente à questão energética levou a um aumento generalizado da eficiência energética na indústria nas últimas décadas. A indústria cerâmica não é excepção à regra, tendo no entanto ainda uma grande margem de progressão neste capítulo. Este trabalho pretende analisar a viabilidade de aproveitamento de calor residual originário de um forno de rolos para cumprimento total das necessidades energéticas de um processo de secagem sem recorrer ao consumo de gás natural. Pretende-se assim averiguar a possibilidade de desactivação parcial ou total de um secador horizontal contínuo colocado à entrada de um forno de rolos através da reactivação de um secador túnel. O secador actual recorre ao ar reciclado proveniente do forno e a queimadores de gás natural para aquecer o ar de secagem até temperaturas que rondam os 200ºC, tendo um tempo de secagem inferior a 4min , enquanto que o secador a activar é alimentado somente com ar reciclado funcionando a uma temperatura máxima de 90ºC tendo um tempo de secagem superior a 3 horas. O primeiro passo para o desenvolvimento deste trabalho foi a realização de trabalho experimental para modelação da cinética de secagem do material...

Aplicação da modelização por redes neuronais ao teor de compostos fenólicos e atividade antioxidante em bananas de diferentes cultivares secadas sob condições distintas

Guiné, Raquel; Barroca, Maria João; Gonçalves, Fernando; Alves, Mariana; Oliveira, Solange; Mendes, Mateus
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2014 POR
Relevância na Pesquisa
56.29%
Os compostos fenólicos estão amplamente presentes no reino vegetal, sendo essenciais para o crescimento e reprodução das plantas, além de serem responsáveis pela cor, adstringência e aroma em vários alimentos [1]. Estes compostos, sendo antioxidantes, combatem os radicais livres, previnem doenças cardíacas, doenças neurodegenerativas, problemas do aparelho circulatório, cancro, inflamação e inibem a oxidação lipídica [1-2]. Porém, o processamento térmico pode destruir a quantidade ou a biodisponibilidade destes compostos, reduzindo assim os efeitos benéficos para a saúde [3]. As redes neurais artificiais (ANN: Artificial Neural Networks) têm sido utilizadas nos últimos anos para a modelização de muitos processos em engenharia de alimentos, como por exemplo: modelização e controlo do processo de secagem das uvas, previsão do desempenho energético do processo de secagem por atomização para óleo de peixe e leite em pó desnatado, previsão do encolhimento e reidratação de cenouras desidratadas [4-5]. O presente estudo foi realizado com o objetivo de investigar o impacto das condições de secagem sobre o teor em compostos fenólicos totais e atividade antioxidante em bananas de duas cultivares, bem como modelizar as variáveis do processo por meio de redes neurais artificiais. Bananas (cv. Musa nana e Musa cavendishii) em fresco...

Influência da secagem, armazenamento e embalagem nos resultados da análise química de terra para fins de fertilidade

Chitolina,J.C.; Glória,N.A.da; Boaretto,A.E.; Curi,P.R.
Fonte: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura Publicador: Universidade de São Paulo; Escola Superior de Agricultura
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1989 PT
Relevância na Pesquisa
56.09%
Amostras de terra provenientes de uma Terra Roxa Estruturada e um Latossol Vermelho Escuro textura média foram analisados quimicamente para se verificar a influência de embalagem (caixa de papelão saco de polietileno), tempo de armazenamento (1-32 dias) e processo de secagem (ao ar ou estufa a 60°C). A secagem foi o fator que mais influenciou a análise determinando variações nos resultados analíticos principalmente para pH e fósforo. O armazenamento apresentou influência apenas para fósforo trocável enquanto que a embalagem não influiu nos resultados. As variações dos resultados analíticos para pH, em função da secagem, e fósforo, em função da secagem e tempo de armazenamento, foram de ordem a alterar a interpretação da fertilidade quanto aos limites de classes.

Qualidade da madeira serrada proveniente de árvores dominantes e médias de Eucalyptus grandis submetidas à secagem

Souza,Joel Telles de; Trevisan,Rômulo; Denardi,Luciano; Stangerlin,Diego Martins; Vivian,Magnos Alan; Haselein,Clovis Roberto; Santini,Elio José
Fonte: UFLA - Universidade Federal de Lavras Publicador: UFLA - Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.42%
Neste estudo, objetivou-se verificar, em árvores de diâmetro dominante e médio, a influência da secagem ao ar livre e secagem convencional na qualidade da madeira serrada de um povoamento de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden, aos 14 anos de idade, situado no município de Capivari do Sul, Rio Grande do Sul. Para tanto, a amostragem das árvores foi realizada após um inventário piloto, tendo como base o diâmetro à altura do peito (DAP) dominante e médio. Após a derrubada, foi retirada a tora localizada entre as posições DAP e 25% da altura comercial. As toras foram desdobradas em tábuas para serem submetidas à secagem ao ar livre até 18% do teor de umidade, e à secagem convencional foi conduzida até 13% de umidade. Rachaduras de topo e arqueamento das tábuas foram avaliadas após o desdobro, na secagem ao ar livre e na secagem convencional. Os resultados mostraram que, tanto para as árvores dominantes quanto para as médias, o índice de rachaduras de topo e a flecha de arqueamento das tábuas não diferem significativamente nas diferentes fases de processamento da madeira. No entanto, a comparação entre esses dois estratos evidencia que a magnitude desse defeito é mais pronunciada nas árvores médias.

