Página 1 dos resultados de 77 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Avaliação neuropsicológica das funções executivas e da atenção em crianças com transtorno do déficit de atenção/hiperatividade (TDAH); Neuropsychological assessment of the executive functions and attention in children with attention deficit hyperactivity disorder (ADHD)

Bolfer, Cristiana Pacheco Martini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/10/2009 PT
Relevância na Pesquisa
26.46%
INTRODUÇÃO: O Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) é um problema de saúde mental bastante freqüente em crianças, adolescentes e adultos em todo o mundo. É caracterizado pela presença de três grupos de sintomas: desatenção, hiperatividade e impulsividade. As pesquisas internacionais e nacionais indicam que os indivíduos portadores do TDAH podem também apresentar, além dos déficits atencionais, alterações nas funções executivas. As crianças e adolescentes com TDAH apresentam prejuízos claros no seu funcionamento do aprendizado escolar e no desenvolvimento social e emocional. O diagnóstico do TDAH é clínico, baseado nos critérios do DSM-IV, porém os estudos dos prejuízos atencionais e das funções executivas nos pacientes com TDAH têm permitido uma melhor caracterização dos diferentes subtipos clínicos, além de serem fundamentais na elucidação diagnóstica de algumas co-morbidades e na proposta de intervenção e/ou reabilitação. O objetivo desta pesquisa é a utilização de testes neuropsicológicos para auxílio na avaliação da atenção e das funções executivas em pacientes com TDAH. MÉTODOS: Neste estudo transversal realizado entre Setembro de 2006 a Junho de 2008, foram selecionados 23 pacientes do sexo masculino...

Avaliação neuropsicológica da funções executivas e da atenção antes e depois do uso do metilfenidato em crianças com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade; Neuropsychological assessment of the executive functions and attention, before and after the use of Methylphenidate, in children with attention deficit hyperactivity disorder (ADHD)

Bolfer, Cristiana Pacheco Martini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2014 PT
Relevância na Pesquisa
26.76%
OBJETIVOS: Analisar se os testes neuropsicológicos de atenção e funções executivas apresentam correlação, em crianças com TDAH subtipo combinado, com o diagnóstico e evolução clínica após tratamento com metilfenidato, e propor um protocolo, com testes mais significantes. MÉTODOS: Neste estudo longitudinal foram selecionados 23 meninos, nove a 12 anos de idade, diagnóstico de TDAH sem comorbidades, estabelecido segundo os critérios do DSM-IV, QI >= 89, não previamente medicados para TDAH, que soubessem ler e escrever e estivessem em acompanhamento no Ambulatório de Distúrbios de Aprendizagem do Hospital das Clínicas da FMUSP. Foram utilizados os seguintes instrumentos: Escala de Inteligência Wechsler para Crianças (WISC III), Teste Psicofísico Para Atenção Visual Voluntária (TPAVV), Teste de Cancelamento, Teste das Trilhas partes A e B, Teste de Stroop e Teste de Atenção Visual - Terceira Edição (TAVIS 3R). O experimento corresponde a duas etapas: avaliações clínica e neuropsicológica da atenção e das funções executivas dos pacientes com TDAH; e reavaliação, com os mesmos testes, após três meses de terapia medicamentosa, usando-se metilfenidato. Comparou-se o desempenho dos testes, com o grupo controle (n=30)...

Associação entre impulsividade, idade do primeiro consumo de álcool e abuso de substâncias psicoativas em adolescentes de uma região do sul do Brasil

Von Diemen, Lisia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.53%
Introdução: Os problemas advindos dos transtornos por uso de substâncias (TUS) apresentam alta prevalência tanto em nível mundial quanto no Brasil e se destacam por atingirem principalmente adolescentes e adultos jovens, ocasionando alto impacto econômico e social. Os fatores de risco que levam ao início e à evolução de tais transtornos são investigados há várias décadas, mas o que já foi demonstrado explica apenas parcialmente a variabilidade dessa patologia. A impulsividade tem se destacado por estar associada a diversos fatores de risco como transtorno de personalidade anti-social, déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) entre outros, podendo ser o elo que liga essas patologias ao TUS. Embora a impulsividade tenha sido associada a transtornos relacionados ao álcool e outras drogas em diversos estudos, há uma carência de evidências em amostras comunitárias, particularmente em adolescentes. A literatura identifica também a associação da idade do primeiro consumo de álcool (IPCA) com TUS. Contudo, ainda há controvérsias a respeito da IPCA ser um fator de risco independente ou uma manifestação de outras características e transtornos associados à TUS. Além disso, as evidências da associação IPCA/TUS são na sua maioria provenientes de estudos norte-americanos; considerando-se que a IPCA pode ser afetada por características culturais...

