Página 1 dos resultados de 4739 itens digitais encontrados em 0.042 segundos

Auditoria médica: avaliação de alguns procedimentos inseridos no programa de atenção integral à saúde da mulher no posto de saúde da Vila Municipal, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

Costa,Juvenal Soares Dias da; Roman,Vania Rosa; Luz,Rafael Moura da; Manzolli,Patricia Portantiolo; Correa,Pedro; Recuero,Luis Fernando
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1998 PT
Relevância na Pesquisa
116.01%
Este estudo, mediante auditoria médica, avalia a qualidade da atenção médica no Posto de Saúde da Vila Municipal, Pelotas, Rio Grande do Sul. Por meio do levantamento de dados registrados nos prontuários de família em 1992, 1993 e 1994, foram coletadas informações referentes às atividades do Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PAISM), como, por exemplo, a idade da paciente, número de consultas médicas e não médicas, aferição de pressão arterial, se as mamas haviam sido examinadas, cobertura do exame citopatológico e uso de método contraceptivo. Verificou-se que, em média, as mulheres consultam-se neste serviço 3,5 a quatro vezes por ano. Destas, 53% encontram-se na faixa etária entre vinte e 39 anos de idade. Quanto à cobertura de exame citopatológico, encontrou-se registro de 42,5% procedimentos realizados nos últimos três anos. Entre as mulheres que tiveram suas mamas examinadas, 19,4% foram registradas. A aferição da tensão arterial foi o procedimento estudado que atingiu a cobertura mais elevada nesta auditoria. Acredita-se que o cuidado ao paciente também depende da qualidade do registro; portanto, a baixa qualidade dos registros médicos encontrados servirá para fomentar discussões com a equipe...

Integração entre vigilância sanitária e assistência à saúde da mulher: um estudo sobre a integralidade no SUS

Maia,Christiane; Guilhem,Dirce; Lucchese,Geraldo
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
106.12%
A integralidade é um princípio do SUS, com várias perspectivas, entre as quais a da articulação de seus serviços. O debate sobre esse princípio está presente na assistência à saúde, com destaque para a área de Saúde da Mulher, e nas diretrizes da Vigilância Sanitária. Como as duas áreas buscam a qualidade dos serviços de saúde, o objetivo é analisar a integração entre Vigilância Sanitária e assistência à saúde da mulher. Trata-se de estudo de caso, qualitativo, com entrevistas de profissionais de Vigilância Sanitária de serviços de saúde e coordenadores de Saúde da Mulher (CSM). Os achados apontam para isolamento da Vigilância Sanitária nas secretarias de saúde. A importância da integração é citada por CSM, porém não é fácil de ser aplicada. As relações, se ocorrem, são por situações emergenciais. Os trabalhadores de Vigilância Sanitária acham que não há articulação por não haver problemas na Saúde da Mulher que demandem sua participação e que, com inspeções e palestras, estão colaborando com a área. Mostram-se dificuldades à concretização da integralidade, com o desafio de articular ações em saúde, sobretudo para a Vigilância Sanitária.

Saúde da Mulher no Ciclo Vital

Núcleo de Tecnologias e Educação a Distância em Saúde - UFC; Núcleo de Educação em Saúde Coletiva da Medicina - UFMG
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.12%
Promove uma reflexão sobre a atenção à saúde da mulher, na perspectiva da Estratégia Saúde da Família, na busca pela melhoria das condições de vida e saúde das mulheres brasileiras, mediante a garantia de direitos legalmente constituídos e ampliação do acesso aos meios e serviços de promoção, prevenção, assistência e recuperação da saúde em todo território brasileiro. Essa reflexão busca orientar os profissionais de saúde a construir e a auxiliar a mulher no processo de educação permanente, fornecendo elementos para a construção de uma linha de cuidados à sua saúde, em um contexto em que o excesso de demandas, a falta de estrutura e a descontinuidade no fornecimento de insumos constituem uma realidade a ser enfrentada e superada por ela, contribuindo para a redução da morbidade e mortalidade feminina no Brasil, especialmente por causas evitáveis, em todo ciclo vital e nos diversos grupos populacionais, sem discriminação de qualquer espécie. Assim, conjectura sobre a construção de um protocolo que garanta os direitos sexuais e reprodutivos desta, tratando-a como um ser social e corroborando com a ampliação, qualificação e humanização da atenção integral à saúde da mulher no Sistema Único de Saúde.

