Página 1 dos resultados de 82 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

Os determinantes da escolha da ocupação docente: uma análise do diferencial de salário do mercado de professores do ensino fundamental; The determinants of teachers occupation choice: an analysis of market wages differential for elementary school teachers

Dessotti, Marina Véssio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.72%
O objetivo desta dissertação é analisar a diferença salarial existente entre indivíduos que trabalham como professores do ensino fundamental e indivíduos que trabalham em outras ocupações. Busca-se compreender se tal diferença está na própria profissão docente ou na formação desses profissionais. Pretende-se identificar se é mais vantajoso trabalhar na ocupação docente ou em outras ocupações, dependendo da formação do indivíduo. Para tanto, calculam-se diferenciais de salário controlados e não-controlados. Os principais resultados para os diferenciais não-controlados revelaram que trabalhar como docente do ensino fundamental é mais vantajoso para indivíduos que ainda não possuem ensino superior. Para aqueles que são docentes e possuem curso superior ou estão em curso (graduação ou pós-graduação), independentemente dos controles, a ocupação docente não é vantajosa. Já no caso dos diferenciais controlados, ser professor do ensino fundamental quase sempre é vantajoso quando se considera o salário por hora.; The objective of this dissertation is to identify the wage differential between primary school teachers and individuals working in other occupations. We try to comprehend if the differential is on the teacher profession itself or on the career chosen by these individuals. In other words...

Remuneração e características do trabalho docente no Brasil: um aporte

Alves,Thiago; Pinto,José Marcelino de Rezende
Fonte: Fundação Carlos Chagas Publicador: Fundação Carlos Chagas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 PT
Relevância na Pesquisa
36.15%
O objetivo do artigo é descrever algumas características do trabalho docente e comparar a remuneração dos professores à de outros profissionais com o mesmo nível de formação. Para isso, foram analisados os microdados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios e do Censo Escolar de 2009. Os dados foram examinados por meio de técnicas descritivas e inferenciais. Os resultados evidenciaram, entre outros aspectos, desafios relativos à formação, uma vez que um terço dos professores do ensino fundamental e 50% da educação infantil não são formados em nível superior; às condições de trabalho, pois expressivo número de docentes trabalha em mais de uma escola e leciona para grande número de alunos por turma; e à remuneração, já que o nível socioeconômico dos professores e o rendimento de seu trabalho é menor que o de outros profissionais com nível de formação equivalente ou mesmo inferior.

Reconhecimento social e as políticas de carreira docente na educação básica

Gatti,Bernardete A.
Fonte: Fundação Carlos Chagas Publicador: Fundação Carlos Chagas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.15%
Partindo do conceito de "reconhecimento social" e da questão da formação de "senso de injustiça", analisam-se políticas recentes relativas à carreira docente, por meio de documentos e ações emergentes em nível federal, estadual e municipal. A discussão de fundo é a valorização dos professores na realidade social e educacional do Brasil. Discutem-se planos de carreira e sua relação com a vida profissional dos docentes em estados e municípios e com a qualidade da educação. Conclui-se, por essas análises, que a questão do reconhecimento social desse profissional ainda sofre com os problemas evidenciados, o que explica o crescente senso de injustiça que percorre a categoria. Verifica-se, no entanto, que há um movimento nas diferentes esferas da gestão pública da educação no sentido de se preocupar com os planos de carreira do magistério, embora esse movimento ainda não tenha abrangência total e não tenha mostrado ainda impactos efetivos.

O trabalho docente na educação infantil pública em Belo Horizonte

Pinto,Mércia de Figueiredo Noronha; Duarte,Adriana Maria Cancella; Vieira,Lívia Maria Fraga
Fonte: Editora Autores Associados Publicador: Editora Autores Associados
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
Este artigo resulta de uma pesquisa empírica sobre o trabalho docente na rede pública de educação infantil do município de Belo Horizonte. O marco dessa investigação é a implantação do Programa Primeira Escola, com a promulgação da lei n. 8.679/2003, que criou as Unidades Municipais de Educação Infantil (UMEIs). A partir dessa lei, Belo Horizonte deu início ao atendimento público às crianças com idade até 3 anos, ampliou as vagas para crianças na faixa etária de 4 a 5 anos, e criou o cargo de educador infantil, por meio de concurso público, para o exercício da função docente nessa etapa da educação básica. Os resultados mostram, entre outros aspectos, que a expansão da educação infantil pública no município de Belo Horizonte foi viabilizada mediante a criação de um cargo específico e com um salário inferior ao dos professores que atuam nas outras etapas da educação básica.

