Página 1 dos resultados de 3367 itens digitais encontrados em 0.013 segundos

A política nacional de saúde bucal no Brasil no contexto do Sistema Único de Saúde; The national policy on oral health in Brazil in the context of the Unified Health System; La política nacional de salud bucal en Brasil en el contexto del Sistema Único de Salud

Lucena, Edson Hilan Gomes de; Pucca Júnior, Gilberto Alfredo; Sousa, Maria Fátima de
Fonte: Núcleo de Estudos de Saúde Pública (NESP) do Departamento de Saúde Coletiva (DSC) da Universidade de Brasília (UnB) Publicador: Núcleo de Estudos de Saúde Pública (NESP) do Departamento de Saúde Coletiva (DSC) da Universidade de Brasília (UnB)
Tipo: Artigo de Revista Científica
POR
Relevância na Pesquisa
76.58%
O presente artigo discorre sobre o modelo de atenção em saúde bucal implantado no Sistema Único de Saúde do Brasil na última década. Este modelo pautase como uma política subsetorial que ao longo destes anos segue buscando a melhoria da qualidade de vida da população brasileira. Por meio de uma linha cronológica o estudo apresenta a Política Nacional de Saúde Bucal – Brasil Sorridente como um modelo de atenção contra hegemônico às práticas odontológicas até então existentes no país. A reorganização dos níveis de atenção em saúde bucal, a criação de referências na atenção secundária, por meio dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO) e Laboratórios Regionais de Prótese Dentária (LRPD), o financiamento diferenciado e a gestão descentralizada dos recursos financeiros mostraram-se capazes de ampliar as ações de saúde bucal para mais de 90 milhões de habitantes. A evolução apresentada após a implantação do Brasil Sorridente, ocorrida no ano de 2004, comprova a maior inserção da atenção em saúde bucal no Sistema Único de Saúde, bem como a ampliação da oferta de ações e serviços de saúde bucal em todo o Brasil. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT; This article discusses the model of care in oral health implanted in the Unified Health System of Brazil in the last decade. This model is guided a policy that over the following years trying to improve the quality of life of the population. Through a timeline study presents the National Policy on Oral Health - Smiling Brazil as a model of care against the hegemonic dental practices in the country until then. The reorganization of the levels of care in oral health...

Avaliação dos procedimentos coletivos em saúde bucal: percepção de adolescentes de Embu, SP

Souza,Greice de Brito; Sá,Pedro Henrique do Rosário Nogueira de; Junqueira,Simone Rennó; Frias,Antônio Carlos
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
76.56%
A redução na prevalência de cárie em crianças no Estado de São Paulo é explicada pela fluoretação das águas de abastecimento, uso de dentifrícios fluoretados e ampliação do acesso às ações coletivas de saúde bucal, na qual se inserem os procedimentos coletivos (PC), desenvolvidos pelo Sistema Único de Saúde. Nos PC incluem-se atividades anuais preventivas e educativas. Sobre as últimas, espera-se que os participantes adquiram e mantenham hábitos saudáveis de higiene bucal. O objetivo deste trabalho foi investigar a percepção, o conhecimento e as práticas em saúde bucal e a avaliação das atividades educativas e preventivas de 219 estudantes do 1º ano do ensino médio, egressos de escolas públicas, que receberam os PC de 1ª a 4ª série, de 1ª a 8ª série ou que não receberam os PC, no município de Embu (SP) 2005. Analisou-se associação entre os grupos pelo teste qui-quadrado. A percepção, o conhecimento e as práticas em saúde bucal não foram estatisticamente diferentes entre os três grupos. A maioria dos jovens acredita ser importante falar sobre saúde bucal nas escolas e, mesmo os que não participaram dos PC, afirmaram ter recebido algum ensinamento na escola, o que reforça que o conhecimento e a conseqüente prática em saúde bucal são influenciados por outros fatores. Neste estudo...

