Página 1 dos resultados de 16581 itens digitais encontrados em 0.016 segundos

Paralelos entre métodos fenotípicos, imunológicos e genotípicos para detecção rápida de Salmonella spp em matrizes alimentares sem contaminação experimental: avaliação em condições reais e simultâneas de uso; Parallels between phenotypic, genotypic and immunological methods for rapid detection of Salmonella spp in non-contaminated food matrices: evaluation in real conditions of use

Killner, Mario
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/06/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.85%
Salmonella spp é um dos microrganismos patogênicos de relevância em alimentos. Sua detecção em alimentos por metodologia de cultura é trabalhosa e demorada, o que explica a grande variedade de sistemas automatizados e kits para detecção rápida desse patógeno existentes no mercado. Muitos desses métodos alternativos são validados por organizações internacionalmente reconhecidas, mas tais validações têm sido efetuadas em condições laboratoriais artificiais e com matrizes alimentares experimentalmente contaminadas, dificilmente refletindo a realidade de um laboratório de rotina de análises microbiológicas de alimentos. Nesse trabalho, avaliou-se o desempenho de sete métodos rápidos alternativos genotípicos e imunológicos, usados simultaneamente para detecção de Salmonella spp em 244 amostras de alimentos sem contaminação experimental, empregando o método de cultura ISO 6579:2002 como método de referência. Os métodos avaliados foram BAX Salmonella,VIDAS Salmonella (SLM),Transia Plate Salmonella Gold,VIP Salmonella,TECRA UNQUIQUE SALMONELLA,Singlepath Salmonella e 1-2 Test. O nível de detecção para cada método também foi determinado, trabalhando-se com três matrizes alimentares diferentes, experimentalmente contaminadas com cinco níveis de inóculo. O método de referência detectou 50 amostras (20...

Detecção de Salmonella em alimentos crus de origem animal empregando os imunoensaios rápidos TECRATM Salmonella VIA, TECRATM Salmonella UNIQUE e o método convencional de cultura; Detection of Salmonella in raw foods of animal origin using Tecra Salmonella VIA and Tecra Salmonella Unique rapid immunoassays and a cultural procedure

Paula, Ana Maria Ramalho de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/03/2002 PT
Relevância na Pesquisa
36.85%
A presença de Salmonella em 200 amostras de alimentos crus de origem animal foi investigada empregando-se os dois ensaios imunoenzimáticos rápidos TECRA™ Salmonella VIA e TECRA™ Salmonella UNIQUE (TECRA Diagnostics, Rosewille, NSW, Australia) e o método de cultura convencional empregado rotineiramente no Instituto Adolfo Lutz, São Paulo, SP. Quarenta e cinco amostras (22.5%) foram Salmonella positivas por pelo menos um dos três métodos. O número de amostras positivas de acordo com o método analítico foi 34 (75,6%) para o método de cultura convencional, 29 (64,4%) para TECRA™ Salmonella VIA e 27 (60.0%) para TECRA™ Salmonella UNIQUE. O método de cultura convencional detectou quatro amostras positivas não detectadas por nenhum dos outros dois métodos rápidos. TECRA™ Salmonella UNIQUE detectou sete amostras positivas não detectadas pelos demais métodos. Uma amostra foi positiva apenas pelo método TECRA™ Salmonella VIA. Considerando todos os resultados (positivos e negativos) o teste de qui quadrado de McNemar indicou que as diferenças entre os resultados obtidos pelos métodos rápidos, quando comparados aos obtidos pelo método convencional, não foram estatisticamente significativas (p>0.05).; The presence of Salmonella in 200 raw food samples of animal origin was investigated by means of rapid immunoassays TECRA™ Salmonella VIA and TECRA™ Salmonella UNIQUE (TECRA Diagnostics...