Aspectos essenciais para a elaboração de um protocolo de atenção à saúde da mulher em climatério

Núcleo de Tecnologias e Educação a Distância em Saúde da Universidade Federal do Ceará - NUTEDS/UFC
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
115.98%
Recurso interativo em formato flash sobre aspectos essenciais para a elaboração de um protocolo de atenção à saúde da mulher em climatério.

Saúde da mulher: a saúde da mulher e o sistema único de saúde brasileiro

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.11%
Material da unidade 1, que compõe o módulo 11 "Saúde da mulher", do Curso de Especialização em Saúde da Família produzido pela UNA-SUS/UFMA, com apresentação visual trabalhada para atender aos alunos participantes do programa Mais Médicos. Apresenta ferramentas importantes que irão auxiliar, de forma direta ou indireta, no trabalho relacionado à saúde da mulher, como protocolos assistenciais e de gestão, e os processos históricos que resultaram nas políticas atuais, que são indispensáveis para saber lidar com os principais agravos em saúde da mulher, tornando assim o processo de trabalho mais eficaz.

Avaliação da satisfação das usuárias sobre a atenção à saúde da mulher no Rio Grande do Norte

Vieira, Francisco Gleriston
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Saúde da Família no Nordeste; Saúde da Família Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Saúde da Família no Nordeste; Saúde da Família
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
126.16%
This work discusses the evaluation of the satisfaction of the users on the women health care focusing on the quality of the primary care in the State of Rio Grande do Norte-BR. The main objective of this research is evaluate the satisfaction of the users about the actions applied to women health in the primary health care in Rio Grande do Norte, observing the information available through the Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB). The specific objectives are: the evaluation of aspects related to women health; the evaluation of the specific actions related to welcoming the pregnant and; the evaluation of the information related to the postpartum. This dissertation is characterized as an evaluative research made through a multicentric transversal study, using a quantitative approach, which is part of the External Evaluation of the PMAQ-AB in the State of Rio Grande do Norte, made by the Federal University of Rio Grande do Norte. Some secondary data of the interviews with the users who were in the Basic Health Units were used during the External Evaluation of the PMAQ-AB in Rio Grande do Norte. The sample was collected following these criteria: the users that were in the Basic Health Units to attend to any procedure; they must had used the services for at least one year; and they must had agreed to participate the research. The ones that were attending to the services for the first time and the ones that did not use the services for at least 12 months were excluded from the sample. To the data collection it was used a chart of variables/indicators with the following information to the analysis: Women Health Care...

Atividades grupais na atenção à saúde da mulher: revisão integrativa de 1980 a 2009; Group activities in the importance of the woman health: integrative review in the period of 1980 to 2009

CRISPIM, Zeile da Mota
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Enfermagem; Cuidado em Enfermagem
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
106.17%
The technology group constitutes in the assistance instruments of health, to give opportunity to the development in the autonomy of the subjects and value the human s relationship. Considering your wide use in the context of the attention in woman s health, this study had as its principal goal to synthesize the scientific production of the nursing nationals periodic about the use of the group activities in the importance of woman s health in the period of 1980 to 2009. For this study, it had been used an integrative review of the national literature publications in 15 nursing periodic, with minimum indexing in the LILACS. The gathering of data was fulfilled in July 2208 to January 2010. It was identified 183 articles, which after analyzed by a specific protocol, allowed 68 of these articles in this research. The analysis identified a biggest publication of these studies in the Nursing Brazilian Magazine (20.05%) and Texts & Contexts Nursing (16, 17%). As to the type of the articles, 61.76% were originals researches, desenvolved in the women presences, standing out the health promotion. The regional provenances of the authors are 45.59% Southeast region, 23.53% Northeast and South, 4.41% Midwest and 2.94% from North. Among the nursing authors that had a significant number of publications...

