Página 1 dos resultados de 53 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

São João Del-Rei: tensões e conflitos na articulação entre o passado e o progresso; São João del-Rei city: tensions and conflicts in the articulation between past and progress

Flôres, Ralf José Castanheira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/12/2007 PT
Relevância na Pesquisa
18.26%
Trata da inserção da cidade de São João del-Rei, Minas Gerais, no processo de construção da identidade nacional, através da ação do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN). Nesta pesquisa são analisados os conflitos em torno de um casarão remanescente do século XIX, que pertenceu ao Comendador João Antônio da Silva Mourão, disputado de um lado por uma empresa local, a Companhia Interestadual de Melhoramentos e Obras S.A. (CIMOSA) e, por outro, pelo SPHAN. Para tanto, faz-se um retrocesso em busca das formas de representação da cidade. Primeiramente, aquela construída e alimentada durante a primeira metade do século XX, por agentes com capacidade para interferir no seu espaço urbano, de cunho progressista. Em segundo lugar, são investigadas as representações dos modernistas brasileiros que se envolveram com a construção de uma identidade nacional com base no passado, em um período que compreende a viagem de "(re) descoberta do Brasil", realizada em 1924, até a criação do SPHAN, em 1937. A partir daí, tem-se a confrontação destas representações e interesses - progressistas e preservacionistas - que culminou com a criação do Museu Regional de São João del- Rei, gerido pelo SPHAN.; This research deals with the insertion of São João del-Rei´s city...

Experimentações em Diamantina. Um estudo sobre a atuação do SPHAN no conjunto urbano tombado 1938-1967; Experiments on Diamantina. A study about the experience of the National Historical and Artistic Heritage Service (SPHAN) at the urban protected site 1938-1967

Gonçalves, Cristiane Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/04/2010 PT
Relevância na Pesquisa
38.26%
A pesquisa pretende contribuir para o estudo da trajetória de preservação do patrimônio arquitetônico e urbanístico no país por meio da análise das estratégias de intervenção no conjunto urbano de Diamantina, empreendidas pelo Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN), entre 1938 e 1967. Ao avaliarmos o percurso da cidade, nas três décadas seguintes ao seu tombamento, buscamos aprofundar a compreensão dos pressupostos teóricos e das questões pragmáticas enfrentadas na intrincada tarefa à qual se lançou, pioneiramente, o corpo técnico do recém criado órgão federal de preservação. Este resgate se faz, sobretudo, a partir da documentação existente nos arquivos da própria instituição que, compreendida à luz do contexto da época, torna-se instrumento de reflexão acerca da complexa interação entre a população, o poder municipal, a direção central do SPHAN então representada por Rodrigo Melo Franco de Andrade , sua regional mineira, coordenada pelo arquiteto Sylvio de Vasconcellos, e o colaborador local, João Brandão Costa. O estudo atento dos procedimentos que foram se constituindo na prática vai, pouco a pouco, reconstruindo um cotidiano no qual o que se revela, nas entrelinhas das diretrizes formuladas para a inserção de novas edificações...

Interpretações do patrimônio: arquitetura e urbanismo moderno na constituição de uma cultura de intervenção no Brasil, anos 1930-60; Heritage interpretations: modern architecture and urbanism in the establishment of a culture of intervention in Brazil, years 1930-60

Cerávolo, Ana Lúcia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/06/2010 PT
Relevância na Pesquisa
18.12%
Mais de setenta anos após a criação do SPHAN, um conjunto significativo de experiências e reflexões permite verificar a constituição de um campo cultural próprio de intervenção arquitetônica em bens patrimoniais. As interlocuções entre Brasil, Europa e América latina ajudam a compreender a integração do país no cenário internacional. Nesse sentido, pode-se localizar o SPHAN como vanguarda nos debates sobre a preservação até a década de 1950, ao invés de um caso singular no contexto do movimento moderno, como vem sendo interpretado. As análises entre preservação e modernidade oferecem novas perspectivas à visão corrente e senso comum de que a arquitetura e o urbanismo moderno, e, em particular, a Carta de Atenas, formulada a partir do IV CIAM (1933), estão fundados num radical anti-historicismo e propõem a "tábula rasa" como único método de intervenção urbana. A análise da atuação de profissionais de diversas nacionalidades, sobretudo vinculados à arquitetura e urbanismo moderno, desde os anos 1930 até a redação da Carta de Veneza, em 1964, permite evidenciar a contribuição fundamental do modernismo para o aprofundamento e atualização das teorias e tendências no campo da preservação e intervenções no século XX. Como estudo de caso dessas dinâmicas...