Desenvolvimento de métodos para a quantificação direta de Salmonella sp. por PCR-tempo real e por transcriptase reversa-PCR-tempo real; Development of methods for the direct quantification of Salmonella sp. using real time-PCR and reverse transcriptase-PCR-real time

Froder, Hans
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/11/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.86%
Para obter resultados rápidos e confiáveis que permitam o monitoramento da segurança microbiológica de alimentos, seja pela indústria ou pelos órgãos de fiscalização, diversos métodos alternativos têm sido desenvolvidos para a detecção e quantificação de Salmonella. Os propósitos do estudo foram avaliar a viabilidade de emprego do QIAamp® DNA Stool Mini Kit para extração e purificação de DNA de Salmonella; validar ensaios baseados em PCR-tempo real (PCR-RT) para quantificar o DNA de Salmonella empregando ttr ou tuf e desenvolver um ensaio para quantificar Salmonella baseado na transcriptase reversa-PCR-tempo real (RT-PCR-RT). Para avaliação do QIAamp® DNA Stool Mini Kit empregaram-se fezes coletadas diretamente do reto de animais infectados ou não, sendo estas últimas artificialmente contaminadas e submetidas à extração segundo protocolo do fabricante. As amostras de DNA isoladas foram quantificadas empregando um ensaio Salmonella-específico PCR-RT utilizando como alvo o lócus ttr. O mesmo ensaio foi utilizado para células de Salmonella provenientes de meio de cultura. O ensaio PCR-RT baseado no alvo tuf foi validado empregando-se primeiramente cepas de diferentes sorotipos de Salmonella e de outras Enterobacteriaceae. A seguir sua eficiência foi avaliada para alimentos-modelo (ave e suíno) artificialmente contaminadas com elevada (≈ 6 log UFC/mL) e baixa (≈ 2 log UFC/mL) população de Salmonella Typhimurium DT 104. A validação do método quantitativo de Salmonella por RT-PCR-RT foi realizada primeiramente com células em meio de cultura e posteriormente nos mesmos alimentos-modelo utilizados para PCR-RT. Em ambos os métodos...

Avaliação quantitativa do risco de Salmonella e Listeria monocytogenes em vegetais minimamente processados; Quantitative risk assessment of Salmonella and Listeria monocytogenes in minimally processed vegetables

Sant'Ana, Anderson de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.84%
A ocorrência de surtos de doencas associadas aos vegetais minimamente processados (VMP) tem chamado a atenção para a sua segurança microbiológica. A avaliação quantitativa de riscos permite que o impacto das materias-primas e processamento seja avaliado e os resultados obtidos sejam usados para gestão e comunicação do risco. Desta forma, o presente estudo objetivou quantificar o risco de infecções por Salmonella spp. e Listeria monocytogenes a partir do consumo de VMP no Brasil. Um total de quinhentas e doze amostras de VMP foram analisadas e foi possivel enumerar e detectar Salmonella em 0,4% e 0,4% das amostras, respectivamente. L. monocytogenes foi enumerada e detectada em 0,97% e 3,1% das amostras analisadas, respectivamente. Os isolados de Salmonella spp. (n=4) e L. monocytogenes (n=69) foram confirmados por PCR e caracterizados por sorotipagem tradicional. Os isolados de L. monocytogenes foram caracterizados quanto ao ribotipo, resistencia ao cloro, taxa de multiplicação (µ), capacidade de formação de biofilmes e presença de genes de virulência. O sorovar predominante entre Salmonella spp. foi S. Typhimurium. Em relação a L. monocytogenes, observou-se prevalência do sorotipo 4b e do ribogrupo DUP-1038 e presenca de genes de virulência em 100% (inlA) e 97% (inlC e inlJ) dos isolados. A maioria dos isolados de L. monocytogenes foi resistente a exposição a 125 ppm de cloro livre...

Avaliação de risco de infecção por Salmonella spp. associado ao uso agrícola de lodo de esgoto: risco de consumo de hortaliças e ao trabalhador; Risk assessment for Salmonella spp. infection associated with the agricultural use of sewage sludge: vegetable consumption and risk to the worker

