Página 1 dos resultados de 3328 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Métodos e temperaturas de secagem sobre a qualidade físico-química e microbiológica de grãos de milho no armazenamento; Methods and drying temperatures on quality physical-chemical and microbiological grain of corn in storage

Ferrari Filho, Edar
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.31%
O trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade físico-química, microbiológica e a presença de micotoxinas em grãos de milho, desde o cultivo no campo e durante o armazenamento por nove meses, submetendo-os a diferentes métodos e temperaturas de secagem, assim como estabelecer os custos totais de secagem. Foram utilizados grãos de milho (Zea mays L.), cultivados na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Eldorado do Sul, na safra agrícola 2008/2009. O trabalho foi dividido em dois estudos, conforme descrito a seguir: Estudo 1 - S1 - Secagem estacionária, com ar não aquecido, na condição ambiente, a 20+5 ºC; S2 - Secagem estacionária, com ar aquecido, uso de GLP, a 40+5 ºC; S3 – Secagem estacionária, em silo secador solar. Estudo 2 - S4 - Secagem intermitente, com ar aquecido a 60+5 ºC, com uso de GLP; S5 - Secagem intermitente, com ar aquecido a 70+5 ºC, com uso de GLP; S6 - Secagem intermitente, com ar aquecido a 80+5 ºC, com uso de GLP. Durante as secagens foram acompanhadas a umidade e temperatura da massa de grãos, temperatura e velocidade do ar de secagem, calculada a taxa de secagem e estabelecido os custos totais de secagem. Durante o armazenamento, as análises físico-químicas, microbiológicas e toxicológicas foram realizadas em intervalos de três meses...

Avaliação das melhores condições de secagem de grãos de soja visando à manutenção do teor de proteínas

Santos, Cláudia Destro dos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.29%
A soja é um grão rico em proteínas e a sua inclusão na alimentação das pessoas possibilita uma maior fonte de proteína que alimentos comuns como o arroz e o feijão. Entretanto, para possibilitar o armazenamento e transporte sem afetar a qualidade dos grãos, há a necessidade de um processo de secagem que normalmente é otimizado para produção de óleo de soja, e não há preocupação em preservar a parte proteica dos grãos. Tratamentos térmicos aplicados a alimentos, como a secagem, podem modificar a funcionalidade das proteínas. Logo, torna-se necessário estudar as melhores condições da utilização do processo de secagem que possibilitem minimizar a desnaturação proteica dos grãos de soja. Neste estudo foram realizados, inicialmente, experimentos de secagem de grãos de soja variando o tipo de secador, a altura de camada da amostra, assim como a velocidade e a temperatura do ar de secagem, para avaliar o processo em função da redução do teor de umidade. Com os resultados obtidos nestes experimentos, foi avaliado o ajuste de modelos matemáticos retirados da literatura através da análise do percentual do erro médio relativo (EMR) e do coeficiente de determinação (R2) obtidos via regressão nãolinear. Para os dois secadores avaliados (secador piloto e estufa de secagem)...

Qualidade e alterações estruturais do café arábica submetido a alternância da temperatura na secagem

Oliveira, Pedro Damasceno de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: vii, 135 f. : il. color., grafs., tabs
POR
Relevância na Pesquisa
37.3%
Pós-graduação em Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA; The objective of the present work to evaluate, at the end of the drying process with alternating temperatures, sensory quality, physico-chemical and physiological of processed coffee beans, dried and stored in time twelve months. The experiment was conducted with two types of processing: dry and wet; and seven drying methods: drying on ground and mechanical drying with air heated to 50°C until the coffee reaches 30% water content, continuing to the drying air heated to 35°C up to 11% water content; drying fixed bed heated air dryers at 45°C until the coffee reaches 30% water content, continuing to the drying air heated to 35°C until 11% water content; and drying in fixed bed dryer with air heated to 40°C until the coffee reaches 30% water content, continuing to the drying air heated to 35°C until 11% water content; Drying in fixed bed dryer with air heated to 35°C until the coffee reaches 30% water content, continuing to the drying air heated to 50°C until 11% water content; Drying in fixed bed dryer with air heated to 35°C until the coffee reaches 30% water content, continuing to the drying air heated to 45°C until 11% water content; Drying in fixed bed dryer with air heated to 35°C until the coffee reaches 30% water content...