Exercício docente na escola: relações sociais, hierarquias e espaço escolar

Penna,Marieta Gouvêa de Oliveira
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 PT
Relevância na Pesquisa
36.15%
Este artigo apresenta análises formuladas sobre as condições objetivas de trabalho dos professores, relacionadas ao espaço escolar, às dificuldades por eles enfrentadas no trato com os alunos, à existência ou não de autonomia na condução das tarefas em seu cotidiano e ao estabelecimento de hierarquias nas relações estabelecidas na escola. Trata-se de parcela de resultados obtidos quando da realização de pesquisa para elaboração de tese de doutorado. Os dados foram coletados em 2005, por meio de entrevistas semi-estruturadas com dez professoras do ciclo I do Ensino Fundamental em duas escolas públicas estaduais paulistas, além de direção, coordenação, pais e alunos. A análise das condições de trabalho dos professores evidenciou que socialmente essa função não possui prestígio. No entanto, mesmo sendo função desvalorizada socialmente e em face às difíceis condições objetivas a que estão submetidos como, por exemplo, a falta de autonomia para a condução de seu trabalho, para os professores exercer docência significa valor, não só em razão de ganhos econômicos advindos com o salário recebido, mas especialmente em decorrência do capital simbólico que capitalizam nas relações de distinção estabelecidas na escola. Além disso...

Análise psicodinâmica do trabalho docente na rede pública estadual; Psychodynamic analysis of teaching work in public schools

Souza, Vanessa Alexandre de
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS); Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Sociologia (FCS); Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
36.32%
This research aims to conduct a study on the health of the teaching work. We seek to understand the relationships that can be established between the organization of work and psychological distress. To reveal certain sufferings which actually have been neglected so far in studies on work, we try to analyze what, in their confrontation with the worker task, endangers their mental life and, above all, the experience of workers in relation to in relation to health and disease. It is studying the cases of teaching workers who were taken to the absenteeism (license or abandonment of the work). The contributions of the Christophe Dejours about the analysis of the pleasure, suffering and work, the psychological and social processes that affect on individuals and organizations are guiding this study. From the research and ideas of Christophe Dejours constitutes a branch of research, the psychodynamics of work. Teaching work became major concentration points of pressure on the worker. Besides his teaching duties, teachers should worry about your career, your security and your salary. Are overworked professionals who have little time to invest in their training and professional achievement. The absenteeism rates are increasing and that the imbalance caused by the organization of work has on the health of workers. We conducted semi-structured interviews with teachers of basic education. Our fieldwork was conducted in two public schools in Goiania. Collect narratives about the practice of teaching activity. The analysis of the narrative was drawn from the concepts of psychodynamic work; Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás - FAPEG; Esta pesquisa tem como objetivo realizar um estudo sobre a saúde do trabalhador docente. Procuramos entender as relações que podem se estabelecer entre a organização do trabalho e o sofrimento psíquico. Para revelar certos sofrimentos que...

Informe Indicativo de Salario Docente; Período enero - marzo 2012

Fonte: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación Publicador: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación
ES
Relevância na Pesquisa
46.37%

Informe Indicativo de Salario Docente Oct-Dic 2013

Fonte: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación Publicador: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación
Tipo: Trabalho em Andamento
ES
Relevância na Pesquisa
46.37%

Informe Indicativo de Salario Docente Julio-Setiembre 2014

Fonte: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación Publicador: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación
ES
Relevância na Pesquisa
46.37%

Informe Indicativo de Salario Docente Octubre - Diciembre 2014

Fonte: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación Publicador: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación
ES
Relevância na Pesquisa
46.37%