Avaliação da resposta ao tratamento com metilfenidato em pacientes com transtorno de déficit de atenção/hiperatividade com e sem critério de idade de início de sintomas antes dos 7 anos

Reinhardt, Marcelo C.
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.69%
O Transtorno de Déficit de Atenção / Hiperatividade (TDAH) é um transtorno psiquiátrico que causa prejuízo significativo desde a infância, mas que igualmente tem um impacto negativo na vida adulta, para aqueles indivíduos que permanecem com o transtorno. Cada vez mais, os sistemas classificatórios modernos definem os transtornos mentais a partir de dados provenientes de pesquisas bem conduzidas metodologicamente. O critério de idade de início de sintomas causando prejuízo antes dos 7 anos para o diagnóstico de TDAH, presente tanto no Manual Diagnóstico e Estatístico de Doenças Mentais – 4ª Edição (DSM-IV) quanto de uma forma modificada na Classificação Internacional de Doenças – 10ª Edição (CID-10), foi determinado por uma decisão de comitê. Estudos iniciais não têm corroborado a validade desse critério para o diagnóstico do transtorno.Objetivos Esse estudo tem por objetivo avaliar a resposta ao tratamento com metilfenidato em pacientes com TDAH com e sem o critério de idade de início dos sintomas, mas que preenchem todos os demais critérios da DSM-IV para TDAH.Métodos Foram avaliadas duas amostras clínicas independentes provenientes do Programa de TDAH da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – PRODAH/UFRGS...

Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade e transtorno por uso de substâncias psicoativas em adolescentes : estudo sobre a sua associação e sobre o efeito clínico e cerebral do tratamento com metilfenidato

Szobot, Claudia Maciel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.53%
A presente tese aborda a comorbidade entre o Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) e o Transtorno por Uso de Substâncias Psicoativas (TUSP) em adolescentes. Não há uma concordância na literatura quanto ao TDAH ser um fator de risco independente para o TUSP, ao considerar-se o efeito concomitante de potenciais confundidores. Esta é uma questão relevante, pois se de fato existir uma relação causal entre ambos os diagnósticos, como o TDAH inicia antes dos sete anos de idade e apresenta tratamentos efetivos, há um longo intervalo de tempo para o fortalecimento da prevenção primária ao TUSP. Independentemente de uma relação causal entre TDAH e TUSP, a presença de TDAH piora o prognóstico do TUSP. Até o momento, medicações de primeira linha para o TDAH, como o metilfenidato (MFD), não foram avaliadas em adolescentes com esta comorbidade. Além disso, é importante saber se a capacidade do MFD em bloquear o transportador de dopamina (DAT) é preservada mediante a presença do diagnóstico de TUSP, tendo em vista que as substâncias psicoativas (SPAs) ativam o sistema dopaminérgico. Neste trabalho, através de um estudo de caso-controle com adolescentes oriundos da comunidade, o TDAH esteve significativamente associado ao TUSP...

Ensaios clínicos em psicofarmacologia de crianças e adolescentes com transtorno de humor bipolar