Secagem interminente com fluxo cruzado e altas temperaturas e sua influencia na qualidade do trigo duro (Triticum durum L.)

Ricardo Ramos Martins
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/1997 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
A qualidade da matéria-prima, de acordo com o seu uso final, é muito dependente das etapas do pré-processamento, principalmente durante a secagem. Este trabalho teve como finalidade investigar a secagem intermitente com fluxo cruzado e altas temperaturas e sua influênciana qualidade do trigo duro (Triticum durum L.). O experimento foi desenvolvido no Laboratório de Secagem do Departamento de Pré-Processamento de Produtos Agropecuários- DPPPA da Faculdade de Engenharia Agricola-FEAGRI/UNICA MP/SP e no Laboratório de Ensino Zootécnico-LEZO, do Departamento de Zootecnia da Faculdade de AgronomialUFRGS/RS. Foi construído um protótipo de secador intermitente em escala de laboratório com capacidade de 0,0182 m3na câmara de secagem e igual capacidade na câmara de repouso. Os tratamentos utilizados foram três temperaturas (80,100 e 120°C) e dois tempos de residência na câmara de secagem (5 e 10 minutos) e ainda uma secagem ao sol sobre lona. A matéria-prima utilizada foi o trigo duro IAC1002 sem qualidade para a indústria de farinha, conforme testes realizados (farinografia, alveografia, teste de panificação, teste de cozimento do macarrão, etc). Os resultados indicam que os tratamentos com temperaturas de secagem mais elevadas e maior tempo de residência na câmara de secagem...

Estudo da secagem em leito de jorro, com condições operacionais intermitentes, de grãos de feijão (Phaseolus vulgaris L.), variedade carioca

Carlos Alberto de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/1999 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
A secagem de grãos consiste em retirar parte da água existente no produto de modo a diminuir seu teor de umidade, reduzindo a atividade biológica, crescimento de fungos, ataque de microorganismos e insetos, e possibilitando o seu armazenamento por longos períodos de tempo. O feijão comum (Phaseolus vulgaris L.) é um grão de elevado teor nutritivo, principalmente com relação à quantidade de proteínas, ferro e potássio, além de ser uma fonte de carboidratos, lipídios, fibras e vitaminas hidrossolúveis. A umidade do feijão recém colhido é demasiadamente alta para boas condições de conservação e armazenamento, necessitando, passar por um processo de secagem, antes da embalagem. Este trabalho teve como objetivo estudar e analisar o processo de secagem do feijão em leito de jorro, escala laboratorial, com condições operacionais contínuas e intermitentes quanto ao aquecimento e ao regime fluidodinâmico, do ar de secagem. Os experimentos em regime intermitente contemplaram dois tipos de regime: leito de jorro/leito fixo e leito de jorro/descanso. Uma montagem em escala de laboratório e operada em batelada foi utilizada, contendo um secador construído em acrílico, com a base cônica e a coluna cilíndrica. Para a obtenção dos dados experimentais utilizou-se a técnica de planejamento fatorial a 2 níveis...

Analise da secagem de polpa de celulose para a obtenção de papel reciclado tipo cartão; Analysis of cellulose pulp dryng for the production of card type recycled paper

Melissa Gurgel Adeodato Vieira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/06/2006 PT
Relevância na Pesquisa
37.31%
o papel ainda desempenha um fator chave na cultura e na difusão da informação apesar dos grandes avanços tecnológicos. Embora seja produzido a partir de um recurso renovável, como é a madeira, existe tecnologia que permite a sua reutilização a partir de fibras recuperadas. A recic1agem do papel permite uma grande redução na quantidade de resíduos sólidos urbanos, evitando a utilização de recursos naturais tais como a madeira e a água, além de diminuir bastante o consumo energético na indústria papeleira. A produção da polpa de celulose é o grande consumidor de energia no processo de fabricação do papel, seguido da secagem do papel, que é o segundo processo neste tipo de indústria que mais consome energia. A secagem é um processo complexo, de grande importância tanto em termos energéticos como também na qualidade do produto final. Neste contexto, este trabalho teve como proposta analisar a secagem de polpa de celulose a partir de fibras recuperadas para a fabricação de papel cartão recic1ado. Para tanto, projetou-se um secador convectivo, em escala laboratorial, para a secagem da polpa de papel. Foram determinadas as curvas de secagem em função de diferentes condições operacionais e as isotermas de dessorção do papel pelo método dinâmico. Uma análise da qualidade do produto foi realizada para as diferentes condições...