Taxa de secagem e qualidade da madeira serrada de Hovenia dulcis submetida a dois métodos de secagem

Susin,Felipe; Santini,Elio José; Stangerlin,Diego Martins; Morais,Weslley Wilker Corrêa; Melo,Rafael Rodolfo
Fonte: Instituto de Florestas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Publicador: Instituto de Florestas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 PT
Relevância na Pesquisa
76.45%
Para avaliar a taxa de secagem e a qualidade da madeira, 30 tábuas de Hovenia dulcis com dimensões de 2,5 × 15,0 × 280,0 cm foram submetidas à secagem ao ar e em estufa solar. Para a condução do primeiro método, a madeira foi empilhada sobre uma fundação constituída de toretes de madeira tratada e coberta com telhas de amianto; para o segundo método, a madeira foi colocada em uma estufa com armação de madeira e plástico PVC transparente, dotada de circulação forçada de ar. Os resultados evidenciaram que o tempo de secagem ao ar foi duas vezes maior do que na secagem em estufa solar, para atingir o teor de umidade de 15%. Embora a qualidade da madeira tenha sido semelhante nos dois métodos, a taxa de secagem foi significativamente maior na estufa solar, sendo que a maior diferença em relação à secagem ao ar foi abaixo do ponto de saturação das fibras.

Secagem ao ar livre da madeira para produção de carvão vegetal

Zanuncio,Antonio José Vinha; Lima,José Tarcísio; Monteiro,Thiago Campos; Trugilho,Paulo Fernando; Lima,Fernanda Silveira
Fonte: Instituto de Florestas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Publicador: Instituto de Florestas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 PT
Relevância na Pesquisa
56.2%
A estocagem ao ar livre é o método mais utilizado de secagem de madeira para produção de carvão. Todavia, a secagem natural de toras é pouco estudada. O objetivo deste trabalho foi avaliar a interação entre estocagem e propriedades energéticas da madeira e do carvão. Toras de 1,2 m de comprimento, retiradas dos troncos a 1,3 m do solo, de dez diferentes materiais genéticos, foram utilizadas. As carbonizações ocorreram em mufla após um, dois e três meses de estocagem, à taxa de aquecimento de 1,67ºC/min, temperatura máxima de 450ºC e tempo de residência de 30 minutos. O poder calorífico da madeira, o rendimento gravimétrico na base seca e úmida, a análise química imediata e o poder calorífico do carvão foram avaliados. O poder calorífico líquido da madeira aumentou após a estocagem e, baseado neste parâmetro, o tempo ótimo de estocagem variou entre dois e três meses para os diferentes materiais. Considerando-se a carbonização, apenas o rendimento gravimétrico na base úmida foi afetado pela estocagem. A secagem foi importante para reduzir a umidade da madeira, favorecendo seu uso para energia.

Curva Característica de Secagem da Madeira de Tectona grandis e Acacia mangium ao Ar Livre

Braz,Rafael Leite; Duarte,Ana Paula Coelho; Oliveira,José Tarcísio da Silva; Motta,Javan Pereira; Rosado,Antônio Marcos
Fonte: Instituto de Florestas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro Publicador: Instituto de Florestas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
66.36%
A secagem natural é uma alternativa que pode ser empregada como pré-secagem ou secagem definitiva para diversas madeiras com baixo custo e condições simples de trabalho. O presente trabalho foi realizado com o objetivo de estudar o comportamento das curvas características de secagem ao ar livre de tábuas de Acacia mangium e Tectona grandis. Árvores de cada espécie com idade de 15 anos foram abatidas, com toras de aproximadamente 3 m. Essas foram desdobradas utilizando-se o sistema de cortes tangenciais para a obtenção das tábuas de 3,0 cm de espessura. Instalada a pilha de madeira para a secagem, a umidade inicial das amostras foi determinada e o acompanhamento foi realizado por meio de pesagens periódicas das amostras de controle. Observou-se que nas condições ambientais expostas, a madeira de Acacia mangium secou mais lentamente ao ar livre que a madeira de Tectona grandis. Recomenda-se a análise da curva de secagem para cada espécie separadamente.

Secagem de semente de soja utilizando ar em temperatura ambiente com baixa umidade relativa.