Tramontina, Silzá
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.8%
Introdução: O Transtorno Bipolar (TB) em crianças e adolescentes é um transtorno crônico e severo que causa graves prejuízos ao desenvolvimento e crescimento emocional destes pacientes. Está associado com taxas alarmantes de suicídio, problemas escolares, engajamento em comportamentos de alto-risco, com altas taxas de recorrência e baixas taxas de recuperação. Apesar do tratamento, apresenta muitos sintomas residuais e baixa adesão à medicação devido aos efeitos colaterais, em especial o aumento de peso. Altas taxas de comorbidade com TDAH (mais de 75%) são encontradas em amostras clínicas de crianças e adolescentes com TB. Por estas razões, é fundamental estudar novas opções para o tratamento do TB em crianças e adolescentes, em especial quando em comorbidade com TDAH. Objetivos: Explorar novas opções no tratamento farmacológico do TB em crianças e adolescentes que possam apresentar eficácia e boa tolerabilidade. Neste estudo sobre tratamento farmacológico, optamos por estudar dois fármacos, topiramato e aripiprazol, utilizados no tratamento do TB em crianças e adolescentes e que não parecem estar relacionados com ganho de peso. Método: No estudo do Topiramato, dez pacientes (11-17 anos) que estavam estabilizados usando uma única medicação (estabilizador de humor ou um antipsicótico atípico) e que tinham aumentado de peso em mais de 5% foram arrolados para as 11 semanas do protocolo. A medicação usada foi trocada pelo topiramato...

A randomized crossover clinical study showing that methylphenidate-SODAS improves attention-deficit/hyperactivity disorder symptoms in adolescents with substance use disorder

Szobot, Claudia Maciel; Rohde, Luis Augusto Paim; Katz, Betina Stifelman; Ruaro, Pauline; Schaefer, Thais; Walcher, Mariana Gehlen; Bukstein, Oscar; Pechansky, Flavio
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
ENG
Relevância na Pesquisa
26.53%
Our objective was to evaluate the effectiveness of a long-acting formulation of methylphenidate (MPH-SODAS) on attentiondeficit/ hyperactivity disorder (ADHD) symptoms in an outpatient sample of adolescents with ADHD and substance use disorders (SUD). Secondary goals were to evaluate the tolerability and impact on drug use of MPH-SODAS. This was a 6-week, singleblind, placebo-controlled crossover study assessing efficacy of escalated doses of MPH-SODAS on ADHD symptoms in 16 adolescents with ADHD/SUD. Participants were randomly allocated to either group A (weeks 1-3 on MPH-SODAS, weeks 4-6 on placebo) or group B (reverse order). The primary outcome measures were the Swanson, Nolan and Pelham Scale, version IV (SNAP-IV) and the Clinical Global Impression Scale (CGI). We also evaluated the adverse effects of MPH-SODAS using the Barkley Side Effect Rating Scale and subject reports of drug use during the study. The sample consisted of marijuana (N = 16; 100%) and cocaine users (N = 7; 43.8%). Subjects had a significantly greater reduction in SNAP-IV and CGI scores (P < 0.001 for all analyses) during MPH-SODAS treatment compared to placebo. No significant effects for period or sequence were found in analyses with the SNAP-IV and CGI scales. There was no significant effect on drug use. MPH-SODAS was well tolerated but was associated with more severe appetite reduction than placebo (P < 0.001). MPH-SODAS was more effective than placebo in reducing ADHD symptoms in a non-abstinent outpatient sample of adolescents with comorbid SUD. Randomized clinical trials...

Variabilidade genética e resposta ao tratamento em adultos com Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade

Contini, Verônica
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.53%
O Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDAH) é comum em adultos e caracteriza-se por sintomas persistentes de desatenção, hiperatividade e impulsividade. Clinicamente, o TDAH é um fenótipo bastante heterogêneo e, frequentemente, encontra-se associado a diversos outros transtornos psiquiátricos. A contribuição genética é substancial no TDAH e diversos genes de pequeno efeito têm sido associados com o desenvolvimento do transtorno. O metilfenidato (MPH) representa o principal agente farmacológico usado no tratamento e seu mecanismo de ação parece envolver a potencialização da transmissão catecolaminérgica no córtex pré-frontal. Estudos farmacogenéticos têm investigado o papel de diversas variantes genéticas, principalmente em sistemas de neurotransmissão, na resposta ao tratamento com MPH. No entanto, esses estudos têm focado quase que exclusivamente no tratamento de crianças com TDAH. No presente trabalho foi investigada a associação entre 17 polimorfismos genéticos, em nove genes candidatos (DAT1, ADRA2A, 5-HTT, HTR1B, TPH2, DBH, DRD4, COMT e SNAP25), e a resposta ao tratamento com MPH. A amostra foi composta de 165 adultos com TDAH, diagnosticados de acordo com os critérios do DSM-IV. A gravidade dos sintomas dos pacientes foi avaliada antes e após um mês de uso de MPH através da aplicação das subescalas SNAP-IV e da escala CGI-S. Também avaliamos uma amostra de 136 dependentes de álcool e 237 controles...