A avaliação da secagem para redução de volume e inativação de microrganismos em lodo de ETE; Drying evaluation for shrinkage and microorganisms inactivation in STP sludge

Fernando Serenotti
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
O lodo de esgoto, um dos principais componentes das águas residuárias geradas mundialmente, é um resíduo com alto conteúdo de umidade e grande carga de microrganismos. O uso da secagem apresenta-se como uma poderosa ferramenta na área ambiental devido a possibilidade de redução de volume e inativação microbiológica. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o processo de secagem empregando um secador convectivo direto de fluxo ascendente, para redução de volume e inativação microbiológica de lodo de ETE. O lodo utilizado foi oriundo do tratamento primário da ETE - Tatu, da cidade de Limeira - SP. Foram desenvolvidos os seguintes estudos: determinação das características físico-químicas, ensaios de secagem a partir do planejamento experimental 3² em duplicata (duas variáveis - temperatura e vazão do ar de secagem, e três níveis) com análise estatística dos dados, a avaliação da redução de volume do lodo seco, ajuste de modelos matemáticos aos dados experimentais, verificação do efeito da sazonalidade do lodo de esgoto no processo de secagem, e avaliação da inativação microbiológica. Pelos resultados do trabalho verificou-se que as características físicoquímicas não sofreram alterações significativas antes e após o processo de secagem...

Secagem de cenoura (Daucus carota L.) assistida por micro-ondas; Microwave-assisted drying of carrot (Daucus carota L.)

Kaciane Andreola
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.33%
A cenoura está entre as hortaliças com maior cultivo no cenário nacional consumida tanto na forma in natura quanto processada. Esta hortaliça apresenta elevado valor nutritivo e destaca-se pelo alto teor de ?-caroteno. Contudo, como a cenoura in natura é um produto perecível este vegetal tem sido utilizado na forma desidratada como ingrediente para a formulação de produtos industrializados. A secagem é uma operação unitária que possibilita maior vida de prateleira, além de redução dos custos com armazenamento e transporte. Um método alternativo para a secagem de alimentos é a secagem com aplicação de micro-ondas, pois o calor é gerado no interior do material diferente da secagem convencional com ar quente, o que resulta em menor tempo de processamento. Este trabalho teve como objetivo o estudo da secagem convectiva de cenoura combinada com aplicação de micro-ondas em secador de leito fixo. Para tanto, técnicas de planejamento experimental e análise estatística dos resultados foram empregadas para avaliar a influência da temperatura do ar de secagem e da potência de micro-ondas na qualidade do produto em termos de umidade final, cor, textura e encolhimento. Foram efetuados dois planejamentos experimentais...

Modelagem e simulação do processo de secagem de madeiras serradas de espécies tropicais brasileiras

Eleotério, Jackson Roberto
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 67 f.| il., tabs., grafs.
POR
Relevância na Pesquisa
37.28%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Florianópolis, 2009; A modelagem e a simulação da secagem de madeira podem auxiliar na definição das condições adequadas de secagem para cada espécie, definidas pelo programa de secagem. Apesar de existirem outros métodos de secagem, a secagem convencional ainda é a mais utilizada, especialmente para madeiras tropicais. Entre as espécies para as quais há carência de informações relativas à secagem estão a muirapiranga (Brosimum rubescens e B. paraensis), a timborana ou fava-orelha-de-negro (Enterolobium schomburgkii) e a andiroba (Carapa guianensis). Para estas espécies foram determinados parâmetros necessários à modelagem do processo de secagem, como a difusividade efetiva e isotermas de sorção. As isotermas de sorção foram determinadas experimentalmente em câmaras com umidade relativa do ar ajustada com soluções salinas supersaturadas, nas temperaturas de 47, 60 e 85 °C. Os modelos de Hailwood e Horrobin (HH) e Gugenhein, Andersen e de Bôer (GAB) foram ajustados com os dados experimentais e utilizados para definir a umidade de equilíbrio nas condições de temperatura e umidade relativa determinadas nos programas de secagem. Cerca de cinqüenta peças por espécie foram submetidas à secagem nas temperaturas de 50 e 70 °C e umidades relativas de 20 e 60%. As curvas de secagem obtidas através das pesagens diárias permitiram a determinação da difusividade efetiva. Analisando o conjunto das três espécies...