Krzyzanowski Junior, Flavio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.85%
Introdução A presença de Salmonella spp.,que é um patógeno de importância clínica, tem sido detectada em lodos de esgoto gerados ao redor do mundo. O objetivo desse estudo foi o de estimar o risco anual de infecção relacionado à ingestão de alface, tomate e cenoura cultivados em solos acondicionados com o lodos de esgoto provenientes de cinco Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) da Região Metropolitana de São Paulo bem como o risco de infecção anual que trabalhadores agrícolas, através da ingestão involuntária de partículas de solo, são submetidos. Como no Brasil ainda não há o estabelecimento de valor de risco tolerável, o valor usado pela USEPA, de 1/10.000 (10-4), foi utilizado para que a comparação com os resultados obtidos fosse realizada. Métodos Foram coletadas 54 amostras de lodos de esgotos de cinco ETEs num período de 12 meses (janeiro a dezembro de 2011). A concentração de Salmonella spp nessas amostras foi obtida utilizando o método USEPA 1682/2006. Foram selecionadas 40 cepas isoladas e identificadas como Salmonella spp. para sorotipificação em laboratório de referência. Essas cepas foram submetidas à detecção dos genes de virulência invA, ssel e spvC, presença de plasmídeo por técnicas moleculares e ainda à resistência a antimicrobianos. Para a estimativa dos riscos anuais de infecção por Salmonella foram desenhados nove cenários diferentes considerando como fatores principais a presença ou ausência da variação da concentração de Salmonella spp. nos solos tratados com lodos de esgoto...

Isolamento e caracterização de Salmonella sp. em suínos ao abate e em cortes de pernil; Isolation and caracterization of Salmonella sp. in pigs at slaughter and in pork

Bandeira, Roberta Macedo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.84%
A Salmonella sp. é uma das principais causas de doenças transmitidas por alimentos, principalmente de origem animal. Os suínos podem ser portadores assintomáticos de Salmonella sp. e, nessa condição, serem levados ao abate. Desta forma, a entrada de Salmonella sp. na cadeia de produção é uma preocupação para a indústria. Sabendo-se da importância deste microrganismo, pelo seu impacto na indústria e na saúde pública, este trabalho teve como objetivo determinar a prevalêncía de Salmonella sp. em suínos levados ao abate em um frigorífico sob inspeção federal no Rio Grande do Sul, e correlacionar com a contaminação de cortes de pernil. Para tanto, 64 amostras de conteúdo intestinal e 121 amostras de cortes de pernil coletadas em 4 visitas, foram submetidas ao isolamento e identificação de Salmonella sp. As amostras de Salmonella sp. foram avaliadas quanto a resistência a 14 antimicrobianos, através da técnica de difusão em ágar. Salmonella sp. foi isolada de 46,87% das amostras de conteúdo intestinal e de 49,59% dos cortes de pernil. Foi encontrado grande número de sorovares, sendo os mais prevalentes Panama e Bredeney. Das amostras isoladas, 60,8% apresentaram perfil de multiresistência, sendo os maiores índices de resistência a sulfonamida...

Avaliação de probiótico e bacteriófagos líticos para o controle de Salmonella sp. em supinos experimentalmente infectados

Nogueira, Mariana Gomes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.84%
Devido à limitação do uso de antimicrobianos, alternativas que seguem a linha de controle biológico, como os bacteriófagos líticos e probióticos, vêm sendo propostos para o controle de Salmonella sp. em animais de produção. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da administração oral de probiótico e bacteriófagos líticos sobre a ocorrência de infecção e excreção fecal de Salmonella sp. em suínos em fase de crescimento e terminação. O experimento foi realizado em dois períodos (blocos), com duração de 49 dias, em suínos com 43 dias de idade. Estes animais foram divididos em três tratamentos: T1 (controle), T2 (bacteriófagos) e T3 (probiótico), com 12 animais em cada tratamento e 10 animais controle. Após duas semanas de alojamento, os suínos foram inoculados com Salmonella Typhimurium (dia 0 P.I.). Os animais receberam uma suspensão de bacteriófagos líticos (CNPSA1, CNPSA3 e CNPSA4) por oito dias consecutivos, quatro dias antes e quatro dias após inoculação. O probiótico foi fornecido pela via oral nos dois primeiros dias de alojamento (108 Unidade Formadora de Colônia-UFC/ g), posteriormente o produto (107 UFC/g) foi fornecido diariamente na ração na concentração de 1%. Foram realizadas colheitas de sangue (-14...