Forte São João e o patrimônio histórico e artístico nacional; Forte São João and the national historical and artistic heritage

Nakamuta, Adriana Sanajotti
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/04/2009 PT
Relevância na Pesquisa
27.68%
A presente pesquisa versa sobre a construção de uma análise histórica e tipológica do Forte São João, arquitetura militar construída na entrada do canal da cidade de Bertioga, no Estado de São Paulo. Além das questões que envolvem o interesse na construção de uma pesquisa em história da arquitetura, outro fator torna-se relevante para a investigação: o efetivo valor dessa construção para a história e para a arte colonial brasileira, tendo em vista o tombamento federal desse monumento nos anos 40, pelo Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.; The present study aim to investigate the typological and historic analyze about Fort of São João, a military architecture constructed in the entrance of canal of Bertioga city, in São Paulo state. Furthermore, an important question was approached here: the effective value of this revision for brazilian colonial art and history, considering her federal protection in the fourthies, from Artistic and Historic National Service (SPHAN).

Arquitetura moderna: um estudo sobre patrimônio e preservação; Modern Architecture: a study of heritage and preservation

Padua, Carolina Dal Ben
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2013 PT
Relevância na Pesquisa
27.88%
A presente pesquisa trata sobre a preservação da arquitetura moderna, com foco nas ações do órgão federal de preservação, IPHAN, de forma a analisar os bens tombados por ele e os procedimentos de intervenção que vem sendo aplicados atualmente nesses edifícios. O IPHAN foi pioneiro na proteção da arquitetura moderna, mas até hoje não possui estudos sistemáticos sobre essa manifestação; e as práticas de intervenção em bens modernos no Brasil ainda carecem de mais debates sobre o tema, a fim de fundamentar os trabalhos nas cartas e teorias de restauro mundialmente conhecidas. Assim, visando a contextualizar o cenário brasileiro com o internacional, foi analisado o histórico da preservação da arquitetura moderna, desde as primeiras ações de preservação e suas legislações, de modo a entender em qual momento essa manifestação começou a ser reconhecida como patrimônio e de que forma era garantida sua proteção em diversos países. Também são apresentadas as recentes discussões em âmbito internacional referente aos processos de intervenção nesses edifícios, sendo analisados alguns casos de obras ícones do movimento moderno. Partindo para o cenário brasileiro, primeiramente é realizado um relato sobre a criação do SPHAN...

Relíquia e exemplo, saudade e esperança: o SPHAN e a consagração de

Braga, Vanuza Moreira
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.34%
Considerando que a cidade de Ouro Preto sempre se destacou no que tange a atenção do “Patrimônio” resolvemos investigar o que levou essa cidade, em detrimento das demais cidades coloniais espalhadas pelo Brasil e mesmo em Minas Gerais, a receber uma atenção demasiadamente privilegiada por parte da instituição que tinha como competência salvaguardar o patrimônio histórico e artístico brasileiro. Nesse sentido, procuramos analisar as intervenções do SPHAN na cidade de Ouro Preto, à luz da atuação de seus dois dirigentes em âmbito nacional e estadual, Rodrigo Melo Franco de Andrade e Sylvio de Vasconcellos.

Relíquias da nação: a proteção de coleções e acervos no patrimônio (1937-1979)

Sena, Tatiana da Costa
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
PT_BR
Relevância na Pesquisa
28.2%
Realizamos uma investigação acerca do tombamento de coleções e acervos abrangendo as duas primeiras gestões do órgão do patrimônio nacional (1937-1979). Escolhemos este período por ser neste que ocorre o empenho na proteção desses bens móveis em conjunto, ou seja, dos acervos e coleções. Nossa intenção é descrever como o campo do patrimônio, institucionalizado no Brasil na década de 1930, com a criação do Serviço de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN), atuava na preservação de coleções e acervos tombados. Ao lado do tombamento, como medida de proteção para esses bens, o SPHAN procurou desenvolver outras ações para a proteção de bens moveis, como o cadastro de negociantes de obras de arte e inventário de colecionadores particulares, medidas essas desenvolvidas sobremaneira a partir da contribuição do SPHAN em terras paulistas na gestão de Mário de Andrade e do arquiteto Luís Saia, gestão esta que investigamos como foco principal em nosso estudo. Assim, esses objetos são preservados e protegidos pelo órgão de patrimônio por serem dotados de valor de raridade e de documento, constituindo valiosas fontes para conhecer e difundir a memória nacional, garantindo assim...

