Página 1 dos resultados de 23 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Anointing variation across wild capuchin populations: a review of material preferences, bout frequency and anointing sociality in Cebus and Sapajus

Alfaro, Jessica W. Lynch; Matthews, Luke; Boyette, Adam H.; Macfarlan, Shane J.; Phillips, Kimberley A.; Falotico, Tiago; Ottoni, Eduardo Benedicto; Verderane, Michele Pereira; Izar, Patricia; Schulte, Meredith; Melin, Amanda; Fedigan, Linda; Janson, Char
Fonte: WILEY-BLACKWELL; MALDEN Publicador: WILEY-BLACKWELL; MALDEN
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
37.36%
The frequency of anointing bouts and the materials used for self- and social anointing vary across capuchin species in captivity, but there is little published data on capuchin anointing in the wild. Here we present previously unpublished data on anointing behaviors from capuchin monkey populations at ten different field sites and incorporate these data into a review of the anointing literature for captive and wild capuchins. Using a comparative phylogenetic framework, we test four hypotheses derived primarily from captive literature for variation in anointing between wild untufted capuchins (Cebus) and tufted capuchins (Sapajus), including that (1) the frequency of anointing is higher in Cebus, (2) Cebus uses a higher proportion of plant species to insect species for anointing compared with Sapajus, (3) anointing material diversity is higher in Cebus, and (4) social indices of anointing are higher in Cebus. We found that wild Cebus anoints more with plant parts, including fruits, whereas wild Sapajus anoints more with ants and other arthropods. Cebus capucinus in particular uses more plant species per site for anointing compared with other capuchins and may specialize in anointing as an activity independent from foraging, whereas most other capuchin species tend to eat the substances they use for anointing. In agreement with captive studies...

Flexible and conservative features of social systems in tufted capuchin monkeys: comparing the socioecology of Sapajus libidinosus and Sapajus nigritus

Izar, Patricia; Verderane, Michele P.; Peternelli-Dos-Santos, Lucas; Mendonca-Furtado, Olivia; Presotto, Andrea; Tokuda, Marcos; Visalberghi, Elisabetta; Fragaszy, Dorothy
Fonte: WILEY-BLACKWELL; MALDEN Publicador: WILEY-BLACKWELL; MALDEN
Tipo: Artigo de Revista Científica
ENG
Relevância na Pesquisa
47.96%
Socioecological models assume that primates adapt their social behavior to ecological conditions, and predict that food availability and distribution, predation risk and risk of infanticide by males affect patterns of social organization, social structure and mating system of primates. However, adaptability and variation of social behavior may be constrained by conservative adaptations and by phylogenetic inertia. The comparative study of closely related species can help to identify the relative contribution of ecological and of genetic determinants to primate social systems. We compared ecological features and social behavior of two species of the genus Sapajus, S. nigritus in Carlos Botelho State Park, an area of Atlantic Forest in Sao Paulo state, and S. libidinosus in Fazenda Boa Vista, a semi-arid habitat in Piaui state, Brazil. S. libidinosus perceived higher predation risk and fed on clumped, high quality, and usurpable resources (fruits) all year round, whereas S. nigritus perceived lower predation risk and relied on evenly distributed, low-quality food sources (leaves) during periods of fruit shortage. As predicted by socioecology models, S. libidinosus females were philopatric and established linear and stable dominance hierarchies...

Distribuição espacial de espécies arbóreas na área de vida de Sapajus nigritus (Primates, Cebidae) na Mata Atlântica, Parque Estadual Carlos Botelho, estado de São Paulo; Spatial distribution of tree species present in the home range of Sapajus nigritus (Primates, Cebidae) in the Atlantic, Carlos Botelho State Park, State of Sao Paulo