Efeito da adição de ácidos orgânicos e prebiótico na dieta sobre a excreção de Salmonella typhimurium em suínos em fase de crescimento e terminação infectados experimentalmente

Calveyra, Juliana Cafruni
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.84%
A presença de Salmonella sp. em suínos ao abate evidencia a necessidade da implantação de programas de controle nas granjas produtoras, tanto pela correção de fatores de risco como pela adoção de medidas auxiliares que contribuam para diminuir o número de animais portadores e excretores da bactéria. O objetivo desse estudo foi testar o efeito da adição de ácidos orgânicos e prebiótico à dieta de suínos infectados experimentalmente por Salmonella Typhimurium. Foram utilizados 46 leitões com 43 dias de idade, distribuídos em blocos casualizados e em quatro tratamentos: T1 – Dieta Basal; T2 - Dieta Basal + Ácido Orgânico Encapsulado; T3 - Dieta Basal + Ácido Orgânico não Encapsulado; T4 - Dieta Basal + Prebiótico (mananoligossacarídeo). As dietas foram administradas aos animais por oito semanas, sendo que após duas semanas todos os animais foram inoculados pela via oral com Salmonella Typhimurium (dia 0PI). Foram realizadas colheitas de sangue (-14, 0, 7, 14, 21, 28 e 35 PI) para pesquisa de IgG anti-Salmonella, e de fezes (-14, -7, 0, 3, 7, 14, 21 e 28) para pesquisa e quantificação de Salmonella, Enterococcus, Lactobacillus e coliformes totais. No dia 35PI os animais foram eutanaziados e fragmentos de órgãos foram submetidos à pesquisa de Salmonella. Foram coletados segmentos do intestino delgado...

Estudo de fatores de risco e avaliação de vacinação para Salmonella sp. em diferentes sistemas de produção de suínos brasileiros.

Schwarz, Patrícia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.85%
O controle da infecção por Salmonella sp. na cadeia de produção de suínos é necessário, tendo-se em vista as altas prevalências encontradas em rebanhos brasileiros de diversas regiões do país. Estas altas prevalências refletem um maior risco de contaminação, portanto um maior risco para o consumidor e para o mercado exportador. Estudos tem sido conduzidos para elucidar questões relevantes para o comportamento e o controle deste agente. Este trabalho pretende sugerir ferramentas de controle, bem com elucidar algumas questões relativas à epidemiologia de Salmonella sp. em rebanhos suínos tecnificados. Foi estudada a soroprevalência de Salmonella sp. em rebanhos brasileiros com diferentes níveis de acometimento de Síndrome Multissistêmica de Definhamento do Leitão Desmamado (SMDLD) e concluído que a frequência elevada de portadores de Salmonella sp. pode ser um problema adicional em granjas afetadas de forma mais severa pelo SMDLD. Além disso, foi avaliada a imunização como medida para o controle de Salmonella com uma vacina viva comercial (Enterisol SC 54®). O estudo foi conduzido em sistema de produção com isolamento prévio de S. enterica em suínos ao abate. Entre os 13 lotes do Grupo Vacinado e doControle amostrados ao abate...

Determinação de fontes de contaminação e vias de disseminação de Salmonella sp. em linhas de abate de suínos no sul do Brasil

Silva, Luís Eduardo da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.85%
Elevadas prevalências de Salmonella têm sido identificadas na cadeia de produção de suínos brasileira. Dessa forma, pode haver um maior risco de contaminação dos produtos e, portanto, maior risco ao consumidor. Diferentes estudos têm sido conduzidos abordando os efeitos dos estágios do abate sobre a contaminação por patógenos em carcaças. O presente estudo objetivou verificar a presença de Salmonella na superfície da carcaça avaliando-se a influência de diferentes etapas do processo de abate de suínos, do recebimento dos animais à lavagem final das carcaças, caracterizando os isolados por técnicas fenotípicas e genotípicas para detectar grupos clonais de Salmonella no processo de abate, em três frigoríficos (A, B, C) sob inspeção federal no sul do Brasil. Foi estudada a soroprevalência de cada lote abatido no turno de amostragem, não havendo correlação entre a sorologia dos lotes e a contaminação das carcaças após o chuveiro final (P= 0.42941). A análise dos dados permitiu verificar que houve mais chance de isolar Salmonella a partir do conteúdo intestinal dos animais no Frigorífico C (Odds Ratio, OR=6,5, P<0,001), demonstrando que nesse matadouro são abatidos lotes com maior prevalência de portadores. Considerando todas as etapas analisadas...