Um estudo de associação entre sintomas de tratamento de déficit de atenção/hiperatividade e medidas neuropsicológicas em crianças em idade escolar

Courel, Simone Fragoso
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.6%
O TDAH costuma estar associado a várias disfunções cognitivas. O presente estudo buscou associações entre medidas neuropsicológicas de atenção, controle inibitório, memória de curto prazo e operacional e sintomas de desatenção e hiperatividade /impulsividade identificados pela SNAP-IV, através de pais e professores de estudantes de escolas públicas de Porto Alegre com idades entre 8 e 12 anos. Encontrou-se correlações significativas entre medidas de atenção e controle inibitório, através do CPT II, e critérios de desatenção e hiperatividade da escala SNAP- IV. Houve uma pequena diferença nos itens correlacionados entre pais e professores, sendo os primeiros mais abrangentes nos aspectos de desatenção e hiperatividade e os segundos mais focados em sintomas de hiperatividade e medidas indiretas de atenção sustentada. Identificou-se correlação significativa entre medida de memória de curto prazo e hiperatividade, por tarefa de span de dígitos ordem direta, mas não em medida específica de memória operacional. Sugere-se mais estudos com enfoque dimensional do transtorno utilizando medidas neuropsicológicas que propiciem análise mais funcional de memória operacional e identificação de sintomas através de escalas que abarquem também pontos positivos do comportamento.; ADHD is usually associated with several cognitive dysfunctions. The present study sought associations between neuropsychological measures of attention...

Um estudo de associação entre sintomas de déficit de atenção/hiperatividade e medidas neuropsicológicas de flexibilidade cognitiva e atenção seletiva em crianças

Debiasi, Natalia Santarosa Fardo
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.6%
Este estudo se propôs a investigar as possíveis correlações existentes entre os aspectos dimensionais do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade contidos na escala SNAP-IV e o desempenho das crianças nos testes neuropsicológicos Trail Making Test e Stroop Color and Word Test, que avaliam, respectivamente, medidas neuropsicológicas de flexibilidade cognitiva e atenção seletiva. A análise das correlações revelou a existência de correlação significativa apenas entre índices das subescalas de hiperatividade e de subtipia da SNAP-IV e o número de acertos nos testes Stroop e Trail parte B, porém, com tamanhos de efeito pequenos de acordo com o índice rho. Sugere-se a realização de novos estudos referentes ao tema proposto, para corroboração ou complementação do estudo realizado. A seleção de uma amostra com número maior de participantes deve ser considerada, bem como a aplicação de mais testes neuropsicológicos complementares.; This study aimed to investigate possible correlations between the dimensional aspects of Attention Deficit Disorder and Hyperactivity contained in SNAP-IV scale and performance on neuropsychological tests of children Trail Making Test and Stroop Color and Word Test, assessing...

Apresentação de uma versão em português para uso no Brasil do instrumento MTA-SNAP-IV de avaliação de sintomas de transtorno do déficit de atenção/hiperatividade e sintomas de transtorno desafiador e de oposição; A Brazilian version of the MTA-SNAP-IV for evaluation of symptoms of attention-deficit/ hyperactivity disorder and oppositional-defiant disorder