KRZYZANOWSKI, F. C.; WEST, S.H.; FRANÇA-NETO, J. B.
Fonte: Informativo ABRATES, Londrina, v.11, n.2, p.70, set. 2001. Numero especial, ref. 049. Publicador: Informativo ABRATES, Londrina, v.11, n.2, p.70, set. 2001. Numero especial, ref. 049.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
PT_BR
Relevância na Pesquisa
46.43%
O método convencional de secagem utiliza energia calorífica para aquecer e expandir o ar, resultando num ar quente e úmido cuja eficiência de secagem é reduzida quando se associa qualidade fisiológica da semente ao processo. O sistema de secagem do ar utilizando tecnologia conhecida com "Heat Pipe Technology"(HPT), que está sendo testada, desidrata o ar a uma umidade relativa ao redor de 20%, sem elevar a temperatura de 37°C, o que é uma grande vantagem comparativa, pois reduz o tempo requerido para secagem, em relação ao sistema anterior, bem como a demanda de energia. Um protótipo de secador foi desenvolvido e construído utilizando a HPT, o qual era composto de fonte de desidratação do ar, sistema de ventilação e silo secador. Nos estudos de secagem, utilizaram-se sementes da linhagem F94- 931O, colhidas com o grau de umidade de 22,56% e secadas até o grau de umidade de 11,88%, em 16:54 horas, a uma taxa de remoção de 0,65 % de umidade por hora. Nos resultados obtidos, observou-se que não houve reduções significativas na qualidade fisiológica das sementes. A germinação final foi de 91%, a viabilidade final no tetrazólio foi de 92%, e o vigor final foi nos testes de: tetrazólio 82%, envelhecimento acelerado 84% e classificação de plântulas 81%. Essas informações potencialmente recomendam a utilização da HPT para secagem de sementes...

Secagem de madeira serrada em estufa solar e sua comparação com os metodos convencionais

Santini, Elio Jose
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
56.47%
O presente estudo envolveu o desenvolvimento de uma estufa para secar madeira, composta basicamente de uma estrutura, uma cobertura tripla de plástico transparente e um sistema de circulação do ar, cujo aquecimento é feito apenas pela energia solar. Os resultados da secagem foram compara - dos com aqueles obtidos através de dois métodos tradicionalmente empregados - a secagem ao ar livre e a convencional -, principalmente no que tange a tempo de secagem, variação do teor de umidade, taxa de secagem, contração da madeira, qualidade do material e custos de secagem. A espécie utilizada para este fim foi Ocotea catharinensis Mez, sendo que em cada método foram secadas três pilhas de madeira de aproximadamente 0,8m cúbicos.O estudo foi desenvolvido em Curitiba, Estado do Paraná/Brasil. Os resultados de alguns testes previamente realizados demonstraram que o uso de uma cobertura transparente tripla e de um isolamento apropriado para as superfícies sólidas possibilitam um excelente sistema de isolamento da estufa solar contra as perdas de calor. Este fato foi comprovado por ocasião da secagem quando a temperatura interna manteve-se acima de 30ºC mesmo durante à noite. Além disso, apesar das diferenças climáticas oriundas da localização geográfica...

Qualidade da madeira serrada proveniente de árvores dominantes e médias de Eucalyptus grandis submetidas à secagem; Wood quality of Eucalyptus grandis dominant and average trees submitted to drying

Fonte: UFLA - Universidade Federal de Lavras Publicador: UFLA - Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
PT
Relevância na Pesquisa
76.42%
This study determined, in trees of dominant and average diameter, the influence of air seasoning followed by kiln drying in the sawn wood quality of 14 years old stand of Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden, located in Capivari do Sul municipality, state of Rio Grande do Sul. The sampling of trees was performed after a pilot inventory on the basis of the dominant and average diameter at breast height (DBH). After cutting down the trees, there were selected the logs located between the DBH and 25% of commercial height. The logs were then sawn using into boards that were submitted to air seasoning from green up to 18% of moisture content, followed by kiln drying until 13% of moisture content. End checking and board crook were evaluate after sawing, following air seasoning and kiln drying. The results indicate that, both for dominant and average trees, end checking and board crook were not influenced by different wood process stage. However, the contrast between dominant and average trees shows that the magnitude of defects is higher in the average trees.; Neste estudo, objetivou-se verificar, em árvores de diâmetro dominante e médio, a influência da secagem ao ar livre e secagem convencional na qualidade da madeira serrada de um povoamento de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden...