Sevghenian, Eliza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2012 PT
Relevância na Pesquisa
68.2%
Apesar dos esforços na realização de pesquisas com primatas na Mata Atlântica, ainda existem poucos estudos relacionando topografia, composição e distribuição de vegetação com o padrão de ocupação da área por primatas. Pela escassez dessas pesquisas, essas relações foram analisadas em duas áreas dentro da área de vida de um grupo de Sapajus nigritus numa área de Floresta Ombrófila Densa, localizada no Parque Estadual Carlos Botelho (PECB), Estado de São Paulo. Com o objetivo de descobrir se há ou não relação entre distribuição da vegetação arbórea com o padrão de uso da área (relacionadas com as rotas realizadas em 2007) pelo grupo deSapajus nigritus. Com o auxílio de uma imagem do IBGE de 1:50.000 da área do PECB, cedido pelo Instituto Florestal, em São Paulo, foi feito um recorte da área de vida do grupo no software ArcView 9.3 para seleção duas áreas; a primeira conhecida como área central (ou área núcleo) onde o grupo utiliza com mais frequência, foi denominada de área A, e a segunda área, uma pequena porção mais periférica da área de vida com inclinação mais acentuada, denominada de área B. Em cada uma dessas áreas foram instaladas três unidades amostrais; uma em área de topo de morro...

Dispersão e estrutura social de macacos-prego (Sapajus nigritus) do Parque Estadual Carlos Botelho, São Paulo; Dispersal and social structure in black capuchin monkeys (Sapajus nigritus) of Carlos Botelho State Park, São Paulo

Tokuda, Marcos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/02/2013 PT
Relevância na Pesquisa
68.14%
Padrões de assimetria sexual na dispersão e relações de parentesco são fatores intimamente relacionados e considerados fundamentais para a compreensão da estrutura social dos primatas. Apesar da relevância desses dois assuntos, pouco se sabe sobre como eles afetam o comportamento individual e a estrutura social nos primatas neotropicais. Assim, essa pesquisa teve como objetivos: determinar o padrão de dispersão de uma população selvagem de macacosprego (Sapajus nigritus) por meio de análises genéticas e examinar o efeito do parentesco sobre a estrutura social dos grupos de S. nigritus. Esta pesquisa foi realizada no Parque Estadual Carlos Botelho, localizado no município de São Miguel Arcanjo/SP. Todo material genético foi obtido através de amostras fecais dos indivíduos adultos e subadultos de três grupos sociais. Após a extração do DNA, parte dele foi amplificada através da técnica da Reação em Cadeia da Polimerase. Para as análises genéticas utilizamos marcadores moleculares do tipo microssatélites. Os métodos de amostragem por varredura instantânea e ad libitum foram utilizados para o registro do comportamento dos indivíduos adultos de dois grupos. Os dados genéticos obtidos nesta tese indicaram que ambos os sexos dispersam...

Efeito do clima sobre a navegação de macacos-prego (Sapajus nigritus) em área de Mata Atlântica; Weather Effects on Navigation Patterns of Capuchin Monkeys (Sapajus nigritus) in the Atlantic Forest

Delval, Irene
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
27.25%
No estudo da cognição espacial de primatas selvagens, a capacidade de representação da localização espacial de objetivos é habitualmente inferida por mudanças no padrão de deslocamento. A maioria das pesquisas nessa área observa se existem variações na linearidade e velocidade, em função do objetivo. Contudo, poucas pesquisas têm estudado se outros fatores poderiam afetar esses padrões, como variáveis climáticas. O objetivo deste trabalho foi verificar se variações em precipitação e temperatura modificam os padrões de deslocamento de um grupo de macacos-prego da Mata Atlântica. Os macacos foram acompanhados por um ano durante as duas estações consideradas para coletar dados comportamentais. Os dados climáticos foram fornecidos pelo INMET e as rotas foram coletadas com tecnologia GPS. Analisaram-se segmentos diários para objetivos espaciais e segmentos sem objetivo. Em cada segmento calculou-se velocidade e linearidade. Os resultados mostraram que existiu pouca influência da chuva nas variáveis controladas. Entretanto, algumas medidas de linearidade foram afetadas significativamente pela temperatura. Por incluir mudanças da distribuição do alimento, a sazonalidade foi mais explicativa de velocidade e linearidade que as variáveis climáticas. Nossos resultados sugerem que mudanças de velocidade e linearidade em deslocamentos para objetivo são indicadores confiáveis de representação de localização espacial; In studies of wild primates spatial cognition by means of natural observation...