Avaliação de pontos de contaminação por Salmonella sp. e coliformes totais durante o preparo de dietas para suínos

Pellegrini, Débora da Cruz Payão
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.85%
A presença de Salmonella é uma das mais importantes barreiras sanitárias à exportação de alimentos. A ração contaminada representa potencial fonte de introdução de Salmonella nos rebanhos suínos, além do risco indireto de infecção ao consumidor. Um estudo transversal conduzido em quatro fábricas de ração teve como objetivos avaliar a frequência de isolamento de Salmonella e coliformes totais nestas unidades, verificar a presença desses agentes nas diversas etapas do processo de produção, correlacionar grupos clonais de Salmonella sp. obtidos pela análise de macrorestrição associada à eletroforese em campo pulsado (PFGE), além de avaliar a concordância entre o escore obtido na aplicação de roteiro de inspeção da Instrução Normativa (IN) 4 do Ministério da Agricultura e Abastecimento e os níveis de coliformes totais encontrados. De 1.269 amostras analisadas, sessenta e três (4,96%) apresentaram Salmonella sp. e 38,53% (n=489) apresentaram presença de enterobactérias. As freqüências de contaminação por Salmonella nas quatro fábricas avaliadas (A, B, C e D) foram, respectivamente, 3,5% (n=11/317), 1,7% (n=5/289), 7,1% (n=23/308) e 7% (n=25/355). Já para coliformes totais foram, respectivamente...

Control of Salmonella enterica serovar Enteritidis in laying hens by inactivated Salmonella Enteritidis vaccines

Freitas Neto, Oliveiro Caetano de; Mesquita, Aline Lopes; Paiva, Jaqueline Boldrin de; Zotesso, Fábio; Berchieri Júnior, Angelo
Fonte: Sociedade Brasileira de Microbiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Microbiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 390-396
ENG
Relevância na Pesquisa
36.85%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Salmonella Enteritidis é um dos agentes responsáveis por toxinfecção alimentar em humanos e tem sido associada a alimentos de origem avícola. Entre os métodos disponíveis para o seu controle está a vacinação de poedeiras e matrizes com vacinas inativadas (bacterinas). Os resultados a respeito da proteção das bacterinas contra Salmonella Enteritidis em aves são variados. Face à inexistência de dados referentes ao uso dessas vacinas no Brasil, realizou-se o presente trabalho. Foram utilizadas 400 pintinhas de uma linhagem de postura leve. Na 8º semana de idade, as aves foram divididas em quatro grupos (V1, V2, V3 e CG). Três diferentes bacterinas comerciais foram administradas às aves do V1, V2 e V3 em duas doses, na 8º e 16º semanas de vida; as do CG não receberam vacina. Treze aves por grupo foram infectadas com Salmonella Enteritidis nas 20º, 25º e 31º semanas. No 2º dia após cada desafio foram sacrificadas três aves por grupo, para contagem de Salmonella Enteritidis em fígado, baço, conteúdo cecal e pesquisa do microrganismo no ovário. Suabes de cloaca foram realizados dois dias pós-infecção (dpi) e duas vezes por semana. Todos os ovos foram examinados. Após a ausência de Salmonella Enteritidis em quatro suabes de cloaca consecutivos...

Caracterização de sorotipos em linhagens do gênero Salmonella isoladas de diferentes afecções em animais domésticos

Ribeiro, Márcio G.; Fernandes, Marta C.; Paes, Antonio C.; Siqueira, Amanda K.; Pinto, José Paes de Almeida Nogueira; Borges, Alexandre Secorun
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 155-160
POR
Relevância na Pesquisa
36.85%
Foram caracterizados os sorotipos, o perfil de sensibilidade microbiana e os achados clínico-epidemiológicos em 53 linhagens do gênero Salmonella isoladas de 41 cães, nove equinos e três bovinos, acometidos por diferentes manifestações clínicas entre 1997 e 2007. Salmonella Typhimurium (45,3%), Salmonella enterica (22,6%), Salmonella Enteritidis (7,5%), Salmonella enterica subsp enterica 4,5,12i (5,7%), Salmonella Newport (5,7%), Salmonella Dublin (3,8%), Salmonella Agona (3,8%), Salmonella Glostrup (3,8%), Salmonella Saintpaul (1,8%) foram os sorotipos encontrados. Ciprofloxacina (100,0%), norfloxacina (100,0%) e gentamicina (100,0%) foram os antimicrobianos mais efetivos, enquanto a maior resistência das linhagens foi observada para ceftiofur (28,5%) e florfenicol (7,0%). As linhagens foram isoladas de animais com enterite, infecção do trato urinário, septicemia, piometra, pneumonia e conjuntivite. Ressalta-se para o predomínio do sorovar Typhimurium nas diferentes manifestações da salmonelose nos animais. Destaca-se, também, a identificação de sorotipos nos animais que também são observados em casos de salmonelose em humanos; The serotype characterization, antimicrobial susceptibility profile, and clinical-epidemiological findings were evaluated in 53 Salmonella spp. strains isolated from 41 dogs...