Necesidades de salud de la mujer mayor en el contexto de la atención primaria de salud : revisión integral; Necessidades de saúde da mulher idosa no contexto da atenção básica: revisão integrative; Health needs of the elderly woman in the context of primary health care: integrative review

Souza da Silva, Luana Christina; Passos Cunha, Lidiane; Mendes Carvalho, Simone; Romijn Tocantins, Florence
Fonte: Murcia: Servicio de Publicaciones de la Universidad de Murcia Publicador: Murcia: Servicio de Publicaciones de la Universidad de Murcia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
SPA; ENG; POR
Relevância na Pesquisa
106.11%
Objetivos: Identificar producciones científicas sobre necesidades de salud de la mujer mayor en el contexto de la atención primaria y analizar qué aspectos se tratan en cuanto a las necesidades de salud de la mujer de edad avanzada en el contexto de la atención primaria. Método: Revisión integral con la cuestión de la búsqueda: ¿Cuáles son los conceptos tratados en la literatura sobre el tema de las necesidades de salud de la mujer mayor en el contexto de la atención primaria? La búsqueda se produjo en bases de datos LILACS y MEDline, en marzo de 2015. Criterios de inclusión: artículo en su totalidad; portugués, inglés o español y realidad brasileña. Resultados: La muestra de cinco artículos apunta necesidades asistenciales de la mujer en el ciclo reproductivo apoyado en perspectiva PNAISM. Es de destacar que el proceso salud-enfermedad es un fenómeno socialmente condicionado y no sólo biológico. Conclusiones: La importancia de avanzar hacia nuevos enfoques para el cuidado de la salud, explicando los motivos de la práctica profesional centrada en la atención integral a la mujer.; RESUMO Objetivos: Identificar produções científicas sobre necessidades de saúde da mulher idosa no contexto da atenção básica e analisar que aspectos são abordados quanto as necessidades de saúde da mulher idosa no contexto da atenção básica. Método: Revisão integrativa com questão de busca teve-se: Quais são as concepções abordadas na literatura quanto à temática necessidade de saúde da mulher idosa no contexto da atenção básica? A busca ocorreu nas bases LILACS e MEDline...

Trajetória histórica das políticas de saúde da mulher em Angola; Historical trajectory of women\'s health policies in Angola

Rocha, Eurica da Natividade Sinclética Graça Neves da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/11/2013 PT
Relevância na Pesquisa
116.19%
Por mais de trinta anos, a República de Angola esteve envolvida em uma guerra civil que gerou um impacto negativo no desenvolvimento nacional, na saúde e nutrição da população, especialmente de crianças e mulheres. Especificamente com relação à saúde da mulher, devido à guerra civil e à agitação política nos últimos anos, a literatura dispõe de dados pouco precisos sobre a situação da saúde da mulher angolana; porém as fontes disponíveis demonstram que as taxas de mortalidade materna e de fecundidade são elevadas. Considerando o contexto sócio- político-econômico atual e a prática assistencial em saúde disponibilizada às mulheres angolanas, torna-se evidente a necessidade de se analisar historicamente as políticas públicas relacionadas a esta área de atuação, no sentido de fornecer subsídios para que profissionais de saúde compreendam a importância das diretrizes políticas que devem ser seguidas na assistência à mulher angolana. Objetivos: o objetivo geral deste estudo é descrever o panorama histórico das políticas públicas voltadas à saúde da mulher em Angola, considerando o contexto político e econômico desde 1975 até a atualidade. Os objetivos específicos são contextualizar historicamente o período de análise; identificar os documentos relacionados às políticas de saúde da mulher em Angola; analisar os documentos identificados utilizando os preceitos da análise documental. Método: Trata-se de pesquisa de perspectiva histórica...