Informe Indicativo de Salario Docente Octubre - Diciembre 2014

Fonte: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación Publicador: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación
ES
Relevância na Pesquisa
46.37%

Informe Indicativo de Salario Docente Enero-Marzo 2015

Fonte: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación Publicador: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación
Tipo: Relatório
ES
Relevância na Pesquisa
46.37%

Informe Indicativo de Salario Docente Enero-Marzo 2015

Fonte: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación Publicador: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación
ES
Relevância na Pesquisa
46.37%

Informe Indicativo de Salario Docente Abril - Junio 2015

Fonte: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación Publicador: Buenos Aires : Ministerio de Educación de la Nación
ES
Relevância na Pesquisa
46.37%

Exercício docente na escola: relações sociais, hierarquias e espaço escolar; The exercise of teaching in the school: social relations, hierarchies, and school space

PENNA, Marieta Gouvêa de Oliveira
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
36.15%
Este artigo apresenta análises formuladas sobre as condições objetivas de trabalho dos professores, relacionadas ao espaço escolar, às dificuldades por eles enfrentadas no trato com os alunos, à existência ou não de autonomia na condução das tarefas em seu cotidiano e ao estabelecimento de hierarquias nas relações estabelecidas na escola. Trata-se de parcela de resultados obtidos quando da realização de pesquisa para elaboração de tese de doutorado. Os dados foram coletados em 2005, por meio de entrevistas semi-estruturadas com dez professoras do ciclo I do Ensino Fundamental em duas escolas públicas estaduais paulistas, além de direção, coordenação, pais e alunos. A análise das condições de trabalho dos professores evidenciou que socialmente essa função não possui prestígio. No entanto, mesmo sendo função desvalorizada socialmente e em face às difíceis condições objetivas a que estão submetidos como, por exemplo, a falta de autonomia para a condução de seu trabalho, para os professores exercer docência significa valor, não só em razão de ganhos econômicos advindos com o salário recebido, mas especialmente em decorrência do capital simbólico que capitalizam nas relações de distinção estabelecidas na escola. Além disso...

Porque desisti de ser professora : um estudo sobre a evasão docente

Fonseca, Mônica Padilha
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
POR
Relevância na Pesquisa
36.48%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2013.; Este estudo tem o objetivo de compreender os motivos que levaram Pedagogos formados na Universidade de Brasília (UnB) a desistirem da carreira de professor na Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF). Para isso, foi preciso estudar e entender o ambiente de formação dos participantes da pesquisa e da instituição de atuação profissional que os levou ao abandono. Os dois primeiros capítulos do trabalho apresentam a história de criação da UnB e da Escola Pública do DF. Para investigar o problema: Por que professores desistem da docência na Secretaria de Educação do DF? foi realizada uma pesquisa de campo com sete pedagogos que evadiram da SEDF após experiência em sala de aula. A entrevista realizada trazia os seguintes assuntos: formação, recepção na SEDF, salário, condições físicas da escola, condições emocionais, trabalho em equipe, relação com os estudantes, organização da turma, estrutura e organização escolar e carga de trabalho. A partir da análise dos dados, identificou-se que a desistência está relacionada, principalmente, às condições de trabalho e às condições emocionais...

Exercício docente na escola: relações sociais, hierarquias e espaço escolar; The exercise of teaching in the school: social relations, hierarchies, and school space

Penna, Marieta Gouvêa de Oliveira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2008 POR
Relevância na Pesquisa
36.15%
Este artigo apresenta análises formuladas sobre as condições objetivas de trabalho dos professores, relacionadas ao espaço escolar, às dificuldades por eles enfrentadas no trato com os alunos, à existência ou não de autonomia na condução das tarefas em seu cotidiano e ao estabelecimento de hierarquias nas relações estabelecidas na escola. Trata-se de parcela de resultados obtidos quando da realização de pesquisa para elaboração de tese de doutorado. Os dados foram coletados em 2005, por meio de entrevistas semi-estruturadas com dez professoras do ciclo I do Ensino Fundamental em duas escolas públicas estaduais paulistas, além de direção, coordenação, pais e alunos. A análise das condições de trabalho dos professores evidenciou que socialmente essa função não possui prestígio. No entanto, mesmo sendo função desvalorizada socialmente e em face às difíceis condições objetivas a que estão submetidos como, por exemplo, a falta de autonomia para a condução de seu trabalho, para os professores exercer docência significa valor, não só em razão de ganhos econômicos advindos com o salário recebido, mas especialmente em decorrência do capital simbólico que capitalizam nas relações de distinção estabelecidas na escola. Além disso...