Educação em saúde como estratégia de promoção de saúde bucal em gestantes

Reis,Deise Moreira; Pitta,Daniela Rocha; Ferreira,Helena Maria Barbosa; Jesus,Maria Cristina Pinto de; Moraes,Mari Eli Leonelli de; Soares,Milton Gonçalves
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
76.57%
O objetivo desta revisão da literatura é discutir a importância da educação em saúde como estratégia de promoção de saúde bucal no período gestacional. Foram estudadas as manifestações bucais mais comuns na gestação, concluindo-se que, embora a gestação por si só não seja responsável por tais manifestações como, por exemplo, a cárie dentária e a doença periodontal, faz-se necessário o acompanhamento odontológico no pré-natal, considerando-se que as alterações hormonais da gravidez poderão agravar as afecções já instaladas. Destacou-se na promoção de saúde bucal na gestante a educação em saúde bucal, considerando-a parte importante do Programa de Atenção à Saúde da Mulher, conforme recomendado pelas atuais Diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal. Considera-se que, por meio de ações de educação em saúde bucal, desenvolvidas no pré-natal por uma equipe multiprofissional, orientada por um cirurgião-dentista, a mulher poderá se conscientizar da importância de seu papel na aquisição e manutenção de hábitos positivos de saúde bucal no meio familiar e atuar como agente multiplicador de informações preventivas e de promoção de saúde bucal.

Atenção primária à saúde e a construção de sentidos para a saúde bucal: leitura construcionista social sobre discursos de idosos

Bulgarelli,Alexandre Favero; Pinto,Ione Carvalho; Lorenzi,Carla Guanaes; Villa,Teresa Cristina Scatena; Mestriner,Soraya Fernandes; Silva,Rosalina Carvalho da
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.57%
A odontologia mostra-se, na atualidade, aberta à construção de novos sentidos para saúde bucal. Esta abertura vem ao encontro da produção social da saúde e mostra a contextualização de aspectos sociais e históricos dos diversos saberes na construção da saúde bucal para as diferentes comunidades. O objetivo da presente pesquisa foi construir sentidos para a saúde bucal com um grupo de idosos. Nesta perspectiva, propôs-se uma aproximação entre os discursos sobre saúde bucal de idosos e o Construcionista Social. Assim, foram entrevistados 14 idosos cadastrados em uma Unidade de saúde da família na cidade de Ribeirão Preto/SP, no primeiro semestre de 2010, e identificados dois Repertórios Interpretativos, por meio da Análise de Discurso, que mostraram as relações existentes entre 1-Deficiência de informação e assistência odontológica na infância, e 2-Atenção Primária à Saúde construindo o sentido da saúde bucal. Concluiu-se que o Construcionismo Social vem colaborar epistemologicamente para a construção de sentidos para saúde bucal e que a Atenção Primaria à Saúde é essencial para a valorização e o cuidado com a saúde que permite a construção de sentidos para a saúde bucal por parte de idosos...

Impacto da estratégia saúde da família com equipe de saúde bucal sobre indicadores de saúde bucal: análise em municípios do nordeste com mais de 100 mil habitantes

Pereira, Carmen Regina dos Santos
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde; Ciências da Saúde
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.56%
This study examined in municipalities of Northeast of Brazil with more than one hundred thousand people who incorporation of Oral Health Teams (OHT) into the Family Health Strategy (FHE) the possible impact on oral health indicators. Sought to answer whether implementation OHT brought the best indicators of health problems and coverage, compared to areas without coverage by the FHE through a community trial in parallel, quasi-randomized. In each of the municipalities surveyed were 20 census tracts, 10 were located in areas covered by oral health teams in the ESF and 10 industries in areas not covered. The final sample consisted of 59.221 individuals. We compared oral health indicators related to health problems, access to services and coverage of oral health actions. The analysis strategy was based on the calculation of prevalence ratios and confidence intervals, adjusted for confounding factors through Poisson regression with robust variance. It also has measured the association between an indicator of social inequality for comparison between areas. The best results are associated with indicators of access and coverage of oral health actions at the expense of the indicators of health problems, suggesting a possible maintenance of a traditional model of practice yet. The results also suggest a possible effect of a specific policy in the area of primary care on inequality in access. From the discussions presented throughout this work...