Saúde da mulher na perspectiva dos profissionais e gestores de saúde de Corumbataí; Women\'s Health in the Perspective of Health Professionals and Managers from Corumbataí city

Gervasio, Mariana de Gea
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2015 PT
Relevância na Pesquisa
106.17%
A saúde da mulher é um campo em constante construção. Desde meados da década de 80, existem políticas públicas que adotam a perspectiva da saúde integral das mulheres. Entretanto, recorrentemente ainda encontramos desigualdades de gênero no atendimento às mulheres e concepções de saúde que circunscrevem a saúde da mulher à esfera reprodutiva. Este trabalho tem por objetivo estudar as práticas e as ações de saúde da mulher no município de Corumbataí e entender como essas práticas dialogam com a Política Nacional de Assistência Integral à Saúde da Mulher (PNAISM). A presente pesquisa se fundamenta no campo da Saúde Coletiva com foco na Saúde da Mulher e nos estudos das Relações de Gênero. Estabelece intersecções e recebe inspiração da obra de Michel Foucault e de autores que trabalham com pós-estruturalismo e construcionismo. A abordagem qualitativa foi aplicada nesse estudo, utilizando a técnica de entrevista semiestruturada como principal método de produção de informação. A análise das entrevistas foi organizada segundo a árvore de temas, conforme propõe Spink (2010). Os resultados foram organizados em dois eixos principais: O sistema e ações de saúde em Corumbataí; e Diálogo das ações de saúde com a PNAISM. As entrevistas nos deram pistas sobre o modo como se materializam as ações de saúde da mulher na cidade de Corumbataí. A saúde da mulher ainda é vista...

Saude da mulher em revistas semanais brasileiras : conteudo e qualidade cientifica; Women's health in weekly Brazilian news magazines : content and scientific quality

Mariella Silva de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/08/2008 PT
Relevância na Pesquisa
106.15%
Objetivos: avaliar o conteúdo e qualidade científica de textos informativos sobre saúde da mulher apresentados em revistas semanais brasileiras. Métodos: pesquisa de corte transversal, a partir da coletânea de textos sobre saúde da mulher, difundidos pelas três revistas semanais do segmento atualidades (Veja, Época e IstoÉ), pelo período de um ano, entre agosto de 2005 e julho de 2006. Inicialmente, foi identificado o tema em saúde da mulher presente no texto jornalístico, como saúde reprodutiva, prevenção, riscos e cuidados, beleza e estética, sexualidade, saúde mental, violência, menopausa e saúde geral. Em seguida, outras variáveis foram identificadas, como o gênero informativo do texto, que poderia ser nota, notícia, reportagem ou entrevista; a presença de ilustração; o tipo de fonte que deu informações ao repórter, seja ela científica, empresarial, governamental e a região geográfica de origem da informação. Para avaliar a qualidade científica dos textos, 80 unidades foram analisadas de forma independente por dois médicos e dois jornalistas, através de questionário Index Of Scientific Quality, adaptado para o português e submetido à prova piloto e reteste. Após a análise dos textos, foi verificada a consistência interna dos itens do questionário (medida pelo alfa de Cronbach) e a concordância inter e intra-observador (através do índice Kappa) para cada um dos oito itens do questionário...

Saúde da mulher

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Backup Moodle do Módulo 11 do Curso de Especialização em Saúde da Família divido em 3 unidades, contendo materiais em pdf e em liguagem html.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.06%
Backup Moodle do Módulo 11 do Curso de Especialização em Saúde da Família produzido pela UNA-SUS/UFMA destinado aos alunos participantes do programa Mais Médicos. Apresenta questões multiprofissionais e da prática assistencial de médicos atuantes na Atenção Básica no que tange peculiaridades relacionadas à saúde da mulher, tais como o planejamento reprodutivo, rastreio de câncer de colo de útero, mama e prevenção de DSTs, aborda ainda as atribuições dos profissionais da atenção primária à saúde na saúde da mulher.; Ministério da Saúde