Socioecologia de Sapajus xanthosternos na Reserva Biológica de Una, sul da Bahia; Socioecology of Sapajus xanthosternos at Una Biological Reserve, south of Bahia

Gouveia, Priscila Suscke
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
37.63%
A socioecologia investiga o efeito de fatores ecológicos sobre padrões de sistema social. Para muitos animais, o risco de predação tem sido apontado como a principal força seletiva favorecendo a sociabilidade. Entretanto, como determinante na variação dos sistemas sociais de primatas, esse fator tem sido considerado menos importante do que a competição por alimento. Os objetivos deste estudo foram (1) investigar a influência da disponibilidade de alimento e do risco de predação no uso do habitat pelo grupo estudado, para avaliarmos se o risco de predação é um fator relevante para essa população, (2) caracterizar o sistema social e (3) investigar se o risco de predação e/ou a oferta de alimento afetam o sistema social de Sapajus xanthosternos, espécie Criticamente ameaçada devido à caça e destruição do seu habitat, o que a torna relevante para o teste de hipóteses. Esta pesquisa foi realizada na Reserva Biológica de Una, cuja vegetação é classificada como floresta de tabuleiro e, na qual a população estudada ainda sofre pressão de caça. Um grupo foi acompanhado por 16 meses, num total de 2126 horas. O risco de predação foi avaliado em função do comportamento de vigilância, vocalizações de alarme...

Influência da dieta nos padrões espaciais dos primatas: proposta metodológica aplicada a um grupo de Sapajus nigritus; The influence of diet on primates spatial patterns: a methodological approach applied to a group of Sapajus nigritus

Martin, Marcelo Fernández-Bolaños
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2014 PT
Relevância na Pesquisa
57.96%
A dieta é considerada um dos fatores que mais influencia o comportamento espacial dos primatas. Muitas pesquisas que abordam essa relação apresentam similaridades nos seus delineamentos, mas não existe uma metodologia padrão comum. Para compreender melhor a relação entre dieta e padrões espaciais dos primatas, é preciso investigar o efeito de alguns problemas metodológicos. No presente estudo, descrevemos quatro:o problema da descontinuidade do registro, que é o efeito da dependência temporal sobre registros distribuídos desigualmente ao longo do tempo; o problema de filtragem, que descreve a dificuldade para isolar o efeito da variável independente, dieta; o problema do fracionamento, que alerta sobre os perigos de transportar conclusões a grande escala com dados de pequena escala; e o problema da linearidade fechada, que discute a validade das medidas de superfície quando o tempo registrado é muito curto. Desenvolvemos uma metodologia para controlar esses problemas. A metodologia foi aplicada com registros da dieta e localizações de um grupo de Sapajus nigritus do Parque Estadual Carlos Botelho, São Paulo, coletados em dois períodos, 2007-2008 e 2009-2010. Também utilizamos um delineamento mais convencional e comparamos os resultados obtidos com ambas asmetodologias. Os resultados foram similares com ambos os delineamentos...

Comportamento alimentar e propriedades físicas dos alimentos consumidos por macacos-prego (Sapajus nigritus), no Parque Estadual Carlos Botelho, SP; Feeding behaviour and physical properties of foods eaten by the black capuchin monkeys (Sapajus nigritus), in Carlos Botelho State Park, SP

Fogaça, Mariana Dutra
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/05/2014 PT
Relevância na Pesquisa
68.1%
O modelo de demanda da dieta é baseado na premissa de que a morfologia desenvolve-se em resposta à pressão evolutiva causada pelos desafios dos componentes da dieta. Dessa forma, o estudo da ecologia alimentar é importante para entender a adaptação morfológica crânio-facial. Este modelo prevê que ou os tecidos com maior demanda mecânica, independente da frequência de uso, ou os alimentos consumidos com maior frequência, seriam a força seletiva primária na seleção de características morfológicas relacionadas à mastigação. Por essa perspectiva, as propriedades físicas dos alimentos são a principal pressão seletiva para diversas características anatômicas. As propriedades físicas dos alimentos referem-se às características externas e internas que dizem respeito a tamanho, forma e textura de superfície e refletem a resistência dos recursos à fragmentação, medida por resistência à fratura (toughness) e módulo de elasticidade (elastic modulus). A barreira causada pelas características físicas dos alimentos também pode levar à seleção de estratégias comportamentais para supera-lá, como o uso dos dentes de maneira mais eficiente ou o processamento de alimentos antes da ingestão. Essas estratégias comportamentais podem...