Secagem parcial de tomate-cereja em secador de bandejas vibradas com reciclo

Lourenço,Giovani Aud; Finzer,José Roberto Delalibera
Fonte: Instituto de Tecnologia de Alimentos - ITAL Publicador: Instituto de Tecnologia de Alimentos - ITAL
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.28%
Foram analisados os dados experimentais da curva e da cinética de secagem para desidratação parcial do tomate-cereja ovalado, Lycopersicum sp. Mill., e foi verificado o desempenho na aplicação de um secador em leito fixo e em leito vibrado na sua secagem. A umidade inicial do tomate-cereja foi de 94,01% (15,7 kg água/kg massa seca) e utilizou-se um secador de bandejas vibradas operando com reciclo até que no tomate restasse 15% da quantidade de água inicial ou umidade em base úmida de 70,15% (2,35 kg de água/kg de massa seca). Para a identificação dos frutos amostrados, estes foram dispostos em cinco cestos feitos de tecido de polietileno, com diâmetros de abertura de cerca de 0,01 m. Os tomates-cereja processados foram seccionados radialmente em duas metades, perpendicularmente ao eixo de maior comprimento de cada fruto. A temperatura, a vazão de ar e a quantidade de tomate alimentada foram ajustadas em 67,6 °C, 6 kg/min e 4,025 kg, respectivamente. O processo de secagem iniciou-se com operação em batelada sem recirculação dos frutos, até que se atingiu o teor de umidade de aproximadamente 85% (5,67 kg água/kg tomate seco); seguiu-se a adição de esferas de porcelana com 0,0235 m de diâmetro, as quais forçaram o escoamento das partículas de tomate e o processo passou a ocorrer com recirculação. Na cinética de secagem obtida dos resultados experimentais...

Temperaturas limite para secagem de sementes de aveia branca

Ahrens, Dirk Claudio
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.31%
A aveia branca vem sendo procurada como opção para a semeadura de inverno, havendo demanda por sementes. Por outro lado, as informações técnico-científicas são reduzidas, particularmente, em relação à operação de secagem. Assim, o objetivo desta pesquisa foi estudar a sensibilidade das sementes de aveia branca em relação às altas temperaturas de secagem e verificar o comportamento da velocidade de perda de água na secagem artificial. Para tanto, foram conduzidos três experimentos, no Instituto Agronômico do Paraná, Ponta Grossa - PR. Em outubro de 1997, o experimento 1 foi estabelecido em estufa procurando avaliar a máxima temperatura de secagem suportável pelas sementes de aveia branca UFRGS 14, sem prejudicar a qualidade fisiológica. Em novembro de 1997, foram conduzidos os experimentos 2 e 3, em um secador comercial, a partir dos resultados preliminares de temperaturas limites obtidos no experimento 1. No experimento 2 foram empregadas temperaturas do ar de secagem, inicialmente baixas e depois crescentes, que deveriam permitir a secagem mais rápida das sementes sem afetar a qualidade fisiológica. No experimento 3 a secagem das sementes foi iniciada com temperaturas elevadas no ar de secagem. Nos três experimentos...

Secagem de madeira serrada em estufa solar e sua comparação com os metodos convencionais