Produção e validação de um indicador de saúde bucal para idosos a partir de dados secundários do SB Brasil 2010

Freitas, Yan Nogueira Leite de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva; Saúde Pública Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva; Saúde Pública
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.59%
Dentre os vários aspectos da saúde do idoso, a saúde bucal merece atenção especial pelo fato de que, historicamente, nos serviços odontológicos, não se considera esse grupo populacional como prioridade de atenção. Por isso, se faz necessária a produção de um indicador multidimensional capaz de mensurar todas as alterações bucais encontradas em um idoso, facilitando a categorização da saúde bucal como um todo. Tal indicador representará um importante instrumento capaz de elencar prioridades de atenção voltadas à população idosa. Portanto, o estudo em questão propõe a produção e validação de um indicador de saúde bucal a partir dos dados secundários coletados pelo projeto SB Brasil 2010 referente ao grupo etário de 65 a 74 anos. A amostra foi representada pelos 7619 indivíduos do grupo etário de 65 a 74 anos que participaram da pesquisa nas 5 (cinco) regiões do Brasil. Tais indivíduos foram submetidos à avaliação epidemiológica das condições de saúde bucal, a partir dos índices CPO-d, CPI e PIP. Além disso, verificou-se o uso e necessidade de prótese, bem como características sociais, econômicas e demográficas. Uma análise fatorial identificou um número relativamente pequeno de fatores comuns...

Integralidade e saúde bucal na percepção de participantes dos movimentos sociais do SUS; Integrality and oral health in the perception of participants social movements SUS

NOVAIS, Tatiana Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Odontologia; Ciência da Saúde Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Odontologia; Ciência da Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.57%
Integrality is a principle of the Brazilian Unified Health System (SUS) defended by the sanitary reform movement. It is a polysemic and democratic term for it considers several perceptions. For that reason, other kinds of knowledge were included in this paper in addition to the scientific one. Oral health can also be understood in various ways, since its limited meaning of mouth until a collective notion regarding health promotion precepts. Therefore it is possible to discuss integrality focusing on oral health. This research aims to identify possibilities for action seeking integrality for oral health in SUS and in social movements, according to their participants perceptions. Key people in knowledge building were selected to be interviewed, connecting scientific and popular knowledge, SUS and social movements participants. The methodology used was qualitative research and content analysis. The findings were divided into four categories: different meanings of integrality, perceptions of oral health in SUS, perceptions of oral health in social movements and possibilities for actions. Each category was then subdivided into subcategories. The main conclusions about the action possibilities are those related to re-integration, allowing a re-totalizing paradigmatic posture of the reality...

Indicadores utilizados em saúde bucal no Brasil; Indicators used in oral health in Brazil

França, Mary Anne de Souza Alves
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva (PRPG); Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva (PRPG); Pró-Reitoria de Pós-graduação (PRPG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.56%
After 25 years of the establishment of the Unified Health System (SUS, acronym in Portuguese) in Brazil, this system managers and servants have concentrated efforts to overcome the challenges concerning the provision of health services with fairness and efficiency. Planning can contribute with the management in order to avoid that actions are implemented randomly or not adequately with the reality of the population; or without prioritization. Therefore, the SUS’ managers require health indicators designed to facilitate the evaluation, measurement and representation of health status, as well as the performance of a health system. The aim of this study was to analyze the indicators used in oral health in Brazil present in the government policies and scientific articles published in the period between the years 2000 and 2012. The study was configured as a literature review in the Lilacs and SciELO database and a documentary research on the website of Brazilian Ministry of Health. The indicators that emerged from the scientific articles analyzes (n=221), were categorized into: oral health conditions, socio-economics, demographics and management. In 34% of these articles management indicators were identified, in the following topics: supply...