Mattos, Paulo; Pinheiro, Maria Antonia; Rohde, Luis Augusto Paim; Pinto, Diana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
46.82%
O instrumento SNAP-IV foi desenvolvido para avaliação de sintomas do transtorno do déficit de atenção/hiperatividade em crianças e adolescentes. Pode ser preenchido por pais ou professores e emprega os sintomas listados no Manual de Diagnóstico e Estatística das Perturbações Mentais (DSM-IV) para transtorno do déficit de atenção/ hiperatividade (critério A) e transtorno desafiador e de oposição (TDO). Objetivos: Elaborar uma versão em português, para uso no Brasil, do SNAP-IV utilizado no Multimodal Treatment Assessment Study. Método: Foi empregada uma metodologia de tradução, retrotradução, avaliação de equivalência semântica, sondagem na população-alvo e escolha de versão final. Resultados: Após as etapas de tradução e retrotradução, 20 itens foram considerados semelhantes, seis foram considerados aproximados, e cinco, diferentes da sua versão original em inglês. A versão final foi escolhida após diversas considerações, incluindo a semelhança com o original, a facilidade de compreensão e a maior equivalência dos termos em diferentes regiões sociogeográficas do Brasil. Conclusão: A versão em português do SNAP-IV obtida permitirá um rastreio de sintomas de transtorno do déficit de atenção/hiperatividade e transtorno desafiador e de oposição de modo correspondente à versão original.; The SNAP-IV questionnaire was developed to evaluate symptoms of attention-deficit/hyperactivity disorder in children and adolescents. It can be fulfilled by parents or teachers and consists of the symptoms listed in the Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders (DSM-IV) for attention-deficit/ hyperactivity disorder (criterion A) and oppositionaldefiant disorder. Objectives: To develop a version of the SNAP-IV used in the Multimodal Treatment Assessment Study to be applied in Brazil. Methods: Translation...

Prevalência dos sintomas de transtorno do déficit de atenção e hiperatividade em crianças do primeiro ciclo do ensino fundamental das escolas públicas estaduais de Campinas = : Prevalence of symptoms of attention deficit disorder and hyperactivity in children of the first cycle of basic education attending state public schools in the city of Campinas; Prevalence of symptoms of attention deficit disorder and hyperactivity in children of the first cycle of basic education attending state public schools in the city of Campinas

Wantuir Francisco Siqueira Jacini
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/07/2012 PT
Relevância na Pesquisa
26.46%
O Transtorno e Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é o distúrbio do comportamento mais comum na infância. Pode persistir na adolescência e vida adulta, sua manifestação com o passar da idade pode sofrer alterações. O Manual de diagnostico e estatística de distúrbios mentais, 4a edição texto revisado (DSM-IV-R) classifica três tipos de TDAH: Predominantemente Desatento (TDAH-D), Predominantemente Hiperativo/impulsivo (TDAH-H) e os dois combinados (TDAH-C). Estudos epidemiológicos relatam a variação da prevalência entre 3% e 20% diferenças causadas por critérios metodológicos, diagnósticos e perfil da amostra. O objetivo do presente estudo foi definir a prevalência dos sintomas do quadro clínico de TDAH em crianças escolares da rede pública do ensino fundamental no município de Campinas. Foi realizada uma seleção quantitativa descritiva, utilizando instrumento estruturado específico para levantamento de sintomas de TDAH, a escala SNAP-IV (Swanson, Nolan, and Pelham Questionnaire-Version-IV) adaptada a população brasileira e respondida por professores. Foram respondidos 5282 questionários referentes a crianças, de 7 a 10 anos, da rede pública estadual, em Campinas. A analise estatística foi realizada utilizando o SPSS 18. De acordo com os questionários respondidos...

A randomized crossover clinical study showing that methylphenidate-SODAS improves attention-deficit/hyperactivity disorder symptoms in adolescents with substance use disorder

Szobot,C.M.; Rohde,L.A.; Katz,B.; Ruaro,P.; Schaefer,T.; Walcher,M.; Bukstein,O.; Pechansky,F.
Fonte: Associação Brasileira de Divulgação Científica Publicador: Associação Brasileira de Divulgação Científica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 EN
Relevância na Pesquisa
26.53%
Our objective was to evaluate the effectiveness of a long-acting formulation of methylphenidate (MPH-SODAS) on attention-deficit/hyperactivity disorder (ADHD) symptoms in an outpatient sample of adolescents with ADHD and substance use disorders (SUD). Secondary goals were to evaluate the tolerability and impact on drug use of MPH-SODAS. This was a 6-week, single-blind, placebo-controlled crossover study assessing efficacy of escalated doses of MPH-SODAS on ADHD symptoms in 16 adolescents with ADHD/SUD. Participants were randomly allocated to either group A (weeks 1-3 on MPH-SODAS, weeks 4-6 on placebo) or group B (reverse order). The primary outcome measures were the Swanson, Nolan and Pelham Scale, version IV (SNAP-IV) and the Clinical Global Impression Scale (CGI). We also evaluated the adverse effects of MPH-SODAS using the Barkley Side Effect Rating Scale and subject reports of drug use during the study. The sample consisted of marijuana (N = 16; 100%) and cocaine users (N = 7; 43.8%). Subjects had a significantly greater reduction in SNAP-IV and CGI scores (P < 0.001 for all analyses) during MPH-SODAS treatment compared to placebo. No significant effects for period or sequence were found in analyses with the SNAP-IV and CGI scales. There was no significant effect on drug use. MPH-SODAS was well tolerated but was associated with more severe appetite reduction than placebo (P < 0.001). MPH-SODAS was more effective than placebo in reducing ADHD symptoms in a non-abstinent outpatient sample of adolescents with comorbid SUD. Randomized clinical trials...