Santini, Elio Jose
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
37.28%
O presente estudo envolveu o desenvolvimento de uma estufa para secar madeira, composta basicamente de uma estrutura, uma cobertura tripla de plástico transparente e um sistema de circulação do ar, cujo aquecimento é feito apenas pela energia solar. Os resultados da secagem foram compara - dos com aqueles obtidos através de dois métodos tradicionalmente empregados - a secagem ao ar livre e a convencional -, principalmente no que tange a tempo de secagem, variação do teor de umidade, taxa de secagem, contração da madeira, qualidade do material e custos de secagem. A espécie utilizada para este fim foi Ocotea catharinensis Mez, sendo que em cada método foram secadas três pilhas de madeira de aproximadamente 0,8m cúbicos.O estudo foi desenvolvido em Curitiba, Estado do Paraná/Brasil. Os resultados de alguns testes previamente realizados demonstraram que o uso de uma cobertura transparente tripla e de um isolamento apropriado para as superfícies sólidas possibilitam um excelente sistema de isolamento da estufa solar contra as perdas de calor. Este fato foi comprovado por ocasião da secagem quando a temperatura interna manteve-se acima de 30ºC mesmo durante à noite. Além disso, apesar das diferenças climáticas oriundas da localização geográfica...

Viabilidade do uso de secadores solar de convecção natural e forçada para a secagem do coco Licuri

Silva, José Menezes da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica; Tecnologia de Materiais; Projetos Mecânicos; Termociências Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica; Tecnologia de Materiais; Projetos Mecânicos; Termociências
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
37.3%
Licuri is a palm tree from the semiarid regions of Bahia State, Brazil. It is an important source of food and feed in that region, since their nuts are commonly eaten by humans and used as maize substitute for poultry feeding. The aim of this dissertation is to study the feasibility for use of natural convection solar dryers and forced being compared with the traditional drying outdoors for drying coconut licuri Syagrus coronate. The study led to the construction of two prototype solar dryer for carrying out experiments proving: model Solar Drying System Direct Exposure to Natural Convection built with wood, has a drying chamber with direct cover transparent glass laminates 4 mm, using techniques for proper isolation of the drying chamber. The two prototypes were comparatively analyzed for performance and drying efficiency with traditional extractive use by the community. Were evaluated the variables: time and drying rates and quality of the final samples of coconut licuri. The fruits were harvested and brought the town of Ouricuri, in the city of Caldeirão Grande, BA for the experiments comparing the three methods of drying was used a standard load of 4.0 kg The quantitative analysis for the result of the drying rate was found in 74% yield and 44% for natural and forced convection respectively compared with the traditional drying. These drying rates represent variation 3-5 times lower. Drying using forced convection licuri showed better quality...

Estudo da dispersão na secagem de frutos de café em secador de bandejas vibradas

Sfredo, Marilia Assunta
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.31%
Para estudar a dispersão dos frutos de café durante a secagem, utilizou-se um secador de bandejas vibradas com reciclo. O secador consiste basicamente de quatro seções: túnel vertical de secagem, sistema de vibração, sistema de injeção de ar aquecido no túnel de secagem e sistema de reciclo dos frutos de café. O túnel de secagem contém quatro bandejas perfuradas por onde escoam os frutos de café e o ar, em fluxo cruzado. A secagem dos frutos de café foi realizada utilizando-se dois planejamentos experimentais, onde as variáveis estudadas foram, para o primeiro planejamento de secagem: temperatura dos frutos de café (40; 45 e 50ºC); massa de frutos de café alimentada (11,5; 12,5 e 13,5 kg) e vazão de ar de secagem (7; 8 e 9 kg ar/min), a variedade dos frutos de café foram: Acaiá, Catuaí e Mundo Novo; e para o segundo planejamento de secagem: massa de frutos de café (10; 12 e 14 kg) e vazão de ar (7; 8 e 9 kg ar/min), mantendo-se a temperatura dos frutos em 45ºC e a variedade Mundo Novo. Para o primeiro planejamento somente a temperatura dos frutos influenciou significativamente o tempo de secagem, onde o maior nível de temperatura reduz em 26,77 h o tempo de secagem. Para o segundo planejamento as variáveis estudadas não foram significativas para o tempo total de secagem dos frutos de café. Durante a secagem ocorre encolhimento dos frutos de café...