Perfis epidemiológicos de saúde bucal no Brasil e os modelos de vigilância; Perfis epidemiologicos de saude bucal no Brasil e os modelos de vigilancia

Roncalli, A.; de Souza Cortes, M.; Glazer De Anselmo Peres, K.
Fonte: Escola Nacional de Saude Publica Publicador: Escola Nacional de Saude Publica
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.57%
National surveys are important tools for public health surveillance and thus key elements in monitoring health conditions and system performance. In the field of oral health, such surveys began with the oral health survey in 1986 and later in 1996 and with the SBBrasil Project in 2003. The 2010 edition of SBBrasil is the principal oral health surveillance strategy for the production of primary data. In order to contribute to this discussion, this article proposes: (a) to present and discuss the Brazilian experience with nationwide oral health surveys and (b) to discuss the use of data in health surveillance models. One can conclude that oral health surveys in Brazil have great possibilities as a tool for health services and academia. Such surveys have shown evident potential for verifying trends in the oral health profile, as well as for producing valid indicators for use in health services. = Inquéritos nacionais são importantes ferramentas no campo da vigilância em saúde e elementos fundamentais no monitoramento das condições de saúde e do desempenho do sistema. Na saúde bucal, tais inquéritos surgem a partir do primeiro levantamento em saúde bucal de 1986 e, posteriormente, o de 1996 e o Projeto SBBrasil 2003. A edição 2010 do SBBrasil se coloca como a principal estratégia de vigilância em saúde bucal no que diz respeito à produção de dados primários. No sentido de contribuir com essa discussão...

Saúde bucal de crianças hospitalizadas: percepções e atitudes de acompanhantes; Oral health of hospitalized children: perceptions and attitudes of caregivers

CORTINES, Andréa Araujo de Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Odontologia; Ciência da Saúde Publicador: Universidade Federal de Goiás; BR; UFG; Mestrado em Odontologia; Ciência da Saúde
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
76.61%
Attitudes towards oral health may contribute to the recovery of hospitalized child s general health. For the development of educational and preventive programs directed to this public, it is necessary to comprehend the perceptions about oral health according to care-givers, in order to elaborate a project of health education, giving importance to the knowledge and attitudes of this group. A qualitative research was accomplished through interviews, based on semi-structured itinerary. The interviews were recorded in audio-cassette, transcribed, typed and printed to obtain the material of the study: the interviewees speeches. The data analysis was based on the content analysis, thematic modality, accomplished through the exhausting reading of all the interviews in order to extract the meaningful words and sentences, getting them into sense nuclei and later classifying them in themes. Three themes were inferred as results: The care, The oral health and The relationship between oral health and general health. In relation to the care offered to hospitalized children, it is different from that destined to the same child before getting sick and also to the other children of the family through the increase of the devotion, of the concern with the child's comfort...

O beijo como mobilizador para educação em saúde: ênfase na saúde bucal de adolescentes. Relato de uma experiência; The kiss as a mobilizer for health education: emphasis in bucal health of adolescents. An experience report

Silveira Filho, AD; Medeiros, IY; Justo, CMP; Junqueira, Simone Rennó; Pereira, Isabel Maria Teixeira Bicudo; Pelicioni, MCF
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2005 POR
Relevância na Pesquisa
76.56%
Este trabalho relata a experiência de um grupo de profissionais das equipes de saúde da família que, por meio da Metodologia da Problematização, usaram "o beijo" como tema mobilizador para educação em saúde bucal, com adolescentes da oitava série do primeiro grau das escolas públicas da Regional Bairro Novo em Curitiba no período de 1999 a 2001. Os adolescentes participaram ativamente da construção do problema, levantando dúvidas, discutindo possíveis soluções, expressando desejos, interesses, relacionando a saúde bucal com suas experiências afetivas e sexuais. A estratégia utilizada mostrou-se efetiva, criando um clima de confiança entre a equipe e os adolescentes, tornando-se uma experiência satisfatória e motivadora no campo da educação em saúde bucal.; This paper describes an experience undertaken by a team of health care workers, primarily dentists, who were responsible for introducing bucal care practices to teenagers. From 1999 to 2001, health care workers, utilizing the Methodology of Problematization, employed a mobilizing theme called "the kiss" for bucal care education with eighth grade teenage public school students in Curitiba, Brazil. The teenagers worked actively in the construction of the problem by raising doubts...