A Escola e as Condições do Trabalho Docente: um retrato de Maringá

dos Santos, Rafael Adilio Silveira; Graduando em Ciências Sociais, Universidade Estadual de Maringá.
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 14/01/2014 POR
Relevância na Pesquisa
36.35%
Este artigo propõe reflexões que surgiram a partir do acompanhamento das aulas da disciplina de sociologia em colégios de Maringá. No texto, procuramos investigar as condições do trabalho docente (salas, turmas, material didático) e o vínculo empregatício do professor de ensino médio (salário e contrato temporário), tentando entender como esses elementos influenciam a vida docente e sua prática em sala de aula. Para isso, buscamos relacionar um estudo de caso com questões nacionais que dizem respeito ao trabalho docente e a situação da educação nacional. Como estratégia de análise, foram realizadas observações na escola, entrevistas com um professor de sociologia, bem como uma revisão bibliográfica sobre o trabalho docente e o contrato temporário no Brasil.

POLÍTICAS PÚBLICAS DE EDUCAÇÃO E PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO EM SÃO PAULO: O ABANDONO DA PROFISSÃO DOCENTE NA REDE PÚBLICA ESTADUAL / Public policies of education and precarious work in São Paulo, Brazil: abandonment of the teaching profession state public

Márcia Regina Saltini; Prefeitura de São Paulo; Aline Gomes Vidal; Prefeitura de São Paulo; Afonso Soares Oliveira Sobrinho; FADISP
Fonte: Trabalho & Educação Publicador: Trabalho & Educação
Formato: application/force-download
Publicado em 29/07/2014 PT
Relevância na Pesquisa
36.29%
A crise educacional na rede pública estadual tem relação com a prática docente pela ausência de políticas públicas governamentais que estimulem a permanência no quadro do magistério. Muitos professores acabam por adoecer e abandonar a profissão no início da carreira, seja pelos desafios cotidianos, seja pela falta de perspectiva nas condições de trabalho e salário. O abandono definitivo da carreira docente é uma medida mais eficiente do que a acomodação, por exemplo, pois implica o desprendimento total da prática de dar aulas ao invés do seu prejuízo. Assim, a evasão de professores da rede pública de ensino, além de não ser exatamente uma solução para os próprios docentes, já constitui um problema social que afeta diretamente o alunado e a qualidade do ensino público no país. Com essa grande dimensão, trata-se então de uma questão sobre a qual ainda há muito a ser discutido, em especial pelas reformas neoliberais nas políticas de governos locais, como no caso de São Paulo a partir da transferência de responsabilidade da gestão educacional do Estado para a escola.

Na travessia da profissão docente – aproximações e limites do ofício docente em Minas Gerais (1960 – 1970)

Passos, Mauro
Fonte: CMU / UNICAMP - Área de Publicações Publicador: CMU / UNICAMP - Área de Publicações
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2013 POR
Relevância na Pesquisa
36.32%
A profissão docente comporta diversos tipos de relações e sentidos. Povoada de muitas relações, chama a atenção dos historiadores pelos seus diversos aspectos – social, político, cultural e religioso. Profissão e vocação ressoam diferentemente, embora se entrecruzem. O magistério é um fenômeno social, historicamente situado num quadro de relações mais amplas. Os diversos temas sobre o magistério demarcam projetos políticos em disputa. Traçam um desenho para as ações e se relacionam com outros discursos e outros atores, particularmente, o Estado. Este artigo destaca questões sobre a história da profissão docente em Minas Gerais, onde, na década de 1960, o atraso no pagamento das professoras públicas gerou uma movimentação da categoria. Aqui é considerada a experiência de uma professora, cujo depoimento aponta uma dessas visões diferentes da docência.