Parâmetros nutricionais da dieta de duas populações de macacos-prego: Sapajus libidinosus no ecótono cerrado/caatinga e Sapajus nigritus na Mata Atlântica; Diet nutritional parameters of two populations of capuchin monkeys: Sapajus libidinosus in the ecotone Cerrado/Caatinga and Sapajus nigritus in an Atlantic Forest area

Santos, Lucas Peternelli Corrêa dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2015 PT
Relevância na Pesquisa
48.27%
A sobrevivência e o sucesso reprodutivo de um indivíduo estão diretamente relacionados à sua capacidade de atender à demanda por nutrientes e energia. Estudos em Ecologia Nutricional, que adotam o Modelo Geométrico para nutrição, evidenciam que, mais do que maximizar a ingestão de energia, os animais procuram regular a ingestão de múltiplos nutrientes de maneira independente, almejando um balanço específico entre esses nutrientes. Neste trabalho, empregamos análises de conteúdo nutricional e o Modelo Geométrico para investigar os parâmetros nutricionais da dieta de duas populações de macacos-prego (Sapajus spp.), em dois biomas distintos: Sapajus libidinosus, numa área de ecótono Cerrado/Caatinga, a Fazenda Boa Vista (FBV), no Estado do Piauí; e Sapajus nigritus, numa área de Mata Atlântica, o Parque Estadual Carlos Botelho (PECB), no Estado de São Paulo. Estudos anteriores sugeriram que a qualidade e a disponibilidade dos alimentos explorados por S. libidinosus no semi-árido são superiores aos dos explorados por S. nigritus na Mata Atlântica. Porém, afirmações sobre a qualidade de dieta dependem de investigações sobre o balanço nutricional obtido pelo organismo e quais as estratégias nutricionais adotadas para atingir esse balanço. Assim...

Avaliação do impacto da visitação sobre o comportamento de duas espécies de primatas, o bugio-ruivo Alouatta clamitans Cabrera, 1940 (Primates, Atelidae) e o macaco-prego Sapajus nigritus Kerr, 1792 [Hill, 1960] (Primates, Cebidae), no Zoológico Municipal de Canoas, Rio Grande do Sul, Brasil

Guimarães, Jéssica Schmidke
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
47.58%
O presente estudo teve por objetivo avaliar o quanto o comportamento de duas espécies de primatas, o bugio ruivo, Alouatta clamitans (Cabrera, 1940) (Gregorin, 2006) e o macaco prego, Sapajus nigritus (Lynch-Alfaro et al., 2012), mantidas em cativeiro no Zoológico Municipal de Canoas, Rio Grande do Sul, tem sofrido alterações devido à presença de visitantes. Os registros comportamentais foram obtidos pelo método de amostragem de varredura instantânea ou scan sample. As categorias comportamentais registradas foram descanso, alimentação, social, locomoção e comportamento estereotipado. Os bugios do ZMC não apresentaram comportamento alterado ou indicativo de estresse. Entretanto, nos macacos-prego observou-se tempo excessivo dedicado ao deslocamento, o que pode ser um indicativo de estresse causado pela presença dos visitantes.; This study aimed to assess how the behavior of two species of primates, the red howler monkey, Alouatta clamitans (Cabrera, 1940) (Gregorin, 2006) and the capuchin monkey, Sapajus nigritus (Lynch-Alfaro et al., 2012), kept in captivity at the Municipal Zoo in Canoas, Rio Grande do Sul, has changed due to the presence of visitors. The behavioral records were obtained by sampling the instantaneous scanning or scan sample. The behavioral categories were recorded: resting...