Saúde da mulher: saúde sexual e reprodutiva

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Tipo: Texto Formato: Recurso textual no formato PDF contendo 73 páginas.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.09%
Material da unidade 2 que compõe o módulo 11 "Saúde da mulher" do Curso de Especialização em Saúde da Família produzido pela UNA-SUS/UFMA, com apresentação visual trabalhada para atender aos alunos participantes do programa Mais Médicos. Aborda a assistência médica frente à saúde sexual e reprodutiva da mulher, apresentando algumas peculiaridades que envolvem essa assistência, tais como ações específicas para cada etapa do seu ciclo natural, alterações relacionadas à gravidez, câncer de mama e colo de útero, planejamento reprodutivo e métodos contraceptivos.; Ministério da Saúde

Saúde da mulher: atenção humanizada em saúde da mulher

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Tipo: Texto Formato: Recurso textual no formato PDF contendo 52 páginas.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.05%
Material da unidade 3, que compõe o módulo 11 "Saúde da mulher", do Curso de Especialização em Saúde da Família produzido pela UNA-SUS/UFMA, com apresentação visual trabalhada para atender aos alunos participantes do programa Mais Médicos. Apresenta as particularidades da gestação e seu acompanhamento, tais como os fatores de risco tanto para a mãe quanto para o bebê, o diagnóstico e as consultas, o preparo para a amamentação e a melhoria de cuidados com a saúde do bebê.; Ministério da Saúde

Saúde da mulher: a saúde da mulher e o sistema único de saúde brasileiro

Universidade Aberta do SUS da Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS/UFMA
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Tipo: Texto Formato: Recurso textual no formato PDF contendo 40 páginas.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.13%
Material da unidade 1, que compõe o módulo 11 "Saúde da mulher", do Curso de Especialização em Saúde da Família produzido pela UNA-SUS/UFMA, com apresentação visual trabalhada para atender aos alunos participantes do programa Mais Médicos. Apresenta ferramentas importantes que irão auxiliar, de forma direta ou indireta, no trabalho relacionado à saúde da mulher, como protocolos assistenciais e de gestão, e os processos históricos que resultaram nas políticas atuais, que são indispensáveis para saber lidar com os principais agravos em saúde da mulher, tornando assim o processo de trabalho mais eficaz.; Ministério da Saúde

Saúde da mulher: o que todos precisam saber

Universidade Aberta do SUS - UNA-SUS/UFMA, Coordenação UNA-SUS da Universidade Federal do Maranhão; Garcia, Paula Trindade
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Recurso contendo texto em formato pdf com 33 páginas e versão em html
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.1%
Explora-se sobre a mulher no contexto histórico brasileiro, sua situação sociodemográfica, bem como algumas metas e objetivos definidos no Pacto pela Saúde, discorrendo sobre a atuação da Estratégia Saúde da Família para promoção da saúde desse público. O recurso é o Módulo 11: saúde da mulher, do Curso de Especialização em Saúde da Família - Provab, da Universidade Federal do Maranhão

Aspectos essenciais para a elaboração de um protocolo de atenção à saúde da mulher em climatério

Núcleo de Tecnologias e Educação a Distância em Saúde da Universidade Federal do Ceará - NUTEDS/UFC
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Questões sobre a elaboração de um protocolo em climatério.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
116.09%
Recurso interativo em formato flash sobre aspectos essenciais para a elaboração de um protocolo de atenção à saúde da mulher em climatério.; versão 2.0