Apresentação de uma versão em português para uso no Brasil do instrumento MTA-SNAP-IV de avaliação de sintomas de transtorno do déficit de atenção/hiperatividade e sintomas de transtorno desafiador e de oposição

Mattos,Paulo; Serra-Pinheiro,Maria Antonia; Rohde,Luis Augusto; Pinto,Diana
Fonte: Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul Publicador: Sociedade de Psiquiatria do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 PT
Relevância na Pesquisa
46.63%
O instrumento SNAP-IV foi desenvolvido para avaliação de sintomas do transtorno do déficit de atenção/hiperatividade em crianças e adolescentes. Pode ser preenchido por pais ou professores e emprega os sintomas listados no Manual de Diagnóstico e Estatística das Perturbações Mentais (DSM-IV) para transtorno do déficit de atenção/hiperatividade (critério A) e transtorno desafiador e de oposição (TDO). OBJETIVOS: Elaborar uma versão em português, para uso no Brasil, do SNAP-IV utilizado no Multimodal Treatment Assessment Study. MÉTODO: Foi empregada uma metodologia de tradução, retrotradução, avaliação de equivalência semântica, sondagem na população-alvo e escolha de versão final. RESULTADOS: Após as etapas de tradução e retrotradução, 20 itens foram considerados semelhantes, seis foram considerados aproximados, e cinco, diferentes da sua versão original em inglês. A versão final foi escolhida após diversas considerações, incluindo a semelhança com o original, a facilidade de compreensão e a maior equivalência dos termos em diferentes regiões sociogeográficas do Brasil. CONCLUSÃO: A versão em português do SNAP-IV obtida permitirá um rastreio de sintomas de transtorno do déficit de atenção/hiperatividade e transtorno desafiador e de oposição de modo correspondente à versão original.

Phosphorylation of SNAP-25 on serine-187 is induced by secretagogues in insulin-secreting cells, but is not correlated with insulin secretion.

Gonelle-Gispert, Carmen; Costa, Maria; Takahashi, Masami; Sadoul, Karin; Halban, Philippe
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 15/11/2002 EN
Relevância na Pesquisa
26.54%
The tSNARE (the target-membrane soluble NSF-attachment protein receptor, where NSF is N -ethylmaleimide-sensitive fusion protein) synaptosomal-associated protein of 25 kDa (SNAP-25) is implicated in regulated insulin secretion. In pheochromocytoma PC12 cells, SNAP-25 is phosphorylated at Ser(187), which lies in a region that is important for its function. The aims of the present study were to determine whether SNAP-25 is phosphorylated at Ser(187) in insulin-secreting cells and, if so, whether this is important for regulated insulin secretion. The major findings are: (i) SNAP-25 is rapidly and reversibly phosphorylated on Ser(187) in both rat insulinoma INS-1 cells and rat islets in response to the phorbol ester, PMA; (ii) less than 35% of SNAP-25 in INS-1 cells is phosphorylated in response to PMA, and phosphorylation is limited to plasma-membrane-associated SNAP-25; (iii) both SNAP-25 isoforms (a and b) are phosphorylated, with 1.8-fold greater phosphorylation for SNAP-25b in response to PMA; (iv) in rat islets, Ser(187) phosphorylation is stimulated by glucose or carbachol, albeit to a lesser extent than by PMA, but not by cAMP; (v) insulin secretion from botulinum neurotoxin E-treated hamster insulinoma tumour (HIT) cells, transfected with toxin-resistant Ser(187)-->Ala or Ser(187)-->Asp mutant SNAP-25...