Levantamento populacional do bugio-ruivo (Alouatta clamitans) e do macaco-prego (Sapajus nigritus) em fragmentos florestais de Mata de Araucária em Fazenda Souza, Caxias do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil

Hass, Gabriela Pacheco
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
47.42%
A perda e a alteração estrutural das florestas são as maiores ameaças à conservação dos primatas. No Rio Grande do Sul há três espécies de primatas não-humanos: o bugio-preto (Alouatta caraya, Humboldt 1812), o bugio-ruivo (A. clamitans, Cabrera 1940) e o macaco-prego (Sapajus nigritus, Goldfuss 1809). A primeira está associada ao bioma Pampa e as duas últimas ao bioma Mata Atlântica, que inclui as Florestas Ombrófilas Mistas (Mata de Araucária). Para a conservação destas espécies os levantamentos populacionais são fundamentais para descoberta de novas populações, para o mapeamento de suas áreas de ocorrência, e para avaliação de sua presença, principalmente em áreas antropizadas. Alem disto, tem aplicações práticas, tais como o monitoramento de doenças (como a febre amarela), subsídio para licenciamento ambiental e avaliação do impacto dos agroecossistemas sobre as populações de vertebrados. A presente pesquisa teve como objetivo avaliar a presença/ausência de populações de bugios-ruivos e macacos-pregos no distrito de Fazenda Souza, Caxias do Sul, em fragmentos florestais da Mata de Araucária, inseridos em uma matriz de agroecossistemas. O levantamento iniciou com a utilização do método de seleção de informantes por grupos de referência. As áreas informadas como de possível ocorrência das espécies foram visitadas. O registro do bugio-ruivo foi realizado através de visualização direta ou vocalização associada ao encontro de fezes; já o macacoprego foi registrado através de armadilhas fotográficas instaladas no dossel. Foram obtidos 13 registros de A. clamitans distribuídos em três zonas e um registro de S. nigritus em uma área de simpatria com o bugio-ruivo. Os resultados sugerem uma relativa facilidade em encontrar grupos de bugios e uma grande dificuldade em registrar macacos-prego. Sugere-se a realização de estudos que avaliem a influência das características da paisagem sobre as populações destes primatas.

Influência da disponibilidade sazonal e da composição química de itens alimentares no consumo do macaco-prego

Almeida, Adriana de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 133 f. : il. color.
POR
Relevância na Pesquisa
27.25%
Pós-graduação em Biologia Animal - IBILCE; A supressão e fragmentação de habitats estão entre as principais ameaças à biota, sobretudo devido à diminuição da disponibilidade de recursos. O macaco-prego (Sapajus nigritus), endêmico da Mata Atlântica, invade plantios de pinus e outras monoculturas agrícolas, como o milho, em busca de alimento, gerando conflitos com produtores florestais e agrícolas. Enquanto o consumo da seiva de Pinus spp. ocorre no período de baixa disponibilidade de frutos na floresta nativa (inverno/primavera), os danos ao milho ocorrem em qualquer período do ano em que este esteja disponível. Adicionalmente, apesar de apresentar uma dieta bastante generalista, nem todas as espécies de frutos disponíveis são consumidas pelo macaco-prego, independente da sua abundância. Embora a seleção dos alimentos por animais seja feita de maneira a otimizar o gasto energético para sua obtenção e diminuir o risco de predação, existe uma complexidade de fatores envolvidos nessa escolha, entre eles a fenologia e a composição química. Este estudo buscou caracterizar a composição química de itens alimentares que integram a dieta do macaco-prego, bem como de itens sabidamente evitados por ele, em duas formações florestais da Mata Atlântica do sul do Brasil...