Sinergismo entre substâncias antimicrobianas e Lactobacillus acidophilus na inibição de Salmonella enteritidis e Salmonella gallinarum

Delfino, Tammy Priscilla Chioda
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: x, 81 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.85%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Microbiologia Agropecuária - FCAV; A avicultura comercial tem como objetivo obter alta produtividade a baixo custo e oferecer ao consumidor produto de qualidade. Uma bactéria patogênica que tem preocupado o setor avícola nos últimos tempos é a Salmonella. Neste sentido, o presente trabalho objetivou caracterizar seis isolados de Lactobacillus acidophilus em combinação com antimicrobianos na inibição de Salmonella Enteritidis e Salmonella Gallinarum. O experimento foi desenvolvido nas dependências da FCAV/UNESP – Campus de Jaboticabal. Para tanto foram conduzidos quatro estudos, sendo que dois foram dedicados em selecionar uma bactéria probiótica produtora de bacteriocina e avaliar a interação de substâncias antimicrobianas como EDTA, àcido acético e Nisina “in vitro” sobre a capacidade inibitória de Salmonella Enteritidis e Salmonella Gallinarum em diferentes tempos e o terceiro e quarto experimento estudam o potencial de aplicação do probiótico e do antimicrobiano em aves. O isolado de Lactobacillus acidophilus C1, demonstrou ser produtor de bacteriocina e inibir a multiplicação de Salmonella Enteritidis e Salmonella Gallinarum. Dentre os antimicrobianos testados o que apresentou efeito na eliminação de Salmonella Enteritidis foi a combinação de Ácido Acético + nisina e Ácido Acético + Lactobacillus acidophilus C1. O uso do probiótico no estudo em aves reduziu a excreção de Salmonella sp...

Infecção experimental em frangos de corte com sorotipos de Salmonella spp. isolados de instalações avícolas e da avifauna selvagem

Sousa, Eliane de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: ix, 78 f. : il.
POR
Relevância na Pesquisa
36.88%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Medicina Veterinária - FCAV; Para a manutenção da avicultura brasileira e conservação dos seus altos índices de produção e exportação de produtos avícolas, são exigidas medidas de prevenção e controle de alguns agentes etiológicos nas granjas, como por exemplo, a Salmonella spp. O objetivo deste trabalho foi isolar e classificar Salmonella spp., em materiais colhidos de instalações avícolas, sunícolas e avifauna selvagem local, inocular posteriormente os sorotipos isolados em pintos de frangos de corte verificando sua patogenicidade.. Foram capturadas 36 aves selvagens de diferentes espécies nas instalações avícolas de uma granja integrada de frango de corte. Foi isolado Salmonella Heidelberg dos órgãos e conteúdo intestinal de um pica-pau-do-campo (Colaptes campestris),. As amostras positivas provenientes das aves de produção foram: cama aviária (Salmonella enterica subsp. enterica sorotipo 4,5,12:R:-; Salmonella Heidelberg; Salmonella Infantis), fezes de frangos de corte (Salmonella Heidelberg; Salmonella enterica subsp. enterica sorotipo 6,7:R:-; Salmonella enterica subsp. enterica sorotipo 4,5,12:R:-; Salmonella Tennessee); água (Salmonella Glostrup; Salmonella enterica subsp. enterica sorotipo 6...