Parent and Teacher SNAP-IV Ratings of Attention Deficit/Hyperactivity Disorder Symptoms: Psychometric Properties and Normative Ratings from a School District Sample

Bussing, Regina; Fernandez, Melanie; Harwood, Michelle; Hou, Wei; Garvan, Cynthia Wilson; Swanson, James M.; Eyberg, Sheila M.
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
EN
Relevância na Pesquisa
46.73%
To examine psychometric properties of the SNAP-IV, parent (N = 1,613) and teacher data (N = 1,205) were collected from a random sample of elementary school students in a longitudinal study on detection of attention deficit hyperactivity disorder (ADHD). Reliability, factor structure, predictive validity, and effect sizes (ES) for differences in ratings across age, gender, and race were examined. Performance as a screening and diagnostic tool was evaluated through calculation of likelihood ratios (LR) and posttest probabilities. Reliability of the parent and teacher SNAP-IV was acceptable. Factor structure was consistent with a two-factor solution of ADHD symptoms and a third ODD factor. Parent and teacher scores varied significantly by gender and poverty status (d = .49 to .56), but not by age; only teacher scores varied by race (d = .25 to .55). SNAP-IV parent and teacher ratings satisfactorily distinguished children by increasing levels of ADHD concerns, but only parent ratings by diagnostic status. Parent SNAP-IV scores above 1.2 increased the probability of concern (LR > 10) and above 1.8 of ADHD diagnosis (LR > 3). Teacher hyperactivity/impulsivity scores above 1.2 and inattention scores above 1.8 increased the probabilities of concern (LR = 4.2 and > 5...

Prevalencia y tamizaje del Trastorno por Déficit de Atención con Hiperactividad en Costa Rica

Weiss, Nicholas T.; Schuler, Jovita; Monge, Silvia; McGough, James J.; Chavira, Denise; Bagnarello, Monica; Herrera, Luis Diego; Mathews, Carol A.
Fonte: PubMed Publicador: PubMed
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 EN
Relevância na Pesquisa
26.65%
La investigación tuvo como propósito estimar la prevalencia del Trastorno por Déficit de Atención con Hiperactividad (TDAH) en Costa Rica y determinar si la versión en español del cuestionario Swanson Nolan and Pelham Scale IV (SNAP-IV) es un instrumento de tamizaje útil en una población de niños y niñas escolares costarricenses. El instrumento fue entregado a padres y maestros de 425 niños entre 5 y 13 años de edad (promedio = 8.8). Todos fueron evaluados con el instrumento Swanson, Kotkin, Agler, M-Flynn and Pelham Scale (SKAMP). Su diagnóstico fue confirmado con una entrevista clínica. La sensibilidad y la especificidad del SNAP-IV fueron evaluadas como predictores de criterios de diagnóstico según el DSM-IV. La prevalencia puntual en la muestra del TDAH fue del 5%. El tamizaje más preciso lo hizo el SNAP-IV completado por el maestro en un corte de 20%, con una sensibilidad de 96% y una especificidad de un 82%. La sensibilidad de los instrumentos completados por los padres fue más baja que aquella de los maestros. El SNAP-IV completado por las maestras con un corte aislando el 20% de los mayores puntajes categorizó correctamente a un 87% de los sujetos.

Impacto do metilfenidato sobre a frequência e a gravidade das crises epilépticas em crianças com o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) associado a epilepsias de difícil controle

