Página 1 dos resultados de 3110 itens digitais encontrados em 0.010 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp

Sazonalidade geoquímica multi-elementar em diferentes frações granulométricas de sedimentos do sistema estuariano de Santos - Cubatão/SP; Multi-elemental geochemical seasonality in different granulometric fractions of sediments at the estuary system of Santos - Cubatão / SP

Ludimila Berno
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2010 PT
Relevância na Pesquisa
36.9%
O sistema estuarino de Santos-Cubatão (SP) está localizado em uma das áreas mais industrializadas da América Latina. Os estuários são ambientes de grande complexidade, onde ocorrem interrelações entre componentes geológicos, físicos, biológicos e químicos. O histórico de contaminação desse ambiente estuarino, decorrente de diferentes atividades antrópicas, pode resultar em altos níveis de contaminação, e os sedimentos podem representar uma fonte latente de elementos-traço para o ambiente aquático. Com o objetivo de investigar a variabilidade geoquímica sazonal de elementos-traço, os sedimentos de superfície dos principais rios deste sistema estuarino (Casqueiro, Cubatão, Cascalho, Morrão e Capivari) foram amostrados no inverno e no verão. Concentrações químicas multi-elementares em diferentes granulometrias (<63 mm, <177 mm e total), obtidas por ICP-MS, e os níveis de matéria orgânica foram relacionados. As texturas dos sedimentos estudados apresentaram característica silto-argilosa (64 a 87%). Os maiores níveis de matéria orgânica foram encontrados nos sedimentos do rio Morrão (10,92 a 12,05%), porém não foi observada relação com a granulometria. Em geral, os metais e metalóides foram mais concentrados na textura silto-argilosa...

Composição e sazonalidade de borboletas frugívoras no cerrado, com ênfase na relação fenológica entre Eunica bechina (Nymphalidae: Biblidinae) e sua planta hospedeira Caryocar brasiliense (Caryocaraceae); Composition and seasonality of fruit-feeding butterflies in the cerrado savanna, with emphasis on the phenological relationship between Eunica bechina (Nymphalidae: Biblidinae) and its host plant Caryocar brasiliense (Caryocaraceae)

Danilo Germano Muniz da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/05/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.76%
Em muitos ambientes tropicais, estações chuvosas se alternam com períodos de seca. A estação seca é um período de menor disponibilidade e qualidade nutricional de folhas, sendo, portanto, um período desfavorável para insetos herbívoros e gerando as oscilações sazonais em suas populações. O cerrado é um bioma neotropical sazonal, que inclui formações de savana (cerrado sensu stricto), e onde o clima se caracteriza por uma estação quente e chuvosa de outubro a abril e uma fria e seca de maio a setembro. A produção de folhas novas se concentra geralmente na estação chuvosa, tornando este um período favorável para muitos insetos herbívoros tais como as borboletas. Em seu estágio larval, as borboletas são herbívoros vorazes cujas populações comumente oscilam de acordo com a disponibilidade de folhas adequadas ao desenvolvimento dos imaturos. Borboletas podem ser divididas funcionalmente em duas guildas: as que se alimentam em sua forma adulta do néctar de flores, e aquelas que se alimentam dos líquidos oriundos de frutos em decomposição, seiva de árvores, carcaças de animais e excrementos. As espécies do segundo grupo são conhecidas como borboletas frugívoras. A guilda de borboletas frugívoras tem sido amplamente utilizada em estudos de ecologia de comunidades devido à facilidade de captura usando armadilhas com iscas de fruta fermentada...