O modernismo nas restaurações do SPHAN: modernidade, universalidade, brasilidade

Chuva,Márcia
Fonte: Instituto de Estudos Brasileiros Publicador: Instituto de Estudos Brasileiros
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 PT
Relevância na Pesquisa
27.34%
Este artigo analisa o modernismo que se expressa nas restaurações realizadas pelo Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN) e o papel seminal do arquiteto Lucio Costa na definição de procedimentos de restauro e na legitimação das hierarquias estabelecidas entre diferentes instâncias técnicas da instituição. Serão analisados procedimentos que naturalizaram o predomínio do valor estético sobre outras possibilidades de atribuição de valor de patrimônio e de tratamento dos vestígios materiais protegidos. As viagens, constituintes das rotinas dos trabalhos de restauração, produziram um vasto acervo documental, como os relatórios de obras, fotografias e correspondência aqui privilegiados. Ao final, serão apontados possíveis caminhos de interpretação dos efeitos de tais práticas na preservação do patrimônio cultural no Brasil.

O Sphan e a cultura museológica no Brasil

Julião,Letícia
Fonte: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas Publicador: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 PT
Relevância na Pesquisa
37.68%
Os estudos sobre o processo de institucionalização de uma política preservacionista no Brasil têm privilegiado a análise do discurso sobre o patrimônio, formulado no âmbito do Sphan ou o exame das medidas de proteção do acervo arquitetônico, cerne da ação governamental. Poucos mencionam as iniciativas no campo dos museus, sendo este o objetivo principal do artigo, que discute a proposta de criação de museus regionais, tendo como recorte o estado de Minas Gerais, nos anos 1950.

[Entrega do traballho "Circuito de Santa B??rbara", elaborado pela FJP com a SEPLAN-PR, SPHAN e a prefeitura de Santa B??rbara]

Autoria desconhecida
Fonte: Fundação João Pinheiro Publicador: Fundação João Pinheiro
Tipo: Fotografia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.34%
Carlos Maur??cio de Carvalho Ferreira, presidente da Funda????o Jo??o Pinheiro (FJP), entrega ao prefeito de Santa B??rbara, Severino Arcanjo de S??, o trabalho "Circuito de Santa B??rbara: organiza????o espacial e preserva????o de s??tios hist??ricos", elaborado pela Funda????o Jo??o Pinheiro em conv??nio com a SECRETARIA DE PLANEJAMENTO do Estado do Paran?? (SEPLAN-PR), Servi??o do Patrim??nio Hist??rico e Art??stico Nacional (SPHAN) e a prefeitura de Santa B??rbara. V??-se, tamb??m, Jos?? Ernesto Balltaedt.

[Entrega do traballho "Circuito de Santa B??rbara", elaborado pela FJP com a SEPLAN-PR, SPHAN e a prefeitura de Santa B??rbara]

Autoria desconhecida
Fonte: Fundação João Pinheiro Publicador: Fundação João Pinheiro
Tipo: Fotografia
PT_BR
Relevância na Pesquisa
27.34%
Carlos Maur??cio de Carvalho Ferreira, presidente da Funda????o Jo??o Pinheiro (FJP), entrega ao prefeito de Santa B??rbara, Severino Arcanjo de S??, o trabalho "Circuito de Santa B??rbara: organiza????o espacial e preserva????o de s??tios hist??ricos", elaborado pela Funda????o Jo??o Pinheiro em conv??nio com a Secretaria de Planejamento do Estado do Paran?? (SEPLAN-PR), Servi??o do Patrim??nio Hist??rico e Art??stico Nacional (SPHAN) e a prefeitura de Santa B??rbara. V??-se, tamb??m, Jos?? Ernesto Balltaedt.