Autopercepção da saúde bucal entre idosos brasileiros; Autopercepción de la salud bucal entre ancianos brasileños; Self-perceived oral health among Brazilian elderly individuals

Martins, Andréa Maria Eleutério de Barros Lima; Barreto, Sandhi Maria; Silveira, Marise Fagundes da; Santa-Rosa, Thalita Thyrza de Almeida; Pereira, Rodrigo Dantas
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/10/2010 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.6%
OBJETIVO: Identificar os fatores associados à autopercepção da saúde bucal entre idosos brasileiros. MÉTODOS: Utilizaram-se dados do Projeto SB Brasil, realizado em 20022003. Foi examinada e entrevistada amostra probabilística de 5.349 idosos de 65 a 74 anos agrupados em dentados e edentados. A variável dependente foi autopercepção da condição de saúde bucal e as independentes foram: local de moradia, características individuais, comportamentos relacionados à saúde, condições objetivas de saúde e condições subjetivas relacionadas à saúde. Foram conduzidas análises descritivas e análises de regressão linear múltipla hierárquica. RESULTADOS: Nos dois grupos a autopercepção da saúde bucal foi considerada positiva, apesar das precárias condições de saúde bucal entre os idosos. No modelo final, o local de moradia e as características individuais pouco contribuíram para explicar a variabilidade da autopercepção. Entre dentados, o uso de serviços odontológicos esteve associado ao desfecho, e as condições objetivas e subjetivas se mostraram associadas nos dois grupos. Entre dentados e edentados, o R² para o ambiente externo foi de 0,00; com o acréscimo das características individuais, respectivamente...

Política Nacional de Saúde Bucal: fatores associados à integralidade do cuidado; Política Nacional de Salud Bucal: factores asociados a la integración del cuidado; Brazilian Oral Health Policy: factors associated with comprehensiveness in health care

Chaves, Sônia Cristina Lima; Barros, Sandra Garrido de; Cruz, Denise Nogueira; Figueiredo, Andreia Cristina Leal; Moura, Bárbara Laisa Alves; Cangussu, Maria Cristina Teixeira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2010 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.6%
OBJETIVO: Analisar fatores relacionados à integralidade na assistência à saúde bucal em centros de especialidades odontológicas segundo os princípios norteadores da Política Nacional de Saúde Bucal. MÉTODOS: Estudo exploratório transversal baseado em entrevista com 611 usuários de quatro centros de especialidades odontológicas da Bahia em 2008. A variável dependente foi descrita como "integralidade na saúde bucal", correspondente à realização de tratamento odontológico básico antes do tratamento especializado ou concomitante a este. As principais co-variáveis se referiram a cobertura da estratégia saúde da família no município, características sociodemográficas dos usuários, acessibilidade organizacional e geográfica ao serviço, além do tipo de especialidade demandada. RESULTADOS: Residentes de cidades em que o Programa Saúde da Família tinha cobertura >; 50% tiveram mais chance de concluir o tratamento odontológico (RP = 2,03, IC 95%: 1,33;3,09) em relação àqueles residentes em locais com cobertura menor. Quem buscou tratamento endodôntico teve mais chance de receber assistência integral à saúde bucal do que os usuários em busca de outras especialidades (RP = 2,31, IC 95%: 1,67;3,19). Os usuários com maior facilidade no acesso geográfico ao serviço especializado (RP = 1...