Santos, Kléber Cavalcante
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Dissertação de Mestrado
PORTUGUêS
Relevância na Pesquisa
26.65%
Objetivo – o objetivo do estudo foi avaliar a eficácia e a segurança do tratamento do Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade em crianças e adolescentes com epilepsia e crises epilépticas em atividade.Métodos – 22 de um total de 75 crianças com média de idade (11,4± 3,7) recebendo tratamento com drogas antiepiléticas, atendidas em um centro de atendimento terciário para epilepsia, tiveram os critérios de inclusão no estudo, apresentando pelo menos uma crise epiléptica nos últimos três meses. O diagnostico do Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH) foi realizado por uma entrevista clínica com identificação de sintomas de acordo com os critérios do DSM-IV. Também foram realizados o Kiddie-SADS e o SNAP-IV. Durante os três meses iniciais do estudo as crianças foram tratadas apenas com Fármacos antiepilépticos (FAE). Nos 3 meses restantes o Metilfenidato (MFD) foi iniciado e ajustado para doses terapêuticas. A segurança no tratamento com o MFD foi avaliada pelas mudanças na frequência e na gravidade das crises epilépticas comparando o período do baseline ao período de tratamento com o MFD. As escalas de HASS e Barkley foram utilizadas, respectivamente, para avaliar mudanças sobre a gravidade das crises e os efeitos adversos provocados com a prescrição do MFD. Melhora nos sintomas do TDAH foram avaliadas pelos escores do SNAP-IV.Resultados – A análise de todo o grupo demonstrou melhora na frequência e na gravidade das crises epilépticas pelo efeito da intervenção com o MFD.Conclusão – O MFD...

Avaliação da troca do metilfenidato de liberação imediata para o metilfenidato de liberação prolongada no transtorno de déficit de atenção / hiperatividade

Maia, Carlos Renato Moreira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
POR
Relevância na Pesquisa
26.76%
Introdução: O metilfenidato de liberação imediata (MFD-LI) é um psicofármaco receitado mundialmente para o tratamento do Transtorno de Déficit de Atenção/hiperatividade (TDAH). Embora eficaz, o MFD-LI está associado a problemas de adesão ao tratamento, uma vez que os pacientes necessitam ingerir os comprimidos várias vezes ao dia. O Spheroidal Oral Drug Absorption System (SODAS™) é uma formulação de metilfenidato de liberação prolongada (MFD-LP) que mimetiza a administração de MFD-LI duas vezes ao dia, e que apresenta menor flutuação nos níveis séricos. Nesta formulação, cinqüenta por cento dos grânulos com revestimento para liberação entérica são liberados aproximadamente 4 horas após a administração, proporcionando um perfil de ação semelhante a duas tomadas ao dia do MFD-LI. O MFD SODAS™ libera de imediato 50% do medicamento, proporcionando um rápido início de ação quando comparado ao sistema de liberação OROS®. Poucos estudos avaliaram a troca do MFD-LI para o MFD-LP, sendo que desses, apenas crianças e adolescentes foram avaliados, e nenhum verificou os preditores de insatisfação da troca do MFD-LI para o MFD-LP. Objetivos: Este estudo tem como objetivo avaliar os sintomas de TDAH...

Evaluación de déficit de atención con hiperactividad: la escala SNAP IV adaptada a la Argentina

Grañana,Nora; Richaudeau,Alba; Gorriti,Carlos Robles; O'Flaherty,Martín; Scotti,María Elena; Sixto,Lucila; Allegri,Ricardo; Fejerman,Natalio
Fonte: Organización Panamericana de la Salud Publicador: Organización Panamericana de la Salud
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2011 ES
Relevância na Pesquisa
46.73%
OBJETIVO: Valorar la utilidad de la escala SNAP IV como instrumento de detección de trastorno por déficit de atención con hiperactividad (TDAH) en niños argentinos de 4 a 14 años de edad. MÉTODOS: Se adaptó y se administró la escala SNAP IV a un grupo de 1 230 escolares de la provincia de Buenos Aires, Argentina. Se determinó el diagnóstico con el control clínico de acuerdo a los criterios del Manual diagnóstico y estadístico de los trastornos mentales, 4.ª edición. Se determinaron la sensibilidad y especificidad así como los puntajes de corte para la escala SNAP IV en la población estudiada. RESULTADOS: Se estableció el puntaje en la escala SNAP IV que tuviera la mejor correlación entre sensibilidad y especificidad para determinar los casos verdaderos positivos que realmente tuvieran un diagnóstico clínico. Los puntajes de corte obtenidos fueron: un índice de 1,66 (15/27 puntos) para la subescala déficit de atención y de 1,77 (16/27 puntos) para hiperactividadimpulsividad en la población estudiada. CONCLUSIONES: La escala SNAP IV para detección de TDAH se considera válida en el caso de la población estudiada, siempre y cuando se modifiquen los puntajes de corte para obtener la mejor relación sensibilidad/especificidad...