Elites intelectuais e Nation Building: conflitos na organização e funcionamento do serviço do patrimônio histórico e artístico nacional durante o Estado Novo

Bonamim, Giovana
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
18.12%
Resumo: O Estado Novo, como regime político autoritário, promove esforços de construção do Estado Moderno e da Nação Brasileira. Dentre as várias instituições criadas pelo regime, destinadas a promover a criação de uma identidade nacional brasileira, nota-se a criação do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN) como aparelho autônomo de Estado, destinado a listar, classificar e proteger bens de patrimônio nacionais. Essa instituição que protege e ao mesmo tempo controla a propriedade privada regional, incorpora os principais desafios do governo central: constituir um aparelho burocrático sólido, resolver os regionalismos, e reorganizar o território brasileiro num nível simbólico, promovendo uma ruptura com o período pré-1930. O SPHAN está sujeito a todos os conflitos do pós-1930 e é organizado em função das disputas por eles orientadas. Por meio da incorporação de expertos e intelectuais versados sobre a burocracia e a arte e história nacionais, responsáveis pelos processos de tombamento de bens de patrimônio nacionais, a instituição escreve a narrativa histórica oficial da nação brasileira. Diante da tarefa de ajudar a construir a Nação junto a outros órgãos do Ministério Capanema...

A materialização da nação através do patrimônio: o papel do SPHAN no regime estadonovista

Silva, Glaci Teresinha Braga da
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
28.31%
Esta dissertação tem como objetivo analisar a relação do regime autoritário do Estado Novo com a criação do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico nacional — SPHAN — órgão responsável pela preservação do patrimônio histórico e artístico nacional. A dissertação demonstra o quanto o Estado e o SPHAN atuavam a partir dos mesmos interesses e de que modo essa relação acontecia. A atuação do SPHAN e de seus colaboradores foi fundamental para dar concretude ao projeto de criação da nação e da identidade nacional. Nesse sentido, o papel dos intelectuais que atuaram no regime estadonovista também é analisado, pois foi através de seus discursos que o Estado legitimou os princípios que fundamentaram o regime: autoritarismo, nacionalismo e centralismo. Também foi a partir da relação entre o Estado e os modernistas que se legitimou a arquitetura modernista que daria materialidade às políticas modernizadoras do regime estadonovista. No primeiro capítulo é feita uma crítica historiográfica sobre o Estado Novo, no segundo é abordada a estrutura do SPHAN e no terceiro o trabalho se concentra na cidade de Ouro Preto e no barroco mineiro, em sua utilização para legitimação da identidade nacional...

Lúcio Costa em Ouro Preto: A invenção de uma "cidade barroca"

Barel Filho, Ezequiel
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
POR
Relevância na Pesquisa
28.31%
Este trabalho propõe-se investigar mais a fundo o momento em que os temas “Lúcio Costa”, “Ouro Preto” e “Sphan” reuniram-se numa mesma conjuntura histórica: as décadas de 1930 a 1970, momento definidor das práticas preservacionistas no Brasil. Ao estudar tais assuntos, procura-se analisar a atuação do Sphan e, principalmente, de Lúcio Costa (principal teórico da instituição) em Ouro Preto, cidade que se tornou o símbolo da nacionalidade brasileira e paradigma para a política de preservação do património arquitetónico no Brasil. Procuramos entender a criação do Sphan, instituição responsável pela eleição dos patrimónios nacionais do Brasil, a atuação de Lúcio Costa como um de seus principais teóricos e as intervenções ocorridas em Ouro Preto, como produtos de um determinado contexto histórico em que diversos grupos, cada qual com uma proposta distinta para a Nação, lutavam entre si pela hegemonia. Compreendendo este contexto, procuramos mostrar que a atuação do Sphan e de Lúcio Costa em Ouro Preto, através dos tombamentos, reformas, restauros e demolições, contribuíram para reafirmar a cidade de Ouro Preto e o “barroco mineiro” como génese da cultura brasileira. Assim como, permitiu à arquitetura moderna...

The experience of the National Historical and Artistic Heritage Service in São Paulo: the restoration of the Santo Antônio ranch and chapel, 1940-1947; La experiencia del Servicio del Patrimonio Histórico y Artístico Nacional en São Paulo: el caso de la restauración de la Finca San Antonio, 1940-1947; A experiência do Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em São Paulo: o caso da restauração do Sítio Santo Antônio, 1940-1947