Efetividade de programa de agentes comunitários na promoção da saúde bucal; Efectividad del programa de agentes comunitarios en la promoción de la salud bucal; Effectiveness of a community health worker program on oral health promotion

Frazão, Paulo; Marques, Débora
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/06/2009 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.56%
OBJETIVO: Evaluar cambios en conocimientos, actitudes y acceso/utilización de servicios odontológicos productos de un programa de promoción de la salud bucal con agentes comunitarios de salud. MÉTODOS: Un proyecto de capacitación combinando enseñanza-aprendizaje, apoyo y supervisión, fue desarrollado entre los meses de julio de 2003 a agosto de 2004. Los cambios fueron evaluados por medio de entrevistas estructuradas en las que participaron 36 agentes comunitarios de salud y una muestra representativa de 91 mujeres y madres amas de casa con 25 a 39 años de edad, alfabetizadas y residentes en domicilios de tres a seis cuartos en el municipio de Río Grande da Serra (Sudeste de Brasil). Se escogieron datos sobre conocimientos de salud-enfermedad bucal, prácticas y capacidades auto-referidas con relación al auto-examen, higiene bucal, número de residentes y de cepillos dentales individuales y colectivos en cada domicilio y acceso y uso de servicios odontológicos. Por medio de la prueba t de Student pareado, se compararon los promedios de los valores obtenidos antes y después del programa para cada uno de los grupos estudiados. Las respuestas fueron analizadas adoptándose un nivel de significancia de 5%. RESULTADOS: Se observaron diferencias estadísticamente significativas para cuestiones relacionadas con el conocimiento de salud bucal entre los agentes y entre las mujeres antes y después de la capacitación (p; OBJETIVO:Avaliar mudanças em conhecimentos...

Saúde bucal na estratégia de saúde da família: mudança de práticas ou diversionismo semântico; Salud bucal en la estrategia de salud de la familia: cambio de prácticas o diversionismo semántico; Oral health in the family health strategy: a change of practices or semantics diversionism

Nascimento, Antonio Carlos; Moysés, Simone Tetu; Bisinelli, Julio Cesar; Moysés, Samuel Jorge
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2009 ENG
Relevância na Pesquisa
76.6%
OBJETIVO: Avaliar práticas de saúde bucal coletiva de dois modelos de atenção à saúde familiar. MÉTODOS: Estudo qualitativo realizado por meio de grupos focais constituídos por 58 cirurgiões-dentistas atuantes em programa de saúde da família há pelo menos três anos. Foram adotados os modelos de atenção Método Paidéia em Saúde da Família (Campinas, SP, 34 profissionais) e Estratégia de Saúde da Família (Curitiba, PR, 24 profissionais). O estudo foi realizado entre os meses de agosto e outubro de 2006. O referencial teórico utilizado para análise dos dados foi a hermenêutica-dialética. Foram empregados indicadores analíticos visando a indicar retrocesso, estagnação ou progresso nas práticas de saúde bucal que tiveram efeito a partir da implantação das estratégias em estudo. Os indicadores utilizados foram: processo de trabalho, interdisciplinaridade, territorialização, qualificação dos trabalhadores, promoção da saúde, resolutividade às demandas dos usuários. RESULTADOS: Houve progresso no acesso dos usuários aos serviços, na humanização do cuidado em saúde, no acolhimento das pessoas e no vínculo entre os profissionais e os pacientes. Os resultados relativos às práticas de promoção de saúde...

Autopercepção da saúde bucal em idosos e fatores associados em Campinas, SP, 2008-2009; Autopercepción de la salud bucal en ancianos y factores asociados en Campinas, Sureste de Brasil, 2008-2009; Self-perceived oral health and associated factors among the elderly in Campinas, Southeastern Brazil, 2008-2009