Diagnóstico energético e reengenharia do processo de secagem na fábrica de revestimentos

Évora, Ana Cristina Dantas
Fonte: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto Publicador: Instituto Politécnico do Porto. Instituto Superior de Engenharia do Porto
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2010 POR
Relevância na Pesquisa
46.42%
Este trabalho surgiu no âmbito da Tese de Mestrado em Engenharia Química - Ramo Optimização Energética na Indústria Química, aliando a necessidade da Empresa Monteiro Ribas – Indústrias, S.A. em resolver alguns problemas relacionados com as estufas da unidade J da fábrica de revestimentos. Outro dos objectivos era propor melhorias de eficiência energética neste sector da empresa. Para tal, foi necessário fazer um levantamento energético de toda a unidade, o que permitiu verificar que as estufas de secagem (Recobrimento 1 e 2) seriam o principal objecto de estudo. O levantamento energético da empresa permitiu conhecer o seu consumo anual de energia de 697,9 tep, o que a classifica, segundo o Decreto-lei nº 71 de 15 de Abril de 2008, como Consumidora Intensiva de Energia (CIE). Além disso, as situações que devem ser alvo de melhoria são: a rede de termofluido, que apresenta válvulas sem isolamento, o sistema de iluminação, que não é o mais eficiente e a rede de distribuição de ar comprimido, que não tem a estrutura mais adequada. Desta forma sugere-se que a rede de distribuição de termofluido passe a ter válvulas isoladas com lã de rocha, o investimento total é de 2.481,56 €, mas a poupança pode ser de 21.145...

Influência da secagem, armazenamento e embalagem nos resultados da análise química de terra para fins de fertilidade; Influence of packing, storage and drying process on the results of soil chemical analysis related to soil fertility

Chitolina, J.C.; Glória, N.A.da; Boaretto, A.E.; Curi, P.R.
Fonte: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Publicador: Universidade de São Paulo. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1989 POR
Relevância na Pesquisa
56.09%
Amostras de terra provenientes de uma Terra Roxa Estruturada e um Latossol Vermelho Escuro textura média foram analisados quimicamente para se verificar a influência de embalagem (caixa de papelão saco de polietileno), tempo de armazenamento (1-32 dias) e processo de secagem (ao ar ou estufa a 60°C). A secagem foi o fator que mais influenciou a análise determinando variações nos resultados analíticos principalmente para pH e fósforo. O armazenamento apresentou influência apenas para fósforo trocável enquanto que a embalagem não influiu nos resultados. As variações dos resultados analíticos para pH, em função da secagem, e fósforo, em função da secagem e tempo de armazenamento, foram de ordem a alterar a interpretação da fertilidade quanto aos limites de classes.; Soil samples were chemically analysed to verify the influence of packing (card box or poliethylene bag), storage (1-32 days) and drying process (in the open air or at 60°C). The types of soil under consideration were "Terra Roxa Estruturada" and Dark Red B Latosolic sand phase. The drying process was the most important factor affecting analytical results of pH and phosphorus. The storage showed importance only to phosphorus, and the packing process had no influence in the results. Variations on the level of soil fertility were also obtained. Statistical analysis applied on the results showed that drying is the main factor affecting the chemical analysis...

Amostras secas ao ar para coloração de Papanicolaou: comparação de três métodos de reidratação

Ferro, Amadeu Borges; Silva, Neuza; Conceição, Raquel; Roque, Rúben
Fonte: Instituto Politécnico de Lisboa Publicador: Instituto Politécnico de Lisboa
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em /10/2013 POR
Relevância na Pesquisa
86.21%
O processamento de líquidos das cavidades serosas por citocentrifugação e a coloração de Papanicolaou são utilizados rotineiramente em citopatologia. A realização desta coloração em amostras secas ao ar pode constituir uma mais-valia quando o local de colheita é distante do laboratório e o processo de fixação não é totalmente padronizado/controlado. Assim, decidiu-se estudar protocolos que implicam a secagem ao ar e posterior reidratação, para realização de coloração de Papanicolaou.

Biomassa microbiana em amostras umedecidas após secagem ao ar de solos de toposeqüência de pastagens

Samarão Gonçalves,Antonio; Teixeira Monteiro,Marcela; Marinho Guerra,José Guilherme; Costantini,Alejandro Oscar; De-Polli,Helvécio
Fonte: Ciencia del suelo Publicador: Ciencia del suelo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2007 PT
Relevância na Pesquisa
55.97%
Neste experimento avaliou-se o carbono da biomassa microbiana do solo (C-BMS) em diferentes solos sob topossequência de pastagem e a viabilidade de utilizar amostras condicionadas na forma de terra fina seca ao ar (TFSA). Observou-se para C-BMS, separação dos conteúdos entre os diferentes tipos de solo. A época de inverno favoreceu a C-BMS, elevando-se em 60% em relação ao verão. Na comparação realizada entre os solos preparados na forma de TFSA e com a metodologia de fumigação-extração não se detectou diferença significativa, encontrando-se correlações significativas para os dois métodos de preparo das amostras, o que estabelece um panorama promissor no uso desta metodologia, embora seja necessário maior aprofundamento neste aspecto.