Serological evidence for Saint Louis encephalitis virus in free-ranging New World monkeys and horses within the upper Paraná River basin region, Southern Brazil

Svoboda,Walfrido Kühl; Martins,Lívia Carício; Malanski,Luciano de Souza; Shiozawa,Marcos Massaaki; Spohr,Kledir Anderson Hofstaetter; Hilst,Carmen Lúcia Scortecci; Aguiar,Lucas M.; Ludwig,Gabriela; Passos,Fernando de Camargo; Silva,Lineu Roberto da; H
Fonte: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT Publicador: Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 EN
Relevância na Pesquisa
27.58%
Introduction Saint Louis encephalitis virus (SLEV) primarily occurs in the Americas and produces disease predominantly in humans. This study investigated the serological presence of SLEV in nonhuman primates and horses from southern Brazil. Methods From June 2004 to December 2005, sera from 133 monkeys (Alouatta caraya, n=43; Sapajus nigritus, n=64; Sapajus cay, n=26) trap-captured at the Paraná River basin region and 23 blood samples from farm horses were obtained and used for the serological detection of a panel of 19 arboviruses. All samples were analyzed in a hemagglutination inhibition (HI) assay; positive monkey samples were confirmed in a mouse neutralization test (MNT). Additionally, all blood samples were inoculated into C6/36 cell culture for viral isolation. Results Positive seroreactivity was only observed for SLEV. A prevalence of SLEV antibodies in sera was detected in Alouatta caraya (11.6%; 5/43), Sapajus nigritus (12.5%; 8/64), and S. cay (30.8%; 8/26) monkeys with the HI assay. Of the monkeys, 2.3% (1/42) of A. caraya, 6.3% 94/64) of S. nigritus, and 15.4% (4/26) of S. cay were positive for SLEV in the MNT. Additionally, SLEV antibodies were detected by HI in 39.1% (9/23) of the horses evaluated in this study. Arboviruses were not isolated from any blood sample. Conclusions These results confirmed the presence of SLEV in nonhuman primates and horses from southern Brazil. These findings most likely represent the first detection of this virus in nonhuman primates beyond the Amazon region. The detection of SLEV in animals within a geographical region distant from the Amazon basin suggests that there may be widespread and undiagnosed dissemination of this disease in Brazil.

High consumption of primates by pumas and ocelots in a remnant of the Brazilian Atlantic Forest

Santos,JL; Paschoal,AMO; Massara,RL; Chiarello,AG
Fonte: Instituto Internacional de Ecologia Publicador: Instituto Internacional de Ecologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2014 EN
Relevância na Pesquisa
47.42%
We studied the diet of the ocelot and puma during the years 2007 and 2008 at the Feliciano Miguel Abdala Reserve, in Minas Gerais, south-eastern Brazil. We collected 49 faecal samples (scats) from cats, and identified the species of cat from 23 of them by the analysis of the microstructure patterns of hairs found in their faeces: 17 scats of the puma (Puma concolor) and six of the ocelot (Leopardus pardalis). In the puma scats, we identified three species of primates (Brachyteles hypoxanthus, Alouatta guariba and Sapajus nigritus), the remains of which were found in eight of 17 collected (47.1%), representing 26.7% of items consumed. For the ocelot, we detected capuchin monkey (S. nigritus) remains in three of the six scats (50%), accounting for 18.7% of items consumed by ocelot. We were unable to identify the cat species in the remaining 26 faecal samples, but we were able to analyse the food items present. Primates were found in five of these 26 faeces (19.2%) and represented 10.2% of the items found. Although the sample size is limited, our results indicate a relatively high consumption of primates by felines. We believe that this high predation may be the result of the high local density of primates as well as the greater exposure to the risks of predation in fragmented landscapes...

Patch Size, Functional Isolation, Visibility and Matrix Permeability Influences Neotropical Primate Occurrence within Highly Fragmented Landscapes