Silva, Débora Dias da; Held, Roberta Barros de; Torres, Stella Vidal de Souza; Sousa, Maria da Luz Rosário de; Neri, Anita Liberalesso; Antunes, José Leopoldo Ferreira
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf; application/pdf
Publicado em 01/12/2011 POR; ENG
Relevância na Pesquisa
76.58%
OBJETIVO: Descrever a autopercepção de saúde bucal em idosos e analisar fatores sociodemográficos e clínicos associados. MÉTODOS: Estudo transversal com 876 participantes em amostra representativa de idosos (65 anos ou mais) de Campinas, SP, em 2008-2009. Os exames odontológicos seguiram critérios padronizados pela Organização Mundial da Saúde para levantamentos epidemiológicos de saúde bucal. A autopercepção da saúde bucal foi avaliada pelo índice Geriatric Oral Health Assessment Index (GOHAI). Os indivíduos foram classificados segundo características sociodemográficas, odontológicas e prevalência de fragilidade biológica. O estudo de associações utilizou análise de regressão de Poisson; a análise considerou os pesos amostrais e a estrutura complexa da amostra por conglomerados. RESULTADOS: A média de idade dos indivíduos foi de 72,8 anos; 70,1% eram mulheres. A proporção de indivíduos com mais de 20 dentes presentes foi 17,2%; 38,2% usavam prótese dentária total em ambos os arcos; 8,5% necessitavam desse recurso em ao menos um arco dentário. Em média, o índice GOHAI foi elevado: 33,9 (máximo possível 36,0). Manter 20 dentes ou mais, usar prótese total nos dois arcos, não necessitar desse tratamento...

Edentulismo e arco dental reduzido em idosos do Inquérito Nacional de Saúde Bucal 2003; Edentulismo dental y arco dental reducido en ancianos de la Pesquisa Nacional de Salud Bucal 2003; Edentulism and shortened dental arch in Brazilian elderly from the National Survey of Oral Health 2003

Ribeiro, Marco Túlio Freitas; Rosa, Marco Aurélio Camargo da; Lima, Rosa Maria Natal de; Vargas, Andréa Maria Duarte; Haddad, João Paulo Amaral; Ferreira e Ferreira, Efigênia
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/10/2011 ENG
Relevância na Pesquisa
76.58%
OBJETIVO: Descrever a distribuição de edentulismo e estimar a prevalência de dentição funcional e arco dentário reduzido entre idosos. MÉTODOS: Estudo epidemiológico populacional com 5.349 indivíduos de 65 a 74 anos do banco de dados do inquérito nacional de saúde bucal do Ministério da Saúde/Coordenação Nacional de Saúde Bucal em 2002 e 2003. Foram avaliados perda dentária; cumprimento à meta da Organização Mundial da Saúde para a faixa etária (50% com pelo menos 20 dentes); presença de arco dental reduzido, número de pares em oclusão posterior; sexo e macro-região da residência. O teste qui-quadrado avaliou a associação entre variáveis categóricas. Os testes Kruskal-Wallis e Mann-Whitney foram usados para determinar diferenças do número médio de pares de dentes posteriores em oclusão, macro-região e sexo. RESULTADOS: Os idosos tinham, em média, 5,49 dentes (DP = 7,93) (mediana = 0). A porcentagem de indivíduos totalmente edêntulos foi de 54,7%. O edentulismo foi de 18,2% no arco superior e 1,9% no inferior. A meta da Organização Mundial da Saúde foi alcançada por 10% dos indivíduos; no entanto, 2,7% tinham a função mastigatória e estética aceitáveis (com pelo menos o arco dental reduzido). Entre esses...

Avaliação dos procedimentos coletivos em saúde bucal: percepção de adolescentes de Embu, SP; An Evaluation of "school preventive actions in oral Health": the perceptions of adolescents from Embu, São Paulo, Brazil