Saúde da Mulher no Ciclo Vital

Núcleo de Tecnologias e Educação a Distância em Saúde - UFC; Núcleo de Educação em Saúde Coletiva da Medicina - UFMG
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Arquivo compactado em formato .zip contendo texto em versão .pdf e .html, material complementar, atividades pedagógicas (tema para discussão em fórum e questionários para auto-avaliação) e vídeo com apresentação de conteúdista e do módulo.
PT_BR
Relevância na Pesquisa
106.16%
Promove uma reflexão sobre a atenção à saúde da mulher, na perspectiva da Estratégia Saúde da Família, na busca pela melhoria das condições de vida e saúde das mulheres brasileiras, mediante a garantia de direitos legalmente constituídos e ampliação do acesso aos meios e serviços de promoção, prevenção, assistência e recuperação da saúde em todo território brasileiro. Essa reflexão busca orientar os profissionais de saúde a construir e a auxiliar a mulher no processo de educação permanente, fornecendo elementos para a construção de uma linha de cuidados à sua saúde, em um contexto em que o excesso de demandas, a falta de estrutura e a descontinuidade no fornecimento de insumos constituem uma realidade a ser enfrentada e superada por ela, contribuindo para a redução da morbidade e mortalidade feminina no Brasil, especialmente por causas evitáveis, em todo ciclo vital e nos diversos grupos populacionais, sem discriminação de qualquer espécie. Assim, conjectura sobre a construção de um protocolo que garanta os direitos sexuais e reprodutivos desta, tratando-a como um ser social e corroborando com a ampliação, qualificação e humanização da atenção integral à saúde da mulher no Sistema Único de Saúde.; Versão 2.0

Auditoria médica: avaliação de alguns procedimentos inseridos no programa de atenção integral à saúde da mulher no posto de saúde da Vila Municipal, Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil

Costa,Juvenal Soares Dias da; Roman,Vania Rosa; Luz,Rafael Moura da; Manzolli,Patricia Portantiolo; Correa,Pedro; Recuero,Luis Fernando
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1998 PT
Relevância na Pesquisa
116.01%
Este estudo, mediante auditoria médica, avalia a qualidade da atenção médica no Posto de Saúde da Vila Municipal, Pelotas, Rio Grande do Sul. Por meio do levantamento de dados registrados nos prontuários de família em 1992, 1993 e 1994, foram coletadas informações referentes às atividades do Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PAISM), como, por exemplo, a idade da paciente, número de consultas médicas e não médicas, aferição de pressão arterial, se as mamas haviam sido examinadas, cobertura do exame citopatológico e uso de método contraceptivo. Verificou-se que, em média, as mulheres consultam-se neste serviço 3,5 a quatro vezes por ano. Destas, 53% encontram-se na faixa etária entre vinte e 39 anos de idade. Quanto à cobertura de exame citopatológico, encontrou-se registro de 42,5% procedimentos realizados nos últimos três anos. Entre as mulheres que tiveram suas mamas examinadas, 19,4% foram registradas. A aferição da tensão arterial foi o procedimento estudado que atingiu a cobertura mais elevada nesta auditoria. Acredita-se que o cuidado ao paciente também depende da qualidade do registro; portanto, a baixa qualidade dos registros médicos encontrados servirá para fomentar discussões com a equipe...

Integração entre vigilância sanitária e assistência à saúde da mulher: um estudo sobre a integralidade no SUS

Maia,Christiane; Guilhem,Dirce; Lucchese,Geraldo
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
106.12%
A integralidade é um princípio do SUS, com várias perspectivas, entre as quais a da articulação de seus serviços. O debate sobre esse princípio está presente na assistência à saúde, com destaque para a área de Saúde da Mulher, e nas diretrizes da Vigilância Sanitária. Como as duas áreas buscam a qualidade dos serviços de saúde, o objetivo é analisar a integração entre Vigilância Sanitária e assistência à saúde da mulher. Trata-se de estudo de caso, qualitativo, com entrevistas de profissionais de Vigilância Sanitária de serviços de saúde e coordenadores de Saúde da Mulher (CSM). Os achados apontam para isolamento da Vigilância Sanitária nas secretarias de saúde. A importância da integração é citada por CSM, porém não é fácil de ser aplicada. As relações, se ocorrem, são por situações emergenciais. Os trabalhadores de Vigilância Sanitária acham que não há articulação por não haver problemas na Saúde da Mulher que demandem sua participação e que, com inspeções e palestras, estão colaborando com a área. Mostram-se dificuldades à concretização da integralidade, com o desafio de articular ações em saúde, sobretudo para a Vigilância Sanitária.