Sobrevivencia de Salmonella enteritidis em ovos artificialmente contaminados e submetidos a diferentes tipos de cocção e em alimentos preparados a base de ovos e consumidos sem tratamento termico

Magaly Ananias Afonso
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/04/1994 PT
Relevância na Pesquisa
36.86%
Determinou-se a sobrevivência de Salmonella enteritidis em ovos artificialmente, contaminados e submetidos à cocção em chama de gás e forno de microondas (FMO), e, em alimentos preparados com ovos contaminados c submetidos a diferentes temperaturas de armazenagem. Foi utilizado Salmonella enteritidis patogênico, fagotipo 28 isolado de aves e ovos brancos de galinhas comerciais. Os alimentos contaminados com aproximadamente 106 a 108 UFC e examinados foram: ovos cozidos em água em ebulição por até oito minutos, ou em forno microondas por 1 minuto, ovos mexidos; ovos tipo pochê; maionese, glacê de clara, gemada e sorvete de creme. A recuperação da Salmonella enteritidis contaminante foi feita quantitativamente através do plaqueamento em duplicata de alíquotas de diluições decimais da amostra sobre Agar a, qualitativamente, com enriquecimento da mesma para verificar presença ou ausência de células viáveis na amostra original. A cocção de ovos em FMO foi mais eficiente na eliminação de Salmonella enteritidis que a em água, num mesmo período de tempo. A cocção de ovos em água em ebulição, até 8 minutos, reduziu drasticamente, mas não foi capaz de eliminar totalmente a contaminação por Salmonella enteritidis. A cocção de ovos em por 1:00 minuto reduziu drasticamente...

Fonte de infecção e do perfil de resistência a antimicrobianos de Salmonella sp. isoladas de granjas de frango de corte; Source of infection and antimicrobial resistance profiles of Salmonella sp. isolated from broiler farms

MORAES, Dunya Mara Cardoso
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência Animal; Ciências Agrárias - Veterinaria Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Ciência Animal; Ciências Agrárias - Veterinaria
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.86%
The objective of this research to investigate the presence of Salmonella sp. in raw materials of animal origin used in the manufacture of feed for broilers, in diets collected directly from bird feeders, and in organs ceca contents and liners carry case for newly hatched chicks, in environmental samples, in samples from swabs of the hands of officials of the farm and slaughterhouse samples and classify and determine the resistance of strains of Salmonella sp. found, before the action of chemotherapeutic nine. For data analysis was descriptive frequency results. 1200 samples were collected from flour and Salmonella sp. was found in 10.5% of samples with a predominance of serovar Enteritidis. The frequency of bacteria in meat meal was 12%, 6.8% in blood, the feathers of 4.3% and 14.6% in the viscera. Were also isolated Salmonella Cerro, Salmonella Montevideo, Salmonella anatum, Salmonella Tennessee, and Salmonella typhimurium among others. Regarding the resistance of strains found in the various categories of flour was observed resistance to sulfonamides, neomycin, tetracycline, sulphamethoxazole-to trimetopim and florfenicol. Of the three strains of bacteria isolated from two diets were of a Salmonella enteritidis and S. Anatum, showing resistance to sulfonamides and neomycin. Of the 32 batches of newly hatched chicks 9.4% were positive for Salmonella and 32 batches of liners carrying case 9.4%. Environmental samples...

Prevalencia y caracterización molecular de Salmonella spp, en granjas avícolas de postura comercial en el departamento del Tolima

Rodríguez Hernández, Roy
Fonte: Ibagué : Universidad del Tolima, 2015; Facultad de Medicina Veterinaria y Zootecnia, Programa Maestría en Ciencias Pecuarias Publicador: Ibagué : Universidad del Tolima, 2015; Facultad de Medicina Veterinaria y Zootecnia, Programa Maestría en Ciencias Pecuarias
Tipo: Trabajo de grado - Maestría; Text; info:eu-repo/semantics/masterThesis; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
SPA
Relevância na Pesquisa
36.86%
99 Páginas; Recurso Electrónico; La Salmonelosis es una de las enfermedades trasmitida por alimentos que afecta con mayor frecuencia a humanos y causa grandes pérdidas económicas en la industria avícola. Con el objeto de estimar la prevalencia y caracterizar los aislamientos de Salmonella spp., se llevó a cabo un estudio epidemiológico de corte transversal en granjas de gallinas ponedoras comerciales localizadas en el departamento del Tolima, Colombia. Para este estudio se muestrearon 15 granjas, en las cuales se tomaron 589 muestras para cultivo microbiológico de Salmonella spp, caracterización bioquímica, serotipificación y electroforesis en campo pulsado (PFGE). Se analizaron diferentes variables a nivel de granja para determinar los potenciales factores de riesgo. La prevalencia de Salmonella spp., fue de 33.33% (95%, CI=14 - 53%) en granja, y se aislaron 14 cepas de las 589 muestras analizadas, provenientes de cascara de huevo, alimento y zapatones. El análisis de serotipificación permitió identificar los serotipos S. Enteritidis (n=6) y S. Shannon (n=8). Las variables, producción propia de alimento balanceado (OR=24), el almacenamiento del huevo en el galpón (OR=11.25), la presentación del alimento (OR=7.64) y la estructura del galpón en guadua (OR=5.24)...