Gonçalves, Cristiane Souza
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2007 POR
Relevância na Pesquisa
28.31%
Among the pioneer examples of architectural heritage preservation works, the restoration of the Santo Antônio ranch and chapel, in São Roque, represents a significant case of the activities held by architect Luis Saia, while leading the São Paulo´s regional office of the federal organ then called National Historical and Artistic Heritage Service (Sphan in portuguese), from 1945 to 1975. The architectural set, which consisted of a 17th century house and chapel and the ruins of a 19th century building, was an impressive discovery which delighted Mario de Andrade by the end of the 1930´s. However its poor conservation condition demanded urgent repair to restore its physical integrity. It presented, then, to the architects of Sphan a bigger and more complex restoration and conservation challenge whose phases and results will be subject of analysis in the present article.; Integrando el conjunto de las intervenciones pioneras, la restauración de la Finca San Antanio, en São Roque, constituye un ejemplo paradigmático de la acción del arquitecto Luis Saia, responsable por la sección regional paulista del Servicio del Patrimonio Histórico y Artístico Nacional (Sphan), entre 1945 y 1975. El conjunto arquitectónico - formado por una casa sede y una capilla construídas en el siglo 17...

A experiência do Serviço do Patrimônio Histórico Artístico e Nacional em São Paulo: o caso da restauração da Igreja de São Miguel, 1939-1941; La experiencia del Servicio del Patrimonio Histórico y Artístico Nacional en São Paulo: el caso de la restauración de la Iglesia de São Miguel, 1939-1941; The experience of the National Historical and Artistic Heritage Service in São Paulo: the case of the restoration of Saint Michel's Church, 1939-1941

Gonçalves, Cristiane Souza
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Arquitetura e Urbanismo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/06/2006 POR
Relevância na Pesquisa
28.38%
O presente artigo - o primeiro de uma série de quatro textos - objetiva lançar luzes sobre as práticas de preservação do patrimônio arquitetônico, avaliando a experiência do então Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN), em território paulista. Por meio da análise de uma de suas obras de restauração pioneiras, avaliaremos os primeiros anos de atuação da instituição, buscando compreender não somente a estruturação de seus procedimentos internos, a formação das equipes, e as dificuldades colocadas tanto pelos escassos recursos disponíveis quanto pela falta de experiências anteriores, mas, sobretudo, procurando identificar os conceitos que guiaram as propostas de intervenção realizadas, bem como as técnicas e os métodos utilizados que permitiram, efetivamente, a preservação desses bens. A obra em prol da Igreja de São Miguel - listada entre os primeiros bens descobertos pelo SPHAN -, contou com a participação ativa de Mário de Andrade, inaugurando, com o Convento de Embu, as atividades da regional paulista, e indicando os rumos dos futuros trabalhos realizados sob a direção do arquiteto Luis Saia. A continuidade dessas análises dar-se-á nos três artigos seguintes, no qual estudaremos as intervenções no conjunto do sítio e Capela de Santo Antônio...

From subjectivity to discourse of scientificity; Da subjetividade ao discurso da cientificidade: paradoxos acerca da historiografia do SPHAN

Ribeiro, Elisa Vaz
Fonte: Centro de Preservação Cultural. Pró-Reitoria de Cultura e Extensão - USP. Publicador: Centro de Preservação Cultural. Pró-Reitoria de Cultura e Extensão - USP.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2013 POR
Relevância na Pesquisa
38.31%
In the literature concerning SPHAN there are frequent statements attesting to the development of scientific methods and clear criteria in the conservation policy of theinstitution. However, documents that describe the practicalities of SPHAN show a scene that differs from this supposed scientificity. The aim of this text is to show how subjective criteria for appraisement and intervention in architectural heritage were consolidated in SPHAN under a discourse of scientificity that, besides being assimilated and reproduced by historiography, still influences current practices in IPHAN, not completely free fromdoctrinal views of the heroic phase of the institution.; São frequentes, na bibliografia sobre o SPHAN, afirmações que atestam o desenvolvimento de métodos científicos e critérios claros na política de preservação adotada por essa instituição. Contudo os documentos que relatam as ações práticas do SPHAN mostram um quadro que diverge dessa suposta cientificidade. Este texto tem por objetivo mostrar como critérios subjetivos de apreciação e intervenção no patrimônio edificado se consolidaram no SPHAN, sob um discurso de cientificidade que, além de ter sido assimilado e reproduzido pela historiografia...