da Silva, Lucas Goulart; Ribeiro, Milton Cezar; Hasui, Érica; da Costa, Carla Aparecida; da Cunha, Rogério Grassetto Teixeira
Fonte: Public Library of Science Publicador: Public Library of Science
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 06/02/2015 EN
Relevância na Pesquisa
27.25%
Forest fragmentation and habitat loss are among the major current extinction causes. Remaining fragments are mostly small, isolated and showing poor quality. Being primarily arboreal, Neotropical primates are generally sensitive to fragmentation effects. Furthermore, primates are involved in complex ecological process. Thus, landscape changes that negatively interfere with primate population dynamic affect the structure, composition, and ultimately the viability of the whole community. We evaluated if fragment size, isolation and visibility and matrix permeability are important for explaining the occurrence of three Neotropical primate species. Employing playback, we verified the presence of Callicebus nigrifrons, Callithrix aurita and Sapajus nigritus at 45 forest fragments around the municipality of Alfenas, Brazil. We classified the landscape and evaluated the metrics through predictive models of occurrence. We selected the best models through Akaike Selection Criterion. Aiming at validating our results, we applied the plausible models to another region (20 fragments at the neighboring municipality of Poço Fundo, Brazil). Twelve models were plausible, and three were validated, two for Sapajus nigritus (Area and Area+Visibility) and one for Callicebus nigrifrons (Area+Matrix). Our results reinforce the contribution of fragment size to maintain biodiversity within highly degraded habitats. At the same time...

Patch size, functional isolation, visibility and matrix permeability influences neotropical primate occurrence within highly fragmented landscapes

Silva, Lucas Goulart da; Ribeiro, Milton Cezar; Hasui, Erica; Costa, Carla Aparecida da; Teixeira da Cunha, Rogerio Grassetto
Fonte: Public Library Science Publicador: Public Library Science
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1-20
ENG
Relevância na Pesquisa
27.25%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 2013/50421-2; Forest fragmentation and habitat loss are among the major current extinction causes. Remaining fragments are mostly small, isolated and showing poor quality. Being primarily arboreal, Neotropical primates are generally sensitive to fragmentation effects. Furthermore, primates are involved in complex ecological process. Thus, landscape changes that negatively interfere with primate population dynamic affect the structure, composition, and ultimately the viability of the whole community. We evaluated if fragment size, isolation and visibility and matrix permeability are important for explaining the occurrence of three Neotropical primate species. Employing playback, we verified the presence of Callicebus nigrifrons, Callithrix aurita and Sapajus nigritus at 45 forest fragments around the municipality of Alfenas, Brazil. We classified the landscape and evaluated the metrics through predictive models of occurrence. We selected the best models through Akaike Selection Criterion. Aiming at validating our results, we applied the plausible models to another region (20 fragments at the neighboring municipality of Poco Fundo...

Conhecimento ecológico caiçara sobre animais silvestres como aporte para um manejo de base ecossistêmica; Caiçara's ecological knowledge about wild animals as input to an ecosystem-based management

Camila Alvez Islas
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
27.25%
Nesta dissertação investiguei o Conhecimento Ecológico Tradicional (CET) sobre a fauna silvestre em uma comunidade Caiçara, localizada dentro de uma Unidade de Conservação (UC) de proteção integral, para gerar informações para o manejo de fauna dentro da reserva e em Unidades de Conservação brasileiras, incorporando princípios das abordagens de Manejo de Base Ecossistêmica e Ecossystem Stewardship. Este estudo foi realizado na comunidade da Praia do Sono, situada dentro da Reserva Ecológica Estadual da Juatinga (REEJ), no município de Paraty, RJ, que atualmente passa por um processo de recategorização para adequar-se à legislação federal, o que pode modificar a relação das comunidades com os recursos de subsistência, como os animais silvestres. Além disso, teorias e abordagens de manejo de recursos naturais poderão ser incorporadas ao novo plano de manejo. Para a coleta de dados realizei quatro conjuntos de entrevistas: i) entrevista semiestruturada, com 39 unidades familiares da Praia do Sono, para investigação dos usos, interações negativas e conservação da fauna na comunidade; ii) entrevista estruturada, com 7 informantes-chave da comunidade, para correlação entre os nomes populares e científicos iii) entrevista semiestruturada...