Caracterização do processo de secagem do café natural submetido a diferentes métodos de secagem

Moreira, Rodrigo Victor
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola; UFLA; brasil; Departamento de Engenharia Publicador: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola; UFLA; brasil; Departamento de Engenharia
Tipo: Dissertação
Publicado em 24/08/2015 POR
Relevância na Pesquisa
37.31%
Drying is one of the main factors that influence the quality of natural coffee and, consequently, its commercial value. The development of dryers that quickly dehydrate the fruits, without the use of elevated drying temperatures, has proven to be a promising alternative, especially for ensuring the quality of natural coffees. This quick dehydration can be obtained through the use of drying air with low relative humidity, combined with reduced temperatures. Thus, the aim of the present study was to characterize the drying process and the final quality of the coffee, which was dry-processed and dried under different methods. The Coffea arabica L. fruits were harvested, processed, and dried on a farm in Franca, SP, Brazil, while the beneficiation and analyses were performed at the Universidade Federal de Lavras, in partnership with the Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG), both in the municipality of Lavras, MG, Brazil. The fruits, with the same initial moisture content, were dried in three different ways until reaching from 11% to 12% (wet base) water content, namely: complete drying in the sun on a cement drying patio; complete drying in a tray dryer equipped with a boiler and air treatment unit (ATU) which, by means of a compression system...

Secagem de madeiras arqueológicas: análise dos comportamentos físicos e aplicação do modelo de secagem binário

Monteiro, Cláudio Inácio
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
POR
Relevância na Pesquisa
37.31%
Tese de Doutoramento em Quaternário, Materiais e Culturas; A presente tese tem como objetivo desenvolver o estudo sobre o comportamento físico de madeiras arqueológicas alagadas durante o seu processo de secagem. O trabalho foi realizado através do ensaio de diversos provetes de madeira, provenientes de vários sítios arqueológicos subaquáticos e húmidos (Ria de Aveiro A, Ria de Aveiro F, Museu da Levada e Troia I). Os exemplares não possuíam qualquer tipo de tratamento de conservação e foram seleccionados segundo as características que melhor se enquadravam para os fins propostos, tendo-se optado por objetos com diferentes atributos no que diz respeito à espécie, tamanho, teor de humidade e estado de conservação do lenho. As taxas de teor de humidade dos provetes variam entre 98% e 684% (calculo realizado sobre a base seca), compreendendo uma grande variedade de estados de deterioração. Os provetes foram divididos em três grupos e desidratados em diferentes ambientes, segundo os parâmetros de temperatura e humidade relativa, por forma a permitir a monitorização do processo e as reações associadas, nomeadamente de natureza dimensional, decorrente da imposição de novas condições higrotérmicas. Assim o primeiro grupo foi seco ao ar...

Secagem de PHB - polímero biodegradável obtido da cana-de-açúcar - em leito fluidizado pulsado rotativo com aplicação de micro-ondas; Drying of PHB - biodegradable polymer obtained from sugar cane - in a rotating pulsed fluidized bed with application of microwaves

Gabriela Silveira da Rosa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2012 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
O Poli-hidroxibutirato (PHB) é um dos homopolímeros mais bem caracterizados da família dos poli-hidroxialcanoatos, que são reconhecidos pela sua biodegradabilidade e biocompatibilidade. Em função de ser biodegradável e da possibilidade de produção integrada à cadeia de açúcar e álcool, o PHB tem despertado interesse tecnológico, científico e comercial. A secagem é uma etapa importante na produção do PHB, já que conteúdos de umidade acima da especificação podem influenciar a qualidade do produto e principalmente seu pós-processamento. Este projeto teve como objetivo o estudo da secagem do PHB em leito fluidizado pulsado rotativo (LFPR) com aplicação de micro-ondas. As técnicas de planejamento experimental e análise estatística dos resultados foram empregadas para analisar a influência da temperatura do ar de secagem e da potência de micro-ondas aplicada no conteúdo final de umidade do PHB para 90 min de processo. Foram desenvolvidos dois planejamentos experimentais, sendo que para o planejamento 1, a radiação de micro-ondas foi aplicada após 20 min de secagem convectiva a 90 oC. Para o planejamento 2, a radiação foi aplicada desde o início da secagem, sendo que nos 30 min iniciais usou-se uma potência maior e foi utilizada uma menor temperatura do ar de secagem. Para ambos os planejamentos foram obtidos baixos valores para o conteúdo final de umidade...