Souza, Greice de Brito; Sá, Pedro Henrique do Rosário Nogueira de; Junqueira, Simone Rennó; Frias, Antônio Carlos
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/12/2007 POR
Relevância na Pesquisa
76.56%
A redução na prevalência de cárie em crianças no Estado de São Paulo é explicada pela fluoretação das águas de abastecimento, uso de dentifrícios fluoretados e ampliação do acesso às ações coletivas de saúde bucal, na qual se inserem os procedimentos coletivos (PC), desenvolvidos pelo Sistema Único de Saúde. Nos PC incluem-se atividades anuais preventivas e educativas. Sobre as últimas, espera-se que os participantes adquiram e mantenham hábitos saudáveis de higiene bucal. O objetivo deste trabalho foi investigar a percepção, o conhecimento e as práticas em saúde bucal e a avaliação das atividades educativas e preventivas de 219 estudantes do 1º ano do ensino médio, egressos de escolas públicas, que receberam os PC de 1ª a 4ª série, de 1ª a 8ª série ou que não receberam os PC, no município de Embu (SP) 2005. Analisou-se associação entre os grupos pelo teste qui-quadrado. A percepção, o conhecimento e as práticas em saúde bucal não foram estatisticamente diferentes entre os três grupos. A maioria dos jovens acredita ser importante falar sobre saúde bucal nas escolas e, mesmo os que não participaram dos PC, afirmaram ter recebido algum ensinamento na escola, o que reforça que o conhecimento e a conseqüente prática em saúde bucal são influenciados por outros fatores. Neste estudo...

Atenção primária à saúde e a construção de sentidos para a saúde bucal: leitura construcionista social sobre discursos de idosos

Bulgarelli,Alexandre Favero; Pinto,Ione Carvalho; Lorenzi,Carla Guanaes; Villa,Teresa Cristina Scatena; Mestriner,Soraya Fernandes; Silva,Rosalina Carvalho da
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2012 PT
Relevância na Pesquisa
76.57%
A odontologia mostra-se, na atualidade, aberta à construção de novos sentidos para saúde bucal. Esta abertura vem ao encontro da produção social da saúde e mostra a contextualização de aspectos sociais e históricos dos diversos saberes na construção da saúde bucal para as diferentes comunidades. O objetivo da presente pesquisa foi construir sentidos para a saúde bucal com um grupo de idosos. Nesta perspectiva, propôs-se uma aproximação entre os discursos sobre saúde bucal de idosos e o Construcionista Social. Assim, foram entrevistados 14 idosos cadastrados em uma Unidade de saúde da família na cidade de Ribeirão Preto/SP, no primeiro semestre de 2010, e identificados dois Repertórios Interpretativos, por meio da Análise de Discurso, que mostraram as relações existentes entre 1-Deficiência de informação e assistência odontológica na infância, e 2-Atenção Primária à Saúde construindo o sentido da saúde bucal. Concluiu-se que o Construcionismo Social vem colaborar epistemologicamente para a construção de sentidos para saúde bucal e que a Atenção Primaria à Saúde é essencial para a valorização e o cuidado com a saúde que permite a construção de sentidos para a saúde bucal por parte de idosos...

Educação em saúde como estratégia de promoção de saúde bucal em gestantes

Reis,Deise Moreira; Pitta,Daniela Rocha; Ferreira,Helena Maria Barbosa; Jesus,Maria Cristina Pinto de; Moraes,Mari Eli Leonelli de; Soares,Milton Gonçalves
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 PT
Relevância na Pesquisa
76.57%
O objetivo desta revisão da literatura é discutir a importância da educação em saúde como estratégia de promoção de saúde bucal no período gestacional. Foram estudadas as manifestações bucais mais comuns na gestação, concluindo-se que, embora a gestação por si só não seja responsável por tais manifestações como, por exemplo, a cárie dentária e a doença periodontal, faz-se necessário o acompanhamento odontológico no pré-natal, considerando-se que as alterações hormonais da gravidez poderão agravar as afecções já instaladas. Destacou-se na promoção de saúde bucal na gestante a educação em saúde bucal, considerando-a parte importante do Programa de Atenção à Saúde da Mulher, conforme recomendado pelas atuais Diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal. Considera-se que, por meio de ações de educação em saúde bucal, desenvolvidas no pré-natal por uma equipe multiprofissional, orientada por um cirurgião-dentista, a mulher poderá se conscientizar da importância de seu papel na aquisição e manutenção de hábitos positivos de saúde bucal no meio familiar e atuar como agente multiplicador de informações preventivas e de promoção de saúde bucal.