Associações entre besouros escarabeíneos e mamíferos de médio e grande porte da Mata Atlântica em Santa Catarina, Brasil

Bogoni, Juliano André
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xxii, 75 p.| il., grafs., tabs.
POR
Relevância na Pesquisa
27.52%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, Florianópolis, 2014.; Os escarabeíneos estão ecológica e evolutivamente ligados aos mamíferos já que se alimentam e nidificam usando suas fezes e carcaças; assim, dependem da qualidade e quantidade desses recursos, que muitas vezes é escasso temporal ou espacialmente. Efeitos decorrentes da defaunação da mastofauna podem ter importantes implicações na estrutura das comunidades de escarabeíneos e sugerem efeitos em cascata, tais como, a redução da dispersão secundária de sementes, da incorporação de matéria orgânica no solo e o comprometimento de serviços ecossistêmicos dependentes desses grupos. O objetivo desse trabalho foi avaliar a relação entre a riqueza de mamíferos e de escarabeíneos com base na hipótese de que a estruturação das comunidades de escarabeíneos está relacionada à composição de mamíferos, assim como à estrutura do hábitat e à distância espacial entre locais. Além disso, visou avaliar a atratividade de espécies de escarabeíneos em relação à oferta de fezes de mamíferos nativos de guildas tróficas diferentes, assumindo a hipótese de que a atratividade irá variar de acordo com a espécie de escarabeíneos e com tipo de fezes. O estudo foi conduzido em seis Unidades de Conservação localizadas na Serra Geral Catarinense...

O programa macaco-prego da Embrapa Florestas: avanços e perspectivas.

MIKICH, S. B.; LIEBSCH, D.; ALMEIDA, A. de; OLIVEIRA, E. B. de; MOREIRA, J. M. M. A. P.
Fonte: In: CONGRESSO FLORESTAL PARANAENSE, 5., 2015, Curitiba. Novas tecnologias florestais: anais. [Curitiba]: Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal, 2015. Publicador: In: CONGRESSO FLORESTAL PARANAENSE, 5., 2015, Curitiba. Novas tecnologias florestais: anais. [Curitiba]: Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal, 2015.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: Disponível online.; 17 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
47.25%
Com o objetivo de atender a demanda do setor florestal, preocupado com os danos causados por macacos-prego (Sapajus nigritus) às plantações de Pinus spp. no Sul do Brasil, a Embrapa Florestas deu origem, em 2003, ao Programa Macaco-Prego. Desde então, pesquisas vêm sendo conduzidas em parceria com empresas e associações florestais, sempre com o objetivo de buscar alternativas para reduzir os danos provocados por esse primata e os prejuízos econômicos associados sem, contudo, comprometer suas populações naturais ou a integridade das florestas nativas da região. Nesse trabalho é apresentado o histórico desse Programa, seguido dos seus principais resultados e implicações. Finalmente, o futuro do Programa Macaco-Prego é discutido com base nas pesquisas em andamento e nas perspectivas futuras.; 2015

Ferramenta computacional para estimar perdas na produção de madeira de Pinus taeda, atacadas por macaco-prego (Sapajus nigritus).

OLIVEIRA, E. B. de; MOREIRA, J. M. M. A. P.; LIEBSCH, D.; MIKICH, S. B.
Fonte: In: CONGRESSO FLORESTAL PARANAENSE, 5., 2015, Curitiba. Novas tecnologias florestais: anais. [Curitiba]: Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal, 2015. Publicador: In: CONGRESSO FLORESTAL PARANAENSE, 5., 2015, Curitiba. Novas tecnologias florestais: anais. [Curitiba]: Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal, 2015.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: Disponível online.; 10 p.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
67.58%
Resumo A ocorrência de ataques de macaco-prego (Sapajus nigritus) em Pinus taeda tem trazido elevados prejuízos a produtores florestais. Além do dano físico que compromete a qualidade da madeira de parte do fuste, as lesões pela retirada de segmentos de casca levam à perda de crescimento das árvores, que pode atingir níveis muito elevados. No presente trabalho, foi apresentado um procedimento desenvolvido para adequar o software SisPinus para estimar o crescimento e a produção de povoamentos atacados por macaco-prego, em função de diferentes níveis de ataque e idade de ocorrência dos mesmos. O procedimento permite que o SisPinus quantifique, para os anos subsequentes ao ataque, a produção madeireira do povoamento atingido, tanto em termos de volume total quanto de volume por classe de utilização industrial. Isto pode subsidiar o produtor florestal sobre o que fazer com um povoamento atacado para que o prejuízo seja minimizado.; 2015