Analise da secagem de residuo de leite de soja "Okara" em secadores de leito de jorro e de cilindro rotativo assistido a microondas; Drying of soy milk residue in the spouted bed dryer and rotary cylindrical dryer assisted by microwaves

Cesar Augusto Agurto Lescano
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
O aproveitamento de resíduos industriais tem se tornado muito importante para evitar contaminação do meio e reaproveitar recursos até então considerados desperdícios ou perdas nas indústrias químicas e de alimentos. Na atualidade não se tem um valor aproximado da produção de leite de soja no mundo, mas sabe-se que grandes quantidades de resíduo são geradas pela produção do leite de soja, resíduo este que na literatura se denomina "Okara". Uma forma de aproveitar este resíduo é através de uma operação de secagem. A secagem é uma tecnologia amplamente utilizada pelas indústrias para manter a qualidade e prolongar a vida de prateleira dos produtos devido à diminuição das reações degradativas. Outro resultado da secagem é a diminuição do tamanho e peso do produto, facilitando assim seu transporte e armazenamento. No entanto, ainda hoje, apesar dos avanços tecnológicos nas indústrias químicas e de alimentos, persistem problemas quanto aos métodos específicos adequados para a secagem dos diferentes materiais biológicos, especialmente aqueles usados para alimentação humana. O resíduo de leite de soja é rico em proteínas, fibras e vitaminas, o que o torna de grande importância para diminuir o grande déficit de proteína que tem a população mundial...

Secagem de cafe em terreiro e silo com energia solar

Evodio Ribeiro Vilela
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em //1977 PT
Relevância na Pesquisa
37.32%
Apesar da produção brasileira de cafe ter sofrido um revés nos ultimas anos, o Brasil ainda é o maior produtor e exportador de café. O café brasileiro, entretanto, tem perdido qualidade para outros países da América latina. O produto colhido pode ser processado integralmente, ou despolpado de deixando a semente envolta apenas no pergaminho. Esta última pratica permite utilizar somente o grão maduro e promover uma secagem mais uniforme, resultando um produto de melhor qualidade. No Brasil, devido ãs grandes extensões de cultura, falta de mão de obra e problemas técnico-econômicos não se realiza o despolpamento. O cafe colhido na forma de grãos naturais (frutos do cafeeiro), e secado em terreiros de cimento, tijolo ou chão batido, ou então realiza-se uma meia seca em terreiro e termina a secagem em secadores com aquecimento artificial e movimentção dos grãos. O primeiro sistema é muito rústico e o segundo bem sofisticado. Nos objetivos deste trabalho, foram incluídos 1 testes de sistema de secagem de grã os naturais de café, com aproveitamento da energia solar, para diminuir o tempo, o espaço e a mão de obra qua se gasta em terreiros, evitar os danos na qualidade e reduzir custas operacionais altos que ocorrem com secadores artificiais. Foram desenvolvidos experimentos de secagem natural em terreiros com o objetivo de estudar a influencia de variáveis ambientais na secagem. Para isto...

Modelagem e simulação do processo de secagem dos frutos de aroeira-vermelha (Schinus terebinthifolius Raddi); Modeling and simulation of the drying process of Brazilian pepper tree fruits (Schinus terebinthifolius Raddi)

Bruno Guzzo da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/05/2013 PT
Relevância na Pesquisa
37.29%
A pimenta-rosa, produzida a partir dos frutos da aroeira-vermelha (Schinus terebinthifolius Raddi), é um dos mais sofisticados condimentos da culinária internacional e que vem apresentando um aumento na sua demanda. No entanto, na literatura encontram-se poucos estudos sobre o seu processamento, em que a secagem é uma etapa indispensável e que ainda é realizada de forma empírica. Nas empresas beneficiadoras, a etapa de secagem tem por finalidade aumentar a vida de prateleira do produto, além de agregar valor aos frutos da aroeira-vermelha. Neste contexto, este trabalho teve por objetivo realizar investigações no processo de secagem de frutos de aroeira-vermelha, focando principalmente no estudo de modelos matemáticos para a simulação do processo. As amostras de frutos de aroeira-vermelha, utilizadas nos ensaios de caracterização e secagem, foram classificadas manualmente e reumidificadas artificialmente. Para a caracterização do sistema particulado, os seguintes parâmetros foram determinados: teor de umidade em base seca; diâmetro médio e massa específica aparente dos frutos; e massa específica e porosidade do leito de frutos. Também foram determinadas, através do método estático, as isotermas de dessorção de umidade dos frutos em temperaturas de 30...