Selecionar, disputar e conservar: práticas de comunicação social e constituição da memória nacional pelo Iphan; Select, dispute and conserve: practices of midia and the constitution of national memory in Iphan

Bispo, Raphael
Fonte: Centro de Preservação Cultural. Pró-Reitoria de Cultura e Extensão - USP. Publicador: Centro de Preservação Cultural. Pró-Reitoria de Cultura e Extensão - USP.
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Avaliado pelos pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2011 POR
Relevância na Pesquisa
17.68%
Este artigo se propõe a analisar as tensões e disputas ocorridas no âmbito das atuações públicas do governo federal no campo cultural, em especial o do patrimônio histórico e artístico, na tentativa de construir uma memória da nação em boa parte do século 20. Mais precisamente, verifica- se neste trabalho como um conjunto de intelectuais articulados ao antigo Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Sphan) - cujas ações se estenderam, mas não se limitaram, pelos anos de 1937 a 1970 - conseguiu consolidar uma perspectiva bastante particular acerca do que seria o patrimônio cultural representativo da memória dos brasileiros. O objetivo é perceber como essa hegemonia foi conquistada por meio dos usos dos meios de comunicação social dos quais esses intelectuais dispunham acessibilidade, principalmente através das linhas editoriais do próprio Sphan.; This article presents a reflection about tensions and disputes occurred in the cultural field of federal government, especially the historical and artistic heritage, in a attempt to build a memory of the nation in much of the twentieth century. More precisely, the text analyze the way a group of intellectuals articulated with the old Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Sphan)...

O modernismo nas restaurações do SPHAN modernidade, universalidade, brasilidade; Modernism in restorations and the SPHAN Modernity, Universality, Brazilianness

Chuva, Márcia
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Estudos Brasileiros
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2012 POR
Relevância na Pesquisa
27.88%
Este artigo analisa o modernismo que se expressa nas restaurações realizadas pelo Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (SPHAN) e o papel seminal do arquiteto Lucio Costa na definição de procedimentos de restauro e na legitimação das hierarquias estabelecidas entre diferentes instâncias técnicas da instituição. Serão analisados procedimentos que naturalizaram o predomínio do valor estético sobre outras possibilidades de atribuição de valor de patrimônio e de tratamento dos vestígios materiais protegidos. As viagens, constituintes das rotinas dos trabalhos de restauração, produziram um vasto acervo documental, como os relatórios de obras, fotografias e correspondência aqui privilegiados. Ao final, serão apontados possíveis caminhos de interpretação dos efeitos de tais práticas na preservação do patrimônio cultural no Brasil.; This article examines the modernism expressed in the restorations carried out by the National Historical and Artistic Heritage Service (Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – SPHAN), and the seminal role of architect Lucio Costa in defining restoration procedures and establishing hierarchies among different technical departments of the institution. The procedures that naturalized the predominance of aesthetic value over other possibilities for determining equity value and treatment of protected material vestiges will be analyzed. The trips that took place as part of the restoration work produced a vast collection of documents...

OS VALORES ATRIBUÍDOS PELO SPHAN NA INSTALAÇÃO DO MUSEU DO OURO – SABARÁ

DINNOUTI, TATIANA HARUE; Universidade Federal de Minas Gerais
Fonte: Fórum Patrimônio: Ambiente Construído e Patrimônio Sustentável Publicador: Fórum Patrimônio: Ambiente Construído e Patrimônio Sustentável
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; Artigo Avaliado pelos Pares; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em 26/01/2013 POR
Relevância na Pesquisa
27.88%
Na busca de uma identidade e uma cultura brasileira durante o período Vargas, alguns estados faziam ações preservacionistas que mostraram a preocupação em formar uma mentalidade nacional. Neste momento, com o anteprojeto do modernista Mário de Andrade, ocorre a criação do SPHAN-Serviço de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, pois se via a necessidade da salvaguarda dos bens ditos nacionais. O Serviço traduzia os textos legais, assim como todo o debate acerca do patrimônio nacional, através da formação de coleções, de tombamentos, registros e criação de museus regionais e nacionais. Com este modelo de trabalho a pesquisa propõe analisar quais os valores identificados na Casa da Intendência de Sabará para que fosse feita sua transformação em Museu do Ouro. Sabe-se que a Casa tinha participado do ciclo do Ouro de Minas Gerais e fazia parte da história da constituição da identidade nacional mas, como foi feita essa transformação e com qual intuito? Para responder a estas questões a metodologia adotada é de uma analise argumentativa a partir dos pontos de vista dos modernistas, dos contextos históricos da criação do SPHAN e da instalação do Museu. Possuindo como foco o trabalho de Mário de Andrade no desenvolvimento do decreto-lei 25/37...