Mutantes de Salmonella enterica en el gen de ADN adenina metil transferasa (dam). ¿Cepas ideales para la construccion de vacunas?; Salmonella enterica DNA adenine methyltransferase mutant: ideal strains for vaccine development?

Sarnacki, Sebastián Hernán
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; tesis doctoral; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2010 SPA
Relevância na Pesquisa
36.85%
La enzima ADN adenina metiltransferasa (Dam) es un regulador global de la expresión de genes en bacterias. En estudios previos, las mutantes dam de Salmonella Typhimurium han sido postuladas como excelentes cepas vacunales por su atenuación y su capacidad protectiva. Por extensión, la mutación en el gen dam se ha propuesto como método de atenuación para una gran variedad de especies bacterianas. Dado nuestro interés en el estudio y prevención de las infecciones por Salmonella Enteritidis (serovariedad que con mayor frecuencia causa enterocolitis en humanos) generamos mutantes dam de dicha serovariedad, mediante mutagénesis por transposición y por mutagénesis dirigida por reemplazo. Curiosamente, los estudios en ratones Balb/c mostraron que las mutantes dam de S. Enteritidis, son sólo moderadas en su atenuación, ya que un 30 % de los animales inoculados por la vía intragástrica con la mutante muere dentro de las 3 semanas. Por otro lado, la protección de los animales inmunizados, contra el desafío con la cepa virulenta de Salmonella Enteritidis #5694, no alcanzó niveles aceptables. Dado el papel crítico que los macrófagos desempeñan en la inmunidad innata contra Salmonella, analizamos la interacción entre la mutante SEΔdam y la línea celular de macrófagos RAW 264.7. Mediante ensayos de Western blot pudo determinarse que la expresión de moléculas proinflamatorias en los macrófagos infectados con SEΔdam está atenuada. Como en parte...

Characterization of the type VI protein secretion system encoded in the Salmonella pathogenicity island 19 and its role in the pathogenicity of serotypes Gallinarum and Enteritidis

Blondel Buijuy, Carlos José
Fonte: Universidad de Chile; CyberDocs Publicador: Universidad de Chile; CyberDocs
Tipo: Tesis
EN
Relevância na Pesquisa
36.88%
Thesis Submitted in Partial Fulfillment for the Requirements to achieve the Degree of PhD in Biochemistry; El genero Salmonella comprende a mas 2,500 serotipos conocidos distribuidos en dos especies: enterica y bongori. Estos serotipos difieren mucho en términos de patogenicidad y especificidad hospedero. Dos serotipos de Salmonella entérica son de especial relevancia: los serotipos Gallinarum y Enteritidis. S. Gallinarum presenta un rango hospedero restringido a aves y causa una severa enfermedad sistémica conocida como tifoidea aviar, la que causa grandes perdidas económicas en la producción aviar en distintas partes del mundo. S. Enteritidis, en cambio, infecta a un amplio rango de hospederos incluyendo humanos, ratones y aves. A diferencia de S. Gallinarum, S. Enteritidis genera una infección subclinica en los pollos, y las aves infectadas pueden convertirse en portadores crónicos, poniendo huevos contaminados por Salmonella. El consumo humano de productos aviares o huevos resulta en un cuadro de gastroenteritis aguda autolimitante, la cual es responsable por ~61% del 1.5 millones de casos de salmonelosis reportados entre los años 1995 y 2008 (WHO Global Foodborne Infections Network Country Databank). Existen pocos trabajos realizados sobre los mecanismos moleculares detrás de la adaptación al hospedero aviar y sobre las implicancias clínicas de las infecciones causadas por los serotipos Enteritidis y Gallinarum...